Europa História Montadoras/Fábricas

Piaggio é famosa pela Vespa, mas também fabrica veículos de quatro rodas

piaggio-vespa-400

Piaggio Vespa 400

Em 1884, Rinaldo Piaggio fundou uma empresa para fabricar locomotivas e vagões de trem. Com o passar do tempo, a Piaggio entrou no setor aeronáutico, onde começou a fabricar aviões para a Primeira Guerra Mundial.

Mesmo após o conflito, a Piaggio continuou na indústria aeronáutica e iniciou a produção de bombardeiros para a Segunda Guerra Mundial. Como era uma ameaça aos aliados, a fábrica da empresa em Pontedera, Itália, foi completamente destruída.

Rinaldo Piaggio

Rinaldo Piaggio

O renascimento da Piaggio ocorreu após o conflito. Com a economia da Itália praticamente destruída, assim como sua infraestrutura, locomover-se na península itálica necessitava de veículos bem diferentes daqueles de antes do conflito.

Nessa época, Enrico Piaggio – filho do fundador – era quem comandava a empresa e percebeu que era necessário a produção veículos pequenos, baratos e versáteis, que pudessem ajudar na reconstrução da Itália e da Europa.

vespa-1946

Piaggio Vespa

Vespa

Assim, já em 1946, a Piaggio se lança em um projeto de veículo barato, simples e robusto, capaz de levar um passageiro e que pudesse ser conduzido por homens e mulheres, bem como evitar que o piloto se sujasse em ruas com lama. Daí, nasceu a lendária Vespa. A pequena motoneta criou até uma nova palavra no italiano: vespare, que significa ir a algum lugar com uma Vespa.

vespa-ape

Piaggio Vespa Ape

Com mais de um milhão de unidades inicialmente, a Vespa se mostrou um veículo altamente rentável para a Piaggio, que usou a marca da motoneta em seu primeiro automóvel, o Vespa 400. Este era um pequeno carro para dois ocupantes e medindo apenas 2,85 m. Seu motor 2 tempos de dois cilindros tinha 400 cm3 e apenas 13 cv. Ele foi feito na França até 1961.

piaggio-vespa-400-a

Piaggio Vespa 400

Em 1959, a família Agnelli assume a Piaggio, que cinco anos depois, foi dividida em duas empresas separadas, uma ainda atuando no ramo aeronáutico e outra apenas para fazer motocicletas e triciclos, como o Ape, utilizado como comercial leve desde de 1948.

piaggio-porter-ambulância

Piaggio Porter Ambulância

Porter

Por décadas, a Piaggio se concentrou na fabricação de motocicletas, motonetas, triciclos e quadriciclos. Em 1992, a empresa sofreu uma mudança de comando e iniciou uma nova fase em 1998 com pequenos caminhões leves de origem Daihatsu, o chamado Piaggio Porter. O modelo tinha motor 1.0 a gasolina e 1.2 diesel.

piaggio-vespa-ape-mini

Piaggio Ape Mini

Semelhante à Asia Towner vendida no Brasil, derivada do mesmo Daihatsu Hijet, o Piaggio Porter teve inúmeras versões até os dias atuais. Outro comercial era o Ape Mini, um caminhão ainda menor e equipado com a mecânica da Vespa, mas com quatro rodas.

piaggio-quargo

Piaggio Quargo

O Quargo é um caminhão do mesmo segmento do Porter, mas um pouco mais moderno, lançado em 2007. Hoje, a empresa tem foco em motocicletas e comerciais leves. Em 2014, apresentou na Índia – país onde o modelo Ape virou até táxi – o conceito NT3, um pequeno carro de três lugares com direção centralizada.

vespa-px200

Vespa PX200

Brasil

A Piaggio licenciou a produção da Vespa para a empresa Panauto do Rio de Janeiro, que a produziu de 1958 a 1964. A partir de 1974, produziu através da empresa Barra Forte em Manaus e por fim, uma sociedade com a Caloi fez nascer a Motovespa nos anos 80, mas que foi encerrada em 1990. Nunca produziu automóveis ou caminhões leves no país.





  • Felipe

    Bacana ver essa rápida tragetória dessa clássica e versátil montadora italiana.

  • Tosoobservando

    O Brasil nunca passou por guerra alguma destas e nao teve capacidade de ter uma fabrica destas.

    • Pedro Rocha

      Jogamos um cado de recursos fora para ganharmos uma siderúrgica obsoleta em Volta Redonda/RJ e para entregarmos metade da Europa para Stálin.
      E tudo isso não-recompensado pelo Plano Marshall.

  • Ronaldo Santos

    Eu queria ter uma , acho show de bola!

    • Marcos

      Tem a motorino aqui no Brasil que fábrica essas “motonetas” muito bonitas por sinal…

  • pedro rt

    nunca imaginei q a piaggio fzia asia towner

  • Fabricio Conchon

    A ape, e o mini são bem comuns nas ruelas italianas… Muito úteis por sinal.