Home Marcas Chevrolet Picapes grandes não fazem sentido

ford f1000 Picapes grandes não fazem sentido




Uma F-1000 está cruzando uma estradinha de terra, acompanhada de um mar de poeira. O motorista, um senhor de chapéu, leva seus animais para fazer comércio na cidade. Enquanto isso pensa e ouve músicas bregas, talvez antigas.

Quem conseguiu construir essa cena sente saudades do Brasil rural e daquela picape, que fez fama transportando mercadorias dos sítios para as cidades. Era um tempo de poucos carros e de combustível barato. O Capitalismo brasileiro parecia preguiçoso e não havia ecologistas chatos.

Hoje tudo mudou. O país está urbanizado, há muitos automóveis e a disputa por um espaço – no mercado e no estacionamento – é acirrada. Economizar combustível é tão necessário quanto crescer. Definitivamente, não existe lugar para desperdício.

chevrolet d20 Picapes grandes não fazem sentido

É isso que aquela Ford F-1000 e sua concorrente Chevrolet C-10 sabiam fazer. Com soberbos motores, carregavam pouco se comparadas aos litros de gasolina que consumiam. E suas carrocerias representavam menos da metade do comprimento total. Só os capôs eram quase do tamanho da caçamba de uma picape pequena.

O tempo encarregou-se de acabar com as picapes grandes da Chevrolet e deixar apenas a F-250 da Ford. Esta está na ativa porque ainda há serviços para ela, já que a zona rural ainda existe. E para o passeio do fim-de-semana basta uma competente picape média, que de tão “carro” que é, nem serve para trabalhar.

Na cidade há transportadores mais inteligentes. Tem vans como Ducato e Sprinter e caminhões como o Hyundai HR. Neles, a carga é prioridade. Até os caminhões “cara-chata” (sem o grande capô à frente) são preferência por aproveitarem espaço e serem práticos. Atualmente tudo deve ser inteligente.

Às vezes dá saudade daquela competente D-20 de 150 cavalos. Nela era possível engatar uma marcha qualquer e esquecer, de tão elástico que o motor era. Porém, é preciso entender que a evolução é cruel com aquilo que a atrapalha.

Diego de Sousa


  • Marcelo

    To com o Vitor e o Alexandre. O que mudou e que o interior e a zona rural prosperaram . Papo de neto criado com avó não cola. Aliàs cheguei ontem de NY…

  • Diego Barbosa

    É amigo, os tempos mudaram e somente está vivo em nossa memória que todos dê agora 1 minuto e lembre-se da D-20 do vovô na cor vinho com aquele adesivo lindo na lateral aquele pneu de liga original da d-20, numca esquecerei, asuhuhsahusahuhuauhususa PARABÉNS PARA D-20 E F-250 O CARRO DOS SONHOS. PARABÉNS À VELHA GM E FORD.

    • cadu

      Tá parecendo que tu é da minha família! Meu avô tinha uma com as mesmas descrições, só que foi roubada, assim como a boa e velha F1000 do meu tio.

  • Helmuth

    po, mas eu adoro uma camionete…

  • http://intensedebate.com/people/mikedirnt69 mikedirnt69

    Chato mesmo é um monte de SUV gigantes e outras tantas caminhonetes modernas que vemos sempre limpinhas atrapalhando o transito hoje em dia. :)

  • binicoelho

    é carro assim só na lembrança. E o quanto eram resistêntes chegavam inteira aos 200 mil km. experimente uma strada com 100 mil e verá o que é bom. Até existem caminhonetes grandes como essas mais nenhuma aguenta o batidão que essas aguentavam.

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

      minha strada adv 1.6 16 passou de 200 mil sem problemas até q rachou o cabeçote haushuaSHUAs

      mas o problema foi q eu usava GNV e injetava o gás frio com o motor quente pois a vela q esquenta o gás naum tava funcionando.

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

      correção. palio adv.

  • joão simonetti

    Amigão, informe-se melhor: Exclusivamente à gasolina era a F-100, enquanto a F-1000, em sua maioria, era movida a diesel – bem econômica para até mesmo os padrões atuais. Quando a C-10 ainda não havia dado lugar à D20, a concorrente dela era a F-100. A F-1000, por obséquio, foi lançada como modelo ano 1980, quando, alguns anos depois, as D-10, A-10 e a C-10 também deram espaço para as novas A-20, C-20 e D-20. Exceção feita às F-100 com motor V-8, havia algumas de quatro cilindros (o mesmo motor dos Jeeps, Mavericks e F75/Rural) davam bem a conta do recado na economia de combustível. Informe-se mais antes de postar uma matéria dessas em um site tão informativo e frequentado. TKS!

    • Mendanha

      sem contar que quem ja teve ou andou por um tempo em uma F1000 ou D20, nao engole as picapes médias…. elas sao tao grandes quanto uma D20 (nao verdade em comparação com as picapes grandes, elas sao é bem estreitas), bebem mais Diesel, aguentam menos peso (tente andar numa S10 com 1 tonelada de cargo por um bom tempo pra voce ver no que dá..) e conseguem ser mais apertadas que um sedan médio, ainda que medindo mais de 5 metros de comprimento..

      bem…como disse o amigo, informe-se pra escrever um bom texto e adquira experiencia, para fazer um depoimento.

      • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

        isso se deve a área maior da lataria para dar mais proteção em caso de colisões. os motores são obrigados a serem mais econômicos e o público definitivamente mudou. essas picapes atuais não são pra trabalho. para isso existem veículos como ford F-12000 ou F-14000 por exemplo.

    • Diego de Sousa

      Não me recordei da F-100, minha velha conhecida (dirigi algumas com motores trocados), e você está certo. Entretanto, as picapes grandes a gasolina nunca foram econômicas para o trabalho, mesmo com motores de quatro cilindros.

    • http://intensedebate.com/people/kikofar kikofar

      Concordo… F1000 à gasolina é difícil de ver igual perna de cobra… A versão Diesel predominava. O "digitador" da reportagem falou algumas besteiras além dessa aí…

  • Gustavo Pimenta

    O AUTOR FOI INFELIZ AO ESCREVER ESSA REPORTAGEM. SEUS ARGUMENTOS NÃO CONVENCEM E NÃO FAZEM O MENOR SENTIDO… DEVE SER ALGUM GOLZEIRO QUE NÃO TEM A MENOR PERSPECTIVA DE TER UM CARRO DE PORTE E POTÊNCIA. ASSIM COMO ESPORTIVOS, AUTOMÓVEIS ROBUSTOS É QUESTÃO DE ESTIVO E R$. Ex: F-250 de 200cv a diesel ou a nova Ram 2500, com 360cv sob o caput a cargo de seu motor V-8 diesel.

    Da pra entrar nos programas do Lula: "Noção Zero"!

  • Caio

    Nossa ! revivi a minha infancia agora, qdo morava em maringa PR, meu pai teve uma A20 89, a picape só andava com peso e mesmo assim aguentava muito,mas meu velho é que só aguentou um ano com ela,pois como era a alcool bebia mais que bebado empolgado, fazia cerca 2 a 3,5 kml abarrotada de carga, em 90 ele pegou uma C 20 custon essa ele ficou até 92,qdo finalmente comprou uma D20 custon de luxe e essa ele ficou mais de 15 anos com ela, era forte e guerreira aguentava o tranco sem reclamar,pois era só encher o tanque de diesel e sair por essas estradas do interior para levantar poeira,o tanque na época não tenho certeza se era 91 ou 102 litros mas dava uma autonomia boa,agora as duas primeiras com tanque de 84 litros,principalmente com alcool era prejuizo na certa,pois vivia num posto.

  • Eduardo Costa

    Deu saudade mesmo. Queria ter uma Bonanza, mas as que tem em bom estado, mesmo a álcool ou gasolina, são caras.

  • http://twitter.com/_Glaukin @_Glaukin

    O que, pra mim, não faz sentido são as picapes pequenas. Não carregam carga pra maioria das pessoas que as compra e a usa no Dia-a-dia, tem baixa capacidade de carga e não carregam mais que 2 pessoas (exceto a estrada, que é 2+2).

    O mercado deixou de ser racional faz é tempo…

    Saudade da época que ver uma caminhonete andando pela cidade era algo raro e pensado diretamente nela se mexendo por estradas sem asfalto. Agora ver uma picape chega a me causar raiva. Disperdício maior que os SUVs.

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

      tá brincado? pra cargas rápidas só perdem pra fiorino e pra HR ou bongo.

  • Caio

    Vou mostrar essa noticia para meu velho, hoje com 76 anos e aposto que ele vai ficar feliz com a reportagem, a D20 ficou com ele até 2008 qdo ele se aposentou,e na revenda ainda nem precisou perder tempo vendeu para um comerciante de maringa amigo dele que está com a caminhonete até hoje, e atualmente meu pai possui um corolla SEG 06 automático,pois raramente sai de casa e acho que o carro só fez a primeira revisão agora.

  • clenilson

    moro no piauí e no interior essas picapes velhas ainda trabalham muito, ainda não são tão econômicas mas têem um torque bem generoso aguentam muito, trabalham inclusive como transporte escolar para crianças, o que é muito perigoso. Meu pai tem uma d 20 88 qua leva 2 ton ou mais sem reclamar e sem dar muita manutenção, já ao contrario dessas picapes jipes que que vc coloca menos 1t ela baixa 2 cm e ficam quicando a dianteira, são muito bonitas mas bem caras e pra mim picape tem que ser pra trabalho e essas médias são aguentam o tranco…

  • Francisco Neto

    Saudosa D-20.. uma das (senão a melhor) pick-up do BRASIL!

  • JUNIOR

    Acho que o amigo não conhece bem o Brasil; um país de área muito extensa, com grandes áreas agrorurais ou agrícolas e pecuária extensa. Camionetas grandes são muitissimo úteis para o trabalho e que já teve uma sabe como é bom um carro robusto que enfrenta todo terreno.

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

      verdade

  • Deko

    carro 1.0 atrapalha muito mais o transito do que as picapes, sem dúvida… mas que elas e os suvs atrapalham, é verdade, ocupam muito espaço e seus donos se acham donos das ruas, são folgados demais.

  • Vitor

    O que não faz sentido de forma alguma são suas péssimas matérias expondo muitas vezes opniões pessoais.
    Se você não necessita de uma pick-up grande Eber, há quem precise, e sim, para estas pessoas, elas fazem MUITO sentido.

    • Cleiton

      Concordo, tem muita gente que precisa sim de caminhonete grande, infelizmente a Chevrolet desrespeita os seus consumidores e não traz mais a silverado, a Ford deixa esse trambolho desatualizado (F250), só a Ram que é uma caminhonete grande com tecnologia de hoje.

      Então, quem escreveu essa matéria foi muito infeliz, se você mora em um grande centro e e acha isso, problema seu, mas eu que moro em Alcinópolis-MS cidade de 8.000 habitantes, onde a atividade principal é a pecuária, agente precisa sim de uma caminhonete grande para carregar de tudo.

      Matéria muito infeliz essa.

  • Alexandre

    No interior do estado, diferentemente das grandes capitais, as camionetes ainda sao muito usadas por pequenos e tbm grandes agricultores. Dodge Ram e F-250 sao as unicas opcoes nesse mercado nas 0km. Nos usados mais antigos as ultimas F1000 MWM ano 98, por exemplo, quando conservadas tem um preço altissimo, e mesmo assim nao deixa de ser uma otima opcao de compra pra nós caipiras, que dificilmente usaremos esse tipo de conducao p/ ir ai ao Shopping Paulista, mas sim, temos que abastecer os mercados com produtos plantados longe das capitais! VC JA TOMOU SEU CAFE DA MANHA HOJE!!! Possivelmente algum dos produtos que consumiu veio aqui do interior onde ainda circulam muitas dessas camionetes!! Ja nao é a primeira vez que vejo que esse site nao respeitar todos os tipos de gostos e necessidades! Infelismente, ainda ha cidades que nao tem por exemplo concessionarias Hyundai ou Kia, que realmente tem produtos com seu otimo custo beneficio, mas aqui no interiorzao ainda sao um mico!

  • Gerson

    Na minha opinião o Senhor Diego Souza está equivocado quando usa a palavra evolução para definir a substituição das antigas A/C/D-10, F-1000, F-100 por Hyundai HR. Porque antes as montadoras ofereciam algo decente e bonito ao consumidor brasileiro, mas de uns tempos pra adentramos à era da “muquiragem” (muquirana) das montadoras que afirmaram que os veículos como os de outrora custariam caro. Fico indignado quando vejo o preço de, GM S10, Hilux, Amarok, Ranger e etc, é suficiente para comprar um picape grande no México e com um V oitão debaixo do capô. Não acreditado em qualquer discurso que me dizem, pois acesso sites das montadoras de outros países.
    Sem caô Senhor Diego Souza!

    • Gerson

      Na minha opinião o Senhor Diego Souza está equivocado quando usa a palavra evolução para definir a substituição das antigas A/C/D-10, F-1000, F-100 por Hyundai HR. Porque antes as montadoras ofereciam algo decente e bonito ao consumidor brasileiro, mas de uns tempos pra cá adentramos à era da “muquiranagem” (muquirana) das montadoras que afirmaram que os veículos como os de outrora custariam caro. Fico indignado quando vejo o preço de, GM S10, Hilux, Amarok, Ranger e etc, é suficiente para comprar um picape grande no México e com um V oitão debaixo do capô. Não acreditado em qualquer discurso que me dizem, pois acesso sites das montadoras de outros países.

  • 4x4brasil.com.br

    PELO AMOR DE DEUS EBER, PARA DE POR ESSAS MATERIAS FEITAS POR ANTAS QUE NAO TEM NEM 12ANOS DE IDADE!

    As grandes pick ups sao uma maravilhas, fortes, potentes, inquebraveis, consomem menos que as medias atuais, aguentam porrada que nenhuma outra media consegue.

    Poe uma ranger, hilux, s10, triton ou qqr outra que seja no servico pesado para ver o que acontece em menos de 6 meses!

    O custo de manutencao dessas maravilhas tecnologicas é um absurdo, eqto a manutencao das velhas f1000 e serie D da gm sao cerca de 10x menores (suspensao da ranger 4000 suspensao da f1000 inteira 120 reais!)

    Esse site eh legalzinho mas essas reportagens para por o nome no final sao de doer, vai aprender um pouco mané! Tu nunca viajou com uma familia inteira nas costas por mais de 100km ! Qdo fizer isso com uma ultrapassada e grande pick up tu vem escrever alguma coisa..

    Q LIXO!

  • Sadala

    Pois é. A maioria dos consumidores quer algo mais prático como as pick-up médias. A D-20 boa mesmo só com motor Maxion. Motor Perkins era uma tristeza. Andava pouco e tremia demais.

    • Jorge

      Amigão tenho sessenta anos, e ja passei por varias caminhonetes e pra te dizer a verdade desconheço igual. a d-20 manutençaõ barata quase não tem , pachoques de ferro, e não de fibras. vc imagina os carros de hoje tem tantas fibras e plastico que a dias atraz eu estava olhando uma boca de lobo no asfalto entupida de tantos pedaços de parachoques.Agora eu te pergunto como fica o meio ambiente?comenta ai sobre isso ok?

  • sulamy

    Que falta do que fazer cara… Difamar veículos que em seu tempo eram uma ótima solução, essas são os verdadeiros precursores dos utilitários que você tanto encheu a bola, e fazer comparativos com os modelos atuais… se fizeres uma leitura do Brasil de hoje com o Brasil de 30 anos atrás vai conseguir entender a importância que a F-100, f-1000, c10, d10, d20 e etc, quem conhece sabe o que um MWM é capaz de fazer.

  • ricardo

    o problema maior é que quem dirige esse tipo de carro ou nao tem habilidade ou nao sabe ter noçao de cidadania e respeitar os outros motoristas e os pedestres e tentam se impor com seus gigantes utilitarios

  • Pedro

    As melhores pick ups foram a D-20 e a F-1000. Essas pseudo-pick ups como a S-10, Hilux, Frontier e Triton servem só para engarrafar o transito. Elas não tem capacidade de carga, não tem força, já que seu motor é otimizado para transito em estrada boa, enfim, servem para um tipo de pessoa achar que ter uma pick up média, super cara, na cidade é sinal de superioridade e status!

    Hoje é muito comum conversar com pessoas do campo ou empreiteiros aqui em Curitiba, e essas pessoas sempre preferirem as duas caminhonetes mais antigas, a Ranger, que é mais resistente dessas médias, e principalmente a RAM e a F-250, essas sim são para trabalho.

    Acho que as cidades deveriam cobrar um imposto mais caro para essas pickups de passeio em cidade, se vc usa para um serviço, ok, mas se é para passear e pagar geral, imposto nelas!

    • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

      Vê a potência de Frontier, 170 cvs e uma distrubuição de torque faz ela sair rasgando só de encostar o pé no acelerador. Detalhe: poluindo milhares de vezes menos e bem mais econômica. Ñ tem nem como comparar D-20 e F-1000 com as pick ups de hoje. E isso em tudo, já entrou em uma daquelas SR? O banco traseiro é lá encima, vc anda roçando a cabeça no teto e com os joelhos lá em cima tb… A posição de dirigir das velharias tb é péssima, o volante é gigantesco, o banco é extra macio, o motor vibra horrores e talz…

      • Helmy Galindo

        Meu tio tem uma Frontier 2010, pagou uns 100.000,00 pilas. Por dentro parece que a gente tá andando num Gol G4, o Painel fica muito alto em relação a posição de dirigir e o acabamento é praticamente IDÊNTICO AO DO GOL G4 TITAN!

  • EDBR

    Nào tenho pick nem SUV, agora, esse comentário de mais imposto foi o fim da picada.

    É por causa de pensamento assim que esse país é o paraíso dos impostos!

    Ô POVINHO BURRO.

  • Claudio

    Desde moleque, sempre houvi dizer que a gasolina é cara, e assim é até hoje!
    Outra coisa, os eco-chatos de hoje são tão necessários como ex fumantes, que perturbam quem fuma, por carinho, pois não quer perder um amigo para um carcer!
    Viva os eco-chatos até um dia que a sociedade tome vergonha na cara e passe a se tratar melhor!
    Perdemos as grandes pick-ups ditas ai gastonas, mas ganhamos hoje em dia um monte de SUvs enormes carregando uma pessoa só para cima e parabaixo, com seus motores enormes e desecessários para o dia a dia!
    Pelo menos quem tinha uma pick-up antigamente, usava para trabalho de fato, hoje em dia é todo para mero prazer pessoal e divertimento!
    O ser humano evolui muito em tecnologia, mas a cabecinha insiste em ser dinossaurica quando se trata de bom senso!

  • Ricardo Marçal

    Enquanto isso o Agrale Marruá só cresce no mercado…..

  • http://intensedebate.com/people/Paulo_Ricardo Paulo_Ricardo

    cara vc tá viajando.

    essas picapes só servem para a roça mesmo. no transito não tem a mesma agilidade de uma hilux por exemplo q serve pras duas coisas. para substituir as de trabalho mesmo existêm as exclusivas pra trabalho como F-12000 da ford.

  • http://intensedebate.com/people/Snoop_Fox Snoop_Fox

    Texto tinha potencial, mas parece que o autor ficou com preguiça e apressou o final. Apesar disso, concordo com ele: também sinto saudades do tempo que picape era pra trabalho, não pra gente com complexo de inferioridade se impor e sentir "mais seguro" no trânsito, andando nesses trambolhos que nem dirigir direito sabem.

    • marcos

      Cara falou tudo!!! Sem mais,

  • marcelo

    so me lembro do tempo q era criança e passava as ferias no interior da familia do meu pai… so o q tinha na garagem dos meus tios era D20, D40 e D60

  • http://intensedebate.com/people/Paulo_Freire Paulo_Freire

    São coisas que ñ me fazem sentir falta. Essas pick-ups antigas só servem p/ andar a baixa velocidade mesmo, e de preferência no interior. Pegar uma estrada é um sofrimento, qualquer ultrapassagem é um Deus nos acuda, o motor ñ aguenta e vc tem de "fazer carreira". Isso sem falar que os motores vibram tanto quanto o da Hilixo… Agora, uma pick up que me balançava era a Dakota. Pena o problema com a suspensão e o motor Diesel fraco…

    A propósito, p/ andar nelas tem de ter paciência, ñ só na estrada, na cidade o camarada tem que andar com pé embaixo, senão leva luz até de 1.0…

    • Caio

      A do meu pai aguentou 15 anos e pegava estrada direto,as vezes vinha com ele do parana para são paulo na boa acompanhando o fluxo, e era tbem muito dificil de amassar,pois para amassar uma destas mais antigas só se bater em outro carro mesmo e era tbem confortável,pois tinha até ar condicionado,o que acontece é que hoje em dia o pessoal só acham que são boas essas caminhonetes atuais que se vc encostar já amassa de tão fraca que é a lataria, agora qto a vibração,qualquer motor a diesel na época vibrava,pois as picapes grandes na época não tinha tanta preocupação com ruido pois eram usadas mais para trabalho do que para lazer.

  • http://intensedebate.com/people/ricardo78scs ricardo78scs

    Pra quem curte, tenta comprar uma D20 CD TD Maxion S4T Plus 94 a 96… Em bom estado custa de 40mil pra cima… Vi uma igualzinha da foto, CS, ano 95, por 42mil…

  • PabloRocha

    Texto bem escrito, mas fora da realidade de um País de dimensões continentais como o Brasil, a realidade é outra. Quem vive no interior do Brasil e precisa de uma picape de verdade continua a usar velhas caminhonetes com a F-1000, D-20 e até a Toyota bandeirante onde não há estradas ou se o bolso couber a F-250 que se mantém como a unica opção de picape grande por que a GeMe não conseguiu emplacar a Silverado e a GMC 350…

  • felipe

    Bom é honda fit, ford ka, carro atoa e q n mudam nd a economia do país. será que você não come? ou você acha que Mc' Donalds é feito de carne de laboratório?? pensa cara… sem falar no prazer de dirigir aqelas barconas!

  • Caio

    Esqueci de falar que nos fins dos anos 80 e começo dos anos 90, a maioria das cidades distantes do interior e cidades a beira de rodovias só tinham concessionárias ford e chevrolet em sua maioria esmagadora, e por causa dessas facilidades de manutenção é que essas caminhonetes viraram uma febre por aqueles que queriam um veiculo a diesel mas não tinham dinheiro para comprar um caminhão pequeno, pois já pensou se fosse um utilitário de outra marca,sem representantes nestas cidades distantes o pessoal teriam que andar 200 a 300km até a capital para comprar uma simples peça, e concordo com uma pessoa que postou mais acima, que disse que essas caminhonetes como F100,F 1000,D10,D20,o bandeirante da toyota,foram os veiculos que levantaram o Brasil,pois é verdade,porque graças a esses veiculos que as pessoas tinham o que se alimentar longe dos grandes centros urbanos,pois boa parte da agropecuária e agricutura dessas pequenas cidades viajavam nestas caminhonetes.

  • andersonhc21

    nao pense q eh falta de condicoes 22 alqueires de terra na regiao Noroeste do parana a media por alqueire eh 30mil, o capital gira 660mil, 12 alqueire de eucalipito a 600 tonelada por alqueire e um preco de 60R$ livre por/T = 432mil, fora o giro da plantacao de mandioca, esta em torno de 1milhao e 92mil R$, soh o valor do meu investimento (eucalipito) compra qntas f-250?
    pois bem nao possuo uma, pq raciocino! Agora se eu quiser comprar uma pra passear na cidade no sitio com meu chapeu eu posso, + prefiro com o valor dela andar com um carro bem + confortavel, e deixar minha velha parceira f-1000 se acabando comigo na roca,

  • http://intensedebate.com/people/KzR KzR

    Bem saudades eu não tenho.
    Vejo ainda várias variações de D-20, algumas C-10, algumas F-1000 e poucas F-250.
    Se nas grandes cidades essas grandes pick-ups desaparecem, no interior elas ainda continuam reinando.

  • ghzoch

    Caríssimos..o que tenho a lhes dizer é que sou possuidor de uma raridade! Verdade mesmo, somos, eu e meu pai, temos uma F-1000 89/90, 5 marchas, turbo, com um motor incrivel, com uma carroceria impecável!! há de se considerar que ela tem um histórico de muito zelo, que continua até hoje conosco. Sou o terceiro dono desta peça rara. Atentem para a quilometragem: 128.000! ORIGINAL!! Quanto ao motor..não sei dizer com certeza a potência..mais é um conjunto fantástico de motor MWM com bomba Bosch e super econômico. Em breve tirarei umas fotos decentes dela para tentar postar neste blog. E digo..é fantástico dirigi-la pela cidade. é uma camionete imponente..bruta..impoe respeito..é otima! sofro um pouco apenas com estacionamento e garagens..mais de resto..é ótima!!

  • Ricardo_Alves

    quer dizer que uma caminhonete de verdade fazendo o seu trabalho e desperdicio, desperdicio e usar um carro 1.0 com cacamba para tentar fazer o trabalho de uma caminhonete de verdade, estas boas e velhas na idade nao atrapalham o transito, mas sim estas suv,s veiculo besta sem o menor sentido, ta na cara que voce so roda no asfalto e nao conhece do que fala, a materia tinha potencial mas o preconceito e o desconhecimento falaram mais alto. hoje eu ando de carro zero, mas nao esqueco do meu chevete,81 caindo aos pedacos, com carro novo nao se aprende nada.

  • Renan

    d20 ótima camionete, da até lagrimas nos olhos de ter que vender a minha, potente, muito confortavel, e ronco sensacional para motor 4 cilindrosss

  • Reinaldo

    Nossa! Quando vejo picapes GM me lembro da picape C-10 ano 81 que meu avô tinha…Era linda…Era cabine simples e de cor azul clara. Ela tinha o motor Perkins diesel e me lembro de quantas vezes viajei com ela. Bons tempos em que essas picapes eram referências em robustez, coisa que nenhuma S-10, Hilux, Amarok, Ranger e Frontier conseguem..

  • Bruno

    Já muitas dessas caminhonetes carregar cavalos, devido ao tamanho e profundidade da caçamba. As caminhonetes de hoje, são feitas para cidades, pessoas que querem um carro sedã mas com um porte mais robusto, mas não chegam nem perto do que as D20 e F1000 aguentam.

  • Helmy Galindo

    Fantástica materia! Todos os comentários interessantíssimos e racionais. PARABÉNS AO NA POR OUVIR OS LEITORES!

  • Thiago

    Tenho uma D-20 que hoje tem 496000 KM, quero ve uma HR com sua manutenção cara aguentar metade disso. Já aproveitando seu comentario de que essas picapes não fazem sentido então me explica porque toda semana vem gente querendo compra minha D-20 “ultrapassada”. É muito boa mesmo essa picape.

  • Anderson Giovani

    Nossa Diego, vc poderia ter ficado sem essa matéria. Desde quando não precisamos mais de pickups grandes? Capitalismo e Evolução tem haver com isso? Olha os EUA, tem todas as pickups grandes do mercado, e ainda tem utilidades. Você mora onde? Já morou em Goiás, Mato Grosso, MS por acaso? Tinhamos uma D-20 93, Cab. Dupla completissima, era perfeita pra viajar, uso na cidade, campo, fazenda, e tenho familiares que estão voltando para a D-20 pq as S-10 e Hilux não estão dando conta do recado, são pequenas, desconfortáveis e quebram muito facil.

    Sinceramente Diego, antes de falar besteiras, tente descobrir o real motivo pelo qual o Brasil não fabrica mais as Grandonas (F-250 e RAM 2500 são importadas). Custos de produção, impostos, etc.

    PS. Ainda se vê tiozinhos andando de c-10, F-100 com chapeu, mas se vê também mto fazendeiro rico andando de F-1000 e D-20 S4T Plus por serem mais fortes e robustas.

  • Jan

    Só comprar uma Mahindra e tá resolvido.
    Econômico, Robusta e guenta o trabalho pesado.

  • Alexandre

    JA TOMOU SEU CAFÉ DA MANHA HOJE? AGRADEÇA A UMA LEGIAO DE BOBOS QUE AINDA ANDAM DE POTENTES CAMIONETES GRANDES E VELHAS!!

  • http://intensedebate.com/people/Diggo Diggo

    Não penso assim…. deveria ter muitas picapes grande. Nisso a Ford é competente, especialmente com a completíssimo Linha F… eu sou fã mesmo da F-150 Raptor SVT.

  • Eduardo

    Diego,

    No início de seu texto, o tom jocoso me incomoda – é típico de pessoas das capitais que só houvem MPB e acham que caipiras são bichos estranhos.

    Trabalho com agricultura e posso afirmar que picapes grandes ainda tem seu espaço nas fazendas. Uma F250 4×4 é muito mais veículo que qualquer outro nacional por aí – tente passar em riachos com uma S10 4×2 pra ver onde é que ela vai parar…

    Se bem é verdade que hoje esse tipo de veículo ficou muit mais proprodutor rural, isso é verdade, mas se as fábricas ofertarem, vão perceber que há espaço, é questão de aproveitá-lo e fazer seu Market Share enquanto outros fabricantes não acordarem para isso. As picapes médias cresceram um pouco para tentar suprir essa lacuna.

  • Camarada

    Parabéns! Legal a matéria…

  • Sanderson

    Realmente, em um mundo cheio de porcarias descartáveis, recalls, populares de 25 mil reais sem opcional algum, SUVS gigantescos dirigidos por meninotas de faculdade, e carros verde limão com adesivos as picapes grandes, fortes e confiáveis não fazem sentido algum.

    Pra que "desperdiçar" dinheiro com combustível se eu posso deixá-lo na concessionária autorizada cheio de problemas de montagem e acabamentos medíocres com meu carro 0km econômico?!

  • Bruno Bezerra

    A pick-up Chevrolet D-20 era sinônimo de potência e economia, jamais podemos esquecê-la, em hipótese alguma. Seu design era inovador para a época, suas linhas eram muito avançadas, comparadas com o padrão das caminhonetes concorrentes. A pick-up Chevrolet D-20 Custom foi o modelo mais vendido, com um preço bastante atraente, seu custo benefício agradava à todos, seu conforto era inexorável, seu estilo era insubstituível, seu consumo era compensador, apesar de tratar-se de uma pick-up ''Full-Size. A Ford F-1000 seguiu sua saga até 1998, com o potente motor MWM X10, mas nossa veterana D-20, continuará brilhando por vários anos!.

  • Edison Sampaio

    Belo artigo, mas de qquer jeito adoro minha D-20 ano 1988, cabine dupla, motorzinho Perkins simples. Uma beleza! Salvo gastos com a "estética" (pintura e que tais), gastos com manutenção normal, nunca sofri problemas com ela. E olhe que viajo muito, viagens longas. Abrçs!