Cupês Elétricos Esportivos Europa

Porsche Mission-E pode ganhar versão menor

porsche-steilheck-2014

A Porsche teria ficado animada com a boa recepção do conceito Mission-E – que chega em 2019 – e já estaria planejando um segundo modelo 100%, porém, este será menor e com duas portas. A ideia é ter uma opção mais individualista e barata em relação ao cupê elétrico de quatro portas.

A plataforma seria a mesma do Mission-E, mas encurtada, o que ajudaria a reduzir os custos de produção, tendo ainda estilo semelhante ao do proposto Pajun. O bólido maior, de acordo com a Porsche, tem autonomia de 500 km no padrão NEDC, o que significaria um alcance menor nos EUA, onde o padrão é da EPA.

Com isso, o Porsche elétrico de quatro portas vai de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e de 0 a 200 km/h em 12 segundos. A recarga de 80% em suas baterias dura 15 minutos no carregador rápido.

[Fonte: Automobile Mag]





  • alex

    Não gosto da estratégia da Porsche de lançar uma perua do panamera, vai perder a exclusividade do modelo, igual a CLS shooting brake que deixou o CLS genérico. Gosto mais da estratégia da Audi, ao lançar uma versão cupê do a6 nomeou de A7 e acrescentou um design incrível e exclusivo.

  • Airplane

    Os híbridos e elétricos são o futuro. Espero que o Brasil não perca mais esta oportunidade e os incentive.



Send this to friend