Híbridos Mercado Preços Toyota

Prius antigo pode ser encontrado nas lojas por menos de R$ 100 mil

Toyota Prius

O Novo Prius está chegando. Mas para quem não liga em mudança de geração e está interessado num carro com bom nível de economia e tecnologia embarcada, o modelo antigo já pode ser encontrado por menos de R$ 100.000. O preço sugerido é de R$ 117.610.

A oferta não é de agora, tendo sido vista desde a época em que o Prius passou a ser vendido para o consumidor comum. R$ 99.900 é um valor que anda sendo praticado por algumas revendas autorizadas. No início, a baixa demanda pode ter sido o fator de redução nos preços praticados, mas agora vem o novo modelo e é necessário limpar o estoque.

Além disso, para quem busca outras opções da família Prius, existem no mercado ofertas dos modelos Prius C e até do Novo Prius, importados de forma independente, por valores que variam de R$ 164 mil a R$ 186 mil. No primeiro caso, se trata de uma exclusividade até, mas no segundo, a nova geração já está pronta para chegar.





  • Em tempos de cruze a 90 mil…até que não é má idéia pra quem tem essa grana toda pra torrar.

    • Fanjos

      Verdade, o carro é bem diferenciado por dentro.

      • Pacheco

        Um Hibrido bem economico tbm. Sem falar que esse carro em SP não tem rodizio.

      • Edson Fernandes

        Diferenciado porém simples. Mas eu teria para rodar no dia a dia e economizar bem.

        • Por dentro tem um visual bem ultrapassado e simples mesmo.

          • Edson Fernandes

            Bem, qdo eu entrei a unica coisa que encontrei realmente moderna é a manopla de cambio que me pareceu algo moderno. (joystick)

            De restante, eu confesso que achei inclusive a cara de um hatch compacto. Nada que se destacasse tanto a ponto de criar uma esfera de modernissimo como esses modelos hibridos aparentam ser. Acho que o visual do interior do Fusion só para comparar entre eles, mostra um carro com uma pretensão de modernidade. Uma tela LCD de boa qualidade, comandos rapidos e bem intuitivo.

    • Daniel dos Santos

      E a manutencao?

      • Quem tem 100 mil pra dar num carro não deveria estar tão preocupado com isso… mas ainda assim deve dar menos manutenção que um GM.

    • CignusRJ

      Vamos com calma.
      E como se da o consumo? Como é calculado?
      E o preço do Kw? Lembrem-se que ano passado teve aumento de até 70% na conta de luz e este ano tem mais dois programados.

      Até que ponto, com o preço da energia elétrica, vale à pena trocar gasolina/álcool por eletricidade?

      • Esse Prius não é plug-in, a energia é gerada através dos freios.

        • CignusRJ

          Bom uma das dúvidas foi sanada, obrigado.
          E quanto ao consumo como é calculado?

          • Imagino que da msm forma que o Inmetro calcula os outros. Se não me engano o Prius dá quase 17 por litro na cidade e é, junto com o Fusion Hybrid, o carro mais econômico do país.
            Pode-se até argumentar o quanto teria de rodar a mais pra ‘compensar’, etc. Mas por 9 mil a mais, eu sou muito mais o Prius que um Cruze. É questão de gosto pessoal.

        • Angelo_RSF

          A energia é gerada por um motor a combustão. O sistema regenerativo dos freios é um complemento.

  • Name

    Prefiro esse, provavelmente são unidades 2013 ou 2014 mas é bem mais bonito que aquela nova geração horrorosa na minha opinião.

  • Bruno Silva

    To vendo em média um Prius por semana aqui no RJ. Tem carros que vendem mais que eu vejo menos.

  • João Cagnoni

    Aos interessados, é possível encontrar o Fusion Hybrid de geração anterior (ano 2011) por até 70k. Acho uma boa compra, parece que o caro são as baterias, mas a manutenção é simples.

    • Edson Fernandes

      O Fusion anterior apesar de tudo, é menos complexo que o Fusion hibrido atual. A regeneração dos freios da geração anterior, tem um conceito diferente de eletronica e não te obriga a trocar o sensor com os discos de freio qdo necessário. Então o custo é bem mais barato de fato.

      O preço maior será da bateria para sua troca… em contrapartida, vc não tem manutenção no motor do carro. (do elétrico)

  • Antonio

    O problema desse Hibrido aqui, e sua bateria, que tem vida útil de dez anos, que para trocar vai gastar o valor do carro, que depreciado com os dez anos de uso, não valerá muito, ou seja acabou a bateria, acabou o carro,

    • Pmax

      Em 2015 o custo da bateria do Fusion hibrido custava perto de R$30.000,00 e o do Prius uns R$9.990,00.
      No caso do Prius, poder ser que compense por conta do consumo, já o Fusion acho que não compensaria.

      • Thiago

        Só que a bateria do Prius é de Nimh e a do Fusion é de Lítio. Não tenho certeza, mas as outras marcas usam apenas baterias de Lítio. Teria que analisar a durabilidade das baterias para ver qual vale mais a pena.

        • Retrato do Papai

          em termos de custo, as baterias de nimh são muito mais baratas que as de litio… em termos de durabilidade, elas costumam ser próximas (1.000 ciclos em nimh e um pouco mais nas de lítio)…

          a coisa pega mais para o lado da capacidade de carga, enquanto uma nimh AA pode ter 1,2v e 2700mah, uma litio 18650 tem 3.7v e 3000mah… estamos falando do triplo da capacidade em um tamanho ligeiramente maior, isso se resume a maior autonomia, menor peso, etc…

          porém o custo de manutenção é uma coisa a se pensar, ao fim da vida útil das baterias o custo da de lítio será tão elevado que economicamente será melhor “jogar o carro fora” e comprar um novo…

  • Guilhe

    Escolheria ele no lugar de um Corolla 0 km.

    • Louis

      Problema desse Prius é que tem muito pouco rodando, depois a manutenção fica difícil.

      • Pacheco

        Precisa ver o valor das peças de desgaste e fazer um calculo pra saber se compensa.

  • Rodrigo

    Por essas e outras vemos quanta gordura as CSS tem pra queimar.

    Mudando de assunto, o BMW i3 ainda é oferecido no BR? Nunca vi esse carro rodando em São Paulo, talvez pelo preço estratoférico que cobram aqui.

    • Edinaldo_Tapica

      Rapaz, até aqui em João Pessoa já vi um. Creio que a BMW continue oferecendo sim.

    • Pacheco

      Eu já vi uns 3 aqui… se era o mesmo carro eu não sei, mas vi 3 vezes. E ta ai um carro que sou louco pra ter.

    • Edson Fernandes

      Eu já vi um em SP. Na região da Vila Olimpia.

      Mas é raro mesmo.

      • Rodrigo

        Eu só vi em demonstração num Shopping e na Av. Europa, onde a BMW tem uma loja física.
        Talvez eu esteja frequentando bairros muito breforés… :D

        • Edson Fernandes

          EHeheheheheheh

          É “culpa” do meu trabalho. Eu ODEIO trabalhar aqui… os gastos são altos, mas vc vê umas coisas absurdas passando…rs

          Alias, para ser mais exato, vi novamente hoje. Na hora do almoço.

  • Dricks

    é ate vantagem comprar esse do q o monstro do novo

  • Mrc Rod

    Alguém aqui falou que a bateria dele custa R$ 10 mil. Se a durabilidade dela é de 10 anos, então chega-se a uma conta rápida de aproximadamente R$ 84,00 por mês de custo da bateria. Teria que ver quanto vai se gastar a menos de combustível, levando-se em conta que a energia elétrica aqui está cada vez mais cara. Outra coisa, será que perto de 10 anos a bateria ainda teria um bom rendimento ou ficaria igual às de equipamentos eletrônicos que perdem eficiência? Teria que considerar muitas coisas para decidir por esse modelo. Mas o preço é bem interessante.

    • Pacheco

      Olha… eu acho que compensa para quem roda muito e no transito. Carro pra Uber, Taxi, Vendedor externo… pra usar mesmo.

    • Edson Fernandes

      Como ela é para o motor elétrico e esse por sí só tem um baixo rendimento, ela duraria bem. Nesses carros há muito uso de freios regenerativos e transito + desaceleração recarregam a bateria. Ou seja, ela fica na medida ideal de % da bateria.

      Meu tio tem um Fusion hibrido e o menor valor de bateria que foi acusado era de 55%. Isso usando o ar condicionado o tempo todo. E ainda assim fez incriveis 15,5km/l isso porque eu nunca tinha andado em um e quis acelerar um pouco para ver as diferenças de entrega de força.

      Meu tio me comenta que o comum dele rodando com o carro é fazer na cidade 17km/l e praticamente o mesmo na estrada (para um pouco pior já que tem um uso massivo do motor a combustão).

      Para um carro do porte do Fusion é um senhor otimo consumo!

  • Mr. Car

    Ou então, faça umas compras no shopping no final do ano, e concorra a um por beeeeeeem menos de R$ 100.000,00. Foi assim que um sortudo aqui do meu prédio conseguiu o dele, he, he!

  • Wagner

    A ideologia desses carros não é a economia, mas a preservação do meio ambiente. Ele não chega ser econômico o suficiente para justificar esse investimento, considerando a depreciação e manutenção do veículo.

  • Douwe

    Melhor opção de compra que qualquer sedã médio pelo mesmo valor, inclusive o Corolla. Tem mais tecnologia e é bem mais econômico e basicamente espaço interno semelhante. O acabamento é tópico dos japoneses, sem frescuras, sem perfumarias, sem detalhes arabescos bregas, mas muito bem feito, em momento nenhum dá ideia de baixa qualidade. No contato com um percebe-se o quanto o Prius é bem construído.

  • Alessandro Rodrigues

    Vi vários por menos de 70k na WebMotors. O problema mesmo, parece ser a manutenção. Toyota ou não, até saber que qualquer concessionária deles consegue lidar com o carro sem pedir os rins, não arrisco. Ainda mais morando no interior.

    • Henrique Waitforit Milioli

      No site da toyota tem os valores de manutenção do prius. Muito parelho com o Corolla.

      • Alessandro Rodrigues

        ´Tem até os 60 mil km, apenas. Ignorando, claro, os 10 mil da bateria.

        • Henrique Waitforit Milioli

          E precisa mais? Já dá pra ter uma excelente noção e a certeza que não será muito caro! Os 1il da bateria é depois de 10 anos…10 anos!!!

          • Alessandro Rodrigues

            A projeção é para 10 anos mas não raro vê-se relatos de problemas acima dos 100 mil km. A garantia é de oito anos e eu não arrisco ter de dirigir 100km de ida e volta à concessionária mais próxima, em caso de urgência. Na baixa autonomia não há um ponto de recarga nos postos e apesar do ótimo atendimento da rede em geral, tenho amigo com o HR-V parado por uma semana e meia, esperando uma suspensão.
            Após um ano de uso, me dê teu relato sobre o carro e avalio com confiança a troca do Focus, por um Prius.

            • Thiago

              Você tem vários conceitos errados sobre o carro. Normal, muita gente também tem.
              Caso a bateria pare de funcionar por algum motivo, sua autonomia em estrada será na faixa de 500-600km por tanque, e você para no posto e abastece normalmente.

              É muito raro ver relatos de problemas na bateria com menos de 100.000 MILHAS.

              O HR-V é de outra marca.

              • Alessandro Rodrigues

                Thiago, Honda e Toyota são representados pelo mesmo grupo, aqui. Tanto que suas oficinas dividem o pátio.
                Já sobre a autonomia: falo especificamente do motor elétrico: 1h e meia recarregando de favor no posto e, caso ele tenha dado problema, andar com 67cv em uma 163, qual a vantagem? Se é custo, então tem Fusion Hybrid, não só mais bonito, como também mais potente. Repito: até eu ver um corajoso com um Prius, por aqui, não troco nem f******. A mercê de peças e ainda a bateria, não mesmo.

                • Thiago

                  Independe, pois o estoque desse tipo de peças é do fabricante e não da rede de concessionárias. Uma semana e meia é o que eu levo na Toyota com peças que vêm do Japão, pra carros que nem são mais fabricados.

                  O Prius não possui opção de recarga em tomada, o que você está falando não faz sentido.