Mercado Montadoras/Fábricas

Produção do primeiro semestre cai ao menor nível desde 2004

mercado-2

Com 1.016.680 unidades saídas das linhas de montagem no primeiro semestre, o Brasil registrou o mesmo nível de produção de 2004. Ou seja, de 12 anos atrás. O volume foi 21,2% menor que o registrado em 2015.

Em junho, 182.626 unidades foram fabricadas, registrando alta de 4,2% em relação a maio, mas queda de 3% em comparação com o mesmo período de 2015. Automóveis e comerciais leves tiveram queda de 3,2% com 175.232 unidades na comparação com 2015. Ante maio, subiu 4%. No acumulado do ano, os dois segmentos apresentam queda de 20,9%.

Nas vendas, automóveis e comerciais leves emplacaram 171.797 unidades em junho, sendo 2,6% acima do registrado em maio, mas 19,2% menor que 2015. No primeiro semestre, 983.536 unidades foram vendidas, representando queda de 25,4% em comparação com o ano passado.

[Fonte: Anfavea]





  • CanalhaRS

    Vai cair mais ainda, enquanto tiver esse cartel de montadoras ditando preços…

    • Sam86

      Cartel? Acho improvável.

      O que existe é conluio das montadoras com o Governo e por isso nosso mercado é altamente regulado e fechado. Por isso a concorrência é bem limitada.

      Além disso, tributos absurdos, leis trabalhistas abusivas e sindicatos que são verdadeiras máfias contribuem e muito para a situação calamitosa do mercado automobilístico nacional. Calamitosa para nós consumidores, claro.

      • ObservadorCWB

        E LuLLa entrou em 2003……….

      • Tosoobservando

        Tem cartel sim, todas tem de seguir as “regras”, e outra, a Anfavea esta nisso tambem.

        • Sam86

          Não é cartel, colega. O nome disso é “Capitalismo de Compadrio”.

          Pesquise na internet este termo e você vai entender.

          Esse é o capitalismo que existe no Brasil. É ruim, péssimo para os consumidores.

          O capitalismo bom e desejável é o Capitalismo de Livre Mercado, que nós nunca tivemos.

          • Tosoobservando

            Em outros mercados é cartel. Em países serios teriam varios processos pra acabar com isso.

      • Concordo, mas fiquei curioso com uma coisa…
        Em quê as leis trabalhistas são “abusivas”?

        • Fanjos

          Tenta demitir um funcionário que está ocioso nas empresas para vc ver, o sindicato paralisa a produção e só falta botar fogo em tudo, sem contar que para cada funcionário, pagasse 2 salários, 1 para o funcionário, outro para o governo

          • Pacheco

            O sindicato manda nas industrias em SP. É uma vergonha.

            A PRL que as Montadoras pagam é tão alta, que faz inveja a muito executivo por ai.

            • Edson Fernandes

              Executivo? Faz inveja a qualquer pessoa ao se divulgar os valores que irão receber. Eu gostaria de receber um PLR tão bom quanto.

              • Pacheco

                Eu tbm adoraria receber.

          • Angelo_RSF

            Ok isto é um problema, mas o que você colocou acho que não é “lei trabalhista”.

            Acho que lei trabalhista é a que regula férias, 13o , FGTS, aviso prévio…

            • Edson Fernandes

              Angelo,
              Ter um regime trabalhista é legal… mas te pergunto… em cima do que os sindicatos batem na tecla quando é feito o que o Fanjos diz?

              Se você ler uma CLT, você verá que o funcionario comum, não tem N beneficios que poderiam ser concedidos perante a CLT. Só que para uma empresa conseguir pagar e sobreviver ao mesmo tempo, se fosse ali conceder tudo que a CLT pode ofertar de beneficios, a empresa não daria conta.

              Só que no primeiro momento que se fala de demissão, sabe-se que uma empresa do porte de uma fabricante automotiva demite um numero bem maior que de uma empresa de médio porte.

              Entretanto, a defesa publicada é na renovação de posição de emprego, mas na pratica é que rolam ameaças e outras coisas que não são divulgadas na midia. (que também manipula)

              Ou seja, as leis em si não são o maior problema, mas a forma que ela é manipulada para a manutenção dos empregos.

              • Angelo_RSF

                Edson…Eu só estava respondendo quanto ao que o “Fanjos”:

                “Tenta demitir um funcionário que está ocioso nas empresas para vc ver, o sindicato paralisa a produção e só falta botar fogo em tudo, sem contar que para cada funcionário, pagasse 2 salários, 1 para o funcionário, outro para o governo”

                Pois para mim os problemas alegados por ele não se tratavam de leis trabalhistas.

                Só isso…Não discordo que há pontos antiquados na nossa CLT

                • Edson Fernandes

                  Ah sim… isso sem duvida. Eu na hora que vc disse, quis expor mais ao que esses sindicalistas se apegam ao vermos noticias do tipo.

                  Mas sem duvida você está certo.

    • Louis

      Estou achando que agora estabilizou.

      • Pacheco

        Parece que parou a queda, mas pra voltar ao padrão 2013 vai mundo tempo.

      • FocusMan

        Todo mês eu acho que parou a queda, mas cai um pouquinho mais,

    • FocusMan

      Rapaz vc ja parou para ver que o imposto no carro vendido no Brasil é de quase 50% do valor do veículo?

      Como produzir carros baratos com essa alíquota?

    • Blessa

      Cair? Tem que despencar cair a zero, os preços praticados no Brasil são totalmente incompatíveis com a renda da população, ainda mais se falando de automóveis e imóveis, completamente fora da realidade, li uma pesquisa que o salário médio dos brasileiros está em R$ 1.800,00.
      Agora me fala, um povo que se mata para conseguir comer e pagar suas contas básicas em dia, como vão fazer para comprar carros ou imóveis. Os lucros das montadoras são os maiores do mundo aqui e ainda temos 40% de impostos no valor final de qualquer veículo. Isso é Brasil.

  • Zé Mundico

    Tá ruim mas vai piorar.

    • Pacheco

      Acho que se piorar, vai ser pouco. O pior mesmo passou e o mercado já começa a mostrar uma reação. Porem vai muito tempo pra voltar a ficar bom.

  • th!nk.t4nk

    O país tá quebrado, essa é a verdade. Quisera fosse só culpa das montadoras. A moeda está muito desvalorizada, a inflação comeu o rendimento do brasileiro.

  • Retrato do Papai

    mais mudanças, mais futuro… muda mais!

  • Leonel

    Produção cai devido a uma demanda menor, devido a uma profunda crise vivida pelo país que tem corroído os ganhos dos brasileiros. Dentro do setor automotivo, qual a estratégia das montadoras no Brasil? Elevam quase que mensalmente o preço de seus veículos, oferecendo cada vez menos e cobrando cada vez mais caro. É inacreditável como as coisas funcionam por aqui…

    • th!nk.t4nk

      Tá, mas faltou dizer que a maioria das montadoras elevou os preços até abaixo da inflação. Montadoras são gananciosas sim, não são kamikaze também. Nesse momento a crise tá tendo um peso muito maior nas vendas do que a ganância das montadoras, que estão com uma capacidade ociosa imensa (o que não é desejável de nenhum ponto de vista).

      • Pacheco

        Sim, mas elas poderiam ter abatido das enormes margens.

        O grande problema é o que o “custo Brasil” é absurdo aqui. Os impostos, sindicatos, funcionários e operacional da empresa é absurdo e força a esse aumento de preços.

      • Zoran Borut

        Abaixo da inflação?

  • Sam86

    O mercado de usados também está as moscas. Na minha cidade as garagens estão abarrotadas de carros e nem assim os garageiros baixam os preços.

    Brasileiro deveria ser estudado. Eita povinho burro, viu.

    • Pacheco

      Esses as vezes estão no limite. Se baixa os preços, perde totalmente a margem e o ganho que tem com o carro. A desvalorização no mercado de usados é até perigosa para os empresários.

      • Sam86

        Leia minha resposta ao outro colega.

    • FocusMan

      Existe uma coisa chamada margem de lucro.

      • Sam86

        Existe uma coisa chamada Depreciação e outra chamada Estoque, que é sinônimo de dinheiro parado.

        Some estas duas variáveis mais a variável Tempo e você tem um prejuízo crescente.

        É muito melhor vender alguns carros sem lucro nenhum, ou até com um pouquinho de prejuízo do que ficar com eles parados depreciando.

        Mas a maioria desses garageiros não tem noção nenhuma disso. Muitos nem tem curso superior.

        Eles não tem noção do que os espera. Essa crise vai ensiná-los todos esses conceitos na prática.

  • pedro rt

    o pior ja passou agora estabilizou a queda, a sitauacao vai continuar como esta agora em julho ate dezembro e logo depois em 2017 veremos um leve crescimento como um recomeço

    • Pacheco

      Concordo com isso… mas pra voltar ao ritmo de 2013/2014, vai pelo menos uns 5 anos.

  • Eu acreditava que o pior já tinha passado, mas não. Sabem pq? A postura das revendas está a mesma: pagam pouco no seu carro, não dão nenhum desconto no deles. Que caia mais.

    • Pacheco

      Em SP está cheio de propaganda de revenda que paga a Fipe, financia sem juros e ainda te da os tapetes.

      • FocusMan

        Essas condiçoes são apenas para financiamentos de baixo risco. É minoria no percentual de vendas.

        • Pacheco

          Sim, mas está tendo. Então o mercado está aplicando alguma coisa. Ruim era em 2013 que a concessionaria não ofertava nada e ainda tinha aquele monte de “venda casada” oferecida.

          Era taxa de retorno no financiamento, era documentação, tapetes, som, etc.

      • Mas dai o novo sai a preço de tabela.

        Se não entrar carro usado no negócio, tem, no mínimo, 5% de desconto sobre a tabela.

  • zekinha71

    Sábado vi na tv um anúncio de um 500 2010.
    Preço 30K, sendo 10K de entrada e o resto em 48 de 749,00.
    O cara vai comprar um carro com 6 seis anos, quanto terminar de pagar vai estar com 10 anos.
    Pagou dois carros e terá um que vai valer meio.
    Assim não tem venda que suba.

    • sepchampions

      As grandes tem banco próprio pq não põe aí 60x sem juros com 10% de entrada que eu compro um carro pra ajudar a diminuir a crise.

  • Bancos. Oferta de crédito.
    Comprava-se um Uno Mille Fire 0km em 60x sem entrada.

    • Pacheco

      Comprava-se Ecosport em 80x sem entrada. Tem gente que hj, ainda não pagou metade do carro e não consegue vender, pq a divida é maior que o valor de mercado.

      • Fernando S.

        Mas quem compra um carro em 80x merece morrer com o pepino na mão mesmo. Planejamento zero.

        • Pacheco

          Só você vem o tanto de carro de leilão de financeira que tem por ai.
          Infelizmente, isso foi uma realidade.

  • fbl

    Parabéns PT.

  • Danilo

    So retornar a baixa do IPI pra incentivar….mas de uma forma diferente.
    Deviam incentivar agora os motores turbos que ja provaram ser mais eficientes e mais economicos, isentando de IPI esses modelos de 1.0 a 1.6 que são turbinados. Modelos com ou sem turbo acima de 1.6, pagariam metade da aliquota praticada hoje. Seria uma forma de forças as montadoras a buscarem melhorar seus motores, principalmente dos carros pequenos de 1.0 a 1.4 que ainda são comercializados sem turbo. Seria uma forma de melhorar o desempenho, consumo e oferecer carro com uma melhor dirigibilidade a preços mais racionais.

    Up!, Fiesta (que por sinal custa absurdo no Ecoboost), Golf, Novo Cruze, 208 GT, C4 THP, HB20 seriam os mais beneficiados com isso.

    Dificil é isso acontecer….

    • Tosoobservando

      Bobagem, os aumentos constantes e a inflação ja nao dariam opção e o governo arrecadaria menos. O que tem de fazer é acabar com o INovar Auto, acabar com as taxas altas, acabar com o super IPI pra importados, trazer concorrencia.