Projeto de Lei que libera carros diesel no Brasil terá nova audiência pública

29/02/2016

peugeot 208 a diesel

A PL1013/11 é um Projeto de Lei que libera a comercialização de veículos leves com motor diesel no Brasil. A proposta será debatida novamente em uma audiência pública, que será realizada no dia 2 de março, em Brasília.

A nova audiência foi pedida pelo relator do processo Evandro Roman (PSD-PR), que quer levantar o tema do aumento de qualidade no diesel produzido no país nos últimos 30 anos.

O deputado federal acredita que haverá ganhos econômicos importantes para o Brasil, especialmente em termos de evolução tecnológica dos motores e das exportações de carros diesel, além de menor impacto ambiental.

Atualmente, apenas picapes, vans, caminhões, ônibus e tratores movidos por diesel são liberados para comercialização no Brasil. O país é o único do mundo que proíbe automóveis abastecidos por óleo combustível.

[Fonte: Câmara]

Agradecimentos ao Joan Lacerda.












  • Victor Hugo

    Nossa, demorou já para essa lei antiquada cair. O mundo inteiro utiliza, só nós (gênios) que consideramos que isso empactaria nós custos dos alimentos. #mudabrasil

    • Pedro Cunha

      Ainda não caiu. Estão discutindo ainda a possibilidade de liberar para os veículos leves/de passeio.
      Infelizmente há muitos interesses escusos que contrariam isso, vai mexer no “bolso” de gente importante, já que o óleo não precisa necessariamente ser de origem mineral, podendo ser extraído de uma infinidade de espécies vegetais.

      • Debraido

        Mas não é assim tão fácil, caso contrario o mundo já não estaria mais utilizando o óleo de origem mineral.

      • Heisenberg

        O problema é que o rendimento é muito baixo das espécies vegetais… outras indústrias pagam melhor, por exemplo a mamona, a indústria cosmética paga bem mais. Acabou os produtores de mamonas venderem para a indústria cosmética. A outra problemática é o subsídio que segura o preço do diesel (se o frete já é caro com o preço do diesel artificial, imagine quando não for mais possível segurar esse preço). É uma discussão que já passou da hora, deve-se ter uma discussão mais atual.

      • Ainnem Agon

        “Óleo feito da mamona, que o governador do estado do Paranã gosta de comer!”

        • Lucas Gustavo

          Ex-governador, agora é Senador

    • Doccar

      Deveriam estudar a respeito do transporte coletivo mais decente, mas nao interessa ao Desgoverno brasileiro uma vez que, querem o Brasil inteiro andando ou tentando andar de carro nas ruas engarrafadas, e todo mundo pagando IPVA e os mais variados impostos contidos nos combustiveis e na compra de um automovel..
      Quanto mais parado se fica no transito, mais imposto pro Desgoverno, via CIDE combustivel.

    • EuMeSmObYmYsElF

      esquece… os usineiros não vão deixar passar. viva o etanol!

    • Luis_Zo

      No “mundo inteiro” também o voto é um direito, só nós (gênios) que somos obrigados a votar…
      #mudabrasil

    • Anderson Lemos

      Quando nos EUA e na Europa os carros estiverem voando em suas aerovias futurísticas alimentados por hidrogênio, o Brezil vai autorizar o diesel. Ai teremos Onix com motor diesel por meros 70 mil.

      Acooorda meu povo!!! esta discussão deveria ter ocorrido ha 2 décadas atrás. A pauta agora é eletricidade e hidrogênio.

      • Lima Informática

        70 está quase agora um LTZ automático com todos os opcionais, até lá vai passar dos 700 mil hehehhehehe

    • Cláudio Lima

      Teve um tempo que o governo subsidiava o dieesel .. Hoje não faz mais e mesmo assim ainda temos esse impasse .

  • rodrigomalc

    Uma notícia que deveria ser boa, se fosse há 10 anos atras… Mas só esse país mesmo que consegue remar pra trás….É incrível!

    Carro agora é híbrido, é elétrico.. Vai exportar pra quem, se daqui a 10 15 anos o mercado já vai estar lotado de elétrico, principalmente o europeu?!

    Não conseguem pensar à frente, elaborar uma estratégia de mercado… É difícil viu?! Estamos sempre há decadas atrasados do primeiro mundo.

    • Pedro Rocha

      Por incrível que pareça, somos vanguardistas, já que na Europa estão discutindo sobre o erro do uso indiscriminado de diesel na frota automotiva.

    • Pedro Cunha

      Não creio na sua lógica.
      Nosso “know-how” tecnológico é muito baixo para querermos avançar logo para modelos elétricos. Também não vejo como “solução para todos males” a matriz elétrica, mesmo nos países de “primeiro-mundo”. É óbvio que sua implementação é cada vez maior, volume de vendas e ofertas de modelos, mas, igual aqui, lá fora também ha pesados interesses que esses elétricos não cresçam tanto no mercado.
      E, aqui no br, além do problema do know-how tecnológico, temos a voracidade do governo que não tem interesse algum em fomentar algo que possa roubar a fonte de recursos da petroroubras.
      Mesmo a ampla disseminação do diesel pode causar isso, já que o óleo pode ser obtido livremente de várias espécies vegetais.

      • rodrigomalc

        É, de fato teu ponto de vista é super correto.

        Mas o que penso é na mudança que as fábricas teriam que fazer pra passar a produzir motor pequeno a Diesel. Claro, é mais rápido e “menos difícil”, digamos assim, uma Peugeot da vida passar a produzir motor a Diesel do que motor elétrico.
        VW, Fiat e GM (dentre outras) bem ou mal já trabalham com motor Diesel, seria “só” aumentar a escala…
        E tem isso também de que o custo e o conhecimento de se fazer motor elétrico são beeem diferentes.
        Mas já que seria pra mudar, será que não valeria a pena um esforço bem maior, em vista de uma recompensa no longo prazo, também bem maior?!

        É que como já estou no trabalho, minha cabeça já está pensando comercialmente kkkkkkk então já acabei pensando quando li de exportar, num modelo vendável pra próxima era, que é de híbridos e elétricos… Pois nessa era, o máximo que vamos conseguir é linha de comercio com outros pobretões, como Irã, Iraque, Índia, China, Colombia, Argentina….
        Já pensou a republica das bananas virando potência em tecnologia de carros elétricos e exportando prazoropa?! É muito sonho hehehehe é pedir muita visão estratégica pro nosso governo populista…

        • Joao Paulo Cintra

          mas já temos tecnologia de motores e controladores para carros elétricos feitas por empresas brasileiras

          A fábrica WEG do Brasil, com décadas tradição em fabricação de motores elétricos industriais e para diversas aplicações, já tem modelos prontos de motores automotivos e controladores eletrônicos para motores elétricos automotivos.

          NO salão do veículo elétrico o stand da empresa exibiu modelos de motores e controladores para minicarros, outro para carros normais e também outro motor maior, para caminhonetes e veículos de transporte público, e os respectivos controladores. Ou seja, a WEG já tem prontos motores e controladores para diversas aplicações de veículos elétricos.

      • Alligator

        Sem adaptações um veículo a diesel não é indicado a rodar com combustíveis vegetais

        • Marcos Souza

          O Pedro cunha só quis falar das diferenças de se obter o diesel. Existe o biodiesel que é obtido de óleo vegetal, diferente do obtido de petróleo.

    • BillyTheKid

      Pior ainda; imagine só como seriam os preços! Dá pra termos uma boa noção baseado na pequena diferença entre os propulsores do Renegade (quase R$ 30 mil), até porque sabemos que qualquer redução nos impostos seriam transformados em lucro pra montadora.

      Eu chuto por popular 1.0 Flex por R$ 45 mil e popular 1.5 Diesel por uns R$ 65 mil.

      • Marcos Souza

        Quando ocorrer a popularização desse motor, ele vai ficar mais barato. Acho que a diferença iria ser de cerca de 5 mil reais num motor “popular”( 1.5, 1.6)

    • alex

      Parabéns pela sua visão, é impressionante como as pessoas não conseguem ver a desinteligência que é a liberação do Diesel.

  • O Negociador.

    dai vem o Corolla diesel por exemplo e o preço sera o mesmo da SW4 kkkkk vide preço do Altis hoje

  • Ric53

    O Diesel foi um tiro no pé na Europa, já li diversas vezes.

    Agora do ponto de vista econômico, já que temos a jabuticaba flex, o Diesel passa a ser uma saída para a exportação.

    • JR_BSB

      A legislação atual permite a fabricação de veículos a diesel para exportação. A Fiat já exportou a Strada diesel.

      • Ric53

        Eu não fazia ideia

  • Zé Mundico

    E até que ponto isso seria vantajoso? Quanto ao consumo, pode até ser melhor mas o preço do diesel não torna nada vantajoso.
    Não vamos ser ingênuos acreditando que o preço do diesel iria permanecer o mesmo. Evidente que iria subir com o aumento da demanda.
    Acho que o governo quer liberar os automóveis a diesel para que esses banquem o consumo de ônibus e caminhões, já que o subsídio iria acabar.
    Se eu tivesse nascido ontem eu até que acreditava nisso…..rsrsrsrs

    • Pedro Rocha

      O governo não quer. Isso aí é discussão no Congresso apenas para mostrar trabalho ou fruto de lobby, já que na Europa a ficha está caindo sobre o uso do diesel como ecologicamente correto.

      • Alligator

        Eu sou favorável ao gasogênio…. Esse sim um excelente combustível !!!!

    • Pedro Cunha

      …é que na banânia tudo, EU DISSE TUDO, vira meio de especulação e exploração desmedida. O diesel, assim como o etanol, pode ser obtido de fonte vegetal, daí você imagina a corrida para plantar mamona, canola e aumentar(ainda mais) as áreas de plantio de soja…?
      Entraríamos no mesmo ciclo da cana-de-açúcar…
      Nossa pátria poderia ser um estrondoso sucesso em matrizes energéticas limpas e renováveis, mas nosso governo voraz e nosso povo usurário(ora bolas, uma coisa leva a outra…) não permitem isso. Daí você entende quando dizem que “O PROBLEMA DO BRASIL É O BRASILEIRO…”
      Fim.

      • Alligator

        Proponho então o gasogênio com 10 kg de serragem da para rodar um 1km

    • Marcos Souza

      Se hipoteticamente os carros a diesel forem vendidos e o subsídio acabar, o mercado vai se auto controlar.
      Por exemplo: aumenta a venda de veículos diesel, aumenta o consumo de diesel, o preço do diesel sobe…mas o consumo de gasolina vai cair e o resultado é gasolina mais barata. Aí a gasolina ficando mais em conta, aumenta a venda de veículos a gasolina e diminui os de diesel…e por assim vai.
      E outra coisa a ser levada em consideçao é que um carro a diesel consegue fazer médias muito superiores aos carros a gasolina.
      Também entra nessa conta a popularização de veículos híbridos.
      Em Curitiba, boa parte da frota de ônibus já é híbrido.
      Logo caminhões híbridos também rodaram pelas nossas estradas visto que, a diferença de um veículo a diesel pra um híbrido é bem menor do que um a gasolina pra um híbrido.

      • Lenilton Morato

        O mercado só irá se auto controlar quando o monopólio de refino e distribuição da PTroubarás for eliminado.

      • Edson Fernandes

        Para mim, eu gostaria de ter um hibrido. Seria a saida mais rapida para o Brasil falando de carros menos poluentes e mais economicos.

      • Zé Mundico

        Não é bem assim. Diesel e gasolina tem a mesma origem: petróleo. Se o diesel aumentar de demanda e preço, é claro que as refinadoras vão preferir refinar petróleo para produzir diesel, deixando a produção da gasolina em segundo plano. Afinal, só dá prá refinar um dos dois de cada vez. Assim, a gasolina vai ficar mais cara ainda!!!!

  • Pedro Rocha

    O nosso atraso energético gerado pelo monopólio estatal obrigou Geisel – que tinha sido presidente da Petrobras – a gerar essa regulamentação preservando o diesel para a cadeia produtiva e incentivando o etanol visando a substituição da gasolina.
    Por incrível que pareça, o obscurantismo econômico do nacional-desenvolvimentismo (socialismo fabiano temperado com nazismo) gerou uma regulamentação vanguardista! O uso indiscriminado de diesel em veículos automotores passou a ser questionado na Europa e já começam denúncias de que a mentira de que ele é mais limpo que a gasolina foi criada por interesses da cadeia de fornecedores de peças de motores a diesel. Por sinal, só um ignorante (no bom e no mal sentido) em questões básicas de química do petróleo diria que o diesel é menos poluente que a gasolina só por conta da maior eficiência energética do ciclo diesel.
    Ademais, essa discussão vai morrer na praia, já que o autal planejamento da ANP preconiza o incremento da produção de etanol para abastecimento da frota nacional, motivo este da Petrobras estar ampliando o refino de diesel e investindo menos em gasolina, sem falar que nos anos 1990 houve até uma discussão contrária, que também morreu na praia, sobre proibir picapes com cabine dupla de utilizarem diesel, por serem mais “de passeio” do que utilitários.

    • Castle_Bravo

      Na verdade, o interesse era dos próprios governos, já que ao consumir o óleo do Mar do Norte (produto “de casa”) o mesmo por ser mais pesado gera mais diesel por barril do que gasolina ao ser refinado.

  • Minerius Valioso

    O excelentíssimo deputado poderia apresentar um projeto que revogue a lei idiota que obriga a venda da mijolina E27, de modo que todo tipo de mistura seja vendido livremente nos postos.

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Depois do episódio do Dieselgate acredito que toda esta aposta nos motores Diesel na Europa nos últimos 20 foi uma estratégia de marketing levada a cabo pelos fabricantes europeus para frear a acomodação dos fabricantes asiáticos no mercado europeu. Pois é importante lembrar apenas os fabricantes europeus dispunham de motores diesel adequados para carros de passeio á 25 anos atrás. A Toyota desenvolveu seu primeiro motor diesel pequeno faz pouco menos de 20 anos, a Honda desenvolveu motores deste tipo a menos de 10 anos assim como a Hyundai. Nas últimas décadas os consumidores foram seduzidos por promessas de baixos consumo e emissão de poluentes, mas o escândalo protagonizado pela VW pode indicar que tudo isto era falso.
    Desta forma acho que não devemos incentivar o aumento da frota de motores diesel através da liberação do uso deste tipo de motor para veículos de passeio. Devemos incentivar os motores elétricos ou híbridos Otto/Elétricos e manter os motores diesel para os veículos pesados.

    • IRA

      Aliás, não deixa de ser sintomático que essa discussão venha novamente à tona nesse momento. Só o que falta é a exportação dessa “tecnologia” para cá.

  • zekinha71

    É melhor deixar do jeito que está.
    É só ver a quantidade de vans escolartes e pickup soltando fumaça preta, manutenção zero, imagina liberar geral, vamos volta pra poluição dos anos 80.
    Hj na minha frente tinha uma Parati que conseguiu eliminar o Aedis na ZN de SP por pelos menos um mês, de tanta fumaça que estava soltando, agora imagina se fosse Diesel.

  • GABRIELCSFLORIPA

    Lembro que li no ano passado uma notícia em que o governo havia aprovado um aumento no IPI de carros a diesel abaixo de tal peso e com até 5 lugares para garantir que automóveis menores não ficassem tão vantajosos financeiramente caso a liberação dos motores a diesel fosse aprovada.

  • Angelo_RSF

    É capaz que passe…Como o Diesel esta virando “vilão” na Europa, cria-se um mercado aqui para que as montadoras exportem sua tecnologia…e nós pagaremos a conta

    • edbil

      Você de fato acha que o Brasil seria capaz de suprir um provável déficit deixado pelos países do G7? Nem se a economia daqui crescer 20% ao ano na próxima década.

  • Rbs

    . . . Não é a Europa que quer acabar justamente com esse tipo de combustível? E já chegou ate admitir que fez a escolha errada!!

  • octavio cesar godoy

    20 anos de atraso, isso não me surpreende em nada, vamos se acomodar com isso?

  • pedro rt

    eu trocaria tranquilamente meu flex por um diesel, a potencia e menor mas o torque e a durabilidade e maior

  • EJ

    Ótimos veículos para quem roda muito, tanto por custo por km quanto durabilidade. Mas é bem capaz que mesmo quem rode pouco queria aderir (aí não compensa pelo preço maior de aquisição). Quem sabe agora vai?

  • Wendel Cerutti

    so estou imaginando quanto custaria um digamos , gol a diesel ……. valeria a pena investir a diferença ,vide as picapes que custam quase 20 mil a mais ?

  • Wesley

    Como citado acima. Alguns pontos de vista não podem ser esquecidos:
    1° Essa noticia seria interessante a 10 anos atras, mas hoje em dia com o carros elétricos, na teoria o pais estaria dando um passo para ficar no mesmo lugar.
    2° Com a demanda maior do diesel, os preços vão aumentar. Para quem trabalha com o transporte de alimentos, por exemplo. irá diretamente afetar o bolso do consumidor final.
    3°Motores a diesel, são muito mais caros, e como todos nós sabemos, muitos compram carros e andam 20.000KM e já estão trocando de modelo. Assim não será vantagem.
    4° Existem interesses financeiros, políticos, e da Petrobras.
    5° Alem de outros fatores paralelos, como as montadoras, estrutura, outros custos, etc, etc,

  • RKK

    Como ficaria a questão do subsídio ao diesel, se é que ainda existe ? O diesel no Brasil é considerado um combustível social, reservado a veículos de transporte e carga (navios, trens, ônibus, caminhões). Como ficaria a garantia de abastecimento deste setor ?

  • edgar__rj

    Será a melhor desculpa pra montadoras jogarem seus maquinares velhos aqui no Brasil… Pois o resto do mundo já pensa e elétricos… Esse país é uma piada…

  • Eduardo Brito

    Essa lei tinha que ser derrubada a tempos… Vamos ver se o Diesel é liberado logo.

  • Cyro

    Queria tambem incentivos pra hibridos e eltricos

    • edbil

      No Brasil? Com o governo controlando a Petrobrás? Sem chance.

  • Fabiano Oliveira

    “Por ser o único ” quase explica a corrupção! Kkkkkkk

  • Autofahrer!

    Demorou…

  • Fabão Rocky

    Se preparem! No dia q isso acontecer, o diesel vai ficar no preço da gasolina.

    • Felipe

      Relaxa, Fabio. A diferença já não é tão grande…
      O que acontece é que os carros à diesel costumam ser mais econômicos que seus equivalentes à gasolina.

  • alex

    Enquanto o mundo se direciona para investir em fontes limpas como a elétrica, célula de combustível… estamos discutindo o diesel. quando o país virar uma China, que precisa de telões para ver o por do sol ficaremos contentes. Mas muitos acham que aqui o Diesel não vai dar problema, dá na Ásia, Europa, América Central, mas aqui não dar! Somos exemplo em organização.

  • Nicolas

    Que venha o diesel,espero que venha em melhor qualidade pelo menos

  • V12 for life

    A produção aumentou mas o pais não é auto suficiente, devido ao alto custo deste tipo de motor os veículos ficarão muito mais caros compensando apenas para frotistas, mas é muito melhor que veículos a gás, porem o governo vai querer uma compensação e isso deve vir através do fim dos subsídios, o que significa que pode ser pior a libração, de qualquer sou a favor.

  • CÁSSIO

    só mesmo no Brasil o único país no mundo a ñ utilizar diesel , ja temos combustível de qualidade pra isso seria o S10 ou o S50 ñ vejo o pq de ñ liberar realmente seria uma boa pra indústria aquecendo as vendas vamos ver oq vai dar ……..

  • Kadú_CT

    Atraso! Deveríamos agora era estar no começo do período de carro elétrico….. but not.

  • cefaf

    Essa proibição absurda tem que cair, e junto com ela também os subsídios ao diesel.

  • Castle_Bravo

    Esperem sentados que isso um dia vai pra frente, pelo simples motivo de os impostos estaduais privilegiarem o diesel em razão do transporte de mercadorias.

  • Edson Fernandes

    Eu concordo com muita gente que disse sobre prejudicar possivelmente o uso do diesel.

    Porém penso para mim: Quanto mais concorrencia melhor o preço das coisas.

    Portanto, se houver redução de consumo de um tipo de combustivel, que se use o outro e por aí vai. Isso ajuda a controlar preços e assim evitar abuso. Eu concordo com a liberação do Diesel.

  • Leonardo Teixeira

    Agora já era, era pra ser liberado a 20 anos atras, agora tem que investir em carros híbridos e elétricos

  • Guilherme Eduardo

    Para não “assustar”, uma opção seria uma liberação gradual. Primeiro libera para veículos utilitários pequenos. Teríamos, por exemplo, Fiat Strada Diesel. Depois poderiam liberar para os veículos de passeio apenas se forem híbridos. Acredito que dessa forma a pressão sobre o preço do diesel não seria alta.

  • Alexandre

    Brasil. Único no mundo. Ouvindo muito isto ultimamente.

  • afonso200

    pois é até pra produzir pra exportar, mas nao eles querem FLEX, kkkk

  • Nando380

    Passou da hora de liberar é o tipo de lei mais sem argumentos, a tecnologia do diesel mudou muito nos últimos tempos chega ser melhor que a gasolina em termos de consumo sem falar que vai criar mais empregos pois novas fábricas de motores serão construídas.