China Citroen Elétricos Híbridos Peugeot

PSA: Peugeot e Citroën terão modelos híbridos plug-in nos próximos cinco anos

peugeot-508-gt-china-1

A PSA tem um ambicioso plano para ter uma gama de híbridos do tipo plug-in (recarregáveis em fonte externa), todos feitos pela Dongfeng para o mercado chinês nos próximos cinco anos. Peugeot e Citroën são citadas, mas a DS não aparece na lista.

O relatório indica versões Plug-In Hybrid propostas para os Peugeot 408, 508 e 3008, este último supostamente da nova geração. Além deles, os Citroën C5 e C3 XR estão incluídos. O sedã C4L, nosso conhecido C4 Lounge, também está.

No entanto, apesar da grande variedade de modelos, aparentemente serão restritos ao mercado chinês, onde os incentivos para carros ecológicos são maiores. O documento ainda fala de dois elétricos puros, sendo que um deles é o Elyseé.

[Fonte: Auto Evolution]





  • ObservadorCWB

    Ou seja, Peugeot e Citroen continuarão minguando na Banânia.

    • João Cagnoni

      Minguando? São os melhores carros disponíveis no mercado.

  • Khusller

    Os híbridos plug-in nunca chegam no Brasil, atraso da zorra.

    • V12 for life

      Sem uma estrutura que se possa deixar o carro carregando enquanto se cumpre os afazeres diários híbrido plug-in e elétricos não fazem sentido, mas sem eles o governo não se esforça para criar a estrutura e nós somos prejudicados com esse circulo vicioso.

      • Pacheco

        Aqui no Brasil, tem região que mal tem combustivel (Diesel S10 começou a se popularizar anos depois de ter sido obrigado nos veiculos), imagina montar uma rede de recarga elétrica.

        Sem falar, que sofremos com falta de energia em algumas epocas. Passamos por isso ano passado e imagina os veiculos carregando em estacionamentos e pontos de recarga.

        O Brasil ta muito longe de ser um pais desenvolvido. Um problema muito grande para ser resolvido.
        Eu acho que carros Hibridos e elétricos são necessários e o futuro, porem precisamos evoluir muito.

        • V12 for life

          Exatamente.

      • Joao Paulo Cintra

        Para híbrido plug-in é indiferente, basta recarregar em casa. Se antes de chegar em casa a bateria descarregar, usa-se o motor a combustão e enche o tanque no posto de gasolina da maneira comum.
        Depois, durante a noite, se recarrega na tomada de casa.

  • afonso200

    esse 508 nao seria feito aqui no BR, pais emergente,,, seria concorrente do cobalt e voyage………alias voces viram que o cobalt bate 70mil reais, kkkkkkk da onde isso, falta outro sedan nesse meio

    • Marcos Medeiros

      Hã? Não sei se foi zueira ou não mas o 508 concorreria com Ford Fusion e Cia.

      • afonso200

        troquei, é o 301

        • Pacheco

          O 301 seria um excelente carro para o mercado. Lembrando que atualmente a PSA não tem nenhum Sedan compacto.

          • João Cagnoni

            Pensei no seu comentário, e não é que é verdade? Nunca vi um 208 sedan… rsrs

            • Pacheco

              Tinha o 207 Passion e morreu a linha. Atualmente começa no 408 2.0 (que nem deve ter mais).
              Falta a Peugeot o 301 no mercado. Seria o Sedan do 208.

              • Edson Fernandes

                Morreu pq era um carro sem atrativo em cima dos demais modelos. Ele só copiou a ideia dos demais, longe de ser ruim.

                O 301 já foi originario de um sedan compacto porém esticado. Ele cairia muito bem para o nosso mercado.

                • Pacheco

                  O 207 era bem completo. Problema era a traseira saboneteira e o interior apertado de 206. Mas sempre foi um carro honesto. Gostava do cambio automatico e os mimos.
                  O 301 será bom para o mercado. Acredito que poderia fazer o mesmo sucesso do 208.

                • Vinicius Vasques

                  Eu dirigi um 301 no Chile e é bem espartano, lá é inclusive, o carro de entrada da Peugeot ficando abaixo até mesmo do 108

    • Davi Millan

      Amigo… Acho que você confundiu o 508 com o 301. Já que o 508 é concorrente do Fusion. Sim, eu já notei que o Cobalt com o arcaico motor 1.8 8v já está 70mil. Poderiam melhorar o acabamento, segurança, colocar um apoio de braço e ar condicionado automático além de colocar o 1.8 16v ecotec do Cruze atual, haja visto que o Cruze terá motor 1.4 turbo na próxima geração que está chegando nesse ano.

      • afonso200

        troquei é 301

      • Pacheco

        O Cobalt merecia o 1.6 16V de 120cv do Sonic.

        • Davi Millan

          No mínimo o motor o Sonic mesmo. Mas já o valor está na casa dos 70mil, porque não colocar o motor do Cruze?

          • Pacheco

            Por que o Cruze usa o motor e vão coloca-los no mesmo segmento. O motor 1.6 para o Cobalt, Spin e Onix seria perfeito.
            O 1.6 16V anda bem e bebe muito menos que esse 1.8 16V do Cruze.

            • Davi Millan

              Sim, o 1.6 16v do Sonic é excelente, mas como o Cobalt hoje já dispões de uma versão com motor 1.8, poderia colocar o Ecotec nele já que o Cruze vai passar a ter somente o 1.4 Turbo. Como o Cobalt é bem mais leve que o Cruze talvez o Consumo não ficasse tão ruim como no irmão maior. Assim poderíamos ter 1.4 8v, 1.6 16v e 1.8 16v. Quanto mais opções melhor.

  • Martins Junior

    Que carro bonito esse Peugeot 508.

  • nbj

    E os HYbrid Air?

    • Redpeak77

      Já deixaram o projeto de lado. Saiu uma matéria aqui mesmo sobre.

      • Joao Paulo Cintra

        parece que iriam ficar sozinhos, e não queriam assumir todos os custos, enquanto os outros estavam se dedicando a baterias de lítio ou células de hidrogenio.

  • Lula Malucão

    Parece o CLASSIC achatado

  • mauricio

    psa sempre a frente, trouxe o primeiro turbo flex da categoria no brasil, no c4l, na próxima geração do c4 não duvido em nada que será hibrido, um passo a frente da concorrência.



Send this to friend