_Destaque Comprando e Vendendo Longform Mercado

Que carro comprar com 10.000 reais?

No último artigo vimos que o jovem brasileiro leva no mínimo 3x mais tempo que o jovem americano para comprar o carro 0km mais barato de cada país, ambos ganhando o salário mínimo local. Também vimos o abismo de diferenças entre o compacto 1.0 (New QQ no Brasil) e o Sedan 1.6 (Versa nos EUA) que nossos personagens João e Joe poderiam comprar.

Continuando, vamos imaginar o seguinte: João não ficou satisfeito com os números que viu e menos ainda quando percebeu que andaria a pé por mais tempo que imaginava. João não quer ficar para trás: quer provar para o Joe que consegue comprar um carro levando os mesmos 11 meses que o amigo americano levaria pra comprar o Versa 0km! A única opção que resta para João é desistir de ter um carro 0km e se contentar com um carro usado.

Antes de prosseguir, vamos dar uma forcinha para o João e arredondar com 1 mês a mais! Em 12 meses juntando tudo que ganha (R$ 809,60 líquido por mês), João acumularia pouco mais de R$ 9,7 mil. Vamos de novo dar uma ajudinha para nosso amigo brasileiro e arredondar o montante para R$ 10 mil.

Pronto! Cenário montado, hora de olhar o mercado. Quais carros compra-se hoje em dia com 10 mil reais?

As opções encontradas são os mesmos velhos conhecidos de sempre, incluindo alguns dinossauros como: Uno, Gol, Palio, Corsa, Ka, Fiesta e alguns Celta e Clio mais cansados.

carro-ate-10000-reais-

Temos aí alguns exemplos. Vamos analisar o que João encontrará na sua busca pelo carro de 10 mil.

Ano de fabricação: carros nessa faixa de preço terão em média entre 15 e 20 anos de uso! Em alguns casos mais de 20 (ex: Gol quadrado). Já os que estiverem na faixa de 10 anos de uso provavelmente serão todos pelados e muito rodados. Ex: Uno 2006 de empresas ou frotas.

Carroceria: quase todos os carros nessa faixa de preço serão compactos. Com exceção para o Corsa Sedan (Classic) e outras cartas fora do baralho como Kadett, Omega, Opala, etc.

Motorização: a esmagadora maioria será de carros com motor 1.0, sendo exemplos de exceção o “Gol quadrado” e “Gol bola” com motores 1.6 ou 1.8.

Quilometragem: carros com mais de 10 anos de uso terão, em média, entre 100.000 e 200.000km rodados, podendo em alguns casos passar dos 200. Serão raríssimos os que apresentarem painel abaixo de 100 mil km rodados que não tenham sido adulterados.

Equipamentos: aqui cabe o famoso “depende”. Provavelmente João não encontrará carros “completos” (AR/DH/VD/TR) e que tenham sido pouco rodados. A regra geral é “ou um ou outro”. Ou você vai achar um carro pelado com ano de fabricação um pouco melhor ou você vai encontrar um carro com no mínimo ar-condicionado e direção hidráulica, mas muito mais rodado e no mínimo 5 anos mais velho.

Número de portas: é fácil encontrar tanto 2 portas como 4 portas. Novamente, depende do modelo.

Porta-malas: por serem todos pequenos, terão porta-malas aptos a carregar 4 mochilas em uma viagem com 4 ocupantes. Com a exceção novamente para o Corsa Sedan (390 lts).

Espaço interno: todos parecidos, a grosso modo, com exceção do Celta. Se o João tiver mais de 1,85m de altura, é melhor fugir desse Chevrolet. Até um Ford Ka, por incrível que pareça, oferece mais espaço entre a cabeça e o teto, comparado ao Celta.

Conclusão

Enquanto Joe desfrutará do seu Versa 0km recém-adquirido, cheirando a novo e com garantia de fábrica, João vai levar para casa um carro manco, velho, pelado, apertado e surrado.

A não ser que garimpe bem e procure alguma exceção como por exemplo: um Corsa Sedan acima do ano 2000, com no mínimo AR/DH, com menos de 100 mil km rodados e que não esteja tão arrebentado. Acredito que essa seria uma das melhores escolhas para o João nessa faixa de preço. E mesmo que consiga encontrar algo assim, João daqui para frente ainda vai ter que gastar com manutenção para que seu possante continue funcionando…

É… João não tem para onde fugir. Ou é isso, uma moto ou encarar o transporte público todos os dias no Brasil.

multidao

E você? No lugar de João, qual carro de R$ 10 mil compraria para o dia-a-dia?

Por Marcelo Lima





  • Racer

    Eu procuraria um carro mais antigo, mas com os equipamentos mínimos (AC, DH,….)…e não estas latinhas. Procurando bem, se encontra algo que preste.

    • Rodrigo

      Comprar carro de 10 mil reais é LOUCURA!!! No Brasil o povo negligencia tudo, anda com óleo velho, usa gasolina adulterada pq é 10 centavos mais barata, coloca água de torneira no arrefecimento.

      Já comprei carro velho e nunca mais o faria, é melhor andar de ônibus e táxi.

      • Racer

        Carro velho é diferente de carro antigo. Por isto disse que tem que procurar. Não é regra que todo o brasileiro negligencia a manutenção. Já tive carros com mais de 10 anos de idade que quando vendi, era só colocar combustível e andar. Manutenção em dia e documentada, tudo anotado com data e km da realização. Agora….pra quem não conhece, carro antigo pode ser uma cilada.

        • Rodrigo

          hahahahaha…. eu vivo no mundo real meu caro, onde carro bem cuidado são poucos de ÚNICO DONO. Mais que isso é conto de fadas.

          • Racer

            O teu mundo real está meio distorcido….o que tu pensa ser verdade, é só pra ti.

            • Rodrigo Alves Buriti

              Talvez ele se encaixe no próprio mundo e também seja negligente com a manutenção kkkkkkkkkkkkkk

              Com paciência se acha carro ANTIGO e bem conservado,

              • Daniel

                Sim, com PACIENCIA, e uma pitada de sorte se acha antigo bem conservado. Agora, por R$10mil é beeeeeeeem mais dificil! Não existe mais “bobo” depois da internet. Aqui no Brasil, vendedor ou tem “semi-novo com baixa km” ou tem “reliquia de colecionador”… ninguem assume que tem um simples carro usado (bom ou ruim) que não deveria valer muita coisa.

                Se o artigo fosse levar em consideração o “Joe” lá nos EUA e pensar que ele queria pegar um usado com 10 anos de uso, vai ver que, se ele quisesse, talvez alguem DOASSE pra ele um Ford Focus 2006 ou coisa do tipo.

                • Gustavo_C.

                  Geralmente isso é verdade. Eu estou com uma oferta de um Uno Mille 2001, de única dona (conheço ela e sei que a procedência é boa), 110 mil km rodados, ela quer 11 mil reais nele. Eu compraria pela confiabilidade e também porque um carro desses você passa pra frente facilmente, mas estava querendo fechar em uns 8500 reais e ela quer 11 mesmo.

              • OlCal

                Mas me diga uma coisa, onde se leva um carro antigo para manutenção ? Lá no Zé da esquina ou em alguma concessionária ?

                O meu problema com carro sempre foi esse: Na concessionária a manutenção é cara, no Zé da esquina é mais barata mas geralmente não presta.

                • Rodrigo Alves Buriti

                  Tem coisa que o próprio dono pode fazer, eu gostaria de fazer no meu porém moro em apartamento e não tenho a possibilidade de ter um elevador. No meu caso as manutenções básicas faço num amigo mecânico, claro sempre vendo e acompanhando, coloco a mão na graxa também (as básicas, como troca de fluidos, amortecedores, etc)
                  Em revisões mais complicadas prefiro fazer na CCS (no caso as trocas de correias que no meu precisa de uma ferramenta específica).
                  Conhecendo seu carro, se brincar, até mesmo você pode fazer.

                • Diego Penerai

                  Cara Nesse caso, pra ter um carro antigo o cabra tem que conhecer um pouco pra não ser “Enrolado” no Zé da esquina, a dica é procurar um zé da esquina que seja de confiança, e dai entendendo um pouco não sera enrolado.

          • Gustavo_C.

            E geralmente quando isso acontece as pessoas não pedem barato. Estou com uma oferta de um Uno Mille 2001, de única dona (conheço ela e sei que a procedência é boa), 110 mil km rodados, ela quer 11 mil reais nele. Eu compraria pela confiabilidade e também porque um carro desses você passa pra frente, mas estava querendo fechar em uns 8500 reais.

        • Filipe Augustus

          Só para ilustrar o que disse acima meu carro é um carro antigo, mas mesmo assim, deu bastante manutenção! Porem, foi um carro que ficou alguns anos parado, mas precisamente, 8 anos!

          • Daniel

            Bonitão o vectra!
            Alguns anos atras procurei um pra comprar… queria um GSi ou um CD filezão… só achei carro detonado.. :(

            • Pacheco

              A maioria é tudo assim mesmo. E quando está inteiro, o preço dele é de zero km.

          • Racer

            Baita carro, que se tu vender pra comprar um mais novo, com o mesmo valor, não consegue nada parecido.

      • kravmaga

        Também acho que carro abaixo de 10 mil reais que ainda se pode comprar e que não vai desmontar é só Fusca.

        Quando o carro chega nesse valor, além de estar com muitos anos de uso e muita quilometragem, já está no quinto dono ou mais. E quem compra carros nessa faixa de preço tem pouco dinheiro para fazer a manutenção e comprar peças de qualidade, o que signfica que a probabilidade do carro ser uma bomba é enorme.

        Com o dobro, 20 mil, já dá para comprar coisa bem melhor, especialmente carros populares.

        • T1000

          um fusca bom não sai menos de R$30k meu caro

          • Gustavo_C.

            R$ 30 mil são os fuscas dos malucos e exploradores. Tem muito fusca honesto – carro de uso diário, não carro de abitolados – saindo por 6500, 7000, em estado mecânico confiável. O bom e velho fusca virou carro modinha, por isso sai caro, mas só sai caro pra quem é burro e vai na onda de exploradores. Ademais por 30 mil reais eu levanto um Civic 2007 que é o meu objetivo atual.

            • Zoran Borut

              E por 7 mil leva-se um Gol quadrado ou um Escort CHT, que têm bem mais conforto e economia que um Fusca.

              • Gustavo_C.

                Até Gol Bola está achando por uns 7000, ou um Palio, projetos mais avançados que o velho fusquinha. Mas aí entra um detalhe: O João ele quer um carro para uso diário. Não que ele não possar usar um Fusca nessas circunstâncias, mas em uma situação assim ele nem cogitaria um carro muito velho e anterior aos anos 80. Pra mim não faz nem sentido incluir o Fusca na lista.

      • Eduardo Brito

        Depende muito. Meu pai comprou um Voyage 89 por 7K em 2009 e o carro é muito bom.

        • Daniel

          Existem exceções, claro…
          Mas, outra coisa a levar em consideração: O que é um carro “muito bom” pra vc?

          Eu conheço pessoas que andam com o carro parecendo uma escola de samba, andando tudo torto… mas ainda acham que o carro está ‘muito bom’… (não estou dizendo que é seu caso, estou só mostrando que depende do referencial e do nivel de exigencia de cada um)

          • Eduardo Brito

            sim sim, eu sei. Mas esse carro pode ate não ter os itens de comodidade como Ar e DH, mas está inteiro. Pode apresentar alguns probleminhas, mas é normal para um carro com mais de 20 anos.

      • Brenno

        “Já comprei carro velho e nunca mais o faria, é melhor andar de ônibus e táxi.”
        Não sei viu. 80 pessoas dentro de uma lata de sardinha, calorzão, subaqueira, 2 horas todo dia, risco de ser assaltado… Tem de por na balança né?

        • LLace. Saudi Arabia power

          Aqui na Vila Mariana é tranquilo andar de ônibus. Tem linha para todos os lugares e além do mais o bairro é super seguro. nunca vi uma pessoa ser assaltada. Os Ônibus que passam aqui também são todos novos e vazios, depende do lugar onde o cara mora também. Se o cara mora longe do centro, praticamente na periferia ai complica pegar ônibus.

          • Brenno

            Moro no Sul de Minas, interiorzão. Minha casa é o ultimo ponto depois de passar por 3 bairros. Lotado e de quebra preciso dirigir até o centro da cidade e depois pegar outro pra chegar no destino. Complica, né?

            • LLace. Saudi Arabia power

              Nossa.. Ai nem pensar, rs, tá vendo, cada caso é um caso. Você realmente precisa ter carro. Onde eu moro não precisa, mas tenho um, aliás certos momentos não dá para andar de ônibus, quando se precisa de privacidade claro.

              • Gabriel

                Eu pegava 2 onibus para ir e 2 para voltar do trabalho na cidade vizinha,gastava ai alem do encomodo,1 hora a 1 hora e maia de trajeto no minimo para cada trecho,comprei um gol bola 99 com 150 mil km rodado,com poucos opcionais (apenas trava e alarme) por 8k,e claro o carro tinha sim alguns detalhes pra fazer mas como é um carro de manutenção barata eu fui economizando,e pra ser sincero,com 1500 de investimento em manutenção ao longo de 2 anos,suspensão dianteira,freios e motor todos revisados o carro não me da mais nenhuma dor de cabeça e é um carro que faz o que eu preciso,me leva e me traz para o trabalho muito mais rapido do que de onibus em um orçamento que,embora apertado é um que eu posso pagar… o mundo não é perfeito mas as vezes se você fizer o coisa certa,consegue se dar bem,agora faltam apenas mais 6 parcelas do carro,e eu vou ter um carro na mão, simples,porem confiavel para usar ou trocar em um outro mais novo e é assim que o jovem brasileiro de classe media normalmente se vira…

                • Edson Fernandes

                  Eu qdo me tornei consultor, pegava 2 onibus e um metro. Quando comecei a ir para cliente, era geralmente 2 onibus, metro, trem… ou 3 onibus e um metro. Era o comum de ida e o mesmo de volta.

                  Entretanto, com o tempo eu comecei a fazer facul (ainda de onibus) e quando tive dois aumentos em menos de 6 meses de trabalho (fruto do meu trabalho), eu comecei a ir de carro. Mesmo ele tbm sendo simples de longe me ajudava e muito. Mas foi qdo tbm comecei a ir de 2 a 4 clientes por dia…

              • Gabriel

                PS: Contados pelo odômetro do carro,o trajeto que faço de uma cidade a outra é 25 km de ida e 25 km de volta pegando pista todo dia..

                • Edson Fernandes

                  E depois vc vende o carro e consegue um mais novo.

        • Rodrigo

          Amigo moro na CIDADE, do RJ. (METRÔ, ÔNIBUS COM AR CONDICIONADO, TÁXI e UBER.)

          Acho que você deveria calcular o custo de andar de carro diariamente. Quem compra um carro de 10 mil tem dinheiro pra botar essa bronca de andar de carro TODO DIA?. Vamos ser realistas.

          Eu somente compraria uma carro com um orçamento de 10 mil por NECESSIDADE, como exemplo sê o carro fosse indispensável ao meu trabalho.

        • Vini

          Cara, depende do lugar. Moro no RJ, na zona sul, temos um carro novo (c3 exclusive) e qndo vou ao Centro da Cidade vou de transporte público (ônibus ou metrô na boa. O custo benefício é muito melhor. Para outros lugares em bairros próximos mtas vezes compensa ir de táxi. Mesmo gostando mto de andar de carro, consigo fazer isso. Nessas condições, entre andar de carro todo velho, com risco de parar a qlqr momento, e transporte público, prefiro a 2 opção. Mas tbm se morasse na zona oeste (barra, Jacarepaguá etc) é meio que impossível não ter carro, aí sim compraria esses carros aí de 10 mil reais.

          • Vini

            Além disso, sinto mais medo de ser assaltado com o carro do que no transporte público: janela fechada quase o tempo todo.

          • Brenno

            Correto. Cada caso, é um caso. Moro no Sul de Minas. Carro é muito útil, levar criança na escola, trabalhar, ir no mercado, pra tudo, precisa de carro. Não tem jeito. Taxi cobra o olho da cara e transporte publico é deficiente.

          • Daniel

            Alguns meses atras fui num treinamento da empresa no Rio. Só a diária do estacionamento era 57 reais.
            Mensalista deve cair pra uns 40 pilas/dia… hehehe No final do mês ele entrega o carro pra pagar o estacionamento (sem contar o combustivel)

            • Gustavo_C.

              Estacionamento anda muito caro. Aqui em Curitiba prefiro parar o carro umas 10 quadras antes no rotativo – quando encontro uma vaga – do que ser esfaqueado pelo estacionamento.

      • João Cagnoni

        Se você pensa que o brasileiro é assim, não deve conhecer o americano… Foi infeliz o seu preconceito com o nosso país nesta situação. Jajá vem um emendar o comentário dizendo que o país está como está porque ninguém troca o óleo no momento correto… rsrs… Isso é uma deficiência de todos os motoristas do mundo (acho que menos os alemães).

      • DPSF

        Tenho um colega que vendeu um citroen c3 2009 por 9 mil reais. Entregou numa css da hyundai, comprou um hb20 R spect (acho que é isso). Vamos por parte: carro usado no nordeste é mais barato do que no sudeste, em que pese a manutençao negligenciada e o sol que calejou pintura e estofamentos, depois temos a pessima fama dos carros franceses aqui na regiao, sendo pouco valorizados e por ultimo a baixa cotaçao que as css dão no seu usado para fazer uma troca. Vejo direto cegonhas carregadas de carros usados nordestinos descendo para o sudeste (minas e sao paulo), principalmente com carros vindos da bahia, alagoas e pernambuco. Entao, se você tem grana e algum amigo que more no nordeste, peça para ele olhar um carro para você e vai enconomizar uma grana, e poderá fazer um bela viagem para o nordeste e depois voltar dirigindo seu possante novo.

        • Daniel

          ele não vendeu… doou o carro pra concessionaria! hahaha

        • T1000

          Sei como é isso. Quando fui morar nessa região e levei meu carro, em 2 anos a pintura ficou totalmente danificada. Manchas onde os frentistas apoiavam o braço suado, pessoas que ficavam encostando no carro parado se esfregando na lateral, juntando suor e areia, a parte de cima queimou. Fora a suspensão, que, quando voltei, tive que trocar tudo (amortecedores, buchas, coxins, bieletas), 2 rolamentos de roda foram pro saco.
          Ficou parecendo carro velho, gastei uma bala com manutenção na volta.
          Acho que só vira comprar carro do NE, com pouco tempo de fabricação, e/ou muito barato.
          Tinha uma época que os postos estavam adulterando gasolina com água do mar.
          Tá louco um negócio desses.

          • DPSF

            Como eu disse, se você tem dinheiro e um conhecido aqui no nordeste, peça p olhar um carro para você comprar. Os valores são mais baixos do que em sp e mg. Tenho um conhecido que está vendendo uma captiva 2010, com 45 mil km rodados. Está pedindo 35 mil reais no carro e não acha quem compre… o captiva está em estado de novo, bancos em couro bege, nao tem um arranhao no porta malas (nunca foi usado para viagem), para brisas nao tem uma marca de pedregulhos de viajar em rodovia… carro lindo. Mas pelo menos aqui é um carro que não tem mercado e manutençao complicada…

            • T1000

              Pelo tempo, se não trocou, de cara teria que trocar pneus, correias, fluido de freio, velas. Checar suspensão e fluido do câmbio. Eu trocaria o fluido do câmbio para garantir. Talvez gastando uns R$5~6k o carro fique bom e é só continuar rodando.
              Se o seu conhecido ficar com o carro é melhor negócio para ele.

        • marisa lourdes

          achei que levei prejuízo entregando meu mille 2011 por 14k na ccs…

        • Pacheco

          Minha Cherokee era do Nordeste. A Blindagem era Armor Nordeste.

          Por causa disso… pessoal leva para Suldeste e vende mais caro.

      • Bruno Luís

        Taxi vai levar o João a valência kkkkk

      • pedro rt

        onibus e taxi tmb e ruim o serviço… prefiro andar de bicicleta ou a pe. pelo menos da pra economizar no bolso e manter a forma do corpo com essas opcoes

        • Gustavo_C.

          Vish cara, eu entrei nessa onda da bike e já estou pensando em trocar a minha por uma melhor. O q sinto falta nas grandes cidades e próximo a terminais rodoviários é um bicicletário pra parar a bike. Aqui o terminal fica a 1600m da minha casa, mas não tem onde deixar ela em segurança :(

      • Filipe Augustus

        O meu Vectra 1993 automático, quando eu comprei ele, paguei 11 mil reais, isso a 6 anos atrás, sou o segundo dono e o carro está todo original e muito bem conservado, “Porem” assim que eu tirei da loja a solenoide do cambio e algumas engrenagens estavam danificadas, e a loja gastou 5 mil reais no cambio, pois estava na garantia, nunca mais deu problema? Deu sim, uns 2 anos depois eu gastei 2 mil reais por um problema na caixa seletora, e agora recentemente tenho que trocar a solenoide de novo e talvez o conversor de torque, e vai ficar uns 3 mil reais, fora mangueiras que troquei com os anos e manutenção preventiva, e tudo mais, eu gastei quase o valor dele para mantê-lo em ordem, e parou por aí? Não, tenho que gastar 2 mil para arrumar o ar condicionado, só que não é mais o meu carro de uso diária, então eu arrumei só o essencial pra ele andar sem prejudicar nada na mecânica, o que o Rodrigo está dizendo é verdade, manter um carro médio ou de luxo com mais de 20 anos, não é para qualquer bolso, eu graças a Deus sempre pude manter a manutenção dele em dia, até porque hoje tenho outro carro mais novo e não uso ele no dia a dia, mas se fosse para uso diário, nos dias de hoje, eu não compraria um sedan médio automático com 20 anos de uso, para usar no dia a dia, e sim, em 6 anos rodei pouco mais de 30 mil km com ele!
        Mas caso queira um sedan, até 15 mil, compra um Corolla ou um Civic, que mesmo antigos, eles dão bem menos problemas que outros carros, como Mondeo, Vectra, Monza e etc….

        • Janduir

          Permita-me discordar, esses japoneses antigos, podem dar menos defeito, mas quando dão, tudo que foi economizado se vai, pois a manutenção de peças não comuns é caríssima. O ideal entre 8 e 15 conto é ir de carro popular (Corsa-Celta-Uno, etc) e escolher bem. Ajudei minha cunhada (que é professora) a comprar um Corsa 1.0 mpfi ano 1998 em 2010 por 8300,00 (depois de olhar uns 10). O carro estava alinhado, tinha manual do proprietário, históricos de revisões. Fizemos uma revisão de troca de correias, bomba dágua, válvula termostática, radiador, 3 litros de aditivo original gm e gastamos menos de 800,00 (em 2010). Trocamos óleo e filtro a cada 6 meses ou 5000km e a cada 2 ou 3 anos efetuamos revisões. Ela não curte muito carro, mas gosta muito dele, até deu um nome (Bil) e como nunca a deixou na mão, nem fala em trocar…quer seguir um exemplo de uma professora idosa aqui do bairro que tinha um Fusca que tirou zero km e ficou com ele até vir a falecer mes passado. Esse motor 1.0 somente gasolina é muito econômico (já chegou a fazer 18km na estrada)… Carro além da sorte, vai de saber cuidar e comprar…

      • Gilberto Silva

        concordo contigo! comprei um KA 1.0 8v MP3, fiquei com o carrinho 1 ano e 6 meses, porque estava com pouca grana e tinha mudado de Estado, então como tudo era incerto no começo, não queria me envolver num financiamento. porém foram 18 meses de raiva e stresse com o carro, embora o motor Rocan seja esperto na cidade, o carro seja honesto naquilo que pretende, a ex dona do pequenino negligenciou muito a manutenção do veículo. primeira semana com o carro, e precisei trocar a válvula termostática dele. um mês com o carro e a embreagem foi pro saco, depois foram sendo substituindo as suspensões, setor de direção, até que um dia um motoqueiro avançou uma rotatória e bateu na minha porta. vendi o carro e troquei num Clio Zero completinho, nada como carro novo!!!

    • Como por exemplo?

      • Racer

        Não tenho exemplos pois não fiz pesquisa, mas é só fazer pra saber.

        • Ou seja, escreveu baseado na sua opinião que pode não refletir o que acontece na vida real?
          Já pensou que posso pesquisar e chegar a conclusão contrária?
          Não me leve a mal,mas seu comentário induz achar que equipamentos a tornarão um carro menos “latinha” que outro. O que não é necessariamente verdade. E esses equipamento podem acompanhar um custo de manutenção igual ao valor do bem que se está adquirindo. Eu preferia muito mais Corolla, Paseo, Mondeo, Taurus… Que os carro citados. Mas é longe de achar que é uma questão apenas de “procurar que vai encontrar”.

          • Racer

            Para de lorota…. estas opções mais novas, não passam de carros populares pelados, com acabamento simplório….umas latinhas. E é procurando que se encontra. Achar que vai cair do céu uma barbada, é lenda.

            • Acabei de comprar e vender um Vectra.
              E agora estou de olho em outro carro. Todos nessa faixa de valor.
              Mas claro, eu estou mentindo, a autoridade aí que fala a verdade assumindo que não embasou o que escreveu, e com o velho argumento de “é só pesquisar”…
              Ahan, sai da internet e vai para vida real, criança.

              • Racer

                Quem veio dizer que meu comentário não era verdade, foi tu. A sumidade dos comentários…. a criança aqui é tu. O que tu quer, eu já tenho. Ou melhor, já estou no terceiro. E não tem só o básico. Tu é muito abobado….metido a sabichão. Continua na tua pesquisa….por educação.

                • Não, não falei que seu comentário não era verdade. Apenas pedi exemplos. E você não me deu nenhum. Prova de que não sabia do que falava. Falar até papagaio fala.
                  Terceiro carro? Hahahaha… Acho que eu já tinha tido o dobro… Quando fiz 19… 19 anos atrás…
                  E desculpa, não sou metido a sabichão. Já falei aqui que sei bem menos que a média… É que seu comentário prova que é média é baixíssima… menor que o valor do seu carro no mercado.

                  Abraços.

                  • Racer

                    Tá “serto”…..nem pra assumir…Estou no terceiro 4×4, e não é um Niva….kkkkkk

  • Muito provavelmente, o jovem João iria no feirão de carro de sua cidade, encontraria um popular maquiado que aparenta estar super “conservado” na faixa dos R$ 13000,00. Por ser um jovem inexperiente e com pouco conhecimento, além de estar na ansiedade de comprar um carro após guardar dinheiro por 12 meses, iria fechar negocio, pegando os outros R$ 3000,00 emprestado.

    Após alguns meses, João iria notar a bomba que pegou mas a esta altura já seria tarde. Bem vindo à vida adulta João, bem vindo ao Brasil.

    • invalid_pilot

      kkkkkk
      Bem por ai, infelizmente – feirão do Anhembi feelings

      • Redpeak77

        O que mais tem nesse feirão é gente de revenda propondo pagar a metade do valor no seu carro e botando a famosa praga: “Com esse preço aí, você vai ficar o dia todo e nunca vai vender seu carro”.

        • invalid_pilot

          Fui 1 vez pra ver como funcionava e é isso mesmo.
          Fora a qualidade duvidosa de quem vende seus autos.

          Prefiro usar o Webmotors tanto pra vender e comprar, tive experiência positiva no site nas duas pontas do processo

          • Redpeak77

            Também passei pelas duas experiências.
            Mesmo tendo 500 propostas de revendas para lhes vender pela “metade do preço” até no mundo virtual, tive bons retornos e resultados.

    • Eduardo

      Ou da os 10.000 de entrada e parcela um 1.0 pelado em 72x, e seja o que deus quiser pra pagar.

    • Bruno Wendel Marcolino

      #TRUESTORY

  • saosao

    Eu pegava era uma bike.

    • th!nk.t4nk

      Gosto muito de bike, mas com todo respeito, tem que ter muita coragem pra andar de bike no Brasil. A meu ver segurança vem em primeiro lugar nesse caso.

      • Maçaranduba o Porradeiro.

        Então da na mesma, já que os carros no HUesil são tão seguros quantos uma moto.

      • saosao

        É… por mim andava de bike para todo lugar. Até já viajei de bike.
        Mas no Brasil, e em SP, onde moro, é arriscar muito. Não só de atropelamento, mas de assalto, já que os bandidos já se especializaram em bikes também.

    • Vini

      a bike ja custa 10 mil haha

      • pedro rt

        da pra pegar uma bike por 500 reais e colocar o resto na polpança, muito melhor… qdo tver 20mil da pra tirar e comprar um hatch 1.4 ou 1.6 completo e usadao

        • MMM

          Na poupança vai levar uns 200 anos pra virar 20 mil e aí o mesmo carro vai custar 40

          • Carlos Z O Junior

            A poupança dele é diferente. O rendimento deve ser maior.

            • Claro, uma polpança com “L” eu nunca vi!

              • SDS SP

                Depois ele terá a grande decepção de que o dinheiro poupado mal vai dar para comprar uma bike rs

  • invalid_pilot

    Celta ou Uno Mille
    Se for doidão pode pegar um 206 2002 1.0 16v completo

    • MauroRF

      Eu pegaria o Uno, espaço interno maior, e acha peça até no meio do mato, rs. Meu sogro, viúvo, teve problemas financeiros e teve que vender quase tudo para resolver o problema, e agora anda de Uno Fire 2002 2 portas com limpador/desembaçador, vidros e travas e ar quente (nada mais que isso), comprado ano passado por 12k na cidade do interior onde ele mora. Comprou de um senhor de idade, e o carro tinha 86 mil km apenas. Meu sogro tá adorando, o carro tá bem conservado, e ele disse que é só ir dando a manutenção que não tem crise. O conselho que dou é que garimpem que encontra sim um bem conservado.

      • invalid_pilot

        Ano passado vendi meu Celta 2003 com 60k km (sim rodo pouco) por 11,8k

        Carro era sem Ar e Direção mas tava impecável ! Certeza que quem comprou deve até hoje me agradecer – tanto que veio ver num dia e logo depois já estavamos no banco pra transferir a grana e assinar papéis

        • MG

          Em 2003 eu tava no primeiro ano de faculdade e um amigo ganhou um Celta 0 km do pai dele… foi pago 13 mil no carro na época… até que não desvalorizou.

          • Brenno

            Parando pra pensar, nessa época o salário mínimo era bem menos do que hoje, né? Ai soma inflação, desvalorização, custo de oportunidade, etc.

          • invalid_pilot

            Devia ser o peladão o do seu amigo… meu tio pegou esse carro em 2004 por 19k – era o Super 4pts

            Enfim, o valor baixou pouco, mas o poder de compra desabou

            • MG

              Sim, para as duas afirmações. Era o mais pelado mesmo e o poder de compra jamais será o mesmo.

              • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

                “Poder de compra jamis será o mesmo” essa é verdade!
                Poder de compra vai diminuir ainda mais… Vejo que vamos voltar para o tempo que só quem tem $$$ grana vai comprar carro 0km.

          • Daniel

            Desvalorizou um monte!
            Hj 13mil não serve nem pra dar entrada num financiamento! hueheuheue

          • Audi a5

            O primeiro carro de minha esposa foi um palio ex, básico, duas portas ano 2000, capotado (comprei consertado) que rodou dois anos sem queimar uma lâmpada, por dez mil reais.

            • Daniel

              Isso que é amor… o cara anda de Audi A5 e compra um “salvado” pra esposa! :P

              zueira, calminha, zueira! hehehe

          • fschulz84

            Se formos analisar inflação, salário e etc, esta conta não bate.

            Mas em números absolutos realmente possuem veículos que podem até ter “valorizado” com o tempo.

            Minha mãe comprou em 1997 um Corsa Wind 97/98 0km por 12100. Este veículo ficou nas mãos da minha família até 2008, quando já com meu irmão, com 170000kms, foi vendido por 13k hehe

    • Audi a5

      Ou achar um xsara 99 ou 2000 quase novo. Um motorista que conheço comprou um 99, completo, com couro e airbag, com menos de 70 mil km, de uma velha, única dona, por dez mil.

      • Esse motorista é exceção, não a regra. Não dá para falar “dá para achar” e sim “talvez ache”. Até porque se for analisar exceções você também acha os carros acima nas mesmas condições que esse francês.

  • Daniel

    Uno Mille 2p com ar ou um Classic com o mesmo equipamento.

  • Doyle

    Verona

    • Iran Borges

      Carreta!

    • pedro rt

      uma das piores compras como usado, melhor pegar um fusca itamar

    • Supernescau

      Marea. Dai ele iria descobrir que as vezes um caro barato pode custar muito caro. Meu próximo Marea vou comprar só quando ficar rico.

  • Mr. Car

    Eu iria de Mille, Celta, ou Corsa. Carros de mecânica simples e com peças fartas e relativamente baratas no mercado, já que provavelmente teria que dar uma geral no “possante”. Se fosse para fazer “loucura”, tentaria garimpar um Clio “Maradona”, um Renault Twingo, ou um Peugeot 106 muito bem conservados.

  • Ricardo Blume

    A não ser que o João esteja realmente precisando de um carro, eu sugeriria ele a esperar e guardar dinheiro por mais um ano. Guardar o máximo de grana possível para poder comprar um carrinho menos surrado. Você encontra muita coisa por 10 k mas tem que garimpar bem, ou é dor de cabeça certa. Observação: guardar dinheiro significa não comprar o próximo lançamento do iPhone, não ostentar na balada, não comprar roupas caras, férias no carnaval e coisas do tipo. O brasileiro adora gastar com coisas absurdas e não dar foco naquilo que realmente precisa. Planejamento, essa é a palavra. Com 5 k a mais você já dará um passo a mais na escolha do carro.

    • Rodrigo Alves Buriti

      Aí temos as seguintes opções:
      1>> Iphone de 5mil reais (para ver whatsapp e instagram) + carro de 10mil = Total 15mil reais

      2>> Celular de 1mil reais (olx usado) + carro de 14mil (bem mais conservado com AR/DH) = Total de 15mil reais

      Brasileiro HUE HUE pegaria a opção 1 sem dúvidas.

      • Daniel

        Cara, nem precisa apelar pra celular usado (que pode ser fria!) Tem muito celular decente por ai na faixa dos milão.

        De qualquer forma, se eu tivesse só 15mil pra comprar celular e carro… comprava um celular de 800 pilas e um carro de no maximo 12mil, pra ter uma folguinha pra manutenção…
        Mas, no Brasil o cara tem 15mil e quer comprar um Fusion 2008 financiado dando 15mil de entrada e torcendo pra cair dinheiro do céu pra pagar as prestações… E, se nem o dinheiro da prestação tá garantido, vc acha que vai fazer manutenção?

        • SDS SP

          Mas aqui como todos apelam, o cara vai comprar o Iphone e parcelar em 10x no cartão sem entrada e os 15 mil ele pode usar para dar entrada em um HB20 de 42k (pode acreditar, mas tem gente que pensa que o carro é importado)…

          • invalid_pilot

            Ai não faz seguro e na primeira esquina tem o carro tomado ou então na hora que cota o seguro senta e chora (já que é um dos modelos preferidos de vagabundo roubar pra dar role)

            Brasileiro merece ser estudado a fundo! Gosta de dar opinião de m… baseada no que ouviu dizer

      • invalid_pilot

        Celular: Peguei um Windows Phone por 480 reais… muitos vão torcer o nariz por não ser iPhone ou Android, mas tirando o Snapchat (que é uma bobeira) o celular faz tudo que um iPhone de 4k faz

        • Daniel

          Já tive windows phone… gostava bastante, era intuitivo e rápido. Nunca travou e atendia 90% (alguns apps que eu uso são exclusivos de android e ios).
          Só parei de usar pq era Samsung… com 1 ano e 2 meses a bateria estufou… comprei uma nova… menos de 1 ano já tava estufada denovo… Dai não ia gastar mais pra comprar bateria e nisso a tela (muito resistente mesmo!) já tinha ganhado um trincado por cair com força numa quina.

          • invalid_pilot

            Me recuso a pagar muito caro em Celular… chance de ter ele roubado é grande e hoje qualquer aparelho mediano faz tudo igual a um top

      • Jorge

        Que tal um celular de R$400 e um carro de R$14600?

        • Rodrigo Alves Buriti

          A galera entendeu o raciocínio

  • Tosoobservando

    Aquele Renault Logan tem nessa faixa?

    • Brenno

      É um Clio Sedan. Em casa temos um 2002 D4D, completo+Air Bag duplo. 12 mil de tabela. Se João pelejar mais um cadinho, ele consegue =D

      • pedro rt

        e uma boa compra usado mas o LOGAN e melhor

        • Brenno

          Em termos. O Clio quando chegou no Brasil dá um banho em qualidade perto do Sandero, Logan, Duster atuais.
          O acabamento em dois tons, airbag duplo, luz de neblina, bancos muito confortáveis, e vários outro itens interessantes. Logan é um DACIA, marca de baixo custo da Renault. Você pega um Logan 0 km, completo e nota que o acabamento, rebarbas, conforto é PIOR que um VW Up de entrada!

    • pedro rt

      tem por uns 12 ou 13 mil mas vale a compra, carro robusto e bem espaçoso

  • Andre

    Eu compraria um Bob, mais conhecido como carro Finan

    • Racelogic

      Eu não, prefiro ser honesto.

    • “Perguntador”

      “bob” e “carro finan”, cara não entendi essas referências. Pode explicar isso?

      • Daniel

        Em Curitiba tem os “pz” (ou pizera) que são carros sem documentos ou com documentos atrasados. e os “NP” (não pago) muitos com busca e apreensão.
        O cara compra o carro financiado em foz (as vezes com documentação pessoal falsa) leva pra Curitiba (700km) e vende pra galera “ixxxperta” que acha o preço injusto. Logico, o bandido que faz isso sempre tem uma boa margem de lucro.

        • “Perguntador”

          Moro em Curitiba, nunca tinha ouvido falar desses termos, mas também o único carro que comprei desde que moro aqui foi zero. Até procurei algo no setor de usados, mas não achei nada que fosse interessante. Valeu.

          • Daniel

            Tem grupos de “troca e venda” de varias cidades no facebook… Eu fui conhecer esses termos quando vi o anuncio de uma Land Rover Freelander 2 por apenas 15mil… achei estranho pq o carro estava aparentemente muito novo… dai, lendo o anuncio vi esses termos… comecei a pesquisar e vi váaaarios anúncios assim, públicos, na internet, pra qualquer um ver.
            Ou seja, a policia só não pega pq não quer.

            Também só compramos carro zero km em casa. Estou pra comprar um carrinho economico pra usar na cidade, vou fazer a busca do “semi-novo melhor negocio do mundo” versus “0km”. Se tiver tempo escrevo um artigo aqui pro site.

            • “Perguntador”

              Interessante. Eu não compro só carro novo, nem só usado, depende de muitos fatores para se chegar numa compra “boa”. Estou no meu quinto carro, três usados e dois novos.

              • Daniel

                Eu, de vez em quando olho alguns usados… cara, dá medo!
                E, outra… ou vc compra carro velho mesmo (normalmente bem mais surrado), ou vai de 0km mesmo… “semi-novo” não justifica a diferença!
                tava olhando uns up, e a diferença do usado (entre 15 e 30mil km de uso) para um 0km é coisa de 4-5mil apenas pra carros tudo cheio de marcas de uso, pneu meia vida, etc… mais facil pechinchar um 0km

                Se colocar o preço médio das peças de desgaste vai ver que é fria o semi-novo. Um jogo de pneu meia vida já te dá uns 600 de prejuizo (metade do jogo de pneu novo – isso de um carro popular!) meia vida de amortecedores, discos e pastilhas pra trocar, etc… a conta não fecha!

                • “Perguntador”

                  Pois é, ano passado quando olhei alguns antes de comprar um novo, eu ficava com receito quando via carros com menos de um ano de uso e quilometragem muito baixa a venda. Ou o carro teve a quilometragem adulterada ou o carro está com um problema grande. Não consigo aceitar alguém vender um carro com menos de um ano e com menos de dez mil quilômetros por pura opção. Nesse ponto sou bem desconfiado kkk

  • Leonardo Teixeira

    Infelizmente no Brasil carro usado é 1º opção, mas esses compactos populares são ridículos. Sou dono de um peugeot 307 SW 2007, quando eu comprei paguei apenas 16.000 mil reais pois tinha algumas coisas a fazer na lataria e o cambio automático dando tranco. Comprei o carro, fiz a lataria, troquei correias, óleo e solenoides do cambio, coloquei um GNV de 3º geração para economia, no RJ temos 75% de desconto no IPVA e o gnv custa de 1,70 a 2,20 o m3. Pelo preço de popular, tenho um carro confortável, silencioso, seguro pois tem 6 air bags e várias firulas como teto panorâmico, espaçoso e econômico pois com 25 reais faço 150 km, as peças são bem baratas no mercado livre pois o mercado é bem abastecido já que 307 e C4 são o mesmo carro, e a mão de obra não pesa muito. Carro popular jamais.

    • invalid_pilot

      Pagou 16 mil e mais quanto pra “fazer o resto” ?

      Seguro é de boa ou usa rastreador ?

      • Leonardo Teixeira

        1200 para arrumar o cambio e 600 para a lataria. O carro está impecavel agora, meu seguro ficou em 1400 reais

    • Rodrigo

      Eu jamais compraria um 307 ou um C4, PEÇAS originais são CARÍSSIMAS para o valor de mercado do carro, peças paralelas são PÉSSIMAS um LIXO, rejeição das SEGURADORAS nenhuma faz seguro desse carro, e por fim péssima aceitação de mercado.

      Estou de acordo com a mensa maioria que prefere um carro popular cujo o proprietário consegue sustentar uma manutenção confiável e acima de tudo ter seguro.

      • Leonardo Teixeira

        Eu tenho seguro amigo, 1400 reais 100% da fipe para roubos e furtos. Realmente eu comprei por 16 mil pois peugeot é muito desvalorizada, mas o carro é muito confiável, bom de curva e as peças de primeira linha são de boa qualidade e nada muito fora do orçamento, sempre fico na axios e monroe

        • Rodrigo

          Sem desmerecer seu carro mas um 307 SW tem peças que somente podem ser encontradas em FERRO VELHO e muitas vezes com origem duvidosa, cito;

          Para-choque traseiro, vidros traseiros, tampa do porta malas, frente modelo 2003 do SW, teto de vidro. (2 ou 3 peças dessas já dariam perda total no seu carro.)

          Pra comprar um carro com esse potencial de “dor de cabeça” certamente prefiro um carro mais modesto com manutenção (viável para o bolso de que compra.)

          • Thalles

            Pela experiência já deve ter tido mais de um 307 né?

          • Eduardo

            Peças de acabamento são uma dor de cabeça em praticamente qualquer carro, até mesmo em carros novos, imagine em um carro pouco vendido e com 10 anos de uso? kkk

            • Leonardo Teixeira

              É bem raro de acontecer a perda de uma peça de acabamento, acontece mas se for levar em conta tudo isso, todo mundo só comprava os carros mais vendidos

          • Leonardo Teixeira

            Amigo, acho que você está confundindo o carro. O mercado é bem abastecido para o 307 e C4

            • Fernando Oliveira

              Indiferente? Suponhamos que o seu carro dê PT ou seja roubado. A seguradora te pagará R$ 22.201,00 (consultado hoje, 22/05). Dificilmente você achará outro 307 SW em condições iguais ao seu para comprar novamente, devido ser um veículo considerado raro no nosso mercado e terá que partir para um popularzão mesmo, ou entrar em financiamentos.

              • Rodrigo

                Desconheço seguradora que aceite esse tipo de carro. A dificuldade de reparo de itens como o câmbio ou motor levam aos proprietários desse tipo de veículo a aplicar golpe no seguro.

                Quem aceita esse tipo de carro é seguro de COOPERATIVA, até pq eles costumam não pagar caso o carro seja roubado ou dê PT.

                • Leonardo Teixeira

                  O meu seguro é azul, não é de cooperativa

              • Leonardo Teixeira

                Entendo seu raciocínio, mas por exemplo se meu carro der PT hoje, não pegaria outro 307 pois gosto de ter carros diferentes.

    • Daniel

      parei de ler quando li: “coloquei um GNV”… pronto, estragou o carro de vez

      • Leonardo Teixeira

        Todos os meus carros que tive foram GNV e nenhum deu problema, unica coisa que eu trocava com frequencia são as velas, fora isso todos foram vendidos com 170 mil km em média, a maior parte do GNV. Quem coloca gnv e não cuida, ai tenho que concordar com você

        • Daniel

          Cara, sério… GNV acaba com o motor, o cambio e até a estrutura do carro pelo maior peso.

          Mas dai volta para o que eu falei lá em cima… tudo vai da “referencia” do que o cara acha “bom”.
          Provavelmente seu carro já está patinando o conversor, mas vc ainda não percebeu por falta de referencia.

          Tinha um amigo meu que era fanzaço de GNV… dizia que o carro não quebrava nem nada… dai, conversando com a esposa dele, ela entregou: o carro vivia na oficina! Mas, na referencia dele, visitar oficina 1 ou 2 vezes por mês num carro novo era “normal”.

          Até um dia que não deu pra ele esconder… estourou a junta de cabeçote numa viagem e o prejuizo foi grandinho… coisa de 3mil na epoca… pronto, a “economia do gnv” foi embora…

          • Sedici

            Cara nao duvido de mais nada nem de ninguem depois que um amigo meu que tinha um palio EDX 1.0 (sim, aquele com motor FIASA) colocou GNV no carro.

          • Leonardo Teixeira

            O meu não está patinando, é complicado sabe, já tive 3 carros com gnv e nenhuma deu problema, claro que fazia sempre a preventiva religiosamente. Antes de eu entrar no mundo do GNV conversei com vários taxistas com o odômetro de 400 a 500 mil km que abriram o motor apenas 1 vez e instalaram GNV assim que o carro saiu da css, estraga o motor? Pode ser que sim, não feita a manutenção correta tudo estraga

            • Daniel

              Com o gnv vc altera muita coisa.. é lubrificação pior, temperatura maior, mais seco, maior peso… modulos pra “enganar” outros modulos, etc…
              Lembro que no começo dos anos 2000 a GM e a VW tinham versões do Astra e do Santana com kit GNV homologado pela fabrica e com garantia… durou pouco tempo! (pq será?) Somente a Fiat tem o tetra-fuel como versão “garantida pelo fabricante”. E olha que o tetra-fuel é bem mais do que um simples kit gnv, bem mais integrado com a central do carro! (vai olhar a diferença de preço de um Siena 1.4 e um Tetra-fuel!)

              dai vc fala de taxistas com 400-500mil km… antes da onda do GNV os taxistas rodavam 1milhão de km com seus opalas, monzas e santanas!

              Já fiz a conta varias vezes… só vale a pena pra quem roda muuuuuuito mesmo, e que, depois vai praticamente jogar o carro fora. Eu rodo entre 20-30mil km/ano e, pra mim, não vale a pena o gnv.

          • Saiu barato. Foi 5 do meu Fiesta Rocam 1.0. Eu tinha um caro econômico, ma sabe como é pobre, quer economizar onde não deve, os 15km/l não fora suficientes para me impedir de cometer um crime contra meu carro e contra meu bolso.

  • Willian Freitas

    Compraria uma carroça e daria para o filho ou filha da dilma para ela conhecer um poukinho da realidade dos brasileiros….
    Isto é uma vergonha para nossa nação…
    Somosotratados como os coitados na mão do nosso governo…
    Chega de corrupção

    • Mas ela tem, ou tinha, um Tipo. Que inclusive é nessa faixa de preço.

      • Lucas

        Aham, mas anda (andava) de avião particular.

        • Rodrigo

          A fdp adora andar de helicóptero.

          • Zoran Borut

            Ué, ela anda de bicicleta também. rsrsrs

      • Tipo por 10 mil? 10 mil você compra uns 3 tipos, um Marea, um Tempra Turbo e ainda sobra para uma Panorama para levar as peças deles no ferro-velho.

  • Na moral se levarmos custo de manutenção para quem ganha salário desse nível somente moto. Arcar com manutenção e gasolina de carro com esse salário creio que seja quase que impossível.

    • MarceloEUA

      Realmente. O próximo texto da série João e Joe vai falar da gasolina.
      Já o assunto Manutenção creio que não dê para explorar, pois é subjetivo demais, quase roleta-russa…

      • Rodrigo

        Esse texto não é realista, uma pessoa que dispõe apenas de um orçamento de 10 mil, não tem condições de manter uso diário de um carro em uma cidade. Sê o fizesse pra fugir de transporte publico seria uma ignorância maior ainda.

        • MarceloEUA

          Exatamente. Concordo que um orçamento desses sofre impactos violentos da gasolina e manutenção do possante.

          Sobre não ser realista, discordo. Trabalhei no Censo 2010 percorrendo os mesmos trajetos e preparando dados para os recenseadores fazerem suas coletas. Cansei de ver casas inacabadas, apenas no tijolo, com 2 carros na garagem. A que mais me chamou atenção tinha um Golf 2008 (isso em 2010!) com rodas aro 20″, mas o portão era de ripas de madeira e arame.

  • Willian Freitas

    O povo brasileiro tem q lutar por mudanças melhora em nossa vida não podemos deixar o governo nos escravisar em impostos e rigalias para estas empresas pois tudo isto d impostos vão para a corrupção…
    Vamos mudar td isto povo brasileiro pesão mudança respeito por nos povo trabalhador brasileiro q e explorado pelo governo para abastecer os cofres públicos para a corrupção…
    Chega de corrupção

    • Daniel

      mas eu vi no Jornal Nacional e na Veja que a corrupção acabou.

  • Sergio Moro

    No leilão aqui perto tinha Gol G4 2010 1.0 a 13.000.
    Com mais as taxas do arremate, dá uns 15.000…

    • th!nk.t4nk

      Por esse preço deve ter algo muito errado com esse carro heim.

    • Gustavo_C.

      Leilão é fria. Um amigo meu comprou por tipo 60% da fipe um carro no leilão, mas tinha quase 4 pau de documento pra por em dia e mais vááários detalhes pra arrumar. No frigir dos ovos gastou igual se fosse pra comprar um seminovo regular.

  • Fernando Rodrigues

    Fiquei curioso. E o que será que nosso amigo Joe compraria com esses mesmos 10k (uns U$ 2.8k) no mercado americano de usados?

    • invalid_pilot

      Da pra comprar um Volvo V70 2003, Impala V6 AT 4 2002 e por ai vai kkk

    • Brenno

      Se você pensar que nos USA carro tem baixissima vida útil, onde deu 2~3 anos já trocam pois vale menos da metade? Lá, Civic e Corolla, com 2~3 anos de uso é carro de universitário ir pra faculdade.

    • MarceloEUA

      Boa pergunta. Olhei no craigslist aqui da cidade e procurando por carros de US$ 2,8 mil, os resultados da primeira página foram:

      Nissan Sentra 2006
      Ford Taurus 2006
      Ford Focus 2004
      VW Jetta 2003 (Bora no Brasil)
      Toyota Corolla 2003
      Honda Accord 2002
      Honda Civic 2001

      Curiosidade: Joe leva uns 2 meses e meio pra comprar qualquer um desses
      (a diferença de tempo subiria de 3 para quase 5x menos tempo que João nesse caso).

  • Brenno

    Pessoal, antes de criticar, falar que é tudo “lixo”, “carroça”, etc., ponham na cabeça de vocês que nem todo mundo tem condição ou “inteligência” pra comprar/aceitar pagar carro 0km. Beleza?

    Se hoje eu tenho 10 mil na conta e preciso de um carro, porque usar de entrada e comprar um popular 0km? Me desculpem, mas eu não sei prever o futuro e se amanhã estarei empregado e conseguirei pagar a prestação, que é outra coisa que eu abomino. Sou pobre, mas pago a vista!
    Queria um carro gostoso, completo, barato e pouco visado, afinal, 99% desses carros não tem seguro.

    Então, fui atrás do que a maioria não faria: comprei um Fiesta, leia-se “Ford”, a marca com mais Haters do mercado. Então, você comprou um carro com Ar Condicionado, Vidros e travas elétricas, direção Hidráulica, limpador e desembaçador traseiro e ainda de quebra, Air Bag? Por apenas 10 pila? E é um dos menos roubados do país? E de quebra vem com Zetec que usa corrente de comando? Pois é, acredito eu ter feito uma ótima escolha. É mais bonito que o Etios? SIM! haha
    Nossa, até essa “carroça” velha tem ar condicionado e eu aqui no meu milzão parcelado em 48x torrando no Sol. Pois é…

    • afonso200

      clio dando 10mil de entrada e parcelando em 72x de 599reais, no final com juros e talz, vai a 53mil reais, kkkkkkkkkkkkkkkk

      • Daniel

        só tem um detalhe… com a inflação, daqui a 72 meses, esses 599 vai ser o mesmo que 59 reais.

        Nunca some dinheiro em tempos diferentes!

    • th!nk.t4nk

      Gostei do “é mais bonito que o Etios?”. O pior é que é. Esse Fiesta foi vendido na Europa, é melhor que muita tranqueira exclusiva do Brasil. E além de tudo tá bem cuidado heim.

    • invalid_pilot

      Se tiver moral e achar um bom, da pra encarar um Escortão 99 1.8 Zetec tbm

      • Brenno

        E anda viu. Macio, confortável. A manutenção é aquele coisa: tira uns milzinho pra fazer uma geral, trocar correia, limpar radiador, abrir motor pra ver como tá, etc.

      • Robinho

        sonhava como uma SW, dificil é achar uma inteira.

        • invalid_pilot

          Sim ! Uma pena e também já é um carro com 17 anos e que na época era visto como “mico” por fugir do AP, Fiasa, Família 1 e 2 e essas mecânicas ordinárias que persistem até hoje em algumas montadoras kkk

          Mas sempre foi um baita carro maneiro !

      • Sedici

        Dirigi um SW da empresa que eu trabalhava, carrinho era top

    • Alvaro Guatura

      Excelente escolha!

    • Robinho

      Parabéns, o mais sensato relato postado aqui, ser pobre não significa ser burro ou metido a inteligente que sabe tudo de economia, política e carro como muitos aqui, seja pobre mas seja honesto e faça o que lhe deixe feliz, quanto ao Fiesta seria minha opção tbm assim como o Classic.

    • Sedici

      Bastante sensato seu comentario eu só faria uma ressalva ao adjetivo “gostoso” porque disso o Fiesta dessa geraçao nao tem muito nao hein… principalmente pelo cambio de caminhao. No mais, com certeza foi uma boa escolha.
      Tive um tipo 1.6 ie 2p 1994 paguei 6.300,00 na epoca o carro tinha uns dez anos de uso e 70mkm aquilo sim era gostoso de dirigir, e que espaço! Só era um pouco manco porque o motor era bem subdimensionado pro porte do carro. Mais ou menos como dirigir os milzinho de hoje.

      • Brenno

        Realmente, a alavanca de câmbio é bem longa. Antes desse Fiesta, dirigia um Polo Sedan, câmbio VW e seus engates manteiga. Mas, os do Fiesta são relativamente bons, você acostuma. Agora, alavanca do Uno e Palio…aquelas lá são molengas demais.

      • O comportamento dinâmico desse Fiesta é algo que a Ford não conseguiu reproduzir no seu sucessor e é muito, mas mas muito superior ao de Palio, Gol, Celta, Mille e 206, e pouco superior ao Corsa, seu rival.

    • jkpops

      boa escolha carrinho maneiro andei uns tempos com um desse que era da empresa carrinho econômico e pouco visado só merecia umas rodas de liga…

  • afonso200

    LIXO de BR

  • Ailton Junior

    o jeito é comprar uma moto nova

    • th!nk.t4nk

      Um colega fez isso há uns tempos. No início foi uma beleza, escapava de congestionamentos, só alegria. Até o dia em que ele tomou uma fechada feia e detonou com o pé. Pinos colocados, e muita fisioterapia depois, ele resolveu comprar um carro novamente.

      • Rodrigo

        Meu amigo quase morreu com essa merda de moto. E o cara andava por opção, tem um A3 sendan na garagem.

        Graças a Deus ele parou.

        • invalid_pilot

          Lá nos anos 80 meu pai tomou rola bonito de moto (antes de eu nascer), até hoje por isso minha mãe não pode nem ouvir eu cogitar comprar uma moto, mesmo depois deles separados kkkk

          • Rodrigo

            Nesse transito selvagem que temos hoje andar de moto é coisa de maluco!

            • Mr. Car

              Selvagem inclusive por conta das motos, he, he!

              • invalid_pilot

                Selvagem por conta de todo mundo… o que tem de motorista incapaz tbm, é um absurdo

              • Rodrigo

                Sim, são os piores.
                Aqui no RJ sê você desviar de um buraco na rua e invadir momentaneamente a área sagrada deles, o “corredor” eles xingam, chutam porta, quebram retrovisor. Loucura total!

              • Daniel

                Eu diria “Selvagem PRINCIPALMENTE por conta das motos!”

            • SDS SP

              Trânsito, além de tomar cuidado com o primeiro “zeca urubu” que lhe apontar uma arma e levar sua moto…

              Eu curto motos, mas só compraria uma por lazer e se morasse no interior.

              • Brenno

                No quesito assalto, no interior não é nem um pouco comparado as capitais. Mas com relação a segurança… tem cada merda que você vê acontecer na sua frente. Alguns carros saem de fábrica só com volante. Porque, andar com farol apagado a noite e não dar seta é algo comum.

              • invalid_pilot

                Dependendo do interior, nem lá da pra ter moto…

      • invalid_pilot

        Moto é osso… todo mundo que compra uma moto sabe que vai cair um dia, resta saber quando e como vai ser

  • Eduardo Sad

    Eu compraria um Kadett/Monza dos idos de 94, com pelo menos DH. Procurava um carro de uns 8mil, com bastante paciência e cautela, de forma a encontrar uma unidade digamos assim, “honesta e aceitavel”. E deixava uns 2mil reservado pra uma manutenção. Tenho boa experiência de uso com esses modelos, considerando – os bem resistentes! No entanto, teria um bem desses como locomoção mais para dentro da cidade. Acho que de fato, não teria coragem de comprar um carro desses pra pôr na estrada com alguma constância, pois nem seguro mais faz-se.

    • Brenno

      Pior né? Kadett é uma boa escolha. Ainda mais aquele 1.8. Era liso pra andar, gostava de girar e era econômico. Uma vez vi anuncio de um Sport 2.0 MPFI com aerofólio+rodas originais por 10 mil.

    • Gustavo_C.

      Foi a escolha que eu fiz há uns anos. Comecei com um Kadett de 5500, todo surrado, mas com 2 paus deixei ele “seguro”. Depois troquei por um Uno, já bem melhor conservado, o carro mais barato de manter que já tive. Dai ja tive Monza e Astra hatch. Adoro essa mecânica familia 2 da gm.

  • Vinicius Batista

    Se procurar, acha! Meu primeiro carro foi um peugeot 2006 completo com apenas 40 mil km rodados, isso em 2012. Carro de garagem, carro estava inteiro, paguei na época 14 mil reais. Cheguei a ver corsas pouquíssimos rodados na faixa de 10 mil reais, mas sem ar, direção.

  • Vinícius Lima

    Não sei quanto a manutenção, mas acredito que um Pegeout 206 da pra achar nessa faixa de preço e razoavelmente equipado, talvez até mesmo modelos 1.4

  • Willian Freitas

    Difilcil é manter em dia até deixar novo denovo vc sofre leva mais uma família em gastos para sua casa…
    Melhor andar de buzao…

    • th!nk.t4nk

      Aí o cara é assaltado no ponto de ônibus, esfaqueado ao voltar tarde pra casa, etc. Não adianta, no Brasil todo mundo se ferra de alguma forma.

      • “Perguntador”

        Olha, o risco de ser assaltado no ponto de ônibus existe mesmo, mas risco de assalto no Brasil existe em qualquer lugar. Eu, por exemplo, a única vez que fui assaltado estava no conforto e “segurança” do meu Cruze… ando de ônibus todo dia (para ir trabalhar), só usava o carro nos finais de semana.

        • th!nk.t4nk

          Sei lá heim… Nao concordo muito… A meu ver andar a pé ainda é bem mais perigoso. Concordo que de carro também tem risco, mas a estatística da coisa já muda bem. Falo pela experiencia de conhecidos meus que andam a pé versus os que só se locomovem de carro, a diferença é grande aí.

          • “Perguntador”

            Talvez, depende muito da cidade e do trajeto também. No meu percurso nunca tive problema. E o assalto que sofri foi em frente ao meu prédio, talvez se estivesse a pé teria sido assaltado tb, vai saber.

    • Brenno

      Olha, andar de ônibus é complicado. Muito complicado. Funciona? Funciona, mas você não tem conforto nenhum, perdeu o ônibus se fufu. E quando ele ta tão abarrotado de gente que o motorista nem abre a porta pra você entrar? É triste a realidade…

      • Fernando Oliveira

        Sei bem como é isso, amigo! Até 2005 morei em Salvador/BA e precisar de transporte coletivo de manhã cedo para ir trabalhar é triste demais. Para não perder o horário tive que ir literalmente pendurado na porta várias vezes. Era muito humilhante. Sem contar, que a liberdade de locomoção fica muito comprometida, pois você depende dos horários disponíveis dos ônibus, quando os mesmos não atrasam, para ir até o(s) seu(s) compromisso(s). Vendo por este ângulo, é bem melhor ter um carrinho de R$10.000,00 nas mãos.

  • Willian Freitas

    Brasil lixo impostos e mais impostos para a corrupção…

  • Marcos Andrew

    Bom esses 10k eu compro uma arma e assalto a casa do Eduardo Cunha..

  • MG

    Minha dica pra esse João é só trabalhar e estudar durante e depois da faculdade. Comprei meu primeiro carro só depois de formado, andava a pé ou de carro enquanto isso. E não reclamava. Depois de formado meus carros refletiram o meu salário e importância do cargo. Os carros que tive foram: Ford Ka 2004, Astra 2005, Ford Focus 20 12 0 km, VW Jetta TSI 2012 e Ford Fusion 2016 0 km.

    • Brenno

      Concordo. Mas, depende das condições que você tem disponível, né? Manter um carro durante uma faculdade, mesmo federal, é complicado. Minha casa fica a 5km da facul e não tem ônibus o tempo todo. A aula acabou 16h? Só tem ônibus as 18:15! Então é algo a se pensar.

      • MG

        Sim. Sempre depende… mas a minha era a noite só. .. trabalhavai durante o dia.

        • Brenno

          Tiro o chapéu pra você. Conciliar faculdade com trabalho não é pra qualquer um não.

          • MauroRF

            É puxado, Brenno, sobretudo aqui na Grande SP. Tá certo que fiz isso de 95 a 98, mas naquela época, embora houvesse menos trânsito, já era pesado sim, e quando chovia então, ou não chegava na faculdade, ou não chegava ao trabalho. Pior que eu não tive carro nem quando formado, pois demorou para eu começar a engrenar. Só em 2002 que fui comprar um Escort GL 1.6 92, o último GL do modelo antigo quadradão, lembro até hoje, pague 5300 em maio de 2002, rsrs, mas tava impecável, era único dono, menos de 100 mil km, e andava bem. Tinha até rádio/toca-fitas de fábrica com código! Nunca esqueço, fiquei 2 anos com ele só fazendo manutenção básica, aí as coisas melhoraram e consegui pegar um Fiesta Street zero em agosto de 2004, como estava para sair de linha, tinha descontos na época e saiu 19.900, lembro até hoje que era o mesmo preço de um Celta Super. Mas, vale a pena o esforço, demais.

  • Lucas086

    Com 10 temers pegava o mais novo possível, com no mínimo ar condicionado, apesar que acho que por aqui não se compra nada que preste com 10 mil, juntaria mais um pouco.

  • ditom

    Aproveitando o gancho da matéria, qual carro se compraria se você tivesse mais de 1,90m, 2,00m?
    Digo que não existe carro no Brasil que permita uma pessoa com mais de 1,90m dirigir com segurança. A cabeça bate no teto em todos!

    • Cláudio

      O Versa, o Doblò, Fit. (Como vc não especificou o preço…)

      • ditom

        Para você ver, Cláudio, o Doblò tem um espaço vertical que considerei excelente. Mas o que fez a Fiat? Colocou um porta-treco acima do pára-brisas. Numa freada brusca, o cidadão mete a testa no plástico sem dó nem piedade.
        Ainda não tive oportunidade de entrar num Versa. Vou seguir o conselho…

    • Brenno

      Tenho um amigo que tem 2,02m. Ele tem um Pug 307 e fica uns 2 dedos do teto.

    • Edson Fernandes

      Olha…. para motorista o C3 vai muito bem (eu tenho 1,87m e fiquei durante 7 anos com um).

      Outro carro atual que possuo, é um Fluence que igualmente cabe. Mas para cabeça, de longe minivans, Fit, C3 cabem sim.

      • ditom

        Valeu, Edson! C3, modelo antigo, me pareceu similar ao Logan em matéria de altura. Andei em um uma vez apenas. Sem dúvida acima da média.
        O Fluence merece um teste. Fit achei no limite.

        • Edson Fernandes

          Olha ouso te dizer que o C3 tem o teto mais alto que o logan viu..rs

          O que me impressionou desde sempre no C3 é o bom espaço dianteiro. Pernas e cabeça vc fica tranquilo. Só que anda em posição “poltrona” também.

          Se vc necessário apenas espaço para ti, pode ir fundo.

          Faça um Teste no Fluence, mas vc sentirá ele bem mais baixo se comparado ao C3.

    • MG

      458 Spider

      • João Cagnoni

        Eu entendi a sua ironia… rsrs… Tenho 1,88, quando entrei em uma F430 o teto não fechava por nada, acho que nem deitando de lado do carro. Parece aqueles carros de criança de 5 anos em parque de diversão, tanto no conforto quanto tamanho.

        • MG

          E aí João, dirigi uma f430 sem capota em gramado/RS, tenho 1,86 e o carro é bem apertado mesmo. Conforto não é o forte desses carros.
          Abraço

    • Eu te digo qual NÃO comprar:
      VW Gol. Tinha um, adorava o carro mas a posição do banco não me permitia uma viagem confortável com apenas 1,85. Os de posições mais “sentada”, como Fox, os Fiat’s em geral podem te acomodar melhor.

      • ditom

        Sim, Alessandro. Tive um Gol “bolinha” muito tempo atrás. O teto ficou escuro de tanto eu bater cabeça… :-/
        Minha esposa teve um Fiat Palio. Muito ruim. Sofre a cabeça e sente-se espremido dos lados. :-(
        Já tivemos um Uno na família. Cabeça no teto a cada solavanco. :-(
        O menos ruim que já dirigi foi um Logan. Nesse, a altura é (quase) boa. A posição do volante é que podia ser melhorada…
        Fox nunca dirigi. Mas Golf é terrível!
        Por tudo isso que eu digo: nenhum fabricante de automóveis se importa realmente com ergonomia…

  • Tosca16

    Depende muito da preferência do consumidor, aliado a sua necessidade; para um consumidor que não mora em grandes centros, ou não tem como gastar um pouco mais caro com a manutenção o jeito é ir sempre nos Fiat, GM ou VW ao meu ver, especialmente os Fiat Uno e modelos da VW com motores AP. Apesar de gostar muito não recomendaria ter um FORD, por mais que vc ache bons Fiesta e modelos até maiores como o Verona. Outras marcas como KIA, Hyundai e demais importados esqueça; não que sejam ruins pelo contrário, mas tudo é difícil de achar e/ou mais caro.

    • Robinho

      eu ja recomendo Ford, VW e GM, Fiat é problema.

      • Tosca16

        Fiat popular é fácil de mexer, manter e econômico até claro que levando em conta sua época de fabricação … mas eu falo de populares, nada de ir num modelo maior .

  • Fernando S.

    Comprar esses pé de boi, com mais de 120 mil rodados ainda, é certeza de passar um cheque pra receber uma bomba

  • Alvaro Guatura

    Certamente eu iria de moto. Se fosse optar por um carro usado, seria um Clio (que pelo menos teria airbags, ar condicionado, vidros e travas, e talvez rádio com comando satélite, roda de liga leve, retrovisores elétricos e outros itens.

    • Brenno

      Com uns $$ a mais, pegar um Clio K4M…Ahh delícia de motor. O pior é ver um Clio 2002 e um Clio 2014. Você vê o quanto a qualidade caiu.

  • tech76

    Detalhe: o carro de Joe terá 6 airbags, controle de estabilidade e sensor de pressão nos pneus.

    • Edson Fernandes

      E ainda…. automatico.

      • João Cagnoni

        E ainda… É um CVT, nada de automático comum.

  • Tosoobservando

    Nos Eua nao tem carro 0 km na faixa de $10 mil mais, mais barato é o Nissan Versa que ta $12 mil. Então é usado mesmo, veja o que de melhor se compra nos Eua com menos de 10 mil segundo a Cars dot com:
    2006 Ford Escape
    2008 Ford Focus
    2007 Ford Freestyle
    2007 Ford Fusion
    2006 Honda Civic
    2006 Hyundai Azera
    2008 Kia Optima
    2008 Nissan Versa
    2007 Scion tC

    • Tosoobservando

      Ja na Europa com $10 mil ou menos vc compra 0 km:
      Seat Ibiza 9,995
      VW Up 8,265
      Peugeot 107 8,220
      Toyota Yaris 9,995
      Vauxhall Corsa 8,995
      Toyota Aygo 7,995
      Hyundai i10 8,345
      Ford Fiesta 9,995
      Skoda Fabia 9,945
      Peugeot 208 9,995

      Fonte: The Telegraph

      • Brenno

        10 mil Euros, né?

        • Edson Fernandes

          Isso.

          • Tosoobservando

            Depois se puder pegue estes dados e faça uma materia pra comparação.

        • Tosoobservando

          Obvio, nao faço conversão pq eles nao ganham em reais ne, nem nos em euros ou dolares.

      • invalid_pilot

        Sandero vale p… nenhuma na Inglaterra hein, aqui a Renault cobra bem nele se comparado com o Fiesta e 208 (modelos similares que temos aqui)

        • Tosoobservando

          Aqui a Renault vende a linha Dacia como se fosse Renault legitimo, e o povo engole (inclusive no preço).

          • invalid_pilot

            Sandero na Inglaterra custa quase metade do 208, aqui é 41k vs 48k

            Um amigo comprou um Sandero 1.0 e o acabamento do carro é bem mais ou menos – se comparar com o 208 é covardia

            • Tosoobservando

              É pq la o 208 é rival do Clio novo, a renautl vende aqui gato por lebre .

  • Rafael

    Nem tentaria. Se não tivesse jeito era um Gol bolinha ou até mesmo o G3 muito nem procurado. Celta tb também vejo com uma opção viável.

  • Brenno

    Pensando por outro lado, dá pra comprar umas “bombinhas” e uns “rojões” hehehehe:
    – Vectra 95 2.0 Completo+teto
    – Polo Classic 1.8 Completo/Cordoba
    – Megane 1.6 16v K4M
    – Santana 2.0
    – Marea Poweeeer!
    – Golf MK3
    – Tempra 2.0
    – Astra Hue/Belga
    – Xantia
    – Palio/Weekend 1.6 16v Sevel!
    – PUG 306/206/106
    – Escort 1.8 16v Zetec Power!
    – Kadett/Ipanema

    • Racer

      Tive um Polo Classic….que carrinho bom. O que pegava era peças de acabamento, bem difíceis de encontrar e caras.

    • João Cagnoni

      Você chama isso de bomba? Cadê o Mondeo? rsrs

      • invalid_pilot

        Não se esqueça do Taurus

  • Rdassis

    Algo pra esses jovens se ocuparem…. um Marea turbo fumando e superaquecendo… de quebra vai aprendendo mecânica com passar do tempo.

  • Wagner

    Ano passado tive que vender meu carro pra comprar meu apartamento e precisei de um carro assim, achei um clio 1.0 16v 2002 de unico dono, o cliozinho ta firme e forte, claro que eu preferia tar na pele do americano que comprou um 0km com esse valor.

  • Felippe

    Eu compraria um Uno Mille ou procuraria um Gol bolinha 1.0 Mi

  • Douwe

    Um Clio de segunda geração, de preferência um RN, mas dependendo do estado de conservação iria no RL se fosse completinho. Só os airbags já o deixam anos-luz a frente de qualquer popular da época, sem falar no acabamento que era muito bom, estava realmente um nível acima. Tentaria achar um com face-lift ano 2003, embora os que são vendidos abaixo dos 10k estão bem moídos. Só não compraria a versão Yahoo!, que vinha sem airbags.

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Não importa o carro, o motor tem que ser AP.

    • Pode ser até Ford.

      • Maçaranduba o Porradeiro.

        Se o motor for AP, pode até ser Rural Willys

  • João Cagnoni

    Por 8k dá pra achar um 206 1.6 completo (com mais itens que os outros), um Clio 1.0 ou por 12k já vi até Xsara Picasso. Os 3 são carros fabricados há um tempo e ficaram em linha até recentemente, então a manutenção é fácil.

  • The Canadian

    Só acha carros assim porque o mercado de usados ainda valoriza demais o veículo, afinal ninguém quer revender um carro perdendo muito dinheiro. Enquanto isso em mercados mais maduros o carro sai da concessionária e perde 20, 30 % do valor, reflexo do nosso consumidor médio que acha que carro da status enquanto nos EUA ou Europa, salvo exceções, é bem de consumo.

  • JoãoAVR

    Situação parecida com a minha, mas no meu caso foi financiamento.

    Em 2011, saí da minha cidade com um financiamento pré-aprovado, e fui para SP buscar um carro bom e barato para comprar. Depois de uma semana rodando com meu primo em revendas e vendo anúncios particulares, encontrei um Uno 2004, 2 portas, pelado, 41 mil km rodados, por R$13.000,00.
    Dei R$1.800,00 de entrada e os R$11.200,00 restantes foram parcelados em 48x R$369,57. Valor final R$19.539,36.
    E só consegui essa parcela porque fiz direto com o banco, pois em revendas o valor aumentava até R$100,00 por parcela. Fora que em uma agência pediram R$200,00 reais de ágio para segurar a venda de um Celta faltando o botão da buzina.
    Minha ideia era pegar um Corsa Sedan (Classic) mais velho, ou mesmo outro carro menos pelado, mas tinha que comprar um carro no mínimo ano 2003 para poder financiar. Fora o fato de que tirando esse Uno, a maioria dos carros que vi estavam surrados e fuçados.

    • Davi Millan

      É duro escolher algo com um orçamento apertado. O pior são os juros para financiamento e os preços dos automóveis, onde aqui são tratados como artigos de luxo… Pelo menos o seu Uno tem mais dignidade que o atual e é um carro muito em conta pra manter. Se for o da foto eu gostei da cor. Mas calma que uma hora chega a sua BMW. Sucesso!

  • Vagnerclp

    Esta foto da Sé ficou na história. EU estava lá. Ou pra ficar mais bonito como no comercial de bebida: I was there!!

    • MauroRF

      Meu, aquilo é um inferno, rsrsrs. Pegava direto isso entre 2000 e 2007, quando não tinha a linha verde 2 até a estação Tamanduateí da CPTM. Mesmo tendo carro depois de 2002, eu ia mais de trem e metrô porque o trânsito não era brincadeira, e a estação de trem Santo André ficava a 15 mim a pé da casa dos meus pais (hoje, meu apê aqui em Santo André fica a 20 min a pé). Se bem que depois de 2007, mudei para uma empresa na região da Berrini, aí passei a ir de carro todo dia. E de 2011 em diante, trampo em casa, visitando alguns clientes de vez em quando. Essa estação Sé, cara, era sempre apuro, rsrs.

      • Vagnerclp

        Berrini também tem um trânsito infernal.

    • zekinha71

      Essa foto é clássica, depois da L4 agora essa cena só acontece em dias de pane.

  • Guilherme7TW

    Podem me chamar de louco, mas estuo de olho em um FIAT Tipo 1.6ie 1994 2 portas com AC DH teto solar. O Dono pede menos de 5 mil, obviamente tem coisa pra fazer, mas simpatizo com o carrinho.

    • CignusRJ

      O dinheiro é seu, o sonho é seu, quem vai andar no carro é vc portanto ninguém tem nada a ver com isso. :)
      Vá atrás do que deseja. Só pesquise bem para o sonho não se tornar pesadelo.

      Tô com dois sonhos engavetados por causa de minha digníssima esposa. Ter um Alfa 164 e/ou um 156 e viajar até a Terra de Fogo de carro. Sair do RJ até a patagônia e depois voltar via Chile.

      • Guilherme7TW

        Alfa é algo passional, lembro quando suspirava ao ver as 156 sportwagon passando, as patrôas não conseguem entender isso kkkk.

    • André Martani

      Eu tive 2 Tipo. Carro ótimo, mas já faz muito tempo. Hoje realmente é muito difícil encontrar o modelo em bom estado.

    • Sedici

      Meu sonho durante muito tempo foi um desse na cor azul metalica. Infelizmente nao consegui realiza-lo rsrs

      • Guilherme7TW

        Esse que estou negociando é um azul metálico. Tinha um sedicivalvole branco também, mas pra eu que estou construindo o 1.6ie está mais compatível com minha realidade rsrs.

  • Davi Millan

    Com 10mil?
    Escolha econômica:
    # Fiat Mille 2004 com KM 60mil por 8.990,00
    Escolha com o Ar condicionado:
    # Clio Hatch RT 1.6 16v 2003 KM??? por 10.900,00
    Escolha Bomba/Emocional:
    # Citroen Xsara 2.0 GLX 2000 KM??? por 9.800,00
    # Peugeot 306 Hatch 97 ou Break 99 KM 77mil – 112mil por 9.900,00 – 10.000,00
    # Chevrolet Vectra CD 2.0 16v AT 97 KM??? por 9.900,00

  • ViniciusVSG

    Eu compraria sem dúvidas um carro de leilão. Com 10 mil e um pouco de sorte da p/ comprar um carro entre 2009~2012 em bom estado, recuperado de financiamento, renovação de frota ou coisa do tipo.
    Tenho um vizinho mecânico que compra, arruma e revende. Vira e mexe ele encontra boas oportunidades…

    Quando se tem pouco para gastar, é preciso ser criativo. Vale muito mais a pena do que pegar um carro com 16 anos, com interior desmanchando e lataria acabada.

  • Zé Mundico

    Conheço gente que com menos de 10 mil, comprou uma passagem para os EUA e nunca mais voltou.

  • Ailton

    Eu compraria uma motoca e continuaria juntando uma gracinha. Faz tempo que não compro carro usado, mas na minha cabeça tem que ser no máximo de 3 anos de uso e bem passado o pente fino.

  • Sergio Kraemer

    A pessoa tem que entender que os 10mil não são só os 10mil da compra, que é preciso reservar pelo menos uns 2~4 mil pra arrumar. Correia, óleo, filtros e velas sempre troco logo no dia da compra, só aí já vai 1000ão fácil, pneus se ruins já vai mais 500~1000.

    Hoje compraria um Vectra 1997 GLS por uns 6 a 7 mil e com o restante arrumaria ele.

  • fbl

    P… Comprar algo que tudo funcionando com 10mil????? Mosca branca total. No papel pode ser completo de tudo. Quero ver funcionar direto. Infelizmente é assim

  • André Martani

    Eu sou o João!!!! Precisava de um carro nessa faixa de preço e acabei optando pelo Uno Mille 2008. Tudo bem que ele não tem opcional nenhum, somente 4 portas ( que era uma exigência minha…rs). É econômico, tem a manutenção com custo baixo, pneus baratos (150,00 cada), já é flex, pra quem gosta… Enfim; eu pensei no pós compra. Quanto menos eu gastar pra manter o bichinho em pé, melhor pra mim. Quando comprei ele estava com 85mil/km originais. Se procurar bem, sem pressa, ainda se consegue um bom negocio.

  • Racbc

    Comprei um Peugeot 206 SW, 2006 com vidros, travas, alarme, ar, direção, motor 1.4 e em ótimo estado por 12.000… Por esse preço acho que foi o melhor custo-benefício.. Troquei algumas peças por precaução e foi tudo muito fácil de encontrar e pelo mesmo preço das marcas “tradicionais”

    • pedro rt

      o 206 e uma das melhores compras sendo usado

      • Racbc

        Realmente.. depois de muita procura achei. Vendi um carro mais caro e completo para fazer um investimento e consegui pegar um carro ainda completo e por um preço que eu podia pagar. Pelo preço dele eu já tinha visto cada coisa assustadora kkkkkk

        • pedro rt

          hj eu vi uma coisa no programa autoesporte q fiquei chocado… em sp tem gente agora comprando carro todo batido com 33% de desconto sobre o mesmo carro usado sem nenhum defeito, acho isso puro desperdicio de dinheiro comprar carro usado todo amassado com PT

          • Racbc

            É muito desperdício mesmo, não vejo vantagem não..

          • zekinha71

            Uma vez estava procurando carro usado e fui nessas lojas de porrados.
            Tinha uma bola de ferro que uma dia foi uma L200 e estavam vendendo por 20K, isso foi uns 15 anos atrás.
            Quem compra isso é pra pegar os documentos e jogar em cima de um cabrito.

  • pedro rt

    com 10mil deixaria na poupança nao da pra comprar carro razoavel hj no brasil entre os usados com menos de 20mil… melhor andar a pe ou de bicicleta q de transporte publico. nao consigo imaginar comprando carrinho 1.0 pelado por 10mil, prefiro um carro 1.4 ou 1.6 com o trivial mesmo pagando mais

    • Os carros vão ficar mais caros que a poupança. Deixar o dinheiro lá será simplesmente comprar carros cada vez piores ou não comprar carro algum.

  • pedro rt

    gosto do brava mas acho mais confiavel pegar um palio mas a melhor opcao e pegar um uno milho… rsrs

  • pedro rt

    o unico carro 1.0 usadao q vale apena e o milho… compraria sem olhar pro lado

  • Jorge

    Com R$10 mil é difícil achar carros bem conservados mas é possível.
    Com R$15 mil é mais fácil achar bem conservados mas demora mais tempo para juntar o dinheiro.

    Carro usado pode ser uma boa alternativa ao carro zero km. Basicamente quem compra carro usado quer economizar dinheiro e aceita gastar mais tempo para procurar um carro que esteja bem conservado.

    Meu último carro usado que eu comprei, eu demorei 8 meses para achar um carro do jeito que eu queria.

  • The Monster Man

    Compraria um monza GLS ou santana 2.0 Evidence ou Exclusive ano 1996 ou próximo disso, carros bons, baratos, razoavelmente econômicos, com bom desempenho e com fácil manutenção, mais antigo que isso é muito difícil encontrar peças originais e o custo é bem alto as vezes, exemplo disso é meu Corcel II ano 1981, paguei 7 mil reais em um carro de procedência, pouco rodado para o ano 160mkm, com estrutura intacta, já investi mais que o valor do carro para refazer toda a mecânica e a elétrica, ainda faltam os detalhes estéticos externos e o estofamento, com custo aproximado de 3 mil reais para isso, somando tudo o custo para ter um antigo em perfeito estado é de quase 20 mil reais, quase o dobro do que o João pode gastar.

    • Daniel

      E, depois de arrumar o Corcelzão 1981 duvido que vc vai ter coragem de colocar ele pra ralar no dia-a-dia… é carro só pra passear no final de semana e curtir um encontro de carro antigo!

      Imagine o transtorno se um motoqueiro te arranca um retrovisor! (Eu fiquei mais de 10 anos procurando o retrovisor original do BR 800 89… não, não foi agora, fiquei procurando de 96 a 2007! Finalmente encontrei e já comprei 2)

  • rodrigo oliveira

    -tá díficil achar carro por esses 10k,um carro usado conservado o que pra min é obrigação do dono cuidar,ele vai querer muito mais depois então que carro antigo virou moda a preços absurdos nesse valor ou abaixo disso tem muita coisa para fazer e ai acaba não compensando a não ser e o cara goste do carro.

  • jkpops

    Eu paguei há 4 anos atrás R$ 7500.00 em um Monza SL/E 4 portas 1992/1993 2.0 alcool com vidros elétricos,Ar,Rodas de liga leve,Direção hidraulica e freio a disco nas 4 rodas é um carro velho sim mas me leva pra onde eu quero funciona tudo não gasto muito com manutenção apenas o consumo que acho um pouco elevado faz 7.0km/l aqui na cidade mas na estrada chega a fazer 11 e tem um porém vc pisa e ele vai sem exitar fui pro mato grosso em janeiro com ele e o unico problema foi um pneu traseiro que furou na estrada. por enquanto ainda vou ficar com ele se for me desfazer dele será somente pra pegar um carro melhor que seja sedan corolla/civic,sentra ou uma picape.. Não daria meu Monza com 23 anos de idade por um Up 0km… muito menos um mobi

    • Cris Dorneles

      Lindo Monza.

    • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

      jk ta ótimo esse consumo do monza, meu j6 11/12 faz 7 KM/L na cidade com gasolina, e talvez algum outro um pouco mais economico mas pelos R$ 7500.00 investidos ta muito bom adoro monza

    • Brenno

      Olha, não sei de qual cidade você está( pela placa do Corolla, deve estar no estado de SP) , mas eu, no Sul de Morros, digo, Sul de Minas, faço chorado 9,5 ~10 km/l no Fiesta 1.0 e na gasolina. No Polo eu fazia 8 na gasolina. Então 7 no alcool ta excelente.

    • Gustavo_C.

      Ótimo carro, o meu Monza tinha 106 mil km e era carro de terceiro dono, era um 94 GLS 2p, vinho tb.

  • Marcelo Lynx

    No Lugar do Jõao compraria uma passagem só de ida pra bem longe do Brasil…

  • delvane sousa

    Quem adquire um veiculo nesse valor deve estar preparado para os custos de manutenção. Vou dar um exemplo. Troquei os amortecedores do C3 2007 essa semana: Ficou em dois mil reais. Como o carro vai continuar em familia considerei que valia a pena. A não ser que voce encontre um dono anterior que cuidava, vai arcar com custos pesados. Principalmente para pessoas como eu que fazem questão de manter o veiculo em boas condições de segurança, fazer uma boa manutenção e tals.

  • Caio Alcântara

    Fiat Brava 1.6 2000 mecânica de Palio e geralmente com dh vt te ar

  • Fernando Oliveira

    A conclusão que chego é: A vida do João nesse contexto tupiniquim é duríssima!

    Já estive no lugar João, quando precisei comprar um carro e meu orçamento era reduzidíssimo: Ocorreu em 2007, eu recém-formado, CNH novinha e R$8.000,00 disponíveis na conta, poupados com muito esforço e à base de muitos trabalhos extras. Até então, só conhecia transporte urbano via ônibus lotado e sendo tratado como boi no curral… época difícil…

    Com o valor que mencionei, acabei comprando um Fiat Tipo Mpi 1996, 155K Km rodados e bem judiado por R$7.000,00. Sempre gostei do Tipo e era um sonho em adquiri-lo naquele momento. Aí começa a nossa epopéia com este veículo já com bons 11 anos de idade e com várias coisas a serem feitas. A primeira delas foi de cara a bateria, que me deixou na mão logo no dia seguinte. Em seguida troquei o para-brisas que estava trincado. Com um mês, a homocinética do lado do motorista foi pro saco. Com dois meses, a válvula termostática travou fechada e o carro ferveu. Logo em seguida, a pinça do freio do lado do motorista travou e tive que trocá-la. Sem contar cabo do velocímetro que quebrou com três meses e o radiador que furou, fazendo o carro superaquecer novamente. Some-se a isso tudo, um proprietário inexperiente e com pouca grana para manutenção. Época igualmente difícil, com a diferença que andava mais duro que o de costume, para manter o Tipo minimamente em condições de uso. Nem falei da dificuldade de encontrar peças.

    Obviamente que o texto fala de uma hipótese, que no caso me enxerguei exatamente como o João, embarcando numa verdadeira aventura, uma vez que o carro não era confiável, principalmente para viagens que eu precisaria fazer com ele, pois o novo trabalho que consegui assim o exigia. Quando me lembro disso, até acho engraçado e importante para a minha experiência pessoal, entretanto não gostaria de repeti-la. Carro com mais de 3 anos de uso, nunca mais!!!!

    • Gustavo_C.

      História parecida com a minha. Em 2008 eu fiz 17 anos e enfiei na cabeça que queria ter um Kadett. Eu não tinha nem CNH, mas aborrecente já viu né? Eu ganhava uns trocados em uns serviços de informática que fazia. Acabei convencendo a mãe a comprar, juntamos nós dois 5500 pratas e fui atrás do Kadett. Achei numa vila um preto, todo zoado por fora, mas a mecânica parecia boa e por dentro tb. Pagamos o preço e eu trouxe embora. Eu não tinha um puto para a manutenção, pois só gastava com o álcool (ainda isso pra ajudar). Meu tio era mecânico e isso ajudou, ele fez umas gambiarras pra gente ir usando o carro, mas ele falou que não podia passar de 60 por hora por conta da homocinética e disse que era pra ir completando a água porque o radiador tinha problemas. Bateria troquei por uma bicicleta q eu tinha. Depois descobri q estava com o estepe furado e aí tudo parece conspirar contra você. O último defeito do carro foi o trambulador que me abandonou na cidade, estacionei em uma vaga 45 graus e a ré não entrava nem por reza. Acabamos tendo que empurrar ele. Depois vendi pra comprarmos um Uno. Curiosamente conheço a pessoa que comprou, e já vi o carro rodando umas duas vezes.

  • No começo do ano meu tio vendeu a parati dele, e eu ajudei bastante para ele escolher o seu novo carro. Era um carro único dono 1997, mas bem rodado e com bastante coisinha para fazer. Carro antigo é assim, você faz uma coisa um mês, no outro já tem outra coisinha para fazer. Como meu tio estava cansado disso, resolveu trocar. O preço da FIPE na época era quase 9k reais. Na CSS queriam dar 3000 reais no carro, o que eu fiz: fui em um amigo mecânico e falei: orça tudo que precisa fazer. Na época deu quase 2500 reais para deixar ela 100%. Fiz um anúncio e coloquei o valor da FIPE menos o do orçamento. Duas pessoas vieram ver, viram todo o carro, eu falei de todos os problemas e mostrei o orçamento e comentei, se você levar lá ele faz exatamente o valor do orçamento. No final fizeram propostas e aceitei o que ofereceu mais (R$6.750,00). Eu acho que as vezes falta isso com os vendedores de usados, mostrar exatamente como está o carro em vez de maquiar.

  • Marcos Drawer

    Como já visto por muitos aqui, cada caso é um caso. Nada contra o sujeito ter só um capital de 10k para comprar um carro. Tomando as devidas precauções e pesquisando com paciência, com certeza, irá achar algo satisfatório a sua necessidade. Não se pode generalizar “carro de 10k é tudo lixo”. Claro que tem muita bomba por ai mas tem muito carro “seminovo” problemático também. Conheço gente que tem um popular 2009/10 e nunca olhou o nível do óleo, pastilhas, etc. Quando passar pra frente, vai dar a batata pro próximo. O desgaste claro, ataca mais os carros mais velhos com 180, 200 mil km rodados e que muitas vezes os donos são negligentes com a manutenção. E lógico, se você for bem servido de transporte público (raro isso), pode esperar um pouco mais para ter um carro, ou talvez nem precise de um. Ai tem o gosto de cada um também (Acho que a maioria aqui gosta de carros como eu) enfim, boa sorte a todos…

  • Pedro Cunha

    Um pau-pra-toda-obra que compraria com alguma facilidade dentro dessa faixa de preço seria um Palio 2001-2004. É bem mais honesto que os GM´s citados e apesar de ter porta-malas(bem) menor, é um “conjunto” mais equilibrado, econômico e bom de dirigir. Para sanar o diminuto porta-malas há o banco traseiro rebatível(se não precisar levar mais de um passageiro) e caso não possa abrir mão do banco traseiro, um bagageiro de teto com baú é o quê resta. Se o caso não fosse tão focado em economia e se buscasse algo mais em desempenho e espaço, daí sim pensaria num GM – Astra(sedan ou hatch) ou Vectra, naturalmente colocando mais alguma grana em cima ou mesmo financiando o saldo. É bem factível de acharmos Astras/Vectras entre 2000~2003 custando até R$15mil e em ótimas condições. Imediatamente acima disso, pensaria em Focus ou Stilo.

  • Poxa Galera, vendo esse poste não posso deixar de comentar minha história, pois em 2014 comprei um focus 2002 em Salvador por 9.000 o defeito dele era a pintura ques estava uma merda, 2 anos depois estou finalizando a venda dele por 8.500 com a pintura no mesmo estado o comprador ainda leva de brinde 600 reais de multas.
    É um Ford completasso, topo da linha por apenas 9.000, agora estou novamente procurando um outro na faixa de até 14 mil, e nem penso em comprar carro fiado

  • Ricardo

    Mil vezes meu Polo Classic do que essas opções aí!

  • Peter Bishop

    Moto

  • Gustavo_C.

    Eu procuraria um carro de uns 6 ou 7 mil reais e gastaria o restante para deixar a mecânica gabaritada, pelo menos em aspecto de segurança e funcionalidade – freios, suspensão, revisão do motor, arrefecimento, etc. Com 3 mil, dependendo do carro, dá pra deixar objetivamente confiável. Estou dizendo porque já passei por isso, com um Gol bola que tivemos por uns 2 anos. Gastamos 1800 e o carro ficou bastante seguro. Vendi para dar de entrada em um outro. Agora uma coisa é fato: A prioridade do João não é escapar do transporte público? Então o João não pode querer sair exigindo AC, DH, vidro elétrico, etc. Se a prioridade dele é conforto, use o busão por mais um ano, junte 15 mil e pegue um Astra ou Vectra do começo dos anos 2000.

  • Serginho

    Aproveitando o contexto, temos como o segundo carro da família, um modelo 1998, com 145.000 km rodados, único dono, 18 anos sem dar nenhum problema, porém muito criticado em análises automotivas: Escort SW GL. Valor na FIPE: R$ 7.766,00.
    Por ser um carro de cidade pequena aonde muitos conhecem o carro há anos, já recebemos propostas de até R$ 10.000,00 Mas vendendo o carro e colocando mais algum valor, o que se compraria que não desse dor de cabeça e fosse superior ao carro atual?
    Realmente, é um raro caso de casamento feliz que não vale a pena se desfazer.

  • Hugo Borges

    Bom dia, se você tem R$10mil reais e possui renda, financie um carro de R$20mil, aí sim você consegue algo popular, completo e com quilometragem aceitável, além da parcela não ficar absurda. (não tente financiar mais de R$15mil reais hoje em dia, é pedir pra morrer)

    Caso você não queira financiar, procure o carro mais popular possível, um Uno ou qualquer coisa que possua motor Fire. Pequena ressalva: tive um Ka 1.0 MK2 e o trem fazia 10km/l, peguei com 80mil km e vendi com 100mil, nunca deu problema (óleo sintético e especificado no manual), hoje um 2007 dá para encontrar por quase R$10mil, basicão.

  • thiago souza

    Vendi há 2 anos atrás um clio 2007/2008 por R$10.000,00, o carro estava muito bom, o ar gelava muito e a suspensão estava nova, tinha trocado até a caixa de direção. Só tinha ar e vidro elétrico dianteiro mas era muito econômico. Os pneus estavam com mais de meia vida que por sinal era michelin, haviam custado uma nota…Vendi barato para comprar um outro carro tbm barato, mas sinceramente, saudades do clio..deveria ter ficado com ele até não aguentar mais.

  • Herbet Moreira

    A 3 anos atrás, ajudei o meu sogro a comprar um Escort GLX 1.8 16V (AC,
    DH, VE e TE) 1997 que estava com (pasmem!) 79000km! O carro estava muito
    bem conservado e foi comprado por R$6.500!! Com 10 conto dá pra comprar
    carro em bom estado sim… garimpe bastante que dá!

    • rodrigomalc

      Esse Escort é top!!! Tem o SW também que além de bom é espaçozão!!

  • Thiago Lamim Matos

    Um bom assunto para um novo post seria o que o Joe poderia ter com uns 2,5-3k dolares (equivalente dos 10k reais) e a idade dos carros.

  • Cesar Mora

    Coitados de todos nós, somos todos joões, e a maioria aqui já passou por isso de ter que comprar um carro baratinho ( nem tanto)

    aqui o que importa mais que qualquer coisa é o estado do carro, o joão não pode falar ” ahh mas eu acho o Siena MkI feio”, se ele encontrar um bem cuidado e com ar e direção, vai ser muito melhor que um gol quadrado CHT 1000 por exemplo… o João também precisa ver o quanto ele anda, porque aquela Omega Suprema que ainda tem sua beleza e integridade pelos 9.500 que está anunciada, vai se tornar um pesadelo se ele tiver que andar 300km por semana, e ai o melhor amigo vai ser aquele Mille que só tem vidro e trava, mas que ele vai ter dinheiro para sair no fds comer um lanche… Ka é mais divertido mesmo sendo fraco com motor Endura, o Clio pode ser mais equipado assim como os Escorts Zetec, tem muitas Palio Weekends ainda dignas e nessa faixa, o Brava ainda é um carro bonito, são tantas variáveis…

  • Bruno Wendel Marcolino

    Deu até desgosto ver esse post…

    Eu que já tenho renda bem melhor que a do João não conseguiria comprar um Versa 1.6 0km sem me atolar…imagina o João com 800 reais…

  • Renan21

    Ontem estava procurando um tablet, e me deparei com um Ipad top por 10.000,00
    Um tablet ou um carro por 10 conto?

  • Marcelo Schwan

    Minha humilde opinião:

    Já fui dono de oficina e essa deve ser uma das preocupações: custo de manutenção.

    Se você quer um carro até 10.000 é porque a grana está curta. Se é pra comprar carro barato, o custo de manutenção é algo que tem de ser levado em conta, mais até que a compra do carro.

    Com essa grana dá pra comprar muita coisa interessante: Omega, Astra, Focus e etc.. Mas são carros de manutenção mais cara.

    Os mais vendidos, Gol, Corsa, Palio e Fiesta, são realmente os mais indicados. Eu compraria um Corsa Sedan. Carro de boa venda, custo de manutenção baixo, fácil de achar com ar condicionado e direção hidráulica. É um sedan com capacidade de porta malas que atende até uma família. Quatro portas, que é desejável. E dá pra achar com motor 1.6 nessa faixa de preço.

    O segredo é não ter pressa. Tem de pesquisar e tentar achar um carro inteiro, sem muita coisa pra fazer senão o molho fica mais caro que o peixe.

    abraço,
    Marcelo Schwan

    • MarceloEUA

      Concordo.

      Não citei no texto, mas quando procurei por um dos meus últimos carros no Brasil, nessa faixa de idade e preço na casa dos 5000, a minha prioridade nº 1 foi: Há quanto tempo foi feita a última retífica? Ou seja, procurei o motor “mais novo” possível.

      Achei um Fiesta 97 com motor Endura feito bem recente, mas que infelizmente quebrou a caixa de marcha na minha mão quando estava a 60km/h de 3ª, dentro da cidade. Só deu tempo de se arrastar p/ a faixa da direita e deixar o carro parar em um posto de gasolina no quarteirão seguinte… Esse “pequeno detalhe” (fizeram o motor mas não fizeram a caixa) jogou o custo/benefício por água abaixo. Mesmo assim, no geral o carro até que me serviu bem como quebra-galho por quase um ano. Com certeza melhor do que ônibus, moto ou andar a pé.

      O trio motor, caixa e suspensão é o que vai ditar o estado de um usado.

  • Ediomar

    Minhas escolhas nassa faixa de preço:
    Uno Mille Fire 2002,muito econômico e pouca coisa para quebrar,
    Vectra,ja se acha por esse valor,mecânica robusta e um design que é bonito ainda hoje.
    Santana com o bom motor AP,se procurar bem acha uns completinhos.
    tem outras opçoes mas nos vou citar todas,no mais qualquer importado estou fora.

  • Dois Tempras!

  • Diego Amaral

    E o 206? já encontrei 2004 completo, 1.4 por esses 10 mil reais.

  • Corolla,Camry, Paseo, Accord.. Até Lexus você acha…

  • Escolho a Sportage ou um Niva.

  • Marcelo Santos

    João, pega esses 10 mil e tenta achar uma Falcon 2008 em bom estado. É mais negocio.

  • André Gimenez

    Compraria não eu comprei, paguei R$ 9000,00 Monza tubarão ano 95, sou o 4 dono dele, já não paguei IPVA esse ano, o carro está em perfeito estado, é completo tem mecanica simples, manutenção muito barata. Troquei os rolamentos das 4 rodas, as lonas de freio as pastilhas e gastei R$ 670 reais sendo mão de obra R$ 300,00 e 370 reais de peças.
    Ah sim quando comprei ele troquei a bomba dágua que tava com barulho 80 reais a peça 100 de m de obra (160 reais). .

  • Matheus

    Há cerca de três anos, devido a necessidade de construção, meu irmão teve de se desfazer de um golf para investir na obra. Como já era casado e tinha 2 crianças pequenas, tinha que ser um sedan, na casa dos 10-12 mil. Porém, como seu primeiro carro foi um gol rallye e depois um golf 2.0, um 1.0 seria sofrível. Além disso, partir para omega e outras coisas teria manutenção muito alta. Astra custava uns 16-17. Pensamos num corsa sedan, porém a maioria pelado e 1.0. O ideal seria no mínimo ter ar condicionado. Procurando, achamos um Polo classic 1.8 completo muito bem cuidado com 127 mil km por 10 mil, levando na oficina e chapeação verificamos que nunca havia sido batido, e com cerca de 1000 reais, deixamos o carro todo em dia. Carro gostoso de dirigir, confortável, com bom espaço e porta-malas grande. Além disso, o consumo foi surpreendente, motor 1.8 anda bem e é econômico, manutenção não é cara, difícil de quebrar. Não bate tudo como outros. Muito confortável e gostoso de dirigir até mesmo em viagens (2001 tem um interior muito bonito, como dos polos mais novos). Hoje ele tem um carro mais novo, mas continua com o polozinho na família. Foi o melhor negócio, visto custo x benefício e suas necessidades.

  • Acho 15k um valor razoável, em 12/2014 comprei meu primeiro carro.
    Palio fire 2008 completo 2P por 14.500 com 75.600km rodados! até hoje nunca deu problema (levo pra manutenção todo ano) e cuido muito bem dele….



Send this to friend