Crossovers Renault Segredos-Flagras

Renault Captur deve começar a ser produzido no Brasil já em 2015, segundo site

renault captur

Vendido no mercado europeu há dois anos, o Captur se prepara para ser lançado no Brasil. O crossover compacto da Renault deve começar a ser produzido em território nacional nas últimas semanas deste ano, com estreia nas concessionárias prevista para o início de 2016, para fazer frente a modelos como Honda HR-V e Jeep Renegade.

O Renault Captur nacional deve seguir a mesma linha do modelo vendido lá fora. No entanto, a plataforma será a mesma que equipa o Duster, Logan e Sandero, para reduzir os custos de produção. A versão europeia do utilitário-esportivo é equipada com a mesma base do Clio de quarta geração, assim como a motorização.

renault captur 2

Além disso, a versão brasileira do modelo deve apresentar dimensões maiores. O carro é tratado como “Grand Captur” e pode oferecer três fileiras de assentos, com capacidade para levar até sete pessoas. Com isso, o Captur pode se diferenciar ainda mais do Duster, que continua sendo oferecido pela marca.

Quanto aos motores, o Captur pode ser equipado com o motor 2.0 litros de quatro cilindros do Sandero RS, capaz de entregar até 150 cavalos de potência e 20,9 kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas ou automático.

renault captur 3

Os preços da novidade devem ficar entre R$ 70 mil e R$ 80 mil.

[Fonte: Autoblog Argentina]





  • Wolfpack

    O Captur com a terceira fila de assentos já é vendido na Europa. Não sendo novidade. O problema destas nacionalizações é o downgrade de tudo no veículo, da plataforma, eixos, acabamento, chegando aos sistemas de segurança do veículo, e o brasileiro paga caro por isso, porque temos gente no comando do país sem educação, sem conhecimento nenhum, e o resultado todos sabemos.

    • Mayck Colares

      Onde vc viu que na Europa existe Captur de 7 lugares? Captur mesmo vc tá falando?

    • Filipo

      Lá não existe Captur de 7 lugares. Lá existe o Kadjar, um SUV pequeno, maior que o Captur.

    • Deadlock

      Faz tanto tempo que falam que vão lançar esse carro que só acredito vendo. E se vier vai vir tarde, com mercado em queda e concorrentes de peso.

      • 4lex5andro

        talvez quando a renault cair bem nas vendas ..

        entao, poderia fazer como a peugeot , tentar melhorar sua imagem no mercado, e que em pouco tempo, lançou os modernos 208 e 2008, enquanto a filial brasileira da dacia continua com seu clio de ’98 ..

        • Deadlock

          Porém, esses carros da Peugeot vendem pouco e a Renault é a melhor francesa em vendas porque trouxe o conceito de mais (espaço) pelo mesmo (preço).

  • Exclusivo, exterior e interior do Grand Captur. (…… by Dilma)
    .

  • Exclusivo, exterior e interior do Grand Captur. (…… by Dilma)
    ..

    • ..

      • Bruno Wendel Marcolino

        show de bola.

      • Debraido

        Sonha. Esse interior não é do Captur.

        • kkkkkkkk. Mas dizem que o painel vai ser nesse estilo.

          • B_Bunny

            painel da captur possui plastico duro e um pouco pobre.
            Versão UK

          • Luiz Ramos Jr.

            Se for esse eu compro kkkk

      • C.A.

        Esse aí não é o interior do Laguna?

        • 4lex5andro

          parece o interior da scenic ..

      • Vattt

        Esse interior não é do Captur, na porta nem tem a janelinha vigia.

      • Filipo

        Não será este interior! Este é de outro veículo, superior ao Captur, o Laguna.

      • oscar.fr

        Interior do Laguna se não me engano. Acho difícil a Renault colocar esse painel em um carro “só de R$80 mil”. Aposto que virá com o mesmo painel do Europeu que de feio não tem nada, mas precisa melhorar a qualidade do acabamento, que segundo muitos relatos não é muito boa.

  • Guilherme Eduardo

    Será que o suposto Renault Duster de 7 lugares era na verdade o Captur feito sobre a base do Duster? Depois de ler essa matéria até faz sentido

    • Faz sentido mesmo pq o maior custo de um carro é sua plataforma, como será na mesma base da Oroch não vejo problemas em começa a vender ano que vem o resto só chaparia lataria farol mais fácil que outra plataforma que depende de máquinas e soldas.
      Vai vir para bater na morta Spin? Desde que a multimídia seja melhor do que existe hj na Renault espelhando o telefone.

      • FocusMan

        Acho que a Plataforma não é a parte mais cara não. O que é caro é o projeto da planta de produção que é feita para acomodar essa plataforma. Facilita muito usar uma plataforma já existente .

  • Rodrigo Queiroz.

    Vamos melhorar esta traseira à moda Kadjar ?
    Já o prazo de estreia nas concessionárias prevista para o início de 2016 estou achando muito otimista, pois ainda não foi visto nenhuma mula deste veículo no Brasil.

    • Thiago K. Galiza

      não acho “tão otimista” praticamente vai ser um Duster com outra carroceria

      • Filipo

        Oroch, que tem maior entre-eixos!

    • Vattt

      Gosto da traseira com a placa embaixo.

      • Thiago K. Galiza

        Também gosto, porém é inegável que a traseira da capitur passa uma sensação maior de robustez, a placa no alto parece que deixa mais “encorpada”

        Já a do Kadjar, passa mais aquela sensação de Hatch “altinho”
        Não que seja feia, é linda… E pode ser uma percepção minha, sei la né haha

        • Marcio Santos

          Lembrando que a plataforma do duster, sandero e logan é a do clio III.

  • Pablo Silveira

    Acho a frente do carro linda, mas essa traseira… :/

    e o interior também não ficou nada legal, ainda mais com essa multimídia que parece uma gambiarra.

  • Zé Mundico

    Aquilo no meio do painel é um forno de microondas?

    • B_Bunny

      kkkkkkkkkk

      • Marcelo TB

        ACHOU GROÇA ????

  • Bruno Wendel Marcolino

    tão fácil assim? essa semana foi noticiado que ia ser lançado no Brasil ano que vem e hoje tem noticia que em 2015 começa a produção…difícil acreditar, por mais compartilhado que seja o projeto, é algo que demora, a não ser que estivesse guardado a 7 chaves esse projeto e só agora a Renault liberou…

    • zekinha71

      A Renault é boa em esconder carros, o Sandero surgiu do nada, nunca tinha visto um protótipo, nem falavam do produto, de repente é lançado.

      • Bruno Wendel Marcolino

        pode ser mesmo, mas de qualquer forma acho bem difícil de acreditar que a produção comece em 2015.

      • Mr. Pennybags

        Pode ser q lancem como “novo duster”, pois ocm a mesma plataforma e preço onde o Duster se posicionaria?

    • Gustavogm

      Também to achando estranho essas notícias, ainda mais que a Renault tá com o Oroch e Kwid para serem produzidos no Brasil.

      • Bruno Wendel Marcolino

        Oroch já saiu na verdade, o Kwid pelo visto é pro ano que vem mesmo, é difícil uma montadora lançar carros de larga escala assim tão fácil, mas enfim, a GM “renovou” toda linha em 2 anos praticamente, então talvez seja possível, porém ainda acredito que só para o fim ou inicio de 2017.

  • Tosoobservando

    Falando em franceses, e o Citroen Cactus alguma previsão? Ele venderia bem mais que esse Captur, Duster, 2008 e cia, imagino pelo porte que ele poderia ate ficar prox de HR-V e Renegade.

    • ALVIN_1982

      Deixa esse horror lá na França mesmo…

  • Zé Mundico

    A Renault não é boba e já percebeu que tem que ter um carro mais distinto, aparelhado e caro para fazer frente com Renegade, HRV,Ecosport e 2008. A Duster é carro pé-duro, ultrapassado e barato. Além do mais,o Duster é um projeto que não tem mais para onde ir.

    • Eu pensava o mesmo, ate ver o Duster vender mais que a Ecosport. Grand Captur vai ser o SUV medio, ao menos no preço.

    • oscar.fr

      A Duster está longe de estar morta. A Renault sabe que tem um produto com bastante aceitação no mercado e explora isso ao máximo (a começar pelo preço excessivo que cobra pela Duster). A Duster é, de fato, a mais ultrapassada das SUV compactas, mas ele oferece o que nenhuma outra é capaz de oferecer: espaço e manutenção barata. É o carro perfeito para o consumidor mais conservador, que faz questão de ter um carro manual, por exemplo (O HRV manual tem uma proposta horrível na relação preço-equipamentos).

      • Zé Mundico

        Mesmo assim é um carro ultrapassado que não tem mais para onde ir. A Renault vai ter que dar uma repaginada em breve ou trocar por coisa melhor. O mercado não perdoa quem fica parado.

        • Mr. Pennybags

          To achando q podem lançar como “novo Duster”…

  • Brasil_MG

    O Design da Captur é agradável. Só espero que mantenham a qualidade do acabamento da versão original. ( e preço competitivo também! )

    • B_Bunny

      No Reino Unido vem com painel de plastico duro com aspecto pobre.
      “The plastics in the Captur feel a bit hard and cheap….”
      É um carro de entrada, proveniente do clio.

      http:// www .telegraph. co. uk/cars/renault/captur/

      • Brasil_MG

        Eu li em algum lugar, que a Captur era derivada do NovoClio europeu, imaginei que seguisse o mesmo padrão de acabamento.

        • B_Bunny

          Sim ela é.. Na Europa utiliza a mesma plataforma!
          Mas postei uma foto do interior dela na UK e a matéria tem uma foto tbm. Dá p ver que não é de espuma injetada
          Não é nada demais, tendo em vista que é um carro de entrada.

        • oscar.fr

          Sabe que eu já ouvi várias críticas em sites franceses ao acabamento da Captur, assim como o do Clio, que fica atrás, nesse quesito, dos concorrentes locais 208 e C3.

          • Brasil_MG

            bacana…Mesmo assim, gosto bastante do design do NovoClio e da Captur, e me parecem que são carros bem acertados.

        • Gustavogm

          Mas o novo Clio apesar do design incrível também tem acabamento em plástico rígido.

          • Brasil_MG

            Se as peças estiverem bem encaixadas e sem rebarbas ou parafusos aparentes, tá valendo.. Infelizmente painel emborrachado está virando artigo para carro de luxo

            • Edson Fernandes

              Que por curiosidade e´ofertado no Renegade.

              • Brasil_MG

                oi Edson blza?..Eu gosto do interior e da traseira do Renegade..O que me desagrada é o consumo e a potencia do motor flex, e a frente com aqueles faróis redondos. Inclusive comentei no site, que a frente que eu gostaria de ver no Renegade, é aquela que saiu como projeção de uma futura picape média Jeep, pra mim, seria perfeito!

  • Blessa

    Sinceramente não vejo atrativos nesse carro, acho o Renagade muito mais estiloso.

    • Raul Godiano

      Gosto individual é assim mesmo, eu nao vejo graça na Renagade, na verdade nao vejo graça em carros “retros”, desses altinhos, ainda acho o 2008 mais bonito.

      • Blessa

        Oque seria do preto se todo mundo gostasse do branco, concordo que gosto não se discute mesmo.

  • Bruno Wendel Marcolino

    [OFF topic] aproveitando o gancho da Renault, alguém sabe que carro é esse da foto, tirei ontem na passada, não consegui pegar bem, só vi que ta escrito Renault do lado.

    Me parece ser um carro raríssimo.

    • Zé Mundico

      Se não for o Primaquatre é muito parecido.

    • C.A.

      Old school!

    • Paulo_Lustosa

      Juvaquatre

      • Bruno Wendel Marcolino

        acho que matou a charada mesmo, pesquisei algumas fotos e parece ser esse modelo.

        Valeu.

  • Franco da Silva

    70 mil é Duster 2.0. Esse aí vai de 80 a 100 mil facil!

    • FocusMan

      Acho que irão retirar as versões mais caras da Duster. Esse Renault não venderá bem se custar o preço de um Honda ou um Jeep. É apenas um Renault.

      • Edson Fernandes

        O maior mix de vendas do Duster são concentrados nas versões Dynamique (e as versões especiais).

        Acho que nõa seria benefico. Mas acho que a Renault poderia inovar mais para justificar a compra do Captur perante o Duster.

        E terão que caprichar na parte de segurança.

        • Mr. Pennybags

          oferecer 4×4 e cambio auto de 6 marchas e esse carro seria o mais vendido fácil…

    • Thiago K. Galiza

      o Captur deverá vir pouco a baixo do HRV e Renegade, se não vai micar… E a Renault sabe disso, pode até ser que iguale o preço gradativamente dependendo da aceitação do publico… Mas chegar custando o mesmo, ou mais, é dar tiro no pé (digo em todas as versões)

  • Hugo Borges

    Interessante, uma opção de 7 lugares mais em conta, porém, não acredito que o Captur brigará diretamente com Renegade e HRV, e sim com os médios. O preço será o atrativo, com certeza.

  • FocusMan

    Já vi essa novela na Fiat….

    Fiat Punto nacional usa plataforma modificada do Fiat Palio 1996.

    Bom, não é demérito nenhum usar plataforma antiga, desde que adeque-se ela as regras de segurança atuais.

    Com certeza o modelo nacional será mais pesado que o equivalente europeu, mas aqui também usará motores mais potentes que a média usada por lá.

    No final das contas, plataforma é um termo muito usado nas publicações mas que pouca gente entende. O real benefício em utilizar uma plataforma nova atualmente é o ganho no fuel economy, mas com os motores que a Renault usa no Brasil e a nossa gasolina, pouco importa se o peso do carro será 1200 kg ou 1220 (10% de redução de peso é o que geralmente se ganha atualmente em veículos mais baratos).

    • B_Bunny

      Fuel economy, desempenho e dinâmica devido à de peso, abaixamento do centro de gravidade da plataforma e normalmente ganho em rigidez estrutural.
      Is that correct?

      • FocusMan

        Nada garante que a nova plataforma tenha como premissa melhoria em todos esses pontos.

        • B_Bunny

          Mas em se tratando de mercado europeu, levando em consideração a adequação ao programa de redução de emissão e evolucao, estas devem ser as premissas.

          • FocusMan

            As premissas são dadas pela empresa. Não sabemos o que os executivos estão querendo com determinado produto. Aqui na net apenas imaginamos, e digo mais, muitas revistas também fazem muito isso, dado o número de absurdos que leio sobre a empresa que tenho mais contato.

    • C.A.

      Se reforçarem a parte estrutural do carro… Mas tratando-se de A.L. eu não acredito.

  • B_Bunny

    Na UK, com a plataforma do clio foi bem no Euro Ncap, até por possuir 6 airbags, e uma plataforma moderna, mais leve e com utilização de aços ultra resistentes. 1ª pergunta: quanto isto afetará os testes de impacto haja vista que o duster foi avaliado com 4 estrelas para adulto e míseras 2 estrelas para crianças?
    É um carro de entrada, pouco mais caro do que o clio, com interior em plástico duro, com aparência um pouco pobre o que é normal em nosso país, entretanto para este valor em um clio nacional, mereceria um acabamento mais refinado. Ou não?
    É um carro de tamanho pequeno (plataforma do Clio) com espaço apenas razoável para quem vai atrás, mas com a vantagem de um banco traseiro deslizante que aumenta o espaço no porta malas (mas o espaço para passageiros do banco de trás não é grande e pessoas com mais de 1,80 podem sofrer um pouco), mas lembrem-se que a utilização deste recurso apenas com crianças no banco traseiro devido ao espaço. Fica minha 3ª pergunta: Carro de 7 lugares com espaço pequeno/mediano para 5 (mesmo que seja alongado não há muito nexo, para isto existe a Kadjar)?
    A versão de entrada lá (expression) vem com motor 0,9 T. que gera 92 cv, mas a partir da dinamique o motor é um 1,2 T que desenvolve 122 cv e sendo turbo, mesmo com menor potência, desenvolve tão bem como o 2.0, devido ao alto torque em baixas rotações.
    Manterão mesmo os motores Old School?

    O cambio utilizado é um automatizado de 6 marchas e dupla embreagem (em todas as versões a gasolina). Manterão?
    Na versão de entrada (expression) o Captur conta com:

    ABS, EBA, ativação automática dos faróis e limpadores, controle de velocidade, limitador de velocidade, luzes diurnas em led, modo de economia, ESC, HSA (Hill Start Assist), Start / Stop, ar condicionado manual, Radio CD player, Bluetooth®,
    AUX and USB, computador de bordo, monitorador de pressão nos pneus, direção elétrica, 6 aibags, ajuste de altura e profundidade do volante e ISOFIX. Espero que mantenham!

    A versão de entrada no reino unido é algo em torno de R$ 85.000,00 em conversão direta.
    1ª grande perda confirmada: A utilização de aços ultra resistentes permite diminuição do peso (nos VW em aproximadamente 100 kg), aumento da rigidez e resistência e alocação mais baixa do centro de gravidade da plataforma. Desta forma esta perda refletirá na perda de segurança, ganho de peso, aumento do consumo, perda em desempenho e piora na dinâmica.
    2ª grande perda confirmada: Sai de cena o motor 1.2 TCe ( 122 cv e 19,3 Kgfm a 2000 rpm que em versão flex teria ganho de potencia e torque) com bom desempenho e consumo (0-100 em 10,9s, Vmax: 192 km/h e 15 Km/l na cidade – europeu) para entrada em cena do motor old school 2.0 (150 cv e 20,9 Kgfm) tbm com bom desempenho (no Renaul Sandero RS), porém com consumo muito inferior (segundo autoesporte 5,7 Km/l (a) na cidade o que em uma conversão 5,7/0,7, algo aproximado de 8,14 Km/l (g) na cidade)

    Entretanto, sinceramente, quem seria louco suficiente para, em um cenário político econômico totalmente desfavorável (e sem enxergar o fim deste túnel) investir pesado em novas fábricas de plataforma e motor? Hoje vemos montadoras tomando medidas menos onerosas assim como no passado (obvio que em menores proporção). Uma pena, pois estamos perdendo mais uma vez a chance de desenvolver nossas indústrias e consequentemente a frota de nosso país

  • Ygor Soares

    Aiii meu coração…. Sempre ela, Sra. Rebecca :)

    https://www.youtube.com/watch?v=27Ms14lW8G8

    • Luis Carlos

      Vejo os mesmo equipamentos no painel do Duster e do Sandero. (Ar, Multimidia, etc)

      • Ygor Soares

        Não vi equipamento nenhum no vídeo que postei ;)

  • EJ

    Quero ver o painel, como ficará. Espero que a Renault pelo fato de já ter economizado na plataforma, que não economize no acabamento interno. Precisa ter um nível muito similar ao interior da Captur européia,e HR-V e Renegade. Senão bastaria a Duster.

    • C.A.

      Mas o Captur europeu já é pobre em acabamento (para eles)! Ele tem painel em plástico rígido. Alguns esquecem que o Captur europeu cumpre o papel do Renault (Dacia) Duster aqui no Brasil, ou seja, é um SUV compacto de entrada e não é mais requintado do que a concorrência. Eles têm o Dacia também, mas este tem outro posicionamento no mercado do velho continente. O Renault Kadjar sim, tem um acabamento melhor.

      • Raul Godiano

        Mas 2008,Renagade, HR-V, tambem tem acabamento em Plastico duro.

        • Paulo_Lustosa

          Renegade tem acabamento superior do painel emborrachado, enquanto o resto é no plástico duro.

          • C.A.

            Em todas as versões ou só na TrailHawk?

            • Paulo_Lustosa

              Todas

        • C.A.

          É verdade! Mas qualidade do plástico empregado (principalmente no caso do HR-V) parece ser superior.

          • Raul Godiano

            Basta deixar o painel igual do Fluence, ambos tem a mesma largura. fica ate “diferente” do resto da linha “pé de boi”

      • Filipo

        Poderiam utilizar o tabelier e o acabamento do Kadjar. O que acha?
        Seria bom demais pra Brasil.

        • C.A.

          O Kadjar é mais largo… Não sei se ficaria bom.

  • Freaky Boss

    Vão lançar com esse 2.0 velho de guerra?? Só acho que o mercado começa a lançar motores turbo aqui. E Renault / Nissan ficando para trás. Depois vão chorar.

  • Thiago K. Galiza

    “Ou automático” bom, resta saber qual cambio será esse, acho que o CVT do Fluence não rola, e muito menos o automatizado Easy-R. Alguem arrisca palpite de qual seja??

    • Raul Godiano

      Se vier 2.0 da Nissan, CVT rola, igual do Fluence.

  • Vattt

    Se vir na mesma faixa de preço do HR-V e mais recheado e mais bem acabado que Duster, vai fazer sucesso. Mas, se por uma estrela na testa e querer apenas vender 1000 unidades por mês, vai vender só 200!!!

    Duster de 62 a 75 mil e Captur de 72 a 85 mil???

    • oscar.fr

      Eu apostaria um pouco mais que isso. Primeiro, porque ninguém pratica no Brasil vender um carro superior em sua versão de entrada mais barato que seu inferior completo (o que é normal em outros países). E segundo, porque R$72.000 é um preço bastante baixo, não dá nem para comprar um HR-V básico, Acho que deverá começar ligeiramente acima disto, algo como R$76.000. Não sabemos se a expectativa da Renault é ter um carro de volume de vendas ou não. Estou curioso. Ano que vem estou querendo comprar uma SUV compacta, quem sabe esta Captur me faça trocar de ideia.

  • Alisson Bona

    quem esperava o 1.2 turbo, já era!

    • Luiz Ramos Jr.

      Atraso de vida esses motores velhos e ineficientes. Cadê o tal de inovar auto? governo tá totalmente sem moral pra nada..

  • Rodrigo

    Essa estória do Captur no Brasil está parecendo couro de p***

  • Minerius Valioso

    “O Renault Captur nacional deve seguir a mesma linha do modelo vendido lá fora. No entanto, a plataforma será a mesma que equipa o Duster, Logan e Sandero, para reduzir os custos de produção. A versão europeia do utilitário-esportivo é equipada com a mesma base do Clio de quarta geração, assim como a motorização.”

    Estou decepcionado.

  • 1945_DE

    No vídeo postado pelo Ygor abaixo, já dá para ver que o acabamento é pobre lá na Europa. Agora imaginem o que vamos ter por aqui. A Renault precisa melhorar urgente o acabamento dos seus carros no mundo inteiro.

  • Joildo Dias

    Belo carro…

  • Frederico

    RENAULT BRASIL: Ouça…
    O Captur precisa de:
    1) Freios a disco nas 4 rodas
    2) ESP (controle de estabilidade)
    3) Câmbio automático de 6 marchas
    4) Direção eletro-hidráulica
    5) Manter um preço competitivo
    Só isso, o resto pode copiar do Duster que o sucesso estará garantido.

    • Mr. Pennybags

      Posso dar mais uma chorada? Suspensão multilink e uma versão top 4×4. E ah! Teto como opcional.

  • Deadlock

    Já em 2015? Faz anos que estão falando que vão trazer. Agora vai ser recepcionado por HR-V e Renegade.

  • Gutto Morais

    A Renault não ta dormindo no ponto. Vai ter a robustez da Duster e a beleza da Captur. Tende a ser uma das melhores opções do segmento…Nota 10!

  • David

    2015? De volta para o futuro?

  • Miguel

    Acho o Captur um carrinho muito bacana, já dirigi um e achei o máximo!
    Ele é pequeno mas espaçoso, partida por botão, motorzinho pequeno turbinado e econômico. E ainda veio com um GPS maravilhoso pelo qual não paguei 1 euro! ;)

  • Miguel

    Eu já dirigi esse carrinho e achei o máximo! Pequeno mas espaçoso, motorzinho turbo moderno e econômico, partida por botão. Um GPS maravilhoso pelo qual não paguei 1 real a mais! ;)
    Mas não estou entendendo essa versão Frankenstein do carrinho, não imaginava que isso iria acontecer mesmo.

  • CanalhaRS

    Duvido que o preço fique entre 70 e 80 mil….

  • Leandro Balmant

    Duvido que chegue custando entre 70 e 80 mil. Com certeza vai custar uns 100 mil.

  • Gran RS 78

    Mas um modelo que será lançado no Brasil com pioras em relação ao modelo vendido na Europa. Os brasileiros merecem o pior, na visão das montadoras e do desgoverno, e claro, pagaremos bem mais caro que o modelo superior vendido nos países de primeiro mundo, como sempre.

  • José Cardoso Ferrão Neto

    Essas entradas de ar redondas, na minha opinião, além de serem feias, e destoarem com o resto do painel,ainda deixam o carro com aparência pobre !!!

  • Airplane

    Será uma boa nova opção nesse segmento.

  • Rafael Yashiro

    O que mais me preocupa é o fato de quererem forçar o Captur acima do Duster, ou seja, com preço bem acima dele, isso só pode levar ao carro encalhar.

  • Pedro Cunha

    “irá utilizar a mesma plataforma de Sandero, duster e logan para redução de custos…”
    Ou seja, uma espécie de “Agile” franco-romeno…. Cara de carro novo com uma plataforma low-cost.
    Afinal de contas, na banânia só vale mesmo o que aparece e pode ser mostrado. Os brasilinos compram carros para mostrarem uns aos outros, não para usarem, por isso pagam tão caro por modelos tão defasados.

  • Sam86

    Então não é o Captur, oras!

    Isso não passa de um Dacia disfarçado feito pra arrancar dinheiro de trouxas… que não são poucos no Brasil.