_Destaque Hatches Lançamentos Mercado Montadoras/Fábricas Renault zslider

Renault confirma produção do compacto Kwid no Brasil!

renault kwid 1

Em uma nota relativamente bem curta, a Renault confirma neste momento a produção do compacto Kwid no Brasil, projeto global desenvolvidos pela Renault Technology America (RTA) e pelo Renault Design America Latina (RDAL).

renault kwid 2

O Renault Kwid será o sucessor do cansado Clio. Ainda sem detalhes, o novo modelo será a porta de entrada da marca francesa no Brasil e na região latina, tendo opção principal com motor 1.0 de três cilindros, além de uma possível versão 0.8.

renault kwid 3

Além de versões comuns de acabamento e conteúdo, o Renault Kwid pode explorar bem o mercado com opções aventureira e esportiva, apostando no design diferenciado para conquistar consumidores jovens e novos clientes para a marca. O modelo é feito sobre a plataforma modular CMF-A.





  • Robinho

    para mim, sem sal nem açúcar, mas que venha, concorrência é sempre bom..

  • Mario

    Bonito.

  • Franco da Silva

    Se vier com ar e direção pelo preço de Mobi sem ar e direção, vai vender igual água no deserto!

    • Edson Fernandes

      Isso se for o unico produto que a Renault quiser deixar competitivo né? Porque o restante está atualmente longe disso, está no preço dos demais e as vezes sem alguns itens que outros oferecem.

      • Marco Antônio

        Realmente, dos modelos da Renault quais são os mais competitivos em suas respectivas categorias? Acho que só o RS nos compactos Esportivos, e mais pela tristeza do acabamento mesmo.

      • Edney

        Esses dias o Sandero 1.6 estava com um preço legal (para nossos padrões atuais), custando o mesmo que os 1.0 mais equipados e que alguns 1.4 do mercado…mas não acompanho muito o preço da francesa pois não sou fã da marca…

        • Gustavo73

          Ele está se referindo a preços de tabela.

        • Edson Fernandes

          Na realidade se vc for negociar, vc tira bem mais barato. Nesse aspecto a Renault tbm é agressiva.

          Mas eu acho triste o “tabelamento” ser tão mais alto porque isso afugenta os compradores e fazem do vendedor ter que trabalhar com uma margem muito grande, só que o consumidor perde nisso.

          • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

            Aqui em Canoas eu fui ver por 3x renault, o preço dos carros sempre acima do preço no site.
            Sempre faço a mesma pergunta: Valor na bucha, quanto? Para saber o valor, incrivel nas 3x valor acima do preço da tabela ficando mais alto que onixna ultima vez e acima de um prisma em 2012.
            Já a GM É PERFEITA nas vendas. Ela te preço abaixo da tabela ao entrar na loja, se sentar para negociar abaixa o preço mais, quando levanta da cadeira ele pede um minuto e fala com gerente para desconto. Você vai para casa e eles te ligam para saber se já comprou um carro, te oferecem ipva, pelicula.
            Já me estendendo fui 3x na ford, 1° não me atenderam, 2° levaram 15 minutos para me atender sendo o unico na loja e na 3° fui ver o KA antes da estreia do novo para ver se tinha promoção. Preço de tabela, não tinha veiculo para mostrar a minha esposa e um que estava pronto para entrega o vendedor não quis nem abrir a porta para eu ver o interior.
            E teve outra visita em uma Renault em Porto Alegre, o atendente entrou no site colocou a opção com ar e direção em um logan(em 2012 quando optamos pelo prisma 1.4) e imprimiu o valor de tabela e me entregou.
            Triste hehehe o cara quando tem cara de pobre é brabo…

            • Edney

              Mas é por aí mesmo…cada local e cada concessionária tem seu estilo e jeito de vender. Quando comprei meu carro anterior ao que tenho hoje (hoje um N.Fiesta 1.5S) fui na GM e fui atendido de um jeito normal, nem mais nem menos, na Fiat parecia que o cara estava fazendo um favor em me atender e a Ford (MIX) foi a que acabou me atendendo melhor.

            • Edson Fernandes

              Nossa isso já aconteceu comigo na Fiat! O cara abriu o site para montar o Bravo pq eu queria um na configuração absolute com azul maserati (ar dual zone, 6 air bags e pacote eletrico). Tristeza.

              Não é melhor indicar ao consumidor conhecer o carro seja em outra configuração e depois tentar auxiliar no que possui ou não em item de série?

              E eu já fui maltratado na Renault da 23 de maio. Lá eles nunca mais me verão.

              • Vanderlei Santos_JAC_J6_2012

                Pois é… Eu acho que se é para me dar o preço do site eu vejo em casa. Até hyundai e toyota que o pessoal comenta que não baixam valor, quando fui ver o vendedor tirou pelo menos uma unidade no sistema com desconto, hb20 e etios.

                • Edson Fernandes

                  Isso tbm aconteceu comigo na Hyundai. Já na Toyota… nunca fui bem atendido. Mas é comum acontecer em algumas situações em que não se espera descontos. Exemplo.;.. tive desconto na Honda, Citroen e Peugeot. De produtos na epoca recem lançados (Fit atual, C3 atual e 208 atual).

  • Leonel

    Então, temos o segmento de city cars com UP !, Picanto, Mobi, QQ (agora nacional)…interessante. Entre todos eu iria de UP, melhor da categoria em minha opinião.

    • Daniel Moreira

      Bom, parece q vem pra vender bastante… melhor opção que o inexpressivo Mobi (apertado e defasado na motorização) da Fiat

    • Edson Fernandes

      Até o momento Picanto e up são os melhores. O que peca no Picanto é sua manutenção.

      O que peca em minha opinião no up é seu interior. Confesso achar o interior do Gol mais interessante. Se seguisse essa ideia acho que me agradaria mais no up. Mas dos city cars eu só olharia ao up apesar de tudo.

      • Marco Antônio

        Eu, particularmente, ia de Picanto. Acho ele agradável, e bem equipado. Pergunta: Ele é importado?

        • Leonardo C.

          Sim, vem da Coreia do Sul.

          • Marco Antônio

            Obrigado pela informação. (y)

        • Pacheco

          O problema é o valor e tempo das revisões na KIA. Sempre uma surpresa.

          • Marco Antônio

            Fui ali ver o picanto no site da kia.

            1° me espantou as duas versões terem preços são distantes. O que acrescenta na versão j374 : Rodas de liga, retrovisores elétricos com rebatimento, vidros elétricos nas 4 portas, cintos de 3 pontos traseiro, cambio AT 4, espelho nos para-sóis. Exatos 10 mil de diferença.

            2° Eu preferia um MT 5 com os equipamentos do AT 4. mas não vai rolar, só possuem duas versões.

            3° O frete não está incluso. :O .. Imagino o preço da facada.!

            • Pacheco

              Pois é… tudo na Kia é surpresa. O Frete, a revisão, o valor das peças. Eu tive uma Bongo que era usada para trabalho e me deu trabalho na concessionaria, imagina um modelo pouco vendido como o Picanto.

              • Marco Antônio

                Verdade, não dá pra comprar um carro e ficar na expectativa de tomar a facada qqr hora!

                • Pacheco

                  Pior que é aquele carro que sofre em assistencia fora da rede… ninguem conhece e depois não revende.

                  • Marco Antônio

                    Vale até dar uma conferida nos usados na internet. Ver o quanto desvaloriza.!

                    • Pacheco

                      Pode ver, vc acha os mais antigos abaixo de 20 mil reais.

            • Gustavo73

              No próprio site da Kia eles falam em frete de 500 há 5000 reais

          • Eu só iria acrescentar o seguro, não é dos mais baratos. Comparado apenas: minha amiga fez as cotações no perfil dela, o up! saiu por 890 enquanto o picanto ia para 1500, no caso dela pesou na escolha. Mas concordo que o interior do picanto é superior, apesar do up! ser bem montado.

            • Pacheco

              Sim, o interior do Picanto alem de bem montado é muito bonito. E o seguro tem a diferença por causa das peças.

        • Jurandir Filho

          Minha esposa tem um Picanto automático, da geração passada, carrinho relativamente bem equipado e economico, mas a manutenção e peças são caríssimas para um popular, dois exemplos: uma vez o escapamento estava rachado, levei à css, 2 mil pra trocar , o próprio técnico falou pra levar em outro lugar, gastei 120 conto… outra vez, mais recentemente as maçanetas internas das portas dianteiras quebraram, só tem na css, gastei 170 reais em cada, isso porque troquei em outro lugar, se fosse pra trocar lá, mais 80 reais…Quanto as css em si, estão quase todas fechando e se não fechou, divide com outras marcas… Dos subcompactos iria de UP ou partiria pra um compacto…

          • Marco Antônio

            Realmente, o dólar e os impostos de importação estão acabando com a Kia. Faz-me pensar na solução de casa mesmo. Entre Up, QQ, Mobi ….. Acho que é melhor guardar o dinheiro ouu investir ele.!

            • Pacheco

              E pensar que teve uma epoca que ela estava vendendo muito e crescendo. O pessoal já cotava até fabrica na região, pensar em nacionalizar algumas coisas e expandir. Veio os impostos e acabou com a marca.

              Uma pena… o representante conseguiu migrar de utilitarios para veiculos de passeio e o governo quebrou a empresa com os impostos.

              • Marco Antônio

                É um absurdo o que foi feito com as importadoras. Cada real em lucro aqui obtido é uma chance maior de produção nacional de componentes! Mas o governo é melhor que o mercado, ele sim sabe o que é bom para a população. Fazer o que? Se contentar em escolher entre Up, Mob, qq ou Kiwi.

                • Pacheco

                  Pois é… naquela epoca os importados começaram a vender bem e todas as marcas começaram com planejamento de medio prazo a produzir. Era só dar um tempo, começar a exigir equipamentos e aproveitar que estavam ganhando dinheiro para pedir investimentos.

                  No final as que construiram fabricas se arrependeram e tem o abacaxi nas mãos agora.

                  Ou vc acha que BMW e Audi estão felizes com esse mercado atual?

                  • Marco Antônio

                    kkkk Só você para pra ver que, a FIAT betim tem capacidade para 800 mil carros por ano, a maior fábrica da FCA no MUNDO.. Se somar todos os carros da FCA vendido no país não chega nem perto disso.! Imagina as importadoras que colocaram plantas por aqui.! kkkk

                    • Pacheco

                      Pois é… eu sou a favor do emprego e do crescimento. Da pra sacrificar investimentos futuros tentando evitar prejuizos atuais. Precisa se pensar a medio e longo prazo.

                    • Marco Antônio

                      Mas o brasil é o país que os governos querem mostrar serviço pra continuarem lá manando. Ai sacrificam todo e qqr projeto de longo prazo que exista. ! Dar o ouro para outro governo? Nem lascando!

                    • Pacheco

                      Exatamente… pensa no hoje esquece o amanhã… é dessa forma que o governo funciona.

                  • Daniel Barros

                    Pacheco, na verdade essas marcas estão felizes até demais no Brasil, os números deles superaram as expectativas em 2015. Só agora é que eles começaram a cair – não na mesma proporção dos menores -, mas mesmo assim eles não podem reclamar, nunca venderam tanto.

                    • Pacheco

                      Sim, a Audi mesmo só cresceu. Mas o mercado travou e os planos mudaram. Acredito que ficaram com um Abacaxi legal.

                    • Daniel Barros

                      Esses caras lidam com “crise” do mercado da mesma maneira que a gente lida com problemas cotidianos. Acredito, que pelo resultado geral no final das contas, não vai ter abacaxi. Nunca vi tanto Audi, tanta BMW e importados como vejo agora. Até o rico ficando mais pobre favorece o mercado deles com carros de 160 – 200 mil

                    • Pacheco

                      Sim, Audi A3 Sedan mesmo virou o Civic da vez, nunca vi tanto na rua.

                  • cepereira2006

                    Essas duas estão precificando “para não vender”. Não tem nada que reclamar.

                    • Matthew

                      A BMW acusou a Audi de estar praticando dumping, pois os preços que estavam praticando no A3 eram inviáveis…

                    • cepereira2006

                      Parece piada vender um sedan médio capado por 100 mil reais e ser acusado de dumping.

                  • Matthew

                    Estão, nunca venderam tanto.

                • Zoran Borut

                  Na verdade, vendas altas e fáceis de produtos importados desestimulam a produção local. Para quê gastar com abertura de fábricas, criação de empregos, se é possível com um investimento muito menor trazer os produtos a um preço baixo de uma fábrica já existente no exterior? Vivemos essa situação durante a segunda metade dos anos 1990, mas a maioria dos brasileiros tem memória extremamente curta. Individualmente é algo favorável ao consumidor, mas quando se olha para o país como um todo, deixa de ser algo tão benéfico assim. Só seria benéfico a ambos se tivéssemos um contraponto que impedisse os efeitos prejudiciais, coisa que não tivemos nos anos 1990 e que o governo tentou colocar ao forçar a abertura de fábricas locais como condição para manter tarifas menores aos importadores.

                  • Marco Antônio

                    Eu discordo veementemente.! Não se produz no Brasil porque é caro. O Brasil não é globalizado, não temos porte nem capacidades para fabricação global de carros. São raros os casos, e bem específicos. Porque o méxico se destaca tanto como destino de fábricas, de marcas que antes só importavam ? Abertura de mercado. As fábricas vão lá produzir porque sabem que poderão exportar para países como EUA e UE. Veja só o caso do Brasil, tendo que impor “cotas” contra o méxico pelo alto volume, e qualidade dos modelos feitos por lá. É fácil falar em “produção” nacional como se fosse a panaceia dos problemas. Mas o que vemos nesse caso é a solução da “américa latina. Vide HB20, Onix, GOL, FOX, Mobi, Strada, E demais carros. Não são produtos globais, e porque são destinados para a américa latina ? Porque não exportam esses carros para a UE, EUA, méxico, aliança do pacífico? Porque não somos globalizados, somos protecionistas de foco regional, especialmente na região do prata. Entender as dinâmicas do comércio global dá a resposta. Concordo que somente importações sem medidas não seria benéfico para o país, mas porque qualquer abertura comercial sem antes REFORMULAR a estrutura produtiva, tributária, legislativa, internamente resultará em discrepâncias por falta de competitividade em relação ao mundo. Empresas não fabricam aqui por uma questão de custos. Vai dar dinheiro adaptar modelos para vender só no BR? Atualmente não está compensando a remessa de lucro com tamanha depreciação. Enfim, é uma longa discussão, e muitos preceitos equivocados ao meu ver!

                    • Matthew

                      Discordo veementemente. Não é caro produzir carro no Brasil. Justamente pelo fato da produção hoje ser globalizada e exigir pouca qualificação da mão de obra no chão de fábrica que torna o custo baixo. O México é o quintal dos EUA e só monta componentes importados de lá pra aproveitar a mão de obra. O mercado doméstico deles mesmo não absorve qualquer modelo de luxo produzido por eles, sendo a maior parte modelos importados do Brasil e da Índia. Não tem nada com abertura ou globalização. E por mais que o custo aqui supostamente seja maior, por ser um setor extremamente oligopolizado eles têm várias maneiras de se defender disso e passar custo pra frente. Ninguém aqui opera no prejuízo. Na crise de 2008 a filial brasileira da GM foi uma das que mais enviou recursos à matriz americana. E essa não é a primeira crise que elas enfrentam aqui no país e não será a atual que os fará abandonar o país. Até por quê, por mais que tenha sido equivocada a política dos últimos anos, ela foi amplamente sancionada pela Anfavea, que ficou com medinho dos importados forçando a baixa nos preços dos carros nacionais. A Ford chegou a vender Fiesta 1.6 completo por R$ 33.000,00. Aí foram correndo cobrar alguma atitude do governo e o combinado foi: “ok, vamos fechar o mercado para que vocês não sejam obrigados a ficar baixando o preço. Mas em contrapartida vocês vão ter que produzir alguma coisa aqui, ainda que cobrem caro por isso”.

        • Edson Fernandes

          Ele é importado da Coreia. (até onde eu me lembro)

          Mas o custo de revisões da Kia que pegam, são bem caros. E o seguro dele também.

          Mas o modelo realmente é bem agradavel tanto do exterior com o interior. e tem um espaço interno inesperado para o porte. Alias, ele consegue ser mais macio que o HB20 (que para mim é um elogio) sem comprometer a estabilidade. E mesmo na variante automatica, ele é economico (alias o unico automatico “de verdade” 1.0 vendido em nosso mercado)

          • Zoran Borut

            A única fábrica de Picanto no mundo é a coreana, que eu saiba, e isso inclusive era apontado como o motivo do preço competitivo do carrinho em praticamente todos os mercados onde era vendido: a escala de produção era coisa de milhões de unidades anuais.

      • ViniCarvalho77

        Já tive 3 Picantos. Meu pai atualmente tem um 2007, automático. Manutenção zero, só as normais. Sei lá, carrinho muito honesto.

        • Edson Fernandes

          Sim, só que se vc for olhar a cesta de troca de peças e revisão, eles cobram caro perante outros compactos e subcompactos.

          O carrinho em sí é muito robusto de fato.

      • ViniciusVS

        Picanto hoje nem tanto, mas o que notava é que era um carro mais de “nicho”.

        Geralmente os pais de classe média alta davam o Picanto como primeiro carro para jovem ir e voltar da Faculdade, diferente de pais classe média Uno/Palio

        Então tinha um publico certo e mais restrito, a manutenção não é elevada para quem andava de Sportage por exemplo…

        • Edson Fernandes

          Se eu tive que comprar meu primeiro carro, quem dirá fosse um Picanto… (que com certeza é superior ao meu primeiro carro…rs)

      • Felippe

        Mobi é café com leite comparardo ao Up! e Picanto, é bem infeior aos dois

  • Ricardo

    Mais uma merda de categoria que estão inventando, por que não fazem carros pequenos de verdade e não esses pequenos altinhos!

  • BillyTheKid

    O título da notícia, terminando com ponto de exclamação, dá impressão de que é uma grande vitória produzir um subcompacto de baixo custo por aqui… Bom, pelo menos o carro é mais bonitinho que o mico do Mobi.

    • Marco Antônio

      Nunca vou entender esse mobi. Na moral. Não engulo esse carro de maneira nenhuma.!

      • Jurandir Filho

        Também não entendo o que leva a pessoa a comprar um carro desses, um uno cortado…

        • Marco Antônio

          Nem por isso. Se custasse mais barato. Velho, a versão basica, pé de boi é mais de 30 mil reais…. Não cara, é um absurdo.! Prefiro que deixassem celta, clio e old uno, que mesmo sendo jurássicos poderiam vir completinhos a preços menores!

          • Pacheco

            Eu tbm não entendi qual foi da Fiat. Deveria ter mantido o Uno Vivace e pronto.

            Agora tem 3 carros no mesmo valor e brigando pelo mercado. No final o cara sai da Fiat em duvida e fecha na Hyundai o HB20.

            • Marco Antônio

              kkkkkkkkk Verdade. Ou leva um Onix na promoção (só vive em promoção)

              • Pacheco

                Pra vender como vende, só em promoção mesmo… kkkkk

                • Marco Antônio

                  kkkkk

              • automotivo

                O que há mau viver em promoção? Seria melhor comprar pelo preço de tabela?

                • Marco Antônio

                  Mal nenhum. Não disse que faz mal. Talvez em linhas invisíveis que só vc veja.! E é ótimo ele viver em promoção, chega mais perto do que realmente vale!

                  • marcelo

                    Faz muito mal, já fizeram teste de impacto com 3 versões e levou nota ZERO!

        • Matthew

          Também não entendo o que faz as pessoas esperarem que esse tal de Kwid será tão melhor que um Mobi…

      • dallebu

        Mobi até ontem vendeu pouco mais de 800 unidades, enquanto o Up! mais de 1.200.
        Até hoje não vi nenhum Mobi na rua, enquanto a Toro já tem várias.
        Acho que por enquanto o consumidor não ta dando muita moral, ainda bem.
        A VW lançou um carro caro (Up!) mas com motor excelente, consumo baixíssimo, segurança 5 estrelas e tal. Aí a Fiat lança um carro caro mas sem nenhum atrativo que salte aos olhos…

        • Marco Antônio

          kkkk fiat sendo fiat. Colocou só pra dizer que tem concorrência com o Up. só pode.!

          • automotivo

            E se vender mais que o up?

            • Marco Antônio

              Bom pra Fiat.! E pra quem comprou, porque estará satisfazendo a necessidade de quem comprou!

  • Marco Antônio

    Achei bonitinho. (feio arrumadinho). Agora é só ver o tapa na cara do preço do kiwi.!

    • Pacheco

      Engraçado que pelas fotos ele me parece ser um Mini-SUV… até quase do tamanho do Eco.

      • Marco Antônio

        EU gostei do porte dele. Mas como é renault br, espero um acabamento interno bem pobrinho. Preço salgado, e nada competitivo acima dos 35 mil.

        • Pacheco

          Ah, deve vir com aquele acabamento padrão Clio Campus… kkkkk

          • Marco Antônio

            kkkkk tipo isso. Sou mais um clio mesmo. COmpletinho por 29.990 na promoção.!

            • Pacheco

              Saudade de quando ele tinha as opções 1.6 bem completa. Curtia aquela epoca da Renault.

              • Marco Antônio

                rapaz, Perdi a graça com a Renault. Não vejo mais a competitividade dela perante as carroças nacionais. Saudade tb, olhe só o fluence, que absurdo. O duster 4 x 4 2.0 que absurdo.. Traz dacia pra nós, mas não deixa de cobrar como Renault.!

                • Pacheco

                  Mas o cara foi mestre. Eu gosto do Sandero atual, acho ele bonito e interessante para usar no dia-a-dia. Como tenho criança, seria uma compra racional. Porem, eu sou totalmente emocional e compro só carro doido… kkkkk

                  • Marco Antônio

                    lkkkkkkkkk acho que vou seguir teu caminho. Sou o doido fora da curva. Aquele doido que as pessoas caçam nas tabelas de vendas mensais. kkkkk

      • Gustavo73

        Ele é bem pequeno.
        3,68 metros de comprimento e 1,58 m de largura, ou seja, 13 cm e 6 cm a menos que o atual Clio.

  • Vi Vendo

    Tamanho de uno,porém com entre-eixos maior,porta malas com 300 litros,espaço interno relativamente melhor para os passageiros,comparado aos veículos da sua categoria,são predicados que podem tornar o Renault Kwid uma otima opção,na minha opinião. Os aspecto do carro é bom,porém fico em duvida quanto ao acabamento que Renault vai aplicar nos veículo que irá vender aqui. Penso que um bom parâmetro para a Renault,seria algo igual ou melhor,que a Fiat aplica no Mobi.

  • Edney

    Pelo menos nessas fotos ele está mais bonito que o esquisito “novo-velho” Mobi (novo pelo design e velho pelo motor), só espero que não venha com o motor 0,8 pois acho que aqui no BR não rola, sei que é uma proposta urbana, mas com nosso poder aquisitivo que na maioria das vezes nos permite apenas um veículo, não se encaixaria em nosso mercado. Vamos aguardar preço e dados sobre esse motor de 3 cilindros.

  • Léo Faria

    Entrei só pra ver as reclamações sobre um carro que ninguém conhece.

  • Otavio

    Enfim algo moderno e bonito vindo da Renault…parece ser espaçoso apesar de compacto

  • Vattt

    Só imploro a Renault que não monte nossa versão brasileira com a roda de três furos “peloamordedeus”. Ou vão chamalo de Ford Pampa!

    • Mr. On The Road 77

      Por que? Tem argumentos técnicos? É que já ouvi dizer que ‘não daria para colocar uma roda fora da concessionária’…

  • Diogo Oliveira

    Não sei porque mas sempre que olho pro Kwid eu enxergo um SUV e não um Hatch compacto.

    • Zoran Borut

      Capô parecendo plano sem ser alto demais, distância do solo ligeiramente elevada, altura das janelas relativamente baixa, tudo isso deixa as proporções parecidas com as de um SUV, fato reforçado pelas molduras e vincos laterais. Mais ou menos como o Sandero, cujas proporções fazem com que em fotos isolado pareça um compacto pequeno como um Gol, mas quando vemos na rua percebemos que é quase um médio.

  • Em tempos como esses, a Renault pode ter um sucesso nas mãos ou uma tremenda dor de cabeça. Ela precisa estudar muito bem o disputado mercado de entrada e acertar o preço das versões. Aqui o que vale é o preço! Se os caras lá estão prestando atenção, e eu espero que estejam já que ganham bem para isso, já devem ter percebido o que está acontecendo como MOBI e seguir um caminho completamente diferente.

  • DiMais

    pode ser um bichinho espartano, mas a plataforma é mais moderna que a velha B0 utilizada na família Logan..

  • The Monster Man

    É mais bonito que o Mobi pelo menos.

  • Eduardo Santos

    Estou tendo uma impressão que, particularmente, acho bem negativa. Os carros populares estão criando uma tendência de serem “micros”, “delicados”, e cheios desses plásticos pretos na parte inferior lateral e traseira. Não sei se é uma impressão errônea, mas em questão de visual, carros como Gol, HB20, Onix, Fox e Ka me passam a ideia de serem mais imponentes. Até dá a impressão que estão querendo criar uma subcategoria de microcarros feios: kwid, picanto, march, etios, uno (um dos pioneiros da turma) e mobi (esse é o rei da feiura). Talvez isso seja uma tendência de carro prático, urbano, mais limpo, leve, e prático pra estacionar. Mas eu realmente não gosto dessa tendência, até porque os preços são pra competir com os que citei acima.

  • Matthew

    Mas é tão óbvio que o carro inteiro por si só já é uma economia porca. Pessoal fica achando que esse carro vai chegar aqui com ar e direção por menos de 30 mil temers, tem que ser muito ingênuo. Pra mim é outra bomba que vai custar um absurdo. Não há milagre que faça um carro destinado ao mercado indiano, na faixa mais barata ainda por cima, ser minimamente decente. O Etios tá aí pra provar. Por mais que a Toyota coloque umas firulas a mais a cada ano modelo, o carro não convence, continua a ser um modelinho indiano de baixo custo com preço de carro premium europeu.

  • Cris Dorneles

    Será que esse troço aí, é melhor que o Clio?

  • Deivid

    Imagine uma merd* dessas subindo as serras interioranas com 5 ocupantes totalmente espremidos e o potente motor 0.8 chorando feito criança quando perde a mãe no supermercado!

  • Pedro Huback

    Sem segurança nenhuma e com possível motor de 800cc? Complicado…

    • marcelo

      SIM, em resumo, uma Lata de lixo com rodas……..



Send this to friend