Home Crossovers Renault Duster: clientes se irritam com falta de peças que pode levar...

Renault Duster Dynamique 4x4 Renault Duster: clientes se irritam com falta de peças que pode levar a meses de espera sem o carro




Segundo uma matéria do jornal Gazeta do Povo, alguns compradores do Renault Duster estão se arrependendo amargamente da escolha que fizeram. Isso porque após poucos quilômetros rodados, os carros em questão dão problemas e a Renault informa que a solução poderá levar até quatro meses para ser dada.

Veja o caso do professor de engenharia Heitor Silvério Lopes, que comprou um Duster em novembro. Ele pagou à vista o valor de 65.500 reais, usou o carro por apenas 2.800 quilômetros e então o carro apresentou uma falha mecânica que levou à destruição do cabeçote do motor.

Ele deixou o carro na concessionária no final de janeiro, e a previsão é de que o carro fique pronto apenas em maio. E o proprietário andando de ônibus. Ele tentou desfazer o negócio, e então a Renault passou a jogar o assunto para a concessionária, que por sua vez joga a responsabilidade para a montadora.

Veja a matéria do Gazeta do Povo: http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?tl=1&id=1242279&tit=Automovel-globalizado-fica-sem-pecas-de-reposicao

Informação enviada pelo leitor Luiz Marcelo


  • W_B_C

    Mas ele não compartilha peças com os outros carros da linha? Não tem porque faltar peças pra reposição…

    • Wagner_u

      sim o motor dele é o 1.6 16v k4m que é usado na grand tour e no sandero stepway(era usado no megane e clio 1.6) e o 2.0 se nao me falha a memoria é o mesmo que era usado no megane 2.0.
      mto estranho nao terem peças.

      • Sias

        O problema é que eles acabam dando prioridade para a linha de produção e as peças de reposição acabam ficando em segundo plano. Termina assim… Conheço um taxista que ficou 4 meses esperando peças para Logan dele (do novo modelo). Acabou trocando o carro pra não ficar mais tempo parado.

        • AutoIng

          Pior que o Eco 2.0 cai no mesmo problema, motor importado e que equipa a menor fração no market share. Imagina ter que encomendar um cabeçote pra vir do México. Peça de reposição sempre foi um problema pra qualquer carro acima de uns 60 mil no Brasil.

          • RMN14

            Rapaz….já tive civic…conheço muitos que tem….e tb muitos q tem corolla e outros carros mais caros….é difícil dar problema grave como esse da matéria, mas não lembro de ter visto dono desses carros reclamando de carro parado por falta de peça….

            Difícil generalizar que carro acima de 60k num tem peça….

        • pauloferrer

          medo…. sou taxista e tenho um livina com esse motor 1.6 k4m por enquanto ta trank ta com 67 mil rodados mas…. nunca se sabe!!!

      • Cristiano_RJ

        Se ele pagou R$ 65.500, significa que o Duster dele é o 2.0, com motor do Mégane adaptado para rodar com álcool e não o 1.6 dos demais modelos da marca.

        • aprs

          Imagino que seja o 2.0 mesmo. Esse motor tinha saído de linha e voltou só pro Duster com várias modificações (até então melhorias). Acho que faltou testar mais essas adaptações pro flex, entre outras mudanças.

    • mbarbosa697

      Estranho mesmo,pelo que sei o 1.6 dele é identico ao do Sandero e Megane GT.

      • AutoIng

        O dele é 2.0 pelo que foi dito, e esse motor é importado da França. Como equipa bem poucos modelos, na hora da manutenção pode dar azar de não haver a peça em estoque mesmo. É o mesmo caso do Eco 2.0 e de tantos outros modelos nessa faixa de preço.

    • afonso200

      ja aconteceu comigo na hyundai, faltou peça p/ o sonata, disseram que em 3 meses estaria aqui as peças……… peguei e ja dei de entrada em outro sonata, em 1 semana estava de carro novo, e incrivel, o carro que dei de entrada estava p/ vender, como que 3 meses viraram 1 semana ????? quando ta no …. deles eles arrummam ligueirinho

      • epicentro01

        Não me leve à mal, mas você fez exatamente aquilo que as CSS querem. Deixou o carro "velho" lá e pegou outro da mesma marca, dando mais grana ainda pra eles. É óbvio que eles conseguem as peças rápido quando querem, essa espera é jogada para ou comprar outro ou deixar a garantia de lado e pagar do bolso pela "eficiência".

        • RMN14

          faltou o "ou perder um cliente pra marca"…

          Eu nunca trocaria um carro por outro da mesma marca se isso acontecesse comigo….já pensou se dá o mesmo problema? hehe….
          Só trocaria se fosse troca sem dar nada a mais….

  • fl4v10r04l

    Por um lado acho bom que pessoas que pagam o que se pede em um carro desses tenham um choque de realidade. (vale lembrar que a minha crítica não é ao preço do Duster em si. É ao preço de qualquer modelo que no Brasil custa mais caro e bla bla bla .. já conhecemos essa ladainha)

    Mas o pensamento por certo não foge ao: "Poxa.. paguei preço de luxo e estou com atendimento de popular"

    Se a consciência fosse esperta, a resposta certamente seria: "Claro, meu colega. Custo um carro de luxo, mas eu sempre fui popular"

    Mas o fato é que essa palhaçada não é só com o Duster.. Todas as marcas tem esse tipo de desrespeito.
    Até mesmo um GOL, se você optar por repor qualquer peça por uma original (que não seja no mercado paralelo), em uma ou outra a VW vai dizer que não tem e ter que pedir.. Aí, meu amigo.. haja paciência.

    Sem contar nas marcas de luxo (que por aqui cobram preço de ultra luxo) que – em terras tupiniquins – também aprontam e muito esse tipo de coisa.

    Patético

    • BCA_83

      Na matéria fala de "recall branco" das mangueiras da DH do Duster… só para ilustrar juntamente com o seu comentário, foi bem isso que a Honda fez com os amortecedores e a embreagem do NC, que a toyota fez com a caixa de direção do corolla e discos de freio da Hilux, que a VW fez com os motores papa-óleo, etc… e por ai vai… e nunca dá nada… O que acontece é que os órgãos competentes que deveriam fiscalizar a qualidade dos produtos vendidos no Brasil são ridículos, e os consumidores não leem meia página sobre o produto antes da compra!

    • Cil

      As peças do Duster estão vindo da Coréia?????? Eheheheheh…

      Pois é. O meu é importado e quando eu comprei eu sabia que se tivesse algum problema, ia ficar de táxi/busão por um bom tempo, mas não paguei os tubos pelo meu modelinho que é mais completo e mais seguro pelo menos… eheheheheheheheheh

      Um absurdo um carro produzido aqui levar 4 meses para um conserto. Vai dar uma olhada lá no Reclame Aqui. Não é só a Renault.

    • BullittKowalski

      Patético é esse Duster e também quem comprou. Se estão tendo problemas com peças (já estão dando defeito??) bem feito pra esse pessoal.

      Mas aguardem que ainda vem mais coisa ruim: O novo Ecosport.

  • Rafax

    Meu deus renault ACORDA, e assim q vc que chegar a ser lider do segmento SUV, que palhaçada.

    • thales_sr

      Mas pra ser lider no segmento SUV, primeiro tem que ter um SUV, coisa que o Duster não é.

      • Giorgio

        Em um país que considera o C3 Aircross um SUV, o Duster não parece tão deslocado assim.

        • Tripa-Seca

          A questão não é o país, mas o que é correto tecnicamente: Duster é um Crossover, como o Ecosport, Freemont, ix35, Tucson..
          Ou concorda com a VW que a Parati é uma SUV?

          • brunoitz

            o ecoesport de crosover só se for o nome pois na realidade de cross ele no tem é nada

            • Tripa-Seca

              O Cross aí vém de cruzamento, não de atividades fora-de-estrada. Seria o cruzamento de categorias diferentes, no caso, um carro de passeio e um SUV, herdando um pouco de cada categoria, como a altura (De um SUV) e o conforto de rodagem (De um carro de passeio)…Esse é o conceito de crossover, não de carro para "cross"…

        • Sias

          Ou a Eco um comercial leve…

      • radiobrasilcombr

        Ontem tive o "prazer" de ver um Duster estacioando bem a frente de um Sandero Stepway. Bem semelhantes em termos de altura e porte. O Duster pouca coisa mais largo.

        • DaniloSouza

          ta mais pra desprazer uhuahuahua

          • radiobrasilcombr

            Sim, as "aspas" era pra ligar o IRONIC MODE rss

          • BBMP_

            Sempre que vejo um, acelero para nao precisar olhar suas "belas" linhas, kkkkkkkkk

  • vonask

    Ai a renault vai jogar a reputação dela denovo na lama, tem um bom carro na mão, como tinha com o megane, mas vai deixando a fama do carro ir para o buraco. Uma vez enterrada, enterrada para sempre.
    Velho ecosport vai ganhar uns meses de sobrevida depois desta noticia.

  • hugogyn94

    Daqui ao poko o duster vai parar no 20º lugar das vendas.

    • bandaxadibar

      não dá para ser radical…nada como uma ação urgente para esta situação….esse SUV cresceu muito desde seu lançamento…agora que a Renault arrume a casa

    • vonask

      nos suvs. ai vem um gerente dizer que não sabe o que aconteceu!
      ou porque o carro desvaloriza tanto…

  • ThiagoGranusso

    Meu Deus até quando o consumidor que paga pelo carro mais caro do mundo vai ser tratado dessa maneira? enquanto isso o Focus 2012 mal lançou e a NTHS ja mandou para recall nos EUA, o governo não faz punições, e nada acontece, liga-se no sac( Que no Brasil não serve para nada) enrolam e ficam empurrando um para o outro, e o governo feroz por arrecadaçoes cade? na hora de receber o deles, eles cobram como se fosses um tiranossauro rex na caça, e agora? vai deixar o cidadao até Maio sem carro? para quem pagou R$ 65.000,00 em um renault Duster, é vergonhoso….e nada vai mudar!!!! No Brasil só vai preso Nóia e quem não paga pensão!!! Chega…nós não podemos mais aceitar isso somente pela internet…temos que mobilizar fazer uma revoluçao nesse País, serei o 1º a pegar na arma contra o PT e os demais partidos, mas em primeiro começando a pulverizar o PT e a corja que institucionalizou o Crime. Chega!!!!

    • BBMP_

      O problema eh mais embaixo… A maior parte das empresas nao estao nem ai para os brasileiros. FATO. Estou com 3 problemas no site Reclame Aqui. Apenas uma reclamacao provavelmente nao sera atendida. Comprei um Vaio que em menos de 3 anos, deu 3 problemas. Agora ele parou de funcionar… A Sony diz que nao ira fazer nada a meu respeito. Como um bom consumidor, SONY, NUNCA MAIS. E faco a maior propaganda negativa! Se todos agissemos assim, um dia essas empresas pilantras iriam mudar. Ou falir…

  • Stang302

    Uma hora ia acontecer…

  • VININITEROI

    A Romênia é logo ali..

    • MajorAutomotivo

      E São José dos Pinhais é mais perto ainda. O carro é todo feito lá.

  • Bikudin

    Zica

  • Sias

    Problema com demora em fornecimento de peças praticamente todas tem, mas o que dá mais raiva é que faltar peça de um carro que é montado aqui. Se ele fosse importado e as peças viessem do outro lado do planeta….

    Sei de casos na Fiat, na VW, na Citroen…da própria Renault mesmo mas com o Logan…

    • Ughadoo

      A Renault importa uma quantidade muito grande das peças que usa em seus carros, então o problema pode ser mesmo de importação de peças do outro lado do planeta.

  • Robson Silva

    Mas deu tempo do pessoal estragar os carros.

  • bandaxadibar

    o Ecosport está chegando remodelado….este pelo menos tem uma rede de ccs muito grande…Quanto a falta de peças do Duster, acho que é natural que isso aconteça, pois notem a alavancagem nas vendas deste SUV, porém os executivos da renault deveriam ter previsto isso

    • Tripa-Seca

      O problema é dar justamente em peças compartilhadas..
      Mas para mim o problema é político: A questão não é ter a peça, mas quem irá pagar por ela…
      A Fabricante deve querer que a concessionária pague, e a mesma retorna o problema para fábrica. As vezes é de um representante pequeno, que não vende muitos Renaults, e por isso politicamente não são grandes dentro da fabricante…
      Ah, e o cliente? ah, o cliente, claro…

      • fschulz84

        Ah, e o cliente? ah, o cliente, claro…

        E o cliente? Este sim… Tá lascado!

    • paganeli

      Eu que fiquei com uma ranger parada por 4 meses por falta de uma bomba de combustivel sei o quanto a ford é eficiente. Pelo menos quando chegou não precisei pagar, deram em cortesia.

  • http://jalopnik.com.br/ Fábio Vicente

    O que me surpreende nessa história é o cliente ter pago 65.000 em um carro cujo motor apresentou problema aos 2800 km.
    Independente do problema, a única saída aceitável é a troca por um outro veículo totalmente novo, com as mesmas características.
    Desrespeito total ao cliente.

    • Leandro1978

      Me surpreende o motor dar problemas com 2.800 km. Independentemente do valor pago.

      • TecoPadaratz

        Ia falar exatamente isso.

        Já peguei carro zero km, andei 20 km na cidade e caí na estrada. Precisei fazer uma viagem de 700km e andei muito na estrada. De terceira e quarta marcha, esticava até 5.500 rpm e quando a estrada permitia, levava o carro até 170, 180 km/h. Esta foi só a primeira viagem e depois com as demais viagens somei uns 45.000 km em estradas.
        Quando vendí o carro, estava com 85.000 km, e então devo ter andado uns 40.000 na cidade.

        Fiz somente a primeira revisão na CCS (10.000 km) e depois só em mecânico de confiança. Sempre fiz rodízio dos pneus e alinhamento e balanceamento a cada 10.000 km. Até vender o carro não precisei trocar pneus, amortecedores, e nem disco e pastilha de freio. Vendí quando era necessário fazer todos estes serviços.

        As trocas de óleo e velas foram feitas no tempo certo e o carro nunca apresentou problemas e nunca ficou parado 1 dia sequer por falta de peças, que aliás, foram poucas as peças trocadas.

        Bem, concluindo este blá blá blá todo que vocês já devem estar de saco cheio de ler : Imagina você pagar 65.500 em um carro, andar 2.800 km e ter o cabeçote "moido" sabe-se lá porque, ficar sem o carro por falta de peças e ainda ter que andar de ônibus. Nada contra andar de ônibus, mas desembolsar essa grana toda e depois não poder andar com o carro, é revoltante !!!!

        Não queria estar na pele do sujeito !!!!

    • silasrana

      Infelizmente isto não é só problema de Renault. Isso é problema de todas as marcas.
      Com o Focus Sedan aqui de casa, foi desanimador também. 62mil no Focus, à vista e, após 4 dias de retirado o carro da concessionária, fui ao salão do automóvel. Eis que na volta, numa parada do pedágio NENHUMA marcha mais entrava no cambio manual. Só conseguia engata-las com o carro parado e, mesmo assim, algumas delas. Estava 200km longe de casa. Por sorte consegui vir devagar andando de 4ª a 80km/h.
      Um maldito anel de vedação da caixa de câmbio veio 'mordido' e deixava vazar óleo sem que pudéssemos notar. Com o aumento da temperatura e menor quantidade de óleo, nenhuma marcha conseguia ser engatada. Foram 15 dias para um puta duma pecinha de 3 reais vir da Bahia para fazerem a substituição da vedação e a troca do óleo do cambio.
      Sem falar na visita à concessionária para troca dos amortecedores dianteiros, para consertarem o forro das portas dianteiras que soltaram e alguns grilos internos…
      E isso porque o carro tem apenas 17mil km hj…

    • jpmocellin

      Problemas nao, mais serio, acabou com o motor…

  • AutomotiveEngg

    Renault Brasil:

    Crescimento de participação de mercado = vôo de galinha?

  • CanalhaRS

    Se um professor de engenharia, que deveria ser alguém teoricamente instruído sobre carros, compra um lixo desses por 65 mil, imagine as donas de casas deslumbradas, preocupadas em aparentar riqueza para as vizinhas???
    O mercado brasileiro ainda tem um longo caminho até o amadurecimento, eu chutaria uns 20 anos, no mínimo.

    • Tripa-Seca

      Não podemos julgar as escolhas alheias: Vai que o cara mora em chácara, tem necessidade de pegar uma estrada de terra de vez em quando, e por isso um sedã médio não seria mais indicado para ele…
      Ah, não precisa de nada disso, era só para ficar altinho? Então sorria meu bem…sorria…

    • thales_sr

      Professor de engenharia é teoricamente instruído sobre carros? É não…
      Se eu te contar o tanto de "gente instruída" que eu conheço que tá babando pra comprar um Veloster você cai pra trás…

      • CanalhaRS

        Sim, é isso que eu quis dizer, o consumidor brasileiro é totalmente despreparado para comprar um carro.

        • AutoIng

          Canalha se ele comprasse um Eco 2.0 poderia cair no mesmo problema. É motor importado igual esse 2.0 da Renault (só que do México em vez da França). Aliás, que carro acima de 60 mil não tem motor importado? Pouquíssimos. Ainda mais se é um motor que tem saída em baixa quantidade, as chances são de faltarem peças em alguns casos sim. Não vamos nos iludir, esse tipo de problema sempre ocorreu com carros de todas as marcas.

      • akaju

        É thales, brasileiro tem a mania de achar que engenheiro é tudo igual. Todos devem entender sobre mecânica e construir prédios.

      • h1ghland3r

        Verdade.

    • h1ghland3r

      Eu chutaria 200 anos.

    • MLStan

      Sabe "Canalha", fico muito triste com esse tipo de comentário machista. Há muito tempo as mulheres saíram da sombra dos homens. Além de decidirem muitas vezes a escolha do veículo da família, são também potenciais compradoras. Trabalho fora, e também sou uma dona de casa. Quando decidi trocar de carro busquei por vários modelos dentro das minhas possibilidades. Encontrei na Duster todas as características que preenchiam minhas necessidades, não essa que você cita de fazer inveja às vizinhas. Ainda não efetivei nenhum negócio, porque, ao contrário do que você imagina, estou buscando informações de várias maneiras. (inclusive foi assim que me deparei com seu post nada lisonjeiro a nosso respeito) Acho que deveria tratar o assunto de maneira mais técnica e menos preconceituosa.

  • Guri_do_RS

    Não tem peça? Então que a tirem de outro carro, e coloque no meu, e o carro do estoque da concessionária que fique parado então!!

    • TecoPadaratz

      Sou do mesmo pensamento. Acho que quebraria o pau na CCS !!!! kkkkkkk

  • vini_c_a

    Pau neles! Justiça nisso.

  • Castle_Bravo

    Mais um problema bizarro com a Renault nos últimos dias, estranho não?

    Todavia, a Ford é quem ri à toa disto.

    • Leandro1978

      Também foi matéria "comprada"?

      • Castle_Bravo

        Não estou falando nada, achei apenas curioso mais um problema, às vezes é apenas coincidência, às vezes não…

        • AutoIng

          Castle se formos pegar a quantidade de gente que já ficou esperando por várias semanas e até meses por peça da Ford… Não se iluda, tem casos assim aos montes com ela também.

          • paganeli

            Veja meu comentário acima…. e olha que minha ranger não custou 65, mas sim 85.000…..

            • AutoIng

              Bom que pelo menos não cobraram nada… Aliás deveria ser obrigatório alguma reparação pra quem espera tanto tempo por uma peça! Mas infelizmente acontece mesmo!

          • BBMP_

            Meu irmao esperou 3 meses por uma pecinha do cambio de seu Stilo, que por sua vez tem powertrain GM… Medo…

          • Castle_Bravo

            O mínimo que a concessionária deveria fazer era ceder outro carro de reserva, qualquer um, para o cliente não ficar a pé pelo menos enquanto o conserto ocorresse, mas o respeito passa longe no pós-venda, antes da compra é uma maravilha, depois, dane-se.

  • Rox_

    Sorria meu bem, sorria da infelicidade que você procurou…

  • fernandez_esp

    Então… Eu não gosto da Renault e nunca compraria um carro da marca. Isso mesmo: puro preconceito. No entanto, acho muito estranho estarem aparecendo tantas notícias negativas de uma vez sobre a marca. Coincidência?

  • digitallin

    por que será que o Dacia Duster é sempre motivo de chacota no TopGear?
    Carro frances, to fora.

    • TecoPadaratz

      Phoda né……..

      Compare os carros da Renault com os carros da Dacia. É piada………..

  • Marcos_zambelli

    Parece que a Renault deu um passo maior que a perna. Se quer vender bem tem que se preparar para a demanda de peças e serviços. Uma pena, porque apesar de pessoalmente não gostar de Duster ou Ecosport, a concorrência acirrada faz muito bem para o mercado (haja vista a baixa nos preços da Eco e a antecipação da nova geração).

  • ctnmartins

    Eu gostaria de dizer " Ao menos com fabricante X isso não acontece" mas a realidade é que todas as marcas estão tendo problemas para atender o mercado de peças de reposição, pois a produção de novos está absorvendo quase toda a produção de peças.
    Mas no caso da Renault, que já não tem um bom histórico, a coisa toma proporções ainda maiores.

    • Leandro1978

      "Ao menos com fabricante X isso não acontece". Isso non ecziste! Embora muitos achem que certas marcas, digamos, preferidas não dêem problemas…

  • KawasakiNinja

    Mas na verdade esse pessoal não pode reclamar não, afinal de contas, a própria propagadanda do carro já mostrava os compradores olhando pro carro e chorando!!!

    • parmeso

      pois é, alguém ainda tem o telefone do psiquiatra da propaganda?

  • c3lio

    isso é brasil galera… esqueceram…

  • exmarujo

    Diz na atéria que o carro apresentou uma falha mecânica que levou à destruição do cabeçote do motor, tudo bem, resta saber agora qual foi a falha, não está em explicito em lado nenhum o problema que originou isso tudo, coisa que eu gostaria de saber para poder tirar conclusões. Toda a gente sabe que carro novo sempre bebe um pouco de óleo, será que o frentista do posto ou até mesmo o dono do carro atestou com um óleo de especificidade diferente e deu cabo do cabeçote???????

    • Tripa-Seca

      "… Toda a gente sabe que carro novo sempre bebe um pouco de óleo…"
      Toda gente, vírgula! Eu nem abro o capô do meu carro…E pergunta para um dono de Honda se ele faz isso…Só se for para admirar o motor…
      Está supondo que o cara quis trocar óleo do carro zero km? Pode até ser, mas qual o sentido disso? Nem se o cara andasse os 2 mil km a 7 mil giros isso deveria acontecer…Além do mais, pelo jeito fábrica e concessionária já eliminaram a hipótese de ser falha do cliente, pois discutem entre eles de quem é a culpa…Pode apostar que se tivesse qualquer possibilidade do proprietário ser culpado, seria a conclusão que ambos teriam chegado..
      ô tentativa de justificar o injustificável…Ah se fosse um VW…

      • Sias

        Já tive carro 0km GM, VW e Citroen…nenhum baixava uma gota de óleo.

        • macumba_online

          Inclusive complemento.. já andei 80 mil km em um gol, 60 mil km no meu atual vectra.. e nenhum deles nunca baixou óleo….

          • Castle_Bravo

            Meu Gol G3 com 80 mil kms também nunca baixou o nível do óleo, na verdade ele até aumentava, se considerasse aquela maldita borra que chegava a saltar pela vareta e tampa de óleo.

      • O_Corsario

        Se fosse um VW 2.0 iria baixar um litro de óleo a cada 5.000 km, exatamente como meu Polo! kkkkkkkkkkk

        • Sias

          Sério que teu Polo baixo isto de óleo? O meu era 1.6 e não baixava nada. Tive outros dois VW com AP (Logus e Polo Classic) e também não baixavam.

          • thales_sr

            O meu (VW Polo 1.6) também não baixa nada de óleo…

            • O_Corsario

              Ei, saiu da comunidade do Orkut do Polo faz tempo hein! rs Melhor assim! Abraços!

              • thales_sr

                Eu saí do Orkut (inteiro) faz tempo… rs

          • O_Corsario

            O 1.6 não baixa, minha mãe tem um e se baixasse já tinha fundido pois ela não olha, não troca, não faz nada… rs
            Já o meu, 2,0-L, baixa muito, mas nem todos.

        • Marco_ABP

          Eu tive um Escort XR3 1993 com o motor AP 2000. Aquela porcaria de motor rodava o tempo todo com a água perto de ferver. Se eu entrasse em um engarrafamento, o ponteiro da temperatura entrava na faixa vermelha. Isso porque sempre estava com a água na quantidade certa. A cada tanque cheio (15 dias mais ou menos), ia 1,5 lts de óleo também…

          • DaniloSouza

            Motor AP, que dizem ser inquebrável uhauhauhaua

          • C_Nunes

            Tô querendo sair da VW por conta desse problema de AP superaquecido. Tenho um Gol G2 que volta e meia extrapola a temperatura de 90ºC quase encostando nos 100ºC no ponteiro, mesmo com a quantidade de água no nível correto.

            • Sias

              Tive dois carros com o AP 1.8 e eram um relógio neste ponto (temperatura). Encostavam nos 90º e dali não saíam, mesmo em congestionamentos.

            • MajorAutomotivo

              Essa água de vocês tem aditivo? O sistema está limpo?

          • O_Corsario

            Isso nunca tive problema, menos mau, o óleo dá para controlar fácil, já temperatura vira um medo constante!

      • exmarujo

        Oh Tripa-Seca eu por acaso no meu comentário fiz alusão a que o dono quis trocar o óleo ao carro, eu falei em atestar, quando falta óleo atesta-se ou completa-se, pode ter-se passado o caso e ser atestado ou completado com óleo bem diferente do recomendado pelo fabricante, depois de misturado ao restante não dá para distinguir mas pode ocasionar problemas mecânicos sim senhor

    • MajorAutomotivo

      O meu Renault 1.6, 16v não desceu uma gota. Acabo de fazer a revisão dos 10.000km.

  • lorim_ce

    Bom como a reportagem está no plural imaginei que seriam dezenas de casos, várias peças, vários proprietários…não me dei ao trabalho de abrir o link.

  • Roms

    Porra, o motor!?? Menos de 3 mil km… tsc, tsc.

  • subzero99

    Sinceramente não sei como uma empresa do porte da Renault e com as pretensões que tem de crescer no Brasil, é AMADORA o suficiente para deixar faltar peças… TRISTE !!!

    • thales_sr

      Ahh se fosse só ela…

  • Iraja

    Trinta dias para a concessionária sanar o defeito. Não solucionando nesse prazo, deve-se providenciar a troca por outro ou então a devolução proporcional do dinheiro, independente de dano moral e/ou dano material (uma vez que ficou sem o carro por vários dias).

    • macumba_online

      exatamente.. não tô entendendo o porquê não usam o código de defesa do consumidor e pronto… PEGA O DINHEIRO DE VOLTA…
      30 DIAS, OU DINHEIRO DE VOLTA!!!

      • subzero99

        Pode até pegar o dinheiro de volta mas o que importa neste caso é a solução do problema, pois mesmo com o dinheiro, quem irá resolver o problema, visto que parece ser algo global, e naõ de apenas uma ou outra ccs.

    • hltg

      o problema é que eles não vão fazer isso sem uma ordem judicial… e até que a justiça emita uma ordem… alguns anos vão se passar… infelizmente!
      ele tem todo o direito… mas fazer esse direito valer é mais facil por meio de um blog do que pela Justiça…

      • Leandro1978

        A moça do Megane ficou 4 anos com o carro parado até entrarem em um acordo.

      • LuisCarlosCosta

        Esta acontecendo comigo na VW, a primeira audiência de Conciliação levou 28 meses, sabe quem sai ganhando a montadora, vem com um batalhão de advogados, te pega no recall branco durante a revisão, pois voce não vai passar dois anos sem fazer, ai eles pedem para o juiz pericia.

  • rbergesch

    Se acontecesse isso comigo, garanto que teria nojo do meu carro!

  • Guri_do_RS

    Ainda se fosse um Lifan, Chery ou Jac… kkkk

  • ARISTEU

    Ja notaram que essas coisas na maioria das vezes só acontece com quem compra carro a vista?
    kkkkkkkk

  • JPaulo10

    Acho meio temerário a publicação dessa notícia aqui. Em primeiro lugar, o jornal "A Gazeta do Povo" paranaense coloca como problema de peças citando UM cliente, que dá outro exemplo (de SBCampo) e ambos os citados com defeitos em janeiro/2012. Ainda diz que existem várias reclamações no "reclameaqui", que também não tem lá muita atualidade (01, 02/2012), além de uma suposta comunidade no facebook.

    Não defendo a Renault, mas o teor da matéria do jornal é meio inconsistente, meio superficial. Para quem está habituado à "imparcialidade" de sites e revistas bem nossos conhecidos, eu achei a reportagem meio assim, assim …

    A gente não pode tomar como verdade e generalizar para toda a linha um fato que aconteceu com UM ou alguns clientes.

    • Leandro1978

      Mas fazem isso com Gol, com Uno, com Agile, com Fit. Resumindo, com as "odiadas"…

    • O_Corsario

      Concordo. É diferente do caso do Gol onde milhares de unidades apresentavam o mesmo defeito.
      Aqui o problema não parece ser generalizado, embora, sim, a Renault esteja errada e deveria ter tido outra postura na questão.

    • wrlopes

      Qual a Concessionária Renault que você trabalha??????
      É a única explicação.
      Meu amigo eu tenho um Megane, nunca tive problema com a Renault, mas esse caso aí é bizarro, merece projeção internacional.
      Se o que o jornal fez foi um restante de matéria com informações inconsistentes problema da Renault, ela que vá lá e processe o jornal.
      Eu queria ver se fosse com você, pensa se você bate o seu carro, culpa sua, vai na rede da Renault e pedem meses pra te entregar e você no ônibus, pensa assim, se coloque no lugar do rapaz, não precisa nem levar em consideração que o carro deu problema não, leve em consideração que você arrebentou com ele e que vai ficar 4 meses andando de ônibus enquanto a Renault produz uns 20 duster's por dia, gastando 20 peças por dia da que você precisa e não pode deixar um carro de lado e lhe ceder as peças.
      Tenha paciência, ainda tentar defender a marca, e olha que sou cliente….

  • O_Corsario

    Amadorismo da Renault isso, demorar tanto para lançar um carro e não ter estoque de peças básicas.
    Aliás, mais que amadorismo: é uma prática de quase todas as fabricantes, usar a maioria das peças para carros novos e deixar quem já comprou na mão. Mais um desrespeito na lista.

    • Corvo

      Pois é…é pura sacanagem de parte da Renault. Li na revista AE nesses dias que o March está sofrendo o mesmo problema. Infelizmente é falta de planejamento mesmo

  • hltg

    Isso é para aqueles que só sabem falar… ai com esse preço eu sou mais um Fluence… com esse preço eu sou mais um Fusion e bla bla bla….

    preço do carro não é tudo… é o famoso barato agora que sai caro amanha… as 4 grandes não são grandes a toa têm seus méritos… dentre eles ter um vasto mercado de peças… sejam originais sejam paralelas…

    • AutoIng

      Aí que você se engana, uma colega de trabalho tinha um Golf com problemas na caixa de direção. Ela simplesmente ficou semanas esperando a peça chegar. Estamos falando de um carro com 15 anos de mercado, da marca mais tradicional no país. Não se engane, as 4 grandes sofrem dos mesmos problemas. O Focus é um que ficou famoso pela demora em conseguir peças nas concessionárias. Tá longe de ser problema de montadoras recém-chegadas.

    • paganeli

      Meia verdade a questão de vasta disponibilidade de peças paralelas. Todas as marcas estao registrando suas peças, e em breve teremos dificuldade de encontrar peças paralelas para os modelos mais novos. Tenta comprar uma peça sequer que seja exclusiva de determinado modelo lançado de 2008 pra frente que verá. E algumas é difícil até de carros mais velhos, tais como Ford e GM, em seus projetos acima de 2005.

    • O_Corsario

      Outra coisa que os colegas acima não falaram… Se ele for pro "paralelo" perde a garantia.

  • rdvalle55

    No Brasil a coisa só resolve quando a encrenca aparece no Jornal Nacional, na Revista Veja ou algum juiz se sente lesado e processa a empresa. Se depender do consumidor, as coisas continuarão da mesma forma porque muitos gritam mas poucos agem. Mas tá bom, já foi pior. Antigamente as pessoas se limitavam a dizer: "Até que foi bão pois da próxima vez a gente não compra outro iguar". Fala sério

  • Fungo

    Sei nao em.. Os motores do mesmo são compartilhados com varios modelos, sendo motores teoricamente nao tao novos, ou seja, ja existe a muito tempo peças de reposição no mercado… Sei nao em… essa materia ta me cheirando mal…
    Se fosse assim nao teria peças para nenhum modelo da linha, so salvaria os 1.0 e fluence….

  • anderson_sp

    Sei lá viu…….um motor bem difundido e que é o mesmo praticamente a mais de 10 anos, sendo utilizado desde os Clio da década passada e o cara vir com um papo furado desse, se fosse um chinesinho até vai pela pouca base estabelecida, mas agora um Renault com mais de uma década no país e que os carros compartilham diversas peças, eu sinceramente pago pra ver.

  • basket133

    carro frances da nisso .

    • fschulz84

      Neste caso, é romeno!!!

      O pessoal cria jargões, mitos e etc… "Francês só sabe fazer perfume" e bla bla bla…

      Pra começar que a Dacia é romena e não francesa e outra, vê os "Renaults de verdade" na europa, são referência de bons carros, seguros e muito bem reconhecidos. O problema é que aqui, ao invés de um Koleos (um legítimo Renault), ganhamos um SanDuster… Porque é isso que brasileiro compra, porque o carro parece "grande", vai chamar a atenção do vizinho.

      A culpa não é da França ou do Sarkozy, ou do Thierry Henry… E sim da Renault do Brasil que veio tão voraz, com tanta sede ao pote que até peça que teoricamente é compartilhada com outros modelos (creio que pelo preço de 65k mencionado na reportagem, estamos falando que um Duster 2.0), não deveria faltar nunca!

      Ou pelo menos se não tiver em estoque, que pelo menos tenha a peça de fácil importação.

      Neste caso, como já mencionaram acima, creio que seja mais briga política entre a concessionária e a montadora do que a falta da peça em si… E o cliente que se lasque… Infelizmente é assim que somos tratados, pois é assim que merecemos ser!

  • mottervictor

    Só comprar as peças do sandero , afinal é o mesmo carro .

    • DRJMM

      é mesmo? para lamas, amortecedores, pinças de freios e pastilhas, bancos, caixa de direção, lanternas, etc etc…? não existe "mesmo carro", até em versões diferenciadas, algumas peças não batem… logo amigo, é sentar, chorar e esperar e "sorria meu bem, da infelicidade, que um dia, vc procurou"….

      • mottervictor

        interior igual , motor igual (gama 1.6 ) , caixa de transmissao , freios , direção , portas . logicamente algumas peças nao batem como paralamas (!) por exemplo . e sim se a renault quisesse poderia colocar um 2.0 no sandero . que iria caber (por baixo )

    • AutoIng

      Sandero 2.0? o.0

  • andreHHX

    Que eu sabia a Kia tem problemas com peças também.

  • AlexandreCE

    Merda de país… num lugar decente, aparece o Judiciário, manda a montadora resolver a questão ou desfazer o negócio e a mesma que se vire com o concessionário. Palhaçada de país seboso.

  • mariostefa

    Querem ver a Renault resolve isso rapidinho, é só o proprietário deixar o Duster em frente a css e colocar uma faixa relatando o problema.

  • diogo_rs6

    4 meses pra ter que receber uma peça???? O que é pior, pois a Gazeta do Povo é de Curitiba, na mesmíssima região metropolitana onde o Duster é fabricado.

    É totalmente inadmissível que qualquer automóvel dito nacional tenha um tempo de espera tão grande para conseguir as peças necessárias para os reparos, e pior em tempos de compartilhamentos de componentes com outros modelos, que já tem tradição de mercado. Isso mostra claramente que algo está muito errado neste país: que os processos de logística não funcionam e isso é culpa não apenas das próprias empresas que "enxugam" seus estoques de reposição para não ter "dinheiro parado" para componentes vitais, mas que não são de uso frequente do veículo, mas também do próprio estado que não oferece infra-estrutura adequada e que cria uma porção de entraves burocráticos que tornam as coisas muito piores…..

    • AMLAJD

      Tenho quase certeza que o Duster é fabricado na Argentina e não no Brasil. Me corrijam se estiver errado.

  • freemontomaisvendido

    Nada de anormal, a Renault é uma grande bosta. Tenho um Sandero Stepway, é um lixo.

    • BullittKowalski

      Isso é verdade, só espero que não julguem a Nissan assim também, tenho um parente que tem uma Frontier, um amigo com o Tiida, um amigo do meu pai com um Sentra e uma amiga cuja mãe lhe empresta o Livina. Todos adoram seus respectivos carros e não dão problema, segundo eles próprios.

      Só não conheço o March, ele aparenta ser um pouco frágil, mas vamos ver.

      • Renato_Dantas

        Não só o Sandero como toda sua familia draconiano, são um verdadeiro lixo.

  • Landrutt

    Pensei que passar 4 meses esperando peças fosse "privilégio" apenas dos donos de Hyundai e Kia. Quero acreditar que os carros da Renault prestam, mas com essas coisas fica difícil. Ainda mais pra quem passou por uma péssima experiência com a marca. Em 2006 meu pai adquiriu um Clio Sedan 1.6 Privillege para usar na cidade ao invés da sua Hilux, e o carro foi só problemas. Tinha falhas elétricas que a Renault nunca conseguiu resolver, desde aos vidros elétricos que paravam de funcionar do nada até panes elétricas que faziam o carro sair guinchado. A gota d'água foi quando eu voltava de um casamento de madrugada e o Clio parou no meio da rua, só não fui assaltado porque um casal de uma casa próxima viu a cena e me colocou pra dentro da casa deles até o guincho chegar. Peça nunca faltou, o problema era a incompetente concessionária Renault e a própria marca, péssima.

  • Renato_Dantas

    Não foi por falta de aviso, eu disse "por tratar-se de um Dacia muitos problemas virão", não creu neu se finou-se.

  • Binho_DF

    Me parece estranho ou coincidência, prém agora lendo esta matéria, de todas as pessoas que conheço que tiveram carros recentemente, de alguma das três marcas francesas, todos sem exceção se arrependeram e mudaram de marca. Eu sinceramente não tenho o menor interesse por qualquer modelo destas marcas.=/

  • tdaugusto

    Bom, independente de qualquer marca, aqui no Brasil o consumidor é desrespeitado ao máximo. Tenho Renault na família a quase 10 anos, e foi só alegria…Nunca precisei esquentar cabeça para fazer um reparo no carro, e olha que meu carro já tem mais de 11 anos. O que eu não acho aqui fora, vou na Azzurra Paris e acho qualquer peça, lógico que pelo ano do carro eu tenho que encomendar e chega em 3 dias, quando não, me ligam avisando que chegou antes…Mas lógico que isso é uma exceção, infelizmente. Tenho amigos que tiveram que usar uma tampa de garrafa térmica no lugar da tampa de combustível no Agile dele, pois não achava a peça em lugar a algum, e na concessionária sem previsão…. e aquela história de sempre…(ah! depois de rodar muito arrumou uma do vectra antigo e deu certinho )…conheço gente que passou perrengue com uma Saveiro que com menos de 40 mil km, teve problemas no módulo de injeção e só resolveu o problema quando vendeu o carro….Enfim, isso não é problema de uma Marca ou outra Marca….é geral, temos que abrir os olhos e exigir nossos direito….

  • HENRY_SPEED

    Duster é muito feio,perante concorrencia,e ainda fundi motor.

  • Passarimbsb

    Achei muito estranho essa matéria… dizem CLIENTES INSATISFEITOS mas só apresentaram um caso! Comprada??? (não estou me referindo ao N.A.)
    Tenho um cliente que tem um Duster e está super feliz com ele.

    Se você buscar na net vai encontrar vários modelos de todas as marcas com clientes realmentes P. da vida.

    A culpa é nosso governo que faz as leis e não fazem elas serem cumpridas quando são grandes empresa. Vide operadores de celulares que roubam e roubam da gente e nem adianta reclamar que nada acontecem. Cobram multas milionárias e elas simplesmente não pagam e fica por isso mesmo. Mas quando é nós cidadãos de bem que fazemos algo contra a lei… somos punidos exemplarmente.

    País de bosta que a gente vive, viu :(

  • acorda

    Não sou muito de comentar aqui…..mas agora forçaram a amizade.

    Os comentários que mais acrescentam são os do "usado da semana". Sempre tem um parceiro para dar uma informação a mais, contar uma curiosidade, etc.
    Mas o resto é o que se vê, por exemplo, nesta matéria. Se forem consultar a reportagem do jornal, verão que é muito superficial. Só diz que estragou…..tá, e daí, cadê o resto das informações?
    A não ser que o proprietário seja super azarado, o cabeçote do motor não dá PT assim do nada….então, na minha opinião, aí tem coisa. Não estou defendendo a Renault, até porque ela não paga meu salário, mas quem conhece o jornal em questão (aliás, a mídia como um todo) sabe que não se pode acreditar em tudo o que falam.

    Por fim, é de lascar esses haters que só sabem falar "dacia", "carro francês" e outras infantilidades. Quem me dera se pudesse circular em um Duster top de linha.

  • Nesio_Becker

    esse engenheiro seria da Ford ? kkkkkkkkk

  • Roger_2012

    Sorrrrria meu bem, sooooooorrrriiiiiaaaaa, da infelicidade que você procurou!!! (lembram do comercial?)

  • sgc380

    É incrivel como as montadoras ainda erram em coisas basicas. Isso que da fazer os carros correndo para vender ai so sai porcaria.

  • edison

    É eu iria comprar uma camioneta DUSTER, vou pesquisar mais um pouco.

  • Marcia

    o mais absurdo e vc comprar um carro zero e não conseguir emplacar por falta do registro.Registro esse de responsabilidade da renault !Uma absurdo total!!!Não iremos ficar no prejuizo!

  • Julio Andrade Nunes

    Tenho um Sandero Expressio 1.6 2010 e até agora não tive problemas. Comprei na IESA Veículos de Porto Alegre, concessionária Renault e não gostei da entrega do carro, me disseram que estava pronto e, quando fui retirar, não tinham colocado as películas nos vidros e o tapete do carona estava rasgado. Depois de 15 dias de espera, é dose.Tudo isso acontece porque fizeram uma promoção e não davam conta das entregas, por isso pessoal, vamos com calma na hora da compra. Deixem os ricos irem na frente porque eles podem abserver facilmente um desembolso de R$ 60.000 sem ter o veículo para rodar. Não se empolguem, nada de dar um passo em falso, muito precipitado pois afinal de contas, essas fábricas estão num desesoero de dar pena. Promoção vai ter sempre, o que não dá é para todo mundo querer comprar carro novo ao mesmo tempo. Já dá problema com o mercado calmo, imagina com essa correria onde parece que o mundo vai acabar. Nada como comprar um DUSTER usado super novo e amaciadocom diferença de R$ 17.000,00 em relação a um novo, igualzinho. A onda agora é carro com 2 anos de uso, único dono, com 18.000 km, motor amaciado, na garantia e com grande facilidade de se detectar defeitos, bastando fazer um test driver e, se for de um conhecido ou de um amigo, muito melhor. Se for zero km, sempre parcelar o saldo, sem juros pois, em caso de problemas, para-se de pagar e vamos discutir na justiça, nada de comprar a vista porque depois você vai se queixar para o BISPO.