Renault Fluence está sendo ofertado por R$ 61.990

23/02/2016

fluence-promo

O Renault Fluence tem preço sugerido de R$ 73.990 na versão Dynamique 2.0 manual. No entanto, a marca francesa está ofertando o sedã médio pelo valor de R$ 61.990, em São Paulo. Ou seja, um desconto de R$ 12.000. Em 2015, o modelo foi o sétimo mais vendido em seu segmento, emplacando 7.759 unidades. No mês passado, fechou em quarto com 577 vendidos.

Com motor 2.0 de até 143 cv e transmissão manual de seis marchas, o Renault Fluence Dynamique vem com rodas de liga leve aro 16, ar condicionado dual zone e bancos parcialmente revestidos em couro, bem como sensores de chuva e crepuscular, piloto automático, LEDs diurnos, painel digital, quatro airbags, CD/MP3/USB, entre outros.

Agradecimentos ao Vitor Amaral.













  • Bruno Wendel Marcolino

    o loco, ta valendo, sedã médio com ótimo CxB, se não o melhor.

    62k perto dos concorrentes é pechincha, mais barato que HB20 Premium.

    • HiperBrasill

      HB20S parece um sedan de brinquedo perto do Fluence.

      • Imagine o Voyage por 63 mil kkkkkk

        • Rafael Trindade

          Pensei exatamente nisto. E no Gol Rallye :)

          • Rafael Ribeiro

            não vai existir mais gol Rallye

            • Rafael Trindade

              Será mesmo ?

              • Rafael Ribeiro

                Vw já anunciou que não, pois era um modelo não viável

        • HiperBrasill

          Bate na madeira. Kkkk

          • afonso200

            bate na arvore,

      • Joaquim Grillo

        Na boa acho feio o HB20S os paralamas são pequenos não orna com o carro sei lá os vincos tudo naquele carro acho bizarro.

        • Peuooo

          pensei que só eu achava isso…

        • Pedro Cunha

          Estendo essa visão ao hatch, que não tem balanço traseiro e parece estar com o eixo traseiro pendurado na extremidade do carro.

        • T1000

          não “orna”??!? que palavra é essa???

          • Filipo

            Deve ser de ornamentar/compor.

          • PEDAORM

            Significado de Orna

            Orna: aderna; adernas; aderne; adorna; adornas; adorne; aformoseia; aformoseias; aformoseie; alinda; alindas; alinde; aparata; aparatas; aparate; atavia; atavias; atavie; decora; decoras; decore; embeleza; embelezas; embeleze; enfeita; enfeitas; enfeite; engalana; engalanas; engalane; ornamenta; ornamentas; ornamente.

            Ornar: v.t. Enfeitar, adornar, ornamentar, decorar; guarnecer de ornatos; aformosear.

            Aprimorar, embelezar, dar expressão a.

            Fig. Dotar, enriquecer.

            Fig. Ilustrar, engrandecer; glorificar.

      • Tenho os dois em casa e a diferença não é pra tanto. HB20S é muito competente e um dos melhores da categoria que compete, assim como o Fluence é um dos melhores da categoria que compete. Em termos de conforto, ambos são bons, em motor também, atendendo as necessidades específicas de cada momento.

    • Raul Godiano

      Quando eu vejo essa promoção lembro de como brasileiro e um bicho tapado. Meu cunhado com 50 mil para comprar um carro a vista, vi um Fluence em 2013 vendendo por 58 mil, manual com banco de couro , falei para ele, ele me disse que carro 2.0 bebe muito e como é 16v nao presta, ai o infeliz me compra um voyage 1.6 “completo” e “automatico” por 55 mil. A manutenção do Voyage é mais cara que do Fluence, isso sem tirar o conforto. E agora a bomba dele explodiu o cambio ultra duravel da VW, deu pane, 4 mil para consertar.

      • GPE

        Kkkkkkkķkkkk

      • Bruno Wendel Marcolino

        Putz, que m3rda ein, o cara deve tar put0 da cara.

        Mas aconteceu comigo também na empresa que trabalho, eles queriam renovar a frota de unos mille por Sanderos novos, eu fiz um levantamento e a manutenção periodica do Sandero era uma das mais caras, perto dos 2.800 até 60 mil km(hoje deve estar mais).

        Porém mostrei pra eles mais opções, como March 1.0 e o Etios 1.3 que são os “TOP” em baixa manutenção hoje em dia, cerca de 1.800 até os 60 mil km, não me ouviram e compraram o Sandero, o que aconteceu agora é que começou a dar barulho no motor e na caixa…

        É aquela coisa, quem avisa amigo é…

      • RVM

        perdão por que o cara pega sua irmã, mas ele merece um kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        • Raul Godiano

          kkkk é o contrario , eu sou casado com a irma do camarada

      • afonso200

        4 mil pra arrumar o i-motion até que esta barato, ……kkkk 2.0 bebe demais e 16v nao presta, kkkkk, meu V6 3.3L do azera 2011 é mais economico que o C4 Pallas e Zafira 2.0 AT e Vectra 2.0., cada coisa que leio, que o pessoal faz burrada

        • Edson Fernandes

          Mas pensando em um carro 1.6 ele chega a beber mais mesmo (azera e Fluence) mas o que ele te entrega em conforto e itens de série… compensa o consumo a maior.

      • Paulo

        Vw hj em dia é fria, mas ninguém me ouve tb. Imotion então pode correr muito que é problema certo.

      • MauricioYu

        Cambio automatizado é roubada. Nas autorizadas chegam a pedir 12.000 pra arrumar, só pesquisar no google. Alem do desgaste prematuro do conjunto de cambio, cuja substituicao tb é exorbitante. Talvez o menos ruim seja o DSG da VW, mas mesmo assim prefiro nao arriscar. A GM por exemplo aposentou o Easytranco e mesmo nos carros de entrada adotou um automatico de 6 velocidades.

  • Eduardo Brito

    Sedan medio com câmbio manual é furada. A menos que a pessoa queria um sedan compacto e não ligue parar usar embreagem, ai sim valeria a pena.

    • Mr. Car

      Para mim não é. Uso o carro 95% em estradas, tenho praticamente só para viajar.

      • Rafael Trindade

        Eu uso bastante em estrada também, alta kilometragem, existem momentos que eu gostaria de que o carro fosse automático.

        • Davi Millan

          Eu sou um desses “loucos” que tem sedan médio com cambio manual (Kia Cerato SX). NA época eu rodava muito em estradas e compensava muito ter o cambio manual, afinal eu faço entre 14 – 17km/l em estrada. Além de que pelo fato do Cerato ter motor 1.6 ele com cambio manual tem um comportamento muito diferente de quando equipado com cambio automático. Hoje eu continuo com o mesmo carro, mas não pego mais tanta estrada e como moro no meio de Floripa eu pego transito para qualquer lado nessa época de turismo. Agora faz falta um cambio automático. Mas o importante é ter opções, motor, acabamento e cambio deveriam ser escolhidos separados, o importante é ter opções para fisgar o maior número de consumidores.

          • Rafael Trindade

            Perfeita colocação amigo, é de conhecimento de causa, penso exatamente como você!

      • Eduardo Brito

        Para vc compensa, mas para 90% das pessoas não.

        • Raul Godiano

          Isso e bem relativo Eduardo, tem pessoas nao gostam de andar em carro automatico, tanto que existem opçoes para todos.

          • XandeeM

            Sou uma dessas pessoas,deixei de comprar um Cruze LTZ em preferência ao câmbio manual.E pensar que a versão hatch logo quando veio tinha essa opção,uma pena termos tão opções limitadas.

        • Mr. Car

          E foi o que eu disse: não para mim, he, he!

        • DougSampaNA

          Olha, desde que emigrei para o AT em 2003, não pretendo mais retornar ao MT, enquanto viver e puder pagar, MT de novo não!

          • Edson Fernandes

            Desdeque o cambio AT não seja ruim né? rs

    • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Sedan medio com câmbio manual é furada?
      Nossa, é cada coisa que a gente lê aqui…

      • Poperon

        Parece obrigatoriedade câmbio automático em sedan. Pessoal não para pra ponderar que tem gente que gosta de usar câmbio, ter um nível de interação com o carro.

        • Luca Muzzy

          Assino embaixo, carro manual, é o mais usado na Europa.

        • Zé Mundico

          Não se trata de obrigatoriedade e sim de relação de consumo. Geralmente quem compra sedã é um público mais maduro e com melhores condições financeiras que não quer mais perder tempo com cambio manual e prefere ter mais conforto.

          • Lima Informática

            Mas nada impede o cidadão de comprar um manual….

            • Rafael Trindade

              Por este preço, é a melhor opção em muito tempo, e perto do que temos hoje em dia.

          • wagner

            O mercado de sedam médio é automático, manual não tem comércio, quem compra perde muito dinheiro na hora de vender. Mas pra quem prefere usar manual e não se importa em perder dinheiro, ou seja, prefere pagar mais para usar um carro manual, aproveite a oferta!!!

            • ALVIN_1982

              Eu só compro manual devido à caríssima manutenção e excessivas quebras dos câmbios automáticos. Pra mim, principalmente carro usado automático é uma verdadeira bomba. Os importados mais velhos, BMW, Audi, Mercedes, só pra comparar, a maioria deles estão parados e abandonados principalmente por causa do Câmbio Automático. Os manuais seguem sua jornada por muito tempo…

              • GPE

                Falando em carro com mais de 8 anos de uso e dependendo do carro, faz sentido ter medo de um AT quebrar. Fora disso, é meio q sem sentido a afirmação, pois câmbio AT só troca o óleo e faz isso entre 60 e 100mil KM, a depender do carro. E essa troca de óleo é mais barata q a troca da embreagem.

                • afonso200

                  verdade fica elas por elas, oleo de cambio AT ou kit de embreagem de um MT, claro novos cambios 6AT em diante o litro do oleo é superior a 100reais

                  • GPE

                    De forma alguma. Trocar óleo de um sedan médio (civic, corolla, etc…) nao chega a 400 reais (última vez q fiz isso num desses, la p volta de 2009, custa 280-300). Já trocar o kit de embreagem desses mesmos carros, passa de 1000 facinho

                    • Edson Fernandes

                      Pera, não é a troca completa e sim parcial. QUALQUER cambio automatico para trocar completa vai sair para cima de R$1000.

                    • GPE

                      To falando de trocar parcial, q é o que a Honda e a Toyota fazem pelo menos a até 100mil km. Não sei como é dps disso

                    • Edson Fernandes

                      Na verdade, nenhuma fabricante/concessionaria faz troca completa. SEMPRE parcial.

                      Só estou dizendo que os custos são baratos por conta disso.

                      Se for fazer a completa (como alguns clientes querem) é bem caro e benefico ao cambio que se manterá limpo.

              • DougSampaNA

                ARAHHH, peraí..eu comprei um classic 1.6 AT 0km em 2003, usei 7 anos e rodei 94 mil kms com ele, troquei o óleo do cambio (troca total) aos 40 e aos 80 mil kms; nunca, nuca tive qualquer problema. Nunca tive qualquer pane, qualquer aquecimento, nada. Era um excelente cambio da Aisin AF13, com recursos de teclas S (sport) e modo neve, muito útil em estrada com lama no Brasil.
                Só dá problema se o cara roda 80/90/100 mil kms e nunca troca o óleo porque não lê o manual do carro e nem sabe que precisa; aí nenhum carro vai prestar na mão dum proprietário assim.

              • afonso200

                se fizer a manutenção preventiva nos cambios AT antigos, e nos citroen e peugeot até 2013 (4AT) trocando oleo a cada 40mil km, nao vejo problema,,,,,meu Azera 2011 é 6AT selado LONG LIFE, no manual diz pra verificar e trocar aos 100mil km, (sao quase 10 litros de oleo cada litro a 135reais,,,,,,,,ja Honda pede pra trocar a cada 40mil km, tanto que revisoes de civic, crv, city nas de 40mil e 80mil passa de 2mil reais as revisoes

                • Edson Fernandes

                  Afonso, seu carro pede 11,2 litros de oleo.

                  E os carros da Citroen tiveram cambios distintos…. não foi apenas o AL4 que colocam aqui. Mas são cambios que realmente, com troca de oleo no mperiodo não enchem tanto o saco.

            • klaus

              mas com esse descontão, a situação fica amenizada lá adiante

            • XandeeM

              Quem compra carro perde dinheiro!Que mania das pessoas comprarem carro tendo como o principal critério a revenda.

              • Franklin Diego

                Acho uma bobagem sem tamanho: comprar carro pensando na revenda.

                Deixar de ter algo que poderia te satisfazer mais como um ser humano por causa disso é uma tremenda babaquice.

                É óbvio que ninguém quer perder dinheiro, mas desde quando que compra de veículos é investimento?

                • GPE

                  Depende do buraco de cada um, colega. Comprar um carro de 35mil q seja ruim de revenda e perder 10mil reais em 2 anos enquanto um bom de venda perde 7mil, é uma coisa. Existe prejuízo, mas nao é algo tao alarmante. Outra é comprar um carro de 90 q vc perde, por exemplo, 35mil em 2 anos, enquanto o bom de venda desvaloriza 20mil. É uma senhora diferença.

                  • Franklin Diego

                    Sim, eu concordo plenamente dessa diferença em perda de valores. Mas deixar de comprar um carro X por isso, acho muita bobagem.

                    Se tem 2 carros na valores semelhantes/parecidos e um dos dois desvaloriza mais só que esse seria o gosto maior daquela pessoa, ela tem que comprar esse que o satisfaça.
                    Particularmente para não ter tantas”perdas” e poder usufruir bem do carro que comprei, troco entre 3-5 anos. Acho um tempo razoável e bacana.

              • Vagnerclp

                Compra carro para os outros.

          • Fabio Pontarolo

            quem só tem 61k para comprar um sedan, imaginando pegar um HB20S ou Prisma, ambos compactos 1.4 e 1.6, e se depara com essa promoção do Fluence, sem ter 75K para um automático médio, não está em condições $ de reclamar que queria um AT médio 0KM com essa grana (61K)

            • Edson Fernandes

              Sem contar que se acha a versão Dynamique CVT por R$66000. (pois ainda tem a Dynamique Plus CVT que é desejada pelo que oferece).

          • Rodrigo Alves Buriti

            Não necessariamente.
            Um colega comprou o Focus Tit 2015, e ele até comenta que só queria que a ford oferecesse câmbio MT como no civic LXL 2012 dele.

            • Ernesto

              Seu amigo é minoria.

              • alexandre

                Eu tb faço parte dessa minoria, pois tenho um sedan q utilizo somente para viajar. Se utilizasse no trânsito, optaria por um AT. E acho q a compra de um carro deveria seguir essa premissa: custo-benefício dentro da SUA necessidade.

              • Rodrigo Alves Buriti

                Infelizmente somos minoria, não somos a massa que existe no Brasil levados por opiniões generalizadas da internet. Mas tudo bem.

                Em 2014 passei um bom tempo procurando um Focus 2011, Tit, Manual e pouco rodado (seria um da última safra). Infelizmente depois de uns dois meses desisti por não encontrar um que estivesse “aceitável”.

                • Ernesto

                  Por que massa levada por opiniões generalizadas? Eu tive um Corolla automático por questão de conforto. Moro e trabalho em São Paulo, cidade infernal para andar de carro. E outra, sou representante de vendas, portanto, preciso usar o carro diariamente, não dá para visitar clientes de bicicleta.

                  • Rodrigo Alves Buriti

                    O “massa” não foi específico a ti, mas ao geral.
                    Lendo os comentários aqui, que AT é difícil de revenda e etc, que Sedan Médio só vale com câmbio AT e blá blá blá. Isso não é regra, alguns que compram pensando na venda que levem em consideração, mas não a mim pois não comprei meu carro pensando na revenda.

                    Temos carro AT e MT em casa, ando em qualquer um que estiver disponível, embora meu gosto caia pro MT (sim, admiro os DSG da vida, AT9 do Fiat Toro, etc).

                    No seu caso de trabalho, uma necessidade, o AT vai bem.

          • Filipo

            Mas o público com “melhores condições financeiras” não compraria um veículo de R$ 60.000,00.

          • Eduardo

            Não entendi a parte do “perder tempo com cambio manual”.

            • Zé Mundico

              Pois passe 2 horas num engarrafamento passando marcha e pisando na embreagem naquele delicioso ”sai e para ” a cada 5 metros, e você vai entender o que é perder tempo e saúde com cambio manual….rsrsrsrsrs

              • Eduardo

                Eu sei que é 1000x mais confortável kkk, mas não perde tempo (tá, acho que levei muito ao “pé da letra”, rs). Abç

      • PrGirafales

        eu acho que ele quis dizer que é furada pra revender, sedan medio manual demora muito mais para vender que automatico, isso é fato, mas nao quer dizer que para uso nao é uma boa, mas eu nao compraria por exemplo um carro manual mais depois que acostumei com automatico

        • !Marcelo Surf!

          casamento. Aliás qualquer carro caro sem itens de conforto como ar condicionado, cambio automático, etc, é casamento ou até mesmo bodas de prata

          • th!nk.t4nk

            Pelo preço desse Fluence, mesmo que desvalorize na venda ainda será bom negócio.

            • Lima Informática

              Concordo plenamente…

            • Rafael Trindade

              Sem dúvidas, lembra do Megane antes de sair de linha? R$ 43.000 inclusive a GT.

              • Osni Duarte

                Pagamos em uma GT R$ 43.790,00 em maio de 2012. Ainda está conosco, com todos os mimos, segurança e conforto, sem qualquer problema grave, somente troca de baterie e manutenção preventiva.

                • Rafael Trindade

                  Por isto que todo mundo que tem, tem dificuldade em trocar por um carro do mesmo nível..

                • Edson Fernandes

                  E veja que curiosidade: Essa “minoria” qdo ve um Gran Tour a venda corre para comprar.

                  • Osni Duarte

                    Verdade! Certa vez levei a GT para uma revisão e, enquanto esperava pelo carro da CCS que me deixaria no trabalho, entrei num Fluence da loja só por curiosidade. Veio um vendedor e me abordou. Quando eu disse que minha GT tinha menos de 3 anos e que ficaria com ela pelo menos até 5, ele disse que se quisesse pô-la no negócio com um Fluence já tinha comprador prá ela, dizendo que seria fácil negociar num bom preço!

                    • Edson Fernandes

                      Mas também seria em teoria uma troca em carros de mesmo porte. E logo, vc seria ou poderia ser seduzido por um mais novo.

                      E sim, a Renault tem sido sim agressiva nos preços (principalmente em trocas)

            • radiobrasil

              O desconto que o cara consegue agora, facilita abaixar o preço na hora de revenda, não? Pagou menos, não terá tanto prejuízo vendendo por menos tambem.

            • GPE

              Justo. Melhor q pagar num compacto completo (q ainda é menos completo q ele)

              • Edson Fernandes

                Que o cara vai comprar a versão de topo que, qdo vender perderá mais que a versão intermediaria. Vai entender.

          • wagner

            kkkkk, bodas de diamante. Só de ser um Renault já é bodas de prata. kkkkk

            • Bruno Wendel Marcolino

              Isso é a maior mentira, ajudei um amigo meu a vender um Clio Sedan ontem, ano 2007, coloquei no OLX pra ele e 1 hora depois um cara mandou whats dizendo que pagava a vista e tão fazendo os tramit já.

              Renault não é casamento como afirma, a não ser que o carro seja pelado, ai realmente fica difícil.

            • Vagnerclp

              Preconceito.

      • Luca Muzzy

        Hoje em dia, virou moda criticar cambio manual! Onde está a diversidade? Na Europa, o cambio mais usado é o justamente o MANUAL! Pelo simples prazer em trocar de marcha, Os europeus gostam de sentir o prazer em dirigir! Não é a toa o slogan da BMW. OBS: Vou para Europa 1x ao mês. Carros de luxo, carros normais, lá, são todos manuais, se você quiser automático, tem que pedir na concessionaria. concordo com você! É cada uma que a gente lê!

        • th!nk.t4nk

          O Brasil hoje é muito mais inspirado nos EUA do que na Europa. Aos pouquinhos o Brasil tá se transformando na América, só que sem o padrão de vida deles. Só nas coisas ruins mesmo.

          • Castle_Bravo

            Já somos a Europa nas coisas “ruins” (burocracia, paternalismo do Estado, carga tributária, cidades não planejadas, etc.) por que não transformarmos no que há de pior dos EUA? muito embora eu não ache carro automático ruim.

            • Pedro Rocha

              Também já estamos assumindo o que há de pior nos EUA: cotas raciais, “direitos das minorias”, ativismo judicial…

              • Castle_Bravo

                Politicamente Correto também. Não havia me atentado nisso, já somos o que há de pior nos EUA. Daqui a pouco aparece por aqui nos “Anti Vaxxers” e os negadores da ciência.

                • Pedro Rocha

                  Negadores da ciência já tem muitos, basta ver o obscurantismo na questão da microcefalia, com o desgoverno jogando a culpa disso no zika vírus sem comprovação científica de tal. Na África, de onde vem o zika, ninguém fala de surto de microcefalia, o que levanta a suspeita de de os petralhas estão escondendo algo e ainda aproveitando isso para implantar políticas eugenistas.
                  Se formos para as Ciências Humanas e Econômicas então, aí o obscurantismo fica ainda pior.

            • Thiago Lamim Matos

              Nunca concordei tanto com um comentário aqui.

          • Rafael Trindade

            Ótimo ponto de vista, concordo plenamente.

          • Louis

            Quem me dera se Banânia estivesse se inspirando nos EUA. Isso aqui tá mais para Haiti…

            • Pedro Rocha

              A inspiração das políticas do PT é o modelo de desenvolvimento da Coreia (do Norte).

            • Uislei

              O Haiti é aquiiiiii!!!!!!

        • Castle_Bravo

          Acho que por questões de custo, não apenas “prazer”. Europa sempre optou por manuais em razão do consumo ser menor.

          • dallebu

            Não exatamente. Europeus, em média, são muito mais ligados em carros e prazer ao dirigir, feeling de direção, do que os Brasileiros.

            • Rafael Neves

              Menos na Russia kkkkkkk

          • radiobrasil

            Mas os automáticos atuais não gastam MUITO mais que os manuais não! Isso era pra cambios antigos, at4!

            • Castle_Bravo

              Atuais, mas isso é uma questão histórica. O mesmo que aqui no Brasil.

        • alexandre

          Isso se chama efeito gado, muito comum em mercados imaturos como o nosso. Criam-se regras e o povo vai aderindo: carro prata, quatro portas, automático. O dono do carnê já compra um carro pensando na preferência da maioria e não na dele próprio.

          • V12aero

            Concordo plenamente com o seu comentário. Falou tudo.

          • wagner

            Automóvel não é igual eletrodoméstico, é um bem móvel muito caro, quem compra não consegue deixar de pensar na venda (pelo menos a maioria), pois sabe que vai perder muito dinheiro que é muito difícil para ganhar. Por isso o medo de comprar um produto que não tem mercado de revenda.

            • alexandre

              Concordo. Mas as consequências dessa cultura estão aí: Corolla pelado e Onix, carros “bão de revenda”…

          • Louis

            Eu gosto de carro prata, 4 portas e automático.

            • alexandre

              Rsrs. Sorte sua. Eu gostaria mesmo é de entrar numa cc e ter mais opções. Por conta desse nosso mercado retardado, carro manual virou sinônimo de carro de entrada. Não se dispõe de Lancer, Fluence, C4, Civic etc em configurações completas, com MT. Enquanto isso, na Argentina, vc compra um C4L Thp, MT de 6 marchas. Opções!!!!

          • Rafael Neves

            Concordo e assino embaixo

        • Ernesto

          Então porque na Europa a maioria é manual aqui também tem que ser? Hum…sei…cada uma que a gente lê!

        • Hélio

          daqui a pouco você vai dizer que quer de volta os carros de 2 portas…

          • alexandre

            Civic SI, DS3… Algum problema serem 2 portas dentro da proposta deles?

            • Ernesto

              Aí que está a diferença: a proposta do veículo! Sedã, carro familiar, melhor 4 portas. Civic SI e DS3 são veículos de nicho, esportivos, daí terem 2 portas.

              • alexandre

                Sim, e por ser sedan, a proposta é ser obrigatoriamente AT??

                • dCarvalho

                  Desista, eles jamais entenderão.

                • Ernesto

                  4 portas para um carro familiar por oferecer mais conforto, idem para o câmbio automático. Porém, quem quer câmbio manual, sintam-se à vontade em comprá-lo. Não sei nem porque aqui você tocou no assunto do câmbio AT, já que comentei sobre as 2 portas no Civic SI e DS3.

                  • alexandre

                    Toquei no assunto, pois seu comentário foi no sentido de q carros MT ou 2 portas seriam coisas do passado. E não dá pra me sentir à vontade para comprar MT, pois a gadaiada impôs AT pra poder revender….rsrs. Tive q me contentar com um Lancer MT, com muito menos equipamentos q eu gostaria, pois só são oferecidos nas versões CVT. Agora apareceu finalmente o Golf Variant MT, mas q só existe no configurador da VW. Vejamos se com o Jetta MT vai ser diferente…

                    • Ernesto

                      Alexandre, não coloque palavras nos meus comentários. Mostre-me onde eu escrevi que 2 portas e MT são coisas do passado.

                    • alexandre

                      Relaxa cara. Respondi ao Helio lá de cima. Vc tem razão, me confundi nas respostas. Abs!

                    • Ernesto

                      Blz Alexandre. Realmente imaginei que você se confundiu. Só quis ter certeza mesmo. Abs

                    • alexandre

                      Coisa de digitar rapidinho no celular….rsrd. Pra vc ver como nosso mercado é esquisito, os nossos city cars Up e Ka não são oferecidos com opção AT. Coisa de louco, rapá!

                    • Ernesto

                      O Up tem como opção o câmbio automatizado imotion. Mas o Ka ainda não oferece nem automático, nem automatizado.

      • Louis

        Eu entendi o que ele quis dizer. Não que seja furada, mas a maioria não compraria. Eu mesmo não compraria hoje um carro desta categoria com cambio MT.

      • wagner

        É furada! na hora de vender ninguém quer. Só de vender muito barato. Vai perder tanto dinheiro que é melhor pagar mais e pegar automático.

        • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Nem comprou e já tá pensando em vender?
          Tá Serto!

      • Eduardo Brito

        Se um Fluence já é difícil de vender, imagina um Fluence manual…

      • PEDAORM

        É apenas uma questão comercial, não deixa de ser um bom carro, mas tem má liquidez e preço de revenda.

        • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          Que carro é bom de revenda?
          Que carro vc vende e diz: NOSSA QUE VENDA MARAVILHOSA?

          • PEDAORM

            Eu nao compro carro pensando nisso, mas nesse sentido um corolla me parece uma boa escolha.

      • Uislei

        Tbm acho

      • Minerius Valioso

        Talvez seja por isso que desde o fim de 2013 que não mais existe a versão manual do Focus 2,0-litros.

    • Daniel Galvão

      Pra quem pensa em revenda é

      Ps: prefiro 1000x MT

    • Lucas Moretto

      Tendo em vista o cenário dos câmbios automáticos atualmente, eu iria de manual. Alguns são ruins e os bons dão problema hehe

      • Ernesto

        Dos carros que eu escolheria nessa categoria, não conheço nenhum que seja tão ruim assim. Para complementar, escolheria Corolla, Civic, Focus ou C4. Problemas? Talvez o do Focus pelo que se lê na internet, mas eu arriscaria sem medo (Ps: andei com um Focus dos novos e achei muito bom!).

      • Eduardo Brito

        Realmente.

    • alexandre

      Furada???? Eu prefiro câmbio manual do q CVT.

      • Eduardo Brito

        Eu também prefiro, a menos que seja um carro pequeno, como um Fit.

    • Rafael Trindade

      Eu pensava assim, mas vejo muita gente falando bem, por exemplo, do Cruze manual, que não tem do que reclamar do carro.

      • Rodrigo

        O problema específico do Cruze manual é que a troca da embreagem é baratinha (uns R$2.500)… Acho que a embreagem é feita de ouro com platina. Preço de Concessionária, talvez por fora custe menos (uns R$2 mil)

        • XandeeM

          Com relação a isso ,já vi casos da embreagem do cruze indo pro saco com apenas 1 ano de uso e baixa km.E com relação ao valor…até 7mil,graças a Deus o meu com 3 anos não deu problema algum.

          • Rodrigo

            Eu fiquei preocupado com isso pois tinha um Sonic manual e várias peças são compartilharas com o Cruze. Felizmente a embreagem não era (se não me engano é a mesma do Cobalt e Spin 1.8). Mais fiquei assustado com esse valor.

        • Rafael Trindade

          Rodrigo, esta questão da embreagem, vamos pensar o seguinte.

          1- Para quem usa bem um carro, ela dura muito. Eu tive um Vectra que rodei exatos 244.600 km com a embreagem original e sem problemas, cheguei a comprar um kit para trocar, e na loja, disseram que não era necessário trocar, ou seja, considero que foi um bom uso.

          2- É uma peça de desgaste natural, por mais “cupim de ferro” que uma pessoa seja, ela dura ao menos 3 anos, desta forma, acredito que se pague tranquilamente.

          Minha opinião é claro.

          • Rodrigo

            Concordo mais ou menos.
            Estou de acordo que é um item de desgaste natural que, em condições normais, não se desgasta com uma frequencia tão elevada.
            Porém o que não concordo é que custe 2 vezes ou mais o preço de mercado de um carro similar. Ainda mais em se tratando de um carro nacional.
            Talvez o conjunto de um Focus (Argentino) ou Golf VII (Mexicano ou Alemão) custe o mesmo ou mais, mas são carros importados (custo de importação, câmbio, etc.) Esse é meu ponto.

      • XandeeM

        Sim,possuo um e não tenho do que reclamar.Um conhecido tem um automático do mesmo ano,não gostei.

    • klaus

      pro meu perfil, manual é bem vindo!

    • Adriano

      Pelo preço, vale e muito, ou se paga 80 mil em um com AT, 62 mil é preço de voyage

    • João Cagnoni

      Tem gente que gosta. A única versão do Fluence que dirigi foi a manual, o carro é muito macio, não incomoda como se fosse um popular manual. Eu não teria pois moro aqui em SP (leia-se: trânsito), mas em uma cidade menor é uma boa pedida.

  • CARnivoro

    O preço tá bacana demais!!

    Sedan médio com preço de compactos!

    Com tanta notícia de aumento nos preços enfim um pequeno alívio!

    Pra quem esta pensando em hb20s, cobalt e cia.. Tá aí um carro pra ser avaliado

  • foraPT

    motor do Sentra

    • Joaquim Grillo

      Ou seja da Nissan melhor que muitos concorrentes mais caros.

  • PrGirafales

    queria saber o valor do automatico, 65k ?? se for nessa faixa excelente valor

    • HiperBrasill

      Ele tá com esse preço por ser manual, mais difícil de vender. Mas automático eu vi recente por 69.900. Mesmo preço de Cruze e C4 Lounge.

      • Ernesto

        Há algumas semanas um leitor comentou que uma concessionária ofereceu um Civic LRX 2.0 zero por R$72.000,00. Acho que iria de Civic pelo preço.

        • HiperBrasill

          Com certeza. Mas achei muito barato pra ser um LXR. Mas mesmo um LXS ainda seria mais interessante do que esses outros que citei acima.

  • HiperBrasill

    Alguém sabe dizer se o Fluence Dynamique sempre teve 4 airbags ou antes vinha 6 e só depois caiu pra 4.?

    • caiu

      • HiperBrasill

        Só prova que a maioria mesmo não tá nem aí pra airbags. Tem um primo meu que colocou o Fluence dele pra vender e no anúncio ele dizia que tinha airbag duplo. O dele é 2013 que creio eu que ainda tinha 6 airbags. Vou ficar calcado.

  • Luciano

    O grande problema do câmbio manual são os engarrafamentos. Se não fosse isso, não veria problema.

    • Guilherme Eduardo

      O meu é manual e já tive a oportunidade de dirigir um automático e concordo. Uma das maiores vantagens do câmbio sem embreagem é o conforto nos engarrafamentos.

      • th!nk.t4nk

        Depende muito de onde o cara mora. No interior ainda há cidades onde o trânsito flui relativamente bem. Mas a maior parte do Brasil tem problemas graves com isso sim.

    • Rafael

      É verdade. Pego trânsito todos os dias. Tinha um AT e hoje um manual por opção. Mas no geral gosto muito mais do manual.

    • Minerius Valioso

      Na minha visão o automático tem essa vantagem, aí obviamente será melhor. Mas aqui em Mococa engarrafamentos são poucos e quando tem, não passam de 100 metros.

  • Felipe

    Boa, Renault! Agora amplie o leque de modelos em promoção!
    Vai que cola…

  • Guilherme Eduardo

    Pra quem está procurando um sedan compacto manual até que vale a pena juntar mais uns R$ 5 mil e levar o Fluence MT

  • Guilherme Eduardo

    Falando em ofertas, várias marcas estão com promoção de entrada alta (geralmente 50%/60%) e saldo em 18x ou 24x, algumas 36x. Tbm percebi outra coisa, a Mercedes está com um sistema de financiamento com recompra parecido com o Sign and Go da BMW. Essa imagem são as condições do GLA 200

    • johnny

      caramba hein, carro com até 30m KM por 50% do valor da nota, assim até eu compro! imagina, um GLA de no máximo 2 anos (tempo médio para atingir os 30m KM) por 70mil….
      cada idéia dos cara… nessas horas que eu queria ser dono de concessionária, só pra pegar essas barbada.

      • Cristiano

        Se entendi bem as condições no site você devolve o carro antes da parcela final, ou seja, vc vai pagar 106 mil e eles compram por 71 mil de volta, mesmo esquema da BMW. Por isso que vc sempre vê gente de BMW nova, em verdade a pessoa a cada 2 anos troca de carro sem pagar ele todo, dá o valor do usado como entrada.

        • radiobrasil

          Vc vai pagar 178 e eles recompram por 71!

          • Cristiano

            Pelo que está no site se optar pela recompra vc não paga a parcela final de 71950,00 devolve o carro antes, leia as condições no site, então paga 106, recebe 71, deixa de pagar os outros 71, se pagar o carro é seu e não usa a recompra. É feito pra quem quer trocar o carro a cada 2 anos. Não que eu ache que compense…

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          Vira um sistema similar ao leasing americano, só que tendo na primeira vez uma entrada. A cada 2 anos tudo que voce pagou reverte em entrada do novo e assim fica pagando para sempre um carro da marca. Fica como uma especie de aluguel.

  • Eduardo T

    A Polícia Rodoviária Federal utiliza viaturas Fluence Dynamique manual. O carro tem se mostrado duráel, muitos já passaram dos 100 mil kms, e continuam funcionando bem, isso que o uso é severo. Carro bem confortável, inclusive surpreende o conforto em ruas de paralelepípedo e estradas de chão. O único defeito é a falta de estabilidade (o que prejudica em perseguição e outras ocorrências urgentes), a suspensão é mole e em curvas balança muito. Minha BMW e36 1995 faz curvas em alta com muito mais segurança. Mas para uso “familiar” excelente, um dos melhores custo-benefício em sedãs médios.

    • Ernesto

      Será que o uso é tão severo assim? Digo isso pois acredito que na estrada o desgaste é menor, e para considerar uso severo, creio que seja numa perseguição, por exemplo. Será que tem tanta perseguição assim para considerar a maior parte do tempo em uso severo?

      • Eduardo T

        Não é todo dia que acontece uma perseguição. Mas uma viatura policial é sim muito mais judiada do que um carro de uso normal (bem cuidado é claro). São frequentes os deslocamentos onde ocorrem acelerações e frenagrens bruscas , troca de marchas no corte de giro do motor. Isso não só em perseguição mas também atendimento de acidentes graves por exemplo, onde o motorista está com sirene e giroflash ligado, velocidade alta e de repente o veículo da frente, lento, não dá passagem, ocorrendo frenagem brusca e em seguida pé embaixo novamente. Com frequencia a viatura sai do asfalto atrás de carros suspeitos que acessam estradas vicinais de chão batido. Posso tambem atestar a qualidade do Fluence ao comparar sua durabilidade com outros sedans que já passaram nos últimos anos pela PRF: vou resumir agora (lembrando, falo em durabilidade/robustês em geral, não em potencia/estabilidade.

        ÓTIMOS: Astra (o melhor), Focus, Fluence
        MEDIANOS: Tiida, Linea
        RUINS/FRÁGEIS: Marea, Mégane

      • Ovo com Fundo Roxo

        Carro de empresa/entidade é acabado por vida. Pode viver em estrada de algodão doce, mas o povo mete a porrada na porta, passa marcha sem embreagem, acelera no 0 a 100, freia de 2 em 2s, não tem medo de arranhar e bater, pisa no estofado, freia com freio de mão, desliga por qualquer coisa, deixa farol ligado, e por ai vai…

        • Ernesto

          De empresas no geral eu concordo, mas da PRA eu nunca vi sendo usado dessa maneira. Todas as vezes que deparo com uma viatura, o policial tá dirigindo de boa. A não ser, como comentei anteriormente, se for numa perseguição.

          • Ovo com Fundo Roxo

            Já vi usarem de todo jeito, e talvez a nova geração de concursados até seja mais consciente, mas ovelhas negras continuam existindo, e esses carros continuam sendo compartilhados, logo são tratados como qualquer patrimônio público brasileiro: é meu para tratar sem dó e não para conservar.

    • Zé Mundico

      Nem tanto assim. Na estrada o uso do motor não é tão severo assim. Uso severo é no transito urbano com o maior desgaste do motor, transmissão e suspensão.

  • Joaquim Grillo

    Esse carro ficou lindão com a reestilização, se eu tivesse essa grana eu compraria

  • zekinha71

    Dúvida cruel, um Fluence Dynamique 2.0 ou um Voyage com a frente totalmente modernizada?

    • Peuooo

      acho mais bacana um grand siena hein!

      • Raone

        kkk Ironic on ativado né?

        • Peuooo

          Com toda certeza! O pessual gosta de pegar no pé de certos carros, mesmo sabendo que tem tb o hb20s, Etios, Siena, prisma 1.4, City, fiesta sedan, e tantos outros e tão caro quanto… Eu particularmente, gostei muito da frente moderna do gol/voyage achei bem esportiva… Mas sabe como eh… Tem a cara do jetta, não sei se eh golf, se eh Passat… Enfim… Os mimimi de sempre.

          • Raone

            É só comprar um voyage novo e por o nome Jetta atrás que dá no mesmo. (ironic on)..kkk

            • Peuooo

              Quem sabe da até pra tirar uma grana a mais ne? Ninguém vai perceber mesmo se eh um carro ou outro…

  • Cleidson

    Bah. Ótima promoção. Melhor que Cobalt Elite, HB20 premium e O Novo Voyage.

  • Victor Hugo

    Todo mundo apóia, mas comprar que é bom nada.

    • Rbs

      kkkkkkkkkkkkkkkkk.

    • Lucas Moretto

      Haha verdade, só na plateia. Tá difícil amigo

    • Pedro Rocha

      Sedan médio francês e com câmbio manual em um país com inflação de quase 11% em 12 meses: vai ser uma perda de dinheiro considerável na revenda.

      • Victor Hugo

        É claro, se o indivíduo não liga para o dinheiro e compra o carro pra usar até acabar, é uma coisa. Mas se ele tem amor na grana não arrisca. Pula na piscina, a água está quentinha… Você só vai ver a fria depois que já entrou.

        • Pedro Henrique

          Exatamente, com esse valor da pra pegar um civic usado ou algum carro que desvalorize menos, não é fácil ficar arcando com custo de desvalorização.

    • Ernesto

      Exatamente! Acho que é porque esse pessoal, a maioria, não tem condições de comprar.

      • Victor Hugo

        Não é só isso. Tem alguns que tem o valor na mão para comprar um carro, mas…

  • Gian

    É um excelente veículo.
    E gosto bastante do 2.0L Nissan adotado no Fluence.

  • wagner

    Galera, acho que é “pegadinha” da Renault, confira:

    Oferta válida para veículo Novo FLUENCE (Dynamique 2.0 Manual 2014/2015 Couro Pintura Sólida) válido de 19/2/2016 até 2/3/2016, preço a vista de oferta R$ 61990. Exclui-se desta condição vendas diretas, frotistas, taxi e PCD. Estoque disponível 1. CHASSI: 8A1LZLH06FL475959

    Apenas 01 unidade! aí o interessado no veículo nunca encontra essa “mosca branca” !!!

    • Rafael Neves

      Haaaaaaaaaa pegadinha do malandro… brincadeira mesmo…

    • Ernesto

      Tanta discussão nos comentários por causa de somente 1 carro à venda! Rsrsrsrs

    • Cris Dorneles

      Se ele é 14/15, está caro ainda. Não cobre nem a desvalorização, daqui a pouco está saindo os 16/17…..

    • Vattt

      Verdade!!!

  • Rafael

    Lembrei que em janeiro 2011 meu pai comprou um Sentra 2.0 manual básicão 2010/2011 por 52 mil com bancos de couro “grátis”. Ele tinha o essencial que todo mundo precisa: airbag duplo, freios abs, vidro elétrico nas 4 portas, retrovisor elétrico, alarme, ar, direção elétrica, som.

    Era um carro expetacular, que ele rodou até os 120 mil km sem maiores dores de cabeça. É o mesmo caso desse Fluence que acaba por se tornar um bom custo benefício. Ele vendeu por 28 mil na troca pelo atual carro dele, em 2014.

  • oscar.fr

    O Brasil realmente não é para iniciantes. Como entender aqueles que afirmam que sem câmbio automático o carro é casamento? Que para conseguir vender precisa ter 7AB, Ar Digital, Bancos em Couro, etc? Isso é invenção da cabeça das pessoas que comentam. E mais, esse tipo de comportamento é explorado até não poder mais pelas montadoras em nosso país: se queremos apenas carros topo de gama, teremos um alto preço a pagar por isso. Eu pediria que aqueles que escrevem coisas do tipo o parassem de fazer, pois nós vivemos em um dos maiores países do mundo, com uma grande diversidade, ou seja, não é porque no seu condomínio muitos têm automático que está é a realidade em todo o país. Por sermos um grande país, logo somos um grande mercado consumidor e, portanto, aqui tem espaço mais que suficiente para a oferta dos carros mais variados nas configurações elas também mais variadas. Tem demanda sim por sedans e SUV compactas manuais no país, pode não ser enorme a demanda, mas ela está lá. Por anos e anos passamos repetindo que apenas Toyota e Honda prestavam, de tanto falar isso entrou na cabeça das pessoas. Hoje, pagamos um alto preço por isso. Sabendo de sua fama, as duas marcas cobram hoje 15% a mais pelos seus modelos em relação aos concorrentes que, em quase todas as vezes, são carros melhores. Não vamos começar dizendo que apenas automáticos usados vendem, que isso, inevitavelmente, vai entrar na cabeça das pessoas e, por fim, e elitizar ainda mais nosso mercado automobilístico, justamente, o que não precisamos.

    • Lima Informática

      Confesso que estava com preguiça de ler tudo, mas, achei interessante e li até o fim e concordo plenamente….

      Só para exemplo o CVT é vendido por 9 mil a mais, apenas por ter um câmbio CVT que para produzir deve custar igual ao manual se mais, pouca coisa a mais… na hora de vender duvido que alguém que tenha um CVT vá conseguir a mesma proporção a mais comparado ao manual ao em torno de 14%

    • Lima Informática

      Confesso que estava com preguiça de ler tudo, mas, achei interessante e li até o fim e concordo plenamente….

      Só para exemplo o CVT é vendido por 9 mil a mais, apenas por ter um câmbio CVT que para produzir deve custar igual ao manual se mais, pouca coisa a mais… na hora de vender duvido que alguém que tenha um CVT vá conseguir a mesma proporção de diferença de preço a mais comparado ao manual algo em torno de 14%!

      • Zé Mundico

        O valor de um câmbio automático não se reduz apenas ao “gasto” que a montadora tem com ele e sim com a “conveniência” que ela está vendendo. Carro automático é mais caro não apenas pelo custo material do câmbio e sim pelo conforto que você está comprando.

        • Lima Informática

          Com certeza, ainda que seja mais barato vender um CVT que um manual o CVT vai ser mais caro justamente pelo faço da satisfação não é só pelo produto, mas pela experiência que ela proporciona….

          Cabe ao consumidor entender isso…

        • Lima Informática

          Com certeza, ainda que seja mais barato fabricar um CVT que um manual o CVT vai ser mais caro justamente pelo faço da satisfação não é só pelo produto, mas pela experiência que ela proporciona….

          Cabe ao consumidor entender isso…

        • KevinGR

          Eu não acho correto a montadora explorar isso de “vender conforto”

          Nos EUA manual e automático (isso quando tem manual) custam o mesmo, e se de fato eles custam o mesmo para fabricar é uma grande sacanagem a montadora cobrar mais por isso só porque dá mais conforto.

          Se é possível melhorar seu produto sem acrescentar nada de custos isso deveria ser feito prioritariamente, não?

          • hddf

            Rapaz, se eu fosse o presidente de uma fabricante/montadora, colocava o preço la em cima mesmo. O povo paga… Quem tem que forçar o preço pra baixo é o consumidor deixando de comprar.

          • Zé Mundico

            Não.

    • Zé Mundico

      Demanda por carro manual sempre terá, pois a maioria da população não tem dinheiro para comprar carro automático. Temos que ver que o público que adquire um sedã ou um suv de 90 a 100 mil reais é gente que tem um melhor poder aquisitivo e que não quer mais perder tempo com câmbio manual e prefere conforto e praticidade. Incluindo o púbico feminino, que também prefere câmbio automático na sua maioria.

      • hddf

        Desejo por mais conforto vai, mas melhor poder aquisitivo? É só ver a quantidade de processos de busca e apreensão na justiça. E não é só de carros populares não.

  • fbl

    Hoje em dia no brasil, Sedan medio com cambio manual é melhor seu dono o amar muito, por muito tempo… Ou entao repassa-lo depois para um dono de taxi ou uber para agilizar a venda.

    • David Diniz

      Aqui em São Paulo tanto taxi quanto uber a maioria dos carros são automáticos ou automatizados. Manual já está virando raridade.

      • Ernesto

        Com certeza. Duvido que taxista ou motorista da Uber prefira câmbio manual.

  • Júlio Câmara

    Igual ao Focus sedan. Todos indicam, ninguém compra.

  • David Diniz

    Bom apesar de gostar do fluence iria na versão automática sem pensar. Por que? Porque eu tenho Condropatia grau 2 no joelho esquerdo. Muito simples, inclusive em breve irei entrar com a minha insenção de deficiente físico.

  • pgoytaca

    Olho pra essa oferta e penso que a Renault não está fazendo caridade. Esse valor “promocional” não exclui o lucro da montadora e da css. Apenas houve uma pequena atenção a lei de mercado. As montados estão chorando demais, vivem soltando notícias catastrófica através da anfavea pra ver se o governo socorre.
    Se a galera for mais exigente, se quem tem um pouco mais de grana parar a cultura do “carro do ano”, e ficar com seu carro novo pelo menos uns 5 anos as montadoras vão ter que ceder. Nosso mercado, mesmo em crise, é bom demais pra ser abondonado se não venderem uma hora eles vão ter que ceder nos preços.

  • Celso

    Mercado desenvolvido é aquele em que encontramos todas as opções, satisfazendo todos gostos. Câmbios automáticos são mais confortáveis e relaxantes, OK. Câmbios manuais são mais baratos, o carro fica, quase sempre, mais rápido e mais econômico, além do barato de trocar de marchas q muita gente gosta. Desejo a oferta de todas opções. É triste quando só há opções de automáticos.

    • David Diniz

      Ok me fale “o barato” de ficar trocando marcha num transito infernal como o de São Paulo. Meu carro CVT está fazendo 8km/l na cidade com álcool e com ar condicionado.

      • XandeeM

        Nem todo mundo mora em São Paulo,e o fato dos fabricantes oferecerem câmbio manual não impede a oferta dos automáticos ou automatizados.

  • Ander33x

    Eu passo, manual somente se for minha bicicleta, nos dias de hoje no mínimo um robotizado, pro padrão desse sedan hoje é automático. #mico.

  • Lucas Irrthum

    “Quando a esmola é demais, o santo desconfia”. Fico receoso com esses descontos, imaginando que possa se tratar de um lote de carros encalhados no pátio, ou que vieram do setor de retrabalho da produção..

  • Bruno@BRN.CS

    Tirando o mimimi de ser um Renault, da desvalorização ser maior, sem dúvida é melhor custo benefício pelo preço que se cobra. Vamos ver se a Renault vai fazer a lição de casa e divulgar o carro nesse preço ao invés de ficar esperando o carro se vender sozinho.

  • Fábio A.

    Sinal que a Renault, assim como outras montadoras tem muita gordura pra queimar.. Fora isso o preço está bom, incomoda até sedans de categoria inferior.

  • Thales de Castro

    Tadinho do Cobalt LTZ 1.8 “completo” com cento e poucos cavalos e pelo mesmo preço. Motor mais potente, ar condicionado dual zone, 4 airbags, rodas 16 leds diurnos e esse tal de ENTRE OUTROS a GM não oferece nem como opcional ou acessório.

  • Lucas

    Já já vão dizer que defasado, que tá fazendo hora extra… Um Fluence ou um City? Ou um Hb20?

  • EJ

    Ótima compra pra quem mora em SP, e não pensa em automóvel só como investimento.

  • Tesão de um carro.

  • klaus

    partiu SP

  • Adriano

    Ai sim, se tornou o melhor CxB agora, será que as mercenárias vão começar a reduzir agora? já passou da hora

  • Filipo

    A verdade é que vocês reclamam demais!
    Quando temos realmente uma boa oferta, vocês reclamam que o câmbio é manual. Esquecem do carro em sí, que é muito bom, inclusive do próprio câmbio, que possui 6 marchas.
    Brasileiro é bixo burro!

  • PEDAORM

    Seria hoje a melhor compra no Brasil?

  • Mas que milagre é esse?
    Quando foi a última vez que uma montadora reduziu o preço de um veículo em R$ 12.000,00?

    Eu nem me lembro!

    O custo benefício ficou melhor que do Civic ou Corolla.

    • Raul Godiano

      desde quando Civic e Corolla ( esse aqui nem se fala)sabem o que é isso?

  • Tiago

    Fico imaginando que podia ter um 1,6 16v por 55000, não sei se ainda estão colocando no mercado de frotistas essa opção, ou tiraram. seria interessante, preço de sedan pequeno.

  • Felipe

    Faltou falar como conseguir esse desconto.

    • Paulor1899

      Acho q nem gerando no cuponador sai este preço.

  • EDUVINHAS

    No fim de semana passado em uma concessionaria Renault de minha regiao o vendedor me ofereceu este mesmo modelo do Fluence ai do post 15/16 so que automatico pelo valor de $68.900. Pelo que vemos por ai e um bom negocio.

  • Fanjos

    Que festa é essa ae…vamos parando

  • Gran RS 78

    Muitos falavam que os preços altos eram por causa do dólar, isso é só uma prova que dá pra vender carro com preços menores, mesmo com altos impostos etc, e ainda as montadoras estão ganhando muito em cima de nós consumidores. Outra prova foi a redução no preço da Captiva em mais de 11 mil reais, mesmo com o dólar na casa dos 4 reais. Ou as montadoras abaixam os preços ou elas não terão onde guardar seus carros. Acho que chegamos no limite dos altos preços, e se as vendas continuarem a cair, teremos mais reduções de outros carros, pode ter certeza disso.

  • Victor Hugo

    O problema deste tipo de carro não é só a desvalorização. O difícil é mesmo vender. Já contei a história da minha sogra que tem um C4 lounge thp com 20 mil km, top de linha, custa novo 80 k e ninguém quer por 60 mil. Querem por 50 k e ainda é difícil. Você escreve no carro: “VENDO” algum engraçadinho escrever em baixo: “DUVIDO”

    • Paulor1899

      e POR 50K ELA VENDERIA?

      • Victor Hugo

        Não… prefere ficar com o carro! Eu concordo. O que ela compra com 50K? nada melhor, nem mesmo perto do que ela já tem.

  • Israel Bellotti Nicori

    PARABÉNS.

    Problema é que na concessionária daqui ninguém nem sabe o que é um Fluence.

  • Airplane

    Ótima oportunidade!

  • Luca Muzzy

    O manual vai chegar até 59 k, Isto porque a nova geração do Renault Fluence será apresenta no segundo semestre desse ano. Por isto, os preços estão caindo.

  • RKK

    Parece que é a única montadora no Brasil com bom senso, baixando os preços em época de crise para poder vender (contrário às demais que só aumentam). Deve ser devido ao DNA árabe do CEO.

  • Joildo Dias

    Sedam médio por 62k é raridade no mercado, mesmo sendo manual esse carro está uma pechincha no momento atual do mercado nacional…

  • Carol Vieira

    Uma ótima opção em relação aos sedãs compactos “tops de linha”.

  • hddf

    Se você abre uma empresa, com certeza não está pensando em fazer caridade.

  • hddf

    Poucos perceberam. Trata-se apenas de uma unidade, pelo jeito encalhada. Muitos estão achando q é política de preço da Renault kkk

  • Guily

    Nesta semana li comentários defedendo o Corolla basicão, de 70k. Defendiam que era um carro bacana pra quem não liga pra rádio e compra por fora, pra quem não liga pra 2.0, pra banco de tecido, pra ar manual, pra piloto auto e outros sensores e mimos…Poxa, esses aí “tomaram” novamente, um FLUENCE não vem cheio dessas ausências, é mais completo no visual e no conforto!

  • Edson Fernandes

    Numa via liv/re sim. Isso numa via congestionada não faz sentido.

    Mas antes que me critque, só estou dizendo sobre minha situação mas apoio termos versões manuais dos carros para dar opção ao mercado.