Preços Renault Sedãs

Renault Fluence ganha aumento de preços

renault-fluence-gt-line-NA (3)

O Renault Fluence ganhou mais um aumento de preços. O sedã médio da marca francesa agora parte de R$ 72.200. Este é o preço da versão Dynamique manual, mas se a preferência for pelo CVT, o valor aumenta para R$ 77.260.

Já o Fluence Dynamique Plus CVT custa agora R$ 81.200, enquanto a topo de linha Privilége, que antes custava R$ 81.940, agora sai por R$ 88.490. O GT Line, que chegou por R$ 79.990, agora está sendo oferecido por R$ 85.690.

Agradecimentos ao Leandro Souza pela dica.





  • Jônatas Abreu

    Apesar do valor gosto muito desse carro

    • Yuri Ravitz

      Somos 2. Teria facilmente um Privilége com teto solar e xenon. A única coisa que me incomoda é o teto baixo, no qual já bati a cabeça inúmeras vezes kkk

    • Mr. Car

      Gostar eu também gosto, mas não adianta nada: estou cada vez mais longe de poder ter um.

      • Pedro Henrique

        sei como é… :/
        mas no mercado de usados eles estão com preços muito bons, quando for trocar de carro com toda certeza vai ter um como opção.

        • Yuri Chaves Souza

          De quanto é o consumo desse carro?
          Não sei, mas eu ainda acho o Sentra usado na geração atual mais negócio.

          • Wilian

            por qual motivo? motor e câmbio são compartilhados. Vc prefere o design do Sentra?

            • Yuri Chaves Souza

              O design é subjetivo, mas a traseira do Sentra parece ser de um carro mais caro que o Fluence. O que considero mais é o acabamento interno. Os puxadores de porta e painel do Fluence parecem mais simples, como no Jetta. No Sentra eu achei mais bem acabado.

              • Wilian

                Curioso, eu acho o painel e forração lateral “macio” melhor do que do Sentra, além de que acho o Fluence com mais porte de Sedã do que o Sentra. Além de ter um visual bem mais “jovem” e menos “clássico”, o que pessoalmente me agrada. E a frente do Sentra não me desce. Me remete ao Monza de segunda geração.

              • Edson Fernandes

                Então trocamos o termo “mais bem acabado” por um visual melhor…rs

                Porque acabamento o Fluence tem emborrachado na parte superior das portas e painel (além de couro no encosto, ele é até superior ao Sentra no acabamento…rs)

                • Yuri Chaves Souza

                  Pode ser! rsrsrs
                  “mais vistoso” seria melhor srsrsr.

                  • Edson Fernandes

                    Perfeito! se encaixou na sua descrição…rsrs

          • Ygor Soares

            Pelo que já li, o consumo dele é péssimo para um 2.0 com cambio CVT!
            No Opnião do Dono o consumo na cidade é a principal reclamação!

            • Wilian

              Quer tirar esta dúvida? Faça um teste-drive, de preferência com gasolina, e tire suas próprias conclusões. Nunca tive problemas de consumo com ele.

              • Ygor Soares

                Qual a sua media de consumo na cidade?

                • Wilian

                  9 em cidade, e 13 em rodovia. Vivo em região de vale, então o relevo não me favorece.

            • Ailton

              Tive um dinamique CVT, consumo cidade com o pé leve, 5,5 km/l no álcool. Péssimo… Fiquei 1 ano e vendi!

          • Edson Fernandes

            Se estamos faladno de cidade, o consumo no alcool é entre 5 a 6km/l no transito pesado de SP e 7 a 9 km/l na gasolina. Depende do transito, mas o pesado é isso.

  • Joildo Dias

    Podem aumentar o mercado está precisando desse incentivo……

  • Daniel

    Pelo jeite a crise não está afetando a Renault. Mas a explicação mais clara para este aumento de preços significativo deve estar associada a possível queda nas vendas. As montadoras tem de manter o faturamento.

    • Cyro

      Fora essa tentativa de manter os lucros nas vendas basais, tem a inflação a 10%, os layoffs, os aumentos dos impostos e o dólar a 4 reais.
      Cada dia que passa fico mais longe de trocar meu carro

      • Daniel

        eu também cada dia mais fico longe de um zero quilômetro.

    • Pipo pipo

      Será que esse carro vende bem na PJ e eles estão tentando ganhar um pouquinho mais? Os descontos nessa modalidade são muito bons.

      • what_the_hell??

        Engraçado que eles abaixaram bem o preço do fluence pouco tempo atrás pra agora aumentar! Vai entender…

        • Edson Fernandes

          Não só isso! O tal modelo CVT estava sendo comercializado por R$69900!!!! e o Plus ia para R$72000!!!! Olha a margem de aumento! Absurdo.

  • Brasil_MG

    Concessionárias vazias, pátios lotados, vendas em baixa…qual solução = AUMENTO DE PREÇOS. Essas montadoras não querem reduzir nem um centavo do seu faturamento, mesmo em tempos de crise e mercado ruim.

    • Daniel

      É possível ainda você ir comprar determinada versão na concessionária e entrar em lista de espera. Incoerência total, só aqui mesmo no Brasil.

  • Darlon Anacleto

    Jesus! Adicionaram pintura com pigmentos de ouro pra justificar tamanho aumento de preço?

    • Matheus Lelis

      Acho que não, se fosse assim teria concorrente que estaria colocando pigmentos de ouro é na descarga.

    • Edson Fernandes

      Deve ter sido aquele preto que na verdade é um roxo que deve ter cobrado o preço…rs

  • Cyro

    Não me atraia nem quando custava 59.990 e tinha 6 airbags….Imagina agora

    • Matthew

      Sério que ele já chegou a custar isso? Acho que nem a primeira geração da mais simples era tão barata. De qualquer forma o carro não me atrai também.

      • Zoran Borut

        Custava esse preço exato no lançamento.

      • Cyro

        Custava sim! Quase comprei um… 3 – 4 anos atrás.
        Chegaram a me oferecer câmbio CVT por 61k.

      • Ygor Soares

        Sim, e teve uma promoção que o modelo com CVT com 6 airbags saia por R$ 59.990,00 e esse anuncio até pouco tempo ainda estava em um outdoor na subida da serra de Petropolis – RJ

        • Era a desova da versão anterior… realmente os preços estavam muito interessantes.

    • Wilian

      Fico curioso do pq vc entrou nesta matéria.

      • what_the_hell??

        Pra emitir a opinião dele! :)))
        Eu mesmo achava que ele tinha bom custoxbenefício! Hoje tem opções melhores!

        • Wilian

          O problema não é a emissão da opinião, é que claramente ele desgosta do carro e comenta em uma matéria que fala sobre o carro. Só acho curioso. Quer pesquisar custo x benefício? Vai até a Css. Preço de internet é apenas uma referência, e assim como a tabela FIPE, mts vezes muito distorcida da realidade. Se vc vê qualidades no carro que pode levar em consideração para comprá-lo, vai até as Css e veja as ofertas e condições que possam te oferecer. Muitas vezes vc pode ser surpreendido, principalmente ao comparar com concorrentes.

          • Edson Fernandes

            Ahhhh não. Essa tabela pode dar mobilidade na venda, mas é certo que se antes que custava R$69000, agora nem perto disso vc chega na maioria das situações.

  • Alfredo Araujo

    Acho um belo carro… mas esse capô terminando antes da grade dianteira é algo inaceitável, esteticamente falando…

    • Yuri Chaves Souza

      Também acho estranho, mas deve ser mais fácil e barato de consertar numa batida, ou em colisões menores o próprio parachoque amasse e volte ao lugar, com um ou outro arranhão. Melhor do que ter de gastar para desamassar e pintar um capô de lata.
      Aqueles do ultimo Astra e do último Corsa com a grade fundida no capô é que devem dar trabalho pra arrumar.

      O Camaro também usa esse recurso.

  • Celio

    Acho que sou muito burro mesmo, aprendi errado em toda a minha vida que quando a oferta é maior que a demanda, os preços caem, mas como falei, sou burro porque tá acontecendo justamente o contrário… Eita Braziu sem jeito mesmo…

    • duhehe

      A regra é essa, mas não pode ser interpretada e aplicada pura e cegamente.

  • Marcio Andriani

    Não me In Fluence ia em nada…….

  • Adriano

    6500 de aumento numa cacetado só? oO
    GM começou a reduzir, vamos ver até aonde essas outras vão aguentar :D

    • Fanjos

      Para de jogar praga…senão como vamos ter Fox de 100 mil reais

      • Gustavo73

        Fique tranquilo meu caro Infelizmente não ficarás com fome.

  • LoganVB

    São carros diferentes, mas pelo preço e uma boa negociação prefiro esse Fluence GT do que o falado Golf.

    • what_the_hell??

      O Fluence q ainda é vendido hoje é o GTline, que nada mais é que o CVT com algumas firulas e preço mais alto!
      O autentico GT, com motor de 180cv, não é mais vendido, infelizmente!

      • LoganVB

        Nossa, obrigado pela informação. Estava desatualizado. Então esqueçam o que falei.

  • Fernando S.

    Pessoal, desistam. Nenhuma montadora vai baixar o preço dos carros. Eles preferem vender menos carros com preços maiores do que mais carros com preços menores. Aliás, provavelmente continuam tendo recebíveis parecidos com anos anteriores. Suponha um carro que custe 50 mil reais e ano passado custava 42 (nem é tão difícil imaginar, aconteceu isso com vários). Se a empresa vendia 3 mil carros, ela faturava 126 milhões. Se ela vender 2 mil carros a 50 mil, ela ganha 100 milhões em vendas e teve muito menos gastos de produção. Me corrijam se eu estiver errado, mas a conta é essa mesmo, não?

    • Hiboria

      GM baixou ontem. Ou melhor, voltou atrás em alguns aumentos!

      • Junoba

        Não abaixou ontem, já tinha baixado a cerca de 1 mês.

        • Hiboria

          Entendi, estou com delay!! :-}

    • duhehe

      A conta e o raciocínio é exatamente esse, só o povo que não frequentou nenhuma disciplina de administração que não entende isso.
      Adiciono, com uma produção de 2 mil, ela precisa de menos mão de obra, menor time de suporte, menor estoque, menos dinheiro imobilizado em capital de produção, etc ..enfim.
      O lucro vendendo 2 mil carros e uma estrutura X é maior que vendendo 3 mil com uma estrutura 1.5x.
      Sem falar que com um juros de 15% A.A, para justificar aplicação do capital na produção de algo, a atividade precisa render mais que o mercado paga, isso é outro fato que ngm entende.

      • what_the_hell??

        mas a baixa das vendas, com o aumento de preços, tende a ser ainda maior! Se continuarem assim as vendas vão cair 50% dentro de pouco tempo! Aí seu cálculo não se sustenta!
        Sem falar que as concessionárias/montadoras lucram bastante tb na manutenção dos carros! Se vender a metade, em algum tempo terá apenas a metade dos carros pra fazer manutenção!

  • PEDAORM

    Quase 8k de diferença dependendo de versão, que absurdo!

  • Acho que o mais correto seria “Renault Fluence SOFRE aumento de preços”… rs. É rir pra não chorar.

  • Diego

    Esse carro não vende absolutamente nada tendo em vista a previsão de vendas da Renault e ainda aumentam. Mais versões 15/15 em 2017 com aquele “descontão”

    • Wilian

      Já é difícil axar 15/15 hj. Pro mercado atual, ele não vende tão pouco não. E antes, vendia ainda melhor.

  • Arthur Lima

    Adeus custo-benefício.
    O modelo Privilege era uma boa escolha por menos de 82k, todos seus concorrentes cobravam bem mais. Mas por 88,5k foi para o lado negro da força.

    • Schwantes

      o branco. qualquer outra cor vai pra 90

  • Schwantes

    para terem noção de valor peguei o privilegy em dezembro numa condição de isenções e descontos…. como era lançamento da nova frente, de tabela saía por 84.400 e com pintura metalica ia para 86k. com isenção de ipi e icms a nota fiscal aparecia por 68k. com mais um desconto da fábrica caía para 58.300,, valor final q paguei…. soh q na nota ainda trazia descrição de quase 13mil reais em impostos referente a pis e confins. ou seja, tirando todos os impostos e menos 10 mil de lucro da fabrica dado como desconto, o carro de 86 saia por 45 mil reais… e com certeza ainda deve ter algum lucro pq ninguém produz de graça. fora impostos indiretos como o pago no custo de energia encargos trabalhistas etc … e o dolar na época era 2.8 agora ta por 3.8

  • Rafael Ribeiro

    E assim mais um concorrente do corolla e civic é abatido. Só restam cruze, sentra e focus na disputa. Quem será o próximo a cair pelo aumento de preços? eu chuto o sentra.

    • Junoba

      O Sentra aumentou de preço a pouco tempo.

  • Junoba

    São 6,5k de lucro brasil…

    • Hiboria

      Já estão colocando na conta:
      “De acordo com Arthur Vieira de Moraes, agente autônomo de investimentos,
      como a CPMF incidiria sobre todas as transações bancárias, o imposto
      contribuiria para o aumento dos preços finais para o consumidor.
      “A CPMF tem um efeito em cascata: cada vez que o dinheiro sai de uma
      mão para outra ela é cobrada. Uma alíquota de 0,20% pode parecer baixa,
      mas o fornecedor paga, o comerciante paga e na ponta da cadeia o
      consumidor paga também, o que encarece os produtos”, diz. “

  • Porque será que não tem a versão 69,990 para pegar os incentivos para pessoas com necessidades especiais? Vários carros tem o preço nesta faixa justamente para conseguir a isenção.

    • A Renault vende com descontos para portadores de necessidades especiais. Há Fluence saindo por R$ 55.000.

  • Gran RS 78

    O meu pai comprou um Fluence Dynamic plus CVT, e pagou 55 mil reais Okm, veiculo vendido com isenção de impostos. Eu dirigi ele nesse final de semana, e fiquei impressionado pelo conforto ao rodar, e tbm pelo acabamento bem feito do modelo. Mas duas coisas que acho que a Renault pisou na bola. Primeiro, as rodas desse modelo são aro 16, muito pequenas para esse carro, isso sem falar no visual delas, que na minha opinião são feias, e a segunda, foi a ausência dos air bags de cortina, que vinha nos modelos anteriores e que a marca tirou nesse novo. No mais, um excelente carro.

    • Edson Fernandes

      Realmente…. a Renault conseguiu SEMPRE colocar rodas aro 16″ muito feias. Mas discordo do tamanho das rodas.

      Ele confere mais conforto como também menor gasto com pneus. Além do que, ele foi feito para dar aquela rodagem macia e não esportividade. (ainda que seja estável)

      O problema nesse caso é o formato da lateral do Fluence que dá essa sensação. Como ele é largo e as linhas ovaladas da mesma, faz parecer uma caixa de rodas que falta pneu e roda. Mas sobre a roda em sí o tamanho é bom sim.

      • Gran RS 78

        Olha Edson, acho que se ele tivesse rodas 17, o conforto não seria afetado, lembrando que a versão top tem belas rodas 17, e continua sendo um carro muito macio. O que vale é altura dos pneus, isso sim faz toda a diferença.

        • Edson Fernandes

          Eu sei, mas a que custo?

          As pessoas só compram os médios 0km com aro 17″ porque trocarão de carro antes do mesmo precisar das trocas de pneu.

          Porque se o brasileiro fosse ver o custo disso, veria que todo aquele visual traria um preço alto para manter. Que diga os Golfs com seus pneus com bolha.

          • Gran RS 78

            Mas pneus de sedans médios duram em média 50 mil Km.Portanto acho que esse custo a mais compensa pelo visual, que fica muito mais bonito.O problema das bolhas dos pneus dos Golf e tbm do Classe A, eram por causa do tipo de pneu,e não por causa do aro da roda, que não era apropriado para o asfalto( ou falta dele), do Brasil, tanto que muitos proprietários trocaram os pneus por outros com resistência maior, e os problemas acabaram.

  • Claudio Ronsini

    Olá, pessoal. Adquiri um Fluence Dynamique CVT há 15 dias por 65 mil reais, com documentação inclusa, vendo esse aumento agora, acredito que tive sorte rsrs. Bem, posso dizer que, como todo proprietário recente, estou achando ótimo esse carro, em especial seu motor, que dá prazer ao acelerar, seu espaço interno e a maciez ao rodar. Respondendo a um colega, o consumo, depois de 150 km, está ruim: 5 km/l no álcool na cidade.

    • Edson Fernandes

      Não será tão superior viu…rs

      Mas 150km é miuito pouco rodado. Se para acostumar o motor leva por volta de uns 5000km imagine que 150km é uma coceira.

  • Sandro

    Pagar 80 mil reais para andar de Renault só pode ser sacanagem.

    • Discordo. O que o Renault Fluence tem de tão menos que a concorrência? Estão todos tão equivalentes, logo a escolha se dá pelos detalhes e pelo visual do carro, se desconsiderar o aspecto revenda (menos primordial na minha concepção).