Argentina Minivans Renault Segredos-Flagras

Renault Kangoo pode ser substituído pelo Dacia Dokker na Argentina

Dacia Dokker Stepway 2015

Com quase duas décadas de mercado, a atual geração Renault Kangoo deverá dizer adeus para a chegada de um novo utilitário. A montadora francesa deverá anunciar em breve investimentos para a produção do novo modelo na unidade fabril de Santa Isabel, na Argentina, que também será responsável pela produção dos Logan e Sandero a partir de agosto (hoje produzidos no Brasil) e das picapes Alaskan, Nissan Frontier e Mercedes-Benz em 2018.

Devido a transferência da linha de produção do sedã e hatch compactos, um dos candidatos a substituir o Kangoo na linha da Renault é o Dacia Dokker, lançado há cerca de três anos no mercado europeu e que divide plataforma e uma série de outros componentes com os modelos menores, o que facilitaria e reduziria os custos de produção.

Dacia Dokker Van 2015

Ainda não há detalhes a respeito do novo utilitário da Renault, mas é certo que o Dokker receberá uma série de mudanças no visual para incorporar a identidade da fabricante francesa. Espera-se que o modelo seja equipado com o motor 1.6 litro flex, que rende até 106 cavalos de potência, e esteja disponível nas carrocerias furgão e para passageiros.

Caso o Dokker seja realmente produzido no país vizinho, é provável que a Renault tenha mais um modelo de origem Dacia no Brasil.

[Fonte: Argentina Autoblog]





  • Ângelo Coppo

    “Caso o Dokker seja realmente produzido no país vizinho, a Renault terá mais um modelo de origem Dacia no Brasil.” MAIS UM DACIA VESTIDO DE RENAULT NO BRASIL!!! QUE MARAVILHA!!

  • Marco Antônio

    Porque não traz logo a Dacia e Para se vender como Renault?

    • Rbs

      Resposta da Renault . . . Dokker ç ta falando?

      • Marco Antônio

        kkk boa.

  • Eduardo Perrone Barbosa

    Sandero foi o 3º mais vendido em junho, Duster foi o 19º, Logan foi o 29º e são todos de origem Dacia. Que venha o Dokker, quanto mais concorrência melhor para o consumidor.

    • Jackson

      Concordo contigo. Pouco me importa em ter um carro com logo VW, Ford, Honda ou outro . Queremos produtos e concorrência.

      • Daniel Cattini

        Eu quero não morrer quando bater

        • Stéfano

          Então compre um carro que julgue seguro. Opções você tem.

          • ViniciusVS

            Compra uma bolha com rodas e um campo de força em volta ai nada chega perto kkkkk

            • dncmotors

              Eu ri. Kkkkk

  • Luciano Lopes

    Mecanica Renault + marca do grupo Renault …Qual o problema ? Alguem ta comprando enganado ? O Etios ostenta a marca Toyota mas nao e de baixo custo ? Vide o Gol com a “alema” VW , entre varios exemplos do nosso mercado… O Peugeot 208 brasileiro e o mesmo do Frances ? LatinNcap mostrou q nao…E Vende muito menos que o Sandero , que ainda tem consumidores mais satisfeitos. Esse papo de “mas e Dacia ” ja cansou, cada mercado tem as suas particularidades, com certeza a Renault e todas as outras analisa isso a as vendas mostram q esta no caminho certo, se no lugar deste lancasse a francesa Scenic, iria custar mais de 100 mil enao ia vender. Ou se tivesse o lindo Clio europeu no lugar do Sandero iria vender pouco como o 208.

    • ViniciusVS

      Alguns compram carro e outros compram marca.

      Quando tinha a Scenic ninguém comprava… agora reclamam do Duster.

      Alguns reclamam que a sentem saudade dos modelos “Opel” da Chevrolet e geralmente são os mesmos que falam que os motores dos carrosatuais da GM são jurássicos e pouco eficientes..

      A grande maioria dos carros feitos aqui são tropicalizados, independente do emblema da grade.

      • oscar.fr

        Justiça seja feita, a Scénic vendia muito bem para a época (considere que a Renault era uma marca nova no mercado e o poder aquisitivo do brasileiro era bem menor), Clio e Clio sedan também estavam entre os 20 mais vendidos no início dos anos 2000, a Renault começou a desandar mesmo quando a linha foi envelhecendo e perdeu em vendas, justamente quando Logan e Sandero vieram dar um up nas vendas da marca francesa.

        • ViniciusVS

          Bem no inicio dos anos 2000…

          Depois o que vendia mais?

          Scenic ou Ecosport, Tucson etc…?

          Igual as peruas, Parati vendia bem, Weekend vendiam bem…

          Hoje vejo um monte de Palio na rua e uma minoria Weekend, Vejo um monte de Fox na rua e rarissimo ver um Spacefox, Vejo vários Golf na rua mas Golf variant muito pouco.

          Tiveram sua época, hoje custaria o mesmo que um Hrv, Renegade e perderia feio em vendas mesmo sendo o único em sua categoria.

          Daqui um tempo acaba a moda SUV, vem outro tipo de veículo para assumir a moda e um monte de gente vai reclamar que tem pouco SUV, SavetheSUVs etc… e quero ver quem vai colocar um na garagem.

          Se ninguém coloca na garagem o carro sai de linha.

          • pedro rt

            duvido q os crossovers/suv saiam de linha se foram eles proprios q acabaram com as minivans, sw, hatches medios e a proxima vitima sera os sedans medios e hatches compactos pelo q andei vendo

            • dncmotors

              Não curto essa generalização de mercado, vejo como algo terrível.

              As pessoas estão cada vez mais sem personalidade, mundo a fora. Vão de acordo com a onda.

              Hatch médio é melhor que SUV compacto “gourmet”.

              Variant, Weekend & SW são melhores que SUV Médio.

              Passat Variant, VOLVO V60 :)

          • dncmotors

            Mesmo assim não troco uma Variant por um HR-V. Esse Honda é caro e não me agrada.

            Desses mini suv, só o 2008 THP.

            • ViniciusVS

              Ai que ta, não te agrada mas agrada o publico alvo que comprava perua e hoje compra SUV.

              Não adianta elogiar e gostar do carro, se ninguém coloca ele na garagem a montadora tira de linha.

              Eles fazem carro para quem compra e não para quem gosta.

        • Pacheco

          O problema do mercado das Minivans é que sempre foi mais familiar e nada de esportivo. Os SUV trouxem mais status e um pouco de esportividade. Isso mantou ele.

          Sem falar que ele foi abandonado e não teve novidades.

        • pedro rt

          a marca nos anos 90 nao vendia bem, so quem vendia bem era o clio hatch o resto perdia dos concorrentes. so começou a vender bem msm foi de 2007 pra ca qdo começaram a fzer logan e sandero

      • Racer

        Scenic vendia bem sim. Foi perdendo força porque parou no tempo.

        • Pacheco

          Sim, o ultimo tapa foi em 2001. Em 2005 ela já precisava de uma nova geração.

          • Racer

            A versatilidade interna, com os bancos traseiros individuais (assim como a Xsara Picasso) era muito boa.

            • Pacheco

              A Scenic era melhor nisso. Atualmente os SUV não tem a versatilidade de uma Minivan.

              • ViniciusVS

                Nem as minivan atuais ( Idea/Spin) tem isso.

                A Meriva tinha em 2003 ( Flexspace) e pouca gente pagou mais caro por isso, hoje é raridade ver uma com esse item. mesmo o Zafira que era um excelente carro não tinha isso, a unica coisa interessante de uma minivan é o excelente entre-eixos, mas entrando em um SUV como o Duster por exemplo eu não senti falta de espaço em relação ao meu carro atual ( minivan) na prática o Duster tem um porta malas do mesmo tamanho ou até maior, espaço interno maior, largura igual… me atende e atende boa parte das pessoas perfeitamente.

                • Pacheco

                  A Zafira tinha os 2 bancos do porta-malas que se escondiam no assoalho e vc nem sabia que eles existiam. Diferente da Spin que vc só dobra e ainda rouba espaço do porta-malas.

                  A Scenic e a Picasso tinham os bancos individuais que podem ser removidos e ampliar em muito a capacidade de carga.

                  • pedro rt

                    era o sistema flex7 o da zafira, era a melhor minivan dos anos 2000

                    • Pacheco

                      É o melhor sistema de 7 lugares. Vc usa somente para emergências ou uma necessidade.

            • pedro rt

              dificil achar uma minivan mais inteligente na versatilidade do q a zafira e seu sistema flex7

              • Racer

                Tirando o fato dos dois lugares a mais, o banco traseiro era comum (1/3, 2/3), ao passo que as francesas eram individuais e removíveis. O mesmo se aplica a C4 Picasso.

        • ViniciusVS

          Astra também parou no tempo e vendia bem. Tucson parou no tempo e vendia bem, primeiro Ecosport parou no tempo e vendia bem…

          Problema nem é esse, é que o publico alvo migrou para SUV/Crossover, o real consumidor não teve preconceito, viu que esses carros fazem praticamente a mesma coisa que uma minivan popular.

          Queria entender porque existe tanto preconceito aqui contra SUV/Crossover. carros entregam boa posição de dirigir, porta malas tão grande ou até maior que de minivan popular emergente, tem ótimo espaço interno. não agrada todo mundo mas da forma como falam parece que é infinitamente inferior a uma Meriva/Idea/Spin… enfim, o real consumidor gostou, aprovou e migrou, montadora vive graças a eles e não a nós comentaristas de site.

      • Filipo

        Mas os motores Chevrolet no Brasil, com a exceção do Cruze, são jurássicos e pouco eficientes.
        Eu acho o Sandero, nesta geração, um bom carro. Poderia ter um motor mais eficiente para as versões comuns, mas em comparação a geração anterior, foi um salto e tanto. O Sandero RS mesmo, acho um espetáculo.
        E essa Dokker, é melhor que a nossa atual Kangoo, que não é a mesma e moderna europeia. A Dokker é basicamente uma Kangoo de geração passada (que temos por aqui), redesenhada. Mesma “arquitetura”. E para mim, é mais bela.

        • ViniciusVS

          Tão jurássico e pouco eficiente quanto um logan 1.6, um Fire 1.4, um 1.6 8v da VW e isso nunca foi novidade.

          O que falo é do apego a marca e não ao projeto em si, tem várias viúvas da fase “opel” que falam maravilhas, que sentem saudade dos carros daquela época, como se a mecânica fosse diferente, como se o Corsa fosse igual o importado.

          Na minha opinião mais vale um Onix com Ecotec que um Corsa com 1.4 Econoflex. mas para essas viúvas o que vale é a carroceria ser igual a vendida lá fora.

          Igual dono de carro com marca de origem Japonesa que fala e repete que seu carro é “japonês” mas esquece que faz mais de 20 anos que ele é feito no interiorzão, tem mecânica bem defasada em relação aos carros vendidos lá fora, sem Turbo, sem injeção direta e sem metade dos opcionais, com estrutura e itens de segurança inferiores, mas o psicológico do emblema na grade faz ele pensar que está no Japão dirigindo um carro de primeiro mundo e não uma carroça tropicalizada que de japonês só leva o nome, emblema e carroceria. É o mesmo que falar que o Gol é Alemão, em alguns casos vira piada em outros é levado a sério.

          • pedro rt

            o pior exemplo de motor de cilindrada media a venda hj e o 1.6 8v da renault, esse motor e praticamente uma evolucao daquele 1.6 usado no corcel e escort CHT dos anos 80… eu acho ate pior q o familia 1 1,0, 1.4 e 1.8 usado ate hj em muitos chevrolet pequenos

        • pedro rt

          se vc pensa q aquele motor 1.8 do cruze era moderno se enganou feio pois era praticamente o msm motor 1.6 16v usado no corsa GSI q foi vendido de 94 a 96 no brasil e depois disso esse motor voltou com mais cilindrada e potencia em 2003 como 1.8 16v no stilo e saiu de linha em 2004 pq o consumidor preferia o velho familia 1 1.8 8v do q o ecotec 1.8 16v

          • Filipo

            Pedro, muda a ficha, o Cruze antigo, que tinha motor de 1,8L não é mais comercializado.
            Me refiro ao atual, com motor moderno, de 1,4L com turbo.

    • Daniel Cattini

      Você viu os testes com o Sandero? Peugeot ao menos teve alguma estrela, nenhum carro é igual ao estrangeiro, mas se o Peugeot já piora imagina a Dacia Brasil

      • Luciano Lopes

        Eu já tive “Dacia ” e gostei mais que meus antigos e “legítimos ” VW , GM e Fiat. Não é a
        Marca , e o carro q importa . Nenhum carro nacional menos de 50 mil equivale ao seu correspondente europeu . E ninguém compra enganado , pode ter certeza

      • Stéfano

        Eu vi testes da geração passada sem airbags.

      • pedro rt

        nao da pra comparar aquele primeiro sandero do crash test com o sandero vendido hj, ate pq esse de hj tem estrutura e plataforma muito mais reforçadas, 75% mais rigido segundo a renault q a geracao anterior

    • dncmotors

      Renault Mercedes e Nissan estão a anos em cooperação de tecnologia, isso não é demérito. Sim um ponto alto em Know how automobilístico.

  • Conferente Rafael

    Eu quero uma sete lugares!

  • Mumm Rá

    Esse carro é muito simpático além disso seria uma ” mão na roda ” em nosso mercado

    • Redpeak77

      Muito mais bonita que a Kangoo. Curti!

  • Racer

    Cara….eu acho que é uma decisão acertada. A Kangoo nunca teve muita força, e esta aí vai chegar com a fama do Sandero e Duster pra ajudar. Tendo uma versão de 7 lugares e AT, tem chance de fazer frente com as concorrentes.

  • CanalhaRS

    Os Daciero pira…

  • oscar.fr

    A Renault deveria ter sido mais ágil, a Dokker já deveria ter substituído a Kangoo logo que foi lançada.

  • Marcos Drawer

    Muitos reclamam da Dacia, mas e se são produtos honestos? Você quer um veículo com uma proposta mais racional ou quer se exibir pro vizinho e se sentir “premium”? Tem mercado pra todos pessoal!

    • Luciano Lopes

      Aquela historia…Eu tenho um Toyota …Etios ! Quer mais baixo custo q isso ?

  • Marcus Vinicius

    Mesmo com produção argentina Sandero e Logan continuarão sendo feitos no Paraná há menos que a própria Renault confirme que realmente eles deixarão de ser feitos no Brasil e somente feitos na Argentina !

    • Rogério R.

      Sim, a dupla Sandero e Logan vão continuar sendo feitos no Brasil. O site Carplace questionou a Renault sobre o assunto na época do anúncio e a Renault disse que a dupla vai continuar sendo produzida no Brasil. Com certeza isso está sendo feito para liberar espaço para os novos produtos nacionais que estão chegando. Tanto que o Sandero RS continua sendo feito somente no Paraná.

  • edson

    Podiam trazer o Logan MPV ou a Lodgy…estou traumatizado com tantas Spin nas ruas…rsrs

  • Martini Stripes

    Abrindo espaço pra Captur nacional derivado do Duster?

  • pedro rt

    podem esperar por mais aumentos de preços no logan e sandero com eles sendo feitos agora somente na argentina.

  • pedro rt

    logan/sandero vao abrir espaço na producao no brasil pro kwid, captur e koleos

  • dncmotors

    Precisamos Renault, eu gosto desse tipo de carro, e o Mercado Pede.

    Essa moda SUV me perdoem. Mas tá cagando o Mercado, as belas SW sumiram.

    Dobló parou no tempo e caro que só.
    Kangoo passageiro acabou, Berlingo e Partner idem.