Europa Hatches Renault Segredos-Flagras

Renault Kwid em versão indiana é flagrado na França

kwid-fr-1

O Renault Kwid inicia sua “carreira da Índia” com vistas a entrar em mais mercados, especialmente os emergentes, embora possa fazer valer a racionalidade e o baixo custo mesmo na Europa, onde a Dacia se destaca.

kwid-fr-2

De qualquer forma, mesmo com a Renault negando veementemente um possível Dacia Kwid, o subcompacto foi visto na França e sem qualquer camuflagem. Trata-se do modelo indiano e em versão bastante simples. Note que nem mesmo calotas ele possui.

kwid-fr-3

Da mesma forma, há somente um retrovisor e um limpador de para-brisa. Por dentro, o ambiente é muito simples, contando com vidros manuais. Não há rádio, mas parece ter ar-condicionado, pelo menos.

kwid-fr-4

Esta versão indiana do Renault Kwid provavelmente está em teste e, desnudo, também medindo a receptividade do consumidor europeu. Afinal, se aqui no Brasil ele terá estrutura mais resistente e quatro airbags de série, então, com mais alguns ajustes, pode sim ser vendido na Europa. Preço na casa de € 5.000 seria muito atrativo, sem dúvida.

[Fotos via Ferd]





  • Franco da Silva

    Se esse carrinho for alto como dizem (e parece na última foto), vai se tornar o SUV da classe C e vai vender pra chuchu (huahua)!

    • O pior é uma certa revista, na edição desse mês, listar o Kwid como SUV, dentre os futuros SUVs que serão lançados no Brasil.

      • Maçaranduba o Porradeiro.

        tá mais para SUC: Super Ultra Compacto…

        • Cris Dorneles

          Super Ultra Cocô.

        • FearWRX

          Suck*

        • celso

          SUC: sucata!

      • Zoran Borut

        Shuffler and Untrue Vehicle? rsrsrs

  • Tosca16

    Reconheço que a Índia é um grande mercado e em potencial, até mais que a China na atualidade, mas né possível que detonem tanto um projeto já de baixo custo para aquele mercado; esse retrovisor nem uma Kombi usaria, isso sem falar nos demais itens que modificaram para aquele mercado.

  • Eduardo Santos

    Que carro feio. Por que insistem tanto nessas bordas de plástico fosco? Isso é muito feio em 90% dos carros.

    • Lucas Lira

      Haja silicone pra deixar pretinho, rsrsrs…

  • Murilo Soares de O. Filho

    O que as montadoras precisam entender é que baixo custa não tem que ser baixa qualidade.

  • Hugo Leonardo

    A Renault teria que recomeçar esse carro do zero, se quiser vender na UE. Não é esse o bateu-morreu indiano, que nem uma estrela cadente conseguiu no NCAP?

    • th!nk.t4nk

      Não exatamente… Há 2 Kwids. O indiano (bateu-morreu) e a versão brasileira que talvez acabe indo pra Europa também. Vamos ter que aguardar o teste deste.

  • Tosoobservando

    Acho que nem por 5 mil isso ae vende na Europa, a nao ser no leste europeu.

  • 1945_DE

    O carro e feio pra cachorro e sem nenhuma qualidade. Vai vender bem aqui no Brasil.

  • Wellington Myph13

    Tirando as rodinhas e o retrovisor ridículo, o carro é agradável…
    Se vier com ao menos 3 Estrelas (Prefiro 5, mas sendo mais realista, 3 como o Palio esta ok), motor 1.0 12V emprestado da Nissan, com seus 850kg, e partir de 32990 sem ar, acho que vai dar dor de cabeça pros outros carros de entrada…
    Versão Authentique pra foco em Frotas e ser o mais barato
    Uma versão Expression com mais requinte interno e ar de série na faixa de 39990,00…
    E uma versão Dynamique com CMM, Rodas de Liga, sensores, Etc por volta de 44990,00…

    Além de uma opção Easy R por +2600,00…

    • cepereira2006

      Carro sem ar não vende mais. O povão não quer nem de graça. Pode ser ar manual, mas tem que ter.

      • Wellington Myph13

        Claro que vende.
        Gol Trendline não tem Ar pra competir com Palio que Também não tem Ar.
        Sem ar vai ser pra atrair frotistas e baixo preço pra quem não tem opção financeira maior e prefere o Kwid a outro de valor similar.

        • cepereira2006

          Só se for frotista mesmo, pois o povão prefere pegar um usado, mas não pega um zero sem ar. Nem mesmo no sul, que tem 3 meses de verão, carro sem ar vende mais, pois nesses 3 meses o calor tem sido tão intenso que é impossível andar de carro sem que ele se transforme em uma sauna.

          • th!nk.t4nk

            No sul é uma coisa, mas vai lá pra cima naqueles estados bem pobres, onde qualquer mil reais já pesa muito no bolso do povo. Nesses tempos de crédito difícil, o jogo muda.

    • edgar__rj

      Cara , o preço que vc está colocando é o do Sandero 1.0.

      Se a Renault lançar assim:

      Kwid Auten.(Ar/Dir) R$ 26.990,00
      Kwid Expre.(Aut + /VDE/TVE/Som) R$ 31.990,00
      Kwid Dinam.(Exp. + Rodas / Neblina / Multimidia) R$ 35.990,00

      Talvez se torne o carro mais vendido.

      Acima disso, as pessoas irão de Mobi, pois Fiat é Bom e Francesa não presta… (sendo irônico)

  • Diogo Oliveira

    Essa versão pé-de-boi é mais pelada que o Mobi, pelo menos o feinho da Fiat tem para-choques pintados. Mas como conhecemos o Brasil, essa versão pé-de-boi que só tem motor e volante vai vender mais que água por apenas 27 Mil. Pouca coisa…

  • CanalhaRS

    Bicicleta melhorada.

  • vi.22

    o verdadeiro substituto do mille way…

  • Jackson

    Eu teria um desses, desde que tivesse 4 a 5 estrelas, ar condicionado, 2 espelhos retrovisores, lavador limpador/desembaçador traseiro e direção elétrica, por 30 mil. Para-choques pintados, calotas, rodas de liga, cromados, vidros elétricos, tecido nas portas…..dispenso. Carro é para transportar do ponto A ao ponto B.

    • Matthew

      Até o vídeo do crash teste muitas pessoas estavam criando expectativas exageradas sobre o carro. Após o fatídico ensaio, acho que agora há um excesso de desconfiança sobre o produto. Vamos com calma, não dá pra fazer previsões baseado em alguma poucas fotos publicadas na rede e deixar um pouco de lado a síndrome de vira-lata.
      Só o fato da Renault ter logo se apressado em fazer um comunicado público esclarecendo que o modelo a ser produzido no Brasil será mais seguro que o seu equivalente indiano já demonstra certa maturidade do consumidor brasileiro , tamanha a repercussão negativa que teve o teste divulgado pela imprensa. Já entenderam que não dá pra simplesmente empurrar qualquer tranqueira aqui sem o mínimo de segurança. Logicamente, ainda estará distante do padrão encontrado em mercado avançados, mas eu vejo como um avanço, uma montadora ter de se reportar por exigência do consumidor local.
      Mas também não existe milagre. Todos esses itens elencados por você por apenas R$ 30 mil acho pouco provável. O jeito é aguardamos e ver se atenderá às nossas expectativas.

      • Jackson

        De acordo. Preços galopantes dos nossos automóveis, por 30 mil está bem longe da realidade.

  • fbl

    A onda do momento é SUV e como esse carro é altinho acredito que vai vender bem, mas a renault vai continuar uma marca de carros feios no brasil.. esse ta superando. Vai bater de frente com o etios.

  • Stéfano

    Francamente, os europeus também viram vários Sanderos RS rodando e não colocaram pra vender lá. A faixa de preço do Kwid envadiria demais a do Sandero.

  • francis

    Se chegar num preço bom (o que acho difícil), poderia ser o verdadeiro sucessor do Mille guerreiro, parece ser robusto como ele….

    • zekinha71

      Só não pode bater.

  • Ronaldo M

    Finalmente o Mobi encontrou um concorrente “à altura”.. (Deus nos ajude!!!)

  • Ricardo

    Finalmente as montadoras brasileiras estão investindo nesses tipos de carrinhos, foras as chinesas já temos VW, FIAT e agora talvez a Renault, não, pera, mas eles custam o 40 mil reais! Putz! Esse é o Brasil de merda!

  • Bruno Porto

    Lembra de nossos “populares” da década de 90, rodas de ferro sem calotas, sem retrovisor do carona…

  • Bartolomeu

    Nota Zero no Crash test deste carro significa, bateu morreu. Com sorte fica paraplégico.

    • th!nk.t4nk

      Na Índia é tudo assim mesmo. Padrão. A sorte é que não é esse que vem pro Brasil.

  • Diego Sampaio Vieira

    E essa furação de roda de Corcel….. isso vem para o Bananistão tbm ???

  • delvane sousa

    O que achei estranho é um veiculo com volante do lado direito rodando em um pais que não é mão inglesa. Será que é permitido lá?

  • Fernando Bento Chaves Santana

    Não vejo problemas com parachoques sem pintura e com rodas de aço. Sinto falta de de opções básicas, funcionais e seguras no mercado só para ir do ponto A ao ponto B. Mas sou minoria. A maior parte do mercado toma o status e a imagem como fatores importantes para comprar um carro.

  • RKK

    O desenho até que é bonito, e só…

  • Marcelo TB

    kkkkkkkkkkkkk, LEVOU ROSQUINHA MABEL NO CRASH TEST. E AINDA VAI TER UM MONTE DE MANOLOS AQUI NO PAÍS DO PT , QUE VÃO COMPRAR ESSA BOSS……..

  • Anderson Moraes

    Pai do céu que coisa feia!



Send this to friend