Esportivos Hatches Renault

Renault Sandero RS chega oficialmente a partir de R$ 58.880

renault sandero rs oficial 8

O Renault Sandero R.S. 2.0 finalmente foi lançado no mercado nacional. O hatch esportivo da marca francesa chega com o diferencial de apesar um motor potente em um carro compacto, traduzindo-se em melhor performance.

O motor 2.0 Flex entrega 145/150 cv a 5.750 rpm e 20,2/20,9 kgfm a 4.000 rpm, respectivamente com gasolina e etanol. A transmissão manual tem seis velocidades e o Renault Sandero R.S. 2.0 chega ainda conta com controles de tração e estabilidade, bem como assistente de partida em rampa. Além disso, vem com três modos de condução: Standard, Sport e Sport+.

renault sandero rs oficial 9

Com tudo isso e pesando 1.161 kg, o Renault Sandero R.S. 2.0 vai de 0 a 100 km/h em 8,0/8,4 segundos e tem máxima de 202/200 km/h, respectivamente com etanol e gasolina. O modelo ainda vem com rodas de liga leve esportivas aro 16 polegadas e pneus 195/55 R16, mas por mais R$ 1.000, pode-se colocar um jogo aro 17 com pneus 205/45 R17.

A Renault fez alterações no Sandero R.S 2.0 em relação às demais versões, introduzindo suspensão 26 mm mais baixa e nova calibragem de molas e amortecedores, deixando o conjunto dianteiro 17% mais rígido e 65% mais o traseiro. Com isso, o hatch ficou mais firme e estável. Os freios possuem discos nas quatro rodas, sendo os dianteiros maiores que as versões comuns do modelo.

renault sandero rs oficial 4

A direção é eletro-hidráulica e o sistema de escape foi modificado e tem saída dupla. Outra novidade é o R.S. Drive, que oferece três modos de condução, acionados pelo botão R.S.:

• Standard – Mantém o ESP ligado e o indicador de marcha foca no baixo consumo)
• Sport – Aumento da resposta do acelerador, aumento da marcha lenta para 950 rpm, ronco mais esportivo, desaceleração lenta e alerta sono para troca de marchas.
• Sport + – Desliga os controles de tração e estabilidade.

renault sandero rs oficial 1

Visualmente, o Renault Sandero R.S. 2.0 vem com para-choques mais esportivos, faróis com molduras negras, LEDs diurnos, grade exclusiva, rodas esportivas, defletor de ar na tampa traseira, saias laterais, difusor de ar, escape duplo, retrovisores na cor preta, faixas decorativas e emblema “R.S.”.

Por dentro, o Renault Sandero R.S. 2.0 bancos esportivos com emblema “R.S.”, pedais de alumínio, volante e alavanca personalizados, acabamento em tecido com dois tons, volante em couro, quadro de instrumentos exclusivo, detalhes na cor Dark Metal, entre outros.

renault sandero rs oficial 2

O pacote de equipamentos inclui também ar condicionado automático, trio elétrico, airbag duplo, limitador e controlador de velocidade e multimídia Media NAV Evolution com navegador e dados de tráfego em tempo real, Bluetooth e aplicativos para hotéis, restaurantes, clima e web rádios. Há também integração com iPhone e comando de voz Siri. O modelo vem nas cores Branco Niege, Prata Etoile, Preto Nacre e Vermelho Vivo.

Galeria de fotos do Renault Sandero R.S 2.0:





  • Tosca16

    E para os que duvidaram do quê eu disse que iam fazer comparativos com o UP TSI vai lá no UOL e vejam …

    • Lázaro Rosa

      Kkk verdade!!!

      Aproveitando o comparativo sem pé nem cabeça sei que as propostas são totalmente diferentes porém vi que o UP 1.0 T tem 16.7 de torque, achava que a diferença fosser maior comparada ao Sandero RS que tem 20.9. É isso mesmo? Achava que a diferença seria bem maior.

      • Andre Studart

        É sim, mas lembre-se que o up é turbo, logo, esse torque todo entra bem mais cedo que no sandero, que tem o torque máximo em torno dos 4-5mil rpm

        • Tosca16

          vão usar o UP de cobaia pra tudo; mas não sei pra quê essa “tara” desse povo todo da imprensa por comparativos com motores turbo; sei lá alguns sites dão à entender que só tem turbo aqui no mercado o UP, sim na sua categoria sim mas no geral não… Daqui à pouco eu verei um comparativo de UP TSI vs 2008 THP “Compactos turbo vs Crossovers Turbo; qual lhe dá o maior prazer na condução, testamos UP TSI vs Peugeot 2008 THP ! “

          • Andre Studart

            Hahaha, eu ri, pior que é bem assim mesmo.. não pensam com a cabeça e com a utilidade de cada carro.. por um lado eu acho bom, que força o up! tsi a ficar na ”mídia” e, consequentemente, fazendo marketing para motores turbos em carros pequenos, mas é osso essa comparação sem sentido.. já vi up tsi vs focus 2.0, a partir desse dia, eu acredito em qualquer coisa kkkkk

            • Derek

              O Up! ganha no 0 a 100? :P (eu não duvido)

          • André

            Bem que a Peugeot poderia lançar logo o 208 THP, não? Ai não ia sobrar nem pra Sandero nem para up!

            • Tosca16

              aí meu é fenomenal !

            • Deadlock

              Com essa crise, poucos vão investir seu suado dinheiro em um Peugeot. Acho que esse RS vai vender pouco, embora seja um carro de nicho, o do esportivo de verdade (e da velha guarda, com câmbio manual e motor aspirado, o que obriga o motorista a ser um piloto para poder extrair o máximo da máquina) a um preço acessível, coisa que nem UP TSI e nem Golf TSI são. Seu concorrente natural é o Suzuki Sport, mas esse é mais caro e mais fraco.

              • Eduardo R

                Vender pouco? Vai na concessionária e pede um pra ver, já ta em falta :/

          • Derek

            Eu acho excelente estarem fazendo isto. Eu vejo como um incentivo para trazerem mais motores turbo acessíveis ao Brasil.

      • vinicius

        Na verdade o TSI tem 20 kgfm a 2000 e poucos RPM e 130 cv, veja no youtube.

    • Marcus

      Cara, pior que isso é o de menos.

      • Ramom Alencar

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Tosca16

        UP TSI compacto pra quem ver O melhor pra quem ler o Car Blog .

      • Mr. Car

        up! com Boeing foi ótimo, he, he!

        • zekinha71

          Só não compararam com onibus espacial, porque a Nasa não liberou do museu.

        • Alligator

          Tem um vídeo de uma Lamborghini Huracan vs Sukhoi Su 27 Flanker

      • Ricardo

        KKKK Verdade. Esse Car Blog é hilário mesmo… é um site para fãs VW último nível. Fazem uns comparativos totalmente fora de base como você disse. E os comentários??? É um site para rir e se divertir…

    • Marco Schneider

      Meu Deus, que comparativo horrível, já comecei a ler a matéria com um pé atrás pois logo no começo ele diz que o motor do Sandero é o mesmo do Fluence (pqppppp). Sobre o câmbio, com certeza o câmbio do up! é melhor, mas cara, tenho um Sandero e é fácil de se acostumar com o câmbio dele, no meu primeiro mês com o carro eu as vezes errava na hora de engatar a quinta e as vezes parecia que engatava a primeira, mas estava na terceira. Mas isso somente no primeiro mês. Estou há 3 anos com o carro agora e não tenho o menor problema com o câmbio, nem quando (como diz a matéria) quero tocar de forma mais “esportiva”.

      • Tosca16

        cada site fala uma coisa; bom alguns sites falaram que esse bloco é o mesmo do Duster com reprogramação eletrônica aumentando a potência … o que eu posso afirmar é que são bons números, deve ser bem divertido guiar um destes por aí .

        • Fabio Marquez

          Esse motor é o mesmo do Duster (F4R), que é um motor diferente do usado no Sentra e Fluence.

          • Bruno Wendel Marcolino

            que era usado no Megane.

            • André

              E que era usado na Senic e no Laguna 2.0 e no R19 sedã 1.8.

              • Bruno Wendel Marcolino

                na Grand Scenic também, entre outros.

      • Nostress

        E que copiaram matéria da 4 patas . Na revista impressa não tem como mudar. Mas que copiou poderia ter tido mais cuidado.

    • Linkera

      Acho que a comparação deveria ser com Fiesta Sport, mesmo preço, só que o Fiesta Sport é muito mais carro…

      [ironic mode on]

      • Tosca16

        Visualmente eu gosto mais do Fiesta Sport, mas visual não faz 0 `a 100 kkkkkkk .

        • Vinicius

          Nem curva… kkkkkk

          • Filipo

            Nem freia..

            • Linkera

              E nem chega a 200km/h hahaha

              • Pablo

                Resumo, visual faz estilo ( e tem hora questionável )

    • Bruno Wendel Marcolino

      o maior problema do up! é ele só ter motor e cambio excelente e ser seguro. Nisso ele é imbatível, agora, não dá pra levar passageiros confortavelmente nem dentro do motor, nem no cambio e nem nas 5 estrelas do latin ncap, fora o valor do carro que é caro, mas isso todas são, enfim, tirando motor, cambio e segurança, o up deve em todo resto. Minha opinião.

      • Eduardo Gregório

        Motor, câmbio e segurança. No meu ponto de vista, nada mal para custar 13 mil a menos (ou um pouco a mais, dependendo da comparação) e ainda assim ter certa diversão.

        PS: Raramente ando com mais de três pessoas no carro.

        • Bruno Wendel Marcolino

          claro, concordo, se a proposta não for usar o carro andando lotado, certamente esses 13k são ótima economia e da até pra viajar pelo mundo com esse valor hehe.

        • Deadlock

          Na verdade, o UP, embora seja um bom produto, não concorre, em tese, com o Sandero RS (mas, só o mercado dirá). O RS é um esportivo de verdade, o UP TSI é um hatch compacto com desempenho acima da média.

      • Gustavo73

        Já tivemos matérias mostrando os preços do Up frente ao Palio e Uno e a diferença é irrisória. Com relação ao espaço interno, já que o espaço para o motor não interessa já que nem malas nem pessoas andam lá. Ele tem mais espaço que o Uno, Celta e Clio. E na mesma média da Palio Fire. Levando 285L no porta-malas. Queria saber aonde os outros da sua categoria(subcompactos) se destacam nesses outros quesitos.

        • Bruno Wendel Marcolino

          não o comparo só com a sua categoria, pois o preço dele atinge modelos de categorias “superiores”. Então o próprio Sandero entra na briga.

          Não estou dizendo que o up! é ruim ou pior que esse dinossauros que citou, inclusive nem me referia a eles pois os desconsidero em qualquer comparativo, inclusive, elejo ele o melhor hatch compacto do mercado devido a “só” ter segurança, motor e cambio, porém peca nos aspectos que citei. Enfim, minha opinião.

          • Gustavo73

            Entendo a sua opinião. Mas não acho nem de longe que o Up seja só isso que você falou. Mesmo que tenha sido o que mais foi oedido nos últimos anos quando se fala de carros populares. Seu espaço para a categoria está dentro do esperado. Considero o Sandero o ponto fora da curva, pois seu tamanho se aproxima do médios de um, duas gerações atrás. Mas mesmo na categoria acima o Ka tem ligeiramente mais espaço interno, mas perde na mala. Então vai depender do que se precisa, por exemplo mais espaço no banco traseiro para levar pessoas ou para levar mais mala. O Up leva 4 dentro do que a concorrência leva. Os velinhis que falei são os seus concorrentes diretos e tem preços semelhantes a diferença gura em mil reais, o que é pouco levando em consideração a diferença dos projetos.

            • LoganVB

              O problema das vendas do UP! Infelizmente eh a estética. Minha própria irmã eh uma culpada. Está de HB20 e vai pegar outro, mesmo eu implorando para que ao menos faça um teste no UP tsi. Motivo: muito feio. Eu gosto tanto de qualidade que acho ele bonito. Não que o HB20 seja ruim. Mas na questão engenharia o UP já mostrou que da um banho em todos.

              • Gustavo73

                Não acho que o desenho seja o maior problema do Up. Acho que a VWB cometeu dois grandes erros no seu lançamento. Apesar das qualidades que você também citou. Ao contrário do que muitos dizem o fato de ter o emblema da VW não torna as vendas uma maravilha. Já tivemos vários exemplos, a começar pelo Gol, passando pelo Polo, e Fox. Mas voltando aos erros, o primeiro foi a lista de equipamentos de série, que foi ajustada agora a partir da Move Up frente ao preço. A segunda foi a campanha de lançamento, focando no bonitinho e engraçadinho ao invés de destacar sua qualidades construtivas(segurança) , powertrain e espaço interno apesar do tamanho externo.
                Mas falando das vendas apesar de não vender o que a VWB queria. Ele não vende tão mal. O Up tem capacidade de produção de 120mil unidades ano. A VWB esperava vender até 100 mil unidades no Brasil e 20 mil no exterior. Segundo matéria da NA, em 14 meses foram produzidos 100 mil unidades das quais 80 mil foram vendidos no Brasil. O que dá 5700 unidades mês em média. Como ela esperava vender 100 mil unidades por ano, o que dá 8333 unidades mês nem vende tão mal assim. Acho que mais alguns ajustes e ele vende o esperado, o Move Up MSI deveria custar uns 37 mil reais. E as versões top ter mais equipamentos, esp/tc e mais dois Airbags por exemplo.

              • Gustavobrtt

                Só o fato de as revisões serem semestrais e a garantia menor no Up, já faz dele um carro inferior em termos de engenharia ao Hb20, com revisões anuais e garantia de 6 anos.

                • LoganVB

                  Sinceramente, este tipo de garantia da Hyundai é uma falácia. Você perde ela facilmente, e mesmo que esteja correto fazem de tudo para dizer que foi culpa do usuário, se falar nas revisões obrigatórios e custando muitoooo caro. Depois de 6 anos você simplesmente comprou um motor e um câmbio novo.

                  • Gustavobrtt

                    Não entendi o que você quis dizer.
                    Para manter a garantia, a quantidade de revisões de ambos os modelos é a mesma. A garantia do Up acaba antes.
                    Qual a vantagem do Up?

            • Bruno Wendel Marcolino

              cito exemplo o próprio Fox, que tem espaço interno excelente e o porta malas do tamanho do up!.

              Ao Fox só falta a segurança e motor turbo do up! para ser melhor em quase tudo. Mas continuo afirmando que o up! é a melhor opção do mercado, para quem não tem necessidade de espaço interno mais amplo ou não se preocupa com isso.

      • Tosca16

        Bom; Bom motor, excelente câmbio e segurança aprovada já são muito, ai ai se todos tivessem somente isso … mas o confortável é discutível, para proposta dele está bom; infelizmente os preços só começam a ser bons ao meu ver para as versões TSI, poderia ter mais equipamentos mas de um modo geral é o simplório basicão com o bônus da boa mecânica e segurança .

        • Deadlock

          Não acredito que há uma legião de defensores dessa montadora, que esfola seus clientes com opcionais por meio de pacotes caros e de preço fechado, revisões de 6 em 6 meses (só agora definiram o preço da mão-de-obra, parecia coisa de nobre e vassalo), pós-venda fraco (comprovado pela 4R), etc. Seus carros, embora tenham certa qualidade, parecem caros, claustrofóbicos. Tomara que as vendas dessa montadora continuem caindo, só assim para aprenderem a respeitar os consumidores. Isso parece explicar o sucesso da Fiat, que não tem os melhores produtos, mas estão na liderança. E japas e coreanos não estão para brincadeiras. O das auto que se cuide.

          • Tosca16

            estão caindo mas tem legiões de fãs, sobretudo alguns da imprensa …

            • Deadlock

              Fãs da imprensa é normal para quem está na pior….

    • Eduardo Gregório

      Não vejo porque não comparar.
      Se eu procuro um carro divertido e também para usar no dia a dia e tenho 50mil reais, vou no Up e economizo um pouco ou no Sandero gastando um pouco a mais?
      Ambos tem seus prós e seus contras, eu, sinceramente, iria de Up.

      • Tosca16

        me crucificaram por dizer que iam fazer comparativos; bem à comparativos e comparativos…

      • Nostress

        Fiz o TD no up tsi. Realmente é bom de acelerar, mas nada muito além de um HB20 1.6 ou fiesta 1.6. Me lembrou muito o Clio 1.6 16vv nas saídas.

    • Danillo Lopes

      quero ver o comparativo com o swift sport

      • Tosca16

        boa ideia …

      • Alligator

        tá pedindo D+, o 2° melhor carro no comparativo com Mini Cooper S, DS3 e 500 Abarth, somente atrás do Mini que custa bem+

      • Alligator

        mas adianto do 500 abarth leva de barbada

  • Guilherme

    NICEEEE! Gostaria de comprovar os números desse carrinho, parece ser beem interessante!!

  • Muito bonito por Sinal, não sei se vão me criticar, mas eu estava pensando, vocês não acham Gol, Sandero e Onix Meio parecidos, o HB20 é o único que se diferencia.

    • Totalmente fora do assunto, mas é uma coisa q eu tenho encucada kkkk

      • Bruno Wendel Marcolino

        Onix e gol sempre achei, agora, Sandero acho bem diferente dos dois citados.

        • Na traseira, consigo ver muitas semelhanças estéticas entre Gol, Onix, Sandero e Ka, mas em laterais e frontalmente as diferenças são bastante expressivas. Acho que a categoria de um modo geral é meio genérica de visual, com as exceções HB20, March, 208 e Fiesta.

          • exatamente, na traseira, são muito parecidos kkk

        • esses dias vi um sandero e falei, eita, um gol na rua, dai quando fui ver lateralmente é q notei, mas de todos acho o onix mais bonito msm.

  • fschulz84

    Aguardando ansiosamente uma avaliação do NA

  • Faltou a cor amarelo heheheh

    • Bruno Wendel Marcolino

      aham, ou laranja!!

  • cefaf

    Não gostei da suspensão rebaixada. De resto, está ótimo.

    • Gustavo73

      Um esportivo não seria diferente.

    • Vinicius

      Esportivo na essência e não somente com adesivos, requer uma suspensão retrabalhada diferenciando das outras versões do modelo.

    • Tosca16

      queria um Sandero “Cross” ? Até que não seria mau, um Sandero 2.0 mais alto e com opção de 4×4; ah já temos, se chama DUSTER rsrsrs.

      *me recurso a dizer que o Stepway tem alguma vocação para off-road .

      • Bruno Wendel Marcolino

        Stepway na verdade é o Duster de entrada!!!!

        • Tosca16

          seria um Duster sem melhorias…

          • Bruno Wendel Marcolino

            “melhorias” é uma palavra forte para a Duster….kkkkkk

            • Tosca16

              suspensão, freios e motorização sim; bem melhores, acabamento e isolamento acústico não .

              • Bruno Wendel Marcolino

                ai depende, acho a Duster inferior nesses itens perante seus concorrentes, na verdade, em si o Duster só não é pior que a Ecosport na minha opinião, analisando a categoria.

                • Tosca16

                  bom, eu já digo que o Duster dos pseudos é o melhor para o uso fora de estrada, claro comparando com os de sua faixa de preço… e o Renegade só considero as versões diesel, passando dos 100 mil reais . Mesmo o 4×2 do Duster não tem feito feio não, o 4×4 até que se pode usar claro respeitando as limitações do mesmo . Essa cara de “rustico” do Duster não é só ilusão; vejo isso nos fóruns de proprietários, o bichinho é razoavelmente bom .

                  • Bruno Wendel Marcolino

                    não é um carro ruim e concordo, no fora da estrada só perde para o Renegade Diesel, mas na minha opinião, essa categoria é para pessoas que querem carros altos, quem quer fora de estrada normalmente quer um 4×4 diesel…

    • Linkera

      A altura da suspensão é reduzida em carros com proposta esportiva por duas razões (e nehuma delas é estética):

      1 – Diminuir o centro de gravidade do carro: com isso o carro ganha – e muito – em estabilidade, pois quanto mais baixo for o centro de gravidade, mais “grudado” o carro fica no asfalto e maior a estabilidade.
      2 – Diminuir a rolagem da carroceria: com um curso da suspensão muito longo, o carro tende a rolar demais a carroceria numa curva de alta, perdendo, assim, tração nas rodas de dentro da curva. Com um curso menor da suspensão, suportado por reforços estruturais – que vão desde barras de estabilidade até um chassis próprio pra isso – o carro tende a ficar mais estável e seguro em curvas de alta pois as rodas de dentro tem maior contato com o asfalto.

      Então, concluo, que não dá para criar um carro esportivo com uma suspensão alta. Por isso vemos várias SUV V6 a venda no mercado com limitadores de 180km/h sendo que o motor aguentaria uns 230kmh brincando.

    • Eduardo Gregório

      Modelos AMG, Motorsport, SRT, Nismo, Abarth,STi ficaram tristes com o seu comentário.

  • Andre Studart

    Taí um brinquedo bacana.. 1100kg com 150cv e um câmbio manual, motor aspirado que só faz crescer e um projeto assinado pela RS. Esse carro deve ser uma beleza de se guiar

    • Lucas Mendanha

      e como o Clio RS na europa tambem usava o F4R, tem muita informação tecnica pra melhorar esses 150cv…

      :D

  • Vinicius

    Daqui a pouco dirão que é um Dacia, etc. Gostei muito do conjunto e dos equipamentos. Ficou bonito e com um preço que, face aos praticados hoje, é bem atraente. Para mim, faltou um teto solar. Mas isso não é defeito,só preferência.

    • Maycon Farias

      ata sei, então é oficial que ele deixou de ser Dacia e eu nem sabia.

      • Vinicius

        Bem, se você não entendeu minha ironia, pense mais um pouco. Ah, fica a dica: adoram dizer que Dacia = lixo romeno, etc.

        • Maycon Farias

          Não nao. kkkk não diria lixo jamais. Tem gente que exagera mesmo.

          • Vinicius

            Então, eu não disse que ele deixa de ser Dacia. Mas os haters virão. Aguarde! kkkkkkkkkkkkkk

    • Andre Studart

      Tomara que venda bem.. o sucesso desse carro e do up tsi é indispensável para que se comece a vir motores como ecoboost e pequenos turbinados, além de contribuir para o fim das versões pseudo-esportivas

      • Derek

        Mas este motor do Sandero é um aspirado..

        • BillyTheKid

          Ainda assim, melhor um Sandero 2.0 aspirado do que os “superesportivos” HB20 Spicy 1.0, Onix Effect 1.4 e cia.

        • Andre Studart

          Justamente, fazendo sucesso, é mais um pra ajudar contra os ”pseudo-esportivos”, visto que é uma versão realmente diferenciada

    • Gustavogm

      Ficou bom, mas bem que poderiam deixar mais completo adicionado airbags laterais e de cortina.

  • Freaky Boss

    Tá aí um carrinho apimentado (e cuja preparação não consiste apenas de faixas) para quem não pode pagar por algo mais caro.
    Interessante.

  • Gran RS 78

    Ficou muito interessante esse Sandero, ainda mais se formos analisar a baixa quantidade de esportivos ” acessiveis” em nosso mercado. Seria bem interessante um comparativo do Punto T-jet contra o Sandero Rs.

  • Darlon Anacleto

    Já perdi faz tempo a noção de caro e barato em, se tratando de carro. Mas pelo tamanho do carro e pela diferença em relação à versão Dynamique, parece competitivo, não?

    • Fábio

      Comparando algo caro com outro igualmente caro, é competitivo.

      Mas com 58 mil encontra-se na mesma marca o fluence gt 2012 pouco rodado e com muito mais acessórios. E é muito mais carro.

      • Gustavobrtt

        só que aí de cara você vai encostar numa oficina para trocar pneus, pastilhas, disco, amortecedores, coxins, eventualmente correias, velas, óleo, filtros, eventualmente óleo do câmbio automático, etc Resultado: vc vai gastar mais no gt2012, que seria suficiente para pegar algum outro 0km superior ao Sandero.

        • Fábio

          A maioria das peças do fluence GT são as mesmas do 2.0 comum, a Prìvilege. Com exceção a algumas peças preparadas para suportar o turbo. Essas são mais caras mesmo, é verdade. Mas nessas peças específicas elas não chegam a custar o dobro das comuns. Se vc acha que esse adicional é suficiente para comprar um carro novo, acho que vc não entende muito de mecânica.

          A diferença na manutenção seria similar a que existe hoje entre o fluence e o sandero ambos nas versões comuns.

  • Hugo Cavalcante Silva

    Tah aí, gostei! Carrinho tem cara de ser esperto! Vamos esperar os testes!

  • Elano Carvalho

    Gostei pra caramba desses modos selecionáveis e avisos. Quanto a segurança, creio estar boa, sentindo falta apenas de mais airbags. Tem até auxílio para partido em rampa. Como já disse anteriormente, estarei na fila por um. Tenho só que convencer a mulher.

  • Diego

    E tudo isso para andar a 50km na marginal.. kkkkkk.. que dó!

    • GDG

      São Paulo não é feita de Marginais amigo. Se quiser pisar, tem a Bandeirantes que é um tapete e se quiser se divertir nas curvas, tem a Estrada dos Romeiros em Itu, que é lotada de curvas e vazia. Agora, se o cara compra um hot hatch pra pegar Marginal e andar no dia a dia, eu tenho é dó dele.

      • Gustavobrtt

        SP não é só a cidade de SP. Tem ainda mais 700~800km em rodovias duplicadas até chegar no MS.

  • Louis

    Gostei do desenho das rodas, mas achei que o preto disfarça a beleza. Acho que ficaria melhor aquele cinza, um pouco mais escurecido que o padrão. Este parachoque com Led diurno fez toda diferença.

  • LoganVB

    Como já disse antes: Depois da tecnologia dos Downsing, com motores pequenos e turbo (potência, torque e economia), não engulo mais este tipo de motorização.

  • Vanderley Almeida

    Carrinho realmente interessante esse!

  • Fábio

    Gostei do carro. Pena que o preço “a partir de” já está bem salgado. Como todos lançamentos de carros no Brasil.

    Boa compra agora é carro usado de 2 a 3 anos de uso e em bom estado é claro.

    • Tosca16

      pela mecânica e acerto dinâmico tá bom até; bem, melhor quê isso é pedir muito no Brasil; só o acabamento DACIA permaneceu DACIA infelizmente, no fundo mesmo com as melhorias não deixa de ser um Romeno legítimo .

      • Fábio

        Completando: por esse valor vc encontra Fluence GT 2012 (turbo da moda antiga) que é muito mais carro, até xenon de série possui.

        • Tosca16

          custo de manutenção compensa ?

          • Edson Fernandes

            Sem duvida será mais cara.

            E te digo na pratica pq estou vendo os custos para manter um Fluence.Um modelo ainda esportivo? Lembrando que o Fluence tem também alterações no tamanho de discos de freios (traseiro e dianteiro), ele possui uma barra estabilizadora adicional na traseira do modelo GT e a suspensão é reforçada, além de ser voltada a esportivdade.

            Um pneu aro 17″ da versão GT custa R$700. (contra R$620 da versão civil).

            Vai ter sim mais custo. E também… vai da opção do fregues… pq apesar da potencia superior do motor do Fluence, para que vc se divirta pra valer (não que o orignal não seja) vc tem que fazer alterações até para desligar o ESP que é bastante intromissor.

            E também… ele original anda praticamente igual considerando apenas 0-100.

            • Bruno Wendel Marcolino

              Esqueceu de citar o seguro, que do Sandero esportivo já vai ser caro, imagina do Fluence esportivo…

              • Edson Fernandes

                Bem para mim… oFluence GT fica em R$3500… ao contrario dos R$2000 da versão civil…rs(e topo de linha com direito a xenon e teto)

                • Bruno Wendel Marcolino

                  o loco, 2000 pago no meu PUG 207 XR Sport(de “sport” não tem nada)…

                  Mas 3.500 todo ano tem que ganhar bem ein!!! kkkk

                  • Edson Fernandes

                    Então, o meu C3 também é por esse valor. E agora pensando em um médio desse valor? Incrivel…rs

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      é uma mafia essas seguradoras, não tem explicação.

                    • Edson Fernandes

                      Eu acho um absurdo. Como pode uma diferença brutal entre elas? absurdo.

            • Gustavobrtt

              O cara pega um esportivo usado de 2012, de cara vai ter que encostar numa oficina para trocar pneus, pastilhas, disco, amortecedores, coxins, eventualmente correias, velas, óleo, filtros, eventualmente óleo do câmbio automático, etc Resultado: vai gastar mais no gt2012, que seria suficiente para pegar algum outro 0km superior até ao Sandero.

              • Edson Fernandes

                Tudo depende do quanto foi rodado e como foi rodado. Porém dizendo de custos, terá uma boa diferença de preço para cima do Fluence.

            • Fábio

              Eu ando em um GT. É muito diferente da versão comum. Vc sente no volante. É claro que para ter mais agressividade vc tem que desligar o ESP e os controles de tração. Isso ocorre com os outros carros que tem essas funcionalidade tb. Ando em um cruze bem pacato com ESP ligado, e nervoso com ele desligado.
              No fluence gt já disputei com Civic Si. Ele me levou mas foi por pouco, muito mais por medo meu em não apertar mais em rua apertada.

          • Fábio

            O custo de manutenção é maior. Mas considerando a depreciação que o novo tem após vc tira-lo da css, acho que ele acaba anulando esse custo maior do fluence, pensando em perda financeira.

        • Bruno Wendel Marcolino

          ai voltamos a velha história de seminovo x 0km…

          • Fábio

            Correto. Mas meu foco na discussão é voltado nos preços que acho muito caros.

            • Bruno Wendel Marcolino

              Sim, isso sim, mas de qualquer forma, se analisar, o seminovo também é caro.

  • Tosca16

    Sinceramente eu queria ver um carro destes movido somente à ETANOL; como seria o desempenho deste motor se fosse preparado somente para o combustível da cana de açúcar… Bom, não duvido que além de melhores resultados o mesmo obtivesse um consumo até melhor, não duvido isso … Eu sempre fui contrário aos Flex, acho que poderíamos economizar mais com veículos monofuel de maior eficiência; queria muito ver um motor movido à álcool moderno e eficiente .

    • Derek

      No caminho que o governo está, querendo aumentar a CIDE, as chances aumentam…

      • Tosca16

        já pensou um Turbo Etanol ?

    • Poperon

      Mas abastecer somente com Etanol não causa o ressecamento dos bicos injetores?

      • Tosca16

        eu estou dizendo um motor novo, preparado somente para o combustível da cana de açúcar; garanto que tais problemas são recorrentes ainda hoje por que queremos usar dois combustíveis; perdão, um combustível e a mistura de dois outros , 27% de álcool não posso chamar de gasolina .

  • Fabricio Guassaloca

    Comparativos à parte. O Sandero foi concebido para ser uma carro de baixo custo pela Dácia. Bem minha questão é o quanto ele foi retrabalhado para absorver o motor 2.0……digo nas absorções de impactos e torções em geral. Acho muito boa a iniciativa de se adotar motores de maior cv em carros esportivos porém a que custo 58 mil é muito dinheiro para um carro de baixo custo, salva o motor que não sou familiarizado.

    • Tosca16

      Bom a Renault tem seriedade ao menos com as linhas RS; ví dizer que esse é o primeiro RS feito fora da França, e será exportado a diversos países. Tiveram um trabalho árduo na adaptação e melhoria sobretudo na suspensão, freios e nesse bloco 2.0 que o equipa; mas a mesma publicação que falou isso ainda criticou o acabamento, ainda é um Dacia.

      • Load

        É exatamente o que eu penso, acho muito legal o trabalho que foi feito pra deixar o carro com uma cara mais esportiva. Mas ” eu ” jamais pagaria este valor pra ter um carro com uma pegada mais esportiva e um acabamento de um carro popular. A grau de comparação, o punto T-jet vejo como uma melhor opção (Mesmo sabendo que por ser FIAT a negociação aqui em SP por ser um carro de pouca saída chegaria nos 58mil do RS )

      • The Canadian

        Será que vão vender na Europa ocidental? Dacia sandero rs, claro que de fábrica com no mínimo 4 airbags, sopa de letrinhas e 4 estrelas no euro ncap.

        • Tosca16

          falaram em México, Argentina, Brasil e demais países do mercosul … Acho que na Europa ocidental DACIA é baixo custo, não esportivos … vão ter RS mas legítimos Renault .

        • Gustavo73

          Foi aventada a possibilidade. Mas lá ele usaria um motor turbo injetado.

        • Fabio Marquez

          Ele será vedido com motor Tce por lá, possivelmente o 1.2 do Clio, que rende em torno de 120cv e 18 kgfm.

      • Fabricio Guassaloca

        Bem isso que pensei ainda é Dácia…tive um Sandero logo quando lançou 2008, bem a lata dele era igual a papel…sofri uma pequena colisão do qual o metal não amaçou mas sim se rasgou….vi que a estrutura em geral torcia muito (rolava), não sei mas perdi a confiança.

        • O Sandero facelift de 2011 já havia recebido uma grande evolução na qualidade dos materiais ante o 2008, a nova geração atual já não é tão baixo custo assim, vide os preços até mesmo em Portugal, bastante equivalentes com os preços daqui na conversão direta. O carro tem maior rigidez e materiais mais resistentes.

          Outrossim, na Europa os carros são feitos para desmancharem ao bater, mas em pontos certos, pois assim a lataria serve de proteção para impactos, absorvendo parte dele, ajudando a preservar o cockpit integro.
          Uma pena pra mim foi ele ter deixado de usar o motor 1.6 16v, para agradar os amantes do Gol e seu confiável 8v.

    • Bruno Wendel Marcolino

      assim como 75k é caro para uma Spacefox e Spin, que também são carros de baixo custo e por ai vai, nem vou citar mais modelos pois é ridículo a quantidade de carros absurdamente caros.

  • Paulo Henrique

    Esses carros que focam a velocidade precisa ESP já o Corolla que prioriza o conforto não precisa

    • leaozin

      #creiemdeuspai

    • Tosca16

      Corolla é um carro que não precisa de nada, nem de compradores .

    • Gustavo73

      Verdade mais só no huezil, pois nos países sérios com consumidores que entendem o que é e para que serve um ESP é item de série. Mas ano que vem vira de série e aí fica algo importante.

      • Paulo Henrique

        Pode dizer que o Corolla é um carro de Luxo, maioria dos compradores de Audi, BMW e Mercedes tem um Corolla na garagem.

        • Bruno Wendel Marcolino

          aham, é regra, o cara vai na Audi comprar um A1 e sai com um Corolla de brinde. ¬¬

        • Tosca16

          pra não dizerem que eu sou contra a Toyota eu digo assim; ideal para 2° dono, por que vc não paga o absurdo que seria 0KM e tem as qualidades mecânicas reconhecidas por todos; concordo com o Canal High Torque; amortecedor estourado, vazamentos crônicos e coisas do tipo se vc quer se livrar ao menos em carros com baixíssima quilometragem vai nos japoneses da Toyota e Honda… Agora concordo que vc paga mais caro para ter o mínimo que todas deveriam oferecer, mas infelizmente é assim que as coisas andam por aqui .

          • Paulo Henrique

            Posso dizer que os clientes do Corolla estão 99% satisfeito não chega a 100% por querer um mais novo

          • Edson Fernandes

            Pera não entendi.

            Amortecedor estourado e vazamentos cronicos acontecem em outras marcas?

            Cara… é fato que tais modelos tem robusteza mecanica, mas não vamos colocar o que não existe. Há os carros problematicos de qualquer empresa. Isso nem se discute. A grande questão é que vc vê Linea quebrado por ai? Ve Fluence? Ve Sentra? Ve Jetta?

            Então Tosca, apesar desses japoneses terem sim qualidade, não cria desmerito com os demais. O diferencial das duas marcas é atendimento e como para muita gente eles procuram resolver. Nisso eu te digo que há sim um mundo de diferença principalmente em SP.

            Mas não posso concordar com robustez pq os médios em questão são carros robustos.

            • Tosca16

              infelizmente eu analisando os vídeos e junto a colegas meus que são mecânicos tenho que dizer que alguns componentes usados em marcas como Toyota e Honda são sim de maior qualidade; bem tudo há um custo e nem sempre se paga o justo por esse pouco à mais… Claro que os que vc citou já tem melhor qualidade; agora motores como os Fire, E-TorQ e tantos outros tem problemas crônicos de vazamento e são de conhecimento geral; salvo as exceções . Bom concordo contigo sim, mas tenho que concordar com meus colegas mecânicos, e esse canal que citei mostra bem o desgaste de peças e a manutenção destes.

              • Edson Fernandes

                Ok… entendi.

                Mas a forma que vc descreveu, é que vc colocou que tais sedans de tais marcas são superiores aos seus rivais nesse aspecto. Podemos citar vários exemplos de carro igualmente robustos e silenciosos com o tempo também… e é por isso que defendo a racionalidade.

                Porque essas marcas tem sim um otimo produto, mas eles comparando com seus rivais diretos (e reais) não devem em NADA para tais produtos.

                Um Cruze ode ter espaço reduzido interno, mas motor, cambio, comportamneto dinamico, ruidos… é de igual com esses. Pode dizer de desempenho… ok… mas colocar numa generalização que eles são superiores, eu já posso discordar porque hoje os concorrentes são tão bons quanto.

                • Tosca16

                  concordo contigo sim…

        • Gustavo73

          Você trabalha com política? Falei sobre uma coisa e você respondeu outra mais dem pé nem cabeça que o primeiro comentário.

    • Bruno Wendel Marcolino

      troféu joinha de melhor comentário do ano!!!

    • Mauricio

      Humm, tá bom. Pelo menos sei de alguém que concorda contigo rrss

      • Nostress

        Kkkk fala isso para o dono do corolla 2015 que rodou atrás de mim quando passou numa lâmina de água…. Eu com meu ESP piscando mas passamos sem maiores sustos. Parei para ajudar e o cara tava azul, roxo, verde…. Se cagou (literalmente) de susto. Carro sem ESP? Nunca mais.

  • Paulo Henrique

    60 mil num popular é isso mesmo produção??

    • Z.CoroNeL

      Roda 17, ESP, 0-100 8 segundos… um popular .. realmente…

      Me manda o LINK desse popular por favor?

      • Paulo Henrique

        Não deixa de ser popular

    • Junior

      O que fico mais puto, é que o Golf highline Alemão chegou a dois anos atrás por 67990, agora esse popularzinho está quase o mesmo preço. Eita inflação!

      • Arthur Lima

        Força mais um pouco que ainda está fraco.
        9 MIL REAIS de diferença é quase o mesmo preço? E isso ainda comparando o preço atual de um com o preço de outro há 2 anos atrás.

        • Fábio

          Nesses dois anos tivemos aí por baixo 16% de inflação, o que muda bastante o valor.

    • Fábio

      Não existe mais carro popular. O termo foi ajustado para modelo “de entrada”. É o caso do Palio Fire comparado ao Palio comum. Não podemos dizer que o Palio Fire é popular pq custa 28 mil e algo nesse valor não pode ser popular.

      Esse sandero não é o de entrada, é tipo como o top da linha (sandero).

  • EuMeSmObYmYsElF

    “O hatch esportivo da marca francesa chega com o diferencial de apesar um motor potente em um carro compacto, traduzindo-se em melhor performance.”

    • CorsarioViajante

      Também vi…

  • Tosca16

    Bom, agora só falta a GM mandar o ONIX com motor de Cruze !

  • Zé Mundico

    Só quero saber quem vai ser doido de andar a 200 kmh num Sandero, que tem pouca segurança. Eu acho que é muito motor para pouco carro.

    • Douglas Lopes Gomes

      Concordo com a preocupação, mas devemos reconhecer o esforço da Renault Sport em ter feito os vários ajustes no carro (acerto de suspensão, pneus largos, freios a disco traseiros, discos de freios maiores na frente) e ter incluído mais equipamentos de segurança (controles de tração e estabilidade), fazendo jus à proposta do carro.

  • Arthur Lima

    Só acho que deveria ter mais cores disponíveis, nem que fosse como opcional.
    Um azul Le Mans ficaria excelente neste carro.

  • Diego Ávila Monteiro

    Custava fazer um painel emborrachado???!!!
    Tomara que venda muito pra afundar o Golf 1.6 !!

    • danlaradd .

      Custava.

  • Fábio Alisson

    Parabéns Renault. Finalmente um compacto com mecânica diferenciada das outras versões e que não resume esportividade em adesivos.

  • Daniel dos Santos

    Continua sendo um Sandero…um carro popular

  • Félix

    Pela primeira vez estou muito curioso em andar num Sandero. Não sei se compraria, mas pelas notícia o carro ficou bom de chão.

  • Ricardo

    Eu duvido que faz 8s de 0 a 100!

  • Franklin Diego

    Sei que não é a proposta do carro, mas quero ver como vai ficar o consumo dele em velocidades normais de tráfego na estrada – média de 100-110km/h – e dentro da cidade.
    Se chegar a fazer uns 8-9 na cidade e 14 na estrada (com gasolina, é claro), vai ficar sensacional. Tomara que seja algo assim!

  • Bittencourt

    Rapaz, levando em consideração que um Onix completo chega a esse preço, pelo que o RS oferece, não achei caro não.

  • Pedro Cunha

    Toda essa cavalaria e só chega em 202km/h?
    Será resultado de relações de marcha e limite de giros do motor ou puramente um “limite modesto”?
    Apesar do carro como um “conjunto” prometer um desempenho “esportivo” em arrancada, retomada e dinâmica, acho velocidade final uma marca á ser firmada por um esportivo, ainda mais no caso desse Sandero, tão badalado e aguardado.

    • Guilhe

      Parace que o câmbio teve as relações encurtadas mesmo.

      • Pedro Cunha

        …bela k-h-ada da Dacia, se realmente for isso! Esse motor tem torque e potência suficientes pra bem mais.

  • Deadlock

    Esse é um esportivo de verdade, da velha escola, sem turbo e manual. É o único nessa faixa de preço. Tem o Suzuki Sport, mas este é mais caro e mais fraco.

  • Zazula

    Faltou Teto solar e Xenon…mas eu gostei…Bem Equipado…

    • Arthur Lima

      Pelo preço 59k acho que traz itens compatíveis. Se tivesse teto, xenon, couro, 6AB, etc, o preço subiria demais e mataria a proposta do carro.

  • Guilhe

    Tomare que que no modo sport + realmente corte totalmente as babas eletrônicas, pois no fluence GT mesmo desligando o esp e o controle de tração os mesmos continuam ativos ainda longe do limite do carro.

  • Valdemir Souza

    É um belo produto, se fosse mais próximo dos 50k seria um preço mais justo. Só não curti os adesivos laterais.

  • CorsarioViajante

    Muito legal, um carro certamente rápido que não custa um absurdo para comprar e acho que nem para manter, e ainda tem bastante espaço, sendo versátil. Só não pode entrar na dancinha dos aumentos mensais…

  • Derek

    Não sou um entendido de carros esportivos (nem de carros em geral, rs), mas este Sandero não me empolga. De um lado, é legal este esforço da Renault em trazer um carro “esportivo” e ajudar espalhar este conceito aqui no Huezil. Mas por outro lado, em tempos de motores turbo, como o TSI e THP, trazer um 2.0 aspirado e colocar dentro de um carro pequeno com pedigree de carro de entrada?

    Como disse, eu não me empolgo. Talvez seja muito cedo para falar, mas eu não consigo chamar de esportivo um 2.0 com acabamento de carro de entrada. Como já disseram, daqui a pouco vão colocar o motor 1.8 do Cruze no Onix e fazer uma versão esportiva do Onix. Aí não quero ver ninguém reclamando, rs.

    • Gio

      Se colocasse o 1.8 do Cruze no Onix acoplado a um câmbio manual 6M ou Automatizado Dupla Embreagem, e além disto fizessem melhorias em freios, suspensão, acabamento, etc., não vejo porque não poderia se chamado de esportivo, seria um hatch bem interessante.

    • dogmarley

      então pra vc carro SPORT é so os turbinados ?

      • Derek

        Hoje em dia, com a tecnologia disponível, sendo possível fazer carros potentes e mais econômicos (turbo e injeção direta), fazer um carro 2.0 aspirado e chamar de Sport me parece um carro fora do seu tempo. Talvez os mais nostálgicos gostem. De fato, ele deve andar bastante e a Renault fez vários acertos para isto ocorrer, mas eu não me animei.

        • dogmarley

          sem querer ser rude, juro!
          mas seu conceito de carro esportivo me pareceu pré-moldado. corrija-me se estiver errado.
          há diversos tipos de esportivos, cupês e sedãns; com diversas motorizações desde 1.0 até os vw16. o que importa é se divertir dentro da sua proposta. seja num miata ou num veyron.
          limitar-se a turbo e injeção direta num bloco de 2000 clindradas para classificar um esportivo, pra mim, é mt pré-moldado

          • Derek

            Estaria mais para moderno do que pré-moldado.

            • dogmarley

              motor moderno é mt bom
              adoro tb
              mas a velha escola é mt boa tb

              assim acontece com o design, etc

      • Fábio

        Carro esporte é conjunto. Visual e mecânico.

        • dogmarley

          isso o Sandero RS tem!
          ou são Punto Sporting/NFiesta Sport quem têm ??

    • Fábio

      Sobre seu exemplo do cruze e onix, a chevrolet já fez isso em uma versão conceito do onix (chamada Onix Track Day) em 2014. Ela só não colocou com produção em série na fabrica como fez a renault;

      • Derek

        Caramba, ficou bem legal o visual.

        • Markus

          Eu também curti!
          Esse arefólio parece dos carros de Rally (Fiesta, Peugeot). também achei os bancos bem interessantes.
          Será que a potência é a mesma do Cruze, 144cvs? Dá pra ver que o filtro utilizado foi um modelo esportivo (Provável K&N)

  • ARENANB

    Pois esse é o primeiro Renault que me soa interessante e o preço, A NÍVEL DE BRASIL, é bem razoável.

  • Thiago Porto

    meio decepcionante esse Motor e seus atributos, só lembrar que o famoso “MONZATEC” que equipava até recentemente os Astras 8v, tinha números muito semelhantes. Perdia um pouco no 0 a 100 km/h mas em compensação chegava a 210km/h.
    E estamos falando de um motor “velho e beberrão”.
    Aí que saudades do meu Astra.

    • Mauricio

      Tenho um Astra 2006 e continuo MUITO fã do carro, mesmo beberrão.

      • Markus

        o meu Astra é 2011 e não acho beberrão! Faço boas médias (14 km/l a gasolina na estrada andando até 120 km/h e 10 km/l nas mesmas condições a etanol)

        • Mauricio

          Então Markus, na verdade também não acho que o astra seja beberrão. Só entrei na onda do comentario anterior e usei a mesma designação. E é bem por aí mesmo com relação a média de consumo do carro. Apesar de o meu não ter computador de bordo, as “médias” que calculei se encaixam na sua descrição. E, apesar de ser um carro defasado em tecnologia, continuo achando o design dele muito mais bonito que de vários modelos mais “modernos”.

    • Markus

      Ele não tem um resultado tão positivo no Cruze em função do seu grande peso (1430 kg). Gostaria de ver esse motor no Astra, que possui 1180 kg.

      • Thiago Porto

        Mas o motor do Cruze é o 1.8 Ecotec, todo de aluminio e com 16 valvulas que salve eu esteja enganado, é evolução do 1.6 16v que equipava os Corsinhas GSI na decada de 90.
        O “MONZATEC” que como o apelido diz, vem desde a epoca dos Monza tinha bloco de Aço e rendia só 120 cv, o problema ( ou vantagem) era o Torque.
        Cavalaria a RPMs muito elevados só é bom e vantajoso para quem esta em pista de competição, o que não é o caso de nenhum de nós.

  • dogmarley

    hahahaha rachando o bico dos que criticam!!!

    PARABÉNS RENAULT!

  • Kenedy

    Tomara que venda bem, gostei do carro e seus apetrechos
    E deve ser divertidíssimo, leve e com um motor de 150cv, isso sem contar que o interior ficou bacana para carro na sua faixa de preço.
    Agora o povo anda tão eufórico com o UP! Tsi
    Ou o povo desse blog sofre de naniquismo ou nunca entraram em um.
    Então logo adianto, não existe a menor possibilidade de uma pessoa com mais de 1.75 andar no banco de trás, ou seja ele é um carro praticamente para crianças no banco traseiro.
    Nem citarei o problema de usar pneus tão finos que parecem de bicicleta de corrida por que isso pode ser corrigido/trocado.
    Mas o fato dele não caber um adulto atrás não.

    • Lemming®

      De onde você tirou que não cabe adulto no banco de trás? Talvez com motorista de uns 150kgs na frente?
      Não só cabe como tem espaço. Não muito mas tem…o que não dá são 3 atrás mas convenhamos que não foi criado para isso…
      Não tenho nenhum problema com os pneus 175/70/14. Qual o problema? Pode esclarecer?

      • Kenedy

        Da onde eu tirei ? sentando no banco de trás enquanto meu pai estava na frente fazendo um TD.

        A propósito, meu pai tem 1.80 e 78kg e eu tenho 1.84 e 88kg
        E tive que ficar de lado, MUITO APERTADO !
        Não é carro para 3 adultos andarem, no máximo 2 com criança atrás.
        Isso ficou claro quando eu entrei no veículo

        • Lemming®

          Bem. Posso dizer que só acontece isso se quem está no banco da frente empurra o banco no máximo para trás.
          Considerando que é compacto não há milagre. 1.85 na frente com regulagem normal. 1.73 atrás. Sem problema. Não é um Versa mas posso dizer que não preciso ficar “de lado”.
          Lembrando que o Up! é um compacto ou subcompacto dependendo de como encara.

          • Kenedy

            diria subminicompacto com banco traseiro para anões.
            Mas tirando isso o motorzinho 1.0 é bem interessante e surpreende

  • Leonardo Seixas

    Na minha humilde opinião para ser considerado esportivo teria que ter ainda freio a disco nas quatro rodas e suspensão traseira multilink ou independente. Por 58 mil acho muito caro e acho que o arranjo dessa suspensão com o motor grande não vai ficar bom.

  • Ederson Lima

    Poderiam ter investido num motor 1.6 turbo ao invés desse 2.0. Deve beber que tem gambá kkkk

  • Paulo

    Só a título de curiosidade um Gol 1.6 Highline completo sai no configurador da VW 59.817,00. Eu acho que esse Sandero com todos seu atributos está com um custo benefício muito bom diante da concorrêcia (que não é o UP!).

    • Chimitszu

      O pessoal faz comparativos absurdos.
      Comparam o Sandero com o UP! Comparavam motor turbo com aspirado. (Golf x Focus)
      Mas quando aparece uma boa iniciativa, como este Sandero RS, preferem detonar o carro ao invés de comparar com o Golf ou Focus.
      Ou alguém acha que vão comparar o 0 à 100 com o Deus Golf???
      Ironias à parte, é uma ótima iniciativa. Parabéns à Renault.

  • Eduardo H.

    Esses adesivo de Uno Sporting na lateral são feios demais, e o interior capado é de se chorar, mas 0 a 100 em 8,0s é beem interessante! Se tem quem pague 40 mil em Up TSI, vai ter quem pague 60 mil neste Sandero aí sim, com certeza! Tomara que venda bem, assim outras montadoras farão o mesmo! Será que vem ele amarelo?