Renault Twizy chega ao Canadá e marca retorno francês à América do Norte

21/03/2016

renault-twizy-21

Após quase 30 anos, a Renault está de volta ao continente norte-americano, mas ainda não é nos EUA e sim no Canadá. O Twizy chega ao país do extremo norte com proposta de ser uma alternativa elétrica e de baixa velocidade.

Chamado Twizy 40, o modelo biposto pode rodar até 40 km/h. Isso permite que pessoas sem habilitação ou maiores de 16 anos possam conduzir esse veículo sem licença. A última vez que a Renault emplacou um carro no Canadá foi em 1991.

Agora, espera-se que a próxima marca francesa seja a DS, cuja PSA já está preparando o terreno para o retorno do grupo aos EUA, mas com uma marca premium. Isso deve acontecer por volta de 2020.

[Fonte: Auto Plus]













  • Caio

    Daqui uns dias sigo o passo desse Renault e desembarco no Canadá tambem

    • Alvaro Guatura

      Ah como eu queria…

      • Caio

        Ahahahaha daqui uns dias vai ser pra visitar, em definitivo é daqui 2 anos, bora lá, meu caro, junta grana e corre atrás, todo sonho é possível.

        • Alvaro Guatura

          Se fosse apenas questão de dinheiro.. duro é conseguir a documentação necessária e um emprego lá

  • Marcus Vinicius

    PSA acelera a chegada da DS no Canadá !

  • Diego Lip

    Isso é muito bom! Tomara que faça sucesso por lá.

  • Louis

    Esse carrinho é muito bacana, só podiam aumentar a velocidade para pelo menos 60km/h.

    • ViniciusVS

      Tem vídeos dele chegando a 80km/h

      • th!nk.t4nk

        Onde moro tem bastante desse carrinho. No geral não dá pra considerar como “carro”, pra ser bem sincero, e não tem lógica querer andar a mais de 40 km/h nele também (IMHO). Ele é feito pra andar no centro das cidades européias, onde o limite geralmente é esse mesmo (não confundir com as vias rápidas que há sempre no entorno do centro). Mas é um brinquedo. Ele não se justifica, já que você pode simplesmente pular num tram e chegar ao seu destino de forma até mais cômoda. O Twizy é mais uma experiência do que um transporte de fato. Ele não tem segurança pra andar rápido, não foi pensado pra isso.

  • ViniciusVS

    Adoraria esse carrinho aqui no Brasil, claro que com algumas adaptações como porta convencional com vidro e nem precisa ser elétrico, um motor de moto 150/200 acho que seria o suficiente para ele e seria fácil de abastecer e manter. a autonomia também não seria ruim além do conjunto conseguir empurrar o carrinho. Motor e transmissão da Honda PCX por exemplo é o suficiente.

  • FerSaccon

    MSRP will start around $17,000 before government incentive. 40 km/h de velocidade máxima e 100 km de autonomia. Pronto, nem desembarcou e já está de malas prontas para ir embora.

  • oscar.fr

    Dentre os franceses, os Renault são os mais fáceis de serem vistos até hoje em circulação no Canadá. A grande maioria deles foi restaurada e é conservada por colecionadores, enquanto outros circulam sem grandes trabalhos de restauração. Cruzava seguidamente por uma perua Renault que deveria ser a geração precedente a 21 que tivemos nos primórdios da operação da Renault no Brasil, que circulava em estado bastante ruim nas ruas de Montreal. A figurinha mais fácil de ver é o Renault Alliance que fez grande sucesso no Canadá Francês, seguem fotos de alguns flagras de Alliance que fiz nos últimos anos na minha constante andança entre o Brasil e o Quebec. Fora o Alliance, o Renault 5 e o Citroën 2CV de colecionador são vistos com facilidade.

    • T1000

      lanterna de Voyage da década de 90 :-)

  • Marco

    México é na América do Norte e a Renault está presente naquele país.
    Não dissemine informação errada NA.

  • Alvaro Guatura

    Vou ler sim, com certeza. A principio, dei uma rapida olhada, duro é pagar 2 anos de estudo no exterior.
    Mas vou ler com calma, obrigado!