_Destaque Longform Manutenção Mercado

Roda de aço ou liga leve?

HYUNDAI_HB20 RSPEC_2016_DETALHES_FREIO RODA_25486

Alguns dizem que é melhor ter roda de aço no carro por conta da buraqueira e raspadas nas guias. Outros falam que o melhor é a liga leve, por ser mais bonita. Mas a realidade é que a maioria prefere mesmo as rodas de liga leve, especialmente aquelas com visual mais esportivo e tamanho maior que o original do carro.

Nas lojas de acessórios, as rodas perdem apenas para os sistemas de áudio. Desde os carros mais antigos aos mais recentes, a cobiça pela roda de liga leve mais bonita atrai muitos olhares e mexe com o bolso de muita gente.

onix-prisma-joy-impressões-NA (15)

Ainda assim, existe uma grande parcela dos consumidores que não liga para a roda de liga leve ou prefere as tradicionais rodas de aço, contanto que tenham calotas. Mas, em realidade, o que difere nos dois tipos de rodas é peso, estética e custo.

No tocante à resistência, ambas passam pelos mesmos testes para homologação. Estes testam começam no laboratório, onde os modelos são submetidos a provas de choque térmico, salinidade e agentes químicos. No campo de provas, testes de impacto fazem a roda subir e descer guia, ralar e cair em valas, simulando várias situações e parâmetros de velocidade, ângulo e calibragem.

novo-honda-civic-2017-NA (249)

Liga leve

As rodas de liga leve apresentam em média 15% menos peso que as de aço estampado. Elas contribuem para redução do peso não suspenso, aquele que não é apoiado na suspensão. Com o tempo, esse tipo de roda prejudica menos a suspensão.

No entanto, por ser mais leve, ela apresenta um ganho muito pequeno em termos de consumo e não vai alterar a performance do carro por conta disso. Apenas rodas maiores, geralmente introduzidas em carros esportivos, utilitários esportivos ou modelos de luxo, apresentam maior redução de peso em comparação com o aço e permitem melhor eficiência e desempenho. Por utilizarem ligas mais nobres, seu peso chega a ser 50% menor.

range-rover-sport-sdv8-avaliação-NA (15)

Outra vantagem da roda de liga leve é o visual. O desenho poder ser moldado de várias formas e estilos, graças ao processo de fundição, onde o metal é aquecimento e então preenche as placas do molde com o desenho escolhido. Mesmo com um volume maior, esse tipo de roda fica mais leve que uma equivalente de aço.

Por serem mais bonitas, as rodas de liga leve se tornam um chamariz na hora de vender o carro. Elas não necessariamente alteram o valor do veículo, mas ajudam no processo de venda. Como efeito visual, elas melhoraram a aparência do veículo, sendo originais ou não. Mas toda essa beleza tem seu custo.

caçula-motorsport-NA-13

Manutenção

No reparo, uma roda de liga leve precisa de atendimento mais especializado, diferentemente da roda de aço. Máquinas de qualidade, ferramentas especiais e profissionais treinados são necessários para que o serviço fique bom. Numa loja especializada, mandar arrumar uma roda desse tipo não requer apenas vontade do dono e dinheiro.

Antes do serviço, ela precisa ser medida completamente para ver se o impacto gerou algum dano estrutural que comprometeu a superfície de contato junto dos parafusos. Um exame de ultrassom vai revelar se existem fissuras internas, que possam comprometer a segurança durante a condução. Por fim, caso seja liberada, então o reparo é realizado. No aço, muitas vezes nem compensa arrumar, pois o custo é quase similar ao preço de uma roda nova.

Infelizmente, a palavra dano está intimamente relacionada com a roda de liga leve. Qualquer raspadinha pode transformar o belo visual em uma visão indesejável para muita gente. Recentemente alguns carros estão sendo equipados com pneus com banda protetora de roda, uma extensão da borracha que evita as raspadas nas guias. Mas, a maioria ainda corre o risco diário das temíveis guias. Retrovisores Tilt Down ajudam, mas nem todos os carros têm.

renegade-18

No caso da roda de aço, se tiver calota, é ela que irá sofrer com essas raspadas ou lascadas. Para o dono, basta troca-las por outras, apesar do preço de algumas serem bem altos nas revendas, muitos modelos paralelos são oferecidos nas lojas de autopeças. Agora, praticamente a maioria é presa pelos parafusos da roda.

Antigamente, elas eram fixadas por pressão, mas com o aquecimento da roda de aço durante a condução, acabavam saindo e ficando pela estrada. Se a opção for por não ter calota, mas ainda ter uma roda de aço bonita, alguns modelos saem de fábrica com aço texturizado, onde o fabricante imprime uma forma mais atraente ao material rodante. Alguns utilitários esportivos e picapes usam esse modelo.

Para preservar ambas as rodas, o balanceamento é o remédio para mantê-las por um bom tempo. No aço, chumbos são presos nas bordas do aro para manter o balanço correto. Já na liga leve, mais por estética, pesos com adesivos são fixados internamente para não aparecerem.

caçula-motorsport-NA-30

Balanceadoras por laser e mapeamento topográfico 2D ou 3D analisam completamente a rodas em todos os seus parâmetros e marcam com precisão os pontos da roda que não estão em conformidade com as especificações, guardadas em um banco de dados digital.

Com um laser de marcação, o equipamento indica ao operador o local exato e o tamanho do peso que se deve fixar naquele ponto. Atualmente é a tecnologia mais sofisticada para balanceamento de rodas, usadas inclusive em carros de competição.

Além disso, se for lavar as rodas com algum tipo de solvente, retire-as do veículo para não danificar buchas e batente da suspensão. Por fim, para retirar a roda para qualquer serviço, usa a chave específica apenas com as mãos, evitando subir na mesma. Com tudo isso, a roda vai durar muito mais.

[Fonte: Revista Quatro Rodas]





  • Bruno Silva

    Roda em liga leve ficam horríveis em pouco tempo. É impossível rodar no Rio durante 2-3 anos com um carro e as rodas ficarem intactas. Por isso, se puder evitar, evitamos a roda em liga-leve. Nunca vou esquecer o dia que minha irmã estava aprendendo a dirigir em um Sandero Stepway da minha mãe, foi manobrar o carro e tinha uma poça, e nessa poça um meio fio (não dava pra ver por causa da água), conclusão: roda dianteira direita totalmente ralada, e o pior, esses ralados logo escurecem, mesmo que vc limpe, fica horrível.

    • Marcus Fenix

      Pois eu sempre tomo bastante cuidado. Colotas e rodas dos carros que eu tive sempre sem arranhões!!!

    • DougSampaNA

      odeio roda de liga, qualquer deslize raspa, detestoç pena que não da pra escolher se quero ou não roda liga, ela ta ali e acabou, cabe a vc pagar por algo que não quer..odioso isso.

  • MMM

    Gosto de rodas de liga originais e do tamanho adequado, que são as quem vem no carro. Quando comprava carros mais baratos, que vinham com calotas jáarrancava elas e deixava as de aço pretas mesmo.

    • Pacheco

      A Montadora tem um departamento de Engenharia e Desenvolvimento para obter a melhor estabilidade/conforto/consumo com aquele jogo de roda e alguem vai lá e troca.

      Eu tbm sou a favor de manter as medidas originais. O máximo que faço é colocar rodas de ferro do mesmo tamanho no lugar das originais de liga. Porem manter o tamanho exato.

  • Italo Pereira

    Minha preferência também é pela rodas de liga leve, entretanto isso nunca foi fator determinante em minhas escolhas de compra. Meu carro atual, Fox Bluemotion, não tem rodas de liga leve nem como opcional por conta do pacote aerodinâmico, e mesmo assim optei por ele. Rodas de liga leve são mais bonitas, porém dispensáveis.

  • Jackson

    Acho totalmente dispensáveis. O valor utilizaria para pagar seguro, impostos ou manutenção do veículo.

    • DougSampaNA

      perfeito, o fabricante poderia dar o seguro de um ano em lugar das rodas ..eu pelo menos preferiria assim, mas….roda pra mim tem que ser resistente aos buracos, beleza vcem em 3a ou 4a prioridade(no caso de rodas)

    • Excelente comentário,parabéns, Jackson: é tão boçal as montadoras empurrarem goela abaixo as rodas de liga leve, ao passo que na década de 70 não era essa bizarrice, onde a maioria dos carros eram vendidos com rodas de aço e a grande maioria bonita.

  • Boris

    Eu já retornei ao meu carro e o mesmo estava no “tijolinho”
    (Roubaram minhas 4 rodas)

    hoje eu só uso rodas de aço.

    • Pacheco

      Um amigo meu viu acontecer o mesmo com ele. E achou o carro do vizinho com 4 rodas novas identicas as que roubaram dele… kkkkkk

      • Rmx

        A Robaltos S/A tem filiais em toda esquina no BR. Sempre com ofertas exclusivas de última hora.
        Se você não comprar seu vizinho vai lá e compra!!

        • O bom dessa empresa é que se você optar por comprar deles um jogo de rodas idêntico ao carro de um amigo seu a empresa lhe da um desconto de 50% no ato da compra. A única coisa que você precisa para ter direito ao desconto é informar a empresa aonde (e horário) que seu amigo costuma estacionar o carro. Considero uma tática de marketing revolucionária. PS. Pra quem não entendeu estou sendo irônico kkk.

          • Rmx

            Na Robaltos S/A a satisfação do cliente vem sempre em primeiro lugar.
            Funcionários altamente qualificados com anos de esperiencia no mercado de auto peças de segunda mão !
            Pena que não é cotada em bolsa, poderia valer mais que a Amazon, devido ao grande volume de negócios por todo país .

        • Pacheco

          O problema é que o mercado as vezes estimula o crime.

          Não adianta… vc tem um carro com aquele estepe fino. Roubam o seu e qndo vc vai procurar um pra repor ele custa 3 mil reais. Muita gente procura um paralelo.

          O mercado mesmo estimula alguns a cair nessa de comprar peças de procedência duvidosa.

          • Rmx

            3000 mil Reais !!!!!!!!!!!
            Poxa aqui um pneuzinho desse não chega a 100 CHF! A roda deve custar o mesmo ou pouca coisa a mais. Kkkkkk
            É o povo acha que os carros custão carro, mas coisas como essa existem muito no BR, fora custa 500 aí passa para 3000 .
            E adeus poder aquisitivo . Coisas simples, básicas fora viram luxo que devem ser compradas em parcelas. Afffffff
            Ohhhh país

      • Boris

        ah eu conheço bem meus pneus, se fosse vizinho meu eu pegava de volta com uma pistola na cintura kkk

        • Pacheco

          O problema é que o vizinho dele anda com a pistola na cintura. Achou melhor não arrumar a briga e fazer um BO.

          • Boris

            aí o negócio fica bão!

          • kleber peters

            É… tem que chegar dando voadora logo…

    • Gustavo73

      Tem duas semanas vi um HB20 sem duas rodas do mesmo lado, parafusos e calotas no chão. Levaram as rodas de aço.

      • Artur Barbosa

        Eita! Mas neste caso, era a melhor roda de aço do mundo…

        • Gustavo73

          Kkkkkk

      • DougSampaNA

        putz…mas bem ordinário o cara que leva roda de aco..nunca vai ser ladrão pra valer..mas o carro não podia ter caído em cima da mao do cara? ja’ amputava de vez..

        • Fedido

          Tem gente que rouba estepe, cara, é coisa pra chorar.

          • Bruno@BRN.CS

            Tenho uma conhecida que já levaram a gravatinha da GM da grade do Classic no estacionamento do mercado, vai chegar o dia que vão levar tipo palheta, só o espelho dos retrovisores, a coisa está ficando bizarra, acho que vou descer aqui, valeu hein.

            • zekinha71

              Roubar palheta já foi moda, em SP é só olhar a quantidade de Gol, Celta, Palio, Uno que não tem a palheta traseira.
              Deixam só a haste, quando não levam tudo, só deixando o parafuso.

              • João Cagnoni

                Aqui em SP tudo está na moda, até atirar sem a pessoa reagir.

          • João Cagnoni

            Já roubaram o estepe aro 13 do meu Palio. O que o cara fez com aquio? rsrs

    • ‘Eduardo Oliveira

      É só colocar um parafuso anti-furto em todas as rodas.

      • Boris

        Eu já “perdí” uma vez. nao quero perder de novo!
        Uso rodas de aço mesmo

  • HelderV6

    Tá certo que temos o problema dos furtos….mas deixar de usar rodas de liga pq vagabundo quer…aí tb não né, aí eles vencem… só evitar certos lugares, e tentar morar em um bairro decente .

    • Tosoobservando

      “tentar morar em um bairo decente” kkk como se isso so resolvesse.

      • Marcus Fenix

        É melhor nem ter carro então!

      • DougSampaNA

        pior que e’ onde eles mais estao indo..

    • Pacheco

      Se fosse fácil assim.

    • Fernando S.

      É mais provável que roubem rodas de liga em “bairros decentes” do que em uma favela que você possa morar. Bandidagem não rouba próximo de onde ela mesmo mora.

    • alexandre

      Prefiro usar parafusos antifurto….

      • Bruno@BRN.CS

        Já tive um pneu estourado por buraco em uma quebrada, fiz uma troca de pneu quase de fórmula um, sempre me perguntei se o parafuso antifurto seria conveniente em uma horas dessas, duas chaves. Mais para frente aconteceu de novo do pneu furar mas fui arrastando o carro tipo a uns 20km/haté chegar em um lugar seguro.

    • DougSampaNA

      so’ comprar um fuzil com telescopica..da na mao do cara ele nunca mais consegue segurar nada..aqui ta’ virando o caso ou eles ou nos…melhor eles.

  • XandeeM

    Que me julguem o quanto quiserem,carro meu é com roda de liga.

    • Wall André

      Julgar pq? Você tem o direito de achar melhor o que quiser, ninguém pode julgar você por isso, eu particularmente também prefiro rodas de liga.

    • DougSampaNA

      porque vc gosta e eu nao, nao ha’ pelo que julgar; cada um tem seus gostos e necessidades.

      • XandeeM

        Digo isso porque ultimamente vejo alguns crucificando os outros por simplesmente terem opiniões distintas.

  • Fernando S.

    A reportagem falou, falou, falou… e não respondeu se é verdade que as rodas de liga tendem a ser mais frágeis (ou menos resistentes) a impactos de buraco, valeta, lombada irregular, guias etc do que a roda de ferro.

    • Diego

      A matéria disse que ambas passam pelos mesmos teste de homologação, no meu entendimento é que elas tem a mesma durabilidade, a diferença é que se precisar trocar/dar manutenção, uma roda de aço é mais barata que uma de liga leve…

      • DougSampaNA

        aco e’ bem mais em conta e facil de dar manutencao

    • Gustavo73

      O fato é que é mais fácil e barato desempenar a roda de aço que uma de liga.

  • Diego

    Fiquei curioso sobre as “roda de aço bonita, alguns modelos saem de fábrica com aço texturizado”, seria o caso das rodas da versões de entrada da Duster e Renegade? Algum outro exemplo?

    Pra mim não faz diferença, por que as rodas de liga leve arranhadas por guias e buracos me incomodam tanto quanto os arranhados na calota (que arranham ainda mais facilmente).

    • Danillo Lopes

      a saveiro tropper g5 e a geração anterior do ecosport tbm tinham rodas assim

      • pedro rt

        a s10 e blazer tmb tem rodas assim desde qdo foram lançadas em 95

    • Jackson

      Pois é, hoje em dia os básicos tem calotas com aros pretos. Se observarem o estilo é sempre o mesmo, seja no Gol, Up, Uno, Onix, Ka, Clio e segue. Melhor que fossem de ferro sem calotas mas num estilo bonito e na cor original e não preta.

      • Bruno@BRN.CS

        Salvo engano o primeiro Uno tinha roda de aço prata.

        • Jackson

          O Uno quando foi lançado tinha belas rodas de aço no modelo CS que vinha com uma calota parcial encobrindo os parafusos, o básico sem a calota que encobria os parafusos e o modelo SX vinha com calotas totais.

      • MMM

        As rodas são pretas para q não apareçam embaixo das calotas.

        • Jackson

          De acordo, mas entre ter as rodas pretas e as calotas eu mantenho as calotas. Acho feio aquelas rodas pretas. Eu preferiria sem calotas mas de aço pratas.

  • Lucas086

    Liga leve sempre, calota empobrece o visual do carro. Mas concordo de manter umas rodas de liga leve requer paciência, mesmo com cuidado e perfil alto dos pneus, empenar é quase uma constante com nossas ruas lunares. Mas mesmo assim, desde meu primeiro carro, sempre usei liga leve.

  • Kranz

    Penso que as vezes é melhor deixar de aço original com calota

    • Adenilson

      Já no Uno caiu bem, mas no Celta não.

  • Mr. Car

    Antigamente, se tinha rodas de aço muito bonitas. Aí, alguém se tocou que se as fizessem feias, poderiam ganhar fortunas fazendo as de liga bem mais bonitas, e vendendo como opcionais ou acessórios. E foi isto que aconteceu, he, he!

    • Jackson

      Pior são as de liga que na direita tem um sentido e na esquerda o inverso.

    • Bruno@BRN.CS

      Foi tipo o sabão em pó na máquina de levar que só começou a deixar marca na roupa quando criaram o sabão líquido. Sinistro.

  • Luis Burro

    Não entendo é pq algumas são concavas e outras convexas,tem algum beneficio?

  • Lee

    Não vejo grande importância.
    Acho uma tolice quando vejo um Gol ou Onix com reluzentes rodas de alumínio… É um dinheiro jogado fora, pois permanece sendo um carro popular: feio e pobre na essência.
    Até mesmo carros maiores, como Corolla ou Golf, poderiam adotar rodas de aço e calotas, como era antigamente e permanece sendo nos EUA, na Europa, no Japão etc, ficando as rodas em alumínio como opcionais para quem estiver interessado em pagar à parte pela beleza extra.
    Aliás, esse amor pelas rodas mostra como “nós” somos muito preocupados com o que os outros veem/pensam do nosso carro (como se ele fosse uma extensão da personalidade).
    Vejo muito isso em pessoas que se submetem a comprar carros já bem usados, mas de categoria superior, em vez de um carro novo popular para ir trabalhar. A pessoa gasta mais em oficina, não tem garantia, gasta em gasolina etc, porque acha feio ou humilhante andar com um carro de categoria popular… Sendo que nem sobra dinheiro para colocar o seu possante grande, espaçoso e confortável numa estrada para viajar.
    É a realidade do carro-imagem

  • pedro rt

    ja tive carro com roda de liga e ate hj sinto falta… vale apena pq melhora muito o design externo do carro, hj elas custam 2mil em media nas css

  • Don Ramón

    A primeira “lascada” no meio-fio de uma roda de liga leve dá uma puta raiva; na segunda, dá pena. Da terceira em diante, já não faz diferença alguma. Ahhhh, se os meio-fios fossem ligeiramente inclinados em direção à calçada… tão difícil fazer isso, não?!

    • Matheus

      meio fio aqui no Brasil é ridiculo… alem de ser alto e reto, é geralmente feito com uma pedra que lixa a roda…

    • Bruno@BRN.CS

      Quando eu usava calota tinha que trocar o jogo pelo menos umas duas vezes por ano, agora que uso roda tomo mais cuidado, quase dois anos sem arranhão nenhum, mas sempre procuro baixar o retrovisor na hora de manobra.

  • Fedido

    Prefiro as de aço, amasso as minhas com muita frequência caindo nos buracos aqui do Recife. Se pegar a BR 101 então, é coisa pra abrir uma fábrica de rodas

  • Pedro Cunha

    Engraçado é ler tanta gente reclamando das rodas de liga, mas ao mesmo tempo, em outras matérias(de lançamento, principalmente) muitos desses reclamam se o modelo “x” ou “y” só oferece rodas de liga numa versão superior, muito mais cara, etc… Consumidor brasileiro é mesmo muito gozado.
    Ahh…. sem contar os que compram modelos de apelo off-road e rebaixam, colocam aros 22” e pneus perfil 25. Esses são IMBATÍVEIS!

    • Bruno@BRN.CS

      Já vi umas duas Weekend Adventure com rodas DUB Style, tive que pingar colírio depois.

  • Adenilson

    Acho rodas de liga bonitos, mas não tenho paciência pra ficar cuidando delas. Até coloquei no meu carro, mas vou voltar as de ferro.

    O chato das rodas de liga é o cuidado maior, e quando vc mora em regiões com pistas de terra, esburacadas, elas só tem efeito estético. Se empenar, dependendo do empeno, roda no lixo.

    Vou voltar as de aço mesmo.

  • kravmaga

    Quem usa o carro para trabalhar, tem que estacionar quase sempre na rua, em vagas apertadas, e não se pode dar ao luxo de ficar escolhendo vagas para não demorar muito, a roda de aço é mesmo mais prática.

    Mas, convenhamos, as rodas de liga leve são muito mais bonitas e um pouco melhores na dinâmica do carro. É o preço que se paga pela beleza, tal como acontece com os para-choques pintados. Fico muito p#$& quando um desleixado qualquer vai estacionar e dá aquelas empurradas no para-choque do seu carro, ainda mais quando tem aquela po#$@ de pino bola de reboque.

    • Jackson

      Dar um toque no para-choque não é problema, o ruim é quando um mané sai e dá aquela raspada bem no canto do para-choque, isso sim marca.

  • João Cagnoni

    Só uso rodas de liga porque vieram com o carro, eu não pagaria o alto preço cobrado por elas.

  • Rafael Guerra

    Matéria muito fraca…peso tem a ver com o projeto e o tipo de liga e construção da roda, tem muitas rodas de aço que são bem mais leves que as similares de liga, pois a maioria dos fabricantes fazem as rodas originais buscando durabilidade, ficando mais pesada. Porém, não é regra. Outro parâmetro é o tamanho do aro. Conjuntos com diâmetro externo e largura semelhantes, mas com aros maiores são mais pesados, que atrapalha o desempenho e consumo. A formula 1 até hoje usa aro 13 não é a toa.
    Outra coisa são os ensaios não destrutivos, não é realizado ultrassom em nenhuma roda que é reparada, o máximo que pode ser feito normalmente é um ensaio por líquido penetrante para avaliação das trincas antes e após o reparo, e mesmo assim é muito raro isso acontecer. US e LP são usados somente em rodas na indústria aeronáutica e ferroviária.
    Mais um equívoco são os locais para a colocação dos pesos de chumbo para balanceamento. Diferem para cada tipo de roda. Existem sim rodas de liga com pesos na frente inclusive. E não existe balanceamento à laser ou 3d!!!! Isso é referência ao alinhamento.

  • André Pira

    O negócio é roda de aço mesmo. Se amassar, dependendo do caso, um borracheiro desamassa, da pra balancear novamente sem problemas. Sem contar que um jogo de calotas, custa em media 40 reais. Quando quebrar ou você enjoar, é só trocar…rs

    • Jackson

      Uma vez com meu Gol caí num buraco e amassei a roda de aço. Parei no borracheiro, tirou o pneu, duas marretadas na roda, colocou o pneu, encheu e com 20 reais eu já estava na estrada novamente. A calota fui na Volks e me pediram 50 reais por uma. Opção, fui no supermercado e com 20 reais levei 4 calotas novas.

      • André Pira

        Essa é a grande vantagem da roda de aço…rs

  • Sassá

    Nem toda roda de liga leve é mais leve que uma de aço. No meu astra, a roda de 15 de liga leve é 900 gramas mais pesada que a de estepe de aço de 15 polegadas.