Gadgets Governamental/Legal Veículos Comerciais

São Paulo: Decreto pretende regulamentar Uber na capital

uber-veiculo

Apesar da polêmica e dos protestos dos taxistas – que acabaram ganhando uma nova categoria de serviço, o chamado “táxi preto” – a prefeitura de São Paulo agora quer regulamentar o aplicativo Uber.

Um decreto para regulamentar o serviço foi apresentado nesta terça-feira (29) pelo prefeito Fernando Haddad (PT). No entanto, o projeto será colocado para apreciação pública, onde poderá receber sugestões dos cidadãos paulistanos.

Mesmo proibido por lei de operar em São Paulo, o aplicativo Uber volta à pauta da prefeitura através de uma brecha, que permitiu criar um grupo de estudos para discutir o tema. Ainda assim, a Câmara Municipal votou recentemente uma emenda que libera o Uber e cria regras para carros compartilhados na cidade.

No entanto, ainda é necessária uma segunda votação, para então ser levada à sanção do prefeito. A votação no legislativo foi simbólica e teve apenas um voto contrário. O Uber diz que só se pronuncia após ter conhecimento do teor da proposta da prefeitura.

Ainda assim, a empresa já havia se manifestado a favor da criação de regras para o compartilhamento de veículos na metrópole paulista, cujo potencial ajudará a melhorar a mobilidade urbana na cidade.

No texto, os motoristas do aplicativo serão regularizados após pagamento de autorização para cada viagem. De acordo com horário, local de embarque, distância percorrida e compartilhamento do carro por dois ou mais passageiros, o condutor do Uber pagará um determinado valor.

[Fonte: UOL/G1]





  • V12 for life

    Essa novela já ta enchendo.

    • João Cagnoni

      É uma novela que passa no país inteiro pela milésima vez. O governo SEMPRE quer dificultar tudo pra poder vender a facilidade.

    • João Cagnoni

      Veja a copa do mundo que foi dificultada ao máximo e executada com perfeição em poucos meses. É só liberar a grana que o nosso país funciona melhor que a China e EUA.

      • Nelson Oliveira

        Foi realmente boa essa copa do mundo! Minha irmã, que mora em manaus, disse que o estádio lá lota quando tem jogos do time local! É tipo um clássico Real x Barça

        • Sergio

          e qdo tiver caprichoso x garantido entao hem. vai ter boi saindo pelo ladrao :P

      • Tosoobservando

        Perfeição é eufemismo. Mas tambem, com dinheiro publico jorrando (que agora estamos pagando o pato), que país nao faria? Queria ver se tivesse sido tudo bancado pela iniciativa privada, como era a proposta inicial.

        • Wendel Cerutti

          dinheiro publico nao . dinheiro do contribuinte .

      • Angelo Paim

        Executada com a mesma perfeição de um chimpanzé dirigindo uma colheitadeira! Não leva a mal João, mas exemplo de organização quem deu foi a Alemanha. E nem me refiro ao 7 a 0.

      • Deadlock

        Custou uma grana preta e gestou vários elefantes brancos, além de trabalho para a PF e MP. Dinheiro jogado no lixo. Agora estão morrendo por falta de dinheiro para a saúde. Educação, segurança, etc. também está um lixo. Além disso, fomos humilhados em campo.

    • Magno

      Para os usuários quanto mais opção de transporte melhor. Agora tem que ser regulamentado e pagar impostos, nada de clandestinidade, se não isso aqui vira a casa da mãe joana.

      • zekinha71

        Vira? Já virou muitos anos atrás.

  • Bruno Silva

    Boa Haddad. Aqui no Rio o prefeito não faz nada a respeito, não se pronuncia nem nada…

    • Ralph Minei Yamaguti

      Esse Eduardo Paespalho FDP mequetrefe está implorando para manifestantes protestarem em frente à casinha dele ou em frente ao Prédio da Prefeitura da Cidade Nova, sem esquecer que os serviços de transportes públicos são PÉSSIMOS e horrorosos!

      O povo não tem de temer o desgoverno, o desgoverno tem de temer o povo, nada mais que obrigatório os politiqueiros darem exemplo para com a população de usarem os transportes públicos, seus filhos e netos estudarem em escolas públicas e todos se tratarem no SUS! :p

      • João Cagnoni

        O Eduardo é só mais um, não é mais ladrão e nem menos que os outros. Todos atingiram o nível máximo da safadeza.

      • Foxtrot

        Esse prefeito do Rio parece ser ridículo mesmo, esta chorando por recursos federais para a saúde e hoje vejo que no Diário Oficial do Rio, foram compradas 28 macas no valor de R$530.973,80… QUASE 20 MIL REAIS POR MACA!!! Aí depois tem trouxa para apoiar a volta da CPMF.

        • Retrato do Papai

          na verdade é o governo estadual que está praticamente falido, a prefeitura está no azul

    • CignusRJ

      Pela primeira vez o Haddad conseguiu ser melhor que o Paes.
      Morei em SP vários anos e vinha sempre ao RJ, trabalho e particular e sempre achei o Paes o pior prefeito que uma capital poderia ter. Mas os políticos brasileiros sempre se superam e aí apareceu o Haddad.
      A prefeitura do RJ ganhou rios de dinheiro para se preparar para a olimpíada e o Paes teve a oportunidade de ser o melhor prefeito do RJ, ficar na história superando até o Pereira Passos. Mas o que ele fez foi jogar tudo pela janela e fazer um governo bem ruinzinho.

      Espero que o UBER ou outros semelhantes sejam regulamentados, como ocorre em várias cidades pelo mundo.

      Li em algum ligar que na Cidade do México eles pagam 3% de imposto.
      .

  • Lexfamulus

    Interessante é que se fala em regulamentação, mas o único aspecto que ganhou notoriedade nessa história foi o “pagamento de autorização”. Troque-se regulamentação por arrecadação e tá tudo certo.

    • João Cagnoni

      E só interessa ao prefeito fechar esta “autorização” por fora pela metade do preço.

  • Ricston

    “Pagamento de autorização para cada viagem”. Interessante. Então, se der arrecadação é legal, senão é ilegal.

    A propósito, serão extendidos também os benefícios, para aquisição do veículo novo e do IPVA anual, não é? Ah não, esqueci, são dois pesos, duas medidas. Ou o dito popular às avessas, ” o pior dos dois mundos “.

    • João Cagnoni

      IPVA? Isso é aquele imposto brasileiro que não devia existir?

      • Ricston

        Este mesmo.

    • kikofar

      Exato, Ricston. Semana passada, durante a ceia de natal, bati papo com um ‘tio torto’. Uma pessoa de grande conhecimento e de cabeça aberta, na minha opinião, até aquele dia. Na visão dele, não é justo que o Uber não pague nada de imposto, uma vez que ele usa a rua, cuidada (ainda que mal) pela prefeitura. E falei algo bem parecido com o que você disse: “Desde que pague, aí passa a ser legalizado. Não interessa se os carros são novos, não interessa se o usuário avalia melhor do que ninguém o serviço, não interessa se é mais cômodo, rápido, barato e confortável ao cidadão. Se não pagar alguma taxa, é ilegal!”
      Que visão fechada a nossa… Por isso, temos alta carga tributária, protecionismo da nossa ineficiente indústria (que mal concorre com iguais sulamericanos!), pagamos taxa pra tudo… Os brasileiros entendem (na sua grande maioria ainda, infelizmente) que apenas o que é legal perante o estado é que é bom.

      • Deadlock

        Suponho que seu tio estivesse se manifestando do ponto de vista concorrencial. Aquele que paga taxas/impostos estaria em desvantagem com outro concorrente que nada pagasse. Mas, só pode cobrar o que é cobrado do outro prestador de serviços. O seu tio não é tão “torto” assim. Mas, concordo que estamos num “impostismo/taxismo”, tanto que temos cerca de 60 impostos/taxas/contribuições. Sou a favor de um estado bem menor, o que exigiria menos impostos e sobraria mais dinheiro na mão do povo.

        • kikofar

          Fala meu caro! Sim… eu até entendi que ele se dizia a favor dos taxistas de BH porque eles pagam mais taxas/impostos e o UBER não. Porém, minha grande ‘treta’ com ele no papo que tivemos (e isso eu esqueci de mencionar) é que o certo era então o estado diminuir a burocracia (e os custos) que envolvem os taxistas. Mas aí, na visão dele, o ‘certo’ era o UBER pagar algo também à prefeitura de BH. Ora… Ao invés de igualá-los pelo mínimo (menos taxas, menos controle estatal etc…) o que ele (e todos os nossos governantes) desejam é fazer algo inovador funcionar como algo arcaico, caro e que carece de melhorias diversas. Lembro-me que ainda contei um caso pra ele pra ver onde eu queria chegar: eu sou militar e quando era de patente mais baixa, tirava serviço de 24 h no quartel. Lá, os superiores da equipe recebiam, ao final da tarde, um ótimo lanche (que inclusive sobrava pro dia posterior, de tanta guloseima que havia na caixa). Outros militares (de patente mais baixa), no entanto, não recebiam o mesmo lanche ‘super-mega’ como o nosso. Um desses militares fez uma reclamação por escrito e adivinha o que aconteceu? O lanche melhorou pra todos da equipe ou o nosso foi piorado para ficar igual aos demais? (Nem precisa responder…! kkkkkk). Abração e excelente 2016 pra você!

        • kikofar

          Ahhh… e o termo tio ‘torto’ diz respeito ao fato dele não ser do sangue da família (é casado com minha tia, irmã da minha mãe). hehehe Coisa de mineiro.

  • Lobo

    “Regulamentar”, ou seja, o Estado botando a mão onde não é preciso, para arrecadar em beneficio próprio.

    • Marco Schneider

      E sem fazer absolutamente nada, diga-se de passagem.

      • Gian

        Concordo.
        Mas ainda sim é melhor do que fizeram em BH: simplesmente proibiram.

        Em SP, ao menos, aumenta a concorrência para os taxistas forçando melhoria no serviço (concorrência ajuda a tirar a turma da zona de conforto).

        Em BH continuarão os taxis lixo.

  • Matafuego

    Regulamentar. No Brasil, palavra normalmente associada com serviços ruins e corrupção.

    • João Cagnoni

      Eles precisam criar a dificuldade pra depois vender a solução. É quase como alguém te espancar e depois te vender uns analgésicos. E parem de achar que os outros partidos são diferentes pq não são.

  • João Cagnoni

    Arrecada, superfatura, desvia. Arrecada, superfatura, desvia…

  • João Cagnoni

    Política para leigos: o Sr. Prefeito quer baixar uma lei para cobrar um valor por viagem, mas vai aceitar um suborno pra remover a medida. É assim que o Brasil funciona, não é só em SP e muito menos em um único partido.

  • duhehe

    Regulamentar, um eufemismo para tributar.

    • 4lex5andro

      o pai-estado brasileiro tem fome de impostos ..

      • Fanjos

        A mamãe-sapiens-estado brasileiro tem fome de impostos ..

        Corrigi

  • Felipe

    Enquanto SP parte pra regulamentação (De um serviço que vai muito bem como está, obrigado), BH parte pra proibição. Soda!

    • Deadlock

      É, querem nos obrigar a continuar usando o péssimo serviço de parte dos taxistas. Quem não tem alguma experiência ruim sobre taxista para contar? O problema é que essa intervenção do município raramente é para beneficiar o usuário.

  • kikofar

    Meu Deus! Como o estado gosta de ‘participar da festa’! Ele tem que ganhar alguma coisa. Tem que vender alguma facilidade mediante a dificuldade criada por ele mesmo. Tudo em 3 vias impressas e com firma reconhecida! Minha esperança é que o Uber é apenas ‘a ponta do iceberg’ em relação a como nos relacionamos com os prestadores de serviços.

  • Minerius Valioso

    Não precisa regulamentar. O consumidor gostou e aprovou, é só isso que importa. Quem precisa de um dedo de um parasita inútil?

    Se regulamentarem, vão piorar o serviço e aumentar o preço, como o que acontece em toda a economia brasileira.

  • Alvarenga

    Sabe porque vão regulamentar ? Porque viram mais uma oportunidade de meter a mão na grana do povo ! somente por isto !

  • Fred

    O perigoso é acabarem inviabilizando o serviço. Os motoristas já pagam 25% pro aplicativo que ainda baixou 15% as tarifas pra atrair mais público. Enquanto a gasolina sobe loucamente e ainda vão ter q pagar pra prefeitura. Assim logo os motoristas desistem.

    A não ser que tenha contra partida como os taxistas que compram carros com desconto, não pagam ipva etc etc.



Send this to friend