Home Finanças São Paulo: governo estadual cancela aumento das tarifas de pedágio em 2013

Pedágio Sem Parar Foto Panorâmio 11 São Paulo: governo estadual cancela aumento das tarifas de pedágio em 2013




Boa notícia para quem se utiliza das boas, porém caras, rodovias de São Paulo. O governo estadual cancelou o reajuste nas tarifas dos pedágios, programado para o próximo dia 01 de julho. O aumento anual não será contemplado em 2013, ficando o remanejamento de verbas locais para compensação dos concessionários de rodovias.

O governo de SP também avisou que não irá cortar investimentos em rodovias por causa da medida. Esse ano a administração paulista iria aplicar o menor indexador, no caso o IGP/M dos últimos 12 meses, o que daria aumento de 6,2%. Caso aplicado à risca, o reajuste faria a tarifa do SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes) no trecho de serra, pular de R$ 21,20 para R$ 22,50!

Em compensação, o transporte de carga no estado terá um importante acréscimo de peso. Você se lembra das carretas com eixos suspensos quando trafegam sem carga? Aliás, até mesmo ônibus de algumas empresas muito conhecidas se utilizam desse recurso. Apesar de reduzir o consumo, ele também contribui para o pagamento de pedágio apenas do eixo que está no chão.

Pois bem, em breve o governo paulista vai autorizar as concessionárias de rodovias a cobrar também pelo eixo suspenso, assim como ocorre nas rodovias federais. Como as famosas BRs tem tarifas de pedágio em média muito menores que as de SP, o impacto será grande no frete das cargas, pois não são poucos os bi-trens e rodo-trens que circulam pelas rodovias do estado rumo ao Porto de Santos e outras regiões.

[Fonte: Estadão]



Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.