Europa Híbridos Scania Veículos Comerciais

Scania lança caminhão híbrido na Europa

scania-p320-hybrid-1

A Scania está lançando na Europa seu primeiro caminhão híbrido, o P320 – também pode ter cabine G – que dispõe de motor diesel de cinco cilindros com 9 litros e 320 cv. Este trabalha em conjunto com um elétrico de 201 cv e 106,7 kgfm. A transmissão é automatizada Opticruise sem pedal de embreagem.

scania-p320-hybrid-2

O motor Scania de 9 litros pode – além do diesel – ser abastecido com 100% de biodiesel, reduzindo ainda mais a emissão de poluentes. Se for abastecido com óleo vegetal hidratado, o P320 reduz em 92% a emissão de CO2. O peso adicionado com motor elétrico, baterias e outros componentes é de 790 kg.

scania-p320-hybrid-3

A economia geral é de 18% em comparação com um equivalente. Além disso, o veículo teve o nível de ruído reduzido com a adoção do motor elétrico, que pode impulsionar o P320 até 45 km/h, deixando o motor 9 litros desligado. Em ponto motor, pode manter o compressor dos freios ligado. O PBTC é de 15 toneladas e pode ter tração 4×2, 6×2 ou 6×2*4.





  • Airplane

    Os hibridos são, sem dúvida, o próximo passo para os caminhões. Farão a transição do diesel para os puramente elétricos.

    • Tosca16

      Eu ainda acho o GNV pouco explorado e com resultados ótimos, em autonomia, índices de emissões e viabilidade econômica … bom, em países vizinhos muitas empresas já dispõem de frota de caminhões movidos à GNV, no Chile, Colômbia, Equador, Venezuela e Peru até que não é incomum caminhões movidos à GNV, especialmente os de origem chinesas como FAW, DongFeng, CHNTC(sinotruk) e demais …

      • Brenno

        Hibridos são uma alternativa, mas não solução. Países com grandes áreas, como o Brasil, deveria usar muito mais a linha férrea. Uma locomotiva consegue fazer o trabalho de 150 caminhões ou mais. Seriam apenas úteis dentro das cidades e com a tecnologia híbrida e redução das velocidades, seria excelente.

        • Tosca16

          É o que o Marcos do VLOG18Rodas diz lá dos EUA; sobretudo na logística de grãos, me perdoem; tem que ser trem, o transporte de grãos lá no Mato Grosso é algo de maluco, palavras dele .

      • Airplane

        Sem dúvida também é uma boa opção. Tem sido mais utilizada em ônibus.

  • Pelo fato de ser do braço VW e envolvida nos escândalos, é bom provar mesmo isso aí.

    Mas não deixa de ser uma opção viável ao combustível fóssil a combinação biodiesel + elétrico.

  • Pedro Henrique

    demorou pra eles começarem…

  • Diego Lip

    Logo vem ao Brasil, a Scania sempre traz essas novidades, principalmente nos ônibus.

  • Douglas

    1-Na estrada a redução do consumo deve ser pouca ou nenhuma.
    2-Os 790 kg adicionais significam carga a menos.

    Para entregas na cidade pode até ser viável, mas na estrada só tem desvantagens.

  • Tosca16

    Em países como Chile, Peru, Colômbia e Uruguai temos já caminhões movidos a GNV que ao meu ver juntamente ao biodiesel hoje é mais passível de virar uma realidade que no caso dos elétricos.

    • Zetros1833

      Aqui no Brasil temos algumas experiências da Iveco e da VW de caminhões movidos a GNV, mas, por enquanto são só experiências mesmo.

      • Tosca16

        Bom, perdemos feio pra os países vizinhos; lá o GNV é uma realidade já !

        • Zetros1833

          Sim, claro. Até os ônibus movidos a GNV que tínha em boa quantidade em São Paulo foram convertidos para o diesel anos depois.

          A Mercedes está testando um chassi flex, movido a diesel e a GNV.

          • Tosca16

            E me lembrar que no passado já tentamos até caminhões movidos à álcool no Brasil…

            • Zetros1833

              Exato. E ônibus tbm. A Viação Urubupungá testou um O-364 12 R prefixo 1070, movido a álcool, na linha intermunicipal Ponte Pequena X Barueri.

            • Wendell Rodrigues

              Alguma idéia de quantos Km por litro um caminhão desse fazia ?
              Qual o torque do álcool e a diferença pro Diesel ?

              • Tosca16

                Seria interessante saber disso, fiquei curioso agora .

                • Wendell Rodrigues

                  Pesquisando pra satisfazer a curiosidade descobri que os MB faziam entono de 800 metros ou menos com um litro kkkkk e hoje não existem mais caminhões daquela época porque foram convertidos pro Diesel já que o motor era o mesmo e fazia até 4 km por litro. As empresas reclamavam da baixa autonomia mesmo com um tanque de 300 litros kkkk

                  • Tosca16

                    numa usina metade da produção seria pra alimentar a frota kkkkkkk

      • Tosca16