_Destaque Dafra Lançamentos Motos

Scooter Dafra Fiddle III chega ao Brasil por R$ 11.390

Dafra Fiddle III 3

A Dafra anunciou nesta terça-feira, 14, a estreia do novo Fiddle III no mercado brasileiro. Apresentado na última edição do Salão Duas Rodas, o novo scooter é mais um fruto da parceria da montadora brasileira com a taiwanesa SYM e está disponível nas concessionárias por R$ 11.390, se posicionando entre o Cityclass 200i (R$ 10.990) e o Citycom 300i (R$ 17.890).

O novo modelo se sobressai pelo estilo retrô, que de acordo com a fabricante foi inspirado na tradição dos scooters europeus, com direito a pintura bicolor (preto e dourado ou branco e vermelho) e lanterna traseira de LED. Há ainda porta-luvas com fechadura, entrada USB para carregar dispositivos como celular, painel de instrumentos com tela LCD, espaço sob o assento para guardar capacete, entre outros.

Na motorização, há um propulsor OHC, 4 tempos, monocilíndrico, refrigerado a ar e óleo, de 124,6 cm³, capaz de desenvolver 10,3 cv de potência, a 8.500 rpm, e 0,8 kgfm de torque, a 6.500 rpm, com um câmbio automático do tipo CVT. O Dafra é equipado com freios a disco com sistema FH-CBS (Full Hidraulic Combined Brake System), que segundo a empresa é “mais eficiente e preciso que os outros sistemas disponíveis no País”. A suspensão traseira é biamortecida.

Galeria de fotos do Dafra Fiddle III





  • Pacheco

    Uma bichinha dessa pra andar no transito deve ser otimo. Faz o que, uns 40km/l?

    • Tosca16

      Pequenos trajetos, regiões com pouco fluxo … grandes cidades não, pois por mais que seja confortável pode ter certeza, experiência própria, vai faltar aquele fôlego nas retomadas, vai sofrer nos corredores . Para um grande centro urbano no mínimo uma 200cc, como a Cityclass 200i da própria Dafra; apesar de conhecer vários amigos que até trabalham com a Burgman 125, mas sei que falta potência quando é exigida . 40 km/l se maneirar é capaz fazer até mais que isso.

      • Pacheco

        Ela é mais fraca que as Scooter 125cc?

        Vejo muitas dessas nos corredores, competindo com CD 125 e 150.
        Confesso que a melhor cena da minha vida aconteceu na Raposo Tavares a uns 3 anos, vendo o racha emocionante de uma CG 125cc e com uma 150cc.
        Elas a 110km/h torrando o motor e fazendo barbaridades. Demorei pra escrever de tanto que ri.

        • Tosca16

          A ficha técnica dela não empolga, mas não acho que seja ruim para sua categoria, só creio que não acompanharia modelos como as que citei que são acima da média, ao menos das presentes em nosso mercado… Acho que este modelo andaria junto com a Smart, que a Dafra também comercializou, que tinha como fabricante a Haojue, mesma fabricante da Burgman . No geral não espere desempenho equiparado com a PCX, líder de mercado, mas não quer dizer que seja ruim . * Estou analisando levando em conta a ficha técnica e conhecendo a marca SYM. Mas nada impede de estar equivocado, até gostaria de estar, mas para uma 125cc deve ter o desempenho na média do mercado.

      • Paulo

        Concordo. Agora sobre a PCX 150/NMAX 160 além do fato de terem rodas maiores facilitante a vida nos grandes centros onde o asfalto quase sempre é péssimo. O que voce levantou sobre o torque principalmente em baixa ajuda muito, principalmente se o condutor for um pouco maior e pesado.

    • Marcos Lopes

      deveria fazer até mais mais sendo dafra …
      tenho uma yamaha crosser 150 esta fazendo media de 43km/l e é uma moto de verdade. Custou 9990 . Quando tirei carteira minha intenção era uma scooter ( pcx ou citycom200) depois de fazer teste rider desisti pois são fracas e desconfortáveis ( a coluna fica doendo em pouco tempo por causa da posição de pilotar ) uma moto de verdade é muito mais ágio e confortalecível .

      • Pacheco

        Eu precisava de uma dessa pra trabalhar.

        • Marcos Lopes

          é meu principal uso ! de carro meu percusso de 17,5 km entre casa/trab de manha demora 40 minutos e na volta a tarde em media 1h . De moto tanto na ida quanto na volta é 20-25 minutos !!! alem da super economia e diversão !

          • Pacheco

            Eu gastaria uns 20 min de casa pro trabalho e gastaria uns 20 reais por semana. Atualmente demoro 1h e gasto 30 reais por dia.

            • Marcos Lopes

              então comprei também por isso alem da diversão adoro andar de moto é algo realmente prazeroso e como o custo é muito baixo as vezes saio pra passear sem destino algum só pra passear mesmo … coisa que de carro hoje em dia sai bem caro … alem do stress do transito engarrafado …

              só tiro meu civic da garagem em dia de chuva ou se estiver com muito sono ( noites mal dormidas … )

              • Pacheco

                Eu nunca fui muito fã de moto, mas moro a 30km do trabalho e 1h e transito. Estou pensando na foto exatamente por causa disso.

                • Wagner Lopes

                  Tenho moto desde 15 anos. Hoje tô com 40. Só compre moto se estiver no sangue. Se gostar muito. Se os olhos brilham quando se vê uma. Jamais compre moto somente para economizar. Conselho de amigo.

                  • Marcos Lopes

                    concordo em numero, gênero e grau !
                    moto tem gostar muito mesmo se não da ruim …
                    nesse frio então casaco, luvas , capacete botinha etc.. “clima tempo” … moto exige planejamento não é como carro q entra liga e pronto …
                    alem de ter de ficar ‘ligado’ em 220v 110% do tempo antecipando os movimentos de todos os outros veículos no entorno … enfim é só pra quem gosta muito mesmo !

                  • Pacheco

                    Vontade mesmo, eu só tive de ter moto de alto desempenho.

                    • Marcos Lopes

                      eu fui “biker” ( pista de skate ) na adolescência ( 12-22 anos) depois passei pro mountain bike , downhill de full …saltinhos (1-3 metros ) descidas em alta velocidade etc .. depois q vem a idade nada disso pode ser da mesma forma que antes … então reencontrei nas motos o prazer da adolescência nas 2 rodas . Mais sempre gostei mais das trial ( meu passado me condena…) … hoje em dia até tenho curiosidade de experimentar um viagem de custom ( uma HD ou Indian ) mais acho que são motos pra final de semana / viagens … vô esperar chegar nos 50…

                    • Pacheco

                      Socio do meu pai é dos Abutres. Ele tem uma Harley enorme e linda. Deve valer mais que meu carro.

                    • Pacheco

                      Sempre gostei de andar de bike.

      • Tosca16

        Depende sua estatura, para mim tiro como exemplo, a PCX é muito luxo até pois não se compara uma Street 125/150 com esta, mas em relação ao seu modelo, Crosser, onde a posição de pilotagem é mais alta, vc fica sempre erguido na moto, o conforto é bom, tendo também bom curso na suspensão, coisa que as Street’s de mesma cilindrada não tem.

        • Marcos Lopes

          pois é estou adorando a crooser é perfeita pra transito / cidade . Tenho 1,79 e ela não parece ‘motinha’ quando estou em cima dela ( impressão que fica quando estou numa biz ou scooter pequenas ) .

          • Tosca16

            A Honda Biz não dá essa impressão… mas uma Crypton não diria nada, pois é estreita, magrelinha que só ela …

      • Tosca16

        E quando ao fraca depende muito do seu ponto referencial, PCX e NMAX tem desempenho muito bom, tem moto 125 que não tem o desempenho delas, mesmo sendo scooters; mas é claro que sua Crosser anda mais, tem melhores respostas, entretanto discordo do ponto de serem fracas. Pegasse uma Burgman 125 ou uma antiga Sundown Future, Dafra Laser e outras tantas 150 e vc ia ver o que era ser fracas.

        • Marcos Lopes

          me expressei mal não é fraca é que as respostas ( acho que por causa do cvt ) são mais lentas em comparação com motos normais.

          • Tosca16

            Neste ponto sim.

    • Rafael

      Cara, moto não é meu forte, mas se for de 125cc, pega uma burgman e seja feliz gastando menos de 9mil. Tenho uma dessa nova laranja e é só alegria. Anda na cidade grande perfeitamente, chegando aos 80km/h sem dificuldades e aos 100km/h pedindo pra aliviar! Rsrs. Acelera muito bem também! Agora, se quer gastar mais, pegue uma pcx, vale mt mais que essa moto tosca da dafra, além da marca não ser mt boa, essas motos são mt frágeis. Abç!

      • Pacheco

        Aqui em SP a velocidade maxima é 70 km/h. E na marginal vc tem que andar na faixa central onde o limite pe 60km/h. Então o maximo seria uns 80km/h em pontos isolados.

        Seria perfeito para o uso… com 50 reais eu todava a semana.

      • Wismar Zanella

        Concordo! Tb tenho uma Burgman e pelo preço que tá essa Dafra, compensa muito mais a Burgman. Não sei qual a lógica da Dafra de colocar uma 125cc mais cara que a própria moto deles de 200cc, vai entender haha >.<

  • Tosca16

    Opções são bem vindas, eu já tinha dito que uma scooter com esse estilo retrô faria sucesso, até falei com o pessoal da Shineray para fazer uma versão da Retrô EX 125 ou 150cc pois a 50cc era muito fraca e o modelo tem um visual que agrada; e agora temos uma opção melhor, pois a SYM tem excelentes modelos.

    • Pacheco

      Parece a Vespa.

      • Tosca16

        Pode ser uma “Mariposa” kkkkk.

      • Mazembe 2X0

        Essa é a intenção.Esses modelos são todos inspirados na Vespa e Lambretta.

        • Pacheco

          A Vespa tinha estepe.. kkkk

  • Fanjos

    Ja tive moto, e aqui em SP é complicado, só serve ou para ser derrubado, ou cair em buraco ou tomar um tiro de assaltante.
    Mas sinto falta da praticidade que eu tinha.

    • Pacheco

      Eu estou louco pra comprar uma… mas como saio as 19h da empresa, tenho receio de ser assaltado na volta.

  • Wagner Lopes

    Se é da SYM eu assino embaixo. 04 anos e 25.000km com minha Next 250 e só alegria (e economia)!

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    E admitam, tem ais tecnologia que nossas motos.

  • Alvaro Guatura

    Ainda não chega no nível da PCX, nem da Nmax

  • Yuri Calmon

    Deveria trazer a SYMBA !!!

  • Renato Alves

    A Dafra perdeu o seu grande forte nos últimos anos que era o preço justo em seus produtos. Essa motinha deveria vim abaixo da Cityclass disputando mercado com Burgman 125 e Lead na faixa de 7 a 8 mil reais.

  • Redpeak77

    “painel de instrumentos com tela LCD”, esperava outra coisa além de um reloginho de Del Rey com visor melhor que o da Toyota.

  • Wismar Zanella

    Só o preço que não foi “inspirado no padrão dos scooters europeus” >.<



Send this to friend