Home Finanças Sem Parar ganha mais dois concorrentes em São Paulo

Pedágio Sem Parar Foto Panorâmio1 Sem Parar ganha mais dois concorrentes em São Paulo




Ainda não é o fim do pedágio caro em São Paulo, mas pelo menos a concorrência de empresas que fazem cobrança eletrônica deverá reduzir um pouco o custo de quem não quer perder tempo em filas intermináveis nas praças de cobrança.

Dia 14 já começa a operar o Auto Expresso, um novo serviço de cobrança eletrônica nas rodovias de São Paulo. Pertencente à empresa DBTrans, o serviço terá taxa de adesão de R$ 30,00 (com direito à tag eletrônica) e mensalidade de R$ 6. Haverá também a opção pré-paga, com taxa de recarga de R$ 6,00.

A DBTrans que o desconto nas tarifas é de 47%. Há planos também para caminhoneiros autônomos e transportadores. Além do Auto Expresso, o governo paulista autorizou o serviço ConectCar, que tem taxa de adesão semelhante e apenas serviço pré-pago, com taxas de recarga entre R$ 2,00 e R$
8,50.

Os dois novos serviços vão utilizar as mesmas cancelas usadas hoje pelo Sem Parar. As concessionárias de estradas paulistas já começaram a substituição das placas atuais por informativos com os três sistemas de cobrança.

[Fonte: Estadão]


  • daviddiniz

    Isso é muito bom pois quanto mais concorrência para o consumidor melhor e aguardando o serviço pré pago da nova empresa. Se servir em shopping será útil.

    • bandaxadibar

      aqui no sul pago R$3,99 de mensabilidade…uso estacionamento de shoppings e nas estradas….na minha opinião não deveria ter mensalidade…

  • kikofar

    Ufa!!!!!! Bem-vinda sra. concorrência!!!!! Foi só a DBTrans do RJ conseguir entrar no disputadíssimo mercado paulista que a dona Sem Parar, gerida pela construtora OHL, a CCR e a EcoRodovias e que lucra horrores há mais de uma década, acabou com a taxa de adesão (aliás, uma palhaçada ao meu ver!) e diminuiu o valor da mensalidade de 11,90 para 8,00 reais! Fico imaginando como nadaram de braçada nesses anos todos nas rodovias paulistas… Eeeee Brasilzão de poucos!!!!!!!

    • Lukoh

      Mas na minha opinião a mensalidade continua sendo inaceitável….

      Pois o custo de manter as cancelas e funcionários p/ cobrança é muito maior do que o sistema automatizado.

      • Edson Roberto

        Quais funcionários ? Pelo menos do Sem Parar não há funcionários. Vc está pensando pequeno… se movimentar cerca de 1 milhão de carros / dia, já pensou na arrecadação disso? Dá e sobra.

        • wfilippetti

          ele quer dizer justamente isso….porque cobrar mensalidade + pedágio, se quem paga no guichê, paga só o pedagio? pq ter essa mensalidade no modo automatico, sendo que o modo manual é mais caro, por ter funcionario? entendeu?

          • Edson Roberto

            Porque? Porque no Brasil é tudo torto… é "muito dificil" fazer manutenção de cancelas sem gente para faze-lo. Além disso, é uma concessionaria particular que geralmente cuida, deve ser "inviavel" ter automatização. Mas creio que as pessoas talvez não aceitasse nem que fosse cobrado de cartão de credito ou algo do tipo.

    • XEi2009

      A mensalidade de R$8 é só pra quem roda no estado de SP (estradas estaduais). Para o plano normal continua R$12.

      • ricardoglima

        Na verdade está em R$16

    • Fabio D.

      Guerreiro, o estupro é maior… 16 pratas! A fatura do meu SemParar chegou ontem! Dói, dói muito… pago porque quero (e preciso) ganhar tempo fora de fila, seja estacionamento de shopping, seja em filas intermináveis de pedágio… Mas acho um serviço caro…

    • DougSampaNA

      Nos EUA vc tem desconto no pedagio se usar passa rapido..aqui ainda levará decadas para isso acontecer..o desconto no pedagio.

      • kikofar

        Exatamente. Quando morei no interior de SP e fazia mestrado, a primeira coisa que eu fiz foi saber sobre o Sem Parar, já que iria para Piracicaba e para São Carlos por conta de algumas disciplinas. Fiquei decepcionado, pois não havia desconto algum. Pagando antes, pagando na cancela o preço era o mesmo. Fiquei p.. demais e desisti do Sem Parar.

  • ALVIN1982

    Prefiro cortar todos os pedágios possíveis, e os que não são eu pago na cabine normal mesmo… e qdo posso vou de moto…

  • duhehe

    Começo a desgraçar tudo !

    Sistema pré pago, ai o cara vai tentar passar no pedagio, não vai ter saldo e a cancela não abre, e quem vem atraz no maior ''gas'' tem que brecar, até to vendo os acidentes acontecerem.
    Quando li a noticia pensei por um momento, tomare que essa nova empresa não exija diminuir a velocidade .. troco amanhã mesmo.

    • rafael_rtg

      Você vai nos gás porque é imprudente… Está bem sinalizado que se deve passar a 40km/h, e a lei determina que você deve manter uma distancia de 02 segundos para o carro da frente, que corresponde a uns 20 metros nesse caso… Não são apenas falta de credito que podem ocorrer, pode ter casos em que o TAG pode falhar ….

      • Edson Roberto

        Como aconteceu comigo essa semana. Dois carros a frente ficaram com algum problema em que nao leu a tag.

        Eu ao ver o cara parado e não tendo como ir para a outra faixa, liguei o pisca alerta avisando a pessoa atrás que houve problemas.

        Mas essa "parada de acidente" só vai acontecer quando colocarem que se passar acima dos atuais 40km/hr dará em MULTA, ai o brasileiro aprende.

  • CharlesAle

    Concorrência é ótimo,na minha opinião,deveria ter uma estrada moderna,com pedágio barato,para manter a estrada impecável,segura e com socorro mecânico e médico,e as estradas antigas,mais ruins,sem pedágio(mas com pelo menos bom pavimento por conta do governo)mas é sonhar demais,pois além de geralmente ser uma rodovia só,ainda sim é ruim,com buracos etc,então ou é com pedágio caro,mas segura,ou sem pedágio ou com pedágio barato,mas ruim do mesmo jeito….

    • Landrutt

      O governo dessa pocilga, desse bananal dos infernos e esgoto a céu aberto que ousamos chamar de país, é quem deveria manter TODAS as estradas em condições impecáveis, seguras e com socorro médico sem que para isso o brasileiro precisasse gastar ainda mais. Eu não sei você mas eu pago todos os anos uma FORTUNA de IPVA e mais outros trocentos impostos e taxas para o desgoverno e não consigo enxergar pra onde vai a porcaria do meu dinheiro, do nosso dinheiro. São ruas esburacadas, outras remendadas da forma mais porca possível, rodovias que mais parecem a superfície lunar de tantas crateras, sinalização ineficiente e insuficiente, saúde pública caótica, educação pública de fazer vergonha, nada nesse país funciona de verdade. Se não pagar acontece o que? Tenho meu carro apreendido, minha casa leiloada, a dívida executada e só faltam condenar a morte. Entra presidente e sai presidente, entra governador e sai governador, entra prefeito e sai prefeito, e tudo continua a mesma merda, é inacreditável. E nem adianta dizer que a lama que o país vive é por causa de partido X ou de presidente Y, qualquer partido, qualquer presidente que ganhe, vai continuar empurrando com a barriga esse desastre chamado Brasil. É aumento da gasolina, aumento da tarifa de telefonia, aumento da tarifa de água, aumento de alimentos, plano de saúde, ipva, iptu, tudo pra lascar com a vida do brasileiro. Tenho amigos que moram na Suécia e Islândia e chega dá inveja, os caras se atolam nos impostos mas em compensação as ruas parecem mármore de tão lisas, plano de saúde particular é inexistente, a saúde pública dá um banho no sistema PRIVADO brasileiro, escola pública é para todos e de excelente qualidade…escola particular? Pouquíssimas e direcionadas para um público muito específico, como pais que querem que os filhos estudem em uma escola americana ou francesa, por exemplo. Perdi as esperanças, não tem jeito pra esse país não.

      • vi0lator

        Cara, você não pode comparar o PIB per capita da Islândia ($38.060) e da Suécia ($40,393) com o do Brasil ($11.769). Então apesar de as cargas tributárias brutas de Brasil (35,3%) e Islândia (34%) serem parecidas, na Islândia cada cidadão paga muito mais imposto ($12.940) que no Brasil ($4.177). A Suécia é um caso a parte porque lá a CTB é de 47%, isso faz com que cada cidadão pague em média $18.984 em impostos anualmente, quatro vezes e meia mais que no Brasil.
        Além disso, olhando somente para a malha viária, a da Islândia tem 1.399 km, a da Suécia tem 8.769 quilômetros, a do Brasil possui 57.211 quilômetros, contando somente as federais, se incluirmos as estaduais o número sobe para 152.000 km. Resumindo, o Brasil precisaria de um PIB pelo menos quatro vezes maior para dar a mesma qualidade de serviços aos cidadãos desses outros países e, como você disse, nenhum presidente poderá fazer mágica com o que produzimos hoje.

        • TecoPadaratz

          Mesmo assim esse país é uma pocilga, um bananal dos infernos.

          O governo retém por ano dos meus vencimentos 18.000,00, fora o que eu pago de pedágio, iptu, ipva, icms, ipi e tudo quanto é caralhada de "i" dos infernos.

          O governo é corrupto sim e esse é o país da banana sim……

          Não venha querer defender com números, porque dinheiro tem de sobra

          • vi0lator

            "Não venha querer defender com números"???? Você defende seu argumentos com o quê? Xingamentos?

            • Pedro_Rocha

              Infelizmente isso se aprende na faculdade hoje em dia. Vai falar mal de Che Guevara ou de algum movimento "politicamente correto" e já vão logo te chamando de fascista!

        • rgmmelo

          POis é. Muito sensato seu comentário, mesmo comparando o PIB per capita e arrecadação, o povo ainda ignora extensão do país. Não dá pra comparar o que precisamos de infraestrutura do que um país europeu precisa….Não estou tirando a culpa do Partido Y ou X, mas realmente não dá pra comparar.

          • kikofar

            Sem falar que de Goiás pra cima, a imensa maioria dos estados/municípios não tem como se manter porque não há atividade comercial/industrial forte, à excessão das capitais e de algumas cidades maiores. E muito do que deve ser mantido/contruído lá, sai, direta ou indiretamente, dos cofres do governo federal. Complicado mesmo!

            • Pedro_Rocha

              A solução existe e vários já tentaram, como Bento Gonçalves e Frei Caneca. A História mostra que muitos impérios caíram por serem tão grandes a ponto de se tornarem ingovernáveis (persas, macedônios, romanos, mongóis, espanhóis etc.). Para o Brasil, defendo a independência do Sul e Sudeste do restante do país e sermos nações amigas como EUA e Canadá.

        • Macaws

          Milagre, um brasileiro que vai atrás de fatos para argumentar e não fica só no chororô… meus parabéns… este site está precisando de mais gente assim…

  • pumagtb

    Já se paga uma carreta de impostos então não era pra ser cobrado pedagios, se pagar pedagio não era pra ser pago os impostos do setor rodoviario e automotivo, aqui se paga quatro vezes por uma unica coisa, lembrando que isso é erança do governo PSDB. Por mim prefiro rodar em estradas de barro do que ser roubado!

  • wasdyn

    Não entendi o "desconto nas tarifas é de 47%". Não sei como funcionam estes sistemas estilo Sem Parar, mas sempre pensei que a tarifa paga fosse integral (o mesmo valor pago nas cabines) além, é claro, de alguma mensalidade. E então, este desconto nas tarifas refere-se efetivamente ao valor cobrado no pedágio ou a alguma outra coisa?
    Obrigado.

    • AndredeAzambuja

      Também fiquei confuso, porque você não tem desconto nenhum até onde eu sei…você paga a tarifa integral do pedágio + a mensalidade, pela "comodidade".

      • _Adriano__

        Desconto é na tarifa do sem parar, nao no custo do pedagio

        • wasdyn

          Entendi Adriano.
          Valew.

  • alexhmoraes

    Por que não param de cobrar o IPVA hein?

    • Guerra

      Ótima pergunta…. eu sempre me pergunto o mesmo. Se o IPVA é um imposto para manter ruas e estradas, pq somos obrigados então a pagar tbm o IPVA? Pra onde vai o dinheiro do IPVA se não vai mais pra as estradas e rodovias?

      • Arthur_SS

        Conservação das ruas e avenidas da cidade?! Sei que não é o caso…mas deve ser pra isso

        • Guerra

          50 % do IPVA fica pras cidades e 50% pro estado. Pra onde vai os 50% do estado que deveriam ir pras rodovias mas não vai sendo que as rodovias estão privatizadas???? Por favor leia melhor o comentário antes de responder.

          • Pedro_Rocha

            O problema é que o IPVA é um imposto, não uma taxa. Impostos, independente do nome do assalto, podem ser utilizados discricionariamente pelo gestor, enquanto as arrecadações de taxas possuem destinações específicas de custeio de acordo com sua lei de criação.

        • TecoPadaratz

          E o IPTU ?

          Só este ano tenho que pagar 3.300 paus de iptu !!!!

          • crisburatto

            O IPVA cai no caixa comum dos estados e municípios, não existe vinculação de imposto e destinação. Todos os impostos são assim. Tributos de outra natureza que não impostos são os que têm destinação específica.

      • Luciene

        Para o bolso de alguém…para ter torneira de ouro no banheiro e privada de cristal

  • Juniorfillingam

    O governo que privatizar as rodovias federais devia ao meu ver ao menos nos estados onde já tem essas rodovias privatizadas contar os impostor e Ipva da população q cabe a realizar as manutenção dessas rodovias, mas nunca vão fazer isso pq eles gastam nosso dinheiro sem distinção ou planejamento e um absurdo.

  • _Adriano__

    IPVA e IPTU servem para que? até onde sei esses impostos nao sao usado para nada pelo visto, pq tudo temos que pagar para uma empresa privada.
    Sem contar o dinheiro de multas de transito que tbm desaparecem, brasil é foda aff

  • pumagtb

    Readgis aí você apelou rs rs, mas no caso seria estrada de barro não de lama mas logico foi ironico pois temos que cobrar os nossos direitos quem não quer uma estrada asfaltada estilo da Alemanha, rapaz eu já andei por essas bandas o cara tem que ter um otimo carro 4×4 e ser piloto essas fotos são da transamazonica. Um abraço!

  • Mc_

    Poderia ter uma acumulação de pontos pra quem paga pedágio ganhar desconto no IPVA do ano seguinte.

  • mauricar20

    Esse serviço do Sem Para devia ser gratuito. Só o custo do pedágio já cobriria a despesa com a manutenção do serviço.