Elétricos Finanças Governamental/Legal Mercado

Senado debate PL que torna obrigatória a instalação de pontos de recarga para elétricos

nissan-leaf

A Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado promoveu uma audiência pública na última quarta (1) sobre o PLC 65/2014 que torna obrigatória a instalação de pontos de recarga pública para carros elétricos e híbridos no Brasil.

Especialidades presentes na reunião, alegaram que a obrigatoriedade de instalação em vias públicas e estabelecimentos comerciais, além de residências, acarretaria um aumento de custos que seria bancado por todos os consumidores.

O relator do PL, Jorge Viana (PT-AC), anunciou que mudará o texto do projeto, pois não acha justo que todos os consumidores paguem por um serviço que beneficiará apenas um pequeno grupo de cidadãos.

Além disso, senadores e especialistas concordaram que, além de considerarem importantíssima a expansão da infraestrutura para atender o novo segmento, os carros elétricos e híbridos plug-in precisam de incentivos fiscais para facilitar o acesso aos consumidores.

Atualmente os carros elétricos pagam 25% de IPI, enquanto os Flex variam de 7% a 11%. As montadoras estão de olho na oportunidade de redução do imposto ou mesmo sua isenção, o que derrubaria os preços no segmento e proporcionaria até mesmo sua produção no país.

[Fonte: Senado]

Agradecimentos ao Edgar Monsanto.





  • Pacheco

    Só dar desconto em impostos a estabelecimentos comerciais que colocarem pontos de recargas: estacionamentos, shoppings, mercados, etc.

    • João Cagnoni

      Boa idéia! Vamos tirar impostos destinados aos hospitais e escolas e isentar os shoppings!

    • Edson Fernandes

      Negativo. Pois quem paga essa conta é o consumidor. O consumidor deveria ter redução dos impostos e, na hora de abastecer redução do custo que seria subsidiado para o governo pagar ao estabelecimento. Assim fica melhor.

      Porque a empresa sempre vai repassarum custo que ela só teria…

      • Pacheco

        Sim, o problema seria como fazer esse controle.

  • Louis

    Não deveria ser obrigada a instalação, mas sim incentivada. E quem for usar, deve pagar por isso.
    Quando a frota de elétricos começar a crescer, naturalmente estabelecimentos comerciais irão disponibilizar os pontos, desde que paguem pelo uso.

    • PEDAORM

      Concordo, postos que gasolina que pusessem um ponto de carregamos rápido para elétricos poderiam ganhar isenções por exemplo.

    • DiMais

      exato, veja se no Japão é o governo quem instala os postos de hidrogênio para o Toyota Mirai e o governo americano é o responsável pelos pontos de recarga da Tesla. NÃO.
      em país sério, as empresas não ficam de picaretagem, fazem a coisa acontecer!

    • As leis deveriam servir apenas para facilitar e organizar a vida em sociedade, mas os legisladores brasileiros têm essa mania paternalista de ficar obrigando as pessoas a fazer coisas que deveriam surgir naturalmente.

  • Lucas Moretto

    Quanto menos o governo se envolver nisso melhor. Basta tirar essa sobre taxa dos elétricos que vai ajudar muito!

    • Diego Lip

      Se não fosse o governo, ainda teríamos carros sem airbag e sem ABS de série.

      • João Cagnoni

        Seu comentário é verdade, mas só teríamos carros sem airbag e ABS de série pois as montadoras fazem parte do nosso governo, financiando campanhas e buscando interesses particulares através do governo. Coitado daquele que pensa que acabou com a saída da Dilma.

      • paulo sergio berezovski

        Errado,o consumidor ia escolher o carro que já tivesse airbag e assim as outras montadoras iam colocar também pra vender mais,governo não é bonzinho que cria leis para beneficiar a população,a melhor coisa que um governo pode fazer é não se meter na economia/mercado

        • Léo Faria

          Tai o Corolla pra comprovar sua teoria.

        • Diego Lip

          Errado você, o Chile é um mercado mais maduro que o nosso e não tem essa lei, lá os carros ainda não têm Airbag de séries. Você esquece que estamos no Brasil, onde o mano prefere encher de som no carro a comprar um com equipamentos de segurança.

          • Lucas Moretto

            Mas aí já estamos entrando em um debate político sobre a interferência do estado em determinados assuntos. É algo bem mais complexo de ser analisado. Mas concordo com você que só temos Airbag e ABS por conta do governo, infelizmente.
            Mas acredito que com o tempo a população obtenha maturidade, e assim esse cenário poderá ser mudado.

            • Diego Lip

              Ponha aí no mínimo uns 20 anos. Mas casualidades acontecem, a repercussão negativa do Renault Kwid já fez a montadora correr pra se explicar, porém há outras marcas que parece que se salvam disso: Fiat e Chevrolet, elas vendem pra caramba, mesmo com defasagem geral.

    • João Cagnoni

      Os elétricos já não são taxados.

      • Joao Paulo Cintra

        A isenção é apenas de Imposto de Importação, e mesmo assim para até determinado valor de veículo.

  • Sam86

    Meu Deus!

    Alguém me mostra democracia é melhor que liberdade?

    Porque o que eu vejo todo dia é a nossa liberdade sendo tolhida por esses mentecaptos que governam o país. Toda vez que o Estado obriga o cidadão a fazer a alguma coisa ele está também diminuindo a liberdade que o cidadão deveria ter de fazer o que quiser com a sua vida.

    Tudo isso graças a “maravilhosa” democracia.

    • paulo sergio berezovski

      É o que eu sempre digo estado e liberdade nunca combinam

  • delvane sousa

    Vejo os veículos híbridos com maior viabilidade, uma vez que não precisam de recarga externa. Já seria uma avanço e tanto, mas precisávamos de veículos mais populares que o Prius ou Fusion Hibrido.

  • paulo sergio berezovski

    Maldito governo sempre se metendo em tudo.

  • Miguel

    Realmente isentar a tudo e a todos de impostos acaba jogando todo o ônus pela recarga nas costas dos consumidores, além de beneficiar as empresas que lucrariam com a isenção maior que um elétrico poderia ter.
    As próprias empresas deveriam instalar postos de acordo com a demanda do lugar, sei lá! Eles que se virem também, se juntem e façam acontecer, porque se depender de nossos políticos essa coisa vai ser mais devagar.

  • V4nd3R

    Absurdo, IPI mais caro do que carro flex! Tinham que incentivar o uso de carros ecológicos! Brasil na contra mão do mundo!