Shelby SuperCars e seus hiperesportivos

13/03/2016

ssc-aero-sc-8t

SSC Aero SC 8T

Coincidentemente, Jerod Shelby tem o mesmo sobrenome do famoso designer automotivo e piloto Carroll Shelby. Como este, ele cultiva a mesma paixão pela velocidade e, da mesma forma, deu vida a carros superesportivos. Em 1999, Jerod funda a SSC ou Shelby SuperCars em West Richland, estado americano de Washington. Mas a empresa não conseguiu colocar um carro próprio nas ruas ou nas pistas tão rapidamente.

Após cinco anos, a SSC finaliza seu primeiro protótipo, o Aero SC T8. Este bólido tinha o motor do Corvette C5R, sendo um V8 Biturbo com 793 cv, que posteriormente teve a cavalaria aumentada para 921. Ele atingia 380 km/h, mas na atualização de 2005, alcançava 390 km/h. Foi leiloado em 2008 por US$ 189.200.

ssc-aero-s

SSC Aero S

Em 2005, o SSC Aero T8 número 2 ganhou melhorias aerodinâmicas e poderia atingir 439 km/h, mas não passou de 380 km/h por conta de limitações mecânicas. O motor era o mesmo V8 6.2 do Corvette, mas com 798 cv. Com isso, o bólido já era mais veloz que o anterior, mesmo pesando 59 kg a mais e bem menos potente. Ele também tinha tração AWD e ia de 0 a 100 km/h em 2,78 segundos.

Modificações foram feitas nos anos seguintes, introduzindo-se novas portas (abertura semelhante às dos McLaren F1 e Ferrari Enzo), incorporação de mais fibra de carbono e titânio, além de ampliação da cavalaria, que chegou a 1.318 cv no Ultimate Aero XT de 2013. Desde 2009, a SSC já utilizava seu próprio V8 6.4, que era bem mais potente que o V8 da GM.

ssc-ultima-aero-guinness-book

SSC Ultimate Aero que entrou para o Guinness Book

As velocidades máximas teóricas continuaram se elevando acima dos 400 km/h até que em 2007, a SSC entra para o Guinness Book com o Ultimate Aero TT, que bateu 412 km/h cronometrados oficialmente em Washington. Ele se tornou o carro esporte de produção seriada mais rápido do mundo.

O Ultimate Aero EV tinha propulsão elétrica de 1.000 cv e torque de 111 kgfm. Com isso, ele ia de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos e tinha máxima de 335 km/h. Este surgiu em 2009. Com o Aero e o Ultimate Aero, a SSC gozou do prestígio de rivalizar com o Bugatti Veyron por muitos anos, até que em 2013, o hiperesportivo saiu de linha.

ssc-tuatara

SSC Tuatara

A SSC anunciou um novo carro em 2011, o chamado Tuatara. O hiperesportivo surgiu como um sucessor bem mais eficiente e poderoso em relação aos anteriores, tendo um V8 6.9 da SSC com 1.350 cv e 176,2 kgfm. A empresa adicionou alumínio nas zonas de deformação, mas praticamente todo o restante (incluindo as rodas) são de fibra de carbono.

A Shelby SuperCars anunciava que o Tuatara vai de 0 a 100 km/h em 2,3 segundos e atingia máxima de 444 km/h. Mas os números divulgados apontam para 2,5 segundos, mas com a mesma velocidade final. A produção do modelo começou somente em 2015. Com a chegada do Bugatti Chiron, a SSC deverá voltar à disputa com o bólido da Alsácia. Isso sem contar o conterrâneo Hennessey Venom F5 e o sueco Koenigsegg Regera.









  • Luiz camurça neto

    Briga violenta!

  • fschulz84

    Fazia tempo que eu não lia nenhuma notícia da SSC, até achei que haviam abandonado o Tuatara de vez…