Home Asiáticos Shineray vai vender utilitários comerciais no Nordeste – desembarque começou por Recife

shineray utilitarios 1 Shineray vai vender utilitários comerciais no Nordeste   desembarque começou por Recife




Conhecida por vender motocicletas no Brasil, a chinesa Shineray faz mais do que modelos de duas rodas em seu país de origem.

Ela também produz uma linha de utilitários comerciais leves do mesmo segmento de marcas como Hafei e Chana, por exemplo.

A empresa decidiu explorar esse segmento de mercado mesmo com a alta do IPI para importados. O desembarque dos veículos já começou através do porto de Recife, que há mais de 10 anos não recebia uma carga desse gênero.

shineray utilitarios 2 Shineray vai vender utilitários comerciais no Nordeste   desembarque começou por Recife

Com investimento inicial de US$2 milhões, o primeiro lote começa a ser vendido na região a partir de dezembro. O foco da Shineray é atender aos crescentes mercados do Norte e Nordeste.

De início, a Shineray pretende vender os novos veículos através da rede de motocicletas. Atualmente são 400 pontos de venda, sendo 103 concessionárias credenciadas.

A montadora pretende ainda abrir 35 concessionárias de automóveis a partir de 2012, através de um investimento de R$20 milhões.

shineray utilitarios 3 Shineray vai vender utilitários comerciais no Nordeste   desembarque começou por Recife

Além dos utilitários, a Shineray ainda está investindo na construção de uma fábrica de motos em Pernambuco, com o objetivo de atender ao mercado nacional e exportação para a África.

A linha de utilitários Shineray é composta de três modelos: furgão, picape e van de passageiros. Todos possuem motor 1.0 a gasolina com 61 cv e 8,7 kgfm.

Os veículos são produzidos pela empresa em Chongqing. A Shineray Automobile é fruto da parceria entre a fabricante de motos e a Brilliance.

[Fonte: Diário de Pernambuco]





Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.