Elétricos EUA Governamental/Legal Segurança Tecnologia Tesla Trânsito

Tesla está sendo questionada por ter escondido acidente fatal com Autopilot

tesla model s 2017 oficial 4

Autoridades americanas estão de olho na Tesla Motors. A empresa de Elon Musk foi notificada para dar esclarecimentos sobre o motivo de ter escondido durante mais de um mês o acidente fatal ocorrido na Flórida.

Suspeita-se que o motivo foi o processo de compra da empresa SolarCity, pois com um acidente fatal envolvendo a marca, as ações despencariam e prejudicariam as negociações. Outra seria a oferta pública de ações no valor de US$ 2 bilhões. A Tesla rebate e diz que avisou as autoridades nove dias após o ocorrido.

Comenta-se também que a queda nas ações não seria uma preocupação no processo de compra da Solarcity, um fabricante de painéis solares, além da oferta pública na bolsa. Com a divulgação do acidente, as ações da Tesla caíram 4%, sendo o único momento em 2016 que houve perda de valor dos papéis da montadora de Elon Musk.

Sabe-se que é comum os fabricantes não avisarem sobre um acidente com seus carros durante algum tempo após o ocorrido, mas no caso da Tesla, analistas dizem que a empresa tinha sim obrigação de revelar o mais breve possível, pois o veículo utilizava uma tecnologia desenvolvida e utilizada somente pela montadora.

[Fonte: Automotive News]





  • João Cagnoni

    Apesar de aparentar que o erro foi do caminhão, imagine a insegurança de quem usa esse sistema hoje.

    • th!nk.t4nk

      Lembrando que os Tesla não possuem condução autônoma. É só um assistente de conduçao mais sofisticado. Em outras palavras, JAMAIS o motorista de um Tesla pode deixar de prestar atençao na estrada. Ele continua sendo o responsável nesses casos de colisão. O outro lá que morreu tava assistindo um filme, pra você ter ideia.

  • Louis

    Temos que lembrar que acidentes fatais acontecem mesmo com problemas em automóveis “convencionais”. Quantos morreram com o acelerador Toyota que prendia acelerado ?

    • Franco da Silva

      E, principalmente, que o Tesla não é um autônomo. Aquilo é um sistema de assistência ao motorista. Todos os usuários são bem avisados. Mas virou moda deixar o carro por conta. Sem falar nós que filmavam para postar.

    • Gustavo73

      Morreram mais no da Toyota, Takata e GM fora agora o da FCA(Jeep) mas eles tem bem mais força no mercado americano. Não adianta o pessoal se iludir lá também tem lobby e bem forte. Acho bem provável que o mercado já soubesse, ou seus concorrentes sobre a fraude da VW nos motores a diesel. Todo fabricantes testa e desmonta os produtos da concorrência. Nos EUA a VW só foi relevante na época do Fusca e Kombi. O Golf durante anos teve outro nome caso único no modelo se não me engano para verem que não era dada importância. Mas nos últimos anos a VW tinha investido e estava aumentando as vendas dos carros com motores a diesel. Algo longe do padrão americano aonde até as picapes v6 e V8 são a gasolina em grande maioria. Assim vom o telhado de vidro foi fácil expôr a fabricante e colocar os motores a diesel em carros de passeio em cheque. A Tesla durante um tempo principalmente com o primeiro modelo derivado do Lotus era só mais um fabricante exótico. Mas agora ela começa e incomodar principalmente com planos de produtos mais baratos e entrando na seara dos fabricantes generalistas. Acho que fica claro que quem usa o modelo como condução autonoma não está fazendo da forma correta, logo seria um erro do condutor. Mas da maneira que é feita a culpa está caindo sobre a Tesla.

  • Jorge Irineu Hosang

    Isso é óbvio!! Depois da alegação pra lá de estapafúrdia…

    E todos se perguntam: Como uma empresa que produziu e vendeu 150 mil carros até agora, conseguiria testar um sistema tão caro e específico e depois oferecer-lo, como opcional, em seus veículos!!??

    É o típico caso de montadoras menores que: Compram um componente para seus veículos e instalam no seu produto para venda!! Certamente que o sistema foi comprado e não foi devidamente testado, como alega a TESLA!!

    Essa verdade ainda vai aparecer!! Questão de tempo, mas os investigadores já sabem que, os números não batem com a racionalidade do negócio!!

    • EuMeSmObYmYsElF

      o sistema foi desenvolvido pela Tesla e quem testa são os próprios clientes.. cada carro envia os dados de condução pra matriz da marca e eles analisam e atualizam o sistema com as novas informações…

  • CanalhaRS

    O sistema ainda está em desenvolvimento e a marca deixa isso bem claro ao cliente. Quem aciona o autopilot e fica olhando telefone/vídeos/dormindo, assume o risco.

    • th!nk.t4nk

      O nome “autopilot” leva o usuário a crer que seja um sistema de condução autônoma, o que ele não é (é só um assistente de direção de última geração, beeeem mais simples em concepção básica que um verdadeiro autopilot). Começa por aí. A Tesla só está se safando ao usar este termo porque é uma companhia 100% americana e inovadora, senão teriam forçado a mudança do termo há muito tempo e se bobear encaminhado uma bela multa.