_Destaque Tecnologia Trânsito

TomTom: Conheça as cidades com o pior trânsito no Brasil

transito-rio-de-janeiro

A empresa TomTom, conhecida por seus navegadores GPS, lançou uma ferramenta que permite verificar o trânsito das principais cidades do mundo. São 200 metrópoles que tem estatísticas de tráfego fornecidas pelo fornecedor de tráfego de dados Inrix (acesse por aqui).

Essa ferramenta permite verificar o percentual de acréscimo no tempo de viagem e se o mesmo está crescente ou descrente. Além disso, o nível de congestionamento nos horários de pico da manhã e da tarde são apresentados pelo sistema.

O usuário pode, por exemplo, escolher o continente, o país e o tamanho da cidade (população), sendo menor de 800 mil, maior que 800 mil habitantes ou metrópoles com mais de 8 milhões de pessoas.

No ranking mundial, a pior trânsito é o da Cidade do México. Entre as 10 mais complicadas em termos de tráfego, três são brasileiras: Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Entre todas as listas, o Brasil tem nove cidades, incluindo na ordem Fortaleza, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e Curitiba.

No Rio, os congestionamentos consomem 47% a mais do tempo de viagem, tendo 66% no pico da manhã e 79% a tarde. São Paulo, conhecida pelo seu trânsito caótico, tem acréscimo de 29% do tempo de viagem com carros parados.

Confira abaixo o ranking das cidades brasileiras mais congestionadas, de acordo com a TomTom:

Cidade – Acréscimo no tempo de viagem – Congestionamento manhã – Congestionamento tarde

1) Rio de Janeiro – 47% – 66% – 79%
2) Salvador – 43% – 67% – 74%
3) Recife – 43% – 72% – 75%
4) Fortaleza – 33% – 53% – 55%
5) São Paulo – 29% – 40% – 50%
6) Belo Horizonte – 27% – 42% – 56%
7) Porto Alegre – 22% – 33% – 45%
8) Brasília – 19% – 32% – 48%
9) Curitiba – 18% – 29% – 42%





  • Maycon Farias

    Aqui em Na Grande Vitória é bem tranquilo, da minha casa em outro município ate Vitória gasto na hora de pico no máximo uns 25 minutos.

    • HenriqueHJ

      Aqui no RJ. perto do Parque Olimpico. 25 min eu levo só para fazer 2 curvas.

      • Anderson Moraes

        kkkk.. é isso aí mesmo! por isso vamos ter feriado nos dias de jogos. Viva prefeitura do RJ

    • Cristiano_RJ

      Isso é fabuloso! Você não imagina o quanto a perda de tempo em trajeto diário compromete sua qualidade de vida. No meu caso, fora do horário de pico e com trânsito zero, levo 45 min do trabalho até minha casa. Normalmente, essa “viagem” dura 1:30 h. Mas quando o bicho pega, pode chegar a 2 h ou mais.

  • Eduardo Santos

    Aqui em Recife é assim mesmo. Trajeto de 25 min vira 2h tranquilo. Pior horário: 18h.

  • João Carlos

    Legal a notícia.

    Eu tenho um TomTom com informação de tráfego. Não lhe dá ganho de tempo tão grande como o Waze, pois não te joga tanto em vias locais, mas é mais prático por ter alertas de câmeras fixas e estáticas (erroneamente chamadas de móveis), e tem melhor visualização para locais com muitas faixas e saídas

    • Edson Fernandes

      Mas o legal é como o Tomtom monta os trajetos. Ele te faz pegar os melhores trajetos sem muitos labirintos o que me agrada. O tomtom do meu carro me agrada muito por esse tipo de funcionalidade, ainda que infelizmente para ele, o serviço que era de monitoramento do transito fosse pago e no Brasil simplesmente faliu.

      • João Carlos

        Os trajetos do TomTom, por esse motivo são ligeiramente menos efetivos
        para ganhar tempo. Em compensação, não te coloca em vias que dão aquele
        frio na barriga, coisa que o Waze faz mesmo estando configurado para o percurso mais rápido.

        No meu aparelho as informações de tráfego são grátis e vitalícias, assim como os mapas. Por outro lado eu tenho que pagar anualmente para ter radares atualizados no período, coisa que no meu aparelho antigo é de graça. Com esse aparelho da TomTom eu não tenho mais vontade nenhuma de ter uma central dessas de fábrica, pois geralmente elas sempre pecam em alguma coisa, pois geralmente não tem informação de câmeras, embora tenham de tráfego mesmo sem parear com o celular, o que é uma vantagem.

  • Megamente

    Levo 20 min para ir pro trabalho fora do pico. No pico levo 40 min. Felizmente só ando fora do pico.

  • Rio e Salvador é complicado mesmo. São Paulo parece que deu uma melhorada…

    Fortaleza é uma belíssima cidade, mas é a mais violenta do Brasil, de acordo com uma pesquisa realizada e divulgada esses tempos…

    • CharlesAle

      Essa melhora fe Sp credito aessa forte crie economica. .Li que só o Metro perdeu em torno de 85 mil passageiros por dia..Imagine então quantos carros deixaram de circular devido a falta de emprego/grana dos moradores. ..

      • Franco da Silva

        Ou foi falta de parâmetros de trânsito livre para calcular o quanto se perde na hora de pico. Dá a impressão de ser sempre horário de pico… ehehe

        • Rbs

          O cara que calcula ficou desempregado.

        • Edinaldo_Tapica

          Galera que reclama do trânsito de SP, ctz nunca visitou Recife, carinhosamente apelidada pelos paraibanos de Hellcife

      • Pacheco

        O Metro parece que deu uma aliviada mesmo e o Transito acabou migrando. Aumento fora do horario de pico e reduziu durante.

      • Edson Fernandes

        Olha… pelo menosna Zona sul isso não é realidade…rs

  • Mr. Car

    E tem Guapiranga (SP). Lá não tem congestionamento nunca, he, he!

  • Lyn

    Com a avenida brasil (principal avenida da cidade) do jeito que ta não tinha como ser diferente.

  • animefriendsSP

    imagine nas olimpiadas

    • Pedro Rocha

      Vâo dar feriado para os pobres não atrapalharem a festa que era para ser dos petralhas.

      • Pacheco

        Igual a Copa.

  • V12 for life

    Surpreendente SP não ser a primeira já que a média de trânsito em horário de pico chega a 500km.

    • Pacheco

      Engraçado como a CET manipula os dados em SP. Enquanto o sistema Maplink da 700 km de transito, a CET informa 110km.

      Isso porque, ela monitora menos de 20% das ruas da cidade.

    • Cristiano_RJ

      Para mim não é surpresa nenhuma. Assim como não é surpresa nenhuma o Rio ser a pior capital do Brasil em trânsito. Está impossível por aqui. Qualquer 15 min que você sai mais tarde de casa te custa 30 ou 40 min a mais de trânsito. Trajetos possíveis de serem feitos em 45 min são executados em 1:30 h, 2:00 h ou até mesmo 2:30 h. Certa vez fiz centro-Barra em nada mais nada menos que 4 h! Velocidade média: 11 km/h!!! Tem noção do que significa 11 km/h em 4 h????

      E depois os entusiastas falam do “prazer em cambiar”… no way! Câmbio automático hoje em dia é uma necessidade nas grandes cidades brasileiras, especialmente no Rio de Janeiro.

      • Edson Fernandes

        Cristiano, minha média varia TODOS os dias de 10 a 14km/h. Ficou tão caro para rodar de carro, que uso Uber… e acredite… sai mais barato que rodar de carro.

        Consumo do meu carro no alcool? Atualmente fez 6,1km/l. Mas era entre 4,5 a 5km/l. (não sei nem lhe explicar o que fez melhorar o consumo).

        • Cristiano_RJ

          “Panela velha é que faz comida boa” rsrsrsrs…

          Bicho, cidades como Salvador ou Recife podem ter ficado ligeiramente atrás do Rio em termos de % de aumento do tempo de viagem, mas tem um detalhe: nessas cidades, os trajetos, digamos originais duram no máximo 30 min; enquanto em cidades como Rio ou São Paulo, um trajeto de 1 h é considerado “normal”. Uma hora, digo, sem trânsito. Com trânsito vira 2 h fácil, fácil.

        • Pablo Silveira

          trabalho a 10km de distância da minha casa, e demoro mais ou menos 1:10h pra chegar pela manhã.

          2h voltando pra casa. ( Recife )

          E não dá pra ir de ônibus, por que estão assaltando a linha que usaria, ao menos 2 vezes por dia ,exatamente no mesmo lugar, e o metrô também está sendo assaltado diariamente nos horários de pico ( não sei como ) .

  • Felipe

    Brasília do tamanho que é e já aparece em nono… Sem desmerecer as demais, a cidade merece um transporte público (ônibus/metrô) melhor…

    • Andre Coelho

      Verdade, Felipe. Nossa cidade merecia um transporte publico decente. Com a criação das faixas exclusivas em alguns pontos já desafogou bastante agora o que me entristece é a EPTG com aquela faixa de ônibus a esquerda e inutilizada desde 2009… e isso que nesse período já houveram 2 ou 3 licitações para transporte publico e não adquiriram nenhum veiculo com porta do lado esquerdo… Fica lá a faixa praticamente sem uso, dá muita raiva esse descaso!

    • Leo

      Brasília já é maior que Curitiba. Oscila entre a quarta e a quinta posição entre os maiores aglomerados urbanos do país.

      • Felipe

        Boa! Valeu pela atualização, não sabia dessa.

  • Zé Mundico

    Eu me obrigo a acordar diariamente ás 5:15 da manhã para sair de casa as 5:45.
    Chego no trabalho por volta das 6:15 e junto com o vigia noturno, tenho a subida honra de abrir o prédio.
    Se bobear e deixar para sair às 6:00 só consigo chegar no trabalho por volta das 7:30, tendo que aturar no mínimo 1 hora e meia de engarrafamento.
    Hoje é sexta feira, são 6:40 da manhã, tempo firme na capital.

  • Luiz Filho

    Parece que o Fernando Hadad acertou na sua política de trânsito. São Paulo melhorou substancialmente no ranking. Não dá pra imputar à crise essa melhora, tendo em vista que a crise é nacional. Se a desculpa da crise fosse real, todas cidades brasileiras teriam melhorado, e não é isso que se observa. Independente de ideologia política, temos de dar a Cesar o que é de Cesar.

    • Pacheco

      Parece que nisso, o Jaiminho não quis evitar a fadiga.

  • leomix leo

    Salvador é um inferno pela manhã, meio-dia e a noite nos horários de pico, fora isso o trânsito flui bem, se não tiver alguma obra.

    • sepchampions

      Salvador tem umas 6 regiões apenas que são um inferno no horário de pico e isso vai mudar completamente quando o metrô tiver pronto. Vai sobrar só a região do Itaigara/Orla e o Comércio com trânsito ruim em horário de pico.

  • zekinha71

    O Rio dá pra entender porque está em primeiro, tem obras inacabadas pela cidade inteira.
    Agora quando acabarem, se é que vão acabar, vamos ver o que acontece.

    • Pacheco

      As vezes acontece que nem SP: Piora.

      Tem varios lugares que o transito ficou um lixo com os corredores de onibus, novos acessos e mudanças de sentido.

      • Edson Fernandes

        E com a Av. Santo Amaro (viaduto) em reformas… aquilo tá um inferno…

        • Pacheco

          Nem brinca… ali realmente se tornou um pedaço do Inferno.

    • Edson Fernandes

      Outra coisa: Tiraram uma via totalmente dependente do Rio… aquilo foi um absurdo. Já que a ideia era fazer uma via subterranea, que tivesse feito ANTES de derrubar ou dessem jeito de aos poucos irem acabando com ela.

      Da forma que foi, ferrou os cariocas. E outra… as mudanças de direção das ruas tem deixado os cariocas doidos. Some-se a tudo isso ainda uma “CET” furiosa em dar multas a todos sem entender que essas mudanças deixaram tudo confuso.

  • Franco da Silva

    Porto Alegre é tão ruim e nem é das piores. Meus sentimentos ao pessoal de Rio, Salvador, Recife…

    • th!nk.t4nk

      Porto Alegre e Curitiba são “ruins”, sem dúvida, mas essas outras estão num patamar totalmente diferente de caos no trânsito. Tudo sempre pode piorar.

      • Salvador é feita a Facão, não é planejada. para ir de ponto A ao B é uma volta.

    • PEDAORM

      Ta brabo em Recife.

    • Na verdade, essas são as primeiras, mas não se esqueça que são mais de 5 mil cidades aqui! Hehehe

    • Já acho um porre em Salvador, em saber que esta entre as 3…putz

      • sepchampions

        Vc anda por onde e que horário Fantasma??

        • Paralela, ACM, Heitor Dias, Orla entre outras. Tudo horário de pico.

          • sepchampions

            Vc só anda em lugar punk, aqui em Brasília é o paraíso o povo reclama de barriga cheia se comparado aos outros locais. Quando eu voltar pra Salvador irei usar o Metrô e fora do Horário de pico, tempo de pegar trânsito caótico todo dia acabou pra mim.

            • Exato. Mas tbm é pq Salvador não foi planejada. Ai complica mais ainda. E as mudanças que estão sendo realizadas ajudam um pouco.

  • pedro rt

    aqui o pior horario e de 6.30 da manha as 8;30 e de tarde e de 17;00 as 19;00

  • Fernando S.

    Trabalho a 15 minutos (de carro) do meu serviço. Entro as 7h, ou seja, poderia sair de casa por volta de 6h40, certo?.Errado! Se eu não sair no máximo as 6h15, pego trânsito. Dessa forma, saio todos os dias 6h10 e chego meia hora antes no serviço, pois é melhor q ficar no trânsito gastando combustível e passando nervoso.

  • Leonardo Teixeira

    Nossa Niterói é um inferno de transito e não chega nem ao top 10, imagina essas outras cidades. E o Rj não conta pois a cidade toda está em obra

  • Gian

    Morei no RJ uns anos.
    Cidade linda, sem duvida, mas o transito é absurdo mesmo.
    É gente demais, muito muito mais do que a cidade comportaria.

    • Cristiano_RJ

      Especialmente pela sua condição geográfica (mar de um lado, floresta do outro, pedras enormes por todos os lados) e pelas áreas degradadas pela violência, que favorecem a concentração urbana em poucas áreas. Além do trânsito, essa condição faz com que o Rio seja a cidade cujo m2 seja o mais caro do Brasil*.

      * Obs. Dois mitos postos abaixo: (1) São Paulo é o pior trânsito do Brasil e (2) São Paulo é o m2 mais caro do Brasil.

      • Edson Fernandes

        E esses dois mitos são manipulados para ser menos…rs

  • Brasileiro

    Se eu nao me engano saiu uma reportagem na G.L.O.B.O que o RJ, tinha o 3º pior transito do mundo.
    Cidades não planejadas, acontece isso mesmo!

    • Mr. Car

      Não planejadas ainda por cima “terra de ninguém”, como é o Rio.

    • Edson Fernandes

      E tem alguma cidade no Brasil bem planejada assim que a mesma tem desenvolvimento?

  • Freaky Boss

    Hell de janeiro.

    • PEDAORM

      Hellcife.

      • João Cagnoni

        Sei de alguns aqui em SP: Zona “Lost” (Leste), Nordeste Plaza, Frei Boneca…

        • Edson Fernandes

          E Zona transitil (Sul)….rsrs

          • João Cagnoni

            Aqui perto tem a “Raposo Travares”, esse é o meu favorito!

  • zekinha71

    Teve um tempo que guardava o carro do lado da estação Carandiru, de lá pra casa são 3 KMs, teve dia que demorei exatos 60 minutos. Média de 3 km/h.
    Agora faço esse 3 Km todo dia à pé e demoro no máxima 30 minutos de boa, e quando faço uma corrida dá uns 12 minutos.
    Tem muitos lugares que é melhor ir à pé, que vai chegar bem mais rápido, e ainda murcha uns pneus na cintura.

  • A pergunta é: Porque as pessoas precisam morar nas capitais/ Grandes cidades? Sério, queria entender isso. “É onde estão as oportunidades”. E é onde se perde dinheiro também por causa de aspectos que ninguém calcula. O quanto se perde no trânsito, por causa da violência, saúde dos empregados… “Ah, os clientes estão nessa região”… Aí gera o efeito cascata, do cliente ir para a Capital porque lá tem fornecedores, os fornecedores vão para a cidade porque lá estão os clientes… E o círculo não se quebra nunca.

    • th!nk.t4nk

      Pior que o governo tem como influenciar nisso. É só melhorar a infra-estrutura no interior, criar centros de pesquisa e universidades nestes locais, dar incentivos a encubadoras e afins. Aos poucos as grandes empresas começam a migrar, porque as vantagens superam os desafios da distância. Mas não adianta migrar de SP/capital pra Campinas, por exemplo, tem que focar em lugares com mais espaço físico pra crescer.

      • Tosoobservando

        Tem alguns países que tentam fazer isso fazendo que a capital nao seja na grande cidade do estado, ae transfere os funcionarios publicos pra outra menor, ae vai empresas etc… Sou a favor tb do que vc falou, tirar as melhores universidades dos grandes centros, aqui na minha cidade a propria UFU fez isso e criou campus em cidades vizinhas menores.

    • Louis

      As pessoas gostam de se amontoar. Eu quero distância de grandes centros, mesmo tendo nascido em SP capital.

      • Aliás, é um desafio achar quem tenha nascido em São Paulo… Trabalhei na cidade muito tempo, e parece que paulistano não nasce na cidade, e quando nasce sai de lá. Aliás, não se nasce em São Paulo, se nasce na Vila Mariana, no Bexiga, na Liberdade, em Itaquera, no São Luís… É estranha essa identificação do paulistano com o lugar que os pais moravam quando ele nasceu.

        • João Cagnoni

          Não entendi seu comentário. Eu nasci em SP, mais precisamente no Butantã que é onde moro até hoje. Vila Mariana, Bexiga, Liberdade e Itaquera são bairros com uma cultura bastante singular, as pessoas falam o nome do bairro devido ao tamanho da cidade com essas diversas culturas. Como sou da Zona Oeste, é difícil conhecer alguém de Itaquera, assim como me sinto em uma cidade diferente nas vezes que fui pra lá.

          • Não entendeu meu comentário mas sem querer concordou com ele! Hehehe..
            Esse “Eu nasci no Butantã” ou “Sou do Butantã” é uma maneira comum dos paulistanos falarem. Entenda, longe de ser uma crítica, é mais uma constatação sobre essa peculiaridade de São Paulo. Sabe a palavra que nunca ouvi em São Paulo? Paulistano. O pessoal não é de São Paulo, é da Mooca, do Jardim Ângela, do Ó. E olha que fui casado com uma paulistana. Opa, quer dizer, Vila Marianense!

            • Edson Fernandes

              Heheheh isso é verdade. Eu mesmo sou Paulista. (quem é paulistano é de SP e eu sou de SBC…rsrs)

              Mas te digo que era muito pior que quando trabalhava em SP tinha que vir de SBC…. 2 horas… ou mais de ida e a volta ainda pior. Hoje morando em SP eu acho melhor. Mas minha vontade? Mudar para o interior e pegar fretado. Mesmo que seja para SP.

        • Aqui em Salvador, quem mora no Subúrbio ou nos maiores bairros da cidade até mesmo as quebradas, se você perguntar onde mora, diz o nome do bairro, mas nunca que mora em Salvador.

          • E o melhor é que isso não é uma questão de se achar superior, e sim de identidade, tanto em São Paulo como em Salvador (Agora, vai ver em Valinhos em São Paulo como funciona. Não é só o bairro, mas o seu sobrenome. Eu tenho NOJO disso). Aliás, junto com o Rio, não há capital que eu me sinta tão bem como Salvador.
            Quer dizer, tem Goiânia, mas aí os motivos são outros… Hehehhe

            • Aqui tem uma curiosidade, as Favelas são chamadas de Bairro, se chamar de Favela, meu amigo, é problema.

              • Hehehe… Mesma coisa aqui em Sampa. “Comunidade”, “Núcleo”… E por aí vai…

      • MMM

        Existem outras questões. Eu viajo muito e por isso nunca sairia de perto de SP (nasci na Capital e hoje moro em São Caetano), pois a facilidade de vôos para o mundo inteiro é inigualável no país.

        • Ah, mas perto de São Paulo não é São Paulo… E eu acho que uma solução passaria justamente por aí… E não falo de cidades dormitório como Osasco ou Diadema. Mas uma Jundiaí por exemplo.

          • Edson Fernandes

            Mas SCS é uma realidade. Ele pega uma via e já está em SP. Coisas como SBC que se pega uma rodovia já saturada é que está ruim. E na volta piora: Porque sair para a Imigrantes não se pagar, mas sair dela em um dos acessos sim… então o pessoal satura a Anchieta… e o povo de Santo Andre ou São Bernardo agradece….

    • Edson Fernandes

      Olha tem que se analisar as situações. Em SP quem mora longe perde ainda mais tempo que quem mora perto. Uma das razões ainda que entenda oque vc quer dizer.

  • Rbs

    Salvador ta ruim mesmo porem nunca teve tanta obra relacionada ao transito como ta tendo agora.

    • sepchampions

      Ouso dizer que terminando essas obras será a melhor grande capital em relação a transito/transporte.

      • Rbs

        Já estou torcendo pela sua ousadia!! A minha ideia em relação a Salvador seria agregar ao que já existe transporte de barcos. Imagine uma linha ligando a ribeira ao aeroporto! Seria um transporte muito pontual uma vez que não haveria possibilidade de congestionamento. Sds.

        • sepchampions

          Mas depois do Metro pronto ele poderá pegar um ônibus ou táxi/Uber para a estação de Brotas ou Bonoco e ir de metrô até o aeroporto.

          • Rbs

            Tem razão isso vai acontecer.

          • Cristiano_RJ

            Lento, perigoso e desconfortável. Do farol da Barra ao aeroporto seriam muitos km de navegação em mar aberto. Aqui no Rio, onde a baía da Guanabara separa o centro da Ilha do governador e demais cidades da região metropolitana (Niterói, São Gonçalo, Magé, etc.) isso é viável e já é utilizado; podendo até ser ampliado em minha opinião. Mas as empresas de ônibus farão de tudo para impedir.

        • Cristiano_RJ

          Barco da Ribeira ao Aeroporto? Saindo da baía de Todos os Santos e pegando mar aberto? Você já tentou ir a Morro de São Paulo de lança ou catamarã?

          • Rbs

            Ir a Morro de São Paulo isso sim é pegar mar aberto. Construindo atracadouro apropriado existe embarcação que atende essa necessidade ate por que o trajeto seria pela costa.

            • Cristiano_RJ

              Meu velho, passou o farol da Barra, é mar aberto.

          • PEDAORM

            Quase aconteceu um acidente sério com amigos nessa travessia.

      • Cristiano_RJ

        Diz isso com base em quê? São obras tão relevantes assim mesmo? Ampliação de grandes avenidas? Instalação de transporte em massa de forma disseminada?

        PS. É curiosidade mesmo…

        • sepchampions

          “A Linha Azul é um conjunto de vias, em obras, transversais ao sistema viário expresso de Salvador, capital do estado brasileiro da Bahia. Com cerca de 12 quilômetros atravessando de leste a oeste a cidade, conecta as áreas da Orla Atlântica, do Miolo e do Subúrbio Ferroviário por meio da Avenida Pinto de Aguiar (3,3 quilômetros), Avenida Gal Costa (7,2 quilômetros) e a ligação Lobato–Pirajá (1,5 quilômetro), totalizando 12 quilômetros.
          Com impacto na abertura de novos vetores de desenvolvimento,[6] o corredor compõe o sistema de transporte de massa pois estará ligado a ambas as linhas metroviárias, alimentando-o, por meio das estações Pirajá (Linha 1) e Pituaçu (Linha 2).”
          Além disso a Rodoviária que fica numa região bastante movimentada( tem a mais movimentada estação de ônibus, Detran e 2 Shoppings proximos) vai sair para a região de Águas Claras que fica a beira da br324 que tem 3/4 faixas em cada lado(vai ter estação do metrô lá)e dizem que o Detran tbm vai pra lá. O metrô vai chegar até o aeroporto e uma cidade metropolitana que vive muita gente que trabalha em Salvador e no Centro Administrativo da Bahia onde fica a maioria dos órgãos estaduais (vai ter uma estacao do metrô na entrada do CAB provavelmente terá ônibus levando até os órgãos) Muita gente vai deixar de usar o carro e isso fará desafogar o trânsito que engarrafa nos horarios de pico na Av. Paralela que liga essa cidade a Salvador e o Cab.

          • Cristiano_RJ

            Espero que tudo isso ocorra mesmo e que os resultados sejam o esperado; pois para uma cidade que nem é assim tão grande quando comparada com Rio e São Paulo, esse trânsito caótico é inadmissível.

            • sepchampions

              Tirando a saída da rodoviária, tudo que falei já está sendo implantado o metrô parece que fica totalmente pronto no final de 2018 com 42km de extensão. Tem outros projetos que estao na fase de planejamento por isso não coloquei ai. Aí só vai ficar complicado a região da Barra-Ondina-Rio Vermelho que fica na Orla e não fiquei sabendo de nenhum projeto.

  • Zé Mundico

    Tenho certeza que brevemente teremos que rever essa nossa dependência obsessiva pelo automóvel. Claro que muita gente precisa para trabalhar e os mais diversos objetivos.Profissionais liberais ou prestadores de serviço, por exemplo.
    Mas conheço muita gente que vai comprar pão ou cigarro de carro, quando a padaria está a 2 ou 3 quadras. Quando chega na padaria tem que estacionar mais 1 quadra depois por não ter vaga. Se fosse a pé sairia mais rápido!
    Ou gente que tem carro para passar mais tempo no estacionamento (pagando, claro) do que propriamente se locomovendo.
    É impossível sair derrubando metade da cidade para fazer avenidas de 4,6,8 faixas.
    Acho que o investimento maciço em transporte público é a solução. Automóvel vai ser um trambolho que só vai atrapalhar a vida da gente.

    • kravmaga

      Em cidade pequenas, por incrível que pareça, a dependência de carros é ainda maior do que nas grandes cidades porque simplesmente não existe transporte coletivo.

      Eu moro no Rio, em uma região bem servida de transporte coletivo (metrô, ônibus) e poderia ir para a grande maioria dos locais sem carro. E faço isso muitas vezes porque simplesmente não vou de carro em lugares perigosos ou onde sei que não há vagas. Também tenho perto de casa supermercados, padarias, etc e vou a pé.

      Mas um cunhado meu mora numa cidade muito pequena do RJ e lá simplesmente não há ônibus. A cidade é tão pequena que dá para atravessas facilmente a pé, mas quase todo mundo lá anda de carro ou de moto. Ainda brinco com ele que deveria ir a pé para perder a barriga mas lá é tão fácil estacionar em qualquer lugar (não há flanelinhas, radares, policiais para multar, etc) que todo mundo usa carro até para andar 200 metros. É um tumulto tremendo na frente do supermercado porque estacionam de qualquer jeito na frente do supermercado, deixando um corredor polonês que só passa um carro pela rua.

      • Cristiano_RJ

        Pois é, para quem mora na Zona Sul, o transporte público ainda é uma opção. E mesmo o taxi (ou Uber) pode ser utilizado sem ter que deixar seu rim… Mas para quem mora na região da Barra/ Recreio, pegar transporte público é uma lástima e táxi, inviável. E acho engraçado quando falam na TV “blablabla (…) optem pelo transporte público (…)”, como se fosse apenas uma questão de opção”.

        • Edson Fernandes

          Recreio… INFERNO de bairro no Rio.

          • Cristiano_RJ

            Inferno no deslocamento diário. Nos fds é um paraíso. Ou para quem mora lá e trabalha por lá…

            • Edson Fernandes

              Desde que vc não seja consultor e não tenha RESTAURANTE para conseguir apenas comer… é bom mesmo…rs

              Sinceramente, quem mora lá no minimo tem um carro ou 2 para a familia sair de lá…

              Eu não gostaria de morar em um lugar dessa forma.

        • kravmaga

          Nem me fale da Barra da Tijuca…

          Ontem (sexta) fui fazer compras no Carrefour da Barra, na parte da tarde, e levei quase 2 horas da Barra até a Zona Sul ! Que trânsito infernal ! A Lagoa e o rebouças estavam simplesmente parados. Fiquei 1 hora no anda e para da Rocinha até o final do túnel !

  • kravmaga

    Rio de Janeiro na liderança…

    A cidade virou um canteiro de obras e até o trânsito de São Paulo parece fluido perto do trânsito carioca. E o pior é que as ruas no Rio são estreitas e, por causa dos morros, você não tem muitas alternativas para certos trajetos.

    O trânsito carioca também ficou infestado de motos como em SP nos últimos anos e, mais recentemente, muito mais por causa da crise do que por benefícios físicos, também de bicicletas. Você tem que ficar desviando o tempo todo de bicicletas na mão e na contramão, e não estou falando em ciclovias não.

    • Cristiano_RJ

      Pior são as “soluções” meia boca do prefeito. Tipo, colocar BRT e utilizar a faixa de esquerda para os ônibus, ao invés de criar uma faixa exclusiva no (extenso) canteiro central da av. das Américas. E agora na av. Brasil, estão fazendo parecido, reduzindo a pista central de 3 para 2 faixas para viabilizar a pista do BRT.

  • NA, aprendam a usar tabelas. Pelo amor de Deus… aff

    • Zé Mundico

      Realmente, não custava nada fazer aquelas tabelinhas do excel com colunas separadas. Fica complicado conseguir acompanhar desse jeito.
      Bota o estagiário prá trabalhar!

  • Felipe

    Me admira (negativamente) Curitiba, com um transporte público invejado por várias capitais, aparecer em nono…

    • The Canadian

      Essa imagem de Curitiba é dos anos noventa, hoje em dia tem tantos problemas quanto qualquer outra do capital do país.

      • Felipe

        Até que não cara… Fui a Curitiba em 2010 (tudo bem, foi a 6 anos atrás) e raras foram as vezes que usei outro meio de transporte lá, justamente pela eficiência do transporte coletivo.
        Se de lá pra cá as coisas mudaram pra pior, é um péssimo sinal.

        • The Canadian

          Eu moro aqui e uso o transporte coletivo, por opção, quase todo o dia, fora dos horários de pico é uma maravilha, mas na hora do rush é igual a qualquer outro lugar. Pelo menos o ônibus não fica parado no trânsito.

  • PEDAORM

    Recife ta dark mesmo o negocio, o bairro de Boa Viagem deu uma desafogada depois da Via Mangue, mas o resto da cidade, principalmente bairro do Espinheiro (Av Rosa e Silva) e a região da Agamenom Magalhães seguem muito caóticas.

  • PEDAORM

    O que eu não entendi dessa lista é o seguinte, Se Recife tem número piores do que Salvador, porque ele esta abaixo na posição?

    Cidade – Acréscimo no tempo de viagem – Congestionamento manhã – Congestionamento tarde

    2) Salvador – 43% – 67% – 74%

    3) Recife – 43% – 72% – 75%

    • Cristiano_RJ

      Boa pergunta. Com a palavra, NA…

  • Tosoobservando

    Sera que nao ta faltando?

    • Diogo Oliveira

      Eu pensava que só tinha isso nos EUA. Kkkkk

      • Tosoobservando

        Por enquanto acho que sim kkk essa foto é de Los Angeles, mas entao, a pergunta é sera que nao ta faltando isso aqui tb?

  • Alexandre Maciel

    4) Fortaleza – 33% – 53% – 55%

    Fico vendo isso e me recordo de gente que questiona declarações sobre consumo alto de carros ditos “econômicos”. Ser econômico em condições ideais é bom demais.

  • Leo

    A parte planejada de Brasília (Plano Piloto) ainda tem um trânsito muito bom, quando comparado ao que se vê Brasil a fora. Mas nas ligações entre o Plano Piloto e as outras áreas da cidade, já é possível enfrentar engarrafamentos monumentais. Que o digam os moradores de Águas Claras.

    • Jurandir Filho

      Tenta pegar as tesourinhas no horário de almoço, tem carro demais nessa cidade…

      • Leo

        Digo relativamente. Não chega aos pés do que se enfrenta em outras cidades…

  • Tudo em Lugar Nenhum

    Recomendo darem uma banda leve em Floripa nos horários de pico! Trajetos feitos, normalmente, em 15 minutos passam a levar entre 1h e 1h30. Isso quando não tem algum acidente na única ponte que liga a ilha ao continente. Aí, um trajeto de poucos minutos pode chegar a 3 horas, sem esforço. E tudo isso numa cidade de cerca de 400 mil habitantes …

    • Tosoobservando

      Mas tem 2 pontes, pq so funciona uma?

  • Ricardo Blume

    Nossas estradas são as mesmas de 15, 20 anos atrás e com os incentivos dados pelo governo nos últimos anos, a quantidade de veículos deu um salto surpreendente. A conta não fecha. O governo deveria criar uma maneira de incentivar a renovação da frota e não somente o aumento dela ou em menos de 10 anos, ninguém mais conseguirá sair de carro.

  • Cristiano_RJ

    Fechar cruzamento, avançar no sinal vermelho, não dar passagem e ficar “passeando” na faixa da esquerda… nós cariocas temos que melhorar muito em questão de educação no trânsito.

  • Diego Lip

    No Rio investiram em algo pra inglês ver, não se vê investimento em mobilidade de verdade.

  • Fabão Rocky

    A cidade de Salvador é completamente mal sinalizada e muito mal projetada p/ o trânsito, fora a falta de educação no trânsito e as barbeiragens dos baianos.
    A Orla tem apenas 2 faixas de mão e 2 de contra-mão e ainda nos finais de semana inventam interditar a rua toda p/ o povo correr, atrapalhando o trânsito mais ainda.

    • Nunca foi planejada, o povo quer modernidade onde não tem como colocar. É um inferno msm.

  • Realmente Salvador é uma inferno….fiquei surpreso em ser umas das 3 mais e a 2ª no Ranking

  • Thiago

    Faltou Sorocaba nessa lista, povinho ruim de dirigir

  • Fabio Montarroios

    Tem solução : transporte público, restrição ao uso dos carros em várias áreas da cidade e incentivo ao uso da bike. Mas… Aqui o lance é não ser muito inteligente e gasta-se bilhões com perda de tempo e problemas de saúde associados ao uso dos carros (poluição e acidentes).



Send this to friend