Asiáticos China Crossovers Lançamentos Toyota

Toyota C-HR pode ser feito também na China e na Tailândia

toyota-c-hr-flagra-1

O Toyota C-HR vem chamando muito a atenção por conta de seu estilo muito agressivo e alguns detalhes estéticos exóticos, entre eles as maçanetas das portas traseira que ficam praticamente no teto. Isso sem contar as lanternas em formato bumerangue, que lembram as do Novo Civic, ou as diminutas janelas traseiras.

De qualquer forma, o Toyota C-HR é a aposta da marca japonesa para deter os utilitários esportivos das rivais, especialmente o Honda HR-V. Pode ser que mais adiante ela siga o exemplo do Etios e da própria Honda, desenvolvendo um SUV compacto de baixo custo para emergentes.

toyota-c-hr-flagra-4

Com produção já sendo executada em Sakarya, Turquia, a Toyota deverá também fabricar o crossover em Miyagi, Japão, a partir do segundo semestre. Além disso, comenta-se que outras plantas serão contempladas com a montagem do C-HR, sendo elas Tianjin e Guangzhou, ambas na China, além da Tailândia, provavelmente em Chachoengsao, onde são feitos os modelos Corolla, Camry, Yaris e Vios.

Enquanto isso, a região das Américas continua sem nenhuma previsão de produção do C-HR, que pelo visto chegará aos EUA através do Japão, ficando a Turquia responsável pela Europa e quem sabe América Latina. Disponível com motores 1.2 Turbo de 115 cv, 1.8 Hybrid de 122 cv e 2.0 com 147 cv, o crossover fará uso de transmissão CVT ou manual. Por enquanto, não se falou em opção diesel para a Europa.

toyota-c-hr-flagra-2

E o Brasil? Caso o C-HR seja autorizado no Brasil, a fábrica que detém mais espaço para expansão é a planta de Sorocaba, que após recente atualização, vai para 108.000 carros por ano. A fábrica tem potencial para mais. Apesar de compartilhar a plataforma com o Novo Prius (TNGA), é pouco provável que o crossover venha a ser feito junto com ele em São Bernardo do Campo, por conta do tamanho da fábrica.

Galeria de fotos do Toyota C-HR:

[Fotos: Otopark]





  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Cadê o Interior???

  • Fico imaginando como é produzir um carro na Turquia pelo fato de que estão numas das guerras civil mais violentas. Isso que o país estava ocupado pela Rússia.

    • pedro rt

      o mesmo se pode falar do brasil, ja estamos passando por uma guerra civil

      • Luis_Zo

        Sou contra essa “competição de quem sofre mais” que as vezes rola, mas ja ouvi relato de um amigo que foi trabalhar um tempo lá na Turquia, em uma planta automotiva… ele falou que tanto pra entra na fabrica, quanto para entrar no hotel, haviam detectores de metal e guardas armados com metralhadoras/fuzis fazendo revista…

        Se isso é guerra civil lá, estamos (por enquanto) até bem tranquilos por aqui heehaeh

  • EuMeSmObYmYsElF

    esse carro, do jeito que está, chegando no brasil pelo preço de Renegade e HR-V, é pra acabar com a brincadeira… vai sobrar nada pra ninguém…

    • !Marcelo Surf!

      Acredito que não pois ele, por ter um design bem agressivo ao estilo “Veloster dos Crossovers”, vai ter um público bem específico, mais de jovens solteiros que procuram um estilo coupé agressivo e esportivo e menos de famílias que procuram mais espaço e robustez.

      • oscar.fr

        Vou discordar de você. Acho que o simples fato de ele ter símbolo Toyota já é garantia que será o mais vendido. Veja o Etios, ninguém (sério, ninguém) pode ficar satisfeito com aquele desenho, mas o carro está vendendo muito bem. Então, acho que se a Toyota entrar nesse mercado vem para ser líder.

        • !Marcelo Surf!

          Que será muito bem vendido não tenho dúvidas.

          O Etios, apesar de ser feio, ele tem concorrentes diretos, que são todos os compactos de entrada e sedãns compactos de entrada, mas o estilo deste é totalmente novo, portanto é um nicho de mercado inexplorado por enquanto no brasil e por isso não dá pra saber se será mais vendido que os suvs ou não.

          • oscar.fr

            Particularmente, eu não gostei do estilo deste novo utilitário Toyota. Achei exagerado, o HR-V, para mim, já tem um desenho muito carregado. Sou fã de carros com desenhos mais simples, na categoria, eu citaria Peugeot 2008 e Jeep Renegade. No mais, seria preciso ver este novo Toyota de perto, pois ele parece maior que as SUV’s compactas, aposto que ele terá um custo bem superior. O próprio desenho repleto de vincos, pode tornar a fabricação mais cara. Fora tudo isto, resta saber se a Toyota vai querer lançar um concorrente indireto ao seu Corolla e assim correr o risco de perder a liderança absoluta do segmento dos sedãs médios.

            • !Marcelo Surf!

              Os japoneses estão ficando mais ousados, pelo menos essa é a tendencia que eu observo, vide Civic Sedan 2017, com estilo fastback e cara de coupé 4p

      • celso

        “Veloster dos Crossovers” foi boa.

  • zekinha71

    Estou começando a achar esse carro muito feio, vai virar tipo o Veloster, quanto mais vê mais feio vai ficando.

    • !Marcelo Surf!

      Realmente você tem razão. É como se fosse o design de um super esportivo, cheio de vincos salientes e bem agressivos, mas como você vê muito pouco os super esportivos nas ruas, sempre que você sempre acha lindo. Talvez se o Veloster tivesse vendido poucas unidades nós ainda acharíamos lindo.

      Neste caso, como se trata de um carro com grandes volumes de fabricação, pode ter o mesmo efeito do Veloster, cansando rapidamente.

  • Felippe

    Não é feio, mas esse design vai cansar bem rapido

  • GPE

    Esse carro é tem design tão ousado que eu pensei que fosse um protótipo em tamanho real!

  • seichonoie

    e no BR?

  • Diogo Oliveira

    Tirando aquela janela traseira, o CH-R ficou lindo.

  • Franco da Silva

    Quando vejo a Toyota nadando de braçada com o Vovorolla, imagino que esse aí vem logo pra cá; mas quando lembro que é a mesma empresa que tentou enfiar o Feios aqui, dá uma dúvida…

  • Gustavo Miranda

    Visual um bocado carregado, não?

    • oscar.fr

      Estou achando isso de grande parte dos últimos lançamentos japoneses. Fit, HR-V, Civic, todos muito carregados. Ainda sou mais a escola europeia.

      • Artur

        Eu curti, e muito. Chega de mesmice, tem de revolucionar mesmo!
        É claro que, para isso, há de existir um mínimo de bom gosto, e achei que esse carro ficou muito bem acertado nesse aspecto.
        Chega de carros todos iguais como VW e companhia! Rsrs

  • Fábio

    Cada dia que passa acho esse carro mais legal. Bonito, arrojado e inovador (pra Toyota).

  • Que carro estranho… as imagens mostram um produto ousado, mas com um resultado estático de cunho duvidoso. Vejamos a versão de produção pessoalmente para confirmar ou não as impressões.

  • Hadson Nobre

    Se vier, provavelmente iniciará nos 80 mil, passando fácil dos 90 ou até 100 mil reais. E ainda será líder e haverá lista de espera.

    • 1945_DE

      E adeus HR-V. Ele vai ser novidade e vai dominar o mercado.

  • Gian

    Eu acho que a Toyota mandou muito bem

  • celso

    Simplesmente broxante.

  • Maçaranduba o Porradeiro.

    Horríveeeeeeel!

  • Ernesto

    Que venha para o Brasil para ser mais uma opção para os consumidores!

  • fbl

    Ja vejo os concorrentes se contentando em brigar pela segunda posição. É a tendência de sempre.