Hatches Sedãs Segredos-Flagras Toyota

Toyota Etios deve ganhar novos motores em 2016

toyota-etios-cross (2)

O Toyota Etios deve estrear na linha 2017 com novos motores. A empresa japonesa espera inaugurar no primeiro semestre do ano que vem sua nova fábrica em Porto Feliz (SP), que será responsável pela produção dos propulsores do compacto. Segundo o coordenador-chefe da empresa para a América Latina e Caribe, Luiz Carlos Andrade, “serão novos motores 1.3 e 1.5, diferentes dos atuais”.

Ainda não há detalhes a respeito dos novos motores, mas é provável que o Etios fique mais potente para se equiparar aos concorrentes. O atual 1.3 litro flex de quatro cilindros do Toyota rende até 90 cavalos de potência e 12,8 kgfm de torque, enquanto o 1.5 litro flex de quatro cilindros gera 96,5 cv e 13,9 kgfm máximos, ambos sempre com câmbio manual de cinco velocidades.

De acordo com o executivo, a nova unidade já emprega 180 colaboradores e, numa primeira fase, deve chegar a 340 funcionários. O investimento previsto para a planta é de R$ 1 bilhão e levou a fabricante de transmissões Aisin a construir uma planta em Itu (SP), que será responsável pelas caixas manuais do Etios.

É provável que a nova linha do Toyota Etios seja lançada com mudanças no visual, já que o modelo é vendido há mais de três anos sem qualquer alteração estética.

[Fonte: Automotive Business]





  • motstand01

    Motores mais potentes, um câmbio automático ou CVT, um quadro de instrumentos no lugar certo e um design externo um pouco menos espartano. Se a Toyota fizesse só isso, o Etios já teria potencial pra vender o dobro ou mais.

    • leandro

      Câmbio automático certeza q não haverá… No resto se corrigir td q vc falou ele vira um pálio fire com preço de honda fit

      • Filipo

        Espera ai, você disse mesmo que se ele melhorar, será como um Palio Fire?
        Se for isso o que quis dizer, haja paciência!
        Não gosto do Etios, mas o atual já está a 10 léguas do Palio Fire.
        Onde o Etios peca é no desenho de sua carroceria e na ergonomia de seu interior. De resto, é um bom carro.

        • motstand01

          Por isso que eu falo, o brasileiro em geral não consegue encontrar meio termo pra opinião nenhuma sobre nada. Polariza tudo. O cara acha que ele tem que se posicionar como hater ou fanboy da marca, não pode ser simplesmente indiferente. E pra ser hater ou fanboy, automaticamente implica em falar asneira, como nesse caso. Ou o carro é a última maravilha, ou é um completo lixo. Me pergunto se ele fala isso sério ou é só troll mesmo. Mesma coisa na política, com os “coxinhas” e os “petralhas”, cada um falando uma asneira pior que o outro…

          • André

            É verdade, como desanima a ler comentários com essas opiniões extremistas.

          • Bruno Wendel Marcolino

            falou tudo cara!

            Alias, uma coisa que parei de fazer é discutir sobre politica, cara, é um sac0!!!

            Se falar sobre carros ficar assim, já vou para de comentar também.

            Falar de futebol já está mais ou menos assim ou até já superou.

            • motstand01

              Cara, um conselho, se você é uma pessoa de bom senso (aparentemente é), por favor, discuta política SIM. Pois o que está acabando com nosso país é justamente o extremismo, a polarização. É o extremismo que está permitindo que Cunha e Dilma façam acordo para não caírem juntos, aprovando leis que vão totalmente contra os interesses da população. Ir pra rua gritando “fora dilma”, mas com faixas escrito “somos todos cunha” e vice-versa é indignação seletiva, coisa de militantes ceguetas. É o que permite que figuras sombrias como Bolsonaro e Lula, uma de cada lado, arrebanhem tantos fãs. Nós de bom senso temos que acabar com essa palhaçada.

              Quando a futebol, eu ainda torço pelo meu Galão, mas não sofro mais, pois já cansei de ver que no futebol quem paga mais ganha mais. Esse ano não digo que foi exatamente assim, pois apesar dos roubos, ainda assim o elenco do Corinthians é melhor que do Atletico, e ganhou merecido, ainda que com uma diferença de pontos que não reflete a real diferença entre os times. Mas em 80, 99 e 2012, o Galo só não ganhou o brasileiro porque foi garfado escandalosamente mesmo. Ao mesmo tempo, em 2013 e 2014, perceba que foram anos em que o Cruzeiro não foi roubado nenhuma vez sequer, por isso foi campeão. Estranho não? Único time fora do eixo campeão nos pontos corridos, enquanto quando Inter, Gremio e Galo, por exemplo, já chegaram lá e só não ganharam devido a juízes. Até esquema de arbitragem estourou em 2005, o Inter foi campeão moral, mas o Corinthians levou na mão grande e não deu em nada. Coincidência? Não. É tudo jogo de cartas marcadas. Pagou, levou. Como Corinthians ganha o dobro de cotas do resto dos times, geralmente pode pagar mais, e leva. Por isso o futebol brasileiro acabou. 7 a 1 foi pouco.

              • Marcio Vianna

                Rapaz, a esperança para o Ludopédio tupiniquim é torcer pelo meu Flamengo! É torcer pela reeleição do atual Presidente, o Bandeira de Melo, e suas idéias e práticas de gerenciamento e reformulação começarem a vencer títulos. A previsão orçamentária é de a partir de 2017 o Flamengo “só” ter o dobro de capital de investimento do que o Corinthians e 4 vezes o Atlético-MG e assim começar a expurgar essa corja que impera na Federação Carioca e na CBF. Enquanto o Flamengo não vencer, todos os demais Clubes moralizados, Atlético-MG, Internacional, Grêmio, Palmeiras, parecem que não possuem “peso” na Imprensa para liderar essa reformulação e continuam sendo descaradamente “garfados”.
                Um grande abraço.

                • lzp

                  Flamenguista falar de moralidade é piada, não é?

                  • Marcio Vianna

                    Atualmente não. Até a Administração Bandeira de Melo eu concordaria inteiramente com essa visão, mas agora? O clube adota as mesmas práticas das maiores empresas multinacionais, auditoria externa por empresas de credibilidade internacional, divulgação pública de orçamento e despesas on line, passou a adimplir dívidas de décadas, encerrara as dívidas em seis anos, é um dos quatro clubes nacionais que possui certidão negativa de débitos tributários, apenas Flamengo, Internacional, Grêmio e Palmeiras possuem, se esse país fosse serio apenas esses clubes poderiam disputar a série A, apenas o Flamengo estará em condições já em janeiro de receber novos patrocínios conforme a legislação recentemente aprovada. Então, hoje, sim o flamenguista pode falar abertamente desse tema. Repense seus conceitos.

              • Marco

                Achei que o assunto aqui fosse automóveis. Mas deixa prá lá. Esse feyEtios tinha que voltar prá prancheta e “nascer” de novo. Igual a um tal de coCôbált e Spin, já que a marmota do k-h-Agile já partiu dessa para uma melhor. Pena terem esquecido da MONSTRANA.

                • motstand01

                  Perdão se incomodou, desvirtuei o assunto, mas acontece… Se não queria ler, bastava ignorar. Mas enfim, o Etios poderia ter ficado na Índia, Yaris era o ideal. Mas como não veio o Yaris, que pelo menos melhorem o Etios pra ser tornar palatável. Cobalt eu não acho tão feio, só a frente é ruim, mas vai mudar esse ano. Spin, um redesenho melhoraria muito, especialmente a traseira. Montana, essa sim, já passou da hora de fazerem uma na base do Onix.

              • Bruno Wendel Marcolino

                Sou gremista e pra ser sincero, torço mais contra o Corinthians que pelo Inter. Em 2005 eu fiquei indignado com o Brasileirão, mesmo sendo o time arquirrival em campo, tenho vários amigos colorados e não tenho como não ser solidário aos co-irmãos nesse caso.

                Foi absolutamente ridículo aquele campeonato, deu nojo tanto da arbitragem sem ética como do órgão(no qual nem cito o nome mais) que definiu que deveriam jogar novamente aquelas 10 partidas.

                Nesse ano vi que o futebol já caminhava na obscuridade e hoje, todos estão pasmos que na FIFA há corrupção, sendo que eles deveriam combater isso.

                Não adianta, o ser humano é uma racinha braba, sempre em busca de poder e dinheiro sem ter o minimo de pensamento no próximo, claro, com exceções, nunca se pode generalizar.

                Mas enfim, Futebol é um esporte fantástico, porém infelizmente por toda essa “mafia” por trás, com o tempo, vamos tendo desgosto e sobre politica, realmente prefiro nem entrar nessa questão, já estou enojado de tanta corrupção e o que fazer? pra quem pedir socorro?
                Infelizmente, é um negócio tão plantado nas raízes do Brasil, que talvez nem uma bomba atômica resolva.
                Lembro do filme Tropa de Elite 2, que, bom, é melancólico pensar que se trata do nosso país.

                • motstand01

                  O que mais me irrita, de tudo que envolve o futebol brasileiro, é que o torcedor corinthiano e a imprensa, especialmente a TV bandeirantes, insistem em ser absolutamente CÍNICOS quanto a isso, ignorando fatos e batendo no peito pra dizer que o time deles é o melhor do mundo, que ganhou tudo na lisura e que não existe conspiração no futebol.

                  Dizerem que recebem o dobro de cotas de TV do resto dos times porque “tem a maior torcida”, porque “são maiores”, quando na verdade essa torcida foi criada propositalmente, a partir do momento em que a TV sempre ignorou o resto dos jogos e só passou os desse clube nojento no país inteiro, toda semana. Pelo interesse de polarizar o futebol brasileiro tal e qual o espanhol.

                  Mas especialmente revoltante, no topo da pirâmide, são os que alegam que “o corinthians jogou os jogos que a CBF voltou e ganhou todos, logo foi campeão legítimo em 2005”. Interessantíssimo é ver que quase todos os jogos voltados eram derrotas do Corinthians… Coisa que eu não sou é trouxa.

                  Agora, sugiro que encerremos o debate, pois está fora do assunto da matéria e até do assunto do site. Abraços.

                  • Bruno Wendel Marcolino

                    Bom, se formos analisar o Corinthians, o time jogou o mundial de 2000 sem ter sido campeão da libertadores.

                    Com esse fato acho que nem vale a pena mais falar sobre isso.

                    Abs.

                    • lzp

                      Também levou o mundial de 2012, ganhando a Libertadores invicto. A melhor campanha da história deste campeonato com a atual quantidade de jogos.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      e dai, isso lá é argumento para falar sobre o mundial de 2000????

                      Posso dizer aqui então que o Corinthians é o único time que foi desclassificado numa pré libertadores, mas sinceramente, não estou aqui pra discutir futebol, se acha que é legal ganhar sendo ajudado fora de campo, ok, vire politico e, pelo menos, fique milionário então as custas do povo….

                    • lzp

                      Você deve ser torcedor de um destes timinhos, medíocres, que na falta do que dizer deles, fica se preocupando com outras equipes. E se você acha que o Mundial de 2000 não vale, que tal fazer greve de fome até a FIFA ouvir você? Ou então, pede para o presidente do seu timinho boicotar o Campeonato Brasileiro enquanto o Corinthians participar. Até lá, senta e chora.

                    • motstand01

                      Campeão da libertadores de 2000: Boca Juniors.
                      Campeão da UEFA de 2000: Real Madrid.
                      Mundial Interclubes de 2000 (chamado desde 1960 de Copa Intercontinental): Boca Juniors x Real Madrid, em Tokyo.
                      Resultado final: Boca 2 x 1 Real
                      Campeão do mundial de 2000: Boca Juniors.

                      Mundial de Clubes da Fifa de 2000, apesar do nome, foi um TORNEIO DE VERÃO MUNDIAL, com 8 times ALEATÓRIOS, alguns que NÃO ganharam os títulos necessários, Corinthians entre eles, pra estar no mundial de 2000 verdadeiro. Pode até se chamar “Mundial de Clubes da Fifa de 2000”, mas nada tem a ver com o atual mundial ou o que times como Santos (62 e 63) e Flamengo (81) ganharam, a começar pelos times que participaram, que não ganharam a libertadores e a UEFA de 2000, pois os que ganharam disputaram o verdadeiro mundial, com o Boca campeão.
                      Mundial de Clubes da FIFA de verdade, com os verdadeiros campeões continentais do ano e finalmente organizado pela FIFA, só surgiu a partir de 2005. Portanto, título DISTORCIDO e recebido por FAX não tem valor nenhum. O seu banho de sol acabou, vai dormir. Boa noite.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      O cara não sabe falar com a razão…muitas vezes o grande problema é esse, um ídolo do time se aposenta e vira candidato a politica por exemplo, os torcedores o que fazem? Vão lá e elegem o cara na politica achando que ele vai pensar neles e ai virá mais um politico que suga grana deles.

                      Brasileiro não sabe separar as coisas e não sabe falar com a razão quando se trata de futebol e o Izp é mais um caso.

                      Por essas e por outros que o cara vai ficando de “sac0 cheio” de tentar argumentar, seja na politica, futebol, etc etc.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      Em que momento falei que não vale rapaz?

                      Seja mais racional, pelo amor de deus, ganhou o titulo ta ganho, é campeão e ponto final, estamos aqui discutindo sobre como o Corinthians foi para num mundial sem NENHUM tipo de merecimento.

                      E outra, discutir com torcedor que usa só emoção e amor ao clube(clubista) ao invés de razão é um saco, passar bem.

                  • lzp

                    Vai Corinthians!!!!!!!!!!!!

                    • motstand01

                      Volta pra cela, o banho de sol acabou.

                    • lzp

                      Pensei que não. A sua genitora estava lá comigo o tempo todo.

                • THE GUNSLINGER

                  Se você ficou indignado por 2005, pensa nas estranhas decisões da turma do apito a favor do Internacional na última edição do Gauchão (não por acaso comandado pelo Noveleto, que é conselheiro colorado) que passa rapidinho…

                  • Bruno Wendel Marcolino

                    mas na época passou rápido a indignação kkkk

                    Tanto que em 2009 torci para o Flamengo ganhar do Grêmio no ultimo jogo do campeonato kkkkkkkk

          • shdn2010

            Cara.. concordo com vc.. mas o palio… puts realmente é um lixo.

            • motstand01

              Não é um lixo, ele é exatamente o que foi proposto pra ser: um compacto com projeto de baixo custo de 1996, requentado com motor de 2001, desenho externo de 2004 e interior de 2010. Feito pra ser o carro mais barato do Brasil, e é. Feito pra ter manutenção baratíssima e consumo aceitável, e tem. Acho honesto. Não vou entrar no mérito do preço ser alto demais, pois isso vale pra qualquer carro vendido aí.

              • Marco

                Assino embaixo. Quem tem mais grana disponível, que compre algo mais caro e tecnológico.

                • motstand01

                  Não podemos esquecer que o Palio Fire está hoje no lugar que era do Mille. E mesmo como tal, todos sabemos o abismo que separa os dois, em quase todos os aspectos de um carro. É um avanço.

              • João Guilherme Fiuza Lima

                Acho o Etios comparável ao Palio justamente por ser um projeto de baixo custo que atende ao proposto. Pra mim, como carro popular é excelente, assim como o Palio já foi, o Classic, o antigo Corsa, Gol, etc. Gosto de carros bonitos e admiro um design bem feito, mas isso, para mim, é secundário em relação a uma boa média entre desempenho, consumo, manutenção acessível, espaço interno e segurança.
                Por isso, apesar de o achar feio, comprei um Etios e até hoje, tendo em mente as limitações dele, não me arrependo. E olha que análise todas as opções do mercado na época.

                • motstand01

                  O Etios atenderia perfeitamente sua proposta se fosse posicionado como carro de baixo custo que é, com o 1.5 XLS custando na faixa de Palio 1.6, por exemplo. Mas a Toyota deu a ele preço de compacto “premium”, jogou ele na faixa de Fit LX e Fiesta SE, fazendo ele concorrer com carros que são melhores, mais bonitos e mais ergonômicos que ele.

                  O problema dele é esse. Com as economias que ele tem, não vale o preço. Se resolvesse as questões que eu disse, talvez valeria. De qualquer forma, é sim um bom carro, muito melhor que o Palio Fire, são 20 anos de diferença, pra começar.

          • Filipo

            Falou bonito!

        • leandro

          Eu não disse melhorar, disse corrigir..
          O colega motstand01 sugeriu centralizar o painel e mudar visual externo, mas o que que isso vai melhorar no carro???
          Melhorar seria colocar a/c digital, esp, assistente partida em rampa, sensores crespucular e chuva, motor turbo,mais air bags etc. Mantendo como está pra mim ele não agrega nada a mais que um palio fire e cobra 10~12 mil reais a mais por um motor 1.3 que nunca dirigi mas q pela cavalaria nada espetacular.

          • Hehehe… Então ter um botão para mudar a temperatura melhora mais o carro que ergonomia correta?
            Você não gosta de CARRO. Nada contra o Palio Fire, mas existe algo chamado comportamento dinâmico que é o que realmente diferencia um carro de outro. Motor V6 um Porsche e uma Blazer tem… Suspensão o Palio tem tanto quanto um Rolls Royce… Não é colocando telinhas, botões e mais siglas que uma Blazer viraria Porsche e um Palio Rolls Royce.

          • Filipo

            É, infelizmente vejo que não entende de carros.
            Comparar e por no mesmo nível Etios e Palio Fire? Me desculpa, mas paro por aqui.

            • leandro

              Não disse ser melhor nem pior, disse não valer 12 mil reais a mais… Enumere aqui então com dados técnicos e objetivos todos os itens que tornam o Etios 12 mil reais mais superior

          • motstand01

            Cara, seja realista. Sabe qual a chance disso tudo que você falou ser colocado no carro? Zero. Nadinha. Necas. O mercado brasileiro é isso aí, não adianta querer que do dia pra noite os carros passem a prestar e sejam do nível dos europeus. Isso não vai acontecer de uma hora pra outra. É gradual, a passos de tartaruga, como temos visto nos últimos tempos.

            O que eu “sugeri” é que, para tornar o Etios decente e fazê-lo dobrar as vendas, basta aquilo ali. São medidas que melhorariam o Etios naquilo que o carro é ruim de fato. Pois no resto dos aspectos, ele está perfeitamente na média de todos os outros concorrentes. Não é um carro ruim, apenas está cheio de soluções de design e ergonomia extremamente infelizes, que colocam todas as qualidades dele por água abaixo. Resultado da arrogância da Toyota, só isso. E me recuso a comentar sobre sua insistência em comparar o Etios com o Palio Fire.

            • leandro

              Eu não disse p colocar nada, não tenho nem quero ter um… Só q pelo preço dele ta devendo metade dos itens da lista…
              No mesmo preço da p levar up tsi q tem motor moderno e esp se nao me engano, ka tem esp na top, onix e hb 20 com at de 6 marchas, etc

              • motstand01

                Estar devendo itens, metade dos carros vendidos por aí estão. O Prisma LTZ tem motor 1.4 8v e custa quase 60 mil sem ter NADA do que você citou e ainda assim hoje é o sedan mais vendido do país. Não adianta querer que, do nada, a Toyota vá fazer caridade, se todo mundo compra (e todos os concorrentes vendem) carro sem esses itens.

                Dá sim pra levar Up TSI (que não tem esp, só asr), Ka, HB20, etc; dá pra levar qualquer concorrente, e é o que a maioria faz, deixam o Etios de lado e compram carros mais agradáveis aos olhos e ao tato, com ergonomia melhor e conjunto mecânico mais atraente. Mesmo ele sendo Toyota, o que, gostemos ou não, é um fator que faz diferença pra muitos.

                Por isso eu disse que, se o Etios fosse menos feio, tivesse câmbio automático, motores mais potentes e o painel de instrumentos no lugar certo, venderia tranquilamente do nível do HR-V pra mais, o dobro do que vende hoje. Pois o carro em si não é ruim, mas precisa urgentemente de melhorias nesses pontos. Não são muitos que estão dispostos a pagar caro pelo Etios Cross, símbolo ímpar do mau-gosto sobre rodas no mercado brasileiro, por exemplo. Mas se fosse menos ridículo visualmente, venderia horrores.

                • Bruno Wendel Marcolino

                  O 208 também é um veículo a ser destacado, o carro na linha 2016 agregou ainda mais itens(segurança e tecnologia), não mexeu no preço e qual carro vende mais? Onix.

                  Até o Etios vende mais que o 208, alias, mês passado o 208 foi pífio em vendas, algo em torno de 700 unidades. Muito pouco para o único compacto da marca, falta a ele talvez um motor melhor na versão de entrada, mas convenhamos, o motor de entrada é talvez melhor que o do Onix(nunca comparei dados), fora comportamento dinâmico, itens de série, etc. Não é um primor de carro, mas é excelente para nosso padrões na minha visão.

                  • motstand01

                    O 208 finalmente passou a oferecer equipamentos que deveriam ser de série desde o início. Mas como discuti em outro post, o preço dele é alto, o que o torna impossível para o dono de 207, que vai para outras marcas. Outro problema é o Fiesta, que tem mecânica melhor, desde os freios, que no 208 1.5 tem discos sólidos, até motores e câmbios, onde o 208 mais peca. Ninguém mais quer AT4, o HB20 era o último dos moicanos e se rendeu às 6 marchas, só sobrou a PSA mesmo.

                    O Onix, por mais que eu ache feio e que entregue muito pouco pelo que custa, tem lá seu câmbio AT6 e é um carro que não se destaca positivamente em nada, mas nem negativamente. O Etios é um bom carro que foi apagado por soluções infelizes de design e ergonomia, mas acabou compensando com qualidade mecânica, além de ter o símbolo da Toyota na grade como fator de venda. Associado ao problema de imagem da Peugeot, daí você entende o porquê de tão pouca gente levar o 208. Eu teria um Allure 1.5 tranquilamente, desde que não me oferecessem Fiesta SE 16v ou um HB20 AT6 pelo mesmo preço. Aí está o problema do 208.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      Quanto ao valor, acho que o grande vilão não é o preço do 208 que infelizmente esta em um padrão caro do nosso mercado, mas sim o 207 ter desvalorizado tanto.

                      Ok, o 208 poderia ser mais barato pelo motor e cambio que oferece, mas sum 207, 2011 o cara compra por 20 mil…acho, praticamente a desvalorização de um Jac J3 :X

                    • motstand01

                      Verdade. Esse efeito é causado justamente pela questão do pós-venda Peugeot e toda a celeuma que envolve a imagem da marca. Como o 207 é um carro relativamente comum (grande oferta no mercado de usados) e a procura caiu muito, o preço despencou rapidamente. Bom pra quem comprou usado, porém.

                    • Bruno Wendel Marcolino

                      exatamente, porém é extremamente injusto, pois o carro simplesmente não da qualquer tipo de dor de cabeça com manutenção.
                      Único problema meio cronico ao meu ver é o vidro elétrico que da problema ou no motor ou na correia(não sei se é esse nome).
                      No meu em 1 anos já verifiquei 2 vezes, é um saco, mas problemas sérios como baixar óleo e água isso não acontece de jeito nenhum por exemplo, em um ano, nem precisei completar de água o reservatório, acho até estranho, porque no Fox que eu tinha antes, a cada 5.000 km já tinha que completar ou trocar óleo e sempre ir colocando água, não é de estranhar que tenha pedido retifica com 80.000 km, fiquei indignado pois fazia a manutenção religiosamente como o manual, já o 207 não me incomodo com nada, é até um alivio hehe.

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          Não, projeto barato mesmo. Cito por conhecer bem o carro e andar em um direto. Limpador de parabrisas é ruim e sente a vibração do mesmo nos pedais de freio e embreagem. Suspensão bem ajustadinha mas faz fortes estalos recorrentes, ditos normais pelas ccs. Acionadores de comandos como seta são muito baixo custo, não tem engates macios se sente um tec tec ao mudar as posições. Mostrador ruim de ler por posição, e estilo. Giro muito grande do volante, bom para estacionar porem ruim em manobras rápidas de mudança de direção no transito mais lento. Problemas recorrentes de descarregamento da bateria. Troca de partes da embreagem por problemas de mal lubrificação. Botões de vidro elétrico parecem de peça de lego.
          O conceito geral de construção e motores em si é muito bom, existe um bom prazer de dirigir, a fora a estabilidade mediana devido ao tamanho, peso e pneus do mesmo.
          Se a Toyota desse um pouco de atenção para evitar baixo custo em muitas partes e desse um tapa no visual ele poderia ser interessante, a parte “cara” do projeto em si é boa.

        • André Castan

          Bom???? Tem um péssimo acabamento, falta pintura, parafusos a mostra e sem falar nesses motores anêmicos, vide que a própria toyota reconhece e vai mexer nos mesmos.

      • Pedro Rocha

        Isso é sinal de que as vendas estão em um patamar aceitável para a Toyota, senão eles já teriam disponibilizado ao menos o câmbio AT4 outrora usado no Corolla.
        A aceitação do Etios no Brasil não atendeu a expectativa da Toyota, mas eles não deixaram encher os pátios e o despacharam para outros países; com as facilidades de exportação, é capaz deles estarem tendo mais lucro por unidade com as exportadas.

    • Olha, na questão do visual só há uma solução: trocar a carroceria toda por algo próximo do que temos no design do Yaris e repensar absolutamente tudo na questão dos adereços plásticos que visam dar o ar “aventureiro” ao modelo.
      Sinceramente, o Etios Cross talvez seja o modelo com design mais obtuso a venda no Brasil atualmente. Pegaram o Etios (que já não é um referência em termos de visual) e o pioraram de uma forma quase inexplicável. Eu realmente não consigo entender um designer propor aqueles adereços plásticos que cobrem metade da carroceria, olhar para o modelo pronto e dizer: “ficou ok, é assim mesmo que eu queria”.
      Eu cruzo com um desses de cor vinho esporadicamente no meu trajeto. Juro que a única coisa que me vem a cabeça é a palavra “cruzes”, e é quase automático eu virar a cabeça para olhar para outro lado. Sei que questão de design é de gosto pessoal, mas para o meu, só há uma palavra para definir o do Etios Cross: lamentável.

      • PEDAORM

        Acho o hatch normal tão feio quanto, o pior para mim é o Sedã. Esse carro é muito mal resolvido dentro e fora em questão de design.

        • A traseira do sedã é um caso de polícia, também… rs. Mas confesso que o Etios Cross me causa mais pavor. Acho que a semelhança do sedã com o Logan de primeira geração me fez acostumar com as linhas, que são muito semelhantes.

      • Edson Fernandes

        Sabe como foi a aprovação? “Ficou barato? Ficou, tá otimo assim!”

    • pedro rt

      tudo isso ele vai ganhar em 2016, ate agosto…

    • Fábio S

      Eu tô achando que a toyota vai fazer isso em breve. O corolla tá subindo muito de preço e o etios vai acabar ocupando o lugar dele. É só modificar a carroceria e tal. Já viu o City, já ocupa o lugar do Civic que provavelmente virá mais caro.

    • Gran RS 78

      Imagina quanto a Toyota iria cobrar se esse modelo fosse bonito, pois no Brasil, carro bonito é sinônimo de preços mais altos ainda.

      • Pacheco

        Se o carro continuar bom como é atualmente, eu ouso dizer que ela pode cobrar.

        • Gran RS 78

          Não dá ideia, pois os carros no Brasil já estão com preços ridiculos.

  • _William

    Bacana… mas o painel central e o visual do ano 2000 mudam quando?

    • pedro rt

      2° semestre de 2016

      • Pacheco

        Tem que mudar mesmo… e colocar um cambio automatico nesse carro. É o que falta. Nem que seja um Automatico convencional.

  • Sr White

    Toyota?? Alô! Toyotica??? Põe o quadro de inst. no lugar certo. PLEASE. Assim não dá! As pessoas deixam de comprar esse carro por conta disso. Muitas pessoas! Chega a bugar o cérebro dirigir este carro. Você até vai do ponto A ao B, mas sempre que precisa olhar pro painel…………….. – :(

    • José Eduardo Borba

      Comprei um Ka sedan 1.5, vou novamente hoje na CSS tentar reduzir os barulhos do acabamento. Se a Toyota tivesse colocado o painel do Corolla 99 nesse Etios, eu teria comprado o toyotinha e não teria essa escola de samba.

      • Ricardo

        Xii, pelo visto caiu no golpe do “bonitinho, mas ordinário”. O ka sempre teve problemas enormes de acabamento.

        • José Eduardo Borba

          Também não é por ai. O carro tem bom motor, é confortável, econômico, bom espaço interno, anda muito bem e de forma responsiva. Sem falar na relação torque/peso, q é uma das maiores. Já tive outros carros Ford, esse foi o único que tem barulhos. Espero que hoje se resolva.

          • Tem o fator “sorte”. Lembro do fiesta que dois amigos compraram, daqueles 1.6 que estava baratos antes de sair de linha. Mesmo ano, mesmo modelo, só mudava a cor, um tem o carro até hoje e nunca deu problema. O outro se desfez com menos de um ano, de tanta zica que passou com o carro.

            • José Eduardo Borba

              Verdade. Meu primo comprou um para a esposa e o dele não bate nada. Mas levei hj a CSS, eles verificaram o problema e disseram que resolveriam, mas eu teria que deixar o carro por uns 3 dias. Vou marcar um dia e ligar para a Ford para me disponibilizarem o carro reserva.

      • Gonçalves

        Esse problema é crônico do novo Ka. Aqui na empresa temos 10 carros desse e todos já podem sair na avenida com 10000 kms. rsrs Quando arruma um lugar, surge um novo barulho em outro. Boa sorte na solução deste problema

      • pedro rt

        tenho uma vizinha q vai fzer quase 1 ano q tem um etios sedan e so e elogios rasgados ao carro, nao da problema nenhum e bebe pouco

        • Se não me engano foi o eleito pelos consumidores da 4 rodas. Aquela velha história, a opinião de quem tem um vale mais do que daquele que não tem.

          • José Eduardo D’Acampora Guazzi

            Isso é relativo, dono tem orgulho com marcas. Veja casos como Corolla, se fosse pelas opniões nenhum tem problema nunca, iphone pode ser o 4 que até hoje não trava. Não é verdade mas os donos acham que o que possuem é o supra sumo e não admitem que tiveram problemas. O carro em si não é de todo ruim, na verdade motor é bem elastico e economico, direção bem leve masssss o acabamento é decepcionante tipo Celta.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Teria. FUi levar o carro na CC para corrigir o rangido e peso da embreagem com 27mil km e tinha uma penca de Etios para corrigir rangido no carro.

        • José Eduardo Borba

          É rpz, o jeito é trocar o KA por um Jaguar XF. Kkkkkkk

    • Bruno Wendel Marcolino

      olha, quando eu fiz test drive no Etios, achei o acabamento muito bom e nada de ruídos no painel. No inicio é bem estranho dirigir tendo que dar uma espiada no centro para ver a velocidade, porém depois de 15 min. de test drive já me acostumei, acho muita tempestade em copo d’água reclamar tanto do painel.

      Agora, sugerir a troca do painel central analógico por um central digital seria muitíssimo interessante, acabaria com qualquer problema de visualização. Poderia também ter aquele sistema que mostra a velocidade no vidro, esse poderia ficar a frente do motorista, estilo o que tem no PUG 3008. Seriam soluções muito boas.

      • Ernesto

        Você tem razão quanto ao painel. É estranho no começo mas depois a gente acostuma. Fiz uma viagem com um Etios Sedan e o carro é muito bom. O motor pode não ser tão potente, mas responde muito bem. Direção elétrica bem acertada, suspensão também bem boa. E o carro é bem econômico também. E não falta espaço para bagagem. Há alguns deslizes que acho piores, como a ausência do travamento automático das portas, mas o que o pessoal mais reclama, de visual e o painel, essas coisas eu relevo.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Acostumar não quer disser que é bom, se fosse digital já resolvia o problema mas o mostrador tem erros de visualização conforme angulo de visualização e mostrador com mtttt erro, o 1.3 mostrando a 100km/h o carro esta a 91km/h (medido por gps). Agora pelo que o carro anda ele é bem economico.

        • Bruno Wendel Marcolino

          Não disse que era bom, só que não merece todo esse ladainha que o carro é um lixo e etc…

          É um carro razoável e que dá pra se acostumar sim com o painel central.

  • PrGirafales

    mas a toyota realmente nao quer atingir o top de vendas pq nao quer, a marca toyota é muito forte, mas esse etios nao ajuda quanto ao design, faz um etios parecido com um corolla, um carro que olham e parece um mini corolla, esse etios parece um logan modelo antigo , vejam o HB20, vende muito por causa de design, o carro é bonito, é um mini azera, mini elantra, mini i30, nao adianta que muitos brasileiros quando compra carro um item fundamental é a aparência, levo de exemplo uma amiga, ela queria o hb20 pq era bonitinho, para ela nao importou mais nada quanto a mecanica, desempenho, etc… ela comprou o carro simplesmente pq ela gostou da aparencia do carro, se a toyota fizer um bom trabalho no design do etios e colocar esse painel no lugar dos carros normais tende a vender muito, alem de um motor melhor, mais potente e economico

    • _William

      Se a Toyota entrasse nessa onde de “Mini Corolla” iria se dar muito bem, inclusive acho que se fosse o caso, estaria brigando lá em cima com os líderes. Mas as vezes até acho que ela não faz de propósito, pois alguns dos grandes trunfos da marca é o pós venda diferenciado, o “status” da Toyota e a confiabilidade de seus veículos; caso ela aumentasse muito a produção do Etios (e as vendas acompanhassem esse aumento), ela poderia ser atingida negativamente nesses ” 3 pilares”. E deve ser por isso também que ela esta mais do que satisfeita com os patamares atuais de venda do Etios.

      • Ricardo

        Não precisa de nada disso não. Bastava a toyota fazer o yaris aqui, que se assemelha muito ao etios, até no painel, mas com um design bem mais palatável

        • PEDAORM

          Yaris poderia até ser vendido no andar de cima, concorrendo com os “compactos premium” como Fiesta e Fox.

    • Etios 2017 (mini corolla)
      .

      • Alessandro

        Se fosse esse o design, antes do lançamento já estaria eu na porta da toyota reservando um!

        • Gustavobrtt

          eu também

        • Pacheco

          O Brasil estaria na frente da Toyota

      • Lucas

        Esse aí foi feito no paint.

    • Ernesto

      Concordo que o design deveria ser melhor, mas o motor é muito bom. Não falta potência e é bem econômico. Creio que seja um dos carros mais econômicos entre seus concorrentes.

      • Gustavobrtt

        Exatamente, do motor ninguém reclama.
        Eu gostaria de ter um Toyota na garagem – se o design fosse melhor. Comigo a Toyota perdeu uma venda, pois na época em que estava pesquisando, vi o carro e pensei “poxa, já que vou gastar um dinheirão, ver todo o dia esse carro na garagem, passar 2 a 3hs por dia dentro dele, tem que ter um pouco de beleza”.

        • PEDAORM

          Não precisa ser LINDO, mas precisava ser TÃO FEIO?

        • CorsarioViajante

          O pior não é nem a “beleza” mas um velocímetro com erro de paralaxe e pouco funcional.

      • Cássio Amaral

        Cara, o motor pode não ser muito potente, mas o torque em baixa rotação é excelente, mesmo no 1.3. O carro acelera bem do repouso mesmo com ar e carregando um passageiro. O 1.5 gasta menos que os defasados 1.0 de Fiat, Chevrolixo e VW (exceto 1.0 TSI do up!).

  • Filipo

    Quando do lançamento foi noticiado que os motores eram novos e de concepção atual, apesar de renderem poucos cv e kgfm, além de não possuirem variador de fase. Foi noticiado na época que o motor 1.3 era o mesmo de 1,5L, só que com cilindrada reduzida. Este último por sua vez, era o mesmo que equipava e ainda equipa o Yaris lá fora, só que sem a variação de comando (VVT-i).
    De qualquer modo, mesmo rendendo poucos cavalos e torque, os propulsores totalmente em alumínio e com cabeçote multiválvulas possuem bom desempenho.
    Nos EUA, o Yaris com o mesmo motor de 1,5L, mas com variação de comando de admissão, rende 107 cv na gasolina. Portanto, acredito que por aqui possa passar dos 110 cv no etanol.

    • _William

      Levando em consideração a informação que você passou, será que vem por aí novos motores ou simplesmente uma atualização dos já existentes? Eles podem simplesmente estar fazendo essas mudanças para aumentar cavalaria e torque. Até porque os atuais motores são mais modernos do que as velharias que Fiat e GM oferecem por aqui, e não ficam devendo para os demais da categoria.

      • Ernesto

        Eu acredito que seja atualização.

      • Filipo

        Sim, os novos motores que a Toyota oferecerá no Etios serão atualizações nos já existentes, visto, como descrevi, que o motor em si já possui concepção moderna (ou base moderna).

  • Nismo

    Gostaria que o painel ficasse atrás do volante, fora isso o carro tem muitas qualidades.

  • Franco da Silva

    O carro é feio que dói, mas a mecânica é elogiada. Aí, o que os japoneses fazem?!? Se preocupam em mexer na mecânica!!!
    Tudo bem que a parte estética vem junto mas, se ficassem foçados na parte visual primeiro, já estariam lançando o novo. Depois ainda venderia mais com o lançamento dos novos motores.
    Isso a Toyota tem que aprender com “A melhor do mundo. Em tudo. Tchum dum dum!”
    E, se querem motor moderno mesmo, pode acabar com esse 1.3 e colocar um 1.0 turbo.

    • Bruno Wendel Marcolino

      Toyota + Turbo + Brasil = “408 Request Time Out”

      • Aliás, Toyota com turbo é raro no mundo todo, não?

        • Bruno Wendel Marcolino

          Ba, dai já não sei, no Brasil é 0, não sou profundo conhecedor da marca, mas são poucos, alias, não lembro de nenhum de “bate-pronto” pra te citar hehe.

        • Lucas

          Pois é…era o que eu estava pensando, raro no mundo e aqui irão colocar logo no Etios?! Creio que não. rs

          • Eles alegam que o melhor caminho para eficiência são os híbridos e por isso apostam nessa tecnologia. Acho um bom argumento. Mas quantos motores a combustão eles ainda venderão? Não compensava focar na eficiência desses até que os híbridos fossem viáveis ao grande público? Até porque Toyota já tem motores turbo, pelo menos em competições.

            • Lucas

              Verdade, por hora seria interessante o investimento em motores turbos, mas será que nos EUA, Japão e outros, os híbridos já não estão bem acessíveis? Porque se estiverem, não compensaria o investimento em duas classes tão distintas.

              • A questão é: Se eles pensam no carro 100% elétrico, aí acho que o caminho é o investimento nos híbridos mesmo. Mas se eles pensam em não abandonar a propulsão por combustível fóssil/vegetal por completo, não seria melhor que esses motores, mesmo secundários e pequenos fossem o mais eficientes possível? Obviamente a fábrica sabe muito mais disso que eu. Mas quantos motores somente a combustão irão sair da Toyota nos próximos 10 anos? Acho que pagaria o investimento.
                E a própria questão de ser acessível ou não é meio relativa. Um acessível no EUA é quanto na realidade? Não imagino que seja no preço do Versa, mas também não adianta ser no preço do Camaro/Mustang V8. Aqui no Brasil acho que uma faixa razoável para um híbrido de “entrada” seria entre 50 a 60 mil, faixa dos populares melhores, para ser considerado acessível.

                • Lucas

                  Realmente, considerando quantos motores à combustível fóssil ela irá fabricar nos próximos anos, realmente ela precisaria de algo mais eficiente e menos poluente, afinal ela irá continuar como 1ª no ranking mundial por bons longos anos (a VW não vai conseguir se manter depois do escândalo)

  • Zé Mundico

    Talvez a melhor opção de hatch compacto no momento. Carro honesto, econômico, confiável e de bom desempenho. Mas já era tempo de ter opção de um câmbio automático.

    • Bruno Wendel Marcolino

      concordo.

    • Ele ganha do HB20 e do up! no espaço interno. E no que mais?

      • Bruno Wendel Marcolino

        ba, dai já não sou profundo conhecedor da marca, mas ao meu ver é bem raro mesmo.

        Mas no Brasil é 0 hehe

      • Bruno Wendel Marcolino

        não quebra, não precisa nem troca de óleo, rodizio nos pneus só com 350.000km.

        O troço é louco!

      • paulo33sp

        eu te repondo: na confiabilidade,manutençao barata,preço das peças barata,e saber que a chançe de quebrar é baixissima!!!

        • Lucas

          Confiabilidade não é um atributo apenas da Toyota. Parem de falar isso, pelo amor de deus! Já deu!

          • Helmuth Gair

            Realmente não é apenas dela, mas a Toyota é mestre nisso. Os caras são bons. Tenho uma FIelder muito bem cuidada, mas apos eu compra la! Os donos anteriores cagaram ate troca de oleo e eu a comprei com 45000km. O motor 1zzfe tem um problema cronico com os aneis de segmento que colam por displicência na troca de óleo. Começa a beber oleo que escapa por ali. Eu fiz o processo correto de abrir e troca los e mesmo tendo andado 50000km antes de fazer, não tinha sujeira alguma no sistema. Hoje esta ai, 11 anos de uso e macia, colocando as pecas japonesas que tem preco razoavel, nao me da problemas.
            Descobri com amigos que o Etios é assim tbm, se fizer a manutencao bem feita, ele vai sem problemas aumentando a km
            Mas não é o unico, creio que o Up tbm vai seguir essa linha. Muitos reclamam dele mas é um carro de bela concepção, ao meu ver.
            Se vc cotar a cesta basica do Etios e Up vera que é bem parecida. Mas o pós venda TOyota, até hoje, é junto com a Honda o melhor do mercado. Quero ver se a Honda lançar um popular um dia, como ficará o mercado de pequenos.

        • Isso tudo você viveu com seu Etios ou de algum conhecido próximo ou só está repetindo o que se ouve na net. Porque e up! não seriam confiáveis? Qual sua experiência com esses modelos?

      • Allan Marconato Marum

        Meu primeiro, e unico até agora, carro 0km é o feiozinho. Gosto dele, percorro 100km por dia e ele quebra bem o galho.
        Hoje não sei se eu compraria um feiozinho, talvez arriscaria um chines, mas ele está na luta. 65mil km, só fiz as revisões e vou trocar os pneus agora com 70mil km.
        O pos venda é realmente bom

        • Acho que o Etios tem seus problemas, e isso está longe de ser o desenho do carro. Com o preço certo ele pode ser a melhor opção de meio de transporte. O painel central atrapalha sim, não tem como negar e o problema é minimizado com o costume, mas é um problema que não haveria se o painel fosse atrás do volante ou no campo de visão como o Twingo. No mais ele tem uma mecânica confiável, mas hoje em dia todos os carros tem. Espaço interno é um destaque, assim como além da posição do painel a falta de regulagem de altura dos cintos joga contra. No mais, igualando o preço dele com um Palio, eu iria preferir o Toyota por exemplo.

          • Allan Marconato Marum

            Paguei na época R$ 38.500 na versão Sedã XS aqui em Sorocaba, na Ramires. Ganhei uns mimos (alarme, sensor de ré, vidro escurecido), documento, metade do IPVA e no fim das contas saiu algo como R$ 36.000
            Na epoca não achei coisa melhor, e sou bem pragmatico
            Nesses idos de 2013 o Hatch custava pouco mais de 30k… Acho que R$ 31.500, tinha uma faixa bem grande na frente da concessionaria e foi o que fez eu parar lá.

  • Bruno Wendel Marcolino

    Acho um excelente carro, me acostumei bem rápido no test drive ao painel central, porém, como deve ter um custo mais elevado troca o painel para a posição normal, sugiro implementação de:

    1° Painel Digital no Centro, retirando a balança filizola(kkkk)

    2° Head Up Display na frente da direção, só para o motorista não desviar atenção.

    • Cássio Amaral

      Acho que o grande problema não é o painel ser central, mas os mostradores serem analógicos, o que dificulta a leitura e leva a erro de paralaxe. Se os mostradores fossem digitais, seria bem mais fácil a leitura. Além disso, o Etios precisa urgente de um computador de bordo, com recursos básicos como indicador de consumo e relógio.

      • Pacheco

        Concordo… poderia resolver o problema com um painel digital. E adiciona um Computador de Bordo.

      • Bruno Wendel Marcolino

        se não me engano, o de consumo instantâneo colocaram…mas não afirmo nada pois realmente não acompanhei a ultima atualização de equipamentos esse ano.

  • zekinha71

    Desde que lançaram esse carro ficam mexendo em coisa que não precisam, sempre elogiaram a mecânica e vão mexer nela, agora onde sempre criticaram, nem sinal de mudança.
    Se corrigissem os erros desse carro, seria mais um pra brigar pela primeiras posições e acabar com a hegemonia do mercado.

  • CorsarioViajante

    Acho que deve chegar em 2017 completamente reformulado, inclusive acho que haverá um pouco mais de ousadia nos motores pois trocar os atuais por outros similares é pouco provável pois, dentre todas as críticas do Etios, quase nunca é sobre a motorização.

    • Lucas Irrthum

      Exatamente. Eu mesmo torci o nariz quando vi as fotos do carro e o painel de balança filizola no centro. Mas o modelo é muito gostoso de dirigir, e tem um desempenho adequado. O propulsor tem torque em baixa mas, se você reduzir, as retomadas são satisfatórias. Para ser sincero, nem parece que o motor 1.5 gera menos de 100 cv.O meu chefe tem um sedã 1.5, e as médias de consumo são muito boas. Segundo ele, 12 km/l na cidade, com trânsito pesado e ar condicionado o tempo todo.

      • CorsarioViajante

        Eu não achei nada de tão especial, achei na mesma que o March.

        • Lucas Irrthum

          Eu acho que os números de potência divulgados pela Toyota são menores do que o propulsor realmente deve desenvolver. Porque o Etios é um carro muito esperto para ter menos de 100 cv, ainda mais na versão 1.5. Quanto ao March, não posso falar nada, pois nunca dirigi um.

          • CorsarioViajante

            Não acho que iriam divulgar números menores ainda mais num motor que os “especialistas” vivem reclamando que tem “poucos cavalos”. Acho que conseguiram achar um compromisso bom entre potência x torque, peso do carro, consumo, escalonamento do câmbio, etc.
            Eu dirigi ambos faz tempo, mas achei bem similares em dirigibilidade.

            • Lucas Irrthum

              Nunca se sabe quando as montadoras estão mentindo a potência. O consumidor ainda acredita que um carro com menor potência é mais econômico. O problema é que não dá para se basear em potência divulgada, e muito menos tê-la como referência. O que eu considero como desempenho normal de um carro de 100 cv, pode não corresponder realmente a este número. Agora, voltando ao Etios, o escalonamento das marchas parece ser bom, não senti buracos ou significativa necessidade de redução. Com certeza o torque linear, e oriundo desde baixas rotações, também contribui para isso.

      • Pacheco

        12km/l na cidade com ar ligado? Eu preciso de um desse.

        • Lucas Irrthum

          Foi o que ele disse, também fiquei espantado. Mas vejo vários proprietários de Etios elogiando o consumo.

          • José Eduardo D’Acampora Guazzi

            Verdade sim, o 1.3 faz isso de 11,5-12,5 na cidade com ar e já cheguei a 18,5 na estrada de Floripa para interior de SP.

            • Lucas Irrthum

              Apesar de ter ficado espantado com a média, eu não duvido que seja verdade. Em Belo Horizonte os taxistas adoraram o Etios. Qualquer ponto de táxi que você passa, vê pelo menos 2 ou 3. Creio que além da confiabilidade da marca, o consumo também contribuiu muito para este tipo de comprador do modelo.

      • José Eduardo D’Acampora Guazzi

        Hoje o Ka é mais gostoso de dirigir, tanto acerto de direção quanto suspensão, mas ele é muito bom sim. Acerto de pedais legal e direção eletrica boa, só acho o giro muito longo, em manobras de estacionar é bom mas em desvios rápidos é estranho.

        • Lucas Irrthum

          Quando dirigi o Etios achei a direção até bem direta, deve ser porque estou acostumado com um Mille, que você tem que dar 2 voltas na direção só para virar a esquina hahahahaha.

    • pedro rt

      a nova geracao chega em 2016 na india e em 2018 no brasil

  • Angelo Lucca

    Seria bem melhor: “os motores ganharem um novo Etios envolta deles” :)

  • Mpimentel

    TEM QUE MUDAR TUDO, ESSE CARRO PODE SER BOM, MAS É MUITO FEIO…FEIO NÃO!!! HORRÍVEL, PARECE CARRO DOS ANOS 90…

  • Derek

    Só troquem este painel, colocando os mostradores no centro, por favor.

  • PEDAORM

    Inesquecível versão Xclusive com acabamento em “MaDeiRA”

    • CorsarioViajante

      Nossa sra não é possível!

    • Helmuth Gair

      kkkkkkkkkkkkkk

  • Marcos Villela

    Alguém sabe se os motores/câmbio da Honda continuarão sendo importados? Ou ela também vai produzí-los aqui?

    • Pacheco

      Acredito que a Honda ja produz aqui.

  • Fernando S.

    Pode colocar o motor que for, enquanto não acertar aquele painel horroroso eu não chego nem perto

    • pedro rt

      no 2° semestre de 2016 vc vai chegar entao ja q ele ira mudar isso

  • Vattt

    Só o motor novo??? Nunca ouvi falar mal desse motorzinho, mas esse carro precisa nascer de novo!

    • pedro rt

      vao mudar pq o cambio e motor sao importados do japao e usados no yaris e corolla sedan de entrada de la

  • AlemãoMoreira

    A Toyota não vende mais desse monstro porque não quer, possivelmente deve produzir no limite e o custo de aumentar a fábrica não compensa, sei lá algo assim. Se não fosse isso já teria arrumado os defeitos do carro (desenho feio, interior estranho, falta de câmbio AT). Esse carro seria páreo para o HB20 e Onix se a Toyota quisesse.

  • pedro rt

    no 1° semestre chega o etios com os novos motores e cambio e no 2° semestre chega a reestilizacao q sera leve segundo a autoesporte so mudara a grade na dianteira, as rodas na lateral e o parachoque e lanternas nas traseira, a maior mudança msm fica pro interior q mudara tudo e tera um painel bem parecido com a da nova hilux e corolla. em 2018 chega a nova geracao

  • Cássio Amaral

    Embora os motores do Etios já sejam muito bons, a Toyota precisa implantar as seguintes mudanças:

    -abolir o 1.3 e adotar um 1.0 3-cilindros com a mesma potência e torque do 1.3;
    -aumentar potência (para além dos 100 cv) e o torque do 1.5;
    -abolir o arcaico tanquinho de gasolina;
    -adotar comando/abertura de válvulas variável tanto na admissão quanto no escape, como no Dual VVT-i do Corolla e Ka/Ka+ 1.0;
    -adotar AT 6 marchas ou melhor ainda, um CVT;
    -colocar o painel de instrumentos no local certo;
    -melhorar o acabamento interno;
    -melhorar a segurança para garantir 5 estrelas no Latin NCAP como o up!

    Sobre as reclamações com o visual externo, não passa de frescurite e mimimi pra mim, nem me importo se não mudarem. Entendo que ninguém é obrigado a comprar um carro feio, mas o Etios vai do ponto A ao ponto B do mesmo jeito que todos os outros carros.

    • pedro rt

      a toyota nao tem motor 1.0 e nao tem o menor interesse em fzer isso pq sengundo ela esse tipo de motor nao da o menor prazer em dirigir por mais potencia q tenha.
      e possivel q o atual 1.5 passe pros 135 ou 140cv ja q esse motor pode ganhar injecao direta e turbo pra por no toyota C-HR e no corolla no futuro.
      ele vai ganhar o vvti mais cedo ou mais tarde.
      ele vai ganhar o cvt7 do corolla.
      o acabamento esta bom, mas o design interno vai mudar todo e ganhara mais equipamentos.
      segurança so vai mudar em 2018 qdo ganhar a nova geracao.

      • Cássio Amaral

        Toyota adotando motor turbo? Não creio, visto que ela tem focado quase que exclusivamentenos híbridos, usando motores aspirados com uma certa idade, o que eu pessoalmente acho decepcionante.

        • Pacheco

          Acredito na Toyota reduzindo seus motores para ser fonte de recarga para os motores elétricos.

          Ela deve seguir um caminho totalmente diferente e oposto das montadoras atuais. Por ex: Não duvido que coloquei o motor 1.5 no Corolla… porem com motores elétricos. Ele possa ser recarregado na tomada e usa o motor 1.5 quando necessita de potencia maxima e para recarregar as baterias.

          Vai por mim… a Toyota não terá motores Turbo.

          • Cássio Amaral

            Infelizmente. Híbridos ainda são uma realidade distante no Brasil, preferia um bom turbo com os do novo Civic.

  • Frederico

    A Toyota é uma empresa com grande prestígio e respeito, principalmente no Brasil.
    Na minha opinião o Etios precisa mudar a lataria e o painel, além dos motores e claro, disponibilizar o câmbio CVT Multidrive como opcional, ou então, tragam o Auris para se encaixar no mercado dos hatchs médios.
    O Etios é feio por dentro e por fora, é fraco de motor e o preço não é dos mais atrativos não!

    • Pacheco

      Motor Fraco? Acho que o Etios 1.5 anda mais e melhor que muito carro mais potente.

  • EJ

    Interessante q os motores são bons. A reclamação máster nem precisa mais repetir pq todo mundo já sabe,menos os japoneses teimosos da Toyota

  • Cássio Amaral

    À propósito, achei essas projeções de um possível Etios reestilizado. Acho que foi um designer da Índia ou Indonésia que fez, eu achei que ficou bem legal:

    • 1945_DE

      Muito boa a projeção, mas as lanternas traseiras poderiam ser parecidas com as novas do HB20, na posição horizontal.

      • Cássio Amaral

        Já eu não gostei tanto das lanternas dianterias, acho que poderiam ser um pouco mais finas, sem aquela curvatura na parte de baixo.

        • José Eduardo D’Acampora Guazzi

          Parece do C3 a dianteira.

    • PEDAORM

      Como deveria ter sido desde o primeiro momento. Ainda não é o suprassumo da beleza, mas é infinitamente melhor visualmente que a aberração que temos hoje.

  • 1945_DE

    Eu ouvi dizer que não vem não. Em 2016 só vai mudar farol, grade e lanterna. O restante só para 2017.

  • afonso200

    cambio automatico ou CVT, pela mor de deus

  • Marcos

    Olha, eu sinceramente não entendo essa angústia toda por conta da posição do painel. Em 10 minutos me acostumei totalmente com a posição central, e inclusive acho que desvia menos atenção do que olhar para trás do volante. Espero que não haja mudança nesse quesito, pois planejo trocar meu atual por um novo em 2 ou 3 anos. Quanto ao visual, também acho exagerada essa reação de algumas pessoas. Principalmente quando olho os ups e marchs da vida rodando por aí e não vejo ninguém tocar no assunto estética quanto a esses modelos, que na minha opinião são ridículos de feios.
    A propósito, o Etios foi vencedor dos Eleitos 2015. Com certeza não foi por acaso.
    Só troco meu Etios por outro Etios, ou algum outro modelo Toyota.

    • Jackson A

      Bom pra vc, mas é agoniante para a maioria das pessoas.

    • Angelo Lucca

      Já diz um ditado: “Gente feia tem a obrigação de ser legal”… Embora March e Up! não sejam um primor em design ainda conseguem ter mais harmonia que o Etios. Pra grande maioria das pessoas que compram um carro. o primeiro quesito a ser visto é a harmonia das linhas, aquilo que desperta o desejo de ter um.. Depois, se gostam das linhas, vão ver o que o carro tem de bom que justifique a compra. Muitos compram por ser “bonito” e dane-se o restante. Outros como nós que entendemos um pouco de carro buscam testes, informações e opiniões de outros proprietários, para ai sim decidir ou não pela compra.
      “O Etios é como aquela mulher feia de doer que cozinha muito bem… O preço disso é acordar todo dia e olhar pra cara dela….” É mais fácil hoje em dia, fazer um carro bonito do que um feio. Não entendo a razão da Toyota em insistir na segunda opção.

    • Fernando

      Eu tinha preconceito com o Etios até ter a oportunidade de dirigir um. Meu próximo carro será um Etios com certeza.

  • Eduardo Brito

    Não basta melhorar os motores, tem que reformular por completo o exterior e o interior do carro(colocando o quadro de instrumentos no lugar certo). Teria sido melhor a Toyota ter apostado no Yaris aqui do que nesse carroça indiana.

  • Ezequiel Favero Pires

    Descobri ontem que o Etios, tanto hatch quanto o sedan tem tanque de combustível de 35L !!!!!!

    • CorsarioViajante

      Segundo a toyota é 45litros.

  • thelucs

    Os motores do Etios é que deveriam ganhar um carro novo :P

  • Brasil_MG

    Isso aí..Novos motores e nova cara, principalmente!. Sucesso Garantido!!!!

  • IRA

    Eu considero os motores atuais muito bons, se mudassem só o painel, acho que já seria um grande avanço. Tomara que os novos motores sejam econômicos como os atuais (ou mais, claro).

  • Pacheco

    Se a Toyota deixasse o Etios assim, pode colocar preço de New Fiesta nele. venderia horrores aqui.

    • PEDAORM

      Comentei praticamente isso acima.

  • Falou em Toyota…
    Venho aqui nos comentários e já sinto forte catinga de recalque
    kkkk

  • Tony Stark

    Provavelmente Motores 1.3 16V com 105 CV e 1.5 16V com potência na casa dos 120 CV, ambos com duplo comando variável e injeção direta de combustível e 15 kgfm de torque no mais potente. Provavelmente teremos um câmbio CVT, visto que a Nissan estará lançando até dezembro seu CVT na familia March e Versa.

  • José Caio

    Design horroroso, mas leva os prós da toyota, isso deve ser gratificante pra quem compra né…

  • Fabricio Jacob

    Aí só vai ficar faltando um novo carro para este motor novo.

  • Antonio Samuel

    Eu tive um Etios Sedan XS e posso dizer, o motor é impressionante. Muito econômico e potente. Com boas arrancadas e retomadas. Eu costumava fazer 17km/L na gasolina, sem fazer muito esforço para economizar. Cheguei ao absurdo de fazer mais de 20km/L, andando a 80km/h em uma estrada plana.

    Talvez para o público brasileiro (no qual eu me incluo) o motor precise de mais números. Eu mesmo achava, ao analisar os números, que o motor era fraco, que não daria conta e que não seria econômico, mas na prática de uso, foi o conjunto com melhor custo-benefício que já dirigi.

    Troquei o Etios por um C4 Lounge THP Exclusive pelo motor automático, pela tecnologia e pelo motor 1.6 turbo, mas confesso que sinto saudades do antigo Etios. Não descarto, no futuro, dar um downgrade e voltar para um carro um pouco mais barato como o Etios.

  • E essa temperatura só é atingida com ar digital? Bom saber! E porque será então que o ar tem seletor de temperatura, já que só existe uma temperatura segura e todo ser humano, de esquimó a somali só fica seguro viajando nela? E sobre ergonomia você não estudou, não é? Ah, e o Etios tem um comportamento dinâmico melhor que do Palio, é melhor que do Fiat porque o projeto dele contemplou isso. O similar da Fiat seria o Punto. Tente ser menos ignorante na resposta. Você perde a oportunidade de aprender. Inteligência não vou pedir. Não quero me frustrar.

    • leandro

      Já falei e vou repetir… Em momento algum disse qual é melhor que qual, só falei que não vale a diferença de preço, na Toyota paga-se pela marca.. Da mesma forma que acho q o corolla nao vale 102 mil reais e nem a hilux nova vale 160 mil reais, mas se vc tem dinheiro e quer comprar fique a vontade..
      Concordo com o que meu pai sempre fala: qual melhor marca de carro? Carro 0 km. Qual o melhor carro? O que vc tem.
      Mas respondendo na sua linha de raciocínio, a ergonomia é igual pro alto, pro baixo, pro gordo, pro magro, pro homem, pra mulher, americano, chinês…. É tão igual que todos carros são identicos

      • Bem, como se responde a uma linha de raciocínio? E que eu saiba independente do tipo físico, motorista tem que olhar para frente.
        Ah, e o Corolla custa 70 mil ok?

        • Evanir Barros

          ta de sacanagem 70 mil, só se for de entrada. e no basicão.

          • Sim, e daí? Deixa de ser carro? Você paga 20 mil reais em uma televisão? Mas pagaria 1.500 por um modelo do mesmo fabricante com menos recursos? A TV de 1500 deixou de ser TV por isso? Você fala que TV está 20 mil reais?

        • Evanir Barros

          Só se for de entrada, nem o basico custa isso. Aq no Rio ele comeca em 78 peladao e o top 92 mil.. Me diz onde tu mora q vo comprar ae….

    • Evanir Barros

      Punto…… a arrancada do puto, passa o etios naS 5 marchas. comparar um carro de alta performance, c um popular,,, e diz p sermos menos ignorante.. me poupa….

      • Cara, antes de tudo melhora seu português antes de comentar. Na boa, escrever bem faz bem, porque quando a coisa vale você já está acostumado e sem vícios de linguagem. O problema nem é escrever errado mas quando os erros atrapalham a compreensão. E além disso busque mais argumentos: Puntos tem versões parelhas com o Etios com motorização 1.4 atmosférica que perde para alguns carros 1.0 em performance. Você não sabe argumentar, não sabe diferenciar modelos, nem nossa língua você sabe..

  • Clayton Martins

    Seguramente um dos carros mais horrorosos do mundo. Também está na cabeceira da lista dos piores custo-benefício.

  • Leandro Balmant

    Itens que precisam mudar:
    -painel por completo;
    -teto com aquelas ondulações (parece uma van);
    -traseira tanto na versão Hatch, como na Sedan;
    -opção de câmbio automático ou CVT.

  • Fábio

    O Etios com face-lift deve chegar ano que vem com uns retoques:
    1-Acredito que a grade siga parecida com o do Corolla e nova Hilux, invadindo a área do faróis
    2-Os para-choques terão desenho mais sofisticado, inspirado no Corolla.
    3-Acredito que os faróis podem mudar de formato, bem como as lanternas.
    4-Obviamente a lataria segue com o mesmo formato.
    5-Muito difícil o painel mudar, infelizmente. O “erro” foi tão grotesco que sairia muito caro a Toyota mudá-lo radicalmente. É muito difícil um carro mudar o painel radicalmente num face-lift. A última vez que vi isso foi no Fiat Tempra.
    Bom, esses são os meus chutes.

  • AndersonRomeiro

    Um bom motor 1.0, uma frente nova, uma traseira nova, e um acabamento no estilo Ka ou Onix, e preço 1.0 completo por 34,900 o carro vira líder fácil.



Send this to friend