Ecologia Híbridos Japão Toyota

Toyota projeta vendas de 30.000 carros com células de combustível por ano em 2020

toyota-mirai-6

Em 2020, a Toyota espera vender anualmente 30.000 veículos movidos por células de combustível. Ao montante serão adicionados mais de 100 ônibus abastecidos por hidrogênio para os Jogos Olímpicos.

No entanto, os planos da Toyota são mais ambiciosos e preveem uma frota de carros híbridos plug-in, elétricos e hidrogênio em 2050, reduzindo assim as emissões de seu lineup em 90%, com base em dados de 2010.

mirai-fabrica-4

Até 2020, a queda será de 22% na emissão de CO2. A Toyota ainda fala de tecnologias avançadas, tais como Metal Air e baterias Sakichi, que equiparão uma nova geração de veículos elétricos da empresa.

A Toyota quer vender 1,5 milhão de carros híbridos por ano até 2020, acumulando 15 milhões de veículos que utilizam baterias. Nas fábricas da montadora, a meta é zerar a emissão de CO2 até 2050.





  • Rmx

    Bons numeros parabéns a Toybota!
    Mas cada vez que vejo esse carro acho ele mais feio.
    Quando puder ver um pessoalmente quero entrar e ficar alguns minutos para ver se me conformo.

    • Gradaschi

      É realmente bem feio, mas o novo Prius consegue ser pior.

    • Edson Fernandes

      O problema dele é a traseira!!! pq a dianteira deleé bem agressiva (e linda na minha opinião).

  • Louis

    Aprende aí, VW.

    • Rmx

      Eu ainda prefiro um Golf / Passat GTE um AUDI e-tronic ou similar de outro fabricante que essa aberração da Toybota!

      • Louis

        TDi VW cof, cof cof….

      • Lucas Lira

        Idem!

    • Edson Fernandes

      Depende da versão.

      Uma versão elétrica em relação aos modelos, eu prefiro da VW. Agora na versão diesel eu prefiro algumas outras marcas. E finalmente na versão a gasolina, dentre um Corolla e um Jetta, prefiro o Jetta se esse for TSI.

      • Louis

        Minha intenção foi comparar a mentalidade das organizações. Enquanto uma está realmente preocupada em diminuir emissões, com metas agressivas e carros futuristas virando realidade, a outra maquiando produtos poluentes para passar em inspeções.

        • Edson Fernandes

          Bem… mas entre nós, não precisamos também colocar como se a empresa fizesse isso para todo produto.

  • Blessa

    Pelo que vejo, o futuro não sera legal para aqueles que realmente gostam de carro, vai ser muito chato ter que andar de carro elétrico, por mais que tenha um torque absurdo ou uma potência absurda, não terá o mesmo prazer.

    • Louis

      Os puristas verdadeiros deveriam andar com carro sem direção assistida, sem freio assistido e sem embreagem hidráulica.
      Há, não podemos esquecer do vidro a manivela, macho que é macho gosta de girar manivela, nada de botõezinhos.
      E carburado!

      • Ramom Alencar

        eu compreendi o comentário do amigo Blessa, Louis ser purista não significa voltar a idade da pedra.

      • Blessa

        Sem exageros por favor, macho que é macho anda de cavalo e não de carro, kkk

    • Edson Fernandes

      Talvez sim, talvez não. O grande negocio será uma mudança na forma de condução.

      Eu não acharia nada ruim ter um Tesla e com certeza ele deve arrancar suspiros mais que muitos carros. E acreito que exista a mesma tendencia de carros a gasolina…. uns que serão mero meio de transporte e outros que darão esse mesmo prazer.

  • CanalhaRS

    Essa dupla Mirai/Prius da Toyota deveria receber um prêmio pelo empenho da marca em fazer carro feio. E nem vou citar o Etios (já um clássico).

  • Gian

    A próxima decada reserva grandes revoluções na industria automotiva. Isso é otimo.

    Um comentário fora do tópico: esse Toyota da foto parece ter saído do Lata Velha no Caldeirão do Huck.