Home Automobilismo Trapalhões da Red Bull deixam Lewis Hamilton vencer o GP da Turquia...

vettel abandonou gp turquia 2010 Trapalhões da Red Bull deixam Lewis Hamilton vencer o GP da Turquia 2010




A equipe da Red Bull perdeu uma boa chance de aumentar sua liderança na temporada 2010 da Fórmula 1. Os “trapalhões” Mark Webber e Sebastian Vettel

Vettel preparou um ataque em cima de Webber que acabou causando um acidente. Na curva 12, Vettel tentou ultrapassar Mark Webber por fora e foi fechado por seu companheiro de equipe. Com isso, um toque aconteceu, com Vettel abandonando a prova e Webber voltando aos boxes para trocar o bico de seu carro e ainda assim terminar em terceiro lugar.

Depois do episódio entre os dois da Red Bull, a McLaren ficou numa boa, com Lewis Hamilton vencendo a prova e Jenson Button logo atrás dele, em segundo. Já nosso brasileiro Felipe Massa conseguiu fazer uma corrida estável, embora pouco agressiva, largando em oitavo e finalizando em sétimo, apenas por causa do abandono de Vettel.

Veja como terminou o GP da Turquia 2010:

1º Lewis Hamilton (ING/McLaren): 1h28min47s620
2° Jenson Button (ING/McLaren) a 2s645
3º Mark Webber (AUS/Red Bull): a 24s283
4º Michael Schumacher (ALE/Mercedes): a 31s110
5º Nico Rosberg (ALE/Mercedes): a 32s266
6º Robert Kubica (POL/Renault): a 32s824
7º Felipe Massa (BRA/Ferrari): a 36s635
8º Fernando Alonso (ESP/Ferrari): a 46s544
9º Adrian Sutil (ALE/Force India): a 49s029
10° Kamui Kobayashi (JAP/Sauber): a 65s550
11º Pedro de la Rosa (ESP/Sauber): a 65s944
12º Jaimes Alguersuari (ESP/Toro Rosso): a 67s800
13º Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India): a 1 volta
14° Rubens Barrichello (BRA/Williams): a 1 volta
15° Vitaly Petrov (RUS/Renault): a 1 volta
16º Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso): a 1 volta
17º Nico Hulkenberg (ALE/Williams): a 1 volta
18º Timo Glock (ALE/Virgin): a 3 voltas
19° Lucas Di Grassi (BRA/Virgin): a 3 voltas
20° Karun Chandhok (IND/Hispania): a 6 voltas





Se você não está vendo os comentários, desabilite extensões do tipo Adblock (que impedem a exibição dos comentários), ou adicione nosso site como exceção.