Lançamentos Motos Triumph

Triumph lança novas Tiger Explorer e Speed Triple R no Brasil

triumph speed triple r 2016 2

Reveladas mundialmente na última edição do Salão de Milão, em novembro do ano passado, as novas Tiger Explorer e Speed Triple R acabam de ser anunciadas pela Triumph no mercado brasileiro. Tanto a bigtrail como a naked já estão disponíveis nas concessionárias da marca no País, sendo a primeira nas versões XR (R$ 58.500) e XCx (R$ 70.500) e a segunda em configuração única, por R$ 59.500.

A nova Triumph Tiger Explorer chega equipada com um motor tricilíndrico, com 1.215 cc e 12 válvulas, capaz de desenvolver 139 cavalos de potência, a 9.300 rpm, e 12,5 kgfm de torque, a 6.200 rpm, acoplado a um câmbio de seis marchas. Como diferencial, a nova linha da aventureira dispõe de embreagem hidráulica, com discos múltiplos e auxilio de torque (slip assist), evitando a fadiga do piloto.

No visual, há novos painéis junto ao tanque de combustível (que melhoram o desempenho aerodinâmico), novas carenagens do radiador, para-lama dianteiro redesenhado e tampas de motor pintadas, contrastando com as caixas de motor pretas. O painel de instrumentos também é novo e dispõe de novas informações. O modelo conta ainda com um novo sistema de escape.

triumph tiger explorer 2016 9

A versão XCx dispõe do sistema de suspensão semi-ativa (TSAS, ou Triumph Semi Active Suspension), que se adapta continuamente aos ajustes da suspensão, conforme a pilotagem, gerenciando ativamente as configurações de amortecimento e as definições de pré-carga para que elas respondam automaticamente à superfície da estrada, velocidade, peso do piloto, carga útil e terreno.

Este sistema conta também com os modos “road” e “off-road”, com diferentes configurações de pré-carga e amortecimento, sendo que, adicionalmente, cada uma dessas configurações possui nove diferentes etapas selecionáveis, que vão de “conforto” a “sport”, capazes de incorporar diferentes configurações para TSAS, freios ABS, controle de tração e mapas de aceleração.

A Tiger Explorer XCx é equipada ainda com a unidade de medição de inércia (IMU, ou Inertia Measurement Unit), que faz a medição contínua do comportamento da motocicleta e de seus movimentos, de acordo com a taxa de inclinação do piloto, esterçamento e aceleração vertical, longitudinal e lateral.

triumph speed triple r 2016 9

O modelo de entrada XR é equipado com rodas de liga-leve, freios ABS, controle de tração, modos de condução (chuva e estrada), suspensão com ajustes manuais de compressão e retorno, entre outros. Já a XCx agrega ABS com função para frenagem em curva, suspensões eletrônicas semi-ativas WP com dois modos (automático e off-road), três modos de condução (chuva, estrada e off-road), controle de cruzeiro, barras de proteção do tanque, protetores de mão, aquecedores de manopla e rodas raiadas.

No caso da nova Triumph Speed Triple R, o destaque vai para um novo motor com 104 inovações, que se combinam para produzir mais potência e torque, além de reduzir o consumo de combustível em até 10%. Este bloco consegue gerar 140 cv e 11,4 kgfm.

A lista de mudanças do propulsor inclui uma nova câmara de combustão, novo cabeçote de cilindro, novo virabrequim, novo desenho de pistão e novos corpos do acelerador Ride-by-Wire. Há também embreagem com sistema slip-assist, um radiador menor e mais eficiente e novo escapamento de fluxo livre com aumento de 70% na taxa de fluxo.

triumph tiger explorer 2016 3

Entre os equipamentos, há acelerador Ride-by-Wire ajustável, com mapas de aceleração selecionáveis que melhoram a pilotagem, a resposta e o controle, cinco modos de pilotagem (road, rain, sport, track e rider configurable), freios ABS comutável, controle de tração comutável, nova ECU (Unidade Eletrônica de Controle), suspensão Öhlins, entre outros.

O visual da nova Speed Triple R, segundo a marca, é “agressivo e atlético”, com faróis duplos exclusivos com luz de posição diurna, novo quadro esguio, rabeta totalmente nova inspirada na esportiva Daytona 675R, conjunto motor/radiador mais estreito (proporcionando 20 mm a menos na distância entre-eixos) e para-lama dianteiro e painéis do tanque de combustível em fibra de carbono. A naked está disponível nas cores Matt Graphite e Cristal White.

Galeria de fotos das novas Triumph Tiger Explorer e Speed Triple R





  • Licergico

    zoio esbugalhado

    • Gustavo Zoch

      motoca da mulher do cunha O.O

  • Damasio

    Ao vivo é outra história, a 1050 ficou muito linda. Inclusive na Triumph Floripa, no qual sou cliente, já tem disponível para test ride, vale a pena conhecer. O Problema mesmo é o preço… Acho que tenho que me contentar com a minha 675 mesmo…

  • Martini Stripes

    Já ficava bem feliz com uma XC800

  • Hugo Henrique Silva Lange

    pena sera tao alto o custo de manutenção… obviamente, são muito mais motos q muita conhecidas por ai… sejam as nakeds esportivas da yamaha ou as big trails da bmw.. naos e comparam, estão em outro patamar. é uma maravilha pilotar estas belezinhas da Triumph

    • Guest

      Depende, viu, Hugo… A troca de óleo da minha Tiger 800 ficou mais em conta na concessionária do que se eu tivesse comprado o óleo e trocado em casa (o que é caro é o tipo de óleo mesmo – 100% sintético de alta performance). Mas nunca tentaram me empurrar uma troca adiantada ou fazer algum serviço que não precisava, pelo contrário, recomendaram eu rodar mais um pouco com pneu e pastilha quando eu mesmo já queria trocar (muito diferentemente do que já vivi em Honda/Yamaha).

      Quanto às peças, se você levar um tombo, prepare o bolso, mas as peças de reposição comuns (filtros e pastilhas), ficam na médida de outras de porte parecidos de outras marcas.

      • Damasio

        Exatamente, na minha 675 acontece a mesma coisa. Não saio da Triumph tão cedo.
        Em relação aos tombos/acidentes optei pelo seguro completo, pois comprar as peças pra arrumar realmente fica difícil.

      • Hugo Henrique Silva Lange

        creio q isso pode muito variar muito de CC para cc.. mas no geral, manutenção é bem cara para muitos… isso comparada com outras do mesmo nicho. falo por experiencia. mas como disse, vale cada centavo investido.

  • Tom Costa

    Uma mexidinha na eletrônica, olhinhos retocados e um pequeno reajuste de R$22.500,00. Foi pouco aumenta mais. A Speed Triple era uma pechincha perto das outras, era…



Send this to friend