Home Marcas Fiat TwinAir considerado simplesmente três vezes “O melhor”

fpt twinair e transmissao de dupla embreagem podem ser feitos no brasil 1 TwinAir considerado simplesmente três vezes “O melhor”




Ser considerado o ‘melhor motor da categoria’, ganhar também com a ‘melhor inovação do ano’ e representar a redução de poluentes e economia de combustíveis, recebendo o prêmio de ‘motor mais verde’, com certeza traz alegria para qualquer montadora.

Isso foi o que aconteceu com a Fiat, que com o motor TwinAir, recebeu os três prêmios já mencionados. Com um corpo de jurados formado por jornalistas automotivos e especialistas de 36 países diferentes, o prêmio “International Engine of the Year 2011” animou ainda mais a marca italiana.

O motor que está disponível na configuração Turbo de 85 cv no Fiat 500, além é claro de estar no futuro Lancia Ypsilon, logo receberá novas atualizações, como uma versão ‘enxuta’ de 65 cv e outra turbo de 105 cv.

Sem deixar de lado o empenho pela melhoria no meio ambiente, está sendo desenvolvida uma versão Turbo de dupla alimentação que é ecológica, porém pode alcançar os 80 cv.

Fonte Motor Dream


  • schip624

    Esse motorzinho faz milagre mesmo.. Bem que a Fiat podia trazer ele pro Brasil neh (qual eh o motor que vai vim no fiat 500 novo?). Mas será que brasileiro ia comprar esse motor não tao potente, por ser mto economico e poukissimo poluente? Eu acho que a maioria de nós não liga mto ainda pra poluição.. Tem que mudar esse pensamento ae neh..

    • AutoIng

      Quanto menos poluente, mais econômico também. Essa relação é o ponto mais interessante da história. Quem não gostaria de ter um motor que faz quase 20 km/l na cidade? Compra-se pela economia, e de brinde polui-se bem menos nossas cidades. Todos saem ganhando (e essa versão turbo de 105 cv dá até pra encarar estrada heim).

    • avot13

      Acho que como muitos aki neste site, tb sempre tive preconceito com os carros da fiat! Até hj nunca tive um FIAT. Fui criado com os Chevrolet Monza, Ford Del Rey, além dos Vw Fusca e Gol. Meu pai nunca ousou comprar um FIAT. Porém tenho ouvido de mecânicos que a Fiat melhorou muito mesmo (os carros mais populares!). Acho que esse motor sintetiza tudo isso!
      Parabéns a Fiat.

      • AutoIng

        Também nunca tivemos Fiat na família, e tinha certo preconceito, mas hoje trabalhando no setor vejo que todas as 4 nacionais estão no mesmo saco. Quem diria que a VW tem maior índice de reclamações por veículo que a Fiat? É duro de acreditar, mas são dados de pesquisa do ano passado. A GM se sai um pouco melhor, mas não se distancia tanto. Já a Ford parece bastante sazonal, talvez em vista do menor portfólio. No fim das contas marcas como a Renault conseguem menor índice de reclamações, mas são rejeitadas por quem não conhece seus carros por puro preconceito ("é carro importado, vai me dar dor-de-cabeça"). Quando se trata de carro, hoje em dia marca diz muito pouco, principalmente no Brasil.

    • LUISMARCO

      Com certeza faz milagre mesmo, já tive um uno 1.5 ie nacional, era um bom carro, e pra calar a boca de muitos babacas que só sabem falar mal da FIAT, é só com muito trabalho que se consegue isso, Parabéns FIAT.

    • luck_fernandes

      eu acho que vai vir no fiat punto em 2012 mais ou menos e no city car de 2013

    • ahsoliveira

      claro que compra dá trocar por qualquer 1.0 ou até 1.4 na hora

  • 000000000000000

    Parabéns a Fiat, e ainda bem que esse motor está começando a ser adotado no Brasil.

    • betowmf

      pra qual carro do Brasil vem esse motor?

      • andre_0102

        Possivelmente na versão mais TOP do 500 importado do méxico, claro que a de 45k vai de 1.4EVO flex bebedor mesmo.

      • DiMais

        o novo compacto feito em Pernambuco e depois no Uno…

  • bronoski

    Esse motor é show. O punto t-jet vai ter um motor TwinAir né?

    • bittcorp

      Acho que p Punto é muito pesado para esse motor…
      Cai melhor no 500, no Uno, etc

      • Debraido

        Acho que não, caberia muito bem num punto, com 85 ou 105cv.

        • bittcorp

          Já dirigiu o Punto 1.4 (86 cv) ???

          • Debraido

            Más ai que está o erro do consumidor. Não sabe nem identificar suas necessidades.
            Comprar um punto 1.4 e esperar desempenho de T-Jet é no mínimo uma piada.
            pelo contrario só fabricariam carros com 150cv pra cima.
            Oferta de motores e versões existem exatamente para atender a todos e cada um que compre a que mais se enquadra nas suas necessidades.

    • DanielLRib

      Multi-Air. A diferença é que o twin-air é um 2 cilindros turbo. Os multi-air não tem o turbo (pelo menos no caso dos que teremos aqui), geralmente são 4 cilindros, mas contam com o sistema eletrônico de abertura variável das válvulas. Mas segundo o AutosSegredos, a próxima linha T-Jet no Brasil terá um 1.6 16V E.Torq Multi-Air Turbo Flex, estimado em torno dos 180 cv. Tomara que seja isso mesmo.

      • bronoski

        A é verdade, MultiAir. Confundi os nomes. Bom, os dois motores ( TwinAir e MultiAir ) são show hehe.

      • Emerson_Lima

        O nome desse motor ficou enorme: 1.6 16V E.Torq Multi-Air Turbo Flex. Agora imagina junto do nome do carro: "Novo" Punto Evo T-Jet 1.6 16V E.Torq Multi-Air Turbo Flex. OS 30 segundos da propaganda serão só para falar isso. Bons tempos quem que tínhamos "Uno 1.5 S", Escort XR3 1.8", "Gol CL 1.6", "Santana 2000 GL", "Fusca 1300 L" e outros com nomes simples, mas que todos entendiam qual o carro, o motor e a versão. Posso estar enganado, mas esse nomes tão grandes só vejo aqui no Brasil. Ou não?

        • AutoIng

          É que brasileiro adora nomes e marcas. Vejo sempre sujeitos estufando o peito pra dizer nome e sobrenome de seus carros. E se bobear, já emenda a potência junto, pra dizer que tem algo grande.

      • KzR

        Tomara que seja isso mesmo, mesmo! 180cv parecem mais adequados para uma versão realmente esportiva com nome T-JET. E com opção de cambio DCCT seria ainda mais show!

    • lndnfsu2

      nao, ele vai ter um "Air.Torq", uma melhoria do "eTorq" com o sistema "MultiAir"

      a logo é essa http://www.markify.com/images/uspto/originals/851

      esse TwinAir é um motor pequeno, 1.0 2 cilindros

      • vonask

        Até para o 500 vamos ter o 1.4 atual para baixar o preço. A fiat ta de parabens só fora, porque aqui o nosso motor 1.4 de 86cv bebe mais que os 1.6 de 110.

      • DanielLRib

        tomara que seja isso msmo. mas nomenclatura à parte, o motor vai ser show. Se viesse com o DCCT então.

      • DiMais

        belo achado.. pelo simplifica o nome.. não eTorq Multi-Air

    • ancelmohenrique

      a proposta desse motor é economia e redução da emissao de poluentes
      e nao performance…

      ou seja

      Nao!

  • João Paulo Vizioli

    Estava lendo um comparativo sobre a “nova geração de motores econômicos” da revista japonesa Driver, e não achei esse motor tão eficiente assim não. Entre Fit (1.3L híbrido), March (1.2L 3 cilindros) e Polo (1.4L TSi) , 2 cilindros Multiair do Fiat 500 foi o 2º mais gastão, com média de 15,5 km/l. O último colocado foi o Polo com 15,2 km/l. Fit e March ficaram com o 1º e 2º lugares com 18.6 e 16.5 km/l respectivamente. Além disso o Fiat tem o pior custo/benefício, sendo o mais caro do comparativo (custa 49.000 reais, enquanto o mais barato custa 29.500 reais – March).

    Para um carro pequeno e leve, é decepcionante.

    • _biolog_

      Contra hibrido, não tem jeito mesmo. Mas vem cá, foi esse motor turbo o testado? Se for, não tem comparação com o 3cil do March. Pode até beber algo mais, mas anda também muito mais que o Nissan.

      • João Paulo Vizioli

        O carro avaliado era o Twin air turbo de 85 cv mesmo. Estava pesquisando aqui e vi que o 500 com esse motor faz de 0 a 100 em 11s e máxima de 173 km/h. Enquanto o March japonês faz de 0 a 100 em 13s e máxima de 170 km/h. Não achei uma diferença tão grande assim de desempenho. O carta na manga dos japoneses é o CVT que ajuda bastante no consumo (o 500 tinha Dualogic e o Polo tinha DSG).

        O fato é que o 500 ganha nos equipamentos de série, mas cobra caro por isso. O March é o mais barato porém pouco equipado, o Polo tem o melhor desempenho e é o 2º mais caro e o Fit tem o melhor espaço interno e consumo.

        No conjunto da obra, eu ficaria com o Fit.

        • _biolog_

          Mesmo assim, achei incomparáveis. A diferença em desempenho é, sim, bem grande – algo como de um Focus 1.6 para 2.0. O que, ao meu ver, só melhora a imagem do Twin da Fiat, já que bebe quase a mesma coisa…

          • João Paulo Vizioli

            Sim, todos os motores são imcomparáveis em desempenho, mas a intenção do comparativo era mostrar qual tipo de motor era mais eficiente em consumo de combustível, já que eram os menores carros de cada marca. Não em qual carro anda mais. Se fosse para comparar o desempenho certamente Polo e 500 ganhariam.

            • AutoIng

              Tem uma boa margem de erro nesses testes, mas no geral qualquer coisa com consumo médio de 15 km/l pra cima é excelente. Em termos tecnológicos eu não esperaria que a Fiat superasse a Nissan, contudo. Mas chegando perto está bom demais, porque a Fiat é a que tem maiores chances de trazer um motor desses pro Brasil (da VW não espero nada, e a Nissan pelo jeito vai usar o 1.0 16v da Renault no March).

        • mho

          O CVT é muito bom pois não se sente trancos e economiza horrores.

    • MovidoàLenha

      A revista e japonesa ne ela n ia deixa barato isso ne

    • ancelmohenrique

      Com certeza foi a quatro rodas que testou (ja que ela puxa pro lado da vw sempre)

  • renatuu

    Dizem por ai que o carro que a Fiat vai fabricar no Ceará, terá esse motor.
    Se confirmar que será o novo 600 (tamanho do 600, detalhes do novo Uno e estilo do 500)
    seria perfeito, o carro pesa 800kg.

    Bem que alguem poderia fazer uma projeção desse modelo.

    • bittcorp

      Ceará ??? Não seria Pernambuco ???

      • renatuu

        isso, desculpem minha ignorancia

        • MINQiz_

          Só faltou falar que é a mesma coisa!! hehehe

          • AutoIng

            Mas as duas "cidades" ficam na Bahia né? Brincadeira!! xD

  • ro_dp

    Acho q esse é típico motor para europeus (leia-se ingleses), q estão mais preocupados em ser ecologicamente corretos do resto do mundo. O restante dos países como EUA se for vai ficar encalhado, no Brasil acho q teria uma venda média, pois as outras fabricantes cairiam de pau encima dessa potência, e aqui, venhamos e convenhamos, o pessoal ainda não estão TÃO ASSIM pra ser ecologicamente corretos (tomara q isso mude).

    • acedaniel

      a questão aqui não é ecologia ainda, mas é economia. um carro fazendo 20km/L na cidade acho que pegaria muito das vendas de 1.0 alcoólatras que temos aqui.

  • Vateau

    Será que daria certo um motor desses o Brasil? Com tanta água ou solventes no combustível?

  • O_Corsario

    Legal ver a Fiat se destacando em engenharia. Espero que prossiga com seus planos e adote em breve estes motores no nosso mercado, tão carente de inovações mecânicas.

    • meyerbro

      E a galera sempre metendo o pau nela… Falaram mal quando comprou a Chrisler, agora a mesma quitou as dívidas e continuam falando mal…

      Acho que a galera gosta é da volks msm, não tem jeito, brasileiro só não tem memória curta pra carro.

  • Romulo_Max

    Mto bom esses motores.
    Economia e bom desempenho, toh dentro!!
    Vai ser legal se a Fiat lançar no novo Uno sem aumentar mto o preço.
    Será que existe a possibilidade do novo supercompacto que vai ser feito em Pernambuco utilizar um desses motores???

  • Marcelo

    Parabéns a todos que possuem planos para inovar assim como a Fiat fez com este Motor!!!

  • Fla3D

    uma tartaruga cachaceira… :D

    • macumba_online

      e com um pé quebrado

      • AutoIng

        Vale lembrar que não se pode comparar potência de motor turbo com aquela de motor atmosférico ("aspirado"). Um turbo de 100 cv sempre será muito mais forte que um atmosférico com os mesmos 100 cv. Isso ocorre porque o turbo nesse tipo de motor joga grande torque já em médias rotações. Com isso, você pode esperar desse turbo de 85 cv o desempenho de algo com 100 a 115 cv de um atmosférico. No Punto seria algo parecido com o desempenho obtido com o e.Torq 1.6 16v, que é bom o bastante.

  • _biolog_

    Dependendo do peso, sim. Mas aí vai ter aqueles idiotas gritando que o carro não passa de 160 km/h, que não aguenta rodas 19"…

    • acedaniel

      Brasileiro é f… alias esse moto dois cilindros deve vir só em carros baixo peso… mesmo com essa potencia, acredito que não seja compatível com carros mais pesados (Punto +1100kg)

    • ancelmohenrique

      Isso com certeza é coisa de apzeiro…

    • AutoIng

      Hoje em dia em área metropolitana nem dá pra passar de 100 km/h praticamente. Qualquer coisa com 80 cv pra cima costuma ser mais do que suficiente nesse caso (ainda mais turbo, que tem melhor desempenho que um atmosférico de mesma cavalaria).

      • Skiegaard

        podiam trazer pra por no Uno, Palio e ate Siena de entrada.
        105cv nesses carros ainda ficam bonzinho dentro da cidade.

  • Soichiro_Honda

    Em breve, uma montadora japonesa copia dando uma melhorada e o produz com um custo menor.

    • AutoIng

      Os alemães já copiaram muito os japoneses, como foi o caso do câmbio CVT. Mas o engraçado é que quando os alemães finalmente tinham um CVT nas mãos (via engenharia reversa, diga-se!), os japas já o tinham aprimorado, simplificado e barateado. Resultado: os japoneses continuam reinando no mercado com suas tecnologias (e a da vez são os híbridos).

      • Soichiro_Honda

        O câmbio CVT foi criado pelos irmãos Hubert e Wim Van Doorne em 1958… Ou seja, os Japas copiaram, melhoraram, baratearam e colocaram no mercado em momento oportuno.

    • João Paulo Vizioli

      Já o fez e antes dos italianos. A Daihatsu já tinha um motor de 660 cm³ de 2 cilindros pronto em 2007 (apresentado no Tokyo motor show), Só que vai ser lançado apenas no segundo semestre deste ano, no novo modelo de kei car que ela vai lançar para provavelmente substituir o Mira.

      PS: Logo vc, que tem o nickname do homem que eu acho um dos mais criativos na indústria automobilística, dizer que os japoneses vão copiar esse sistema… Eles já fizeram faz tempo… Só estão esperando a hora certa de lançar.

      • Soichiro_Honda

        Não estou falando de copiar do motor de 2 cilindros e sim do sistema denominado Twin Air, que foi criado pela FIAT. Esse tipo de sistema, logo será copiado, melhorado, barateado e oferecido pelos japas… Copiar não é demérito. O próprio "homem mais criativo da industria automobilistica" desmontava peças dos seus concorrentes imaginando como poderia melhorá-la. Era uma prática que ele tinha e durante muito tempo ele colocou como politica na sua empresa. Quem não acompanha a concorrência, pode ficar para trás….

        • João Paulo Vizioli

          Isso é fato. Apoiado.

      • MatheusFR94

        pois é né… japoneses são especialistas em motores de 660cm³… os kei cars são admiráveis, por seu tamanho e economia. alguns contam até com tração integral, com certeza para as regiões em que se neva no Japão… e pensar que alguns usam caixas automáticas de 4 marchas!
        esse MultiAir seria muito bem vindo por aqui, quem sabe equipando novo Palio e Uno… pra tirar de linha os Fire antiquados e barulhentos…

  • Tony_76

    Uma ótima opção seria esse motor (85 cv) no novo palio ou no novo uno, a uns R$ 35k, no máximo, já com ABS e AB. Seria o mínimo que a FIAT poderia fazer em retribuição aos gordos dividendos que a matriz brasileira envia para a Itália.

  • João Paulo Vizioli

    A intenção do comparativo foi esta mesma que vc mencionou. Tanto é que não houve um ranking dizendo qual foi o melhor ou pior. Não houve vencedor (e se houvesse o 500 perderia feio, por ser caro, pequeno e "gastão"). Eu que fiz o "ranking" para mostrar as diferenças de consumo entre os motores.

    Quanto ao Twin aspirado, não há essa versão ainda (nem na Itália).

  • PedroGeraldes

    Não entendo o número de prêmios do TwinAir, existem vários relatos de Fiat 500 equipados com o propulsor bebendo muito na Europa, inclusive em reportagens conceituadas.

    Parece que no dia-a-dia ele não fica tão econômico assim.

  • potenza

    este motor na versão 85 poderia substituir os motores 1.0 e na 105 os 1.4, mais potentes e economicos, que beleza!

    105cv de um motor de 875Cm³ boa fiat!

  • Carlosr2011

    Nem um tipo de preconceito faz sentido. Mas o de alguns brasileiros em relação à FIAT chega a ser ridículo.
    Sempre tive carros VW, até comprar o primeiro Fiat (uno) em 1993. Até hj tem FIAT aqui em casa (2 Sienas) . Já tive Nissan e Renault tb. Não tenho dúvidas que a FIAT é a malhor das nacioanis para carros populares.