Hatches Usado da semana Volkswagen

Usado da semana, opinião do dono: Volkswagen Gol 2009

gol-usado-3

Boa tarde pessoal! Meu nome é Luis Paulo e tenho 27 anos. Frequento este site todos os dias desde 2010 e não encontrei até hoje nenhum portal que tenha tantas informações automotivas como este. Sou deslumbrado por carros desde que me entendo por gente, sendo que desde os cinco anos de idade já sabia os nomes de todos os modelos que existiam na minha cidade!

Venho através deste relato falar um pouco sobre meu carro. Sou estudante, solteiro, trabalho e moro fora da casa de meus pais. Então precisava de um carro simples, mas que não me deixasse na mão como meu primeiro carro que tive. Há dois anos e meio comprei um VW Gol G4 2006 1.0 vulgo ‘pé-de-boi’, pois tinha apenas desembaçador traseiro, sendo comprado com 88.000 km e, rodando até 100.000 km, já não aguentava mais, já que a cada 200 km rodados, ele baixava cerca de 800 ml de óleo!

gol-usado-4

Acredito que fui passado para trás pelo antigo dono, que era de outra cidade e nunca mais o vi. Coloquei-o à venda e mesmo com este “problemão” consegui vender. Muitos vão achar que fui desonesto, mas avisei tudo ao comprador, que o levou em um ‘mecânico’.

Este tal ‘mecânico’ disse a ele que era só encher o tanque com álcool e fazer uma viagem longa que descarbonizaria o motor e ele pararia de baixar óleo. Eu simplesmente lavei minhas mãos e vendi o carro. Com o dinheiro da venda na mão e mais um pouco que havia juntado, fui à procura de um carro usado barato, podendo ser Palio, Gol ou Fiesta, mas com o mínimo de conforto que não tinha no meu antigo veículo.

gol-usado-1

Fui a agências, mas sempre me deparava com duas máximas: carro bom, porém caro, ou carro barato, mas em situação deplorável. No interior de Minas Gerais, onde resido, não se tem tantas opções e como não gostaria de pegar veículos de outros locais pela decepção passada anteriormente, por não entender muito da parte mecânica, era isso que tinha em mãos.

Depois de muita procura, encontro o carro que estou hoje: um VW Gol G5 2009 1.0 prata, o mesmo das fotos. Era de uma senhora que andava pouco e com quase sete anos de uso, estava com 38.000 km rodados originais. Todas as revisões e peças foram feitas ou trocadas na concessionária VW. Sei que isso não representa muita coisa hoje em dia devido às concessionárias, especialmente VW, não efetuarem um trabalho tão diferente assim, mas demonstrou o cuidado com o mesmo.

gol-usado-2

É um veículo dotado do trivial: vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, direção hidráulica, limpador e desembaçador traseiro, kit Trend, quatro pneus Pirelli 175/70/14 novos e um excelente estado de conservação. Comprei pelo valor de R$ 22.000,00. Alguns dirão que estava caro, mas procurava um carro de procedência e que me chamasse a atenção. Meu pai tem um Gol G5 2011 e sempre gostei bastante do design e da dirigibilidade dele.

gol-usado-8

Em quase 1 ano e meio com este carro, já rodei cerca de 15 mil km e já consigo levantar alguns prós e contras:

Prós

– Esta geração veio para corrigir alguns problemas evidenciados na geração 4. A posição torta de dirigir foi corrigida mesmo ainda não estando 100%. Os comandos estão bem à mão e o acesso ao veículo é bastante cômodo. Tenho 1,88 m de altura e encontro uma boa posição de dirigir sem sacrificar o espaço atrás.

– Os engates do câmbio são super macios e o carro, mesmo sendo 1.0, é bastante eficiente e forte, além de econômico. Fiz uma média recentemente e ele fez 15,6 km/l na estrada. Achei um número muito bom. Nota: efetuei o percurso em velocidades entre 100 e 110 km/h. Já fiz o teste andando mais que isso e o consumo aumenta bastante – é difícil fazer médias em torno de 10km/l andando a 120km/h, por exemplo.

gol-usado-7

– Outro ponto importante é a manutenção, que pode ser efetuada em qualquer local e a oferta de peças é bem grande, sendo possível manter o carro preventivamente de uma forma acessível, coisa esta que buscava em detrimento dos gastos que tinha em meu orçamento para o carro.

– A suspensão é um pouco dura e repassa as imperfeições do piso para dentro da cabine, mas coloco isso como um ponto positivo, pois viajo bastante – cerca de 300 km por semana em estrada – e isso é muito bom. Eu tenho o carro na mão, sei dos limites dele e isso é repassado diretamente a mim.

Meu irmão tinha um Palio Celebration 2011, bem mais macio por sinal, mas que na estrada você sentia o carro muito leve e qualquer guinada na direção poderia ser fatal. Sei que o Gol também não é um primor em estabilidade, mas comparado aos carros desta faixa, é o mais na mão.

gol-usado-9

Contras

– Por viajar por longos períodos de tempo, percebo que o pedal do acelerador é muito alto em que o calcanhar tende a doer muito, necessitando parar para poder descansar com frequência. É um ponto de ergonomia que deveria ser verificado em uma nova versão.

– Por se tratar de um veículo em seu segundo ano de produção, sempre nos deparamos com defeitos ou anomalias presentes nas primeiras gerações e meu carro não foge disso. Sempre que falta um pouco de potência, principalmente em 2ª marcha, quando ele faz um barulho no motor, ou vulgo ‘TEC TEC’.

Vi em outros lugares que pode ser a gasolina, mas sei que não é isso, pois abasteço em postos de confiança e o barulho ocorre com frequência. Para se ter uma base, o carro do meu pai não faz esse barulho. Provavelmente deve ser anomalia de fábrica, mas que não afeta muita coisa. Apenas aquele barulho irritante.

gol-usado-6

– Outra coisa que me tira do sério é ter que desligar o carro, tirar a chave e abrir o porta-malas. Meu carro não tem abertura elétrica nem botão no painel para isso. Então tenho que fazer todo este malabarismo caso alguém queira colocar alguma coisa no bagageiro. É uma economia tão porca que tiveram a decência de consertar isso na geração considerada 6.

– O barulho do motor é suave quando está abaixo dos 3.000 rpm. Com este giro, ele mantém 100 km/h na estrada e tudo certo. Mas se você pisa um pouco mais, principalmente a partir dos 3.500 rpm, o motor parece que vai explodir. Pode até não ser apenas culpa do isolamento interno, pois o motor é 1.0. Ainda assim, poderia ser melhor resolvido se comparado a outros carros do segmento.

gol-usado-5

O seguro eu achei muito em conta. Conforme as descrições pessoais acima, consegui um valor anual de R$ 1.200,00 com cobertura total da Azul Seguros. Sei que não estou em nenhuma capital, mas achei muito barato e pertinente ao meu perfil.

Basicamente é isso. Estou muito satisfeito com o carro e espero daqui há uns dois anos vir a trocar novamente. Pretendo buscar um carro mais confortável e com pelo menos ar condicionado, que faz bastante falta no dia-a-dia e principalmente na hora de revender.

Fui sucinto na avaliação, mas espero poder contribuir com algumas informações sobre o veículo. É um carro popular com seus defeitos, mas na minha atual conjuntura tem servido com louvor ao que me proponho a fazer.





  • Fernando S.

    Bom relato. Porém, sou obrigado a dar uma ‘cornetada’… Poxa, você comprou o segundo arro usado seguido sem ar-condicionado? Olha, eu espero nunca mais ter um carro sem esse item. Pode até não ter vidro elétrico ou ser direção mecânica… mas tem que ter ar-condicionado (ainda mais no seu caso que disse que, vez ou outra, faz viagens com o carro). Abraço;

    • Franklin Diego

      Um dos itens que acho ser primordial é a direção. Não tem cabimento um carro sem esse item. Depois vem o ar-condicionado: é um item de conforto que sempre quando acho necessário uso o mesmo. Enquanto alguns se privam disso por que eleva mais o consumo de combustível e/ou tira um pouco a força do motor.

      Aparentemente o que levou ele a comprar esse carro foi a procedência dele, visto que no outro veículo ele havia tomado “cano”.

      • Luís Paulo

        exato Franklin
        fiquei com tanto receio de me estrepar novamente, q preferi comprar pela procedência em detrimento do ar condicionado
        sei que é muito complicado um carro sem este item nos dias atuais mas pelo menos não terei dor de cabeça com manutenção mecânica por um bom tempo!

      • invalid_pilot

        Prefiro ar e ter direção sem assistência ao inverso… Direção se o carro for pequeno ate rola (sacrifício pra estacionar)mas sem ar no verão é pedir pra morrer

      • Fernando S.

        Olha, eu fico sem a direção… é ruim na hora de estacionar (já tive carro sem o item) ou fazer manobras de inversão do carro na rua (aquelas que vc precisa inverter o lado pelo qual está dirigindo, ou seja, manobra na própria rua para fazer isso) de resto, não é tão tortuoso assim. Agora ficar sem ar-condicionado num congestionamento (coisa comum em SP) com um sol de 35 graus na lomba, é uma tortura.

    • Alvaro Guatura

      Pode até não ter vidro elétrico ou ser direção mecânica… mas tem que ter ar-condicionado [2]

      • Jackson

        Tenho a mesma opinião. Eu tenho um Up com ar e direção, mas sem vidros elétricos. Sinceramente os vidros não fazem falta alguma, além do mais ele é duas portas. Além disso como ando quase sempre com o ar ligado, vidro é desnecessário.

        • invalid_pilot

          Exato… Por isso quando alguém reclama de vidro traseiro a manivela eu nem ligo kkk normalmente no calor medio/extremo ligo o ar que se dane

    • Minerius Valioso

      Depois de mais de 4 anos num Corsa sem A/C, direção assistida e com bancos aveludados, posso concluir o quão tormentoso é dirigir um carro desse na maior parte do ano aqui em Mococa.

    • Lucas Oliveira

      A/C é item de segurança! Tanto para andar com os vidros levantados, principalmente em locais inseguros, como para ajudar a desembaçar os vidros e dar mais visibilidade!

      Já que estamos falando de A/C e de Gol, foi mancada a VW não ter colocado o ar de série desde a Trendline na linha reestilizada, na minha opinião, isso de A/C ser opcional tem de acabar! Vivemos num país tropical, é um item NECESSÁRIO!

      Quanto ao relato, gostei, e o amigo optou por um veículo de procedência, depois do ‘trauma’, em suprimento do A/C, compreendo a decisão dele.

    • Alexandre

      Concordo, mas tenho uma teoria:
      Só percebemos a real diferença de conforto proporcionada pelo ar condicionado após termos um carro com este acessório ou rodarmos constantemente em algum veículo que o tenha. E o carro anterior dele não tinha ar. Antes de 2005, era comum veículos sem ar ou até dh, eu mesmo já tive vários.

    • Fsantana09

      Quanto ao ar condicionado, talvez para a região dele não seja algo tão essencial. Pelo menos aqui no Rio Grando do Sul durante a maior parte do ano é perfeitamente dispensável. Naturalmente no verão temos dias com temperaturas altas (próximo dos 40°) mas no decorrer do ano é ameno, frio ou muito frio rs rs.

  • Blessa

    Tive um 2009 1.6 também sem ar condicionado, passei calor até enjoar kkk, mas é um ótimo carro, anda muito e o consumo é até moderado, pena que o seguro aqui em São Paulo para a família Gol é impagável, hoje tenho um UP TSI mas também já estou querendo trocar, o carro tem uma mecânica excelente anda até de mais, porem simplesmente não existe espaço interno e o acabamento é muito simples, acho que vou partir para um Fox 1.6 vamos ver.

    • Daniel

      Diga como está sendo o consumo do Up TSI, estou pensando em comprar um como segundo carro…

      • Blessa

        Não ando economizando ao máximo não, na verdade nem me preocupo muito com o consumo mas vamos lá, cidade etanol 10,5 Km/l gasolina 14 km/l, estrada etanol 13,5 Km/l e gasolina 17 Km/l geralmente essa é a média que o meu faz. Já vi alguns falando que fazem 20 Km/l com gasolina na estrada, mas ai tem que ir a 100 Km/h com o ar desligado. Se você for uma for uma pessoa que geralmente leva alguém no banco de trás, esqueça esse carro, aconselho esse carro para pessoas que quase nunca levam pessoas no banco de trás, mas a mecânica é fenomenal, anda muito mesmo.

        • invalid_pilot

          Eu sou baixo e sobra um espaço razoável pra quem vai atrás de mim… Mas o Up! É carro de 4 pessoas… Fato

          • Blessa

            Tenho 1,90m atras de mim no UP ninguém entra, o que favorece esse carro é a mecânica e economia. Tirando o espaço no banco de trás estou satisfeito com o carro, mas penso sim em trocar por um com maior entre-eixos.

            • Edson Fernandes

              Blessa tem uma noção de preço que vai colocar? E qual a km dele?

              • Blessa

                Na verdade vou dar mais um tempo com ele, quero ver como vai ser o HB20 1.0T, hj ele está com 6000 Km, o preço nem tenho idéia paguei 42 mil assim que lançou, o meu é um Move UP.

                • Edson Fernandes

                  O seu tem o opcional de R$1000?

                  • Blessa

                    não

    • Mas mudou alguma situação para você depois da compra ou você não avaliou o espaço interno antes de comprar? E o acabamento, você também não viu?

      • Blessa

        Na verdade me empolguei com o motor e cambio, achei tão bom que nem pensei no resto, o acabamento é simples só que tem encaixes perfeitos e quase nenhuma rebarba, na verdade em 80% que ando no carro ando sozinho mas quando tenho que levar alguém atrás sempre da um pouco de dor de cabeça, mas isso faz parte, pena que está mecânica tão boa só esteja disponível no UP.

    • Artur

      O HB20 vai sair com 1.0T ainda esse ano, aparentemente. Creio que ele será superior ao atual 1.6 por conta do torque maior em baixas rotações e economia de combustível. Convém esperar seja lançado…
      Minha irmã tem um HB20 1.6 e ele não é muito econômico (média de 7,5 a 8km/l no etanol na cidade e cerca de 11 a 11,5km/l na estrada). Não sei se o atual com câmbio de 6 marchas é melhor nesse aspecto.

      • Blessa

        É verdade acho que vale esperar mesmo esse 1.0T do HB20.

  • Lucas de Lucca

    Bom relato. Simples e direto.

  • Murilo Rodrigues

    Bom relato apesar de muitos falarem mal o Gol cumpre bem o seu papel, agora uma dúvida o seu é 2009/2009 ou 2008 modelo 2009? Creio que você conhece que os primeiros Gols G5 1.0 fabricados em 2008 saíram com um problema sério no motor (apenas 1.0) se você não sabia de uma olhada no número do chassi e da uma conferida se o seu passou pelo Mega Recall da VW na época.

    Para endossar a ”cornetada” dos outros comentários sem ar condicionado em um País tropical que a temperaturas altas batem recordes todo ano não da né amigo rs……Outra coisa que quero falar é que também estudo e economia é muito importante principalmente pra nós estudantes rs, porém nunca mais volto pra carros 1.0, depois que sai de um Gol G3 1.0 8v e estou com uma Spacefox 2009 (1.6) o consumo continua o mesmo ou até melhor ainda mais em estradas onde já fiz 15km/l com Gasolina e com ar ligado andando tranquilo a 100 – 110 km/h (3000 RPM) com a Space, algo que nunca consegui com o Gol que também tinha A/C.

    Pode pular para um motor de maior cilindrada que não vai ter muita diferença no consumo no entanto você vai ter muito mais desempenho e eficiência no uso em geral principalmente em estradas que você usa bastante vai melhorar muito….tudo de bom!

    • Luís Paulo

      murilo, ele é 2009/2009
      cheguei a verificar isso quando comprei e o número de chassi dele nao estava na leva de veículos q sofreram recall
      é um problema crônico dos primeiro modelos deste gol mas nada que afete o desempenho ou o conforto
      quanto a sua ‘cornetada’, sou de comum opinião que um veículo 1.6 bebe igual ou menos q um 1.0, além de ter mais potência e o fato de um ar condicionado nao sobrecarregar muito o motor
      como disse no relato, tenho interesse de continuar com esse carro pelo menos mais uns 2 anos pelo fato dele ser bastante novo
      depois pretendo pegar um carro 1.6 com ar!

      • Ramon Grigio

        Opa, a questão do consumo (ao menos em rodovia) é questão do câmbio excessivamente curto (ao menos a 5a marcha)… 3000 rpm a 90km/h; 4000 rpm a 120km/h no 1.0… aí chupa combustível mesmo…

    • Ramon Grigio

      Cara, verifique mesmo, pois o meu 2009/2009 1.0 deu troca do bloco com +-26.000km (não lembro ao certo a km).. vinha fazendo o barulhinho desde os 19.000-20.000 e foi aumentando. Aí estourou a notícia e a volks se viu obrigada a trocar. Como naquela época eu andava estripando o problema apareceu razoavelmente cedo…

      Veja lá.

    • Murilo, não esqueça que o “upgrade” não é de graça. Motor maior custa mais na aquisição. Se depende ou não… Essa é outra questão!

      • Murilo Rodrigues

        Por experiência própria pra mim está compensando pra quem usa estradas principalmente é muito mais eficiente e claro se a pessoa não usar carro como investimento a curto prazo dentre outras coisas que é preciso levar em consideração.

        No entanto nesse tempo todo os motores 1.0 evoluíram muito e estão bem mais eficientes, o meu Gol tinha o 1.0 8v que é de concepção antiga e somente 65 cv e se não me engano 10,3 de kgfm, era muito fraco e consumia o mesmo que o 1.6 (também de concepção antiga rs) da minha atual Space.

        • Isso acontece em algumas cilindradas mesmo. Meu Palio 1.3 era muito mais econômico que o meu Palio 1.0 e os dois perdiam para Mercedes 1.9!

  • Minerius Valioso

    “Acredito que fui passado para trás pelo antigo dono, que era de outra cidade e nunca mais o vi. Coloquei-o à venda e mesmo com este “problemão” consegui vender. Muitos vão achar que fui desonesto, mas avisei tudo ao comprador, que o levou em um ‘mecânico’.

    Este tal ‘mecânico’ disse a ele que era só encher o tanque com álcool e fazer uma viagem longa que descarbonizaria o motor e ele pararia de baixar óleo. Eu simplesmente lavei minhas mãos e vendi o carro.”

    Espero que o próximo dono esteja bem com o Gol “G4” (na verdade é segunda geração), pois fosse eu vender um carro ruim para um outro dono, teria medo de ter uma má reputação.

    • Luís Paulo

      então, quando o comprador foi ver o carro, eu disse q ele estava baixando óleo e que ele poderia levar em qualquer mecânico para ver de fato o que seria
      eu disse também que já tinha ido em alguns mecânicos e os mesmos disseram que seria necessário retificar o motor
      ele teve a oportunidade de não comprar mas preferiu ouvir o suposto ‘mecânico’ e me comprou o carro
      disse que lavei as mãos no sentido de ter avisado sobre tudo q o veículo tinha e ele tinha a opção de não comprar
      isso é uma escolha de cada um
      não me preocupo em ser mal reputado pois fui honesto desde o começo

      • invalid_pilot

        Isso ai… Quando vendi meu Celtinha 2003 fui honesto sobre batidas e consertos de funilaria… Jogar limpo é a melhor opção sempre.
        O cara comprou ciente disso tudo

        • Matheus Marques da Silva

          Apoiado! Honestidade não tem preço. O comprador é que deve avaliar o risco quando há sinceridade assim.
          Eu mesmo em 2008 comprei um Celta Energy 1.4 2004 de um amigo meu. Ele estava “batendo pino” e tinha uma chapeada de uma batida leve. A condição de compra era o valor “X” do carro menos o valor do conserto do motor. Fui muito feliz com o Celtinha por 3 anos, quando vendi. Ofereci o carro ao comprador com todo o histórico de manutenção e ciente de quais deveriam ser as próximas e quando. Todo mundo ficou feliz.
          Espero sempre poder negociar meus carros dessa maneira, afinal de nada adianta reclamar do político e fazer meu pequeno gesto de corrupção. @disqus_Q8m7NJEBdq:disqus e @invalid_pilot:disqus, parabéns!

          • Luís Paulo

            com certeza Matheus
            fiz a minha parte em ser honesto e até hoje o comprador nunca bateu em minha porta para reclamar alguma coisa

    • Esse Gol seria a terceira geração.

  • Marcio Almeida

    Parabens pelo relato, tive um veiculo da mesma cor modelo 2011/2012. Bem comprei como você com procedência fiquei 1,5 sem problemas, as únicas coisas que acho negativas eram; a posição de dirigir por longos períodos e o consumo,no etanol não passava de 8 a 9 no ciclo misto bem próximo do veiculo 1. que tenho hj. Tenho um colega que tem o 1.6 neste veiculo acho que é a melhor opção em CXB.

  • Michel

    Luís Paulo, ótimo relato!
    Quando minha esposa se habilitou há três anos, dei a ela um Gol bola 97, 1,8 GL, duas portas, porém ela é doida com esse mesmo modelo do seu. Pergunto-lhe se vale à pena partir para um desse, considerando que esse “Bola” anda muito e é econômico.
    Grato!

    • Luís Paulo

      Michel, meu pai teve um gol golinha 98 e ele arrepende ate hoje de tê-lo vendido
      carrinho simples, é verdade, mas econômico e pau pra toda obra
      mas aconselho muito este gol g5
      é um popular mas com alguns benefícios que o bolinha não tem como conjunto mais moderno e o maior espaço interno
      recomendo você pegar com ar condicionado
      não fiz essa opção pois priorizei a procedência
      creio q vc e sua esposa serão muito felizes caso venham a trocar
      se possível, continue com o seu bolinha!! rsrs

    • Daniel

      Cara, apresenta pra ela o Corsa C 1.4… nunca mais vcs vão querer ouvir falar de gol! huahauhau

  • Lucas086

    Bom relato, acho o gol caro, apesar de suas qualidades, o que importa é o dono estar feliz… agora não sei o comércio da sua região, mas carro no nordeste sem ar codicionado é pior que um virado com uma jaca no teto, para revenda.

    • Luís Paulo

      lucas, como moro no sul de minas, temos temperaturas mais amenas
      lógico q temos dias muito quentes mas no geral, conseguimos ter um clima mais tranquilo no decorrer do ano
      logo, o comércio de veículos sem ar condicionado é bastante vasto por aki
      porém como viajo para locais mais quentes, esse opcional faz muita falta

      • Lucas086

        Não tinha visto de onde vc era, tenho um amigo que tem família por essas bandas e ele realmente dizia, que ar não precisava, até contava de parentes que tinham carros mais caros sem ar condicionado.

      • Ernesto

        Vou às vezes para o Sul de Minas (São Lourenço) pois minha esposa é de lá. Olha, quando faz calor…é de derreter! Mas idem para o frio. Rsrsrs

    • invalid_pilot

      Aqui em SP Capital tbm ninguém mais quer… A menos que seja um carro velho e barato (casa dos 13k)

      Hoje mesmo morando em lugar frio comprar carro sem ar é perder dinheiro ou casar com ele

  • Alfredo Araujo

    Luiz Paulo,
    Ao completar o tanque com gasolina, coloque uns 20 reais de etanol. Vai acabar com a pré-detonação de combustível em marcha lenta, o tal “TEC TEC” que vc citou no texto.

    • Luís Paulo

      obrigado alfredo
      farei o teste para ver se realmente funciona!!

  • Daniel

    Uma vez a empresa em que eu trabalhava comprou para meu uso um Gol 1.0 desses com kit trend, AC e DH… cara, não gostei… achava manco e desconfortavel (alem de pelado). Na epoca, eu tinha um Corsa Hatch Premium 1.4 (infinitamente mais confortavel, estavel, seguro e potente que o golzinho) que me custou apenas 1mil reais a mais que a empresa pagou pelo gol 1.0… (ambos 0km!)

    • Não acho o Corsa mais estável que o Gol, embora o VW cobre o preço no conforto… E por isso eu questiono: De onde viria a segurança a mais do Corsa em relação ao Gol? Acho o Corsa o carro superior nessa configuração (Na verdade até na 1.0), mas mais estável e seguro?

      • Daniel

        Não confunda suspensão dura com carro estavel. O Corsa C é sim mais estavel que o gol.
        A segurança a mais vem da maior estabilidade, melhor frenagem…
        Em estrutura são semelhantes, mas o Corsa tem alguns detalhes como pedais desarmaveis, cinto de 3 pontos para todos, etc…

        • Não estou confundindo. Sei muito bem a diferença pois tive Del Rey e Palio, os extremos da moleza, e Classe A, Mille e 206, mais duros que o Gol. Acho o Gol mais estável. O detalhe dos cintos faz diferença sim, assim como encosto de cabeça que acho que os dois não tem de série para o quinto ocupante. No geral acho o Corsa um carro mais acertado. Só não o acho mais estável.

      • Matheus Marques da Silva

        Acho que o Corsa chegou a sair com AirBag duplo, não? Eu lembro que eu cheguei a olhar um na css há um tempo (muito tempo! hehe). De repente é essa versão…

        • Mas aí seria comparar versões diferentes! Até porque o Gol também teria airbag de opcional. E não acharia correto comparar Gol com airbag com Corsa sem se os dois pudessem ter de série ou opcionais.

          • Matheus Marques da Silva

            Não sei se saiu Gol dessa época com AirBag. Se saiu, tem que comparar entre ambos com ou ambos sem, sim.
            De qualquer forma, sempre vou preferir um Corsa à um Gol.. nunca fui muito com a cara do Gol (nenhum deles), e esse quadro só muda quando falar de GTi e GTS.. hehe

            • Acreditando que estávamos falando de 2008 para cá (Época de ouro do Corsa 1.4 que iniciou a thread o Gol sempre teve como opcional, e de 99 até 2003 também). No mais estou contigo: Iria preferir um Corsa.

  • Zé Mundico

    Esse tec-tec é o famoso “motor trelando”, mania de carro flex. No mais, é um carro suficiente que não sobra nem falta, embora bastante desconfortável. Mas se está cumprindo seu papel, tá ótimo!

  • Achei que pagaste muito caro, tendo em vista que entre 2014 e 2015 tinha Palio Fire 0km só com direção por R$ 22.090 (atuais R$ 25.000 na sua região)… se o conceito era procedência, baixo preço e não se importava em ter conforto (Gol tem total falta de conforto), um zero km ia melhor pela mesma faixa de preços.

    • Luís Paulo

      Dimithri cheguei a fazer isso tbm
      Fui a concessionária da fiat em minha cidade e um palio 2014/2015 com apenas limpador e desembaçador traseiro mais os obrigatórios abs e ab2 saia por 28900
      Coloquei na conta mais uns 1500 pra emplacar e quitar ipva além de com certeza o seguro sair bem mais caro
      Logo, teria q financiar uma parte e nao queria isso no momento
      Por isso optei por esse usado q esta como novo e saiu uns 10 mil mais barato no minimo

      • Eita, o que que tem na sua cidade, pra estar tão acima da média??? Ano passado o valor era de R$ 22.090 em todo Brasil. Valia a pena ir até a capital ou em Betim/MG.

        • Luís Paulo

          Eu cheguei a olhar um modelo 4 portas com kit visibilidade + frisos nas portas, retrovisores e maçanetas na cor do veiculo e o preço q o cara me passou foi de 28900
          Ele chegou ate a imprimir a proposta para q eu estudasse em casa o financiamento pelo banco fiat
          Acho q esse valor seu deve ser do modelo 2 portas peladasso

  • Luccas Villela

    Bem bonitinho e super cuidado o seu gol, mas sem ar é tenso demais. Eu ia chegar ensopado de suor nos lugares :(

    • Luís Paulo

      Como disse onde moro ainda tem épocas de clima mais ameno mas com calor é complicado mesmo!
      Meu próximo carro irei priorizar o ar condicionado.

  • Saulo Parente

    Parabens amigo pelo relato, tive um Gol Power 1.6 2010/2010 e até hoje foi um dos melhores carros que possui, o carrinho era esperto demais, econômico, e tinha tudo, ar, direção, vidros nas 4 portas, retrovisor elétrico, alarme com chave canivete, Comp. de Bordo, Som mp3 com USB e Bluetooth, Rodas de 15, farol de neblina, sensor de ré e até comandos de som no volante que era raríssimo na época, enfim a dirigibilidade na minha opinião é um ponto forte do carrinho, o cambio é excelente e na estrada é muito bom, depois dele passei para um Honda Fit Automático e sinceramente eu senti muita falta da dirigibilidade do golzinho, em conforto é claro, o Honda é bem superior.. Aaaa e nunca tive dor de cabeça com o carro !!

  • Diego Berri

    Não sei o que acontece com o meu, acho um carro ótimo, conforto, segurança, robusto, mas o motor… lento e gastador, sem contar o barulho de tucho que esses primeiros EA 111 vieram, o tempo inteiro faz barulho quando se usa a gasolina, tinha um celta e cheguei a fazer 17 km/l na estrada com o gol a fica em média 13km/l e com ar no máximo 12km/l, outra coisa é a potencia, o Celta tem muito mais retomada e arrancada que o Gol (já em velocidade final é o contrário) em uma ultrapassagem isso conta muito.
    Como disse é um ótimo carro, teria outro desde que 1.6, pois dirijo uma Saveiro 1.6 G6 viajo direto e mesmo com uma média de velocidade alta e carregada faz uns 13km/l se andar devagar e vazia faz até 16km/l, sem contar que anda muito, junto com muito carro de cilindrada e potencia mais alta.

  • leitor

    Condicionador de ar e direção hidráulica, se pode ter é melhor. É ruim quando se está saindo para algum lugar, se precisar fazer uma manobra ficar suando pra isso. Até em carro pequeno ė assim. E quando o tempo está quente dar uma refrescada legal é muito bom. Até mesmo à noite um friozinho é legal, cai bem. Mas se não pode ter, um carro sem opcionais ainda é melhor que ônibus.

  • Paulista bmw 50

    Gente,é a busca constante pelo conforto, economia,visual bonito e carro barato. Não dá, não existe. Não se iludam, troço de carro todo ano na busca do carro ideal e posso garantir que até mais ou menos 50 mil reais é tudo igual. Muda quase nada, infelizmente essa é a verdade. Porque falo isso? Aqui na minha cidade tem uma locadora de carros fora da curva,tipo Audi TT, Santa Fé, BMW X6 e por aí vai. Mês passado deve um promoção bacana, aluguel com 50% de desconto e parceladinho em 10X , o sonho dos pobres..rsrsrs…. Matei a vontade,fui lá e numa semana aluguei por um dia um Kia Optima 2.4, e outra recentemente um Audi A3 sedam 2015 1.4 turbo. Conclusão parei de trocar de carro, no ” bacião dos 50 60 mil é tudo igual,não sogro mais,fico por aí ou pulo para 90 100 mil e compro um carro de verdade. MA RA VI LHAS da engenharia, não tem milagre,ou paga ou se resiguina e vida que segue. Fazer o que.