• Gomes

    Não, não é o mais caro do mundo.
    E nem o que é mais defasado, vide Rússia (país de primeiro mundo)

    O que revolta é o potencial do mercado, a quantidade de pessoas que fazem de tudo para comprar um carro (60x juros a 1,9%), a quantidade assombrosa de lucros dados para as montadoras, a exploração descabida das montadoras aplicando preços abusos em verdadeiras carroças, vide Kombi, Uno, etc, etc.

    Os impostos são os maiores vilões? Talvez, mas aliado com a ganância de montadoras que não estão nem aí para o consumido, e este ainda levanta a bandeira das montadoras com orgulho.
    Os casos mais extremos no país são os da Honda, cobrar 62 mil num Honda Fit básico é um dos maiores absurdos no mercado dos importados. Igualmente cobrar 27 mil reais num Uno que não seja pelado é revoltante.

    Isso nucna irá mudar. Assim como as várias outras questões do país continuarão as mesmas, com leve mudanças para iludir o povo brasileiro. Educação, Saúde, Corrupção, Renda Média, Inflação, etc., etc. etc.

  • dfsrn

    essa diferença, deve ser pra pagar os auxilios dos nossos queridos e amados politicos, e tambem as passagens, fora o que deve ter pelos bastidores que ninguem sabe. :banana:

  • victorcvs

    Eu acho que os impostos são uma parte importante para os preços dos nossos carros serem assim tão grandes, mas acho que não é o único fator, o lucro que as montadora tiram sobre os veículos é o principal vilão. É claro que o custo de se fabricar um veiculo no brasil é alto, e eu acho que é isso que o The_W quis dizer, mas a margem de lucro é obviamente superior que em outros mercados. Por que isso? O mercardo brasileiro se tornou grande recentemente, se comparado com mercados europeus e americano. Nesses mercados, a concorrência já era muito forte antes de as vendas aqui se tornarem expressivas. A concorrência acirrada fez com que lá os preços dos veiculos não subissem desgovernadamente, se um porduto é melhor e mais barato, vendia mais e com as leis de oferta e procura, segurou um pouco os preços os carros se tornaram mais equipados e o consumidor mais exigente, as leis de segurança se tornaram mais rigorosas e o custo de se fabricar um carro aumentou consideravelmente. A consequencia disso foi que as montadoras europeias, japonesas e principalmente americanas viram ao longo dessas ultimas décadas o seu lucro se esvaindo enquanto o preço dos seus produtos não 'acompanhavam' os seus investimentos e hoje temos grandes marcas quebrando ou com prejuizos operacionais ao longo dos anos, GM, Ford, etc.. Quando mercado brasileiro começou a se tornar interessante para essas montadoras em questão de volume de vendas, elas perceberam que aqui elas não podia cometer o mesmo erro, precisavam de uma margem de lucro maior que o cobrado fora e com o crescimento da nossa economia e a disseminação do crédito, elas foram beneficiadas pelo aumento do poder de compra do brasileiro que ainda conseguem comprar os carros que elas vendas e isso é muito recente, se forem observar a uns quinze anos atrás a diferença de preço de um carro no brasil e na europa não eram muitos diferentes. E assim é por isso que as montadoras daqui ainda tem lucro, inclusive a GM. Como vai ficar isso no futuro? Tenham certeza que depois dessa crise, para se reerguer as montadoras no exterior vão ter que aumentar o preço dos seus carros e a diferença não vai ser tão grande, elas não vão poder praticar os mesmos preços senão não vão lucrar. E acho que aqui no Brasil, num futuro, sei lá, daqui uns dez anos ou mais, elas vão perceber que os preços vão chegar num limite onde o brasileiro não vai conseguir mais comprar, as vendas vão cair e os preços vão ter que cair, os carros vão ter que ser mais equipados e acho que o nós consumidores vamos nos tornar mais exigentes do que somos hoje.

  • pablorocha

    E ainda tem bobo que paga pau para estas marcas aqui no Brasil… :banana: :banana: :bate: :bate:

    • JBAFilho

      Disse tudo. E como tem bobo. É só olhar lá no post das vendas da 1ª quinzena de Abril. Até parece que são todas acionistas da FIAT, VW, GM e Ford.
      Impressionante! Ô povinho!

  • Felipe Chieregato

    po legal o video
    faz mto sentido
    eu soh axo q devia ter feito uma comparação maior
    dos carros populares
    pra ficar mais real com a maioria da população!
    mais vlw a iniciativa
    tem eh q divulgar o video agora

    • kyan

      Felipe carros populares q existem no Brasil basicamente a maioria só existe aqui mesmo e as versões que encontramos lá fora possuem bem mais opcionais,o q impossibilitaria uma comparação justa.

  • Thiago

    E realmente uma vergonha!

    Saber que pelo Mundo afora pode-se encontrar o mesmo carro,
    ou até mesmo um melhor por um preço inferior.

    Infelizmente, o Brasil está numa situação que fica dificil mudar,
    pois mesmo o brasileiro sabendo que o carro desejado esta mais
    caro aqui do que nos outros países, ele não tem escolha, ou compra
    pelo preço pedido, ou passa vontade e fica sem o carro que deseja.

  • bvguima

    Parabéns Rafael,
    Videos como esse deviam ser veiculados na TV.

    • Filipin

      taí uma boa ideia.

      se algum dia um video desse tipo aparece nos intervalos da programaçao quem sabe o povo reagiria

  • Capotta

    Todos sabemos o motivo disso tudo.
    Os governos, Estatuais e Federal não baixam alíquotas porque não querem abrir mão de receita, e quando falam em refoma tributária é mais um meio de aumentar ainda mais as alíquotas.
    Quanto um trabalhador americano-por exemplo aquele de uma linha de montagem-usa de seu salário para comprar aquele carro que ele ajuda a montar? E o trabalhador brasileiro?

  • gabriel

    Muito bom o vídeo, mas o preço do Z4 não parecia estar muito certo.
    Qual o nome da musica que toca no video???????????

  • gabriel

    Pesquisei e descobri, realmente o preço do z4 é aquele do video, achei que era mais caro :laugh:
    Abraço

  • guilherme

    cade o lula

  • kyan

    :drinkk:Bom o q dói mesmo é que vende mesmo assim horrores,mas pensem comigo se o valor fosse mais baixo não estaríamos perdidos com vendas maiores e o trânsito pior ainda?Para vocÊs verem uma simples redução de IPI já fez o povo todo se individar e comprar.Fico pensando se o preço reduzissem 50%.EU seria o primeiro a ir a caça de um modelo novo.

  • The_W

    Correção, Russia nunca foi país de primeiro mundo… esta hj numa posição igual ou pior que o Brasil.
    Os lucros realmente parecem altos, mas qual grande empresa no Brasil lucra menos que 100% nos seus produtos ? Aliás nem precisa ser uma grande empresa, vejam os restaurantes, um jantar num bom restaurante italiano em SP, nào citarei nomes pq não convem, não sai menos de R$ 200,00/casal sem o vinho, apenas os pratos principais, garanto que o lucro é muito mais que 200%…
    O problema é ganância ?!?!? Não diria isso, alguem aqui criaria uma montadora pra vender veículos com 10% de lucro ?!?!? Todas as que conheço que fizeram isso faliram, não conseguiram investir em novos produtos, eficiência produtiva, etc… As montadoras lucram aqui no país dos coitadinhos pra enviar seus lucros as matrizes apenas ?!?!? Felizmente não é bem assim a história, afinal o que temos aqui de tecnologia em nossos carros e processos produtivos foram desenvolvidos la fora em geral e compartilhado pelas matrizes com todas as filiais do mundo inteiro. Agora como temos profissionais competentes nas áreas de design e afins as tais matrizes investiram em centros de design aqui. Tudo é uma questão de competência x experiência.
    Antes de reclamar de lucros abusivos, montem suas próprias empresas e comprovem que é possível sobreviver com baixas margens de lucros, convençam seus funcionários a ganharem pouco e não terem beneficios como ocorre na India e na China, acabem com a CLT paternalista que dobra os custos de pessoal, criem uma logistica eficiente que não precise escoar sua produção por estradas destruídas e possa baixar o frete, convençam seus funcionários a investirem em formação melhor que simplesmente fazer uma faculdade que não agrega nada alem de um diploma para que suas empresas possam ser mais eficientes e desenvolvam tecnologias próprias e vcs lucrem com royalties destas exportando para outros países, melhorem a segurança para que os seguros envolvidos baixem e assim por diante…
    E pra começar… cobrem nossos politicos para que a administração publica seja totalmente transparente, afinal os lucros gananciosos partem destes… comprar um carro de uma montadora gananciosa é opção, dar 40% do seu salário para politicos gananciosos é obrigatório e não vejo ninguem fazendo boicote aos politicos…

    • carlos

      Quanta besteira num comentário só.
      Não sei o porquê da Rússia citada por você, mas você dizer que NUNCA foi país de Primeiro Mundo? :teeth2:
      Amiguinho, Guerra Fira, segunda maior potência mundial por anos a fio. Hoje participa do G8. Você pagou Geografia no seu colegial? Você falou tanta asneira que nem me dei ao trabalho de ler mais da metade. Só de renda de petróleo e Gás a Rússia passa o Brasil fácil.

      Essa sua mentalidade á a da maioria daqui, por isso se pagam esses preços aqui no Brasil.

      • Roger

        A Rússia pode ter sido uma potência econômica, militar e nuclear, mas isso não se relflete em qualidade de vida para a população. Os carros de lá sempre foram muito defasados (hoje melhoraram bastante), mas a atual expectativa média de vida masculina é de apenas 59 anos!

      • Dener

        Concordo com vc Carlos!!! :teeth: The_W Falou muita besteira…
        Nao pode se ter lucros de 10%?
        Mal informado…Vamos la,
        Honda do Japao vende FIT por 26.000 Reais/ Paga 5% de imposto ao governo/ e seus funcionarios da linha de montagen ganha em media…6.000 reais por mes!

        Honda Brasil! Honda FIT 63.000 reais/ ?IMPOSTO BOLA NEVE…/Funcionario ganha EM MEDIA 1.500 Reais ao mes!!!
        O que o bacana disse e totalmente fora da realidade…paises de primeiro mundo Pagam bens seus funcionarios, Taxas menores de Imposto alem da qualidade e seguranca dos carros!
        Eles querem ganhar em quantidades de veiculos.

        Brasil nao paga bem seus funcionarios, vende FIT 3 vezes mais caro que o Japao…tem os maiores impostos do mundo..e o camarada vem vem com esta asneira!!!
        Por isso que todos pisan em nos consumidores..a porrada vem do governo com estes impostos absurdos …a porrada no estomago vem das montadoras que nao redistribue seus lucros pagando bons salarios…ja o xute no saco? KOMBI, UNO, BLAZER, CORSA CLASIC, NEW GOL, PAILO, CELTA, FOX GUILHOTINA E DESEPADOR e por ai vai….

        Este cara so pode ser da empresa…vc paga no New GOL que de Novo e so o nome…28.000 pelado….
        No Japao vc paga no New FIT 26.000 com ar, direcao eletrica e air bags!!!

        ACORDA BRASIL

        Chega de aceitarmos isso!!!
        :blink: :blink:

        Detalhe!!! MORO NO JAPAO HA 17 ANOS seguidos sem VOLTAR AO BRASIL!!!
        O Dia que vcs brigarem de verdade terao..otimos carros a precos justos…chega de bancar o cachorrinho da montadoras.
        Abraco a todos :blink:

    • JBAFilho

      Você deve ser advogado das montadoras, não?
      Você acha que convence alguém com essa sua retórica?
      É muita cara-de-pau fazer esse seu comentário aqui no NA.

      Me engane que eu gosto!

      • leobozo

        se ainda existisse sistema de votação o coment do cara já era…

  • Rafael

    O nome da música eh Wanted Dead Or Live – Bon Jovi (versão acústica de um cd)

  • Rafael

    E o cd de chama This Left Feels Right

  • Juliano

    Eu acredito que isso nunca vai mudar. Pois o problema não é só político ou economico, e sim cultural…

  • Gabriela

    Gente, sabe pq aqui no Brasil é tudo caro??

    Ninguém para para ver quanto custa para manter um empregado aqui e quanto custa manter um empregado no exterior….

    • carlos

      Você quer dizer que o empregado no Brasil é mais caro que o mesmo nos Estados Unidos? :teeth2:

  • marcelo

    brasil ,a democratizaçao da propina! :censor: :asner: :angre: :evil: :down:

    enquanto isso o “galinheiro” ,leia-se ministerio do trabalho e a “casa da mae joana” palacio do planalto la de brasilia comemoram o aniversario da cidade e viaja de graça em avioes! :down: :evil: :pao: :cavera:

  • Kleber

    Ao ler o comentário do The_W, quando cheguei na parte de redução de ganhos de funcionários e abolição da CLT, parei e refleti o quanto de ignorância exprime o texto. Eu como operador do Direito quase infartei ao ler aquilo. Conquistas feitas por trabalhadores ao longo de muitos anos e à custa de muito sangue ser criticada por uma simples questão de preços de veículos, isso é demais para os meus 5 anos de estudo na faculdade de direito e meu estudo cotidiano na prática forense.

    Ao fazer uma crítica as garantias de trabalhadores, procurem estudar primeiro como se chegou ao sistema utilizado hoje e ao mesmo tempo o que se gasta em países dignos com mão-de-obra, pois pelo que leio aqui, os que são tomados como exemplo são nações que não demonstram nenhum respeito aos direitos sociais, principalmente no tocante ao trabalhador.

  • Roger

    A única pessoa que pensou em dar carros modernos e com preços justos para a população foi o Collor, e ele foi banido do governo.

    Agora vocês têm os carros que merecem.

    Desculpem-me a franqueza.

  • Egídio

    A culpa é do SEM-DEDO fdp!!! :evil2:

  • marcelo

    segundo minha ex-professora; o povo tem o governo que merece!

    essa e a realidade q quase nenhum brasileiro gosta de ouvir!

  • marcelo

    a culpa nao e so do lula, mas principalmente de todas as pessoas do congresso e de todos q votaram nele!

    repetindo, o povo tem o governo q merece!

  • GT40

    Se perguntarem para qualquer executivo de montadora o porque dos preços dos carros por aqui serem tão altos eles irão responder em coro: são os impostos.
    O vídeo é interessante mas leva o expectador a acreditar que pagamos impostos de mais sobre tudo (o que é verdade) e a culpa é toda do governo, mas não mostra realmente como as montadoras realmente se aproveitam da nossa tendência consumista por carros e da falta de educação finaceira (a velha questão: eu “preciso” desse carro X eu “quero” esse carro).
    Sugiro a leitura dessa matéria que foi publicada na 4R:
    http://quatrorodas.abril.com.br/reportagens/carro-tao-caro-brasil-394648.shtml

    Ela mostra que há outros fatores que não só os impostos os quais influenciam os preços dos automóveis no Brasil.

  • Nasser

    É a simples lei da oferta e da procura. Chega a ser infantil dizer que os carros no Brasil são muito caros. Eles custam o que todos aceitam pagar, só isso. Vejam as vendas de Mille, Gol e Celta, por exemplo. Vale aquele preço? :clown:

  • IC3MAN

    o video mostra o que a maioria já sabia, fico puto da cara em ver os preços dos carros no México muito baratos em relação aqui, isso que nem é um país de primeiro mundo como os EUA e países da Europa, lamentável.

  • WBR

    o Lula governa sozinho??
    falar que os erros ou os acertos no governo sao coisa do Lula ta errado.

  • ACB

    REMESSA DE LUCROS – ALTA CARGA DA SELIC – GANÂNCIA !

    Quando o Chevrolet Captiva foi apresentado no Brasil, em agosto, ele trouxe como grande trunfo o preço: 92 990 reais. Mas, se alguém achou esse preço atraente, é porque ainda não viu quanto ele custa no México, seu país de origem. Lá é vendido pelo equivalente a 48 800 reais – e, com uma renda per capita cerca de 20% maior que a do brasileiro, esse valor pesa ainda menos no bolso dos mexicanos. Fica a pergunta: por que ele custa tanto no Brasil? Como há um acordo entre Brasil e México, nesse caso nem há imposto de importação. As montadoras brasileiras culpam a carga tributária pelo preço do veículo vendido aqui – que está entre os mais altos do mundo. Os impostos chegam a 36,4% do valor do carro (somados IPI, ICMS, PIS e Cofins). A briga entre governo e indústria é histórica. O problema é que o consumidor é quem paga a conta.

    Contudo há outros ingredientes que influenciam nesse preço. As fábricas não confirmam, mas uma das razões seria a margem de lucro. As subsidiárias brasileiras têm sido responsáveis por remessas expressivas de dólares para as matrizes nos últimos anos, ainda mais com o mercado tão desacelerado lá fora e tão aquecido aqui dentro – em 2008, a alta na venda de veículos no Brasil deve ser de 24%. Uma lei de mercado, porém, diz que, quanto maior a produção, maior a economia de escala. Não é o que se vê na prática.

    Mauro Zilbovicius, professor de custos da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, é categórico: “A carga tributária é uma parte do custo. No caso do Brasil, o mercado está em crescimento e os preços não recuaram, apesar do ganho de escala. Ao contrário, subiram bastante”. Na avaliação de Letícia Costa, vice-presidente da consultoria Booz Allen, os preços de commodities, como aço e resina, tiveram alta acentuada, fenômeno observado no mundo todo. “Esses aumentos refletiram no preço dos carros”, diz.

    Ainda que a matéria-prima tenha subido, o que ela representa no custo não justifica aumentos expressivos. O aço, que nos últimos cinco anos subiu 60%, representa em torno de 10% do valor de venda de um VW Gol e só 6,49% do de um Chevrolet Astra. Segundo a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), em setembro de 2003 o C3 Exclusive 1.6 novo custava 31 300 reais. Em 2008, foi para 49 600 reais. A alta foi de 58,7%, mas a inflação no período foi bem menor, segundo a Fipe: só 28,31%. De acordo com Zilbovicius, se os impostos são responsáveis pelo valor do carro, as montadoras também são. “Muitas delas, como Ford, Fiat e GM, enfrentaram dificuldades no mundo e se seguraram em parte graças aos resultados obtidos no Brasil.” Um exemplo: a GM teve prejuízo global de 38,7 bilhões de dólares em 2007. Enquanto isso, o Brasil respondeu por um terço do crescimento mundial das vendas da marca.

    Escala monstruosa

    Há casos em que, mesmo com o imposto de importação integral, alguns modelos estrangeiros conseguem chegar ao país com mais acessórios e preço mais atraente que os nacionais equivalentes. É o caso do Kia Picanto, que paga 35% ao desembarcar no Brasil – mais os impostos pagos pela indústria. Mesmo assim, ele custa 35 900 reais e traz de série ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, rodas de liga leve e CD player com MP3, itens que são opcionais na maioria dos nacionais. David Wong, vice-presidente da Kaiser Associates, explica por que esse preço é tão competitivo, apesar de importado da Coréia: “A fábrica que faz o Picanto produz de 1 milhão a 1,5 milhão de veículos desse modelo por ano. A escala é monstruosa. Por aqui, a produção anual de um Gol é de cerca de 400 000 unidades”.

    Para o presidente da Abeiva (associação das importadoras), Jörg Henning Dornbusch, a indústria automobilística brasileira tem como vender seus carros por preços mais baixos: “Com o aumento da escala por conta das vendas em alta, deveria haver uma redução no custo de produção, e não é o que se vê”.

    Quando há acordos entre o Brasil e parceiros como México, Argentina e Chile, o imposto de importação é zero e, em muitos casos, as subsidiárias até reduzem ainda mais suas margens na venda de uma unidade para a outra. É o que ocorre, por exemplo, entre as filiais brasileira e argentina da Renault. Aqui o Logan 1.6 8V custa 37 550 reais. Na Argentina, que importa esse mesmo carro do Brasil, ele é vendido pelo equivalente a 25 500 reais. Sem a carga tributária, o Logan vendido aqui custa 26 585, mas na Argentina ele vale 20 017 reais, mesmo incluindo o custo de frete até o país vizinho. E o que explica essa diferença de 6 500 reais, depois de descontados os impostos?

    Para o presidente de uma importadora, que prefere não se identificar, os veículos nacionais não baixaram de preço quando comparados a outros países porque as montadoras, que trabalham com margens entre 9% e 11%, estão praticando o percentual máximo. O presidente da Anfavea (associação das montadoras), Jackson Schneider, prefere não entrar em detalhes sobre a rentabilidade do setor. “Quando se fala de preço e margem, cada montadora cuida da sua casa.” Mas Schneider concorda que o Brasil se tornou atraente para as matrizes, daí o volume tão grande de recursos esperados para os próximos anos.

    Entre 2008 e 2011, estão previstos 23 bilhões de dólares em projetos de expansão ou construção de fábricas. O motivo, para alguns, não seria a alta rentabilidade, mas sim o espaço que ainda há para crescer por aqui. “Esses investimentos foram programados segundo a perspectiva de crescimento do mercado interno, ou seja, baseiam-se no futuro”, diz Dario Gaspar, vice-presidente da consultoria A.T. Kearney.

    Paulo Cardamone, vice-presidente da consultoria CSM, afirma que uma boa fonte de lucro das montadoras brasileiras são os chamados “conteúdos”, ou opcionais, como ar-condicionado, freio ABS e airbag. “É aí que a indústria cobra caro. Como o volume é baixo para produzir esses itens, o conteúdo, que no mundo é standard, por aqui é opcional e custa muito”, afirma. Cardamone defende a redução gradual de impostos para que se chegue à metade do atual valor dentro de seis anos. “Assim, as empresas vão poder diminuir os preços e aumentar a produção.”

    {txtalt}

    Corte nos custos

    Para Schneider há ainda outras formas de reduzir custos. As montadoras têm, segundo ele, apostado no aumento de produtividade dentro das fábricas, com a aquisição de equipamentos mais modernos e melhor gerenciamento de estoques. Segundo Francisco Satkunas, membro do conselho da fornecedora Plascar e há 40 anos no mercado, as montadoras no Brasil não deveriam ficar esperando por reduções nos impostos. Antes, poderiam começar a estudar formas de diminuir custos no desenvolvimento de materiais de autopeças mais eficientes e baratos, na logística e na mão-de-obra, com profissionais mais bem treinados para aumentar ainda mais a produtividade. “Sem cortar despesas, fica difícil vender carros mais baratos no Brasil”, diz Satkunas. A própria Plascar pesquisa no momento uma roda feita de plástico, material mais barato e leve.

    Outro caminho para diminuir custos, conta Evandro Maciel, diretor do Comitê de Veículos de Passeio da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE), é por meio da padronização de peças entre as montadoras. Isso possibilitaria uma escala global bem maior e uma economia no fim da conta. Ou seja, quem ganharia com isso seria o consumidor.

    QUANTO CUSTA?

    FIAT PALIO 1.4

    Brasil: 34 300 reais
    Turquia: 26 100 reais

    HONDA FIT

    Brasil: 47 300 reais
    Japão: 20 900 reais

    FORD FOCUS HATCH

    Brasil: 58 200 reais
    Argentina: 44 000 reais

    TOYOTA COROLLA

    Brasil: 62 000 reais
    Espanha: 38 500 reais

    VOLKSWAGEM JETTA 2.5

    Brasil: 86 300 reais
    México: 40 700 reais

    BMW X5 3.0

    Brasil: 301 000 reais
    Estados Unidos: 82 400 reais

    fonte : http://quatrorodas.abril.com.br/reportagens/carro-tao-caro-brasil-394648.shtml

  • MARCELO

    PRIMEIRAMENTE GOSTARIA DE AGRADECER O SEU TEMPO EM FAZER ESSE VÍDEO! ULTIMAMENTE TENHO ENVIADO EMAILS PARA OS PRINCIPAIS SITES AUTOMOBILISTICOS DO BRASIL DANDO OPNIAO DE QUE PODERIAM COLOCAR NO SITE, E TENHO DISCUTIDO COM GENTE QUE FALA MAL DOS CARROS QUE ESTAO CHEGANDO BARATOS PORQUE ANSEIO MUITO QUE OS PREÇOS DOS CARROS BAIXEM, E PESSOAS INTELIGENTES COMO VC, AJUDAM ABRINDO OS OLHOS DAS PESSOAS! E ACHO QUE CARROS COMO DA EFFA E CHERY SÓ TEM AJUDAR PUXANDO OS PREÇOS DOS OUTROS PRA BAIXO, MAIS SE AS PESSOAS FALAREM MAL DESSAS MARCAS, NÃO VAI DAR CERTO E VAI QUEBRAR A MARCA E CONTINUARÁ NO MESMO! VW, FIAT, FORD E CHEVROLET COMANDANDO OS PREÇOS!
    oUTRA COISA QUE AJUDARIA A BAIXAR OS PREÇOS É SE TODOS PARASSEM DE COMPRAR CARRO 0 KM POR 1 OU 2 ANOS! SÓ COMPRAR USADO! SERIA IMPOSSÍVEL QUE NÃO BAIXASSEM OS PREÇOS! MAIS NÃO VOLTAREM A COMPRAR COMO SE FOSSE ACABAR O MUNDO SEMPRE QUE DÊEM DESCONTO DE IPI OU 10$ OU 2000 REAIS! sÓ VOLTEM A COMPRAR QUANDO UM GOL POR EXEMPLO CUSTE – DE 20,000 POIS SE O BRASIL VENDE PRO MÉXICO E ELES PAGAM O TRANSPORTE PRA LÁ E CHEGA LÁ CUSTANDO 17,000, PORQUE AQUI QUE NÃO ESTÁ PAGANDO O TRANSPORTE NÃO PODE CUSTAR 17,000? ESPEREM QUE CHEGUE A ESSE PREÇO PARA VOLTAR A COMPRAR QUE FUNCIONARIA!

  • Vitor P

    Se vc tivesse uma empresa q tivesse encomendas para daqui a 60 dias, vc iria ou não cobrar bem caro pelo seu produto? Eu iria.
    O preço é caro pq a oferta é baixa.
    E isso é culpa do todos os governo q nunca se preocuparam em destravar a economia e incentivar os investimentos.
    Posso estar enganado, mas é a minha opinião

  • tonywalker

    De que adianta esse vídeo ai? Todo mundo pica “putinho” e sai correndo pras concessionárias para aproveitar as “ofertas”

    CADÊ O BOICOTE ÀS MONTADORAS?

  • Diego T. do Nascimento

    Fico revoltado com isso,parece que o povo desse país é cego,surdo e mudo.Esses preços exorbitantes que as montadoras cobram não tem justificativa plausível ! Mesmo assim as vendas de automóveis só crescem, por isso que esse país é o lixo que é , por causa do povo que não faz valer os seus direitos e vive como se tivesse tudo bem ; só sabem reclamar “arregaçar” as mangas que é bom , nada !

    Quem quiser comprar carro a preço justo,só mudando de país mesmo,pois do jeito que as coisas são aqui,a tendência é piorar a cada dia ! :asner: :asner: :asner: :asner: :asner: :asner: :asner: :asner: :asner:

  • Diego T. do Nascimento

    Ahhh… Parabéns pelo vídeo…mais um “jeito” de divulgar essa “palhaçada”

  • Dener

    :evil: SR PRESIDENDE LULA E MONTADORAS DO BRASIL :cavera:
    TENHO UMA PERGUNTINHA :green:

    PORQUE O NOSSO MAGNIFICO REI NEW GOL :clown: AQUI CUSTA 28 MIL REAIS E E EXPORTADO PARA O MEXICO CUSTANDO AO CONSUMIDOR LA 17 MIL REAIS? :assob:

    DESCULPE MAIS E QUE ESTA CONTA EU NAO APRENDI A FAZER EM ESCOLA PUBLICA QUE POR SUA VEZ E TAO BEM ESTRUDURADA, TENDO EM VISTA QUE O BRASIL ARRECADA TAO POUCO EM ALTISSIMOS IMPOSTOS QUE NAO PODEM FAZER MILAGRES NA EDUCACAO! :clown:

    MAIS ME EXPLICA ESTA CONTA…
    LA E 17 MIL REAIS AQUI E 28.000
    ISSO PORQUE ELES TEM GASTOS COM FRETE E MARGEM DE LUCRO NA VENDA..

    TEORICAMENTE ELES TERIAM UM CUSTO DE 3.000 SO PARA EXEMPLO.
    ENTAO ELES PAGARIAM NO GOL DO BRASIL 14.000 , METADE DO PRECO? :clapp:
    E NOS 28.000? O DOBRO?

    POR GENTILEZA ENVIE ME POR MAIL A RESPOSTA DESTE PROBLEMA? :clown:

    PERCEBO QUE A MATEMATICA PODE SER DIFERENTE, DEPENDENDO DO PAIZ EM QUE VC VIVE.

    ABRACO A TODOS!!! :clown: :clown: :clown: :clown: :clown: :clown: :clown: :clown:

  • Pedro – Blumenau

    Concordo em parte com o video, em relação ao preco alto e a grnade margem de lucro das montadoras
    porem nao podesmo pensar somente no preco do veiculo!
    o Brasil sequer tem condicoes de comportar tantos carros nas vias!!!!
    O Brasil nao tem condicoes de fazer uma “reciclagem” dos seus modelos antigos (desconheco qualquer empresa especializada no assunto)!
    o Brasil tem uma politica de protecao do mercado interno muito forte.

    os impostos nao sao os maiores viloes… os impostos tem sua funcao, justamente essa.. FISCAL, ou seja, tem a intenção de reduzir a compra. Pq isso? justamente pelos motivos antes citados…

    a transicao de precos eh algo que vai ocorrer com o tempo, juntamente com a evolucao da sociedade.
    nao se pode obrigar a pessoa que tenha um carro velho a se desfazer dele, para trocar por um carro novo, efetuando assim uma “reciclagem”, havendo a necessidade de empresas para efetuar essa reciclagem.
    a tendencia eh das estradas melhorarem, dos transportes coletivos melhorarem, porem isso é soh com o TEMPO, pois nada ocorre da noite pro dia.
    o Brasil tem muito mais problemas pra se preocupar do que com o preco de carro.

  • Pit

    Brasileiros e seus complexo de vira lata, ta ficando massante e chato esses papinhos. :down: :down: :down:

  • Henry Ford

    If You Don’t Have The Money, Don’t Buy! Go To Cry for Your Mommy!

  • Lula

    Compaeiro, a diferensa estar no Bolsa Familia que ajuda os compaeiros que não comdisões de pegar o busão.

  • Rafaelrss

    Parabéns xará pela iniciativa.

    Mais segue uma critica construtiva caso vc for fazer um outro video.

    Pegue mais carros que são vendidos entre brasil e méxico e argentina e mostre seus retornos, pq ao demostrar carros grandes fica uma sensação de distância para a maioria dos incredulos que acha que o problema aqui é só impostos ou melhor o problema é do “Lula” amanhã vai ser do novo presidente e por aí vai.

    exemplo: pegue o Gol, Pálio, Ecosport, novo Ka, fabricado no Brasil e mostre quanto ele custa aqui no Brasil por quanto ele é vendido na Argentina e no México, mostre não só os valores de importação do acordo mais tb o valor de outros impostos tipo ICMS ao mostrar uma tabela mais ampla vamos demostrar onde está o problema que é a lucratividade das multinacionais que chega ser absurdas aqui no Brasil onde se vende carros defasados com poucos investimentos a valores exorbitantes tanto porvado naquela tabela da Ford que vazou e foi mostrada aqui mesmo no NA a alguns meses.

  • bvguima

    No Jornal hoje tem um espaço onde podemos sugerir reportagens.

    Acredito que se todos sugerissem o presente tema para uma reportagem, poderíamos ser mais que simples críticos e quem sabe eles veiculam uma reportagem desse tipo. Eu fiz minha sugestão.

    O link é este: http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,FEF0-16010,00.html

  • Braythnner

    Também fiz minha sugestão ! quem sabe consiguimos um dia muda, dai essa galera inves de anda de Gol compra o Golf pelo mesmo valor … pqee é un absurdo a gente paga 3 ou 4 vezes a mais por causa dos impostos e ainda os carros serém piores , ! Obrigado a todos

  • Braythnner

    Golf R32

    Brasil : Apenas 200 Mil Reais
    Eua : entre 60 e 70 Mil Reais

    :asner:

  • charles

    o video teve boa vontadade,
    Mas está totalmente errado!!!
    Um civic por exemplo nao custa 33mil reais,,,ele custa 15mil dolares,
    O que significa que um americano que ganha 5mil dolares por mes paga o carro em 3 meses
    O Brasileiro que ganha 5mil reais paga o civic em 12 meses

    Da maneira que esta no video, dá a impressao que o carro custa duas vezes mais que no BRasil, e voces veem que custa 4 vezes mais.

    Veja que o brasileiro faz o carro com os reais que ele ganha, e as pecas do carro sao compradas no mercado local em reais , e o salario de quem faz as pecas ~e em reais,,,
    portanto o carro poderia custa até mais barato que nos eua,,, porém com a economia de escala , sabemos que faz diferenca , e lá é para ser mais barato mesmo,,,,mas talvez 30%mais barato, e nao custar um quarto do que custa aqui,

  • Luis.J.R.

    É um absurdo mesmo!E o pior que o povão coontinua comprando. :humpf:

  • allan

    sabe o que eu axo em relação a isso, o que todo mundo pensa, esses politos neseraves que fazem praticamente nada pelo pais, a não ser rouba! não se contentam com o tanto de dinheiro que eles ja colocam a mão!!! pq vc axa que dependeria soh do govermo coloca esses preços? nem isso ai é uma mafia, tanto dos politicos quanto das pessoas responsaveis pela as grandes revenda de carros ( os fabricantes ) o jeito é sai do brasil e tenta uma vida mas sustentavel em outro pais!! Brasil! Affz, um pais corrupto :pao:

  • rapunzel

    coloca na globo esse video !!! ai vai dar briga !!!

  • Nix

    Seria muito bom se o preço dos carros aqui no Brasil abaixassem. Mas o que aconteceria com os usados? E quem comprou um honda civic mes passado por 65mil, hoje com o preço bem mais baixo venderia por 25mil?

  • Vectra GTX

    Não fica assim não. Pare de reclamar, mude para o exterior e ta tudo certo.
    Se não tem grana, não adianta chorar!!!

    • Ricadu

      É verdade esta é uma questão cultural do brasileiro que gosta de andar em carroças e acha que ta abafando, que compra Vw Jetta a 100 mil e acha que isso é carro de rico, sendo que é o sedã mais popular da Vw nos Eua e europa, que compra Honda civic por 60, 70 mil, e acha que tem um “esportivo” nato… E ainda criticam quando um carro como Hyundai Azera se posiciona num preço mais “justo”, competitivo.
      Melhor mudar de país mesmo, qualquer país pobre da America Latina tem um mercado automobilisto melhor e preços melhores que o Brasil. O que ocorre aqui é uma dependencia financeira dessas multinacionais vergonhosa!

  • Hodney

    O Brasil sempre teve um viés comunista na oferta de produtos para o povo. Os preços são escandalosos e ainda amarra o proprietário com impostos incomuns no mundo como IPVA que é um verdadeiro atentado ao direito de propriedade. Mas como a maioria do povão é ignorante isso faz com que as montadoras juntamente com este governo corrupto cobre preços exorbitantes. É frustrante ver países de terceiro mundo popularizar seus automóveis por meio de preços compativeis com a qualidade e de acordo com o indice de satisfação do cliente com tal produto.
    Com o governo atual o automóvel ficou bem mais dificil a aquisição. Lembro-me quando um Mille custava R$ 12.500,00 em 2002 e hoje o mesmo é oferecido por R$ 23.000,00 básico. :down:

  • GustavoG

    Ja ouviu falar de Paridade do Poder de compra ou taxa real de câmbio?

  • Augusto Magalhães

    Somos novos temos apenas 500 anos, a imaturidade faz com que se pague mais por menos. As montadoras estão vendendo o que produzem, o governo recebendo os impostos, os consumidores comprando. O brasileiro quer saber quanto custa o valor da parcela mensal do financiamento, o ciclo esta perfeito.

    • rivo

      Desculpinha esfarrapada esta, os EUA tem quantos anos mesmo?
      A imb#cili##de do povo é que faz pagarmos caro por carroças.

      :rayban:

  • Raul

    :down: :down: :down:

    Tem outro link parecido com esse também: http://www.wikidoido.com/Que_carro_você_compra_nos_eua_com_o_valor_de_um_carro_no_brasil%3F

  • Comedor de mórbidos

    Sem contar outros carros da gm como o mustang U$ 21 mil dollars, malibu(este saiu agora aqui no Brasil com o preço de R$ 90 mil reais, enquanto nos EUA ele sai por U$ 20 mil dollars, ou seja, o preço de um palio aqui na terra maravilhosa), é um absurdo o Brasil em tudo é pior, se eu estivesse nos States andava de mustang, isso me revolta ainda mais……

  • job almeida

    Vocês estao esquecendo dos descartáveis chineses que estao chegando
    o pão pullma custa 27.000 motor 800cc .
    O tigo 55.000 o chery 42.000
    mas carro chinês nao e barato?????