_Destaque Ford Hatches Lançamentos Vídeos de detalhes zslider

VÍDEO: Ford New Fiesta 2017 com motor EcoBoost 1.0 turbo – Detalhes





  • Jackson A

    Não… não vale o risco.

    • Lucas086

      Concordo, um Powershift com defeito é regra, não acaso, acaso são os que não apresentam defeito. Até um amigo que tinha um focus 1.6 se gabava de não ter defeito, já apareceu e ele está p*uto da vida.

      • Felipe

        Acabei de deixar o carro da minha mãe pra fazer revisão na Ford e enquanto esperava ser atendido fui ver os carros novos. O que falam por aí é verdade, nenhum deles vem mais com o emblema powershift na traseira… impossível dizer que esse câmbio não ficou queimado no mercado.

        • Lucas086

          Justamente, tanto que eles mudaram a forma de abordagem na hora da venda, agora é câmbio automático sequência, antes era câmbio dupla embreagem.

        • Leo

          Fiz revisão no meu carro semana passada e um dos consultores me disse em particular que o problema continua, mesmo nos conjuntos de embreagem trocados em garantia. Lamento porque gosto muito da marca, mas como disse a ele, meu próximo carro será automático e não será um Ford.

      • Rodrigo

        ALGUÉM PODE ME TIRAR UMA DUVIDA???

        Vi num programa de Tv sobre carros que alertava sobre a grande perda de potencia de motores TURBO em situações de elevado calor, perdas superiores a 30%. De que adianta comprar um carro turbo e colocar calor INFERNAL que faz no RJ chegando a temperaturas ambiente de 55º. O motor volta quase a memsa potencia de aspirado.

        Alguém tem mais informações sobre isso?

        • Lucas de Lucca

          Acho que se tiver intercooler como é o caso do EcoBoost não vai sofrer disso. Ele serve justamente pra resfriar o ar que vem da turbina.

        • Lucas086

          Tem fundamento, até os aspirados tem variação conforme a altitude, temperatura e tudo mais.

        • O intercooler é pra resfriar, pra mim não faz sentido isso de perder potência. Em altitude já ouvi falar, mas por temperatura ambiente nunca ouvi.

          • Efulefante

            Quanto mais frio o ar, mais denso… com o ar quente, é o inverso. Por isso a perda de potência com ar quente.
            Até me lembrei do Fiat Mille, que em algum ano (não me lembro qual) teve que modificar o posicionamento do coletor de ar para trás do farol, virado para a lataria pra pegar um ar mais fresco…

        • Gustavo73

          A primeira pergunta seria o que é elevado calor? A temperatura de funcionamento de um.motor é bem superior a temperatura ambiente. E desculpe aonde a temperatura ambiente aqui no Rio é de 55°?

          • SDS SP

            Gostaria de saber onde que passou isto…

            Em tempos, talvez nem lá no Oriente médio faz esse calor de 55 graus rs

            • Gustavo73

              Rsrsrs.
              Agora falando do calor e os efeitos sobre os motores você que trabalha no meio saberia dar uma resposta mais embasada?

              • SDS SP

                Olha, uma resposta embasada eu não tenho de bate e pronto. Na verdade, nunca ouvi falar disso.
                Mas achei interessante o questionamento, vou pesquisar com os colegas amanhã hehe

                • Jose Silva

                  não faz menor sentido, motor de um carro trabalha enter 90 graus a 100 graus, o que estraga é o motor ter aquecimento como pro exemplo sistema de arrefecimento estiver com problemas e não conseguir manter a temperatura do motor entre 90 a 100 graus e deixar subir, subir, subir…. Motor que também trabalha em temperaturas frias estraga, mesmo problema do sistema de arrefecimento estiver com problemas como válvula termostática travada aberta e o carro trabalhar em temperaturas inferiores a 90 graus causando ovulação do cilindro até quebrar, acontece muito na rodovia com carros que trabalham em baixa temperatura, além do excesso de consumo de combustível, já que a injeção vai ficar mandando mais combustível que o necessário para esquentar o motor o mais rápido possível.

                  • predadordemarea .

                    Perfeito!
                    Não entendo como uma coisa tão simples pode deixar algumas pessoas em dúvidas.
                    É só olhar no painel do carro, que independente da temperatura ambiente, marca 90º.

              • predadordemarea .

                Cara isso não existe!
                Quer dizer que a temperatura do meio ambiente altera a temperatura do motor?
                Seja num local que faça 50º ou 15º, a temperatura do motor fica em 90º.
                Motor tem o sistema de resfriamento que mantém a temperatura.

                • Gustavo73

                  Acho que ele não está falando em temperatura do motor e sim do ar mesmo. O ar mais frio é mais denso o mais quente menos denso e isso poderia ter alguma influência no desempenho do motor. Mas a questão é que será que a variação normal da temperatura ambiente teria um efeito tão grande? E se sim como afetaria os motores sejam aspirados sejam turbinados.

          • Deadlock

            É o ar injetado nos cilindros que importa, pois quando mais frio mais denso, ou seja, mais oxigênio para queimar o combustível. Quanto mais quente o ar injetado, mais rarefeito é, daí a perda de potência. Não sei se o intercooler não consegue resfriar o ar quente do RJ. Um ianque desenvolveu um motor 1.6 com um resfriador de ar mais potente que o intercooler normal que resfriava o ar a -10 graus C e a potência obtida era de 192 cv, consumindo pouco. O cara que desenvolveu o motor estava atrás de financiamento porque o resfriador não era barato, mas até agora não há notícias.

        • predadordemarea .

          Que viagem!
          Motor trabalha em uma temperatura alta e mantém essa temperatura devido ao sistema de resfriamento independente da temperatura externa.

  • Carlos_Drake

    Se fosse de 8 a 10 mil menos caro e tivesse Sync 3….
    Ja tive um Titanium e foi um dos melhores que já tive.
    Da saudades… pena que tive que vender.
    Quero ver o vídeo de teste.

  • Leonel

    Penso que o altíssimo preço e a péssima fama do PS tornam a compra desse carro inválida e eu considero isso uma pena, porque querendo ou não, é um carro com boa tecnologia embarcada e um excelente motor. R$65 mil estaria muito bem cobrado por esse carro e seria de bom gosto aplicar em todas as versões o 1.0 Ecoboost.

    • Luciano

      Eu tenho um SE com câmbio PS e nunca tive problema. Só sinto uma pequena vibração em ladeiras extremas que é necessário manter uma baixa velocidade. Antes tive um Imotion, isso sim é uma M.

    • Daysan Medeiros

      Tenho um SE 1.6 Manual… É um ótimo carro… Estabilidade em pista impressionante… Não tenho do que reclamar… Carro tem bom nível de tecnologia embarcado (falta o Sync 3) Agora, esse preço é impraticável, sem lógica.

  • vicegag

    O Titanium Plus em relação ao Titanium não tinha como diferenciais o teto solar e a multimídia com tela colorida da Sony, a Ford captou estes item e manteve o preço?
    O motor pode ser bom mas faz um barulho horrível parecido com o de tucho batendo, cada um tem seu gosto, mas pagar mais de 70k num carro que foi capado e tem um painel pior que o do Fiesta mexicano (parece que o nacional continua com o plástico de pobre), para mim não vale o que se cobra.

    • Stark

      Esses itens só estão disponíveis no sedan. No hatch, a versão deveria continuar como Titanium mesmo. Se tivesse os itens do sedan na Titanium Plus, o preço ficaria mais digerível, mas ainda assim muito caro.

    • Gustavo73

      Renomearam as versões do hatch sem o devido up grade nos equipamentos mesmo com aumento de preços.

  • zekinha71

    Quando lançaram o PS todo mundo elogiou, que era modernidade e tudo mais e virou um problemão.
    Será que esse Ecoboost que também é bem elogiado, daqui uns anos não vai virar outra bomba?

    • Esse motor já tem bastante tempo na Europa, cara.

      • zekinha71

        Mas não com o nosso combustível que é uma alquimia insana.

        • Sim, entendo, mas se formos pensar assim nunca poderemos ter motores modernos, né? melhor tentar abastecer só na aditivada.

          • M_13

            aditiva da ou não é tudo a mesma m** amigo kk

      • Gustavo73

        O câmbio também.

  • Rodrigo

    O carro é bonito, não há como negar!
    Maaaaaaas, tem performance de 1.6, consumo de 1.0 e preço de V6!

    • Leandro

      hahahahaha, quero saber qual v6 se compra com 70 k no Brasil.. (zero km)

      • Tosoobservando

        Ha 3 anos antes do Desinovar auto se comprava Azera V6, sendo que Civic na epoca ja custava ha partir de 62 mil.

        • Leandro

          há 3 anos atrás a inflação não era de 10% ao ano. Faça suas contas e aplique a inflação do período nesses valores…

          • Tosoobservando

            Nao tem nada a ver com inflação e sim com protecionismo de mercado, sem ele os carros estariam ate mais baratos que agora, com livre concorrencia.

    • Essa piada é da 4R. Mto boa, por sinal kkkk

    • Gustavo73

      Igual os concorrentes o Punto 1.8 equipado fica até mais caro.

  • mauricio

    70.000 em um fiesta? é de zoeira

    • Impala_67

      E o Cruze por 90 é super caro?

  • Lucas de Lucca

    Se tivesse isso que você falou, apesar de caro ainda, daria pra digerir melhor a bagatela de 72 mil reais cobrados por ele. Enfim, Brasil…

    • vicegag

      Então deveriam chama lo de Titanium somente, e não Plus, pois afinal o que ele tem a mais afinal que o que ela chamava de Titanium, só o preço e a opção do ecoboost no lugar do 1.6.

      • Lucas de Lucca

        É que o “Plus” foi no preço kkkkkk

  • Adriano Lius II

    70 mil num carro que não tem teto e nem multimidia… com 70 conto ando de bmw usada 118 ou 120 que é muito mais carro.

    • Será que anda mesmo?! tem que ter $ pro pneu, seguro e peças da BMW tbm, senão só vai ficar na garagem…

      • Lucas de Lucca

        O sonho da BMW usadinha de 70k acaba quando for fazer o freio ou trocar amortecedores e kits kkkkkk

      • Tosoobservando

        O da Ford tb, pq so essa gasolina aditivada que vc falou pra usar nele pra nao “danificar” o motor moderno ja é os olhos da cara.

        • Eu digo a aditivada comum mesmo, não a Podium…

        • Gustavo73

          Não precisa ser a aditivada apesar de ser recomendada. A gasolina comum já tem 50 ppm de enxofre que antes era 200ppm assim como a aditivada que era prejudicial aos motores com injeção direta. Antes de 2014 tinha que ser a Podium que tem 30ppm.

    • Gustavo73

      A BMW também não terá tetonou MM, agora quero ver bancar as peças de um carro importado com uns 5/6 anos.

      • Adriano Lius II

        Meu pai tem uma 120i 2012 com 60 mil rodados, ele só fez o reparo do motor, que ainda conseguiu que a empresa pagasse metade do valor, não troca por nada. Quero uma 2014 , que se consegue com particular por 70 a 74 mil. Acredito se souber usar e fazer manutenção o fiesta 2016 vai quebrar mais do que a bmw 2014. abraços

        • Gustavo73

          Tenho um carro nacional com 55mil km. Isso é km de carro novo, não ter problemas é o comum. A BMW já passou por reparos com 60 mil km? Sabendo usa e fazendo manutenção nenhum carro deveria quebrar. Mas a questão como disse não é quebrar ou não e sim os custos. Uma BMW 2014 já usa pneus run flat com preços acima dos mil reais cada. E pelas características construtivas tendem a sofrer muito no nosso piso. Trocas prematuras não são raras. Fora o preço das revisões mais caras, mesmo feitas fira das CSS por usarem peças importadas.

          • SDS SP

            Se a pessoa consegue assumir os custos de manutenção básica, da até para encarar como segundo carro. Mas sabemos que o consumidor que busca um carro de 50-70 mil reais vai passar perrengue para manter uma BMW ou algo similar…

            Olha,,,a tentação é grande rs…Tem carros com 4 anos de uso a preço de carro “popular”, mas eu não teria coragem, não é para o meu bico.

            • Um carrinho que me tenta muito é um novo Fusca 2013-14. Dá pra achar na casa dos 60 mil.

  • Stark

    Mas nem o sedan tem farol com projetor. Pelo preço, sedan e hatch bem que poderiam ter farol com projetor e DRL.

  • Deivid

    Me impressiono pelo preço do Fiesta Titanium e a Ford não ter o mínimo de capricho em fazer um logotipo para a versão.. Apenas cola letras escrito ‘titanium’ igual aos carros da década de 80/90.

  • Boris

    Uma versão manual começando a 50 contos faria um estrago na concorrencia.

  • leomix leo

    Infelizmente tenho que lhe dizer que isso não vai mudar nunca, estamos na lama e sem salvação.