Volkswagen foi a marca que mais perdeu na crise

21/01/2016

vw-gol-mexico-1

A crise econômica tem afetado duramente as vendas de veículos nos últimos anos, em especial no ano passado, quando o mercado recuou 26,55%. Como já se sabe, quem mais perdeu foram as quatro grandes montadoras, mas entre elas a que sentiu mais o impacto foi a Volkswagen.

Três anos atrás, a marca alemã tinha 21,1% de participação no mercado nacional. Em 2015, o market share da VW ficou em 14,5%. No outro extremo, a GM liderou em crescimento no período, alcançando a segunda posição.

No período de 10 anos antes, que começou em 2003, a Volkswagen aproveitou bem as constantes altas nas vendas e emplacou um bom crescimento. No entanto, a partir de 2013 o mercado nacional entrou em queda e para piorar, a VW perdeu o Gol G4, que tinha grande impacto nas vendas do modelo, assim como a Kombi, que não deixou herdeiros.

De líder, o Gol caiu para quinto em 2015, afetando bastante o desempenho da marca, mesmo com os rivais tendo sentido o impacto negativo da queda nas vendas. Desde 2012, a VW registrou queda de 53% em vendas de veículos leves, de acordo com dados da Fenabrave. Assim, a empresa caiu de 768 mil para 359 mil vendidos em 2012 e 2015, respectivamente.

Se o Gol caiu, o Palio também recuou também. Nos dois casos, a crise afetou suas vendas diretamente, mas nem tudo mundo saiu perdendo. Quem ganhou espaço e a liderança em 2015 foi o Onix, seguido do HB20. Outros compactos também mostraram força, especialmente os de marcas “novas”.

Já o quarteto líder tinha 82% de market share em 2003, mas fechou 2015 com somente 58%. Além disso, a crise afetou a renda dos consumidores menos abastados, deixando aqueles de maior poder aquisitivo ainda comprando.

Mas as vendas nos 10 anos antes da tormenta econômica representaram uma elevação de 1,3 milhão para 3,4 milhões de veículos emplacados. Nessa fase de vacas gordas, a Volkswagen foi a que mais cresceu, registrando alta de 171%. Fiat, Ford e GM ficaram com 146%, 114% e 92%, respectivamente.

Apesar das perdas, a VW ainda aposta forte no mercado nacional e reitera seus investimentos, tendo gasto R$ 460 milhões na fábrica de motores de São Carlos, além de ter feito os lançamentos do Novo Gol, Jetta e up! nacionais.

[Fonte: Estadão]

Agradecimentos ao Marquinhos.









  • Airplane

    A VW tem muito que aprender com as asiáticas. No discurso externo/interno ela se diz alinhada com o modelo japonês de produção e qualidade mas na prática não é verdade.

    • Pedro Henrique

      Totalmente offtopic, estou usando seu comentário pra por no topo pro pessoal ver
      Agora pouco em uma publicação de publicidade no facebook de uma revenda de automóveis da grande Florianópolis aparece isso, alegando a vinda do mobi com essa imagem, poderia ser essa uma imagem extraoficial do carro final?

      • th!nk.t4nk

        Com essa plaquinha branca? Alguém pegou um desenho e quis chamar atenção, só isso.

      • Vattt

        Feio!!! Como brasileiro voltou a estaca do 3º mundo com força, essa coizinha da Fiat vai apenas “agradar ao bolso” de quem não tem como comprar coisa melhor, ou seja, boa parte d a população.
        …………… Ou você compra um Mercedes ou um Fiat Mobi, as duas únicas classes do Brasil Rico ou Pobre. …………

    • Willian

      Tem que aprender é com a Chevrolet. O povão não dá a minima pro carro que tão comprando, eles querem é a central de multimidia que nunca vão usar. Triste, mas é a realidade.

      • Antonio

        Agora central multimídia não é importante? OI? De que mundo você é?

        • Jackson A

          Do mundo do SuperTrunfo, 0 a 100 em 4 segundos, curvas a 180, e por ai vai…

        • Central multimídia é legal, mas não pode substituir segurança, economia de combustível, motorização boa etc.
          O que o William quis dizer foi que somos igual a índio com espelho: o ONIX por exemplo, tem motor defasado mas vende bem pq?

          • Antonio

            Sim Guedes, eu também me importo com tudo isso! Mas qual a montadora que é um exemplo nesses quesitos quando se trata de carros populares? A Volkswagen? KKKKKKK. Infelizmente nessa faixa de preço eu só vejo carroça, honestamente. As coisas começam a melhorar com os denominados hatches compactos “premium”, como são chamados por aqui.

            • Essencial? Não exagera!

              • Retrato do Papai

                lógico que é essencial! quem consegue ouvir rádio ou atender uma chamada via bluetooth sem uma tela de no mínimo 6,2″?

                • Desculpa, mas se vou entrar em um carro quero ter o conforto da minha sala. Então o carro precisa ter um “pé-direito” de pelo menos 2,60, assoalho em granito e banco reclináveis que abertos atinjam pelo menos 1,80. E se na minha sala tem uma tela de 50 polegadas Full HD porque aceitar menos no meu carro?

                • Ramon Grigio

                  Tá falando sério? Eu consigo! Aperto o botão “atender” no volante e vou falando… é uma LIGAÇÃO, não uma videoconferência. Para ouvir rádio é bem semelhante, seleciono a rádio que eu gosto com o seletor no volante e então eu OUÇO a rádio. Viu? não é tão difícil.

              • Leandro

                Eu fico me perguntando, qual o custo de uma montadora colocar uma central multi mídia num carro? 100 reais? 200? 500 que seja. Não vale a pena colocar isso pra atrair os consumidores, principalmente os mais jovens? Estamos na era da informação, das redes sociais, uma centralzinha tem um apelo danado. Só quem não tem no carro acha que é ruim, rs.

                • “..Só quem não tem no carro acha que é ruim, rs….”

                  Você poderia mostrar uma frase de qualquer comentarista aqui que disse que é ruim ter uma telinha multimídia no carro? O que as pessoas dizem é que em MEIO DE TRANSPORTE, a eficiência que se faz isso (Desempenho, economia) e segurança (ESP, Air bags, estrutura, ABS) são mais importantes. E quanto custa pontos de solda a mais, sensores de ESP, air bags adicionais.. 100, 200, 500 reais?

                  Seu comentário mostra bem que hoje as pessoas dão mais valor a aparecer do que viver! Quem nem aquelas selfies que a pessoa tira no carro a 200 por hora ou em cima de prédios e pedras em montanhas e morre logo depois: E daí que morreu? O importante é que o vídeo teve milhares de visualizações!

                  • Leandro

                    Amigo, você tem inteligência suficiente para interpretar minha frase, mas vou corrigi-la. “Só quem não tem acha supérfluo”.

                    Carro é um meio de transporte mas geralmente é o segundo item mais caro do patrimômio de uma pessoa, só perdendo pro imóvel. Se a pessoa não tem imóvel, é o item mais caro. Portanto, é normal a pessoa querer agregar mais valor a esse bem.

                    Em momento algum disse que abriria mão de um item de segurança por conta da tela multi mídia. só disse que é um item que atrai compradores.

                    É um item de conveniência que você se acostuma muito rápido. Assim como um ar condicionado. Há uns dez anos ouvi muita gente dizer que era frescura. Direção hidráulica também. O mundo evolui, por que os carros também não podem evoluir?

                    • Sim, o carro é geralmente o segundo item mais caro. Justamente por isso ele tem que proteger A VIDA, que na verdade é o maior valor que ele carregará dentro dele, mesmo um carro forte. Então que tal nos preocuparmos ANTES com segurança e depois com multimídia? Uma porcentagem considerável dos carros vendidos hoje aqui não tem 4 estrelas (Incluindo um dos líderes que tem telinha). E
                      E um P.S: Não digo que direção hidráulica é frescura, porque tem gente que não consegue dirigir sem por causa de LER. Mas eu não gosto.

                    • Leandro

                      Rapaz, como eu disse antes, vou repetir, em momento algum eu disse pra abrir mão da segurança por conta da Tela multi mídia. De onde você tirou isso? E onde que o Gol é mais seguro que o Ônix? Onix teve 3 estrelas. O Gol sem air bag teve uma. Com air bag teve três também. Abçs

                    • De onde você tirou que eu falei que o Gol é mais seguro que o Onix? Não consegue rebater o que eu digo e agora está tentando colocar na minha boca palavras que eu não falei? Eu hein… Se vai inventar o que eu falo, inventa direito pô!

                    • Leandro

                      Bom, você está insistindo na tecla que carro não tem que ter telinha, tem que ser seguro. E então por que o Gol tem que vender mais que o Onix, já que ele não tem telinha nem mais segurança? Entendeu?

                    • Antonio

                      Cara desiste desse Alessandro, o cara tem paixão por carroça. Ele deve ter pôster do Fusca (antigo) por toda a casa. Só não sei se ele faz isso para se pagar de diferentão (o que hoje está super na moda) ou se ele não tem dinheiro para comprar um carro decente. Tem que ser uma das duas.

                    • Antonio

                      Hoje em dia quase todo carro vendido na Europa tem itens como controle de tração e estabilidade e central multimídia com GPS. Não existe isso de se preocupar antes ou depois, o carro deve ser SEGURO e FUNCIONAL. Os dois juntos. Hoje em dia uma série de brasileiros adora estabelecer a questão das prioridades: “ah, mas antes de ter aquilo deve ter isso” “antes de discutir sobre cotas temos que melhorar a educação” e assim vai e é por isso que o Brasil não vai para frente, afinal sempre tem um assunto mais importante a ser discutido antes. Um país tem plena capacidade de resolver sobre temas diferentes assim como as montadoras tem plena capacidade de entregar um carro mais seguro e com uma central multimídia mas como as pessoas não tem capacidade de entender isso e ficam nesse joguinho do mais importante nada acontece. Ninguém aqui disse que segurança não é importante Alessandro, você tem uma péssima mania de colocar palavras nas bocas dos outros.

                • 0terceiro

                  Sim, estamos na era da informação, das redes sociais e etc.
                  E também acho que uma central multimídia seja interessante de se ter no carro,
                  e é algo que atrai compradores.

                  Mas, na minha humilde opinião de alguém que nem tirou carteira de motorista ainda,
                  a pessoa pode ter a central no carro, mas não para olhar redes sociais enquanto dirige.
                  Uma coisa é você usar a central multimídia para te guiar num local desconhecido, com a função GPS (ainda assim ela “fala”, você não precisa olhar pra ela o tempo todo),
                  e outra coisa é você, enquanto dirige, querer ver as fotos que seus amigos postaram no facebook.

                  Pode ficar bonito e tudo o mais, mas acho até certo ponto questionável
                  ter uma central multimídia no carro, especialmente se a tela for pequena
                  e as funcionalidades forem poucas (imagina um carro com 5 pessoas tentando ver a imagem na tela da central multimídia de 5 polegadas).

                  Já que essa discussão tende ao infinito, pergunto procês que tem mais contato com carros do que eu:
                  o que as centrais multimídia da maioria dos carros faz hoje?
                  Conectam com celular para fazer/receber ligações?
                  Passam vídeos?
                  Tem TV?

                  • Leandro

                    Depende da central, as que vem original no veículo não costumam ter TV, ou quando tem, por lei, só podem passar tv com o carro parado. A que veio no meu carro, controla o ar condicionado, o rádio, o telefone (serve tanto pra comando de voz quanto para digitar o número numa tela maior do que o celular), GPS, câmera de ré e visualização do sensor de estacionamento, para navegar por Arquivos de mp3 (nada pior do que procurar mp3 nos ráidos de carro tradicional. A câmera de ré é um item de segurança, não está atrelada à uma central, mas a maioria já vem com uma. Evita de você atropelar uma criança ao manobrar de ré. Se não me engano nos EUA tem proposta para torná-la obrigatória.. Enfim, existem diversas funções que o pessoal que não usa ignora, acha que é só pro GPS, que tem no celular. Outra coisa, o GPS do carro indica postos de gasolinas mais próximos quando o carro está na reserva…

                  • Leandro

                    E quando eu falei em redes sociais não quis dizer pra acessar o facebook pela tela do carro, acho dispensável isso. Quis só mencionar a questão da dimensão que a informação como um todo possui na nossa vida.

              • Antonio

                Essencial sim! Agora você sabe ir em todas as ruas que deseja? Sim? Meus parabéns, você é um novo gênio. Ou será que usa aqueles guias que nem uma pessoa de 70 anos?

                • Artur

                  Com qualquer celular atual com Google Maps você se vira dentro ou fora de carro. Aliás, qualquer GPS chinês de R$ 199,00 te leva de um ponto a outro em qualquer grande cidade do Brasil.
                  Central multimídia não é e nunca vai ser essencial. Essencial, para mim, seria obrigar as montadoras a produzirem veículos com 5 estrelas no Latin Ncap, por exemplo.

            • Victor Hugo

              Up! Econômico, barato, seguro. Fox 1.0 com 3 cilindros… até 52 mil fox 1.6 16v, direção elétrica 6 marchas super econômico. Quer mais o que?

              • Antonio

                UP BARATO? OI? KKKKKKKKKKKKKKKK. Você acha barato pagar quase que 50 mil em um carrinho desses? Desculpa mas eu não acho. A sua noção de preço está bem equivocada. O que eu quero? Carros com câmbio automático decente (afinal esses daí só tem aquela porcaria de I-Motion), que não comprem absurdos por opcionais e que não sejam pelados como os que a Volkswagen faz. Ah sim, e que custem algo um pouco mais justo, não um carro popular com preço de hatch médio.

                • Victor Hugo

                  Oi amigo, existe carri verdadeiramente barato? Estou falando de faixas de preço. Ele parte de 32 mil Oi. Oi Oi vai lá comprar um onix oi

                  • Antonio

                    Verdadeiramente barato de fato não existe mas isso não justifica os preços abusivos cobrados pela Volkswagen. Eu não, tou bem com meu DS 4. Fica você aí com seu carrinho de 2 portas que não tem nem ar quente e acha que está fazendo um bom negócio porque custa 32.000 reais.

                    • Victor Hugo

                      Eu não tenho Up! E você ter um ds4 não significa que você conhece nada a mais que os outros, pelo contrário, gosto duvidoso. Mas gosto eh gosto. Estamos falando de carros da mesma faixa de preço, onix e up são, eu prefiro o UP! Pelos atributos. Mas vai lá comprar Citroën achando que está fazendo bom negócio.

          • Diogo Vasconcelos da Silva

            Pq é bonitinho (opinião não se discute), pq tem um motor velho q usa peça do corsa de 94 e tem em qualquer esquina a dez dilmas, pq tem volante de camaro, painel de tracker e tela multimidia maior do a do cruze.

        • invalid_pilot

          Não é importante não… Radio Touchscreen e geralmente um GPS xexelento e desatualizado (salvo as que espelham apps do celular)
          Não pago 2mil nisso nunca

          • Antonio

            Até hoje não peguei uma com um GPS xexelento e antes um GPS xexelento do que não ter, como era a realidade de antes. Se não fosse importante não estaria em quase todos os carros hoje em dia e é uma das críticas que você sempre vê em matérias automotivas quando o carro não possui. Gente que nega comodidade é difícil em…

            • invalid_pilot

              Sou mais Waze pelo celular, acho qualquer central um péssimo CxB, prefiro gastar com outras coisas, a menos que venha de série.

              Falou senhor dono da verdade absoluta !

              • Antonio

                Não é senhor dono da verdade absoluta, só estou te mostrando que a maioria da população, as montadoras nem os especialistas pensam como você. Se não acha importante ótimo, sua opinião. Gastar em outras coisas no que? Em segurança? Na segurança que você está perdendo ao usar o Waze? Usar GPS pelo celular tira total o seu foco no trânsito (principalmente o Waze que sempre vem com uma mensagem ou coisa parecida) e pelo menos no meu caso já aconteceram duas vezes em que o Waze me mandou fazer alguma coisa errada no caminho. E quando o app começa a atualizar? E quando o app não funciona? E quando a net tá ruim? Não sei com você mas comigo são problemas recorrentes e é por isso que uso GPS do carro. Acho que o app peca muito em intuitividade com o motorista, não a toa eles pedem para usar com o carro parado. Só uso o Waze quando estou muito atrasado. Mas não estou querendo dizer que você está errado, só penso assim. Abraços.

                • invalid_pilot

                  Achei arrogante o seu tom nos posts anteriores… Vai ver foi impressão minha. Desculpe-me!

                  Como disse sou mais usar Waze ou Here Maps(que tem mapa offline) a pagar caro numa central (que não vejo por que custar 2 mil reais se é uma tela com processadorzinho chulé).
                  Ainda tenho um velho GPS de pendurar no vidro que alem de atualizado me da os radares (coisa chata de se atualizar nessas centrais , algumas nem tem como fazer)

                  E carro pra mim tem que ter motor bom, segurança e conforto de rodagem, todo resto é besteira

                • -A maioria da população não tem carro.
                  -Montadora é Foxconn. Quem faz carro é fabricante.
                  -Que especialistas você se refere?

                  • Antonio

                    1º: a maioria da população que possui carro. Isso é evidente né? Não fique se fazendo de troxa por favor.
                    2º: Site oficial da história da Volkswagen: “A inauguração oficial da fábrica ocorreria somente em 18 de novembro de 1959, quando circulou – a bordo de um Fusca conversível – o então Presidente da República, Juscelino Kubistcheck. Ele estava acompanhado pelo Governador de São Paulo, Carvalho Pinto, e os presidentes da Volkswagen da Alemanha, Heinrich Nordhoff, e do Brasil, Friedrich Schultz-Wenk. A imagem dos quatro dentro do Fusca conversível se tornou uma das fotos mais marcantes na história da montadora.” Toda marca é montadora, afinal eles usam as fábricas para MONTAR O SEU CARRO. Novamente, para de se pagar de troxa só para tentar me corrigir porque tá ficando feio.
                    3º: Qualquer site de avaliação automotiva com alguma importância no assunto como Auto Esporte e Quatro Rodas.
                    4º: Percebo claramente que você fica fazendo essas perguntas e correções idiotas com o único objetivo de me contrariar, não de expressar sua opinião.

                • Leandro

                  Quem fala mal de central de carro nunca usou.

                  • Artur

                    Eu tenho CMM no meu carro e acho dispensável. É útil só em viagens para utilizar o GPS, só que eu tinha um GPS da TomTom que era tão bom quanto o GPS da central – e olha que a minha central é de qualidade, da marca Pioneer, modelo AVIC-F970TV -, então não vejo muita diferença.
                    Desde que instalei a CMM no meu carro (há uns 3 meses), usei o GPS apenas uma vez. Para quem vai viajar muito e não conhece os lugares para onde irá, acho válido. Mas para usar no dia-a-dia para passar por lugares onde você já conhece de cor e salteado, não vejo necessidade alguma.
                    Sim, é um equipamento interessante e agrega várias funcionalidades ao veículo. Mas é meramente um item de comodidade, nunca poderia ser considerado “essencial”.

                • Artur

                  “Usar GPS pelo celular tira total o seu foco no trânsito”
                  O Ka vem com suporte para fixar o celular e em qualquer loja de R$ 1,99 ou no Mercado Livre você acha suporte veicular para celular ou tablet. Isso não é desculpa, amigo.

              • Leandro

                Até pra operar o rádio a central é muito melhor e não teria muito custo para as montadoras colocarem isso de série nos carros..

            • Leandro

              Deixe, eles não sabem o que estão falando.

              • Antonio

                Tou vendo. Tudo gente que compra carroça e fica tentando defender a falta de itens do seu carro..

          • Leandro

            O GPS da central tem sinal umas 10x melhor que do seu celular.

        • Fernando

          Se eu comprasse um Onix não ia querer o mylink.
          Aproveitaria o espaço 2din e colocaria uma central mais completa (pioneer talvez) com possibilidade de colocar subwoofer e falantes de melhor qualidade.

          • Antonio

            É uma boa escolha também mas instalar acessórios que não são de fábrica não suspende a garantia?

        • Leandro

          Ele tem certa razão, muita gente compra ônix por conta da central multimídia.

        • Leo

          O Waze navega offline!

          Também não sinto falta alguma de multimídia. Mas um controle de estabilidade cai bem, sim senhor!

          • Antonio

            Onde que navega offline? Até hoje toda vez que tentei aparece: aguardando conexão.

        • Lucas de Lucca

          Em quê uma central multimídia é importante pra chegar ao ponto de ser item obrigatório pro carro vender, mesmo o carro não tendo segurança e eficiência? Carro é meio de transporte e SÓ!
          Mercado ridículo, com produtos ridículos, para compradores ridículos. Welcome to the jungle!

          • Antonio

            Exatamente: meio de transporte! Como meio de transporte o carro deve informar as rotas que você deve usar, ou você sabe tudo de cabeça? Quem está no jungle é você com o seu carro de primata.

            • Antonio está banido por múltiplas ofensas a vários leitores, apenas nessa página.

          • Tosoobservando

            Kra central multimidia primeiro se popularizou nos países desenvolvidos, la fora dificilmente um modelo é vendido sem um.

            • Lucas de Lucca

              Só que lá desde o mais básico vem completo em segurança. Já aqui… bom o que importa é a telinha.

              • Tosoobservando

                Nao entendi pois o Onix tambem tem 3 estrelas no crash-test assim como Gol e similares, e os 2 airbags exigidos. Ninguem compra o Onix so por causa da “telinha”. É o conjunto. Se a VW oferecesse algo melhor na faixa mas sem a tela central eu concordava contigo, mas nao oferece.

      • Mylink é um opcional. Nem sabemos se as versões mais vendidas tem ele. E tem muito carro com multimídia vendendo mal e muitos que tem vendendo bem. Ká é 1.0 mais vendido e não tem. up! tem como opcional igual ao Onix e vende menos.

        • Rafael Viana

          Creio eu que um dos fatores para as vendas do Onix seja o Design (relativo porem até hoje todos que conheço acham o onix mais bonito que o UP!, etios, march) e também as dimensões, passa uma sensação ao consumidor de robustez alem de maior espaço interno (chutando, nao sei exatamente se é maior que os concorrentes).. O Sandero é um exemplo disso, mesmo possuindo acabamento pior vende mais que o Clio.

          • Perfeito! Penso exatamente assim. E ainda colocaria a confiança na marca.

          • Cvrtlik

            Um dos fatores é promoção, taxa zero…, isso sim.

        • Artur

          Exato. Acho que o Ônix está vendendo bem porque agradou, em geral, ao público. Não é um produto ruim, tem design razoável, motor idem, pós-venda mais ou menos – enfim, regular em tudo.
          Um amigo trocou um Palio por um Ônix 1.0, sem MyLink, e está curtindo bastante o carro.
          Ao menos no acabamento ele mencionou que o Ônix é bem superior ao Palio, e gostou do atendimento da concessionária GM da cidade onde mora.

      • Fábio

        A Chevrolet quem tem que aprender? Quem é a mais vendida mesmo?

      • Gran RS 78

        Não é só isso não. Entre no Onix e depois entre no Gol e veja a diferença. O Onix é bem mais ” encorpado” e bem acabado que o Gol, e ainda por cima, a GM tem vendido com preços bem agressivos perto dos concorrentes diretos, e por isso a marca tem colhido boas vendas, inclusive conseguindo ser o carro mais vendido do Brasil em 2015.

    • ObservadorCWB

      A crise é da própria VW. Dieselgate. Não introduz novidade nenhuma nos carros que já estão aqui. Fora os importados Golf / Tiguan / Touareg e outros o que sobra de BOM no portfolio ??? NADA

      • Você acha mesmo que a VW perdeu vendas aqui por caus do Diesel Gate?
        E onde estão os Golf/Tiguan/Touareg das líderes Chevrolet e Fiat?

        • ObservadorCWB

          ??? Estão lá fora…Impala, o novo Cruze está muito bem cotado nos EUA. Mas não vem. Porque vc acha que desponta um HB20 no nosso mercado ? Carro que nem está presente em outros lugares do mundo. Falei justamente sobre atualização de conteúdo e qualidade automotiva. Com relação ao Dieselgate…conheço apenas duas pessoas que foram para a Trailblazer..no universo de vendas da Amarok é quase desprezível sim. Aliás….me espantei com a Trailblazer, que nada tem a ver com a antiga Blazer. É um senhor carro.

  • Wes

    Vendendo só merda

    • Up, Jetta e Golf não são merda.

      O restante sim. 😆

      • Jetta, aquele com motor 2.0 ap de ferro velho?

      • Wes

        Vendendo 90% de merda então vai ajhahahhah

      • Rodrigo

        Prefiro meu Corolla com cvt :)

      • Fábio

        Up!, Jetta e Golf não são merda, mas a estratégia da VW pra vender esses 3 é uma VERDADEIRA MERDA!

      • Robinho

        Up é feio para caramba…jetta com motor velho…é desta lista so o Golf msm.

        • O Up! não foi feito pra ser bonito, mas compacto, ter o essencial e ser econômico. Tal como o Fusca original.

          O problema é a estratégia mercadológica tosca da Volkswagen, que quer cobrar caro por um carro que pela essência deve ser barato.

          • Não é que eu discorde de você, mas pense comigo: Os seus concorrentes também não foram pensados para serem baratos, e mesmo sem a qualidade do VW cobram perto dele?
            Vamos ao exemplo mais clássico, Renault: Logan, Sandero e Duster foram pensados para serem baratos, os carros básicos para as pessoas que queriam apenas um meio de locomoção do grupo Francês comandado por um brasileiro que nasceu na Síria, viveu no EUA, mas é japonês e francês. Na Europa, Duster é mais barato que o up!
            A questão é, que carros de um fabricante tem a imagem daquela fabricante em determinado país. E a VW tem (Ou melhor tinha) uma imagem melhor que outros fabricantes tem aqui, e por isso ela “pode” em teoria cobrar mais.
            Porque aqui Hyundai, Honda e Toyota são caros e no EUA são mais baratos? Porque essa é a imagem deles no Brasil e EUA. Porque a Chevrolet pode aqui cobrar um preço maior que de um Fiat similar? Porque a imagem dela é maior aqui que da Fiat. Talvez na Itália seja o contrário em relação a Opel/Fiat. Acho que a VW sofreu a maior perda porque por causa do passado ela era a que tinha a melhor imagem. Se fizesse isso na década de 80 a perdedora seria a Ford, que vendeu durante anos a idéia de uma sofisticação maior que seus concorrentes.

            • SDS SP

              Na verdade o Carlos Ghosn (CEO da Renault -Nissan) é brasileiro de nascença (Rondônia, mas não lembro a Cidade) e de família libanesa…

          • Robinho

            mas não precisava ser tão feio, parece uma geladeira na horizontal.

          • Artur

            Falou tudo amigo. O Up! como automóvel é um excelente produto. Seguro, razoavelmente espaçoso (pelo seu tamanho), avançado tecnologicamente e econômico. O único problema é o preço.
            Se ele começasse em R$ 30 mil já com os itens básicos de conforto e conveniência (AC, DE, VE, TE e som), venderia igual água.

        • Cvrtlik

          Questão de gosto. Longe de achá-lo feio. Normal.
          Não acho de jeito algum Onix e Ka bonitos.

          • Robinho

            pois eu acho que a maioria das pessoas acham o Onix e o Ka muito mais bonito que o Up…obvio que é questão de gosto.

  • Nova Saveiro Coupe 90 mil hueais, cabine simples, e sem caçamba. kkkkkk

  • Antonio

    Bem feito! Essa montadora foi uma das que mais fez de troxa os brasileiros. Os carros nacionais são verdadeiras carroças enquanto os internacionais custam uma fortuna e aumentam de preço cada vez mais. Só olhar o que fizeram com o Golf.

  • kravmaga

    A VW mereceu isso porque insistiu tempo demais no Gol, que foi pouco renovado com o tempo.

    Ela tem capacidade técnica e bons carros lá fora mas está jogando mal de novo ao colocar os preços do Golf caros demais e empurrando o Golf 1.6 quando todo mundo quer o 1.4 TSI.

    • Gavlan The BeerMaster

      O pior é que não tem carro para desovar esse 1.6 MSI, apesar dele ser melhor que o anterior, são apenas 3 motorizações que o povo está de olho, 1.0 TSI que tem desempenho igual ou superior ao 1.6, 1.4 TSI que equivale a um 2.0 aspirado, 2.0 TSI que deixa o carro com desempenho acima da média…
      Nos carros mais básicos ou de baixo custo o deveria optar por 1.0 3CL MPI, já que ele é muito econômico…

  • Gavlan The BeerMaster

    Acho que foram muitos erros cometidos pela VW, mas posso destacar 3 principais:

    1- Olho grande, foi a primeira a jogar os preços das carroças lá na estratosfera; exemplo UP! foi anunciado a 26.999,99 já no lançamento estava a 28.999,99, 3 meses depois não achava por menos de 33 mil reais….

    2- Faltava inovação, demorou para lançar um produto coerente com o mercado (UP!) e quando lançou ficou na mesma faixa de preço do “carro chefe” da marca o Gol, líder de mercado a mais de 5 anos.

    3- E o principal e não menos importante, percebeu tarde e ainda e ainda está tentando corrigir as cagadas anteriores, em partes está dando certo, oferecendo carros melhores equipados por preços não tão altos…

    Lógico que esse é o MEU ponto de vista em relação aos fatos, que pode e provavelmente deve ser totalmente diferente da realidade.

    • Antonio

      Concordo com tudo isso! Mas jogar os preços na estratosfera não foi só com as carroças né? A Volkswagen fez isso com basicamente todos os seus modelos. Só olhar para o tão aclamado Golf quando foi lançado e o preço dele agora, altíssimo e capado em diversos itens. Honestamente Volkswagen do Brasil merece essa queda por ações que mostram-se ser um desrespeito ao consumidor.

      • Gavlan The BeerMaster

        Mas começou de baixo pra cima, com Gol basicão a 36 mil, FOX a 48 Mil, Saveiro surf 46 mil…
        O caso do Golf e nem citei por ser a gota d’água ele era de longe o melhor CXB no seu lançamento…
        Mas a própria VW disse que ele era um carro não se pagava no inicio das vendas por aqui.

        • Antonio

          Isso daí é desculpinha deles pra continuar aumentando o preço. As montadoras tem uma taxa de lucro 200% maior em nosso país quando comparadas aos Estados Unidos e continuam com esses discursos de vítima… Um bando de safados. Exatamente o que você disse: acabaram com o CXB do carro que era excelente. Sorte de quem comprou no lançamento.

      • A VW que inaugurou médio a partir de 60 mil, na época que Bravo custava 52 o Golf chegou custando 66…

        • Antonio

          Pode até ser mas o carro valia o que cobrava. O Golf é bem melhor que o Bravo e os outros concorrentes como Peugeot 308 e Chevrolet Cruze estavam mais ou menos nessa faixa de preço que era bem distante de BMW, Audi e Mercedes-Benz. Hoje o Golf Highline está quase 100.000 reais, faixa de preço próxima a de carros premium. Isso é absurdo.

        • Fanjos

          Acho que a primeira a chutar preço de médio acima de 60 pila foi a GM, depois os outros foram na bota

    • Cvrtlik

      2- Coerente com qual mercado? Palio Fire, Clio, Sandero, Onix,….????

      • Gavlan The BeerMaster

        Mercado Brasileiro que estava apostando em inovações no setor…

  • Marcelo Henrique

    Mas será mesmo que perderam muito? Vejo muito TSI com placa 2015 nas ruas, mas também vejo muito mais Honda e Toyota.

    • Antonio

      Quando a gente fala de números nacionais é sempre complicado levar isso para as ruas, afinal nosso país é muito grande, possui um mercado consumidor de carros também muito grande e cada estado tem os seus veículos “preferidos”…

  • Cleidson

    Ficam insistindo no Gol, mataram a Parati, Spacefox completa quase encostando no Golf Variant. Motor 1.6 16V bom, só nas versões Highline de Gol, Fox e Saveiro. up! é todo baseado na segurança, mas não tem ESP. Colocam câmbio i-motion, enquanto Onix e HB20 tem câmbio AT de verdade. Mataram o Polo. O 1.0 TSI tinha que estar no Fox tbm. Passat Variant não vem mais. Não trazem Fusca nem Golf conversível. Depois, perde a liderança, vende pouco e não sabe o porquê.

    • Fusca e Golf conversíveis, pra quê? pra custar 200 mil? não acho que seria muito relevantes…

      • Antonio

        Não adianta trazer carro conversível aqui pro Brasil porque eles ficam muito caros tanto na hora de comprar quanto manter (o seguro por ex. é uma fortuna). Além disso pesa e muito a questão de segurança (ou a falta dela, rs). Não é a toa que em SP por ex. é quase impossível ver conversíveis e mesmo as opções são bem menores quando comparados aos demais mercados.

    • Cvrtlik

      Onix e HB20 só tem esse câmbio no top. E câmbio automático não é tão essencial para um carro de entrada.

  • Autofahrer!

    Para de fazer todos os modelos de origem local, produz todo o portfólio europeu e reduz o valor final. Quero ver se não movimenta as vendas.

    • Ou seja: Para ela vender mais tem que seguir a estratégia contrária das líderes?

    • M.Hahne

      Pode até movimentar as vendas com essa sua estratégia, difícil vai ser ter lucro hahahaha

      • Cvrtlik

        Como você sabe que não terá lucro?

        • M.Hahne

          Abandonar as linhas de produção existentes, trazer as mais modernas da Europa, produzir carros de maior custo, vender por menos dinheiro, e ainda por cima aplicar essa estratégia no país que mais cobra impostos no mundo, que está sofrendo uma recessão, que o mercado automotivo encolhe mensalmente e que não tem alguma perspectiva de mudança de cenário…….

          Poxa se vcs fossem executivos ou investidores da vw achariam inteligente essa jogada?

  • A VW vem errando a vários anos em suas estratégias. Não renovou seu portfólio, tirou modelos que talvez não deveria. Não entrou em segmentos que cresceram muito. Enfim, um desastre de gestão que vem de muito tempo e com a conivência da matriz. A conta dessa incompetência iria chegar em algum momento.

  • Francisco

    Acho que a VW Brasil pode dar um belo “case” de marketing de como não se deve agir…lembro-me que no fim dos anos 70, ela detinha perto de 50% de market share no mercado brasileiro mas parou no tempo. Alguns exemplos que me lembro agora: nos anos 90, a Fiat lançou o Uno com 4 portas (fabricado na Argentina) desde então, o mercado já apontava a mudança de preferência nacional de 2 para 4 portas, pois bem, a VW só colocou 4 portas no Gol 6 (seis!) anos depois. No tempo da Autolatina, o Pointer, um hatch, só tinha opção de 4 portas e o Apolo, um sedã, só tinha opção de 2 portas!!! Outro exemplo, em 2003 a Ford lançou o primeiro “SUV” compacto nacional, o Ecosport, que reinou sozinho até a chegada do Duster, e agora também comendo poeria do HR-V e Renegade….e cadê o Taigun da VW? Somente nos salões de automóveis…em suma, a VW tem tecnologia, tem capital, tem uma vasta rede de distribuição, um bom conceito de marca (ainda!) só não tem um bom departamento de marketing!

    • Dj Vicro

      Concordo com você e acrescento que falta um pós vendas eficiente para a marca.

  • Dj Vicro

    Não consigo entender a estratégia da VW para o nosso país, ela tem uma linha de produtos que competem entre si, fizeram bobagem ao deixar sua principal aposta para o mercado brasileiro sofrer com inúmeros recalls (Gol G5, Voyage e Fox), só para constar os problemas de qualidade ainda acontecem com frequência maior que o desejado.
    Isso sem falar na “brilhante” idéia de equipar o Jetta com o velho AP 2.0, tentaram combinar o moderno com a tradição?
    VW tem que fazer muito mais para poder justificar seu slogan atual, que a empresa acorde e deixe o saudosismo para trás, afinal por mais simpático que seja o brasileiro não quer mais “fuscas” em sua garagens.

    • MauroRF

      Eu, quando pequeno, brincava que a VW era a “Fusquiwagen”, de tanto fusquinha na rua. Essa coisa de Fusca e Gol que não quebra ainda resiste apenas no interiorzão do país, e com ressalvas. Essa aura de que VW aguenta tudo e não quebra não cola mais. Hoje, não quebrar, durar e ser resistente é obrigação de qualquer fabricante. Acredito que a VW hoje transmite a mensagem do que ela sempre foi, significa ter um carro básico, um carro “do povo”, mesmo custando mais caro por não quebrar, por ser “confiável”. Antes isso funcionava, hoje, não mais. Hoje, o “carro do povo” precisa ter ar, direção e vidro e travas, além de central multimídia. E precisa ser bonitinho, ser (parecer) moderno, ou seja, ter algum ar de modernidade. Ka, HB20 e Onix fazem isso muito bem. Vi algumas projeções do Mobi e acho que ele vai pegar, se a Fiat souber trabalhar bem as versões e os preços. E aí, nesse caso, o up poderá cair ainda mais, porque o fraco dele, na minha opinião, é o preço alto.

      • Cvrtlik

        Valorizar mais beleza que construção e motor?
        Os japoneses reinam com a fama de confiáveis hoje em dia e cobram caro.

  • Allan Victor Kaiser da Silva

    NA, ali na ultima linha não seria “Golf”?

    …”além de ter feito os lançamentos do Novo Gol, Jetta e up! nacionais.”

  • Henrique

    E muito simples explicar o motivo, sou fã da marca mas não enxerga que não quer:

    1) prejudicaram muita gente com a quebra dos motores 1.0 e 1.6 e que descaradamente convenceu a justiça que não deveria sofrer recall, ou seja não tiveram o minimo respeito pelo seu cliente.

    2) o GOL G3 foi o ultimo GOL decente que a VW fez, o próprio G4 já vinha perdendo mercado. Alias ÔNIX e HB20 tomaram seu lugar por causa da modernidade, e uma coisa que VW nunca soube fazer direito: ergonomia !!!!!

    3) revisão a cada 6 meses (padrão Ford).

    4) assistência técnica cara e deficiente.

    5) preço nas alturas

    Assim o povo apresentou a contaaaaaaa, Espero que volte a ser com antes quando seus carros tinham confiabilidade, tecnologia e respeito pelos consumidores, pois capacidade e competência e o que não lhe faltam.

    • Renato Dias

      O gol G3 era o melhor, com painel de Golf da época, e bom acabamento.
      O G4 kgou geral. Aquela traseira, aquele painel compartilhado com o Fox foi um dos piores e mais mesquinhos que já vi.

    • Cvrtlik

      A Ford não faz revisão a cada 6 meses mais, se não me engano.

  • Fábio

    Os erros da VW e o que ela deveria fazer:

    1-Teve uns 30 anos pra projetar a substituta da Kombi. Poderia ter feito até parcerias com suas parceiras chinesas (os asiáticos são bons em vans tipo as antigas Besta e Topic) pra criar uma nova Kombi de baixo custo. Não fez isso agora chora por perder uma enorme fatia no segmento. Além do mais tentou xuxar desesperadamente ABS e Airbag num projeto de “papelão” dos anos 50, e foi motivo de chacota!

    2-Seria mais coerente criar um carro específico para o mercado nacional para substituir o Gol G4, e atuar abaixo dos 30k, como o Fiat Mobi vai fazer. O Up! é muito caro e sofisticado pra atuar abaixo dos 30k.
    3-Tirar DSG é até “aceitável”, agora tirar o multlink do Golf é desculpa esfarrapada pra lucrar mais. E escancarado ainda. Agora colocou o Golf 1.6 MSI num preço absurdo no lugar do 1.4 TSI mexicano, e vai jogar o preço do 1.4 TSI lá em cima (estima-se que vai custar acima de 85000 reais!). Outro esse que vai cometer, e o Focus continuará líder do segmento
    4-Cadê os SUVs? Acho que fazer um SUV na base do Polo pra concorrer com Renegade, HR-V e cia, é mais importante que o Golf no momento (já que as vendas dos Hatchs médios estão sendo engolidas pelos SUVs compactos). Até agora a VW não apresentou nada de concreto, e o que apresentou era interessante mas foi cancelado (Taigun). Demorou, perdeu VW! A concorrência não perdoa!
    5-Demora em atualizar o Gol, Fox e família dá chance pra concorrência. Agora o Gol vai receber o terceiro face-lift, igual ao Fox? Já deu né? A nova geração desses dois já deveria ser lançada!

    • Leandro

      Daqui a seis anos ela lança, daí a tendência já será outra.

    • Cvrtlik

      Discordo com o Up, o problema é o preço e o fato do brasileiro precisar de espaço para carregar a família. Mas o carro tem que ser bom sim, temos que ser mais exigentes. Cansei de lixo.

  • Fábio

    Na minha opinião a linha da VW deveria ser assim: Gol com espaço interno maior pra substituir de uma vez Fox e Up! (além de +Saveiro, +Voyage, +SUV na base do Gol), Polo como compacto premium (+Polo sedan e SUV), Golf e Jetta como linha nacional. Up! e Fox são dispensáveis.

    • DevXav

      Eu já discordo porque Gol é um LIXO perto do Up!…
      A não ser que você esteja falando de um Gol COMPLETAMENTE NOVO, com soldas a laser, 5 estrelas no NCAP (não no latin NCAP), qualidade de construção das portas e do carro em si no MÍNIMO no mesmo nível do Up!, ou seja, padrão de qualidade europeia, motor bom e econômico E PRINCIPALMENTE UM PREÇO JUSTO!!!

      Fora isso dispenso essa carroça desse Gol e fico de Up!

      • Fábio

        Concordo e discordo. Concordo que o Gol seja um lixo perto do Up porém Gol é feito para o mercado brasileiro! O Up não! O Up tem pouco espaço interno, é caro e não atende o brasileiro como o Gol atende. Gol já é um produto consolidado e é insubstituível, só carece de atualizações e mais segurança. Sejamos coerentes: não exija padrão europeu para o Gol pois esse carro é feito pra brasileiro e pra custar barato, assim como seus concorrentes Onix, Palio, Ka e até HB20! Já o Up é “padrão europeu”, utiliza materiais mais caros, é mais seguro e consequentemente bem caro! Por isso suas vendas minguam e não caiu no gosto do brasileiro.
        Vc pode até preferir o Up mas o brasileiro não. Brasileiro quer carro com baixo custo de manutenção, confiável, com mais espaço interno e barato.

        • Cvrtlik

          Sim, brasileiro quer isso? Não sei. Onix, Palio e Ka baratos? kkkkk…Onde?

          • Marcelo SR

            Onix não é caro… É caríssimo para o que oferece. Um carrinho extremamente medíocre por sinal. O mesmo vale para o Palio… Deus me livre. Já tive 2 Sporting (manual e trancologic) – Nunca mais!!!!

    • Leandro

      Prefiro o up! ao Gol. 1000 vezes.

  • Kenedy

    Com essa política de preço ridiculamente alta mesmo tem mais é que se F**** mesmo

    • Marcelo SR

      Exato.

  • SDS SP

    Esse atual line up da VW está uma verdadeira zona, muitos modelos de entrada e com sobreposição de preços. Precisa enxugar isso.

    • Antunes

      Não sei, para mim parece tudo errado :D
      Se comparar com as vendas dos seguimentos, só quem vende bem é o Fox e o Golf, e mesmo assim estão querendo tirar o Fox para colocar o Gol maquiado.

  • Matheus Cavalheiro

    Ela tá demorando demais em colocar o TSI no Jetta de entrada.

  • Robinho

    Não tem um carro da VW hoje que me da desejo de possuir, bem como GM…e olhe que tenho um GM…

    • DevXav

      Pelo preço praticado pelas montadoras aqui, não tenho vontade é de nenhum pra ser sincero hehehe

      • Robinho

        isso é a mais pura verdade.

    • Fernando

      Você deseja algum da Fiat?

      • Robinho

        Gosto da Strada Adv e da Freemont e só tbm…mas gosto de Ford, Hyundai e Honda entre outras…

      • Artur

        O 500 Abarth! :D

    • Marcelo SR

      Eu quero GM… Eu quero mais que a GM se f….

      • Robinho

        kkkkkk, tenho um GM e tbm quero isso…a linha atual é só velharia.

  • Adilson

    Ficam analisando número de carros vendidos enquanto a VW vai enchendo o bolso vendendo carros com maior valor agregado. Carro popular não dá dinheiro, simples. Pararam de investir no Gol e aumentaram o preço de toda a linha. Agora precisam vender metade para lucrar o mesmo.

  • RRROL

    O motivo da VW perder mercado é simples. Colocam preço 15 p.p a mais que os concorrentes oferecendo menos itens de série. Mantêm carros desatualizados por muito tempo – Gol. Tiram de linha o Polo e o substituem por um produto inferior(Fox). Fazem uma bagunça em sua linha Up muito caro para um city car. Gol a preço de compacto premium, Fox a preço de Golf, Golf a preço de BMW. Sendo que Gol e Fox juntos não da mais. Fora a bagunça de motores velhos. E lançamentos com motor errado.

    Toda a linha deveria ter o 1.0 TSI.

    Para as picapes a linha toda com o 1.6 de 120 cc.

    • Cvrtlik

      Acho que a empresa não vai aceitar só o 1.0 tsi, seria ótimo com uma redução de motores, mas…parece que eles preferem complicar. Além do que tem motorista que não gosta de multiválvulas, turbo e etc…..

  • rodrigomalc

    VW BR tinha mais é que falir. Mamou nas tetas de brasileiros (super) desinformados, ganhando dinheiro até 2013 em cima da fama do Fusca e do Gol, que eram bons, pras décadas de 70 a 90.
    A VW Deveria ter parado no G3, por volta de 2005 2006…
    Mas não, fizeram o G4 infinitamente inferior ao G3, daí começou a avacalhação com o brasileiro. Só modelos ridículos, a preços altos, até mesmo pro padrão brasileiro. Ontem vi anuncio de uma SUPER OFERTA do Fox 1.0 por 40 mil e uns quebradinhos… Patético.
    Brasileiro tem os carros que merece mesmo…

  • Junoba

    O ano de 2015 vai ficar marcado para a VW, por causa do diselgate, e é claro, com certeza sentiram no bolso a crise econômica aqui do Brasil.

  • Fernando

    Medidas emergenciais para a VW.
    Em termos gerais:
    Acabar de vez com vários pacotes de opcionais e disponibilizar apenas versões. Sendo que a mais simples deve contar com no mínimo Ar, direção, vidro, trava.
    Aposentar de vez todos os motores 8 válvulas.
    Tirar o gol de linha momentaneamente de descer o fox para o seu lugar inclusive na faixa de preço.

    Quando o novo gol com nova plataforma ficar pronto ai ele volta e o fox vem numa nova geração totalmente renovado.
    Para pensar a voltar a crescer num futuro bem próximo a VW não pode ter nada menos na sua linha do que
    Up – Entrada
    Família Gol – Totalmente renovada, nova plataforma, etc
    Fox – Totalmente renovado
    Abandonar o crossfox e lançar um crossover para disputar com duster, ecosport, etc
    Por ora acho que é isso

  • Danilo Duarte de Oliveira

    O que parece ser óbvio é que a filial não tem o mínimo de autonomia e aparentemente deixou de ser foco da matriz, VAG queria satisfazer o ego de ser líder em vendas e direcionou os esforços pra ampliar participação nos dois maiores mercados do mundo (eua e china), volto no ponto da autonomia da filial brasileira porque acredito que direção daqui saberia que o Up! não tem apelo em um mercado emergente, onde o consumidor quer mais “status” pelo menor valor, e não adianta indicar qual carro é melhor e qual é pior, em um âmbito geral eu só consigo enxergar superioridade no Up! e no Ka, de resto todos os populares estão praticamente no mesmo nível, vai se enxergar maior sucesso entre os carros que apresentam um design um pouco mais alinhado com a preferência do consumidor, logo a melhoria do padrão de construção do up! não reflete em interesse ao brasileiro. Outro ponto que indicar, ou total desconhecimento do consumidor, ou da falta de autonomia da filial é a gama de motores da volks, os TSi são ótimo motores, mas vai contra tudo o que o mercado acredita ser um bom motor, baixa cilindrada e indução forçada e alta (pro nosso padrão) tecnologia empregada, que vai refletir em altos custos de manutenção. Por fim os posicionamentos de produtos indicam novamente os pontos que eu acredito ser chave, Fox não é visto por ninguém como premmium, a versão Rallye do gol não tem apelo para quem era amante do modelo, as versões da saveiro são totalmente desinteressantes. Enfim, a volks oferece produtos que estão ou alinhados com o mercado ou acima (Golf e Jetta) mas não oferece o que o consumidor realmente leva em consideração na hora de escolher um carro.

  • Fernando

    Se pararmos para pensar todas as montadoras tem seus vício e virtudes não tem pra onde correr.
    A VW tem motores razoáveis, mas a linha está desatualizada e cheia de opcionais, fora a revisão semestral.
    A Ford tem uma linha mais moderna, mas o acabamento é questionável, além do pós venda.
    A GM e Fiat precisa melhorar os motores.

    • Artur

      Isso é fato amigo!

  • Marcos

    Tenho VW desde 1998 , mas prometi a mim mesmo que dessa vez não passa! na próxima troca saio da VW! o problema é ir para qual na faixa dos 55k…

  • Leo

    Se trouxessem o Polo europeu ele seria candidatíssimo à minha garagem. Aquele fabricado no Brasil era um carro delicioso de se dirigir. Imagino como deve ser a geração atual…

  • Gran RS 78

    A VW parou no tempo e ainda não se deu conta disso, pois os preços continuam altos e seus modelos continuam pelados. Se vc quiser equipar seus modelos, ficam mais caros que concorrentes mais novos e modernos. Ela tinha que lançar o Polo no lugar do Gol, e equipar melhor seus modelos e colocar preços mais agressivos.

  • Fabão Rocky

    O q sustenta a VW é o Gol.

  • Vinicius

    VW não perdeu, apenas deixou seguir a marola por pura incompetência.

  • Guilherme

    fui ontem na concessionaria Panambra em Caxias do Sul ver preço de um gol, me assustei, do up tsi MOVE, 48 mil, fox trend 1.6 por 46 mil versão de entrada, enquanto isso, vou na gm e um onix lt 1.4 sem my link por 39 mil no cnpj, fica dificil assim comprar vw, tirando o computador de bordo do up,e radio, o restante dos itens são iguas em todos os orçamentos, o carro que me chamou a atenção foi sandero Dynamic top por 45 ml cnpj, inclusive com controle de velocidade que na gm e na vw nao vi em modelos manuais.

  • Marcelo SR

    Os preços praticados não são compatíveis com o nível dos carros, equipamentos e itens de segurança. Para piorar, os opcionais são caríssimos. É uma montadora desconectada da nossa realidade. A crise está aí, afetando a todos. Mas está – finalmente – pagando o preço pelo seu olho grande e pouca generosidade para quem os sustenta, os consumidores.