_Destaque Antigos Europa História México Veículos Comerciais Volkswagen

Volkswagen Hormiga foi um pequeno caminhão feito no México

volkswagen-hormiga-2

Volkswagen Hormiga

Se você acha a antiga Kombi Pickup um veículo, então precisa conhecer o pequeno caminhão chamado Hormiga ou Volkswagen EA489 Basistransporter. O projeto nasceu no começo dos anos 70 e contemplava um comercial leve compacto, menor que o famoso comercial da época.

volkswagen-hormiga-6

Volkswagen EA489 – Protótipo

No entanto, diferentemente do projeto do Tipo 2, o chamado EA489 Basistransporter utilizava um chassi de longarinas tradicional no lugar do monobloco da Kombi. Além disso, a Volkswagen criou uma cabine com estilo quadradão e muito mais simples do que seu famoso comercial.

volkswagen-hormiga-1

Volkswagen EA489 Basistransporter – Protótipo

Além do chassi de longarinas, o EA489 também contava com suspensão traseira por eixo rígido e feixe de molas semielípticas, enquanto a dianteira apresentava um conjunto de barras de torção e braços triangulares. Nos dois eixos haviam amortecedores simples.

volkswagen-hormiga-12

Volkswagen EA489 – Suspensão

A tração era dianteira, já que o motor boxer a ar 1600 de 50 cv ficava posicionado abaixo da cabine, mas não como visto no Gol a ar 1980. Ele foi posicionado ao contrário, tendo o câmbio manual de quatro marchas ficado à frente do veículo e assim enviava a tração para as rodas. Se tivesse sido feito no Brasil, provavelmente a posição do motor seria a mesma do Gol a ar.

volkswagen-hormiga-18

Volkswagen EA489 – Chassi/motor/suspensão

O escape do EA489 ficava em sua posição original em relação ao motor, nesse caso, entre a cabine e o chassi, que poderia receber carrocerias de madeira/aço ou baú. A capacidade de carga era de 1.000 kg. Com tudo isso, o EA489 media 4,06 m de comprimento, 1,68 de largura, 1,98 de altura e 2,39 de entre eixos. Podia alcançar 85 km/h, embora a versão indonésia alcançasse 93 km/h.

volkswagen-hormiga-10

Volkswagen Hormiga – Interior

A cabine de aço não tinha contornos suaves como a Kombi e tudo era muito simples. O interior era completamente despojado, com ausência total de acabamento. Dois assentos para três pessoas estavam presentes, assim como um volante grande e um painel com o mínimo possível.

volkswagen-hormiga-9

Volkswagen Hormiga

Hormiga e outros nomes

O EA489 entrou em produção em 1975, sendo feito em kits para CKD em Hannover, Alemanha. O México foi o país que mais produziu, alcançando 3.600 unidades até 1979. Lá ele foi chamado de Hormiga.

volkswagen-hormiga-8

Wihuri Teijo – Finlândia

Na Finlândia, o veículo foi montado sob licença e com o nome Teijo. A montagem em CKD também se deu na Turquia, Indonésia, Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Filipinas (Marquez Trakbayan) e Paquistão. Sua simplicidade mecânica o tornava apto a ser montado em qualquer lugar e robusto para enfrentar ruas e estradas sem pavimento adequado.

volkswagen-hormiga-16

Volkswagen Mitra T2b – Indonésia

Na Indonésia, cabe ressaltar, que o modelo foi batizado de Mitra T2b e diferentemente de outros lugares, recebeu uma cabine arredondada inspirada na Kombi de segunda geração. Essa versão chegou a ser vendida também na Turquia. Em 1979, o projeto EA489 foi finalizado, sem nenhum exemplar vendido no Brasil, onde a Kombi Pickup supria as necessidades dos clientes VW.





  • invalid_pilot

    Isso é uma carroça sem cavalos… literalmente

  • Tosca16

    Mas aqui o pessoal reclamava dos Agrale TX; mas se tivesse tido este VW aqui ia ter tanto fã igual temos da Kombi.

    • CharlesAle

      O problema desse Agrale era o barulho: simplesmente infernal!!rsrsrs

      • Tosca16

        Como se este mostrengo da VW não fosse muito diferente…

      • Pedro Cunha

        A maioria saiu equipado com um motor MWM tricilíndrico de aplicação estacionária, outros muito poucos saíram com o GM 4cil á gasolina/álcool(Estes na maioria foram para frotas estatais de companhias de saneamento, telefônicas etc). Não raro os que sobraram das frotas estatais após leilões ganhavam MWM´s 4 cilindros(similares da linha F-series). Diferentemente do quê muita gente pensa, o problema desses caminhõezinhos não terem tido tanto “sucesso” está mais ligada á baixa capacidade de produção da Agrale na época e seu preço, que diante da concorrência não era compensatório(custo x benefício).

        • leandro

          Nao sei se esse saiu com o mwm 3cc os primeiros sei q vieram com o 2cc o m790 refrigerado a ar de origem alema da tal de hartz coisa assim q ate hoje é usado nos tratores da marca

      • leandro

        Nao nao ou tu viu os primeiros modelos q sao raros ou tu ta confundindo com o tramontini conhecido como tuc-tuc pois eles tinhao um motor agrale 2cc refrigerado a ar

    • leandro

      Muito bom teu comentario isso mesmo o nosso agrale pelo menos tinha um motor de respeito o 4cc do opala.

      • Tosca16

        Este modelo que enviei a imagem não era motor próprio não ? Tinha versões com motores Perkins e um com motor da própria Agrale se não estiver equivocado.

        • leandro

          Pois é esse motor que me refiro o m790 2cc a ar trabalhei 6 anos na revenda agrale de 93 a 99 a corsan(estatal) possuia um desses com motor gm a alcool mas ja estava convertido a gasolina entinhamos um cliente que tinha ele com mwm 3cc mas era muito raro. Agora o modelo 1600 tinha uns quantos com motor mwm 3cc.

  • afonso200

    5 estrelas em questao de colisao frontal

    • Marcelo Barganha

      Um grande feito! Considerando que uma coelhada da Mônica só conseguiu 4 estrelas!

  • Cleidson

    Mais bonito que a Montana

  • Wagner Lopes

    Tá aí o pai do UP…kkkkkkk.

  • Poperon

    Daora

    Bateu, morreu!

  • Thyago Moraes

    cara foi o veiculo mais feio que ja vi

    • Mazembe 2X0

      Olha essas então
      Citroen H
      Peugeot D3A
      Renault Stafette.

      • Mazembe 2X0

        ..

      • Marcelo Barganha

        Esses tem seu charme!
        Diferente desse formato de minha casa minha vida da volks..

        • Diego Amaral

          Nunca deve ter visto o Fiat Multipla.

          • Fabricio Conchon

            kkkk… nem o “atual” multipla… e também não o antigo…. hkkkkkkkk tive a infeliz felicidade de conhecer ao vivo ambos… akakakaakak são medonhos mesmo.

  • fbl

    Medonho



Send this to friend