Lançamentos Mercado Montadoras/Fábricas Sedãs Volkswagen

Volkswagen Jetta 1.4 TSI começa a ser produzido na Anchieta

vw-jetta-tsi

UPDATE:Motor 1.4 TSI do Jetta é abastecido apenas com gasolina. O Volkswagen Jetta 1.4 TSI finalmente começou a ser produzido na fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo/SP. O sedã médio da marca alemã chega nas versões Trendline e Comfortline, atendendo melhor assim o mercado nacional.

Agora, o Volkswagen Jetta 1.4 TSI complementa as unidades importadas do México. A nova opção vem com o mais moderno EA211 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm. O propulsor trabalha com a caixa automática Tiptronic de seis velocidades e mudanças sequenciais.





  • Freaky Boss

    boa notícia. Ótimo carro.

    • saulo

      Acho que colocaram tarde esse motor 1.4 (antes tarde do que nunca), mas agora ele perto do novo civic acho que está um passo atrás, ele apenas teve um facelift, terá que mudar o modelo, nao só o motor.

      • Jeremias Flores

        Acho design uma questão muito particular, complicada de discutir. eu particularmente prefiro as linhas do Jetta do que as do novo civic.

        mas gosto é gosto

        • EuMeSmObYmYsElF

          querendo ou não, é um carro de 2011.. já ta na hora de uma nova geração

          ele tem linhas sóbrias qeu envelhecem pouco, mas mesmice também é prejudicial

          • Jeremias Flores

            tens razão, uma atualização no design um pouco mais profunda faria bem pra ele.

            • Duro é que a tradição da VW brasileira pesa contra a atualização do Jetta no médio prazo: acabando de instalar a linha de produção aqui agora, fica complicado imaginar que teremos uma nova geração do Jetta em terras tupiniquins no médio prazo. Se considerarmos que nem os mercados centrais possuem uma previsão de uma nova geração do sedã baseada na plataforma MQB, que dirá por aqui.

        • Freaky Boss

          eu também. O Jetta ainda é bonito para mim.

        • Cláudio Moisés

          Realmente, design é uma questão muito particular! Já eu estou achando o design do novo Civic um espetáculo! Para mim, será o sedã médio mais bonito do país, disparadamente! Porém, gosto também do design do Jetta, mas é duro você estar num carrão desse e pensarem que você está num Voyage! Conheço muita gente que diz que só percebe a diferença quando chega perto! Acho que uma mudança no visual seria bem vinda sim, mesmo que discreta, mas o suficiente para se distanciar ainda mais do visual do Voyage!

        • Leo

          Sempre achei o Jetta muito bonito. Se forem atualizar, talvez a lateral mereça um tapa. Frente e traseira acho bem bacanas!

      • Gustavo73

        A questão aí passa a ser o preço. O Civiv só terá o 1.5T na versão top, que deve ter preço do 2.0tsi. Mas concordo qur poderia ter chegado antes. Um ano antes pelo menos.

        • Clovislauro

          Sem querer comparar o velho 2.0 com o 1.4 TSI, mas teve mais de 10mil reais de aumento se comparar as versões de entrada antigas com as novas com Tiptronic. Aumento consideravel para se tratar basicamente do mesmo carro.

          • Gustavo73

            5 mil na Trendline e 9 mil na Confortline. Tiveram mudanças em alguns equipamentos, mas na Confortline sem dúvida não há justificativas.

            • Clovislauro

              Perceba que no Trendline 2015, o Tiptronic já era de serie, então são 10 mil mesmo.

              • Gustavo73

                Verdade o Trendline custava 76 mil, são uns 7 mil de diferença. Agora é esperar a lista de equipamentos. Uns 4 mil pelo upgrade do motor para a nossa realidade não está fora. Agora é ver oque mais ele ganhou, esp e a volta do TC e a nova CMM parecem certas.

        • Igor Lima

          Negativo… Tinha q ter vindo logo quando mudou a nova geração e matou o 2.5 cinco cilindros…

          • Gustavo73

            Naquela época não existia O 1.4TSi EA211. E mesmo nos EUA o 2.0 foi oferecido até o ano passado. Erao o 2.5, 2.0Tsi ou 2.0 8v, depois o 2.5 foi substituído pelo 1.8Tsi de 170cv. Só no ano passado o Jetra ganhou o 1.4 tsi em substituição ao 2.0 8v.

            • Edson Fernandes

              Sabe do legal? O modelo de motor no jetta será apenas a gasolina ao contráriodo Golf que é flex.

              • Gustavo73

                Você confirma isso? Tem sites falando em flex e outros só a Gasolina ( falam que só o Jetta Confortline é montado aqui). A confusão talvez seja pela potência, mas o 1.4 Tsi a gasolina já recebeu esse upgrade lá fora.

                • Edson Fernandes

                  Infelizmente 1.4 no jetta só a gasolina.

              • Ernesto

                Mas o motor não seria o mesmo do Golf 1.4 Tsi que está sendo produzido aqui? Por economia de escala, o ideal não seria ser Flex como no Golf?

                • Andre Cupertino

                  A Volks ainda não tem escala de produção pro TSI Flex aqui. Por enquanto o do Jetta vem do México. Posteriormente é montado no carro daqui.

                • Edson Fernandes

                  Então, só que como o regime de produção é CKD isso inclui o motor que não possui as alterações aplicadas no Golf (porque é produzido aqui o 1.4 TSI), ele já vem a gasolina apenas com a ECU alterada para suportar nossa gasolina.

              • Traveller

                Isso realmente seria legal se nossa gasolina prestasse!

      • Corvo

        Ja estava na hora do motor Ap morrer. Era vergonhoso que ainda seja vendido…
        Sobre o design, sempre achei legal as linhas sóbrias do Jetta, porém concordo, está cansado já.

      • Celso Fernandes

        Alteração da plataforma do Jetta só pra 2018.

        • Gustavo73

          Na verdade até agora não li nenhuma notícia sobre um substituído para essa geração do Jetta.

          • David Ferreira

            mas tem virou um coupe

            • Gustavo73

              Temos um sedan baseado na MQB, lançado a mais de um ano mas pelo que parece é exclusividade dos chineses. Ainda não existe um sedam médio mundial.

      • _William

        Mas se for ver, ele parece estar melhor do que um Audi A3 nacional, mesmo motor, mesmo câmbio, porém tem uma suspensão melhor. Só o acabamento que deve ser um pouco inferior…só que pela diferença de preço, isso não é problema.

        • Gustavo73

          Materiais de acabamento o Jetta não é ruim, mas é inferior ao Golf e plataforma mais moderna. O Jetta usa a segura, mas está uma geração atrás da do A3.

      • Problema é que o Novo Civic promete motor turbo, mas… até onde vem a informação, apenas na versão top de linha, para a qual se estima valores próximos a 100 mil reais. O Jetta terá o 1.4 TSI nas versões mais em conta. Esta questão, em tese, equilibra a disputa. Mas só em tese: nesse mercado de sedãs médios, o Jetta ou qualquer outro concorrente dos japoneses pode vir banhado em ouro, mas não vai superar a dupla nipônica. Questão já é cultural do segmento.

        • Cláudio Moisés

          Próximos a 100 mil reais? Se fosse só próximo a 100 mil, valeria muito à pena, diante dos preços dos concorrentes top e menos equipados! A informação que chegou é que essa versão top do Civic será R$115.000,00. Insanidade total da Honda se isso se confirmar! Estou interessado nesse carro, mas R$115.000,00 já penso em subir de categoria! E outra coisa que tem me desagradado nesses rumores do novo Civic é essa história do motor turbo chegar apenas a gasolina com a promessa de virar flex depois de alguns meses! Que estratégia estranha! Se pelo menos não virasse flex nunca seria a melhor decisão! Ou que pelo menos já viesse flex. Eu mesmo não vou torrar meu dinheiro num motor que vai ser mudado depois de alguns meses! Imagina a desvalorização!

        • Ernesto

          Bom dia Ubaldir, tudo bem? Já não está na hora de você fazer um novo relato sobre o seu C4? Acho que o pessoal vai gostar. Se achar que não, pelo menos nos fale um pouco sobre como ele se encontra. Abs

          • Ele está chegando aos 30 mil km e dois anos de uso. Assim que chegar lá, eu faço um texto. Mais uns 2 meses, acho eu… rs.
            Mas posso adiantar o seguinte: o carro continua em boa forma. Os percalços ocorridos:
            – troca de bateria: a original estava dando os primeiros sinais de fim de vida e em carros com alto grau de eletrônica, deixar a mesma se esgotar é um transtorno enorme (reconfigurar módulos não é a coisa mais divertida do mundo). Normal, a bateria do Jetta que tinha muito menos eletrônica embarcada deu pau nessa época mais ou menos;
            – os pneu michelin de baixa resistência ao rolamento estão chegando ao fim de vida, apesar do desgaste totalmente regular. Desde novos achei os sulcos deles muito rasos;
            – noto um rangidinho quase imperceptível vindo da frente do carro em manobras com o carro quase parado. Na revisão dos 30 mil km vou relatar.
            No mais, consumo de 7 km/l no trânsito urbano pesado, 12 km/l na rodovia andando carregado, ar ligado e velocidade de cruzeiro (em torno de 120 km/h). Não há ruídos internos significativos. Não há problemas elétricos ou de acabamento a serem relatados até o momento.
            Grande abraço!

            • Ernesto

              Obrigado pelo breve relato! Ansioso pelo relato completo! Abs

  • Debraido

    Ta ai uma ótima opção. Vamos ver o preço.

  • José Luís

    Deve passar dos 80k mesmo na Trendline… se for menos que isso será uma surpresa…

    • Cyro

      imagino que deva custar 90k pra cima … assim como o golf custa

    • Jeremias Flores

      Pelo que diz em outro site é isso:

      Jetta 1.4 TSI Trendline Manual R$ 78.230,00
      Jetta 1.4 TSI Trendline Automático R$ 83.630,00
      Jetta 1.4 TSI Comfortline Automático R$ 89.750,00
      Pacote Exclusive (para o Comfortline) R$ 6.470,00
      Teto Solar R$ 4.130,00

      Jetta 2.0 TSI Highline DSG6 R$ 102.990,00

      • mjprio

        Por que a Das Fraude quer sempre vender seus carros a precos absurdos! Tudo bem que toyota alopra e a honda vai meter a mao no novo civic. Mas a VW tem que fazer muito por esse carro pra ele se tornar competitivo. Fora que comprar um carro de um nivel digamos superior e chegar na css e cair na vala comum de gol fox e cia deve ser dose.

        • João Martini

          “e cair na vala comum”. Confesso que não entendo essa necessidade de exaltação. Qual o problema de ser atendido no mesmo lugar que atendem Gol e Up se o atendimento for bom? O problema é justamente sobre o atendimento ser bom, mas jamais sobre ser atendido no mesmo local que atendem populares.

          • _William

            Acho que não foi nesse sentido o comentário dele, creio que ele quis dizer que o cara que gasta uma quantia equivalente a de um carro Premium praticamente (como Audi por exemplo), não quer receber o mesmo mau tratamento que os clientes da linha popular da marca recebe, quer receber um tratamento a altura do preço que pagou no carro (assim como clientes de marcas Premium tem e que cria uma percepção de valor do produto).. e se for isso mesmo que ele quis dizer, eu concordo com ele.

            • João Martini

              Mas a questão é que você deveria ter um bom tratamento independente do valor que pagou. Não é preciso pagar 100 mil num carro pra ter tratamento decente. Enfim, eu penso assim.

              • _William

                Sim, concordo… e isso que acaba criando esse tipo de situação chata pra quem compra.

              • Absurdo

                Iria responder ao _William, mas você foi perfeito, é exatamente este o ponto! Só de eu optar a marca/empresa da pessoa, e entrar, já é uma vitória, independente da compra ou não, o atendimento sempre tem que ser bom!

          • mjprio

            Como expus acima a outro leitor e essa a reclamacao de muitos proprietários desse veiculos mais complexos que as linhas populares fazem. A expressao vala comum se refere a capacidade tecnica e nao ao poder aquisitivo. Basta viajar para Europa e vc vai ver que em alguns paises isso acontece.

        • Debraido

          Más a VW é uma marca comum. Não vejo motivos para se vender um Jetta, Golf, etc., separadamente do resto da linha.

          • DevXav

            Acontece que Brasil é país de gente que vive de aparência e ADORA a palavrinha “premium”, para passar a impressão de alguem rico e importante!

            O carro está financiado em 99x (ou seja, o crédito não é do “ser” que comprou o carro), mas ele comprou um “Jetta Highline” do segmento “Premium” e quer “atendimento diferenciado” porque o carrinho dele “não é de pobre”, apesar de ser totalmente financiado..

            Entendeu agora?

            • Debraido

              Triste isso.

            • Edson Fernandes

              E o pior é que o Jetta é linha premium na VW.

          • Junoba

            Assim, como Tiguan, Passat e Tourag…

            • Debraido

              Exatamente. Do contrario não haveria a necessidade da existência da AUDI.

              • Aldo Raine

                So porque a Audi é do grupo VW, a Volks nao pode ter carros direcionado pro publico de Bmw, Mercedes etc???? Se vc olhar por esse lado vai estar mais enganado ainda porque um grupo que possui Bentley, Lamborghini, Porsche, Audi etcc tem bastante conhecimento em tecnologia pra ser compartilhado em qualquer uma das marcas nao!??

                • Gustavo73

                  A questão não é ter produtos para esse público. A VW é sim uma marca generalista como se na fala na Europa. A Audi, BMW e por aí vai são Premium. Não há demérito nenhum nisso.

                • Debraido

                  Aldo, existe uma hierarquia de marcas dentro do Grupo. A Volkswagen é a marca generalista, de volume, abaixo dela temos SEAT e SKODA, como uma linha “B” e acima Audi e as demais.

                  • Aldo Raine

                    Hierarquia que nem eles respeitam pois temos A3 sedan mais mais barato que Jetta TSI, e Q3 mais barato que Tiguan, isso eh um erro que nao pode ser cometido por marcas que compõem o mesmo grupo, e ambos os carros são de qualidade semelhantes, porem um tem grife e o outro nao.

                    • Debraido

                      Mas o A3 1.4t é mais barato que o Jetta 2.0t, se compararmos 1.4 com 1.4 e 2.0 com 2.0 vera que a hierarquia se mantem. O mesmo vale para o Q3 e Tiguan.

        • Fabricio Conchon

          Concordo.. num momento em que se sabe que virão novos Civic e até mesmo o Cruze totalmente reestilizados, e também com motores turbo e mais eficientes…. tentar vender o santanão por 83 mil… e 89 na versão mais aceitavel, é no mínimo achar que o nome vw é realmente muuuito forte… e os números de vendas na categoria mostram o contrário.

          • Gustavo73

            A questão é que no Jette os TSi estão em toda a linha no Civic já se sabe que virá só no Top e no Cruze não deve ser diferente.

            • Leo

              No Cruze, até onde eu li, o motor turbo equipará todas as versões. Mas também quero ver pra crer, afinal é a GMB do 1.8 8V do Cobalt, né?

              • Gustavo73

                No Civic parece certo o 1.5 só na top. No Cruze não li nada mas acho difícil acho que termos pelo menos uma será aspirada. Mas podemoa ter 3 versões aí teríamos talvez 2 turbo. Pra mim quanto mais melhor.

          • Mateus

            O Jetta é um carrão. Já tive um TSI, e não consigo entender até hoje como que Cruze, Civic e Corolla vendem nas versões mais caras. Perdem em equipamentos, espaço interno, ergonomia, desempenho e consumo (Civic e Cruze). Talvez o fato de parecer um Voyage não agrade o publico “premium” do Brasil.

            • Hiboria

              Mateus, já gostei muito de VW, tive um motor AP que eu adorava, mas a suspensão da VW me da dor nas costas hoje em dia. Com família e criança pequena não passo da velocidade limite, dou muito mais importância para espaço e conforto que para tecnologia. Acredito que as pessoas tem valores diferentes, tive carro das 4 grandes, das duas japonesas e cada um tem suas vantagens e desvantagens, cabe a cada pessoa avaliar suas necessidades.

            • Fabricio Conchon

              Pode ser.. mas realmente não agrada… pelo menos à mim. Adoro o conjunto, no entanto tanto eu quanto minha mulher cogitamos o fusca atualmente, e mesmo já tendo andado no jetta tsi, não consigo gostar do carro. visualmente parece estar uma geração atrás da concorrência… E agora com cruze e civic em modelos totalmente novos.. a toyota provavelmente vai se mexer… e a vw vai precisar de muito mais que esse belo conjunto mecânico pra fazer frente á concorrência.

          • Aldo Raine

            Jetta Tsi eh MUUIITOO mais carro que cruze, corola, civic…. Nem compara.

          • Gustavo73

            Porque a Trendline é um Santanão? 4 aibags, esp/tc. Bem mais que Civic que só tem mais de 2 airbahs na versão top.

            • Edson Fernandes

              Trendline não tem ESP e nem TC Gustavo. Lembra que conversamos outro dia a respeito?

              • Gustavo73

                Seu que não tinha e o Confortline perdeu o ASR junto com o facelift. Mas falam que agora é de série.

            • Fabricio Conchon

              ESP? controles? meu fiat 500 2012 já tem isso… estamos em 2016, e você está citando isso como se fosse uma grande coisa, num carro de 80 mil… (o 500 custava 39 mil, e já vinha com tudo isso, e muito mais). Trendline = frotista

              • Gustavo73

                Quanto custa o 500 hoje para colovar em perspectiva. Como disse o Civic só tem além doa 2ab e abs na versão top por 98 mil. Esse Jetta tem 4ab e pelo visto esp/tc além do motor 1.4Tsi. Corolla tem 5ab em todos mas esp nem na de 100mil.

                • Fabricio Conchon

                  custa 57 mil… E fora os 2 air bag, duvido que perca em qualquer outro item de segurança…. E usei como exemplo um carro simples.. de uma categoria abaixo da dos sedans médios… Sedan médio não pode deixar de ter equipamento básico de segurança… o corolla também peca… mas com certeza acerta em alguns outros quesitos que agradam seus donos.. conheço gente que já teve 5… Dificilmente vejo alguém falar mal… Também não compraria, acho tiozão demais (assim como o jetta… Visualmente todos eles, e de comportamento o 2.0 descontinuado era totalmente tiozão.. o tipico taxi, ou carro de frota.)

                  • Gustavo73

                    O 500 na época tinha um cxb e equipamentos que muito médio não tinha nem como opcional umagine de série. Esp/tc e hillholder tem muito médio ganhando isso agora quade 4 anos após o seu 500. Em 2011 minha namorada trocou de carro. Se ela não precisasse de mais espaço o 500 era a escolha 39 mil com oa itens de segurança que falamos+ arcondicionafo, radio, rodas de liga e faróis auxiliares. Em um carrinho muito bem acabado.
                    Concordo que os médios deveriam ter como padrão mais que o básico em segurança. Vou te dizer o que o Golf nacional oferece, deveria ser algo no mesmo nível de segurança. O Jetra 2.0 pelo preço pedido era ridículo. Esse tá caro mas pelo menos tem um motor moderno (acima dos concorrentes) falta ver como ficou a lista de equipamentos e os preços.

                    • Fabricio Conchon

                      Verdade… Resta saber como o mercado vai receber essa motor. Sabemos que muita gente ainda compra carro por metro quadrado, e também pelo tamanho do motor… E por experiência própria, percebo que algumas concessionárias vw não tem preparação suficiente pra mostrar esses atributos como um diferencial positivo. Explico porque estou vendo de pegar um fusca tsi, já há alguns meses… e além de poucas concessionárias terem o carro, algumas chegam a botar defeito.. e tem a péssima mania de tentar empurrar algo que tem no estoque… (Dessa forma que testei o jetta tsi)… Chegando a oferecer carros sem o menor cabimento na proposta de carro que fui procurar… Um vendedor chegou a me dizer assim: “100 mil que você pagaria num fusca, eu te vendo uma Amarok”… Nas concessionárias honda e toyota, não sei se o público é diferente, ou o treinamento ao longo do tempo tem sido melhor, mas não vejo isso acontecer. As lojas que conheci da Honda por exemplo, os vendedores conheciam detalhes do Si que nem eu como fã sabia.
                      Eu acho que a briga vai ser boa sim.. quanto mais modelos melhor… Mas continuo na minha opinião… num momento econômico em que não é todo mundo que vai trocar de carro… Acho ainda mais difícil alguém optar por um carro com visual 2011, frente à 2 fortes concorrentes com visual totalmente renovado. Mesmo o motor 1.4 tsi já tendo mostrado que é muito bom… a concorrência é forte. O corolla se vende sozinho, e o civic deve mudar o padrão do segmento… A Chevrolet tem uma rede tão grande quanto à vw, e investe forte em propaganda e promoções…. a briga vai ser forte no segmento.

                    • Gustavo73

                      Tem tempo que não entro em uma CSS da VW. Mas lá no final dpa anos 90 quando comprei meu último VW vi de tudo. De vendedores simpáticos e atenciosos a alguns que pareciam estar de mal humor e que dar atenção para o cliente era um favor. Isso é um.problema que há muito tempo merecia uma intervenção da VWB. Não acho que o Jetta vai ameaçar a dupla japonesa. Hoje suas vendas ficam ali na quinta sétima posição. Fincar pé no quarto com brigas pelo terceiro seria uma evolução. Quanto a percepção dos motores é uma questão de tempo como foi com a injeção eletrônica.

                    • Fabricio Conchon

                      Pra você ver… seu comentário me fez pensar numa coisa… Eu tive 3 vw gol, meus primeiros carros, um 99 16v, um 2000 8v e um 2001 16v (meu preferido.. dourado, 4 portas, completão, e muuito, mas muuuito econômico pra época)… Na época eu andava uma km alta, então o 1.0 fazia uma baita diferença no consumo… Mas a VW já tinha esse mesmo comportamento nas lojas.. Quando fui trocar de carro certa vez, isso em 2006, eu estava com o gol 8v e com o 16v, que era mais novo, e bem mais completo. Pensava em carros da mesma categoria, e a concessionária de Lages/SC da VW simplesmente não aceitava de maneira alguma meu gol 16v na troca por algum carro novo.. A própria vw ajudou a destruir a reputação dos seus 16v…. sendo que o carro era excelente… andava melhor, e era mais econômico que os outros 2 gols…Como pode, uma loja da marca se reculsar a pegar um carro com 60 mil km, sempre revisado na vw, alegando o carro ter um motor ruim.. e ser um carro ruim de negócio (1.0 16v)… Se nem a VW aceita seus carros usados, nunca mais comprarei, pensei comigo…. Resultado, comprei um chevrolet, e de lá pra cá o 500 (mesmo sendo fiat auauauuauau) e tive honda e ford também.. e só voltei a pisar em concessionária da vw agora quando me interessei pelo fusca tsi… E provavelmente pegarei usado, pois até amarok já tentaram me enfiar goela abaixo.. Ou seja, não é uma impressão sua nem minha.. parece ser uma constante…. Pode ser que pra muita gente não faça a mínima diferença, mas pra mim faz toda… Ser bem atendido e respeitado não tem preço.

            • Marcelo Amorim

              Tenho um Comfortline 2012 mecanico,só tem o interior bege de opcional,ja acho os itens de serie bem mais interessantes do que eu tinha no Corolla XEi e num Civic LXS anteriores,tem os 4 vidros one touch,vidros abrem e fecham pelo controle,controle de traçao e air bags laterais,desembacador no retrovisor externo,nos outros nada disso.

          • Edson Fernandes

            Ta aí um comentário que concordo 100%.

            Não é porque tem motor turbo que deve custar bem caro. Como conversei outro dia com o @@disqus_7VPwdnArEL:disqus esse Jetta Trendline é “pelado” no que ele oferece. E sinceramente, doon de sedans desse porte exigem mais do que a versão oferece… já que ela é bem pobre de itens de série e deixando ela “equipada” ainda fica abaixo de alguns rivais sem ser topo de linha.

            • Gustavo73

              Edsin parece que há alterações nos equipamentos, agora é ver se sim e quais. O aumento foi grande não dá para justifucar só pela troca do motor.

              • Edson Fernandes

                Concordo. A VW precisa divulgar quais foram esses itens.

        • Junoba

          A VW atende vários públicos financeiros. Desde Gol na faixa de 30k, até Tourag que chega a custar de 334k. Como o João falou, o importante é o atendimento ser bom.

        • Ademir Junior

          Por essas e outras que descobrimos o caminho que o mundo está se dirigindo. Só pela diferença de automóvel e poder aquisitivo você deve ser tratado melhor que os consumidores de Gol e up!? Julgue e exija um atendimento melhor na loja para todos, e não um diferenciado e exclusivo a você!

          • mjprio

            Vc entendeu errado cidadao. Eu expus aqui a opiniao de alguns proprietarios em comparacao a outras marcas que so atendem marcas premium. Varios leitores ja reclamaram disso aqui no site. Isso semcontar o despreparo de algumas delas em solucionar problemas de modelos que por suas características sao mais complexos.Alem do mais outras montadoras pratiqcam atendimentos diferenciados para determinados veiculos. E quem pode paga. Portanto eu expus um fato ate porque nao tenho carro desse padrao. Se discorda o faca de maneira educada e nao rotule os outros ok?

            • Ademir Junior

              Ok! Mas a maneira que você falou, soou com um tanto de desrespeito e menosprezo a quem não possui um veículo premium. Acho que então deverias exigir um atendimento melhor na concessionária, mas acho que o atendimento de “padrão premium” deveriam ser a todos, não a uma determinada classe. Quanto a oferecer pacotes avulsos, daí compra e paga quem pode. Espero que tenha compreendido minha opinião!!

      • Celso Fernandes

        Já o Jetta TSI Jighline com pacote Premium e teto sai pela bagatela de 119 mil.

      • Leo

        Se for isso aí, o Comfortline só valerá a pena sem o Pacote Exclusive e/ou o Teto Solar – considerando-se que esta versão mesmo sem opcionais seja bem mais completa que o Trendline. Do contrário, melhor partir para o Highline.

  • Guilhe

    QUERO

  • FocusMan

    Duvida para os VW maniacos: Esse carro usa a plataforma do Golf VI ou é uma hibrida do Golf V?

    • Debraido

      Golf V e VI utilizam a mesma plataforma. Assim como será em relação ao GOLF VII e VIII.

    • João Martini

      PQ35, do mk5 e 6. Só que no facelift recebeu reforços por causa do IIHS.

  • Matheus Cavalheiro

    Aleluia! Mas o highline vai pra $120 mil pra acomodar o aumento de preço?? Rsrs

  • Aldo Raine

    Se esse Jetta 1.4 vier com preço competitivo, e os clientes de Corola souber analisar comparativos e parar de acreditar que conserta Corola com 150 reais e o carro anda 900 Mil km sem trocar o óleo vai tomar MUITO espaço de vendas do Vovorola.

    • Mateus

      As revisões da VW também são baratas, e em todo canto tem concessionária. Se souberem ajustar o carro ao mercado, principalmente em preços, tem tudo pra vender muito.

      • Edson Fernandes

        A revisão sim, já as peças é onde o bicho pega. Aí fica na média de mercado ou mais caro. Pelo menos em comparativos o jetta tem a cesta de serviços das mais caras.

      • Ernesto

        Além do que o Edson comentou, o que pega para quem anda pouco é a revisão de 6 em 6 meses que a VW ainda aplica nos seus carros.

        • Aldo Raine

          Mas não são revisoes caras pra quem anda com carro de 80-90k

      • Fábio

        kkkkkk VW com revisões baratas??? Vi uma reportagem na 4Rodas em que as revisões do Jetta, depois de 3 anos, é 300% mais cara que o Corolla. TREZENTOS POR CENTO!!
        Portanto, o Corolla continuará sendo líder.

    • Olha… nada vai mudar significativamente. Boa parte de quem compra Corolla o faz de “olhos bem fechados”. Vai lá, vê um modelo mais novo e troca o seu velho Corolla. É algo semelhante ao que aconteceu por quase 3 décadas com o Gol.

  • GCR

    Vão tirar a multlink tb e deixar só na highline?

    • José Luís

      Até acho que não, pq ele chegou com a multlink só na highline e depois estendeu para todos os modelos…

      • GCR

        Sim, se não me engano foi a partir de 2013 que fizeram esta extensão. Agora sim o carro vai estar alinhado (em partes) com a concorrência. Até agora não engoli a vw ter voltado com o tiptronic, isso é rir da nossa cara, e evidencia um total retrocesso.

    • Jeremias Flores

      felizmente não, o que torna ele uma opção melhor que o Golf Trendline (apesar de ser outro segmento) e ter uma diferença de preço de 3k

      • Pacheco

        Realmente… hoje esse Jetta torna-se uma opção até melhor que o Golf.

        Uma coisa que gosto é o 2.0 Turbo. O carro é discreto e uma belissima maquina. O motor e cambio é otimo e o acerto dele é elogiado por todos.

    • Adrian

      Acho que não, pois no começo das vendas do jetta 2.0 aqui, ele usava eixo de torção mas ai apareceram diversos casos dos eixos de torção caindo, dai a vc passou a usar o multilink em todas as versões. acho muito difícil a vw voltar atrás.

      • GCR

        Infelizmente voltou atrás com o golf que é um projeto mais moderno, não duvido fazerem com o jetta. Esperamos que não né!

        • Gustavo73

          Mesmo na Europa o Golf tem versões com o eixo de torção. Na verdade só a Highline e Confortline com o 1.4tsi de 150 cv tem a multlink, o Confortline com o 1.4 tsi de 125cv para baixo tem o eixo de torção. A questão aqui é ter tirado a multlink do 1.4tsi.

          • Celso Fernandes

            Por aqui o 1.4 TSI Flex somente com 140 CV, na gasolina e 150 usando etanol. Esse de 125 CV é na europa?

            • Gustavo73

              Não, o flex tem 150 cv na gasolina e 150 no etanol. Sim o se 125 cv é na Europa. Era 122 quando a versão mais patente era 140.

  • Aldo Raine

    Especulação tabela de preços

    Modelo Preço

    Jetta 1.4 TSI Trendline Manual R$ 78.230,00

    Jetta 1.4 TSI Trendline Automático R$ 83.630,00

    Jetta 1.4 TSI Comfortline Automático R$ 89.750,00

    Pacote Exclusive (para o Comfortline) R$ 6.470,00

    Teto Solar R$ 4.130,00

    Jetta 2.0 TSI Highline DSG6 R$ 102.990,00

    • Luiz Felipe Mello

      Vi essa notícia no VW.Blog (vulgo Car Blog), preços coerentes, mas acho que o Comfortline já deveria vir com o Pacote Exclusive, pra poder brigar de igual pra igual com o Corolla XEi.

      • Jeremias Flores

        vw.blog hauahuhauha é verdade

  • Jeremias Flores

    Muito boa noticia.

    carro bom e agora com motor bom

  • Rodrigo

    Qual foi o item capado dessa vez?

    • João Martini

      Aparentemente ganhou ESP, mas continua com 4 airbags. Isso se o blog do Up estiver certo, mas a julgar pelo Golf 1.6, está.

      • Rodrigo

        Bom… Pelo que me lembro o Jetta anterior (com motor 2,0 aspirado) só tinha ASR – controle de tração. Pelo visto as montadoras estão começando a entender que o segmento médio acha importante o ESP. Atualmente só a Toyota ainda não o oferece em nenhuma versão do Corolla, mas que deve passar a adotá-lo assim que a nova versão do Civic começar a ser vendida aqui. Pelo que me falaram semana passada em uma revenda Honda todos os modelos do novo Civic virão de série com ESP + 4 airbags pelo menos (seis na versão de topo).

        • Gustavo73

          No facelift do ano passado tinham titado o ASR das versões de entrada. Se agora ganhou o esp e a volta do asr junto com o TSi não deixa de ser interessante.

        • Tosoobservando

          Custando a partir de 90 mil se viesse com menos seria um tiro no pe.

          • Gustavo73

            As primeiras.informações falam a partir de 78 mil.

            • Tosoobservando

              Eu vi informações que seria a partir de 90 apenas.

              • Gustavo73

                Segundo o tal site 89 é a Confortline, teríamos um Trendline manual e at abaixo dessa. Mas agora é esperar.

          • Rodrigo

            De fato, esses preços estão absurdos.
            Entrei no site da Honda hoje e vi que o Civic LX manual custa quase o que paguei pelo Civic LXR 2.0 AT em Mar/15 (R$76 mil), enquanto este está quase R$85 mil (incluindo pintura metálica).
            Provável que a nova geração chegue aqui por quase R$80 mil a versão inicial e próximo a R$100 mil a versão top com motor turbo.

            • Celso Fernandes

              Acredito que a Honda deve seguir os EUA colocando o motor turbo em uma versão premium, a Touring, sendo que essa versão está prevista ora custar 115 mil. Daí elevarão o preço para as versões LXR, EXS e EXR, pois só manterão o mesmo motor 2.0 atual. Arrisco a dizer que o LXR chegará perto de 88.990 mil, o EXS a 95.990 e o EXR a 102.990.

              • Rodrigo

                Mas isso está praticamente confirmado já. Vão ser 3 versões (a inicial, a intermediária e a top), sendo que as 2 primeiras só com motor 2.0 flexone – o que não deixa de ser uma vantagem para a versão inicial que hoje só vem com motor 1.8. Se as nomenclaturas forem as mesmas do modelo americano, então teremos a LX (inicial), EX (intermediaria) e Touring (top).

                • Edson Fernandes

                  E perceba que para o publico do Civic isso é bom. O cara acaba “de ganhar” um motor mais forte na linha de entrada. E se vier com CVT, andará proximo do Corolla.

              • Cláudio Moisés

                Nos EUA tem 3 versões com esse motor turbo. Não só a Touring!

        • Celso Fernandes

          Já estão se ajustando à nova legislação que obrigará os carros a virem com ASR e ESC.

          • Gustavo73

            Não existe legislação obrigando esses itens. A Latin Ncap é que só dará 5 estrelas se os carros além de tudo tiver esp de série.

          • André Flandres

            As montadoras todas deveriam se unir e dizer para as burocracias do mundo inteiro que não desenvolverão mais nenhuma tecnologia enquanto essas burocracias acharem que podem obriga-las a adotar em todos os modelos equipamentos que elas mesmas desenvolveram e que governo nenhum nesse mundo seria capaz de desenvolver senão gastando trilhões a mais para tanto.

            Essas legislações servem apenas para atrapalhar o planejamento das empresas, o que encarece os carros e prejudica o consumidor. Tudo isso porque um bando de burocratas prepotentes resolvem se meter num negócio sobre o qual não têm conhecimento, obrigando a adoção às vezes improvisada de equipamentos que, de qualquer jeito, todo o mercado espontaneamente adotaria da forma mais adequada a médio prazo. É evidente que isso desestimula o desenvolvimento de novas tecnologias, atrasando-as e tirando do consumidor opções mais baratas.

    • Celso Fernandes

      Acho que a dsg, que so vem na Highline. A Trendline e Comfortline AT virão com o Tiptronic.

      • Rodrigo

        Mas isso já era assim antes (quando só havia motor 2.0 aspirado e 2.0 T), certo? A Highline com motor 2.0 TSI e câmbio DSG e a 2.0 aspirada com o tiptronic de 6 marchas… Então não houve mudança, já que a 1.4 T chega para substituir o 2.0 aspirado…

  • Louis

    Vai continuar apanhando de Corolla / Civic / Sentra, porque, apesar do ótimo conjunto, precisa no mínimo de uma atualização do desenho urgente.

    • Marcello Caetano

      O problema é que quando a VW faz uma “atualização do desenho” ela não conta para ninguém.

      • Louis

        Pois é, tem que ser muito entusiasta pra ver as últimas alterações na lanterna traseira do Jetta.

  • Emerson Lima

    Esperava o Trendline Automático por menos de 80 mil para ser viável. Como no Golf, está uns 5 mil reais mais caro que o esperado.

  • Daniel Galvão

    Acham mesmo que vai ficar nesse preço? Kkkkkkkkk só observem o aumento dentro de alguns dias

  • Airplane

    Agora sim !
    Bem melhor que o ultrapassado 2.0 aspirado.

  • Gabriel

    Ja era hora de tirar fora o APzão 2.0 de incríveis 120 jumentos, se fosse um 2.0 16v moderno injeção direta etc etc e demais tecnologias , de +ou- 160 170 cv não reclamaria, mas o jetta com o APzão não sei se não leva pau de cruze 1.8 e bravo 1.8

    • Debraido

      121 jumentos.

      • Gabriel

        kkkk ta certo.

    • Junoba

      Na verdade, 114 cavalos mostrado no dinamômetro.

      • Gabriel

        Eu tava levando em conta o divulgado pela VW pra não ficar tão feio kkkkk

  • shdn2010

    Otima noticia, sera que vao usar eixo de torção ou manter multilink?

    • EJ

      O Jetta não utiliza mais eixo de torção. Até a versão mexicana 2.0 já estava vindo somente com multilink. Avisaram sim, que no Golf e até no A3, as versões de entrada viriam com eixo de torção, mas pro Jetta, ficaram calados, o que deve indicar que não houve mudança (fica multilink). O Jetta teve alguns casos isolados aí de problemas com eixo de torção, foram até pra mídia.

      • Gustavo73

        Foi cara são plataformas diferentes. A do Jetta não foi projetada para o eixo de torção e deu problema quando colocaram nela. Já a MQB é projetada para os dois tipos de suspensão.

      • Celso Fernandes

        Até aonde eu sei é isso mesmo.

      • shdn2010

        Lembro desses problemas, fiquei na duvida pelo fato do audi a3 “brasileiro” ter perdido o multilink e ter entrado eixo de torção.

        • Gustavo73

          Plataformas diferentes.

  • Pedro Henrique

    bonito, muito melhor que o jurássico 2.0

    • Gustavo73

      O que não era difícil

  • fschulz84

    Se vier pelos preços que estão sendo especulados, será uma opção interessante.

    Até mais que o irmão hatch, apesar deste ser um pouco mais moderno.

  • Luiz camurça neto

    Já era melhor que A3 sedan, agora terminou de matar as argolinhas

  • Guilherme Borella

    Ufa, bora correr agora e colocar um multimídia no Gol…

  • Weverton Alves

    Então o 2.0 Flex sai de cena?

    • Gustavo73

      RIP…

    • Junoba

      E saiu tarde…

  • Gustavo73

    Aleluia!!
    Demorou em VWB, finalmente o 2.0 8v vai poder descançar em paz. Depois de décadas de trabalho. Se tivesse chegado pelo menos no ano passado o impacto seria maior eu acredito. Mas o fato de o 1.4 estar até na Trendline é bem interessante. Agora aguardar os preços e equipamentos, a volta do ASR e inclusão do ESP se confirmadas são boas notícias. Mesmo estando uma geração atrás do Golf, se mostrou seguro até no temudi small over lap americano. Tem menos airbags e outros equipamentos de segurança. Mas o 1.4 tsi ganha fácil do 1.6 16v. No Brasil sedan sempre é mais caro que o Hatch, então dava para o Golf vir com o 1.4tsi. A concorrência chega em breve renovada e mais moderna, mas os motores como o 1.4 tsi devem ficar limitados as versões top de pinha. Se for assim o 1.4tsi nas versões de entrada e intermediárias pode dar um fôlego ao Jetta.

  • Cassio

    Um bom carro, um bom motor… Mas chegou tarde para a brincadeira, né?!

    O Jetta perdeu muitas vendas por esse equivoco estratégico da VW, criando um abismo entre as versões de entrada/intermediária e a top de linha.

    Geralmente, no mercado nacional, quem oferece as opções adequadas tarde demais, não consegue recuperar a capacidade competitiva do produto. Mas como existia o Jetta Highline, que era um campeão de críticas, talvez, ainda dê certo.

  • alex

    Acho que o Noticias Automotivas poderia ouvir alguns especialistas sobre como o mercado brasileiro poderia se equiparar a Europa em relação a um valor mais justo pelo oferecido. estamos presenciando um fenômeno onde carros médios como Hatches e sedans estão ultrapassando a barreira dos 100 mil. Seria uma matéria incrível.

    • André Flandres

      Pelo câmbio atual, o carro brasileiro até que não está caro. O problema é o poder aquisitivo do povo brasileiro. Mas aí é problema de uma economia pobre, engessada, com o governo e o Estado se metendo em tudo; isso sem contar a alta carga e alucinante burocracia tributária. Tenho certeza absoluta que se esses fatores fossem eliminados da equação, o carro brasileiro não só seria bem mais barato como teríamos muitos mais qualidade e opções no mercado.

  • Martini Stripes

    E o preço?
    Será que manteve suspensão independente nesse também ou vai continuar só no 2.0 TSI?

    • Celso Fernandes

      Pelo menos a VW ainda não se pronunciou a respeito. Sendo assim deve permanecer a multilink.

    • Gustavo73

      Desde 2013 não existe Jetta com eixo de torção.

      • Martini Stripes

        Não sabia não, achei que os 2.0 eram todos Eixo.
        Falha… =D

        • Gustavo73

          A plataforma do Jetta/Golf VVI foi desenvolvida para usar somente a multilink. Mas o Jetta era considerado caro nos EUA. Lembra do 2.5 tinha acabamento melhir que esse e mimos a mais. Quando mudaram a geração(2011), mas manteve a plataforma. As versões mais simples foram simplificadas em acabamento e na suspensão. Mas com o tempo surgiram problemas o mais grave era o rompimento doa pontos de fixação da suspensão. A solução foi voltar a multibraços em 2013.

  • Ezequiel Campos

    Esse motor vai ficar no lugar do 2.0 antigo???

    • Celso Fernandes

      Yes.

      • Ezequiel Campos

        Valeu!

    • Gustavo73

      Finalmente.

  • PrGirafales

    se a vw entrasse com esse carro na faixa, trend mec 70k e aut 75k, o CL aut por 80k e top 90k, ai dar um couro em todo segmento, mas VW é VW, preços altos, ai encalha e nao sabem pq

    • Jurandir Filho

      se o Golf 1.6 tá 80 mil, o 1.4 mais de 90, chuto uns 85 pra cima pro Jetta

  • Passou a ser opção válida. Só vai depender do peso da mão da VW na definição do preço.

    • Gustavo73

      E equipamentos.

      • Pois é. Incluo na questão “preços” os equipamentos que estarão disponíveis. Arredondemos para “custo x benefício”… rs.
        Sinceramente, não tenho muitas esperanças de que a VW deixe o Jetta em uma boa relação oferta de equipamentos x preço, não. O 2.0 já não tem uma relação amistosa (começa abaixo dos 100 mil, mas para equipá-lo decentemente, passa dos 110), não vejo porque o 1.4 teria essa característica. Vai ser um carro com ótimo conjunto mecânico e pouco equipado nos preços “mais em conta”, por assim dizer.

        • Gustavo73

          Falam em 100 no Confortline com 6ab esp/tc a CMM com 6,5 pol bamcos em couro e teto. Agora é confirmar isso.

          • É grana pra encardir… aí até o Corolla Altis fica com preço competitivo… rs.

            • Gustavo73

              O motor me faria pender para o Tsi, ou levar o 2.0Tsi básico.

          • Luiz Felipe Mello

            O teto solar eu dispenso, se ao menos fosse igual ao do Golf. Só aí já dá pra guardar uns 5 mil.

            • Gustavo73

              Também não me faz falta. Trocaria pelo xénon.

      • Um interior mais próximo em requinte ao que se tem no Golf faria muito bem ao sedã.

        • Gustavo73

          Do Golf acho pouco provável, mas dá para fazer ajustes sem dúvida. Principalmente nas versões de entrada.

          • Uns forros de porta melhores já seriam um grande alento… um console central igual ao do Golf um sonho… rs.

            • Gustavo73

              O forro das.portas é facil de trocar, lembro de seus comentários e como isso te incomodava. Ele vai ganhar a CMM do Golf mas não sei como fica o console.

  • GPE

    Finalmente. Aleluia, irmão!

  • Hox

    Agora sim o Jetta deixou de ser Jettana! Opção de compra melhor que o Golf manco 1.6.

  • Dependendo de quanto vão roubar, pode ficar mais interessante que o Golf.

  • agora tudo vai depender do preço… porque o Jetta em fim de carreira já não enche mais os olhos, e tem muitas opções no mercado… como já é de se esperar, a VW vai cobrar o olho da cara, e ele vai continuar na lanterna… ai chega o civic por 100mil e ainda consegue vender mais que o Corolla… vai entender…

  • Gabriel Ferreira

    Faltou ser flex ,com álcool esse motorzinho dava uns 160 cv fácil!

    • Jurandir Filho

      Golf é flex e tem 150

  • mauricio

    civic, jetta, c4l, e vc corolla quando irá se adequar aos motores turbo?

    • Ernesto

      O Jetta já está sendo. É este o título da matéria.

    • Gabriel Araujo

      C4 Lounge tb tem uma versão com motor 1.6 THP

  • Hildegard

    Só a gasolixo? Vai ser um fiasco para os propriotários…

  • Cmenusi

    Gosto de monofuel, mas não colocar motor flex, acho que é ir contra a maré …

  • Augusto

    Aleluia irmãos!!



Send this to friend