EUA Sedãs Segurança Vídeos Volkswagen

Volkswagen Passat 2016 passa no teste do IIHS e ganha o Top Safety Pick+ (vídeo)

vw-passat-2016-iihs

O Volkswagen Passat 2016 passou pelo rigoroso teste de segurança do IIHS nos EUA. O instituto de segurança automotiva das seguradoras americanas apontou positivamente a introdução de alerta de colisão e frenagem automática de emergência no modelo.

O Passat 2016 recebeu classificação “good” em impacto frontal com 25% de área, impacto frontal contra barreira deformável, impacto lateral, capotamento, ancoragem de cadeira infantil, apoios de cabeça e assentos. O sedã feito em Chattanooga conseguiu classificação “advanced” em sistemas de proteção. Em relação ao modelo 2015, houve melhora na estrutura e também nos dispositivos de segurança.





  • Lucas Irrthum

    Para muita gente isso não interessa em nada. Me recordo de ler alguns comentários, na matéria de apresentação do Passat, reclamando que o modelo parecia um “voyage bombado”. Gente que compra carro só pelo design…

    • Tosoobservando

      Mas esse carro é totalmente sem personalidade mesmo, tanto que nos Eua perto das vendas de Camry, Fusion, Malibu, Accord e Altima, ele passa longe.

      • Lucas Irrthum

        Mas um carro se resume apenas a design?

        • Tosoobservando

          Depende, se for o caso desse Passat que vc ve claramente que o design é datado, parece um carro dos anos 90, sim influencia (quando tem concorrência melhor claro)

          • Lucas Irrthum

            A crítica do meu comentário foi relacionada à pessoas que não conseguem perceber as melhorias que a VW fez no modelo, em estrutura, segurança, eficiência e etc. Jogam o carro no lixo apenas pelo design. Eu, particularmente, gosto do estilo mais clássico e sóbrio do Passat, não me incomoda em nada.

            • Tosoobservando

              Não sei se percebeu mas esse modelo é o americano. Então em comparação com o europeu na verdade ele é piorado.

              • Lucas Irrthum

                Você fala apenas em design? Piorado na sua opinião, não na minha. Estou cansado de carros futuristas, cada vez mais parecidos, não interessa a montadora.

                • Gustavo73

                  O europeu é superior inclusive com uma plataforma mais moderna.

                  • Lucas Irrthum

                    Nesse caso existe de fato superioridade, e isso é incontestável. É algo que não se resume apenas à design.

        • predadordemarea .

          Claro que não!
          Tem gente que não tem conteúdo para comentar então fica falando: parece um Jetta.
          E dai se parece um Jetta? A dirigibilidade, o conforto, a segurança, a tecnologia ……não tem nada igual.
          Afinal, um Hb20 parece um i30, um Fiesta parece um Focus,…
          Identidade global.
          Eu particularmente acho o Passat lindo.

          • Lucas Irrthum

            Com certeza, disse tudo. O design mais sóbrio do Passat também me agrada.

        • Marcos Wild

          Liga não Lucas

          Esse cara ai é um HAter da “Fiet”

          Ele gosta é de Palio Fire, Punto, Linea

          Nenhum desses tem 5 estrelas no LatinNcap, ou melhor, nenhum “carro” da marca Fiat tem 5 estrelas

          Inclusive o 500L e toda a linha 500 foi reprovado no IIHS Americano.

    • ObservadorCWB

      Mas o que impede o carro continuar sendo seguro MAS com boa aparência ? Uma coisa não anula a outra. É o CONJUNTO que interessa.

      • O desenho do carro é ruim? Para quem? Você acha que os carros tem que ser todos iguais pelo seu gosto?

        • Tosoobservando

          Para a maioria dos compradores que preferem Malibu, Fusion, Altima, Accord e Camry, so pra citar alguns do segmento.

          • Ah sim… E na Europa?
            Porque você mora no EUA não é?
            Ah não, espera, você não sabe ver linha de metrô!

            • Tosoobservando

              Estamos falando do Passat americano numa postagem sobre o instituto americano IIHS. Não sou da nova classe média do PT (aquela que ganha 1.200 reais) que agora consegue viajar pra NY pra férias e comprar bugingangas e ficar decorando linhas de metrô.

        • Matheus Lelis

          Alessandro, acho que ele quis dizer que pode ser melhorado, porque os carros da vw, por exemplo, você pega o voyage (pequeno), é muito parecido com o jetta (médio), que é muito parecido com o passat (grande), eu acho os 3 bonitos, voyage, jetta e passat, mas eu não gostaria de comprar um jetta ou um passat com cara de voyage, querendo ou não, isso incomoda, é logico que o carro é totalmente diferente, é mais seguro, mais confortavel e por ai vai. Poderia ser um pouco diferente, mas essa tal de globalização de marca está acabando com as caracteristicas dos carros.

          • “… mas eu não gostaria de comprar um jetta ou um passat com cara de voyage..”

            Quantas pessoas que REALMENTE ASSINAM CHEQUE que pensam assim?
            Sabe, isso é um pensamento bem brasileiro mesmo: Ter um carro mais seguro, espaçoso e seguro não basta. As pessoas tem que saber que você pagou mais caro. Não confunda com valorização do desenho. Desenho vende produto (Não só carro) em qualquer lugar desse planeta. Mas essa necessidade não só de ter o produto que atenda sua necessidade, mas que demonstre que você é superior a alguém é algo bem brasileiro…
            Tem casos lá fora? Claro que tem! Tanto que Maybach, Lexus existem exatamente por isso… Porque para alguns ter o melhor carro da Toyota ou da Mercedes não é suficiente porque você ainda teria “apenas” uma Mercedes ou um Toyota. Mas aqui o pessoal compra um Jetta e se ofende porque é parecido com o Voyage.
            O maior exemplo é o volante. A maior crítica que vi do Passat é que tinha o “volante de Fox” (O que além de pensamento pequeno é ignorante: Do Passat veio primeiro). Você entra em uma Passat, vê que o volante tem boa pega, os comandos estão lá e são fáceis de acessar. Mas ele só será bom se não estiver em um carro mais barato. Essa necessidade que até o volante transmita status para mim é muito infantil.

            • Matheus Lelis

              A gente tem que falar é da cultura brasileira mesmo, nós moramos aqui, então é daqui que devemos falar, carro no Brasil, é sim sinônimo de status, tanto que o povo troca de carro é de 2 em 2 anos, 2 anos não dá pra um carro estragar em 95% dos casos de uso normal, e sendo status, a pessoa não vai agradar do desenho de um carro de 200 mil ser parecido com um de 30, não custa nada pra VW e demais montadoras mantem esse nível de segurança com um desenho diferente, pode ser que eles tentem mudar o desenho e o carro fique pior que hoje, que no meu ponto de vista é bonito, mas esta tudo igual. Isso é chato, lembra do new civic? Foi graças aquele desenho magnifico que mudou totalmente a imagem daquele carro, o civic era um carro comum, passava por despercebido, veio o new civic e mudou tudo, e até hoje é um dos carros mais bonitos do brasil, e pra aquela tinha um bom nível de segurança.

              Só quero dizer que por mais que seja bom um desenho do carro, dá pra melhorar sem afetar a segurança e demais qualidades do carro. Se tem que não importa pra isso, porque criticam o etios? o painel do up!? O povo “brasileiro” quer carro diferenciado pra dar mais status, o pensamento é esse infelizmente.

              • “..A gente tem que falar é da cultura brasileira mesmo, nós moramos aqui, então é daqui que devemos falar, carro no Brasil, é sim sinônimo de status, tanto que o povo troca de carro é de 2 em 2 anos, 2 anos não dá pra um carro estragar em 95% dos casos de uso normal, e sendo status..”

                Eu não compro carro para outras 200 milhões de pessoas. Compro para mim.

                Qual carro brasileiro preferia na década de 80? Monza. Tinha um Del Rey.

                90? Vectra. Sou fã do Tempra

                2000? Ecosport, Corolla, Civic, Golf, Gol? Só gosto do Ford. Era fã da Classe A.

                “… Isso é chato, lembra do new civic? Foi graças aquele desenho magnifico que mudou totalmente a imagem daquele carro, o civic era um carro comum, passava por despercebido, veio o new civic e mudou tudo, e até hoje é um dos carros mais bonitos do brasil, e pra aquela tinha um bom nível de segurança…”

                Definitivamente acho que você precisa conhecer um pouco mais da história de 40 anos do Honda. E aqui no Brasil ele já vendia bem em gerações anteriores a essa.

                “..Só quero dizer que por mais que seja bom um desenho do carro, dá pra melhorar sem afetar a segurança e demais qualidades do carro..”

                O que seria melhorar? Tornar o desenho melhor para seu gosto? Afinal, seu argumento é sobre o desenho ser feio ou ele ser parecido com um carro mais barato?

                “… Se tem que não importa pra isso, porque criticam o etios? o painel do up!? O povo “brasileiro” quer carro diferenciado pra dar mais status, o pensamento é esse infelizmente…”

                Olha o que escrevi: “Não confunda com valorização do desenho. Desenho vende produto (Não só carro) em qualquer lugar desse planeta. Mas essa necessidade não só de ter o produto que atenda sua necessidade, mas que demonstre que você é superior a alguém é algo bem brasileiro”

                Não confunda as coisas. A questão desses é que eles não seguem o padrão da maioria. Justamente o contrário do que estamos discutindo aqui. Não trata-se de parecerem carros mais baratos, mas serem “feios” na opinião dos outros.
                E desculpa, e espero que entenda que não é nenhuma referência a você mas um trocadilho: Eu me recurso a chafurdar na lama junto com os porcos. A maioria votou na Dilma. Eu não. A maioria que pode comprar carro zero compra o Ônix. Não seria minha escolha. Não é porque todo mundo procura status em um meio de transporte que tenho que limitar meu horizonte para ter uma limitação que hoje não tenho. A maioria pensa assim? Problema deles! A maioria não tem pós também e não é por isso que vou rasgar meu diploma..

                • Tosoobservando

                  ahah o Honda vendia bem? Não chegava a 10% do que é hoje. O carro chegou a ser lider dos medios, o que não é pouca coisa. O design interno e externo ajuda sim, e essa nova geração 2016 esta sendo aplaudida exatamente pelo design inovador.
                  Agora dizer que vc nao votou na Dilma vc esta sendo leviano, ate pouco tempo atras vc defendia a “incrusão social” do PT e se dizia um dos beneficiados.

              • David Diniz

                “A gente tem que falar é da cultura brasileira mesmo, nós moramos aqui, então é daqui que devemos falar, carro no Brasil, é sim sinônimo de status, tanto que o povo troca de carro é de 2 em 2 anos”
                Minha mãe ficou de dezembro 2009 até 2 semanas atrás com um Ford Fusion SEL 2.5 que ela comprou zero km. Trocou por um Corolla Zero Km e vai ficar uns 3 ou 4 anos.

              • Tosoobservando

                E pq nao falar da comparação HB20 x Etios. Uma acertou no visual interno e externo e colhe os frutos, mesmo sendo uma novata. A outra achou que estava muito bem no mercado e lançou uma tranqueira achando que o povo ia comprar por causa da “confiabilidade” da marca. Resultado ta ae.

            • predadordemarea .

              O problema é um só: tem pessoas que nunca dirigiram um Passat, nunca entraram em um e comentam como se fossem especialistas.
              Esse negócio de só falar de design é coisa de quem não tem conteúdo.
              E os outros atributos do Passat?
              A segurança é um deles, ou será que ninguém leu o título dessa matéria.
              A BMW 320i é tido como lindo por muitos e o que ela conseguiu nesse teste?
              Beleza, beleze, beleza, parece com o Gol, parece com o Jetta, e as qualidades?

            • Tosoobservando

              Vendo a lista dos mais vendidos dos outros países não parece ser coisa so de “brasileiro”.

          • Gustavo73

            Fiesta é parecido com o Focus que é parecido com o Fusion.

            • Matheus Lelis

              Sim, eu citei o exemplo da vw pq é da materia, a ford ta com isso, agora a toyota começou, a GM ta começando também, a fiat. Infelizmente isso está sendo a tendencia global, todas estão migrando pra isso.

              Eu ainda prefiro o bom e velho desenho proprio, especifico pra cada carro, hoje voce está na rodovia, olha no retrovisor, vem um carro bem de longe, pensa que é um voyage, quando chega perto está lá o jetta. Tem gente que gosta, eu particularmente não sou muito fã.

              • Gustavo73

                Com exigências com relação a segurança de pedestres, de economia relacionado ao Cx, e com o objetivo de justamente se reconhecer a marca de forma rápida isso já é o padrão em todas. Mas o pessoal gosta de lembrar só de algumas. Podesse congundir com o Voyage, mas também com o Passat. Mas a questão é tentar diminuir o produto. Por isso sr lembra do carro inferior e não do superior.

                • Matheus Lelis

                  Eu não tento diminuir o produto hora nenhum, pelo contrario, falar mal do que do passat?

                  • Gustavo73

                    Não me referi a você (pode não ter ficado claro). Mas essa discussão vem desde o lançamento do novo Passat alemão no Brasil. E justamente por não ter o que falar do carro diretamente. Por isso citei is modelos da Ford, pois as mesmas pessoas não falam isso de outras marcas.

          • ObservadorCWB

            Para bom entendedor meia palavra basta. Parabéns ! Tem gente neste mundo que realmente se contenta com pouco. Basta você pegar um caixote ou uma lata de lixo. Equipar com todas as geringonças e o logo da marca preferida e está bem…… é o cara que come língua e acha que picanha é a mesma coisa, afinal, os dois são carnes…rsrsrs

        • thi

          Achei lindo esse passat

          • Gustavo73

            Não gosto da traseira do americano. No geral prefiro o europeu.

        • ObservadorCWB

          Não. O desenho do carro é bom, é legal…..o problema é que quando saiu da prancheta ficou uma porcaria. Repito: o desenho é bom, o produto é feio. Se pegar estatisticamente, tanto na média, na moda ou na mediana o caro é considerado de desenho simples, sem atrativos. Claro que no extremo podemos encontrar um fá da marca que defende com unhas e dentes. O dito popular já proclama: “Quem ama o feio, bonito lhe parece…” Sua última frase foi a pior do comentário “carros tem que ser iguais…”… é justamente o contrário. Carros tem que ser DIFERENTES. É como contratar um arquiteto conceituado e caro para fazer a casa dos seus sonhos…e o cara projetar e construir uma casa padrão extinta COHAB.

          • Ficou feio segundo quem? Sua opinião, não é?
            Acha que o mercado liga para que você ou eu acha bonito?
            O site Bestcars faz uma análise de desenho que leva em conta proporção de linhas… O desenho de um produto ao contrário de que alguns acham, segue conceitos matemáticos, exatos. Aí tentam vender a opinião deles como verdade absoluta. Ao ver algumas matérias pude entender claramente porque muitas vezes um carro tem algo que não gostamos mas que muitas vezes não conseguimos dizer porque.
            Mas claro que sempre tem aqueles que acham que sabem mais que um profissional da área, que estudou desenho e tem formação na área. Só queria saber se essas pessoas ainda preferem curandeiras a médicos.
            E olha o tamanho da sua cabeça: Então o fato de achar um carro bonito significa que você é fã da marca? Quantos anos você tem?

            • ObservadorCWB

              Minha última participação neste tópico. Vamos por partes: 1- Ficou feio na opinião do público norte americano (que possui a MAIOR gama de opções de compra do planeta atualmente). 2- Desenho SEGUIA conceitos matemáticos exatos … OPS…a VW neste caso ainda seguiu… por isto alguns carros são iguais. No ambiente contemporâneo o carro é desenhado APÓS a fixação do ser humano dentro dele…daí vem a ergonomia, o alcance de volante câmbio e controles do carro, as áreas de deformação programada, o habitáculo e desejável célula de sobrevivência…. em alguns casos como Japão, onde a “área” ocupada pelo carro interfere nos custos indiretos do mesmo surgem os key cars….pequenos em comprimento e largura, mas ALTOS. O belo transcende a matemática meu caro. Há um retângulo que qualquer matemático desenha, e desde que dois lados sejam maiores do que os outros dois ele é, POR DEFINIÇÂO MATEMÁTICA, um retângulo….mas desde a Grécia antiga já se conhece a “proporcionalidade Àurea” — que faz uns retângulos serem mais BELOS que outros. Assim como os carros. Assim como os rostos, que podem ser melhor aceitos por uma maioria. Repito: quem ama o feio, bonito lhe parece. NÃO HÁ PROBLEMA ALGUM em pertencer a minoria que prefere o rosa ao azul. Ou prefere o frio ao calor. São apenas isso: PREFERÊNCIAS PESSOAIS. Mas vale uma leitura sobre os três parâmetros estatísticos que citei. 3- os designers até podem saber muito, mas fora das marcas de grande valor agregado eles estão presos a fatores como custos de produção, legislação, facilidade de manutenção, redução de custos pós acidentes etc etc. 4- Eu não escrevi (para reforçar a ideia – pois o correto seria a elipse do Eu – e simplesmente dizer: Não escrevi) que você é fã da VW. E nem eu nem você dissemos que o Passat é bonito. Então é uma questão de “carapuça serviu mesmo”. Mas por favor não coloque palavras em minha boca. 5- minha idade ? puxa, seus poderes estão enfraquecidos hein ? Posso dizer que tenho uma boa idade. Já possuo carteira de motorista..rsrsrs Já dirigi muita coisa boa, outras nem tanto. Já vivi. E hoje vou curtindo as coisas boas que a vida oferece, dentre elas os automóveis, expressando opiniões, e as vezes se defendendo dos impropérios gratuitos. Mas se reparou bem ganhou um “voto positivo” – o meu…rsrsrs Então pode ficar feliz por hoje. A minha felicidade do dia foi uma funcionária me dizendo que deu entrada nos papéis da casa própria. Este é o tipo de fato que me deixa feliz, sobreviver aos caos econômico do Brasil, pagar um quintilhão de impostos, e mesmo assim proporcionar o acesso da funcionária a tão importante conquista, o resto…….é resto.

            • Tosoobservando

              Meça suas palavras parça, ta ficando feio ja hehe

      • Lucas Irrthum

        Não acho o design ruim, pelo contrário. Gosto do estilo mais conservador que a VW empregou no Passat. Todos os carros têm que ter faróis e lanternas espichadas, com design futurista? Seguir o mesmo padrão?

        • Tosoobservando

          Pergunte ao designer do novo passat europeu, ou os da Audi, Porsche (so pra ficar no grupo VW)

        • ObservadorCWB

          A resposta é um sonoro NÃO. Aliás, reparou que a land Rover está com faróis diferentes do “padrão” espichado futurista como vc menciona…Porsche e Audi também. Uma coisa é ter desenho conservador (o 300C era assim na versão anterior – retrô até – e todos gostavam – mas agora estragaram com ele). Conservador é diferente de “estranho”, para dizer o mínimo, simples assim. O Passat é um excelente carro – que a meu ver peca no estilo. A Tiguan é excelente carro – mais equipada que a esmagadora maioria dos autos disponíveis no Brasil – mas como aqui um carro deste às vezes é o único da família – ela peca, a meu ver, pelo espaço interno, não servindo uma família com 4 pessoas em viagem. E com bancos e posição muito ruins para quem viaja atrás. Não há carro perfeito, mas corrigir os erros que a maioria aponta é de bom tom.

    • Rude Voleur

      Cara, eu já li um comentário aqui dizendo que “colocar AB2 + abs nos carros brasileiros só serviu pra deixa-los mais caros” como se isso não significasse nada

      • Lucas Irrthum

        Eu acabei de ler um comentário alegando que o torque dos carros de F1 não condiz com a proposta esportiva. Segundo o indivíduo, um Golf GTI tem 35 kgfm e um F1 tem 40 kgfm. Apenas 5 kgfm de diferença, isso é um absurdo HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA Fórum automotivo você encontra cada coisa.

        • Matheus

          mas o cara que disse isso é um ret4rd4d0 sem tamanho… como pode um negocio desses…

          • Lucas Irrthum

            Fórum automotivo, meu camarada. Aqui está cheio de pilotos de ficha técnica.

    • Marcos Wild

      Principalmente os analfabetos automotivos

      • Lucas Irrthum

        Exatamente. Os pseudo autoentusiastas.

    • kravmaga

      O curioso é que os objetos com mais design geralmente são justamente os objetos com linhas mais simples, assim como o design dos carros da VW.

      Repare que nas lojas de móveis caros, com design, os sofás (e móveis em geral) são geralmente retos, sem grandes vincos e não chamativos, bem diferente dos sofás de Casas Bahia e de outras redes populares.

      As vespas, aquelas “scooters” italianas antigas, tinham um design genial e cultuado, mesmo tendo poucos vincos como as motos japonesas de hoje. Os Porsches têm linhas de design relativamente simples e no entanto são lindos.

      Mas o povo brasileiro hoje adora aqueles carros “origami”, cheios de vincos, que as montadoras coreanas e japonesas geralmente fazem.

      • Tosoobservando

        Melhor mesmo é o design “futurista” da GM kk ou os modelos da Dacia que a Renault vende aqui que tal? Não vou falar da VW que mantem o Gol do mesmo jeito (exterior e interior) ha qt tempo ja?

      • Lucas Irrthum

        É o que o Alessandro disse acima, brasileiro tem a necessidade de mostrar para os outros que pagou caro em determinado bem.

  • Gavlan The BeerMaster

    O Passat Passou no Teste…
    Novo trava língua.

  • Reydel

    E a cabeça do boneco passando entre os airbags? É normal?

    • PEDAORM

      Deve ter dispersado a força no airbag antes da cabeça atingir o painel, a força com que as partes do dummy são atingidos são medidas.

      • Matheus Marques da Silva

        É o que eu pensei também.
        Dispersa a força da pancada, mas se abrisse voltado um pouco mais para a esquerda será que nao impediria totalmente a cabeçada no painel? hehe ele quase “fecharia a passagem” entre ele mesmo e o de cortina. Eu reparei nisso em crash tests de outros carros também.

        • PEDAORM

          Acredito que cabeça vai para esse lado por causa do local onde é a batida no teste, talvez se fosse no lado do passageiro o corpo seria projeto no outro sentido, e no meio iria no meio, acho que a bolsa inflável centralizada na frente de cada passageiro ainda é o ideal.

          • Matheus Marques da Silva

            Verdade.. não tinha pensado por esse ponto. Assim acaba cobrindo uma área maior.

    • RafaelC

      Se os sensores da cabeça do dummy não informaram problema, é porque não tem problema

  • Matheus Lelis

    Eu não entendo muito desses testes, quem foi mais esclarecido quanto a isso, poderia me dizer se essa roda entrando ai nessa posta, abrindo um buraco, não atrapalha em nada? E quando ocorreu o impacto, o boneco não foi diretamente no air bag, seria algum erro?

    • Gustavo73

      O objetivo dos testes é ver a segurança dos ocupantes. O dummies tem um grande número de sensores e acelerômetros que mandam os dados que são analisados para ver qual o tipo de impacto e que tipo de injúria ocorreria no ocupante. Fora isso observasse a integridade da estrutura e se o ocupante ficaria preso dentro do veículo. Daí surgem as notas, logo se tirou nota máxima é porque os números foram muito bons.

      • Matheus Marques da Silva

        É uma grande verdade.
        De qualquer forma, observei em N outros testes (de outros carros) que o movimento do dummie é exatamente esse de “desviar” do airbag dianteiro esquerdo devido ao cinto de três pontos (e isso não é uma crítica, antes que o pessoal se exalte! heheh) pôr o corpo em trajetória à coluna A. O que parece é que o airbag ameniza (amortiza) o impacto direto da cabeça no painel ou volante, mas nao evita. Na minha ínfima concepção, esse airbag poderia abrir um pouco mais “direcionado à esquerda”, pra reduzir essa passagem entre airbags. Me parece razoável.

        • PEDAORM

          Acredito que cabeça vai para esse lado por causa do local onde é a batida no teste, talvez se fosse no lado do passageiro iria o corpo seria projeto no outro sentido, e no meio iria no meio, acho que a bola centralizada na frente de cada passageiro é o ideal.

  • Como o Matheus mencionou, também achei bem estranho a roda soltar daquele jeito e quase invadir o cockpit, sem falar no boneco que foi de cara no painel em vez de no airbag.

    • Gustavo73

      Se ele fosse de cara no painel os sensores indicariam isso

  • Fabio Marquez

    O para-brisa do carro nem trinca….

  • Gustavo73

    E esse americano ainda usa a plataforma antiga diferente do Passat recém lançado. E a BMW Série 3 testado não se saiu tão bem…

  • kravmaga

    Não quebrou nem oespelo do lado do motorista. Muito bom.