Preços Sedãs Volkswagen

Volkswagen Passat 2016 terá preço inicial de R$ 144.500

Novo Passat (18)

A Volkswagen divulgou os preços da nova geração do Passat. O novo sedã topo de linha da montadora alemã será vendido no mercado brasileiro a partir de janeiro em duas versões de acabamento: Comfortline, de entrada, com preço sugerido de R$ 144.500, e Highline, topo de linha, que custará R$ 151.300. Com todos os opcionais, a variante mais cara chega a R$ 161.600.

Ambos os modelos serão equipados com o motor 2.0 litros TSI, que entrega 220 cavalos de potência, entre 4.500 e 6.200 rpm, e torque de 35,7 kgfm. Com o câmbio DSG de seis marchas, o sedã vai de 0 a 100 km/h em 6,7 segundos e alcança velocidade máxima de 246 km/h.

Entre os itens de série, o Passat Comfortline dispõe de bancos dianteiros com aquecimento e regulagem elétrica do encosto do motorista, seis airbags, ar-condicionado de três zonas, iluminação em LED na região dos pés, partida do motor e abertura das portas sem chave, relógio analógico no painel, sistema de entretenimento Discover Media com tela sensível ao toque de 6,5 polegadas e tecnologia App-Connect e abertura do porta-malas por meio de sensor posicionado sob o para-choque traseiro.

A lista inclui ainda luzes de condução diurna, porta-luvas refrigerado, volante multifuncional com revestimento em couro, computador de bordo, controlador automático de velocidade e rodas de liga-leve de 18 polegadas com pneus 235/45. Como opcional, o Comfortline dispõe de teto solar panorâmico elétrico (R$ 5.400).

Volkswagen Passat und Passat Variant

Já o Highline agrega bancos dianteiros com ajuste elétrico, aquecedor e apoio lombar com massageador para o motorista, memória para o banco do motorista, função “easy entry” (que recua automaticamente o banco para ampliar a área de acesso ao veículo e o retorna à posição original), câmera de ré, retrovisores externos elétricos com memória, volante com paddle shifts, sistema Dynamic Light Assist (DLA) e bancos em couro Nappa.

Como opcional, o Passat Highline pode ser equipado com o pacote Premium (R$ 4.900), que integra o sistema Discover Pro, com tela sensível ao toque de 8 polegadas e som Dynaudio Confidence de 700 watts (com 11 alto-falantes); sistema Pro-Active, Park Assist 3.0, Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC), Painel Digital Programável (Active Info Display) e Assistente de Mudança de Faixa (Side Assist). Também é opcional o teto solar elétrico panorâmico (R$ 5.400).

O VW Passat 2016 será oferecido nas cores Azul Harvard, Azul Night, Bege Sund, Branco Puro, Cinza Indium, Marrom Oak, Prata Sargas, Prata Tungstênio, Preto Mystic e Vermelho Crimson. O acabamento interno pode vim nas tonalidades bege, marrom e preta.

Galeria de fotos do Volkswagen Passat 2016





  • Rmx

    Pouca diferença assim acho mais apena ir de Highline mesmo.
    Quem pode não quem quer !!! Claro.

    • Xande

      Pois é. Pode-se dizer inclusive que os opcionais são mais baratos que no Golf.

    • Fabio Marquez

      Também optaria pelo High, mas ai iria levar os opcionais. Não é comparando, mas é de se reparar que o Passat sai mais barato que uma Hilux SRX.

  • Fanjos

    Esse carro é concorrente do Fusion como médio ou é concorrente do 300 da Chrysler com Full Size?

    • Eduardo Brito

      Ele é concorrente do fusion, embora seja mais refinado que ele.

    • Thiago

      Concorre com azera, cadenza, fusion, camry, accord.

      Nos dois comparativos da quatro rodas de 2012 o passat tirou último lugar por causa do custo-benefício ruim, custando R$160.330,00 (preço de C200) reais completo, sendo que no primeiro comparativo ganhou o cadenza, seguido pelo azera e depois o passat. No segundo comparativo de novembro de 2012 (o primeiro foi em março) o fusion tirou o primeiro, seguido do azera, depois cadenza e finalmente o passat.
      De todos o passat sempre ganha no desempenho, depois vem o fusion, cadenza empatado (perde no 0-100km/h para o fusion, mas ganha nos 1000m) e finalmente azera.
      Embora possuam preço semelhante, o trio germânico (BM, MB e Audi) é considerado premium e competem entre si (teoricamente). A escolha é a seleção das suas necessidades (grife/status, tecnologia, acabamento X custo-benefício (não no caso do passat), opcionais, tamanho do carro maior).

      Agora se você gosta de acelerar, existe ainda o honda accord V6 (R$155.000,00), que possui o melhor desempenho da categoria (não conheço números do camry), que é semelhante ao do golf GTI.

      • Bonafide

        Caramba, custava 160 mil em 2012?

        Então ficou beem mais barato

        • afonso200

          nao fala isso, vao aumentar mais

        • Thiago

          No primeiro comparativo, em março de 2012, o passat custava R$122.450,00 o básico e R$160.330,00 o completo.
          No segundo comparativo (com o fusion), em novembro de 2012, o passat custava R$112.677,00 o básico e R$146.021,00 o completo.
          Acho que baixou o preço por causa da concorrência. Cheguei a ver uns anúncios por até R$99.990,00 o básico.
          O fusion era R$112.990,00 o AWD completo.
          O cadenza era R$129.900,00.
          O azera era R$108.000,00 o básico e R$130.000,00 completo.

      • RAPHAEL ZANARDO

        Será que dá pra dizer que também compete com Série 3 da BMW e Classe C da Mercedes-Benz?

        • Thiago

          Em tese sim, por causa do preço semelhante a 320i, C180, C200 e A4. Acontece que esses três são considerados sedas premium e o passat não. A quatro rodas classifica como categorias distintas. Apenas na geração B5 passat e A4 compartilharam da mesma plataforma (1995). O fato do passat receber tecnologia, transmissão e motor da linha audi não o eleva de categoria, da mesma forma que o fato do jaguar receber o motor do fusion, não transforma o fusion em premium.

      • Junoba

        Atualmente se acha Cadenza 2012 na casa dos 70k. Motor 3.5 V6 e interior bem luxuoso. O cara que compra, perde metade do preço na hora da revenda. Como usado, vale muito mais a pena que qualquer sedan médio 0km.

        • Thiago

          O preço do cadenza era R$129.900,00 na época do comparativo. Postei também os preços dos outros acima. No mercado de usados deste segmento o preço despenca mesmo, acho que deve ser por causa da manutenção assustar.

        • Edson Fernandes

          Dureza é ter vaga e ruas para andar com o Cadenza…rs

          Ele é bem baixo e muito largo, além de comprido. Esse carro não cabe nas vagas de onde moro…rsrs

          • Junoba

            Mas vale o que custa…

            • Edson Fernandes

              Dureza pq é um nicho que não acompanho.

      • Celeritate

        Azera e Cadenza não, Sonata e Optima sim!!!

        • HelderV6

          Isso ! !!!

        • Thiago

          Quem compara desta forma é somente a Quatro Rodas, sem mais…
          Sonata (2.4 com 178cv – RIP) e optima (agora 2.0 com 165cv) eram comparados com o fusion 2.5 de 175cv que possui potência e preço semelhantes.

          “Enquanto o novo Fusion 2.5 – que será flex e brigará com VW Jetta, Hyundai Sonata e Kia Optima – não vem, o topo de linha Titanium vai dando conta dos rivais maiores.”

          Fonte: quatro rodas

  • Brasileiro

    Esperava mais equipamentos nessa versão Comfortline, me parace que o Fusion possui mais equipamentos de serie na Titanium R$ 116 mil, porem esse Passat deve concorrer com BMW e Mercedes nessa faixa de preço

    • João Martini

      Titanium sem teto tá 123 já, mas ainda assim bem mais em conta que o Passat.

      • Leonardo M

        No papel, pois acha-se com bons descontos. Dias desses até publiquei em algum comentário um anúncio de Titanium AWD 15/15 por 120k

      • Cristiano_RJ

        Quem consegue comprar como PJ leva por R$ 115 mil.

    • Cristiano_RJ

      Sim, nessa faixa temos C180, que na versão básica está sendo vendida com desconto por R$ 126 mil (vi há duas semanas) ou na versão Avangard (R$ 147 mil) e BMW Série 3 que está em torno dos R$ 130 mil.

  • Carol Vieira

    Já imaginava que o novo Passat seria lançado com preços começando em torno de R$ 140.000, porém o que eu não esperava é que ele totalmente equipado chegasse a R$ 161.600.

    • Guilherme Eduardo

      São os famosos opcionais da VW……

      • gveralonso

        Que por incrível que pareça ainda saíram bem baratos perto do que é cobrado no Golf, por exemplo, onde todos os opcionais adicionam mais de 30 mil ao valor do carro que já começa em 92 mil (versão highline)… e no Passat apenas R$10.300,00.

        • Alligator

          no golf não vem com bancos de couro elétricos de serie

    • HelderV6

      Padrão VW, cobre mais e ofereça menos….

  • João Martini

    Achei estranho esse pacote de 4.900. Mais fácil ser 49.000 rs.
    O topo de linha ficou menos caro do que imaginei.

    • Ricardo Castelo

      Exatamente!

    • Marcelo Ceno Dutra

      Pensei a mesma coisa o preço está muito baixo. kkkk

  • Tosoobservando

    VW com inveja da Toyota?

  • pedro rt

    apesar de custar mais de 160mil na versao top completa e um bom custo beneficio… tem carro ai q apesar de nao ser do msm segmento oferece menos e passa de 210mil…

    • Cristiano_RJ

      Falando sério, você pagaria R$ 161.600 em um Passat ao invés de 164.900 em um Mercedes-Benz C200?

      • Wellington Myph13

        Se só tivesse estas duas opções, eu ia de Passat.
        A Mercedes na MINHA opinião é a mais feia em design Externo das 3 Premium, ficando BMW > Audi > Mercedes.
        Como o Passat, Também na minha opinião, entra como um Premium pelo nível de tecnologia e requinte interno tão bom quantos os demais, levaria sem medo.
        Mas obviamente que com esse valor, no mercado atual não levaria nenhum dos dois, um V40 R-Design estaria mais a minha cara :) Mas isso apenas de cabeça, talvez ainda possa escolher algo diferente…

        • Alligator

          O problema dos problemas no caso da Volvo é que eles são caríssimos na manutenção

          • Jurandir Filho

            E os mercedes são uma pechincha né?

        • Cristiano_RJ

          Discordo fortemente que a Classe C seja feia. Você pode considerar a “menos bonita”, mas não feia. Ademais, não utilizo design como critério primordial de escolha na hora da compra. Ele é relevante, mas não prioritário. Entre em uma Classe C e o fator “uau!” será arrebatador. Te garanto! Algo que o Passat, por melhor que seja, não conseguirá te arrebatar com a mesma intensidade. Por fim, a questão que tenho falado é que a VW está viajando na batatinha. Sua linha premium está sendo posicionada lado a lado com as marcas premium tradicionais. O Golf Highline com pacote Exclusive, teto e rodas Madrid, por exemplo, está praticamente no mesmo preço de uma BMW 120i Sport GP, motivo pelo qual me levou a adquirir recentemente este segundo modelo. Pois não vi sentido pagar um valor desses em um hatch médio de marca genérica. Acho que a maioria absoluta dos consumidores nessa faixa de preço (R$ 140 a R$ 160 mil) pensam de forma semelhante. Falta à VW o status para brigar de igual para igual. Deveria colocar um “desconto” maior para incentivar o consumidor a optar pelo seu modelo.

      • Edson Fernandes

        Cristiano, a entender os itens que existem no Passat é para se pensar viu. A c200 não conta com todos os itens existentes no Passat.

        E para piorar, a droga da fabricante (cujo o que foi citado nessa materia) divulgou pouco dos itens existentes no carro. De duas uma: Ou ele PERDEU MUITO para o Passat anterior, ou o marketing da VW está pessimo.

        Esse carro tem muita coisa que não foi divulgada. Eu iria de Passat.

        • Cristiano_RJ

          Edson meu velho. Tudo bem com você?
          Brother, mesmo não conhecendo todo o conteúdo adicional que quem opta pelo Passat levaria, te digo que há outros dois fatores de peso: (1) a qualidade percebida ao entrar na cabine de uma Classe C e (2) o status conferido pela marca. Adicionalmente, há outra vantagem que é a tração traseira, mas acho que nesse segmento isso pesa menos… Um consumidor nessa faixa de preço só seria seduzido pelos mimos extras caso houvesse uma diferença atraente de preço, o que não há. Passei por experiência semelhante recentemente. Fui trocar meu Jetta por um Golf e dado o valor pedido pela VW na versão de interesse (R$ 115 mil), acabei optando por uma BMW 120i Sport GP (R$ 120 mil). Sim, perdi alguns mimos, mas não perdi nada que seja essencial à minha sobrevivência e satisfação. Mas ganhei outros atributos que o VW não seria capaz de me entregar.

          • Edson Fernandes

            Eu estou bem e contigo?

            Complicado.

            Eu penso que quem compra carros de marcas premium, também pensa nos custos para manter. Acho que fica mais facil o custo x diversão, porque a pessoa já aborda o que espera de entrega do produto.

            Eu já acho que partiria para as marcas generalistas porque ainda me importaria com a questão de manutenção, seguro e pacote de item de série.

            Eu já procuraria reunir um pacote que me atraisse para o conjunto. Então como vc pode ver, abriria não da tração traseira para trazer recursos tecnologicos para uso no dia a dia (ACC por exemplo).

            Mas tudo depende daquilo que se procura.

            • Cristiano_RJ

              Realmente tudo depende das prioridades de cada um. Mas vai por mim, após entrar na cabine de um Classe C você não fica indiferente. É realmente impressionante a qualidade percebida. Quanto aos custos de manutenção, tive um Jetta TSI por 3 anos e meio e não tem nada de barato. Ok, sou novato nas premium, é o meu primeiro BMW, mas a manutenção VW é exorbitante. Só agora o site divulga preços que contemplam a mão de obra. Até meses atrás, só tinha o preço das peças. Aí você ia ingênuo pensando que ia paragar uns R$ 400 a R$ 600 e quando vinha o orçamento, ele superava fácil dos R$ 1.000. Idem para a Hyundai antes de a CAOA (sim, ela mesma) estabelecer uma tabela nacional de preços. Cheguei a pagar R$ 1.800 em uma revisão! E isso foi em 2010!!! Pense em um consumidor se sentindo estuprado! Mas enfim, EU NUNCA trocaria um C200 por um Passat. Além de todos os seus predicados, há os equipamentos necessários e suficientes para deixar qualquer um satisfeito. Só supérfluos ficam de fora. Mas enfim, é como você disse, cada um com suas prioridades.

              • Edson Fernandes

                Isso que vc disse é verdade. Um Mercedes da classe C é sensacional. Me lembro muito bem do C180 que eu e minha esposas dirigimos. Em materia de produto, ele ficou sem duvida na frente de muitos outros que vimos.

                Eu tenho uma “birra” com o interior de BMW, não me agrada e o tipo de piso que pego todo santo dia, seria me sacrificar muito. Mas reconheço que é um ótimo carro.

                Como acompanhei de perto a manutenção de um 320i de meu cunhado, sei que é carinha. Tlavez não seja ruim para vc porque vc mesmo disse que já pagava caro no Jetta. E também olhe minha situação atual: Estando com um fluence, fica ainda mais dificil considerar carros mais firmes…rs

                E sua mulher, continua com o Fit?

                • Cristiano_RJ

                  Ôpa, sim. E provavelmente vai ficar com ele por pelo menos mais um ano, só trocando em 2017. Ela tem gostado do carrinho. É bem prático e confortável.

                  • Edson Fernandes

                    Que otimo! Tenho o impressão que ela vai querer como proximo o HR-V…rs

                    A não ser que vc seja uma pessoa generosa e já compre logo uma Q3 para ela…rs Mas quem bom que o carro tem se mostrado agradavel. Ela deveria gostar do comportamento do Jetta (e agora do BMW) porque o fit é bem durinho.

                    • Cristiano_RJ

                      rsrsrsrs… Generoso é ótimo! Não que ela não mereça, mas duas carangas de mais de 6 dígitos na garagem não é pra mim não. Mas você foi certeiro em seu palpite. Como toda mulher, ela é apaixonada por esses “altinhos”. E por mais que eu tente convencê-la de que não são as melhores opções… o HR-V é o novo sonho de consumo dela. Mas quem sabe? Daqui a 2017 muitos novos lançamentos…

                    • Edson Fernandes

                      Bem… minha mulher até entrar em carros como: Captiva, Edge (esse ela até hoje fala a respeito), IX35, Sportage, gostou muito.

                      Ela que sempre curtiu sedans, se rendeu a esses. Ainda que ela deixe bem claro que o unico perfeito, lindo e maravilhoso é o Ford…rs

                      Sobre os compactos, os unicos que ela curtiu é o Duster (pela maciez e espaço interno) além do HR-V.

                      Quando peguei o Fluence, ela perguntou: “Não dá para pegar o Duster no lugar?”

                      Eu respondi: “Dá sim. Só que iremos perder: Ar dual zone, controlador de velocidade (só tem após o facelift atual), limitador de velocidade, farois de xenon, 4 air bags adicionais (lateral e de cortina), cambio CVT, conforto a bordo e ESP”.

                      Depois que ela viu que o Xenon ilumina bem de dia (e principalmente de noite ou em dias chuvosos), depois que sentiu como o carro anda sempre “nos trilhos”, o ar dual zone que enfim solucionamos um problema recorrente que temos qdo estamos no carro e o cambio CVT ela me disse: “Você tinha razão, sentiria falta disso”.

                      Quando eu falei isso antes de comprar, ela se espantou pelo tanto de coisas a menos. Na verdade, o pedido de compra de um carro mais altinho também a motivou porque nosso C3 sempre raspava ao sair do predio onde moramos. E felizmente o Fluence não raspa.

                      Agora que ela tem usado mais o carro (pois eu estou em Niteroi a trabalho e aqui eu uso taxi, alias bem que podiamos marcar algo né?) e pode também utilizar em mais situações o controle automatico de velocidade, ela vê o quanto é bom. Ela achou o maximo fazer isso na estrada onde ela poderia prestar mais atenção a outros detalhes do que o proprio carro. Nem precisa dizer que isso convenceu. Mas o HR-V qdo ela vê um (tem um no predio), o olho chega a brilhar…rs

                      Acho que se eu perguntasse para ela hoje um carro que ela gostaria, seria ele. Mas ambos ainda desconhecemos o tipo de rodagem do HR-V. Mas o fato do cambio CVT foi um plus a ela…rs

                    • Cristiano_RJ

                      É isso aí. Os sedans são realmente muito mais vantajosos. No caso do Fluence especificamente, além de todos esses itens citados, há também o acabamento interno. Muito mais refinado que o do Duster. A vantagem real dos SUV’s fica por conta da altura do solo, que em casos específicos como enchentes, faz a diferença. Quem bom que você conseguiu convencê-la a fazer a escolha mais acertada!

                      Abraços.

  • JMG

    Quem deixaria de comprar BMW série 3, Mercedes Classe C ou Audi A4 por um VW Passat???
    No modelo que era vendido até agora, no lançamento, tinha um preço competitivo com o Fusion……até q vendeu um pouco quando foi lançado…….depois a VW foi aumentando os preços e as vendas caíram para quase 0……
    Fusion reina sozinho, que apesar de caro, é muito mais barato que o Passat.
    Ano que vem chega o Fusion remodelado, e provavelmente mais equipamentos…e mais caro.

  • RodrigoTM

    Dessa vez a VW me surpreendeu o preço dos opcionais. Eu achei que viria por uns R$ 15 mil esse pacote (de R$ 4900) de opcionais.

    • Cristiano_RJ

      Surpreendeu com os preços dos opcionais mesmo, mas por outro lado, o preço básico…

  • Eduardo Brito

    O modelo highline, principalmente com esse pacote de opcionais, não está caro pelo que oferece. Só o modelo trendline é que deveria ser mais barato.

    • Guilherme Eduardo

      Pela reportagem será apenas Confort e High, não terá Trendline.

      • Bonafide

        Bem lembrado. Deveria haver uma versão Trendline (ou outro nome qualquer) 1.4 TSI 150cv Flex DSG-6 (powertrain Audi Q3) na casa dos 120 mil reais. Teria chances de vender bem

        • Guilherme Eduardo

          Mas aí acho que ficaria muito próximo do futuro Jetta Highline 1.4 Flex (dedução de preço, ainda não lançaram).

          • PEDAORM

            Não vejo essa sobreposição, o Jetta que custa 100k é o 2.0 turbo, se houvesse um passat 1.4T por um preço um pouco maior acho que seria bem viável. É quase o que acontece hoje com o Voyage top de linha vs Jetta trendline 2.0 Aspirado.

            • Jurandir Filho

              Mas aí concorreria em preço com o audi A3 não? deve ser por isso que jogaram o preço lá pra cima, melhor vender milhares de audi, que é fabricado aqui, do que o passat importado que vendendo qualquer coisa já vai dá um lucro bom pra vw

              • PEDAORM

                Deve preferir vender o A3 o mesmo, mesmo assim por serem tamanhos diferentes eu vejo cabendo no line up. Concorrente do A3 em preço e tamanho tem o o Jetta ai.

    • MG

      Pois estou achando que é estratégia da VW de oferecer a ‘partir de’, mas em verdade, só oferecer o pacote completo, afinal são 17 mil de diferença, igual, por exemplo, entre outos, ao HR-V manual por 69 mil.

      Quem quiser uma versão simples terá de esperar 4, 5 meses… e forçar a venda só da versão completa.

  • Yuri Calmon

    Pelo preço o MB Classe C é uma melhor escolha !

    • Aldo Raine

      Depende qual classe C, os de entrada não tem metade dos itens que o Passat tem

      • Yuri Calmon

        Prefiro qualidade que quantidade !

        • Edson Fernandes

          Po… me desculpe… mas qualidade esse Passat também tem.

          • Yuri Calmon

            Concordo, mas compare um MB e VW com 20 anos de uso e entenderá meu ponto de vista!

            • Matheus Marques da Silva

              Tipo um Golf 1995 e um Classe A 1995?

              • Yuri Calmon

                KKK, tipo um Pointer /95 e um 1113/95. Estamos falando de Passat e classe C amigo.

                • Matheus Marques da Silva

                  hahaha eu entendi o que tu disse.. fui irônico! hehe mas texto não tem entonação! hehehe

            • Edson Fernandes

              Poxa, mas comparar um Passat de 1995 não dá. Eu acho que o Passat ganhou um refinamento muito maior nas gerações B6, B7 e agora a B8. Esses eu te digo que sim, dá para comparar.

      • Guilherme Eduardo

        C180 no caso é um bom exemplo donque vc falou, MAS o símbolo no capô tem um peso que não dá pra precificar. Muitos vão preferir um MB de entrada do que o Passat.

        • Léo Hung

          É a “mística”: leva-se um carro pior por causa da marca. Em países desenvolvidos, essa mística é mais em modelos de classe superior ou esportivos. Os de entrada é tipo aquele carro que o cara compra pra dizer que tem (mas é básico, tipo corolla e civic).

        • Jurandir Filho

          A marquinha no capô também tem um “peso” na manutenção e peças

  • Bonafide

    A crise está nos setores de baixo (abaixo de 80, 90k), até na oferta de carros podemos ver isso. Os mais caros não podem usar a tática do “se colar, colou”, pois não vai colar.

    Achei que a Highline com todos os opcionais seria bem mais caro. Porém, há outras ofertas interessantes no mercado, seja da Mercedes, seja da BMW, da própria Audi, Jaguar mais barato, etc.

    Quem diria, temos BMW, audi e futuramente Mercedes sendo fabricados no Brasil, gerando mais empregos, movimentando a economia e ajudando a manter o preço desses produtos para os consumidores “menos caros” a longo prazo, em razão da nacionalização dos riscos (e etc)

  • V12 for life

    A Ford adorou essa noticia pois vai continuar sem concorrência.

    • celso

      Mercedes e BMW também adoraram.

    • Aldo Raine

      Mesmo porque fusion eh um nível abaixo desse Passat

      • V12 for life

        Realmente tanto que a versão europeia o Mondeo é concorrente direito.

        • João Martini

          Tanto que o Mondeo foi todo retrabalhado em relação ao Fusion, como no sistema de direção (de relação variável), suspensão, acabamento interno e equipamentos. Mondeo não é igual ao Fusion..

          • V12 for life

            E o Passat recebeu modificações para se enquadrar no gosto do americano e concorrer entre outros com o Fusion, seja na Europa ou nos Estados Unidos ou ainda na China ambos são concorrentes e não é no Brasil que vai mudar.

            • João Martini

              É, o Passat pra brigar com o Fusion é mais simples até que o Passat B7, quanto mais o B8.

              • V12 for life

                A diferença no mercado nacional se da pelo fato de não ter um acordo com a UE, e ao euro ainda mais caro que o dólar, então compensa mais trazer versões mais equipadas para tentar justificar o preço.

        • Marcelo Ceno Dutra

          O mondeo apesar de ser o “mesmo” carro é muito mais refinado. Isso acontece com uma certa frequência, vide o passat Americano x Europeu.

      • Rafael Yashiro

        Olha, o Passat não está com toda essa bola.
        Veja bem, os dois são parecidos em potência, tamanho e proposta, mas creio que o Passat seja do mesmo nível sim.
        Não é por que o Passat agora tem Virtual Cockpit que ele se tornou infinitamente superior ao Fusion, esse aliás é bem equipado na versão AWD e o principal, custa menos.
        Infelizmente não é agora que o Fusion perde a majestade.

  • PEDAORM

    Pode separar um Azul night com interior marrom marrakesh para mim num futuro se deus quiser.

  • CanalhaRS

    Por uns 25 mil a menos seria uma boa opção.
    A VW concorrendo no segmento premium, é como os carros chineses competindo com os nossos “nacionais”, carece de prestígio.

  • Duh

    Pelo jeito só vai vender para os fãs da marca, nas versão de entrada o Fusion é mais negócio e nas outros tem MB e BMW.

    • Matthew

      Qual Fusion de entrada, o 2.5 Flex? Prefiro muito mais o passar 2.0 turbo.

  • everton nogueira

    Por mais que todos possam falar (contra a minha opinião) eu acho que esse carro teria que vir com um motor melhor, não que o que ele usa seja ruim, pelo contrário, mas ele é um sedã topo de linha da Volkswagen e divide o propulsor com o jetta, pelo ao menos eles poderiam colocar uma calibração mais forte do motor para ao menos diferenciar do jetta.

    • PEDAORM

      Já é o que dá fato a acontece… Tem mais potência e mais torque no Passat em comparação ao Jetta, o Passat utiliza o motor na casa mesma configuração do GTI. Não acredito que ninguém possa achar esse propulsor fraco para a proposta do carro.

      • everton nogueira

        De fato a calibração é do golf gti que realmente é maior que a do jetta, nas 90% dos compradores nem sabem que um tem calibração do golf gti e o outro uma calibração do jetta para os leigos 2.0 é 2.0 a volks podia sim por um 2.5 turbo ali no cofre do Passat para de fato mostrar superioridade.

    • Gustavo73

      O BMW com motor com configuração abaixo do Mini Cooper S não tem problema?

      • Edson Fernandes

        Nesse caso é um “BMW” aí pode.

        Cara… esse carro pelo menos segundo o divulgado, anda mais uqe o GTI….

        Pergunto: Qual Hatch, sedan, esportivo anda mais? até R$180000?

        Talvez o Mini e olhe lá. Tirando ele, não tem um carro tão rapido qto.

        • Gustavo73

          A questão não é o desempenho, mas sim de onde o motor “vem”. Pederia ter aqui o Passat 1.4, não vejo como demérito. Tem Série 3 com o 1.5 3 cilindros do Mini ” civil “. Algo normal, e será cada vez mais com os motores turbinados.

        • Thiago

          BMW 125i – 6,7s 0-100km/h e os 1.000m em 27s (218cv e 1.440kg)
          VW golf GTI – 6,7s 0-100 km/h e os 1.000m em 26,5s (220cv e 1.317kg)
          Honda accord 3.5 V6 – 6,6s 0-100km/h e os 1.000m em 26,6 (280cv e 1.629kg)
          Toyota camry – ??????????????????????????????????
          BMW 328i (mono) – 6,3s 0 -100 km/h e os 1.000m em 26,1s (245cv e 1.530kg)
          BMW 328i flex – ?????????????????????????????????
          MINI Cooper John Cooper Works – 6,2s 0-100km/h e os 1.000m em 25,9s (231cv e 1.200kg)
          GM Camaro SS – 5,6s 0-100km/h e os 1.000m em 24,6s (406cv e 1.790kg)

          Fonte: quatro rodas
          A VW diz que o GTI faz em 6,5s.
          Edit: desconsidere o camaro, ele ultrapassa os R$180.000,00.

          • Edson Fernandes

            Me dei mal…rsrsrs

            • Thiago

              Acho importante a parte dos comentários porque sempre agrega informação ao leitor. Existem muitas opiniões, é verdade, mas cada um usa os dados da forma que achar melhor, de modo que não acho que existam vencidos ou vencedores (embora muitos leitores pensem de forma diversa, chegando até a palavrões no calor da discussão).
              Ainda que existam todos os carros citados na lista, não posso negar que não há desempenho como o GTI na faixa de preço dele básico (R$115.000,00 aproximadamente – analisando apenas preço x desempenho). O camaro andando em linha reta (em pista a situação se complica) também serve como exemplo de boa relação preço x desempenho.

              • Edson Fernandes

                Isso é verdade. Mas por outro lado, só acho injusto qdo alguem quer colocar por uma questão de gosto a uma marca como se ela fosse a unica a ofetar algo bom. Vc me colocou carros nessa faixa, vou ir contra? Nada… agregou conhecimento, eu peço é desculpas pela minha gafe na verdade.

    • Jurandir Filho

      Um mercedes vem com 156 cv e ninguém liga

      • everton nogueira

        Posso até estar sendo estúpido mais para o carro que é e a marca que o mesmo representa, EU acho pouco sim.

  • Matheus Cavalheiro

    Os itens desse pacote premium no Golf custam mais de R$10.000, confere? Azera com certeza será desmbancado agora. Fusion continuará o reinado. E sinceramente, apesar de todas as qualidades, acredito que o público ainda irá de C200 por R$159.900.

  • Roger Rosato

    Com preço de BMW 320i e Merc C180, vai continuar vendendo nada.
    Fusion Titanium samba em equipamentos e custa menos que o Passat Comfortline… vai continuar o líder do segmento.

  • afonso200

    pacotes baratos para o que oferecem…….só falta regulagem eletrica em altura e profundidade do volante, assim como nos AZERAS

  • Ramom Alencar

    por esse preço era melhor não ter trago mesmo, não faria diferença, é praticamente um azera da vw, fusion continuará reinando apesar das baixas vendas do segmento…

  • Magno

    Tah bonitão o Passat heim …

  • Cyro

    Se queria concorrer com alguém, veio 30 mil acima do preço.

  • Leandro Santos

    Um carro que deveria custar metade disso. Mas se vai ter quem pague. Fazer o que?!

  • Edson Fernandes

    Novamente….. esse carro TAMBÉM TEM sistema de resfriamento dos bancos. Não entendo porque a fabricante não divulga esse tipo de coisa.

    Agora, é bizarro imaginar que um Passat, ande 0,2 segundos em 0-100 mais que um Golf GTI.

    • Marcelo Ceno Dutra

      Procurei a internet toda e não achei kkkk. Entrei no Site da VW da Espanha e realmente o carro tem este opcional, não entendo o porque não divulgam aqui já que devido ao clima é uma mão na roda.

      • Edson Fernandes

        Não dá para entender. Esse carro TEM MUITA COISA. É impressionante não citarem tudo que ele possui. Ele na versaõ de topo é mais completo que o Fusion, mas não citam os itens que ele oferece.

        O teto dele armazena energia e permite a distancia que vc ligue o ar para ir baixando a temperatura interna, tem cortina elétrica como no Azera, tem som premium, tem ACC, tem modos de condução, a central permite que se ajuste o nivel de intensidade de todas as luzes, o nivelde atuação dos limpadores e sensor crepuscular, no modo de condução é possivel personalizar como deseja a resposta de acelerar , volante e comportamento do cambio.

        Enfim, estou dizendo um pouco, mas ele tem muita coisa.

        • Marcelo Ceno Dutra

          Simplesmente o carro é um show em tecnologia. o preço do top com todos os opcionais não está caro (para realidade brasileira), e parece que a vw caiu na realidade e parou com esses pacotes de opcionais surreais pelo menos no Passat.
          Agora curti muito a tecnologia de ligar o ar a distância não tem nada mais desagradável que entrar no carro e ser “sufocado” pelo calor.

          • Edson Fernandes

            Eu só acho que o “nosso” Golf vai perder uma série de opcionais qdo ele for citado como nacionalizado. Tenho a impressão que a VW vai matar com algumas funcionalidades para deixar os opcionais mais magros em preço.

  • DTF

    Estão certos esse preços de opcionais? Apenas $4900 por tantos aparatos tecnológicos? Imagino que esse mesmo opcional no Golf custe mais de $10mil…

    • Matheus Marques da Silva

      Eu vinha me questionando a mesma coisa..

  • Marcelo Ceno Dutra

    O que ?? vw sem os pacotes de opcionais custando o olho da cara (vide golf/GTI) ? Uma coisa que não entendo, o porque dos fabricantes não oferecem no Brasil bancos climatizados, quando oferecem são com aquecedor que o torna inútil na maioria do nosso pais vide o clima.

  • oloko

    O teto solar do passat ainda tem aquele sistema para não esquentar dentro do carro? Porque o preço desse teto solar ta relativamente barato, e se nao me engano era 10 mil o anterior

  • GPE

    A top nem tá tão cara, 6 a 7 mil a menos seria um excelente negócio. Mas a de entrada tá com preço surreal. Era pra custar 20mil a menos.