Elétricos Europa Mercado Volkswagen

Volkswagen pretende produzir 3 milhões de elétricos em 2025

volkswagen-budd-e-concept-1

A Volkswagen apresentou um novo plano estratégico para 2025. A montadora germânica anunciou em Wolfsburg que cortará o atual lineup, hoje totalizando 340 modelos ao redor do mundo e nas diversas marcas do grupo.

Em relação às arquiteturas, a Volkswagen quer reduzir de 12 para apenas quatro plataformas, que seriam para compactos, médios, grandes e esportivos. Sem dar detalhes, a VW parece indicar que somente plataformas modulares continuarão, sendo conhecidas as MQB, MLB, MSB e MEB.

No caso desta última, sua importância parece fundamental no novo plano estratégico da montadora da Baixa Saxônia, que agora tem como meta produzir e vender 3 milhões de carros elétricos em 2025. Atualmente existem 30 modelos desse segmento em gestação e a produção de baterias deve alcançar capacidade de 150 gigawatts ao ano.

Quatro anos antes dessa meta, a Volkswagen pretende ter seu primeiro carro “totalmente autônomo”. A montadora confirmou a criação da nova divisão de componentes e sistemas que englobará um quadro de 60 mil pessoas em todo o mundo. Scania e Man agora serão agrupadas em um novo negócio, que pode ser oferecido ao mercado, de acordo com rumores.

A VW deve se concentrar nos segmentos de carros compartilhados, crossovers e utilitários esportivos, que apresentam crescimento, focando também em conectividade e eletrificação. A mobilidade urbana também será alvo de projetos futuros.





  • Rmx

    Com tantos carros elétricos assim tendo que carregar as baterias, não tem energia limpa que aguente.
    E adeus pausas fora dos horários de pico para as centrais a carvão (umas 500 só na Alemanha!!!).
    E dale elétricos a carvão rodando eculogicumente pelo mundo!!!

    • th!nk.t4nk

      Nao é bem assim. A Alemanha continua investindo pesadíssimo em energia limpa. Hoje ela já super 1/3 da demanda de energia do país, e olha que o consumo deles é um dos mais elevados do mundo. Até 2025 pouco vai sobrar de geraçao a carvao, na realidade.

      • Rmx

        Duvido pura propaganda. Se eles não controlarem bem essa passagem não vai restar muito dos bolsos dos consumidores.
        A conta ainda vem salgada e sem esses subsidios que aparecem e depois são pagos tirando a grana de outros setores coitada dessas alternativas.

        • Lem0nade

          Aí que vc se engana. Sugiro que vá até lá e ver com os próprios olhos antes de falar que é pura propaganda.

          • Rmx

            Lemünade eu moro a uns 20 min de lá. Vou na Alemanha pelo menos umas 3 x por mês, e vejo por todos os lados nos telhados painéis solares, moinhos de vento também.
            Más na Suiça onde moro a coisa vai mais devagar justamente por custar caro, e poluir demais a paisagem que é muito importante para o turismo aqui.
            E vendo quantos Alemães veem aqui para trabalhar e viver porque lá os salários são bem menores. Eu continuo me perguntado!!!!
            Quem vai pagar a conta ???

            • Lem0nade

              Entendo…
              Mencionei apenas, pois ano passado fiz uma viagem pela Bayer pra Alemanha e fiquei impressionado com o avanço na geração de energia “limpa” de todas as formas possíveis (solar, eólica, térmica com subprodutos agrícolas e animais, etc), inclusive com prédios 100% sustentáveis da empresa que citei.
              Algo que aqui no Hu3zil não consigo imaginar nem em 30 anos (sendo modesto).

              • Rmx

                Também acho a Alemanha incrível.
                Esse é o jeito deles, investem em tecnologia, infro-estrutura, qualificação de mão de obra etc…
                Por isso acho meio otimista essa data de 2025, porque não haverá tempo para requalificar as milhares de pessoas que trabalham nas usinas por exemplo. Se fecham tudo até 2025, onde vai trabalhar esse povo??
                E para manter empregos e economia eles fecham um olho para a ecologia.
                Os Ecochatos ficam putos !!! Mas quem liga!!!!

    • Fernando Bento Chaves Santana

      Relaxa. Quando uma demanda pesada como esta chegar por aqui no Brasil as concessionárias venderão planos com franquia mensal de KW/h. Assim assim todo mundo ficará sem energia no meio do mês e o sistema de geração e distribuição de energia será poupado. Esse negócio de franquia é excelente para aumentar os ganhos com o aumento da demanda mas sem investir um real em ampliação de infraestrutura instalada.

  • CanalhaRS

    Vamos ter “Electricgate” no futuro? Só a VW dirá…

  • thi

    Uma pergunta: se a VW vender a man e a Scania ,como fica a VW caminhões .

    • CanalhaRS

      Não posso responder porque você não colocou ponto de interrogação em sua frase, portanto a pergunta não foi efetivada.
      Brincadeira, acho que ela pode continuar existindo, por meio de subsidiárias ou parceirias.

      • thi

        meu teclado esta ruim … mas valeu .

    • jose carlos carlos

      a MAN quem comprou a vw, A VW não tem mais posse da montadora,..