Europa Tecnologia

ZF mSTARS é propulsão e direção ativa no eixo traseiro

zf-mstars-1

O tradicional fabricante de componentes automotivos ZF, apresentou recentemente mais uma inovação para fabricantes de veículos, o conjunto de eixo traseiro modular com propulsor e sistema direcional ativo, chamado mSTARS.

Se você está lembrando, o Novo Audi Q7 lançando recentemente no Brasil dispõe de eixo traseiro direcional. Mas no caso do mSTARS, além disso, também apresenta um propulsor elétrico de 203 cv, provendo tração extra para veículos de tração dianteira. Este é compacto e tem módulo de controle, caixa de transferência e sistema de refrigeração unificados.

zf-mstars-2

O mSTARS dispõe do sistema AKC (Active Kinematics Control), que funciona da mesma forma que no Novo Q7, direcionando as rodas traseiras em sentido oposto ao das dianteiras em caso de curvas em baixa velocidade e manobras. Acima de 60 km/h, elas convergem na mesma direção que as da frente, fazendo com que a sensação de mudança de faixa seja atenuada.

A ZF diz que o mSTARS vai beneficiar especialmente fabricantes menores e que o conjunto de fixação dos braços à estrutura do monobloco podem ser modificados de acordo com a necessidade do cliente. Assim, a tecnologia pode ser inserida em vários modelos FWD de marcas diferentes.

zf-mstars-3

[Fonte: ZF]





  • Marcelo Ceno Dutra

    Santa engenharia alemã

  • Airplane

    Bastante creativo e interessante!
    E os custos?

    • Martini Stripes

      Pensando que isso seria aplicável aos carros mais caros e tração integral não teria tanto impacto, já que vc dispensa carda e diferencial (peça cara). Claro que deve ser mais caro, mas colocar eixo motriz em carros elétricos é mais simples do que carda e diferencial.

      • Airplane

        Concordo!

  • André Pessimista

    Não.

  • Pacheco

    Nos EUA existiram algumas Picapes gigantes com diferencial traseiro que tbm viravam em curvas. Isso para reduzir o diametro de giro do veiculo. Acho algo sensacional.

  • Ricardo Rangel Lirio

    Fora a propulsão elétrica, de resto os 911 já fazem isso. Em baixas, suas rodas traseiras viram em sentidos opostos às dianteiras e em altas, no mesmo sentido.

    • Thales Sobral

      O Mitsubishi GTO e o Peugeot 306 faziam isso lá nos idos de 1990, também.

  • nightwishjp

    Não entendi muito bem. Já que as rodas traseiras poderiam ser direcionadas de maneira diferente das dianteiras a partir desse conjunto, poderíamos finalmente ter o sonhos de estacionar de maneira paralela?