Comprando e Vendendo Kia Mercado Subaru Volkswagen Volvo

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

Tanto em termos de carros importados baratos quanto carros nacionais baratos, existem modelos que vendem pouco, que são injustiçados, mas que são ótimas compras, em todas as faixas de preço.


Mas, o que falar dos carros importados, que muitas vezes nem mesmo estão entre os 50 carros mais vendidos no Brasil? Ali também encontramos pérolas, que entregam muito mais que concorrentes nacionais, e ainda por cima com preços ótimos.

Listamos abaixo os 5 carros (com direito a um modelo bônus no final) que são importados, vendem bem pouco, mas que podem ser considerados excelentes compras considerando o cenário atual do Brasil.

Boa parte deles não são baratos. Todavia, podem ter um bom preço em comparação com os demais modelos da categoria.

Que fique claro que a pessoa que comprar um desses modelos nem sempre terá manutenção barata, bom valor de revenda, entre outros. Ou seja, não se trata de uma compra extremamente racional, mas sim compras que entregam um excelente custo-benefício, sobretudo em comparação com modelos da mesma categoria.

Confira:

Kia Picanto

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

O Kia Picanto é o primeiro carro dessa lista e também o menor deles. Ele pode ser uma boa opção para quem busca por um carro de dimensões compactas, mas que ao mesmo tempo deseja uma certa exclusividade, fugindo do trio Mobi, Kwid e up!. Em 2018, o Picanto vendeu só 115 carros.

Ele tem preço salgado: custa R$ 58.990. O modelo é equipado com um motor 1.0 12V flex aspirado, que rende até 80 cv e 9,8 kgfm, com um câmbio automático de quatro marchas.

Traz itens como central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, chave canivete, rodas de liga-leve aro 15, retrovisores externos com rebatimento elétrico, faróis e lanternas em LED, sensor de luz, volante multifuncional em couro, airbags frontais, entre outros.

Volkswagen Golf Variant

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras
Golf Variant 2019

O segmento de peruas está cada vez mais escasso não só no Brasil como no restante do mundo, devido à ascensão dos SUVs compactos. A Volkswagen Golf Variant, mesmo ganhando um tapinha no visual e novas tecnologias em 2018, fechou o ano com somente 355 unidades emplacadas.

A Golf Variant é praticamente um Golf com porta-malas maior. Entrega o mesmo nível de equipamentos, segurança, conforto e tecnologia do hatch médio, mas com direito a um bagageiro capaz de acomodar até 605 litros – contra 313 litros do dois-volumes.

Fora isso, ela é bem equipada. A versão Highline custa R$ 113.490 e é equipada com sete airbags, bloqueio eletrônico do diferencial, direção elétrica, câmera de ré, alerta de perda de pressão dos pneus, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, ar-condicionado digital de duas zonas, chave presencial, partida por botão, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos com aquecimento, bancos em couro, frenagem automática pós-colisão, central multimídia com App-Connect, entre outros.

O motor é o 1.4 TSI turbo flex, que desenvolve até 150 cv de potência, atrelado ao câmbio automático Tiptronic de seis marchas.

Citroën C4 Picasso

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

Outro modelo familiar desta lista é a Citroën C4 Picasso. Ela sofre do mesmo mal da Golf Variant. Neste caso, há uma minivan de cinco ou sete lugares que esbanja estilo e, sobretudo, tecnologia. A C4 Picasso de cinco lugares parte de R$ 144.490, enquanto a Grand C4 Picasso de sete lugares custa a partir de R$ 149.490.

Os preços são salgados. Porém, ambos saem de fábrica com teto solar panorâmico, faróis em xênon direcionais, painel de instrumentos digital com tela de 12 polegadas, câmera de ré, sensor de estacionamento, lanternas em LED, botão start/stop, chave presencial, ar-condicionado digital de duas zonas, bancos dianteiros com aquecimento e massagem, navegador GPS, seis airbags, sensores de luz e chuva, entre outros.

O motor também merece o destaque. A minivan usa um 1.6 THP turbo, que desenvolve até 165 cv e 24,5 kgfm, com câmbio automático de seis marchas.

Dodge Journey

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

Embora os SUVs estejam em ascensão, o Dodge Journey é um fracasso em vendas. Em 2018, o único carro da Dodge no Brasil emplacou só 324 exemplares. Para efeito de comparação, o Jeep Compass vendeu mais de 60,2 mil unidades, enquanto o Hyundai ix35 teve 8,5 mil vendas e o Kia Sportage, 5,6 mil carros emplacados.

O Journey, contudo, é dono de um projeto antigo. Ainda assim, oferece um bom custo benefício. Ele é vendido somente na versão RT, que custa R$ 149.900 e tem motor 3.6 V6 Pentastar de 280 cv e 34,9 kgfm, com câmbio automático de seis marchas.

Sai de fábrica com seis airbags, ar-condicionado automático de três zonas, banco do motorista com ajustes elétricos em 10 posições, bancos dianteiros com aquecimento, câmera de ré, sistema de som premium com 368 watts de potência, teto solar elétrico, sistema de entretenimento traseiro com tela de nove polegadas e dois fones de ouvido sem fio, central multimídia com tela de 8,4 polegadas, entre outros.

Suzuki Vitara

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

Ainda entre os SUVs, o Suzuki Vitara também não vende bem. Emplacou só 1.869 modelos em 2018, ficando atrás de todos os rivais (o líder Hyundai Creta teve 48,9 mil unidades vendidas). Entretanto, se destaca pelo bom nível de equipamentos e pelas versões com motor 1.4 turbo.

O Suzuki Vitara parte de R$ 91.990 com motor 1.6 flex ou R$ 116.990 com o motor 1.4 turbo. Este último oferece até 146 cavalos de potência e 23,5 kgfm de torque, com câmbio automático de seis marchas e sistema de tração AllGrip nas quatro rodas.

Em suas versões mais completas, oferece sistema Auto Start/Stop, teto solar duplo, central multimídia com tela de 10 polegadas, WiFi e espelhamento de smartphones, seis ou sete airbags, controle de descidas, assistente de partida em rampas, controle de estabilidade, faróis em LED com projetor, câmera de ré, sensores de luz e chuva, entre outros.

Hyundai Elantra

5 carros importados baratos (que vendem pouco) e são ótimas compras

Por último, mas não menos importado, o Hyundai Elantra é outro importado injustiçado. Ele é o único sedã da atual linha da Hyundai no mercado brasileiro e tenta competir com Corolla, Civic, Cruze e companhia. Mas em 2018 ele conseguiu vender só 1.072 carros.

Com preço inicial de R$ 84.990 na versão Base e R$ 114.990 no modelo Top, o Elantra tem motor 2.0 litros flex de até 167 cv e 20,6 kgfm, com câmbio automático de seis marchas.

A versão mais bem equipada do modelo tem ar-condicionado automático de duas zonas com saída de ar traseira, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sensores de luz e chuva, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, chave presencial, teto solar elétrico, bancos em couro, luzes diurnas em LE, seis airbags, entre outros.

Porém, fica devendo os importantes controles de estabilidade e tração, não ofertados nem como opcionais.

Eber do Carmo

Eber do Carmo

Formado em marketing, tem mais de 13 anos de experiência escrevendo sobre o mercado automotivo no Notícias Automotivas, desde que fundou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio. Também teve por três anos uma empresa de criação de sites e catálogos eletrônicos.

  • P Sanchez

    Esses carros são verdadeiros Casamentos e na verdade uma péssima compra, quem escreveu não conhece NADA do mercado de carros…

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros para mais de 450 milhões de pessoas, por mais de 13 anos. Saiba mais.

Notícias por email