Etc Mercado

A ditadura das quatro portas

novo-polo-duas-portas-1 A ditadura das quatro portas

Sinceramente não consigo entender o que aconteceu no mercado brasileiro de uns tempos pra cá. Lembro um pouco da minha época de infância aonde a grande dificuldade era encontrar, no mercado brasileiro, modelos com quatro portas, exatamente ao contrário do que vivemos hoje. Se alguém quisesse quatro portas, teria que partir para modelos muitas vezes maiores, mais caros, salvo raras exceções.



Lembro que nesse tempo carro esportivo (ou mesmo “esportivo”) no mercado brasileiro tinha duas portas e ponto final. Era a época da Uno Turbo, Gol GTS e GTi, Corsa GSi, entre outros. Raras exceções à regra também existiam, como o Pointer GTi. Definitivamente não era o mercado ideal.

Quatro portas são agradáveis para uso familiar, para transporte de passageiros, para quem anda sempre com o carro cheio, etc. Também é útil quando queremos colocar algo grande dentro do carro e não cabe no porta-malas, ainda que a legislação não nos permita certas extravagâncias. Por isso tanto reclamou-se do Gol que levou tempos para oferecer versões de quatro portas.

Infelizmente a preferência do consumidor de uns tempos pra cá mudou e o mercado não soube achar um meio termo entre oito e oitenta. Criou-se a idéia que brasileiro quer comprar apenas carro de quatro portas e pronto. Em qualquer mercado coerente do mundo, pratica-se uma filosofia de oferecer grande parte dos seus modelos (pelo menos os hatches) na configuração de duas ou quatro portas. E carros esportivos com duas portas e nada mais.

Até bem pouco tempo atrás, os hatches (compactos apenas) mais vendidos do mercado tentavam seguir essa filosofia, oferecendo também versões de duas portas. O problema é que aqui no Brasil, com o passar dos tempos, carro de duas portas virou sinônimo de “carro para quem não tem dinheiro para comprar um carro de quatro portas”, ou seja, modelo de entrada.

Vejamos o Fox, um dos carros mais vendidos do mercado. Ele é oferecido em versões de duas ou quatro portas mas, se você desejar um Fox de duas portas, só poderá dispor do manco motor 1.0. Ainda dentro da VW temos o Gol, modelo mais vendido do mercado, sem nenhuma versão duas portas da nova geração. Mas alguém poderá retrucar que há sim Gol duas portas. Sim, há.

Gol Ecomotion, de geração anterior e motor longitudinal. Polo duas portas? Golf duas portas? Nem em sonho. Os dois últimos modelos citados chegaram a ter versões duas portas à venda no mercado brasileiro, visceralmente esportivos, com preços estatosféricos e importação limitada. Triste.

Na GM o carro mais vendido é o Celta. Esse sim é oferecido em versões de duas ou quatro portas, não importando a configuração escolhida. Por sinal, sempre foi assim, mesmo quando havia Celta 1.4 no mercado. Mas sabe qual o problema aí? O Celta é um modelo de entrada em sua essência, portanto, não conta. Corsa duas portas na última geração? Aqui nunca apareceu. Agile duas portas? Nem em sonho (ou pesadelo).

O Astra chegou a ser vendido na configuração de duas portas nos modelos superiores, porém, foi retirado completamente do mercado antes do seu momento mais interessante, que é o atual, aonde oferece uma relação custo/desempenho sem igual no mercado. Qual o motivo dessa maldade com o velho Astra? E o Vectra GT duas portas? Seria lindo. Seria, mas nunca deixou o mundo dos meus sonhos.

E a Ford? Era louvável a iniciativa democrática de vender o Ka duas portas com a mesma configuração, diferindo apenas o motor, ao gosto do cliente. Como eu disse, “era louvável”, uma vez que agora o cliente que quiser sair do marasmo do motor 1.0 e ter um pouco mais de desempenho será obrigado a levar uma roupagem esportiva de gosto duvidoso. Aliás, o Ka só tem versão de duas portas, então também não entra na conta.

Fiesta duas portas? Depois que evoluiu, nunca mais foi oferecido. Focus duas portas? Só além das fronteiras. Aqui no Brasil, só mesmo no mundo da imaginação. Renault, Peugeot e Citroën. As francesas bem que tentaram, mas os modelos duas portas acabaram sendo levados pela maré de mau gosto da ditadura das quatro portas.

Clio já teve motor 1.6 16V e duas portas, mas acabou, hoje é oferecido com duas ou quatro portas, mas nada além do motor 1.0. Peugeot 206 e 207 já tiveram duas portas em suas versões mais caras e equipadas. 206 Allure e o raríssimo 207 XS duas portas.

Hoje em dia quem quiser duas portas tem que comprar o modelo mais barato e pelado. A Citroën já nos ofereceu os deliciosos C4 VTR e Xsara VTS, mas só. Hoje em dia nada. C3 duas portas? C4 duas portas? Sandero duas portas? 307 duas portas? Só se o gênio da lâmpada aparecer.

Por justiça, cabe à Fiat um pouco dos meus parabéns nesse assunto. Hoje em dia ela oferece o Fiat Uno, seu carro mais vendido, com duas ou quatro portas em todas as versões, não importando o motor, os penduricalhos visuais de mau gosto ou seja lá o que for. Mas os parabéns morrem por aqui, junto com a minha paciência. Palio duas portas? Só ELX 1.0 ou Fire 1.0.

Punto duas portas? Nem o T-Jet meu amigo, nem o T-Jet. Bravo duas portas? Mesmo caso do Punto, ou seja, nem sequer o T-Jet é oferecido com duas portas. O Stilo nasceu, cresceu, se reproduziu e morreu sem ter uma versão duas portas, nem mesmo o Abarth. Cadê a Fiat do Tempra Turbo duas portas? Da Uno Turbo duas portas? Do, vá lá, Palio 1.8R duas portas? Falando nisso, o nosso Punto T-Jet devia se chamar Punto Abarth, mas o escorpião da Abarth não pica mais modelos de quatro portas, bicho esperto.

E as orientais? Desisto. Civic Si com quatro portas é piada de mau gosto e xingamento à progenitora. Fit duas portas? Bleh. Tiida duas portas? I30 duas portas? Ok, parei, que venha o Veloster com suas três portas.

Espero não estar sozinho na luta contra a ditadura das quatro portas. Eu sou solteiro, não carrego um monte de gente comigo no carro e não preciso nunca usar o banco traseiro, não gosto de picapes e quero um carro com acabamento decente e motor decente.

Será que todo mundo na minha situação preferiu comprar carro 1.0 básico quando foi vítima de uma pesquisa de mercado? Socorro! Algo bem que poderia mudar por aqui, ou eu preciso mudar de emprego e comprar um Volvo C30.

Por Marcelo Silva – www.direcaoassistida.com

  • MeekeeB

    "Agile duas portas? Nem em sonho (ou pesadelo)."

    Eu ri hahaaha

    Enfim, é triste ver que o mercado brasileiro é tomado por tendências, e as opções são bem escassas, falando em versões de carro.
    É fascinante entrar em um site de alguma montadora européia e ver as diversas opções de carrocerias e motores dos carros populares lá, enquanto aqui somos fadados aos 1.0, 1.4 e 1.6 ( lembrando que nunca as 3 versões juntas, no máximo 2), geralmente com 4 portas.

    • Na média: 4 tipos de versões pra uns 3 tipos de motores diesel OU 3 à gasolina, juntando ainda a 2 tipos de carroceria. Fora personalizações oferecidas pela própria fábrica. E eles ainda tem direito à uma maior quantidade de cores disponíveis.
      No fim das contas eles podem comprar um carro X com 50 tipos de configurações básicas e nós nos rendemos à umas 6.

      • AndreyDKS

        Sou um feliz proprietário de um 206 2002 DUAS PORTAS e MONOFUEL.

        • macielpb

          meus mais sinceros parabens, porem, te digo problema vai ser na hora de repassa-lo.

        • MeekeeB

          Se o carro está ok, sem problemas mecânicos, você fez uma ótima escolha!

    • MarcosMV

      Infelizmente aqui vigora a lei do 8 ou do 80!

    • macielpb

      tem um cara aqui na minha cidade que possuía um belina velha que era só ferrugem, ele levou o carrro na serralharia do meu primo e pediu para soldar as dobradiças da porta da belina, meu primo disse que num presta por que ta tudo podre de ferrugem.
      a resposta dele foi

      solda a porta toda, UM ONIBUS QUE É DAQUELE TAMANHO TODO MUNDO ENTRA E SAÍ POR UMA PORTA SÓ POR QUE AQUI NUM PODE FAZER A MESMA COISA?
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK Ô CARA MALUCO

    • fjmeskta

      NA mesma linha de raciocinio. Vejo a resposta a esta pergunta por duas razões principais e que são dependentes entre si. As montadoras pararam de vender versão duas portas porque vendia menos e o povo compra o quatro portas por ser mais valorizado depois, até mesmos os solteiros acabem comprando carro quatro portas por esta razão. Por isso que quando o cara é solteiro e não é muito de andar com caroneiros acaba comprando uma pickup do tipo saveiro ou montana, mesmo sem nunca usar a caçamba, e alguns colocam em suas caçambas muitas caixas de som para incomodar os outros motoristas e pedestres.

      Mas eu acho que eles deveriam dar a opção do consumidor pelo menos poder escolher isso, mas o mercado funciona assim se nao vende eles param de produzir, e os que vendem mais eles continuam com aquilo para "sempre".

    • CRW_09

      Olha sou fã, viciado no Notícias Automotivas, mas esses tipos de textos generalistas são um pé no saco!!! "Brasileiro não gosta de carro porque não dirige como eu dirijo", "brasileiro não sabe comprar carro porque não compram o modelo que eu gosto"… Sim, é ótimo que existam muitas opções de escolha, mas qual a praticidade de um carro 2 portas se não for simplesmente estética? Como já disse, adoro coupes 2 portas, mas sei que não são nada práticos. As portas são maiores e pesadas. Quem aqui já tentou sair de um Astra 2 portas num estacionamento apertado? Quem já teve que pegar uma mochila no banco traseiro de um Clio? Quem já teve que descer do banco de trás do Uno da tia gorda???
      Até entendo a crítica quanto a falta de 2 portas em modelos esportivos como Civic Si e a linha Gti da VW, mas defender 2 portas em Sandeiro e Fit? Me poupe!!!

      • MeekeeB

        Não é um comentário generalizado, cada um com suas prioridades. Você não pode criticar o excesso de opções do mercado, mas acho que criticar a falta de opções não é muito sensato, pra dizer o mínimo. Não quer 4 portas? Não compre, mas não critique o espaço do mercado para os admiradores de carro 2 portas. Não há nada melhor do que PODER escolher, e não TER que escolher. Lembre que poder( no sentido de vontade própria ), e ter ( no sentido de obrigação ) são coisas beeem diferentes.

  • vini123456

    Também sou contra qualquer tipo de ditadura, poxa só temos carros preto ou prata, câmbio AT só nas versões tops e ainda opções descentes só 4 portas!!! Eu tmb não preciso de carro 4 portas, mas só existe assim no mercado e não pude fugir dessa regra ridícula!!!

    • alyalysson

      eu queria um carro economico e com 2 portas, neim precisaria porta malas, AB2, ABS, completinho.
      mas não posso pagar por um Smart !

    • LuccasVillela

      Concordo, acho que deviamos ter mais opções, em todos os sentidos. Tenho um Clio 2P, mas comprei duas portas só porque morava em SP com ex então só andava com uma pessoa… Aqui no Rio sinto falta de 4 portas, odeio esperar o tempo de meus amigos entrarem no carro, rs, hahaha.

  • _will

    acho que 2 portas não faz sucesso por que a pessoa compra o carro pensando na hora de revende-lo que sai mais em conta para ele e duas portas não vai dar o mesmo dinheiro do que carro de 4 portas e seria bom ter punto,bravo,golf(novo) entre outros carros 2 portas

    • lucasfs87

      mas o problema é justamente esse: que carro é comprado pra vc de fato? a pessoa compra carro preocupado em qd for vender, carro deprecia, não é ouro.

      • crisburatto

        Pois é, também acho ridículo comprar carro pensando em quem vai comprar depois, afinal, custa caro e vc nem pode escolher o que quer, tem que ser o que o mercado aceita. Eita povo com cabeça oca mesmo…

        • W12

          Eles deixam de ter um carro que gostam, como a cor ou modelo, para comprar um carro prata/preto/branco porque o mercado aceita mais, e vai ser mais facil a revenda, enquanto brasileiro comprar carro pensanso em revenda, nossas queridas montadoras vão vender o que temos hoje, pq o carro bom é aquele que está a 10 anos no mercado com a mesma plataforma, pouca mudança de visual.

          AI o povo ganha o que quer. e dá lucros enormes as montadoras.

          • crisburatto

            E essa de cor na verdade foi uma brilhante ideia de concessionária, para ter pouco estoque, e ainda adicionar opcional. Já tive um Astra e um Celta vermelhos e não tive dificuldade nenhuma para vender, ambos a preço de mercado.

    • ricardo78scs

      Tive vários carros 2p e NUNCA houve qualquer problema pra vender, e por um preço proporcional ao 4p.

  • fabiollima

    Infelizmente nosso mercado é assim mesmo, penso que isso é fruto da baixa concorrência proporcionada pelas quatro grandes montadoras, vejamos também os motores, a maioria dos fabricantes somente oferece flex, e se eu quiser um motor somente à gasolina? terei que partir para um importado ou usado.

  • Grizzi

    Outra coisa que deve ser levada em conta é as vagas de estacionamento apertada…. um carro 4 portas (por elas serem menores) vc estaciona o carro e tem menos "dificuldade" em entrar ou sair, o que se repete na hora de pegar o cinto de segurança que como fica preso a coluna, num carro de duas portas fica la atras…. tive a oportunidade de andar numa Belina…. meu Deus do Céu que dificuldade para sair/entrar no carro no meu predio…

    • rafa_marcao

      Já dirigiu um palio (gol, celta, uno e etc) 4 portas e 2 portas? O quatro portas essa coluna fica praticamente no meio do vidro lateral. Isso é inseguro. Tenho um Palio 2 portas e não tenho o que reclamar da área envidraçada (se tratando de um modelo de entrada)

      • macielpb

        a única coisa que encomoda no carro 2 portas é buscar o cinto lá atrás, fica distante

    • jpcasella

      Convenhamos, a belina/corcel tem um metro de porta!

      • millemiglia

        Só uma correção: a porta dos Del Rey 2P/Corcel II/Belina tinha 1,30 m. Lembro porque meu pai era concessionário Ford. Uma vez fiquei curioso para saber o tamanho da porta e peguei uma trena para medir. Deu exatamente 1,30 m, o que representa quase 1/3 do tamanho do carro pois os Del Rey/Corcel II tinham 4,49 m de comprimento e a Belina 4,52 m.

        • Grizzi

          Sem dizer o cinto… isso pq sou alto e ponho o banco totalmente no final do curso…. e aqueles que são baixinhos… como pegam o cinto?….rss

          • jpcasella

            Corcel, belina e derivados, se não me engano, eram cintos 2 pontos e só.

    • bedotRJ

      Sempre gostei mais dos 2 portas, inclusive esteticamente. Eles têm um custo de produção mais em conta e maior rigidez torcional. Casam melhor com visual esportivo e, por serem mais em conta, permitem ao comprador a opção de equipar o carro com alguns opcionais pelo mesmo preço do modelo similar de 4 portas sem esses opcionais.

      A palavra-chave é essa: opção. No caso do meu carro, Ford Ka, o problema é o inverso, isto é, há apenas a versão 2 portas, certamente para não brigar com o Fiesta, este apenas com 4 portas. O ideal seria o cliente poder escolher, seja por um Ka 4 portas ou um Fiesta 2 portas.

      Cabe uma matéria falando também da monotonia de interiores. Por mais defasados que fossem os carros dos anos 80, ao menos podíamos escolher se queríamos nosso Diplomata com interior cinza, preto, marrom claro, marrom escuro, cinza com azul e o clássico 'chateau' (bordô). Até Gol e Brasília permitiam várias opções. Isso tem que voltar.

  • expresso222

    Lembro bem que carro de 02 portas sempre foram sinônimo de carro mais esportivo (maverick e opala cupê) enquanto os de quatro portas ou eram carros de luxo (landau, Le baron) ou táxi (Zé do caixão, corcel I, TL 4p). Mas o que pegava mesmo era o medo de que as crianças abrissem as portas traseiras com o carro em movimento. A partir da introdução das travas internas nas portas traseiras (que só abriam por fora) é que este mito fora derrubado. O Chevrolet Monza e o uno mille eletronic 4p foram os pioneiros na popularização das 04 portas. A partir daí os consumidores notaram o conforto que é ter 04 portas em um carro.

    Mas concordo que carros com 02 portas tem visual mais jovem e esportivo!

  • kikofar

    Tudo aqui no Brasil é fruto de modismos!
    Comprar VW pé-duro a preço mais alto que a média;
    Carro sem opção de teto solar nos anos 70 (era carro de "corno");
    Cor metálicas marrom, verde e azul nos ano 80;
    Cor vinho nos anos 90;
    Cor prata e preto nos anos 2000;
    Cor branca de um tempo pra cá… e assim a indústria vai "criando" gostos!!!

  • RenePOA

    Essa "ditadura" das 4 portas não me incomoda.
    Me incomoda é a "DEMOCRACIA" dos carros SEM
    Air-bag, ABS, controle de estabilidade, câmbio com menos de 5 marchas, etc.

    • ChicoFCarvalho

      Foi no ponto exato! Pior do que uma moda ou outra, é a total falta de preocupação com a segurança oferecida para os ocupantes. Isso não parece mudar nunca!

    • _will

      incomoda você,eu e todo mundo que vai ter que esperar 3 anos pra ter abs e air bag nos carros

  • Agora até existe o Cerato Koup e o Veloster (que tem 3, mas tudo bem). O Si é brincadeira de mal gosto e o Polo é um assalto a mão armada. O Clio 1.6 era um foguetinho! E lindo por ter o visual mais esportivo das duas portas, uma pena que ficou estagnado no tempo. Aliás, o Tempra duas portas também é raríssimo!
    Não vejo mal em oferecer uma versão com um visual diferente. São como os pacotes de opcionais: se eu quero um ABS não quer dizer que preciso de um ar condicionado digital, por exemplo. E no fim das contas esses automóveis saem da MESMA fábrica com motores diferentes e portas a mais ou a menos.

    No fim das contas ainda prevalece a Lei de Gérson: vou pegar o quatro portas mesmo porque na revenda é mais fácil de empurrar por um valor maior.

    • FSaccon

      Realmente, na hora da revenda, o que vale é 4 portas. Astra 2P? Vendem-se 10 com 4 portas e não vende 1 com 2. Monza 2P? Ninguém quer. Tempra? Se com 4P é difícil vender, com 2 é mais difícil ainda. E o Gol? Apesar de ser ótimo de comércio, é difícil conseguir vender um Gol 2P, exceto para modelos que só tinham com 2P (quadrado e bola 8V). Enfim, na hora da revenda, quanto maior o número de opcionais maior será a probabilidade de revenda. O número de portas é um deles.

  • Galvão

    Carro duas portas é horrivel!!!
    3 Pessoas atrás então…

    • jvcs10

      mais justamente, um carro de duas portas, seria ou para uma pessoa que tem familia pequena, ou solteiro.E ptambem como o carro é mais leve, se precisa de menos motor para que ele ande bem, assim os 1.6 até ficariam bem divertidos de se dirigir,no meu caso se tivesse um carro 2 portas com motor 1.6 ou maior, e com um bom nivel de opcionais sem ser muito caro como o koup, com certeza seria a minha escolha.

  • rafthehay

    Vale notar que os carros que atualmente oferecem duas portas e são fabricados no Brasil muitas vezes o fazem pois tem versões para exportação. O Fox, por exemplo, que atende também o mercado europeu. Afinal, no mundo da mega otimização de custos seria muito caro manter duas chaparias para fazer as seções traseiras de carros que sofrerão preconceito por parte do consumidor.

    Eu gosto de hatches esportivos e acho modelos duas portas infinitamente mais bonitos, bem como cupês. Mas curiosamente, por ser baixinho e usar o banco um tanto pra frente, as quarto portas me facilitam alcançar o cinto quando dentro no carro. Jamais seria um argumento para eu comprar um carro 4 portas em detrimento de duas, mas é um detalhe que cito.

  • franciskano

    Não vejo vantagens em carro de 2 portas… acho uma evolução natural da "praticidade". O resto é saudosismo.

  • FernandoBeck

    Na verdade, hoje, as pessoas quando trabalham, nao costumam ser solidaria de dar carona e etc (Pelo menos em SP), já aos FDS, quer levar a familia toda para o Shop, ou os amigos acabam se juntando todos em um unico carro, e ter apenas 2 portas, acaba sendo um tormento, mesmo para alocar "bagagens e demais itens" para serem carregados no banco de tras, um carro 2 porta acaba sendo incômodo. Acho que esses são alguns dos motivos, e não por revenda… já que "não temos mais" carros 2 portas, o motivo revenda não tem sentido, hoje.

  • LuizLaurentino

    Sobrou o Cerato Koup.
    Nem Subaru tem 2 portas.

  • rodrigorsr

    Apoio totalmente o autor em seu protesto!

    C30, Beetle, A1, A3, Série 1… infelizmente ainda são muito caros… E queremos mais do que picapinhas derivadas!

  • Romulo_Max

    Acho que os carros de duas portas combinam mais com modelos esportivos, coisa que na realidade nós não temos no Brasil, ou modelos de nicho, os city cars. Eu acho as 4 portas mto mais praticas e a diferença de preço não é mto significativa.
    Pq ter apenas duas se eu posso ter duas à mais??rss

  • jcesarcbr

    Gosto e democracia de opiniões é mesmo muito bom. Até então jamais acharia que alguém gostaria de comprar um carro duas portas se não fosse pelo preço. Pessoalmente sempre achei feio, inseguro (para sair em acidentes) e nada prático qualquer carro duas portas. Só mesmo picapes cabines simples e o Smart.
    Acho que isso é no mundo todo, não?

  • Eduardoig

    Lembro que carros duas portas interessam pouquissimo a ladroes em busca de vitima para sequestro relampago ou assaltos, por motivos obvios. Some-se a isso o fato de ser um carro mais facil de se achar ( por ter poucos nas ruas ) e temos um otimo motivo de compra… carros duas portas sao mais seguros para transporte individual nos grandes e perigosos centros urbanos.

    • Del

      "…carros duas portas sao mais seguros para transporte individual nos grandes e perigosos centros urbanos…"

      Esse foi o motivo que levou minha namorada a escolher um Ford Ka 1.6, apesar de não gostar tanto da pobreza de acabamento do carro bem como a falta de ABS.

    • mho

      Era este o motivo da classe média da década de 80 preferir um Monza 2p a um 4p. Hoje os sequestros continuam existindo, até aumentaram, mas o fator de revenda e o conforto das veias que entram no carro é levando mais em conta do que a chance de ocorrer o delito.
      Outra coisa que muita gente não repara é que para roubar arrombar um carro 4 é muito mais simples, basta o ladrão quebrar o pequeno vidro que fica junto da coluna C e abrir o carro, faz um barulho sim mas os malandros sabem disto e conseguem abafar o som e são rápidos para abrir e pegar o que tem dentro.
      Para comparar, pense num ladrão que vai arrombar um Mille 2p ou um dos antigos modelos do Gol 2p, ele só terá êxito só se for a noite e com pouco movimento porque o crime demora para ser concretizado (cortar com uma faca a borracha e cuidadosamente tirar o vidro sem fazer barulho). No Palio atual ou no Gol G4 ambos de duas portas, o bandido tem que ser um ninja para roubar. O bandido ao ver um Mille ou Gol bola / quadrado 2p vai pensar duas vezes se tiver um outro carro a por perto.

  • Autocraftsman

    Cara, quem quer somente 2 portas que IGNORE as detrás. Porém, quem quer as 4 faz o que com um carro de 2? Num mercado ignorante como o nosso a versão 2 portas sairia por quanto? 30-40% a menos… e a desvalorização? Infelizmente, tudo isso conta para a maioria dos brasileiros. Esse autor parece que não conhece o Brasil…

    • Del

      Cara, eu acho que o aumento do custo de produção de um mesmo modelo em configuração de 2 ou 4 portas deve ser ínfimo. Se não fosse isso, a Fiat não teria essa opção para o Uno.

      Simplesmente daria opção ao consumidor. Quem quer carro de 2 portas compra o carro de 2 portas. Quem quer carro de 4 portas compra o carro de 4 portas.

      Assim como o cara que quer as 4 portas não tem o que fazer com um carro de 2, o cara que quer um carro de 2 portas não pode IGNORAR as portas extras…

      Mas como você disse, o problema é o mercado do nosso país. Aqui carro continua sendo investimento.

  • brunocoe

    Concordo com o texto. Só esqueceu de dar os parabéns para a KIA que trouxe recentemente o CERATO KOUP (belo carro 2 portas por sinal) bem equipado de série. Aliás, única versão de equipamentos, o que muda nas duas versões disponíveis são detalhes na cor vermelha no painel e nas laterais de porta.

  • BlueGopher

    Antigamente só se comprava carro de 2 portas.
    Quatro portas era brega ou táxi.
    E desvalorizava um monte, daí ninguém queria.
    A Brasília 4 portas, (quantos sabem que foi feita?) por exemplo, foi um fiasco. Idem VW Zé do Caixão, TL, etc.
    Só para falar da VW.
    O Opala legal era o 2 portas, a Caravan nem tinha 4 portas.
    Depois tudo mudou.
    Agora é só 4 portas, os de 2 (como o citado Astra) morreram por falta de vendas.

    Brasileiro é assim mesmo.
    Quer o de 4 portas, mesmo sem precisar, pois hoje é o de 2 portas que desvaloriza mais!

    • millemiglia

      O Zé do Caixão (VW 1600 L 4P) não saiu de linha por causa das baixas vendas (coisa que a VW fazia com bastante frequência na década de 70) mas por causa de um incêndio na linha de montagem dele em 1969/70 (não lembro o ano exato). A estamparia e o ferramental específico do modelo se perderam no incêndio e, por isso, ele saiu de linha. Se não me engano foi esse o motivo dele ter saído de linha.

      • ccn1410

        Pode ser, não sei. Mas as vendas nunca decolaram.

    • Emerson_Lima

      Tem gente que não acredita que existiu Chevette 4 portas…

      • E Monza hatch 4 portas?

      • macielpb

        existi sim eu já vi alguns

  • granemann

    Na minha opinião prefiro o clio 2 portas do que 4,o mesmo para o celta,são carros muito pequenos para 4 portas.

  • ChicoFCarvalho

    O mercado brasileiro sempre foi bastante curioso…até os anos 90, carro 4 portas era rejeitado pelos argumentos mais estapafúrdios. Diferentemente de quase todos os outros países onde o 4 portas sempre prevaleceu. Alguns fatos estranhos também ocorriam: O VW Pointer (hatch) só tinha 4 portas e o VW Logus (Sedan) só 2 portas! Lembro que meu primeiro 4 portas foi um Uno 92 (fabricado na Argentina), a VW só lançou o Gol 4 portas 6 anos depois, pois já corria o risco de perder a liderança do segmento. De lá pra cá a moda se inverteu, ou seja, hoje a rejeição é pelo 2 portas…nem ladrão quer!

  • PKuster

    Também lembro-me, quando garoto, quase não existiam carros de 4 portas e quem o tinha, era um sacrifício para vendê-lo – ninguém queria. De repente, por questões de economia, as montadoras passaram a só produzir veículos de 4 portas, sejam eles pacatos automóveis para famílias ou esportivos. E claro, espalharam pelas concessionárias, que carro agora só vende se for de 4 portas, que foi se espalhando, se espalhando – inclusive no mercado de usados e está essa desgraceira que vemos hoje – mais ou menos como a história que carro só vende fácil se for na côr prêta ou prata – a CAOLHA é mestre nisso…

  • Mario_R

    O problema é a opção, tendo opção a maioria vai de 4 portas. Neste caso ponto para a Ford que lançou o Ka apenas 2 portas e não 'invetou' 4 portas.
    Já tenho visto vários Novos Unos 2 portas e logo teremos o 500 com apenas 2 portas.
    E pra ficar no meio termo, agora vem o carro 3 portas!!!! Diferente da Romizeta que tinha apenas uma.

  • AutomotiveEngg

    A economia de escala, a serviço da racionalização do custo industrial, dita modismos.

    Sem grande esforço, constatamos que hoje as opções de carroceria e de motorização são bem menos numerosas, se comparadas às opções de alguns anos atrás.

    Em mercados maduros, por exemplo, os consumidores não pagam por duas portas a mais, caso não necessitem delas.

  • RobertoDF

    Além do problema das 2 ou das 4 portas, quem quer comprar um hatch bacana, não encontra um carro à altura dos sedãs.
    Motor, acessórios, tecnologia, conforto… tudo é melhor no sedã.
    O Focus não é tão bom quanto o Fusion; o Golf não é tão bom quanto o Jetta (apesar de a VW ter tentado aproximar o Jetta do Golf e não o contrário); o i30 e o Elantra ou Sonata; e por aí vai…
    Por que o cara que quer um hatch bom não encontra nada tão bom quanto um sedã?

  • Ph4ntomf4

    Antigamente eu via muita gente falar que não queria carro de quatro portas por ser inseguro para quem tem crianças pequenas. Só que naquela época não existia o sistema para travar portas de abertura por dentro, e tampouco o bloqueio dos vidros elétricos traseiros.
    Havia também diferença no design: a curva do teto do opala 4 portas era totalmente diferente do de duas portas. O visual era outro. No famoso passat Iraque, a solução encontrada para por 4 portas era feia pra dedéu.
    Hoje, com o avanço do design e da tecnologia, esses "problemas" não existem mais. Por isso, apesar de ter presenciado uma época em que chique era carro de duas portas, não vejo mais muito sentido nele. E falo não por desvalorização ou algo do tipo. O 4 portas é mais prático, na maioria dos casos. A menos que eu vá comprar um super-esportivo (que às vezes só tem dois lugares, inclusive), fica difícil de eu ver alguma razão para que eu venha a preferir um carro de duas portas.

  • Castle_Bravo

    Só vejo desvantagens em carros duas portas, nem esteticamente eles são melhores, além de em alguns modelos como o Fox e o Astra ficarem com uma porta gigante quando na configuração duas portas.

    O brasileiro levou décadas para perceber que carro de quatro portas são mais práticos que os de duas, lembro do meu pai quando eu era pequeno dizer que "carro com duas portas já incomodam, imagina com quatro!?" e era essa a "sabedoria" popular.

    Felizmente hoje o mercado impôs essa "ditadura" da praticidade, quero que venham logo as "ditaduras" do ar-condicionado digital, dos vidros e espelhos elétricos, dos airbags laterais, etc.

    • PKuster

      Alguns argumentos seus são válidos, mas carro esporte de 4 portas é feio (neste ponto eu discordo de você) e perde a esportividade – o fato de alguns modelos de 2 portas as possuirem muito grandes, é porque os mesmos foram adaptados para se tornarem "esportivos", não nasceram esportivos e foram projetados com 4 portas..

  • millemiglia

    A ditadura das 4 portas só vai acabar, do mesmo modo que a ditadura do preto/prata, quando o brasileiro parar de comprar carro pensando em revendê-lo. Não estamos mais na época do plano cruzado em que pagava-se mais caro por um carro usado do que por um novo. Carro não é mais investimento, é bem de consumo e, como tal, desvaloriza.

    • CRW_09

      Acho que ainda estamos perto dessa época sim… já deu uma olhada quanto vale um 1.0 usado? Um Ka 2008 custa no mínimo uns 20 mil, enquanto que é possível achar um zero por 23 mil… Qual a lógica do usado custar tanto se por pouco mais compro um zero?

  • skulla7x

    Um carro você pode ter certeza que só terá a versão 2 portas… o smart!

  • Jeremy_Jam

    Unidos contra as quatro portas!

  • GAbRieLGUIMA

    Aplausos! Também sou solteiro e acho que as melhores linhas estão nos carros de 2 portas, mais harmonia e esportividade.

    Esqueceu de mencionar o Astra GSi 4 portas, um flagrante de mal gosto!!!

  • O_Corsario

    Acho um pouco de exagero do autor, que reclama de tudo e não aceita nada: quando é um carro "popular" de duas portas não serve por ser popular, quando não é reclama que é caro… Assim fica difícil!
    Só para lembrar: c30, mini, A1, beetle, 500, smart, série 1, etc etc… Todos com duas portas…
    Acho que 2 portas só fica legal em hatches pequenos. Em carros maiores, para mim, fica um "espaço vazio" muito grande. Golf ou Focus 2 portas, por exemplo, já acho feio, mas o Gol GIII 2 portas é bonito, por exemplo.
    Claro que alguns carros, como o Punto T-Jet, de apelo exclusivamente esportivo, deveriam ser oferecidos somente com duas portas. Aposto que não mudaria nada em vendas.
    Mas falar o que, de um país onde Camaro só se vende automático?

  • Gabriel_Nint

    Como eu não tenho família para levar no meu carro, escolhi um duas portas mesmo. Mas não dá para negar que quem quer ter espaço e mais conforto num carro para levar mais de duas pessoas, tem que ter mais de duas portas. Acho que o autor do texto fez muita tempestade em copo d'água.

  • ccn1410

    No finalzinho de 2006, comprei um Astra Advantage modelo 2007, duas portas. Logo depois a GM desistiu dessa configuração.
    Passei a "vida toda" com filhos pequenos e carros de duas portas, porque naquela época quatro portas, só nos carrões de luxo.
    Quando comprei meu primeiro carro com quatro portas, os filhos já estavam crescidos e não queriam mais sair comigo.
    Depois disso, por falta de opção no mercado, tive mais dois carros com quatro portas, até comprar o Astra com duas.
    Hoje já desisti da opção, porque sei que não existe nada no mercado comprável com essa configuração. Como disse o Corsário, existem opções como o A1, Mini, entre outros. Mas agora tudo mudou. Duas portas somente carros com alto preço.
    Como o Marcelo citou, eu também não preciso dessas quatro portas. Para mim elas são praticamente inúteis, porque quase nunca faço uso do banco traseiro e também não quero picapinha.
    Claro, existe o 500 que deve vir por aproximadamente R$ 45.000, mas será que eu quero um carro tão pequeno?
    Agora, no meu caso, um Sandero ou um Polo 1,6 com apenas duas portas seria o ideal, mas fazer o que? O que manda é o modismo.

  • Felipe Moreira

    O mercado automotivo Brasileiro é muito "novo" ainda, por isso temos alguns problemas, só agora conseguimos comprar carros com mais facilidade, só agora o povo está começando a pensar melhor a respeito de varios fatores importantes.
    Antigamente ter carro 0km era luxo, tanto que sempre tinha aquela coisa de "fulano tem carro do ano, tem grana", hoje em dia é muito mais facil ver gente comprando carro 0km. É tudo uma questão de tempo, os tempos são outros, o mercado está amadurecendo e tendo personalidade, acredito que nos proximos anos as coisas só tendem a melhorar, principalmente quando for obrigatorio abs e airbag duplo em todos os carros.

  • DonVitor

    É a terra dos modismos, aposto que se carro com 4 portas ficasse com uma fama estranha, ou fosse alvo de piadas essa história não ia mudar rapidinho

    • ccn1410

      Você disse tudo. É só alguém largar algum boato na internet com estorinhas fantásticas sobre os carros com quatro portas ou inventar algum problema qualquer, como por exemplo, dizer que os vampiros preferem atacar os carros com quatro portas, por isso ou aquilo, logo, logo ninguém mais irá querer um.

      • DonVitor

        AUhAUHAEUheaUhaEUhea muito boa essa dos vampiros AEHUEAhaue

  • Luis Felipe CD

    e qual o problemas em não querer as 4 portas?
    estética?

  • ecarvalho1

    Se não tem (além das versões de entrada) é porque não vende, ninguém vai investir em algo que não dá retorno.
    Imagine só um executivo de uma montadora tentando aprovar um investimento, que não é barato, em duas carrocerias (2 e 4portas) sem a certeza da aceitação do mercado, aí vira mico e depois tem que se explicar para um conselho de diretores e acionistas o que aconteceu… É rua na certa…

  • RNK

    Pra que produzir um carro que nao irá vender? O mercado não quer carro duas portas! Não adianta vir com o papinho de que na europa vende… isso é lá! E não aqui!
    Quem ja teve carro duas portas sabe o quão é chato entrar no banco traseiro…
    Quer duas portas? compra uma saveiro!

  • Ludley

    O que eu mais sinto falta é relamente de um civic Coupe.
    Vi um nos eua, e achei muito lindo!!!
    Perto do 4 sedan, o sedan não é nada"!

  • granrs78

    Versões esportivas 2 portas acho que vingariam , mais o que adianta as montadoras nos oferecerem carros 2 portas se a maioria das vendas são de versões 4 portas. Não acho que o termo ditadura das 4 portas, mais sim o gosto e praticidade dos carros 4 portas. As montadoras querem vender, garanto se vende-se mais 2 portas como no passado, teriamos mais modelos 2 portas, é a lei da oferta e da procura.

  • TTropicthunder

    Fácil falar… Mas todo mundo na hora de comprar leva 4 portas porque sabe que para revender é melhor.

  • CanalhaRS

    Esse é o problema do mercado brasileiro, ele é submisso ao que os fabricantes decidem e aceitam tudo, bastando qualquer papinho furado do departamento de marketing das montadoras. Os consumidores não se impõem e exigem o que querem. Assim, montadoras deitam e rolam, trazendo só uma opção, para poupar custos e faturar mais.
    Brasileiro não sabe nada de carro e pensa que é esperto, mas sempre dança na mão dos fabricantes. Sempre foi assim e ainda será, por muito tempo.

  • Fla3D

    Celta nem conta pq nem carro é… :D

    Mas falando sério, bom texto, essa questão de não termos muitos carros duas portas faz parte de um problema geral do nosso mercado de não querer arriscar e tentar só fazer aquilo que vende bem. O extremo dessa situação é o i30 que só vem em prata e preto, 4 portas e com motor 2.0, não querem correr nenhum risco de rejeição.

  • crisburatto

    Apenas lembrando que o Golf VR6, 2portas, série limitada, não era importado. Outra coisa interessante é que motor acima de 2.0 é palavrão ultimamente…

  • NatalRN

    Pior que isso é não poder comprar carro de luxo com câmbio manual. Isso sim é ruim pois afeta a condução.

  • jnasser

    Duas ou quatro portas é questão de gosto, mas agora convenhamos, três portas é questão de mal gosto.

    Ainda mais se a porta do motorista não for do mesmo tamanho da porta do passageiro (Veloster criatura assimétrica bizarra).

  • RSM

    Eu prefiro carros quatro portas com o estilo das alfa romeo e até do chery cielo com a maçaneta traseira oculta, se vc não prestar bem atenção vc achha que é duas portas, mas 4 portas são realmente mais práticas

  • brenopeck

    Sou solteiro (OK, noivo), não tenho crianças, não carrego compras no carro, não viajo com frequência e tenho carro duas portas. Nem por isso defendo o modelo. É um saco, é incômodo e pouco prático. Preferia muito mais ter um carro quatro portas.

  • hugogyn94

    ai gente eu sei vc odeiam aquele ditadura da m***da,mas infelizmente nao temos pessoas esta preocupado com isso,so vai acabar se continuamos votandos ratos lixos ladroes(politico corrupto),mas e so querer melhorar o seu país,o mas o mercado no brasil ainda e "bebezinho" pra der carros bons como na europa,america do norte,asia,oceania,querem melhorar se torne politico do bem ou vote politico CERTO.

  • As opiniões nos comentários são as mais diversas.
    A minha é de que você poderia ter a opção de escolher, e geralmente um carro 2p sai pouco menos caro que um 4p.
    Imagina um "vectra" GT 2p com aquele azul da opel xD, punto t-jet amarelo skydome e 2p :D, pode falar o que for, mas o segundo maior problema no setor automotivo no Brasil é que as montadoras não sabem trabalhar com opções de mercado.
    Já vi gente deixar de comprar um carro para comprar outro, justamente porque não usa as 2p de trás.

    • ccn1410

      E tem mais. Meninos dentro de um carro quatro portas, se parecem com mafiosos, lol…

  • PauloPGomes

    Sou propietário de um Kadett GLS 98, e sinceramente, acho que se o carro fosse 4 portas, não teria o mesmo visual que ele tem, e ainda seria mais pesado.
    É fato que, 4 ou 2 portas, ambos tem os prós e contras, mas cabe ao consumidor decidir isso e não simplesmente apenas ter a versão 4 portas! Há quem goste do visual mais esportivo e do menor peso que as 2 portas propiciam, frente, a comodidade das 4 portas.

  • JohncirNF

    Ótimo texto.

  • _RaG_

    Prefiro 4 portas, vai todo mundo com conforto. A não sei que seja um solteirão que só leve a gata.

  • fbmj

    Compra um Pajero.

  • Romis_gtr

    Primeiramente, ótimo texto mesmo.
    Segundamente, mais importante, bonito, isso ou aquilo, o lance é ter opção a um preço decente, pois quando se oferece aquilo e aquilo mesmo, é dificil pro consumidor final ficar com algo à seu gosto. EU particularmente vejo muita beleza nos modelos duas portas (vide Astra, Civic, entre outros) e acho que a pessoa pode zelar por escolher um carro R$ 1.000 R$ 1.500 reais mais barato e mais leve (ele estaria se preocupando com a performance também). Se essa escolha seria incômoda ou pouco prática pra ele, seria escolha DELE, mas que fique bem claro que esta escolha DEVE ser SEMPRE do CONSUMIDOR!

  • Michel D.

    Tenho um C30 e acho linda demais aquela porta gigantesca (e pesada!) dele! Portinha pequena é muito feio. Só minha opinião.

  • LEOFX182

    Eu gosto mais de carros 4 portas, pra mim é mais pratico, mas não é todo mundo que precisa de um carro 4 portas.

  • ricardo78scs

    Já escrevi vários posts reclamendo disso, especialmente qdo trata-se de algum esportivo 4p (o que é deprimente), mas quase ninguém concorda.
    O último carro médio de 2 portas foi o Astra, que saiu de linha em 2007, deixando só a vesão para "família", 4p.
    Todos carros que tive foram 2p, mas ano passado comprei outro, e não havia nada além de populares de entrada com 2p, aí, infelizmente, não teve jeito.
    Saudades dos anos 80 qdo carro 4p era de taxista, idoso, ninguém queria.
    Hj em dia só populares e alguns importados caríssimos, deprimente.

    • ACR

      Repare no desenho lateral do Astra Hatch 2 portas é muito mais elegante, outro que acho lindo é o Calibra…

      Pra mim isso não é tendência, é DITADURA das montadoras, pra que ter diferentes linhas de montagem se pode ter uma só?
      Mesmo o esquema do motor, fazem uma gambi de 2 em 1 e o povo é obrigado a comprar, isso só beneficiou as próprias montadoras e os usineiros(máfia).

  • anderson1303

    Pára! que que é isso?hahaha o cara quer que volte caros 2 portas. Carro 4 portas é mais prático, é uma evolução, um item de conforto a mais que antes era restrito. Nem todo mundo pode se dar ao luxo de ter um carro duas portas esportivo, maioria do povo tem um carro só, pra transportar a familía, quer que ele compre um 2 portas? quem não precisa tudo bem. Eu nao compraria um carro duas portas só porque é mais 'esportivo", a não ser que o carro tenha um motor mais potente, suspensão e freios especiais, como é o caso do clio e do twingo na europa que tem verso~es realmente esportivas de 2 portas, rápidos e despojados de itens de comforto. Por exemplo o Koup é um carro que é mais bonito que o cerato 4 portas, e eu compraria, só acho que merecia um motor mais potente.

  • Edu_Airtrek

    gosto mais dos carros 2 portas, tem um visual mais harmônico e mais despojado, na minha opinião. Mas quanto a ditadura das 4 portas, acredito que deveriam ser feitos mais carros com 2 portas, para o consumidor ter mais opções de escolha, o que é raro no nosso mercado.

  • Cil

    O problema no Brasil é que tudo se decide pela unanimidade… mesmo todos sabendo que toda unanimidade é burra!

    Agora, a nova moda é o branco… e tem montadora/CSS cobrando 5 mil a mais do preço normal do carro se o indivíduo quiser levar nessa cor. Lembro que quando fui comprar o KA, a vendedora fez de tudo para que eu levasse o modelo preto que eles tinham a disposição porque um "modelo vermelho só seria produzido em 25 dias"… os amigos… bem, esses disseram que eu ia ter dificuldade para vender o carro…. eheheheheh… vendi depois de 1 minuto de anunciar a venda. kkkkkk

    Ou seja, criam-se padrões e depois a gente tem o estouro da boiada. Um vai na frente e os outros seguem. Outro dia justamente reclamei da falta de opção dos kits de segurança para o Logan em TODAS AS SUAS VERSÕES. Houve quem achasse razoável que os kits não fossem liberados para todo mundo porque "logan 1.0 deve vender pouco"… e por aí vai. Como se 2014 não fosse bem ali??????

    Nessa mesma categoria se encaixam a cor prata, o motor flex, os infinitos "kits de opcionais" que tem uns opcionais que se o fabricante tivesse vergonha não colocaria como opcional, e por aí vaí.

    PS.: Não faço questão de carro de 4 portas, já que em 95% do meu tempo ando só.

  • DiMais

    família Abarth passa longe do Brasil justamente porque a cartilha obriga 2 portas e aqui no Brasil a lei é 4!! e outros tantos carros, que além do visual mais limpo e leve são mais seguros..

  • X11auto

    Para o amigo da matéria não se sentir tão triste, a Hiunday criou um esportivo com 3 portas, o Veloster, exatamente o meio termo que ele esta procurando!rs…
    E só pra lembrar o amigo, além do Veloster, temos o Porsche Panamera 4 portas, entã esportivo la fora 4 portas nem pensar, não é bem assim!
    E aqui no Brasil, tivemos a época das duas portas num país que vivia ditadura, hoje temos a época das quatro portas e libertinagem onde todo mundo acha que pode fazer o que quer, espero que o próximo passo seja a é poca das portas a escolher e da consciência de liberdade com respeito ao próximo!

    • Del

      "E aqui no Brasil, tivemos a época das duas portas num país que vivia ditadura, hoje temos a época das quatro portas e libertinagem onde todo mundo acha que pode fazer o que quer, espero que o próximo passo seja a é poca das portas a escolher e da consciência de liberdade com respeito ao próximo!"

      Falou tudo.

  • X11auto

    Bem que podia voltar o estilo Romi- iseta uma porta só!rs…

  • Eddu13

    Esses dias eu vi um Golf MK4 Preto 2P *—-*

  • gutto406

    A VW, na Europa, além de modelos hatch, como Polo e Golf, de duas portas, surpreendentemente, tinha até o Jetta (no modelo que para nós é o Bora) com duas portas também, não sei se o modelo do Jetta que veio pra cá tinha duas portas lá, mas eu já vi o Bora, e até o velho Polo Classic com duas portas.

  • MajorAutomotivo

    Para mim, se for hatch ou hatch back, tem que ser duas portas. Foi assim com o Kadett e o Gol que tive.
    Agora, se for sedã , … 4 portas por favor.

  • kohlsgreen

    O Brasil fala que é apaixonado por carro mas não é bem assim.
    Essa ditadura de portas, tipos de cores e versões, são frutos do conceito do comprador que já compra um carro pensando em vender ele.
    A maioria não compra pensando no prazer de ter um modelo do seu gosto ou com uma versão especial que lhe agrade por muito tempo.
    Aqui é só comercio, estou comprando pra daqui a 2, 3 anos vender e pegar outro pra impressionar o vizinho que tambem fez mesma coisa.

  • edsontak

    Concordo que esportivos com duas portas são mais bonitos… mas não tem mercado aqui, portanto não são vendidos… quantos Golf GTi/VR6/Turbo/etc 2 portas seriam vendidos aqui??? Uns 20 por mês? A VW nem se preocupa com esse público…

    Outra "ditadura" que surgiu é a de carros automáticos: hoje, versão "top" só automático… quem gosta de manual, compre a versão de entrada….

  • FFFuel

    Poxa!
    Compra um Palio 1.8R duas portas usado! É o que vou fazer! hehe

    Achei DEMAIS quando a Fiat começou a disponibilizar essa versão.

  • castrogfx

    No Brasil falta carros duas portas, falta preços melhores, melhor qualidade nos populares, e esportivos com alguma alma diferente. Esportivos com preços bons e qualidade superior e, além disso, 2 portas é uma dádiva que nunca irá acontecer. Ou alguém ainda acha que Ka Sport ou Uno Sporting é um carro com alguma alma diferente? Motor igual, design igual, acabamento igual. Sabe o que muda? Adesivos. E preço, claro. Oh, tristeza!

  • davidsonrommel

    Civic Si, apesar de ainda acha-lo muito bonito, é muito sem noção vim apenas com 4 portas…

  • mikaelbrian

    pq q c30 o c4 vtr vc acha por – de 40k e é completinho, quem é apaixonado por carros ñ liga para desvalorização, mas se vc quer msm um c30 vc acha um por 52k

  • Vitão

    Tem o Cerato Koup…. Pelo q saiba eh 2 portas ke ke ke….

  • akrobatos

    Cara, a explicação é simples. O fabricante não vai oferecer um produto que tem baixo volume de vendas. Ou alguém abre empresa para ter prejuízo?

  • ubiratamuniz

    Pior que é o que o mercado quer, não é de agora.
    em 2004 tirei um Celta 1.4, completo (ar, dh, ve, te), zero km. Duas portas, por opção (eu não queria carro pequeno de quatro portas). Ainda acrescentei por fora bancos em couro (pra fazer o gostinho mesmo, não que o Celta merecesse isso kkkk) e rodas de liga leve (14", modelo original da GM).

    Na hora de vender o carro, choviam interessados (o telefone não parava de tocar), mas quando perguntavam se o carro era duas ou quatro portas, era só falar que o carro era de duas portas que desistiam na hora. No final das contas desisti de vender o carro no particular (após dois meses de tentativa em que NINGUÉM, repito, NINGUÉM veio ver o carro só por ser duas portas) e entreguei o carro na troca por outro maior.

    Foi meu último carro de duas portas. Pessoalmente, lamento muito que hoje não existam mais opções interessantes de carros duas portas. Mas não condeno a atitude das fábricas nesse caso particular não. Se for pra ficar encalhado no pátio (e fica, porque o brasileiro, salvo raríssimas exceções, não quer carro duas portas), melhor não fazer mesmo. Eles não tão aqui pra fazer caridade pros que gostam de carro como nós, tão aqui é pra ganhar dinheiro.

    • Ewser-X

      Sou contra as Ditaduras. De qualquer tipo.

  • Edison

    Sou da geração que carro 4 portas era para frota de taxis e só. Meu pai lembro muito bem, em 1985 colocou a venda um Passat LSE 4 portas, ficou dois meses e não vendeu, ele recolheu o carro para casa e usou ainda mais seis meses. Meu ultimo carro 2 portas foi em 1999, um Palio EL 1.0 vermelho 0km; não pude comprar um 4 portas porque na época representava 10% do valor do carro e a grana era curta. Nunca mais carro 2 portas por três razões, as portas traseiras facilitam colocar objetos como mochila ou valise, por exemplo, num dia de chuva o motorista ou passageiro da frente não precisam se molhar para o pessoal de trás poder sair e, o principal motivo para eu hoje comprar um carro de 4 portas, em caso de acidente a retirada dos passageiros do banco de trás é muito mais fácil e rápida. Para mim carros sempre com 4 portas. Lembro-me da decepção do meu filho de apenas 2 anos quando em 1995 cheguei em casa com um novo Uno Mille vermelho com 2 portas, ele me disse numa tristeza profunda: – Mas pai, ele não tem porta para menininho! Carro de duas portas novamente na minha vida? Só se for um Porsche 911!

  • Washington Assis

    Para mim carro só com quatro portas. Lembro-me do único carro que meu pai teve (faleceu 7 meses depois que comprou). Era uma belina II. Um carro enorme. Porta-malas enorme, mas era um inferno quando eu e meus irmãos iamos no banco de trás.
    Tive uma Parati 96 e um corta 98. Ambos duas portas. Como era incomodo quando andavam mais que duas pessoas. Hoje um carro duas portas é impensável para mim. Depois que minha filha nasceu há treze anos não dá mais para carro duas portas. E ainda mais agora que minha mãe já está idosa e muitas vezes passeio com meus sogros. Já pensou eles com mais de 70 anos tendo que fazer contorcionismo pra entrar no carro?
    Carro quatro portas é praticidade. Não tem comparação. Lembro quando eu tocava numa banda de rock. Sempre dava carona para um amigo tecladista. O teclado dele não cabia no porta-malas. Colocava no banco de trás graças as quatro portas. hehe.

  • Carlos Eduardo Fernandes

    Totalmente apoiado!!! detesto compactos e sedans ditos esportivos com 4 portas, mas to tomando um belo saculejo pra vender meu fox 2 portas!!!

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend