Governamental/Legal História Montadoras/Fábricas Segurança Volkswagen

A relação da Volkswagen com a ditadura militar no Brasil

volkswagen-anchieta A relação da Volkswagen com a ditadura militar no Brasil

A Volkswagen ordenou uma investigação sobre sua relação com a ditadura militar no Brasil, onde esta imperou entre 1964 e 1985. No entanto, o jornal alemão Süddeutsche Zeitung e as emissoras de TV estatais NDR e SWR, conseguiram acesso exclusivo ao material do inquérito sobre a colaboração da empresa com o regime naquele período, sendo esta mais intensa do que se imaginava.



Vários documentos considerados secretos foram acessados pelo trio de imprensa alemão, sendo muitos deles do extinto Dops (Departamento de Ordem Política e Social) e do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha. Sabe-se, por exemplo, que a matriz em Wolfsburg só teve conhecimento do que acontecia na Volkswagen do Brasil por volta de 1979.

De acordo com o publicado pelo Süddeutsche Zeitung, dentro da fábrica da VWB na Anchieta, os empregados eram presos e torturados pelo Dops. O motivo dessas ações era que os funcionários fariam parte de um grupo de oposição que distribuía material comunista e fazia reuniões sindicais.

Segundo a investigação e também entrevistas da imprensa alemã com ex-funcionários, detidos em 1972, a Volkswagen espionava os funcionários para saber suas ideologias e se haviam se juntado ao grupo oposicionista. Os nomes eram colocados em “listas negras”, entregues diretamente ao Dops, que assim executava as prisões e submetiam os empregados à tortura, alguns durante meses.

Um ex-funcionário teria sido torturado por oito meses e preso por mais 16 meses. Esses períodos de detenção e agressão contra o antigo empregado se deu com a colaboração do serviço de segurança da Volkswagen, acusado de ser o braço da polícia política do regime dentro da fábrica.

Para o historiador alemão Christopher Kopper, havia uma colaboração “regular” entre os dois lados. A empresa teria permitido a prisão de funcionários e assim contribuído de certa forma para essas detenções. Ele sugeriu um pedido de desculpas aos ex-funcionários. Por volta de 1979, empregados da VWB teriam ido até a Alemanha para confrontar o presidente da empresa na ocasião, Toni Schmücker, revelando assim a colaboração entre a filial e a ditadura militar brasileira.

Centros de detenção e tortura

A Volkswagen não se pronuncia sobre o teor das informações, reiterando que a investigação interna está sendo tocada por Kopper, que entregará o resultado final do levantamento do caso no final do ano. No entanto, paralelamente, uma inquérito foi aberto em São Paulo há dois anos para apurar a colaboração da VW com o regime ditatorial naquele período.

A investigação revelou que a montadora tinha dependências dentro da fábrica da Anchieta, que foram cedidas aos militares, que as utilizavam como centros de detenção e tortura. Durante o regime, a Volkswagen do Brasil teria doado 200 veículos para as autoridades, que os utilizavam nos serviços de repressão.

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) constatou após as investigações que diversas empresas privadas, nacionais e estrangeiras, contribuíram com apoio financeiro e operacional para o regime. A comissão investiga violações de direitos humanos cometidas durante os anos em que o Brasil foi governado pela ditadura.

[Fonte: Folha]

Agradecimentos ao Francesco Rey Mauro.

  • Handlay P.B.

    Não sei, melhor do que o comunismo ser implantado no Brasil que acabaria matando quem fosse contra como ocorreu em Cuba, além de nessa época o Brasil tinha segurança com pouca bandidagem e sem os quase 60 mil homicídios/ano que há hoje. Não estou defendendo a Ditadura Militar mas mostrando apenas algumas vantagens.

    Mas não julgo correto defender ou atacar a Ditadura posto que nessa época, contexto de Guerra Fria, a elite globalista certamente estaria financiando os dois lados (capitalismo e comunismo) para controlar a humanidade de acordo com seus interesses.

    • Leonardo

      Dica: se a VW não tivesse feito isso, não teria sido implantado nenhum comunismo no país. Não é como se os militares dependessem disso. A VW que foi mal caráter mesmo.

      • Yuri Lima

        Exato. Defender a tortura de funcionários “pra defender o país das milhões de mortes do comunismo” é ridículo.

        • Deadlock

          A tortura é execrável, mas que o comunismo provocou milhões de mortos, isso é verdade. Na ex-URSS, a estimativa é de 6 a 12 milhões, sendo 3 milhões só de ucranianos (pesquisem por homodor), na China de Mao, a estimativa é de 50 milhões (a maioria de fome), no Camboja, 1,5 milhão (executados), em Cuba, cerca de 100 mil, na Alemanha nazista (que era só socialista), 9 milhões, sendo 6 milhões de judeus.

          • Daniel

            Por outro lado… quantas milhões de pessoas também morreram por causa do capitalismo? Se colocar na ponta do lapis, é muito mais!

      • A VW negocia com a China comunista. Eles são bem pragmáticos, mesmo.

        • Edson Fernandes

          Só a VW?

          • MauroRF

            Claro que não só ela, mas ela sempre foi muito pragmática, para que seus negócios nunca fossem atrapalhados. E muita empresa faz isso por aí até hoje.

        • thi

          só a vw??

          • MauroRF

            Claro que não só ela, mas ela sempre foi muito pragmática, para que seus negócios nunca fossem atrapalhados. E muita empresa faz isso por aí até hoje. O negócio dos caras é ganhar grana custe o que custar.

        • Raul Pereira

          Apesar da China se dizer comunista, ela é o país mais capitalista do mundo. Um país pode se dizer o que quiser, o que importa é o meio com o qual você produz e distribui riquezas, e o modo da China é totalmente capitalista. É um país em que o governo diz o inverso do que faz, se dizem uma democracia, mas são um governo totalitário ‘de leve’, pois os presidentes, para entrarem nas eleições, devem ser aprovados pela cúpula do governo. Inclusive Hong Kong tem uma briga muito feita por conta de poder eleger qualquer presidente que queira se candidatar e não o selecionado pelo partido Chinês.

          • Mas até onde sei qualquer empresa que atua na China precisa ter um sócio chinês que detenha no mínimo metade do capital, isso inclusive acontece com as montadoras de carros. E no Brasil se controla a venda de terra para estrangeiros e consideram que o governo se mete na iniciativa privada.

            • Raul Pereira

              Aí entra a parte ditatorial da China. Na real, tanto lá quanto aqui isso é protecionismo de mercado, algo muito difícil dos governos acertarem a mão. O fato é que pra produzir ela é capitalista, mas as regras são ditatoriais em muitos casos, caóticas em outros (quem trabalha com comércio exterior e lida com muitas empresas chinesas sabe).
              Inclusive, tem casos de funcionários de companhia aérea com ritos de passagem de ficarem presos no bagageiro por horas, funcionários de bancos levando palmadas na bunda por não baterem a meta, essas atrocidades. E se reclamarem, ficam marcados.

          • Darwin Luis Hardt

            exatamente, palavras não valem se as atitudes não condizem com a realidade. Igual o PSDB, que de socialista não tem nada, pois estão pouco se lixando para a sociedade.

            • Raul Pereira

              Outro bom exemplo!

        • Bulldog

          Só a VW?

        • FocusMan

          Só a VW?

      • FocusMan

        Isso é verdade… A VW se aproveitou do momento para perseguir os sindicalistas que queriam melhorar as condições dos trabalhadores.

        Mas a verdade é a que a maioria desses caras eram comunas…

        • Eram pessoas. Isso basta para condenar tais atos.

    • Paulo Reis

      Quando eu vejo gente acreditando nesse processo de puro autoritarismo e achismo, tipo “aquele cara é comunista, pega ele” dai colocam no pau de arara e tortura.. tortura.. e pergunta: “É comunista, porr@!!!, responde!!??” e toma porrada. No fim o cara confirma que, não somente ele mesmo, mais amão, o pai, o primo: toda a família é comunista. e toma corpos sumindo, gente que foi escola e não voltou, enfim. Muito falta de sensibilidade e empatia para um regime condenado no mundo inteiro! Mas vai lá, vc aprendeu que comunismo é do mal. E hoje, olhando para a pobre Cuba e seus numeros fica a dica, tem seus problemas e, tem seus méritos. O resto é buchicho e desinformação proposital, abraça quem quer.

      • Yuri Lima

        Essa onda de “revisionismo” histórico é mais uma jabuticaba que só existe no Brasil.

        • Raul Pereira

          Como assim?

          • Yuri Lima

            Comentei mais abaixo, amigo.
            O povo anda tirando (não sei de onde, e sem fonte alguma) ideias de que a História estava errada. Deturpa-se tudo em função de uma interpretação que nunca existiu.

            • Raul Pereira

              Ah sim

            • Paulo Reis

              Por isso do projeto do “escola sem partido” tirar a matéria História da grade. Com real e calculado alvo de alterar um fato para contar uma ladainha absurda. Meu, nosso momento é típico do pré-nazismo, pré-ditadura. Estamos ferrado!!!

              • Bulldog

                Estávamos caminhando para um socialismo “moderno” como o da venezuela com o Petê e seus partidos anões como Rede e Psol. Não estamos livres, pois ainda tem gente muito podre na política brasileira, inseridos também no PMDB e no PSDB… Tomara que elejamos gente com viés mais liberal nas próximas eleições…

                • Darwin Luis Hardt

                  tem que tomar muito cuidado com legendas de partidos. Não querem dizer absolutamente nada. Pois o DEM, que significa Democratas, era o antigo ARENA. Partido da ditadura militar. Parece piada, mas não é.

              • Deivid

                Toda vez que se quer desqualificar alguma coisa mas não tem argumentos algumas pessoas fazem referencia ao nazismo, é incrível a falta de compromisso com a realidade e também o desconhecimento histórico.

      • Handlay P.B.

        Você está sendo parcial, ambos os sistemas foram ruins só que a Ditadura aparentemente foi para evitar o comunismo que a meu ver seria bem pior posto que teria + pobreza, o fim da propriedade privada e se alguém fosse contra seria fuzilado. Repito novamente: provavelmente os dois lados (capitalismo e comunismo) foi financiada pela elite do mundo para controlar a humanidade de acordo com seus interesses.

        • ViniciusVS

          Intervenção militar deve somente existir em casos extremos para garantir a democracia, no caso convocar novas eleições e evitar um golpe.

          Tomar o poder por 20 anos, alterar legislação e defender “padrinhos” não é e nunca foi pensando no melhor para o povo, o regime militar foi um atraso para o Brasil tanto quanto uma ditadura comunista seria. Autoritarismo cego de ambos os lados e defesa de interesses próprios

          • FocusMan

            Os militares erraram sim… Isso é fato.

            Mas a entrega do poder aos Militares em 1964 foi necessária.

            • ViniciusVS

              Entrega de poder nunca é necessário. Militar tem que cuidar da segurança pública e garantir democracia.

        • Raul Pereira

          Nesse ponto “de parecer mais pobre”, as ditaduras de extrema esquerda tem como característica porque usam (claro, de modo totalmente distorcido) a máxima de “você não precisa de mais que isso para viver” para que o governo tenha menos gastos com tudo e menos variedade (como ocorre na Venezuela). O que de fato deixa o povo vivendo literalmente na lama. Nas ditaduras de extrema direita é um pouco menos pior nesse aspecto isolado. Mas como você disse, em ambas, o povo sai perdendo feio.

      • Mas aí tem os dois lados. Muitos que de fato foram torturados e perseguidos pelo regime militar quando conseguiram chegar ao poder através do voto simplesmente saquearam os cofres públicos, vide alguns membros dos principais partidos políticos. Lógico que inocentes também foram perseguidos, mas a pergunta que não quer calar, até que ponto o regime militar estava errado em perseguir pessoas que depois roubaram o Brasil?

        • Paulo Reis

          Cara, anota ai: O MUNDO inteiro condena a ditadura!!! O mundo inteiro sabe que os militares eram corruptos, que a liberdade de imprensa não existia! Houveram massacres, traumas, e tudo o mais na base da porrada e NINGUÉM sabia, somente depois que o regime terminou a merda ficou veio a tona!!! Isso é típico de massa de manobra que acreditam nos militares como posso de idoneidade! Sai nos memes do MBL, do Bolsonaro, cara, ta intoxicado de balela!!!

          • FocusMan

            As pessoas de bem que viviam nesda época me contam coisas diferentes.

            • mjprio

              Concordo

            • Va Luck

              até porque os ‘militantes’ apenas tinham como objetivo trocar a ditadura militar pela ditadura do proletariado … ou seja não havia a intenção democrática, apenas a intenção política de tomada de poder pelos que defendiam a esquerda.

          • FocusMan

            Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 8

            – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência sem violência.

            – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

            – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

            A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

            Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

          • mjprio

            Pelo que me consta Paulo, e de acordo com o que os mais velhos so era perseguidos os vagabundos que queriam anarquizar com o país. Estove no chile recenrecentemente e la diferente do que diz a midia esquerdista, o pais alcançou niveis de educação proncipalmente superior e desenvolvimento, alem de baixos niveis de violência e trafico de drogas, graças ao Pinochet que ao passo em que desceu o cerol nos comunistas e nos traficantes colombianos que assolavam o pais, promoveu incentivo ao ensino. Hoje a Michele Bachelet arrebentou com todo o desenvolvimento e amarga um pessimo indice de popularidade. A direita vai tomar o poder de novo no país. Enquanto isso esta Cuba no atraso e a Venezuela que mal tem papel higiênico. Centenas de venezuelanos atravessam por Roraima e chegam aqui a Manaus correndo do regime ” democratico” do Sr maduro

      • Bulldog

        Que baboseira filho! Nunca foi assim. Os caras que foram presos, torturados, perseguidos, aprontaram muito e foram muito poucos se comparados com o regime de Cuba, por exemplo. Na região onde moro, NUNCA vi ou fiquei sabendo de nada disso, ou que tenha acontecido com alguém próximo. Agora, atualmente, conheço vários, presos, torturados, sequestrados e sumariamente executados, mortos apenas por serem trabalhadores e possuírem algo que interessasse aos criminosos que andam livres, leves e soltos, como políticos corruptos, filhos da social democracia brasileira!

        • Paulo Reis

          Dica, meu chapa. Mude para Coreia do Norte, volte e nos conte a importancia da ditadura!!! Não garanto que ira voltar no banco do avião, talvez… kkkkkkkkkk to ancioso esperando kkkkkkk

          • Bulldog

            Comparar o governo militar que houve no Brasil com a ditadura da Coreia do Norte demonstra sua total ignorância, ou mal caratismo… Não tem nada a ver uma coisa com a outra…

            • Paulo Reis

              Putz, enfiar guela abaixo que a ditadura brazuca foi boa é o que? Crime de formação de quadrilha inafiançável??? Ditadura é ditadura, sabe olhar no dicionário??? Continuo com a dica de ir lá, por faovr, na Coreia do Norte nos contar a experência de necessárias ditaduras.

              • Bulldog

                Pelo jeito tu é um comuna de maior classe!!! Relativizando e querendo dizer que tudo é igual… Não disse nem que houve ditadura, nem que foi bom… Mas hj em dia no Brasil não temos muitas liberdades, como alguns pregam… Temos que pagar os impostos e ficarmos quietos ante corrupção, falta de segurança, falta de infra estrutura, falta de educação e saúde pública…

              • Va Luck

                Paulo Reis a intenção dos subversivos ( denominação dada na época) não era a de lutar por democracia, mas tão e simplesmente substituir a ditadura militar pela ditadura do proletariado o que dá na mesma … ou pior. Vivi nessa época no ABC. Acompanhei de perto o movimento estudantil. Não se trata de defender a ditadura militar, ditaduras, sejam quais forem são condenáveis, mas de se dar a correta posição das forças que se opunham à ditadura querendo implantar outra de cunho socialista.

          • FocusMan

            A Coreia é Comunista. Regime que dilma e os amigos queriam implantar aqui

        • Paulo Reis

          Você esperava que o jormall lhe contasse o que acontece debaixo da asa das autoridades militares??? kkkkkkkkkkkkk

          • Bulldog

            Não, eu vivi na época…

      • Lucas

        Tudo que conhecemos é a história desse período que foi contada adivinha por quem? Pelos comunistas, é claro! A partir da estratégia gramsciniana de dominação eles tomaram as universidades, os editoriais de jornal, as clinicas psiquiátricas etc etc enquanto os idiotas dos milicos estavam atrás dos “bois de piranha” no meio do Araguaia – e o resultado é justamente esse que você acabou de comentar: História unilateral, vitimista e maquiada por eles mesmos, excluindo de todos os livros as crueldades cometidas pelos “revolucionários”, como justiçamentos, estupros, sequestros de autoridades, roubos a bancos, ataques com bomba à quartéis etc etc, sem esquecer do objetivo primário que era sim, a implantação de um regime semelhante ao do tão admirado Fidel.
        Não tô dizendo exatamente que devemos agradecer aos militares por tudo isso, já que eles passaram muito mais tempo do que prometeram e deveriam, mas procure se informar sobre a outra face dessa história. Afinal, o que é ciência senão o apreço pelo contraditório?

        • Paulo Reis

          Véio, sai dessa. Vou ler a matéria pra vc. A matriz da VW alemanha (país que tem extrema vergonha do regime nazista e, fazem de tudo para apagar essa história similar a ditadura, alias). Ela EXCLARECEU o que aconteceu na sua planta na Anchieta, mostrou ao mundo e ao Brasil, colocou os pingos no ís e confessou sua participação. Pergunte a VW o mesmo que pensa, se ele achou importante o regime. Pergunte ao mundo o acha, se gostaram da ditadura nos outros países. Alias, uma ótima dica, mude para Coreia do Norte!!!! Ditadura não foi importante??? mude para lá e nos conta depois kkkkkkkkkk

          • Bulldog

            Aliás, na Alemanha, houve um fortíssimo regime de esquerda, implantado pelo Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei, partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães… Semelhante ao regime da Coreia do Norte, Cuba, Venezuela, ao que houve na China, no Camboja, no Vietnã, na Rússia, e Alemanha Oriental.

            • Huang Sen

              O Brasil deve ser o único lugar do planeta onde pensam que o nazismo era de esquerda.

              Fala isso pra um alemão e vê o que ele acha disso.

            • Luciano

              Nazismo, ideologia de esquerda? Deve ser por isso que o Hitler “amava” a União Soviética, hehe… O movimento nazista surgiu depois da Primeira Guerra Mundial como uma “terceira via”, uma alternativa ao socialismo marxista e ao capitalismo, fazendo fortes críticas a ambos.

              • FocusMan

                Não tem nada a ver uma coisa com a outra… O partido Nazista se chamava Partido dos Trabalhadores. Alguma semelhança?

                • Luciano

                  Só no nome.

          • Lucas

            Cadê o senso das proporções? Quer comparar a “ditadura” militar com suas 400 mortes diretas em vinte anos de regime (acusadas pelos próprios comunistas, já englobando os “justiçados” e os que vivem até hoje em Cuba), com os 10 milhões mortos pelo regime marxista dirigido por Hitler? Pelo visto não parece ignorância, apenas desonestidade sua mesmo.
            Eu não falei nada sobre importância ou irrelevância de ditaduras, quaisquer que sejam elas, no meu último post.
            E eu não apoio exatamente o período militar, penso que deveriam ter deixado o poder logo após a diminuição da ameaça comunista, mas não deixo de levar em consideração a validade do que foi feito por eles.

          • Va Luck

            Paulo Reis, recomendo que você vá ao “Memorial da Resistência” e veja a exposição das cartas dos detentos políticos da época. Vai perceber que os fatos não foram bem assim como você pensa. Mesmo sob censura (e ela era relativa e até certo ponto branda) e não tão feroz como querem alguns que se acredite.

        • MauroRF

          Cara, bato direto nessa tecla da estratégia gramsciana, que, infelizmente, deu certo. Por isso que a imprensa é esquerdista hoje desse jeito e também explica essa bagunça generalizada. Os comunistas viram que pela força não deu certo, então eles querem destruir instituições, aparelhar o estado, infiltrar-se em escolas, universidades (repare que os professores em sua maioria são esquerdistas), na cultuara (os artistas em sua maioria são esquerdistas, que coincidência, não?). Também explica esse mimimi desse politicamente correto de hoje. E eles usam toda essa gente “desfavorecida” como massa de manobra: pode ver que ficam nessa de “defender” bandidos, homossexuais etc., mas na verdade eles usam essa gente como massa de manobra, pois a finalidade deles é “chegar lá” e depois que se danem todos. O Olavo de Carvalho bate nessa tecla direto. O problema dos militares é bem isso que você disse, eles ficaram correndo atrás dos caras, mas os deixaram livres para propagar suas ideias em universidades, na cultura etc. A Constituição de 1988 é bem fruto disso.

        • mjprio

          Altissimo padrão o seu comentário

      • Igor Pricandi

        Paulo não quero repetir o que já escrevi logo abaixo, mas é por ai. Só quem viveu aquele momento e estava na vw como eu sabe. Qualquer questionamento era motivo para denuncia, condições de trabalho, equipamento de segurança e até “amigos” que desejavam uma promoção iam até o dp e informam que fulano era comunista, e voilá, o cara era demitido, sumia, etc. E a vaga estava livre. Tinha de tudo. O relato que fiz abaixo é o mais grave com o qual eu convivi. Não tinha nada a ver com comunismo, era oportunismo e mal caratismo puro e simples.

    • Yuri Lima

      ” o comunismo ser implantado no Brasil que acabaria matando quem fosse contra como ocorreu em Cuba ”

      Trocamos o comunismo matando quem fosse contra pela ditadura militar que matava e torturava quem fosse contra (independentemente de ser comunista ou não, tudo era tachado nessa vala comum)

      • Handlay P.B.

        Por isso não acho bom ser parcial, ambos os lados foram financiados pela elite do mundo para controlar a humanidade de acordo com seus interesses.

        • Raul Pereira

          Isso, sempre! kkkk
          Sempre tem um grupo por trás das cortinas mexendo pauzinhos. Muitos dizem ‘poder não tem ideologia”

        • Matheus Rozante

          Fico feliz em ver que mais alguém neste país sacaneado ao extremo sabe que o planeta Terra é controlado por um certo grupo( nem quero dizer o nome), eles mandam/desmandam e escolhem todos os líderes para nos dominar(o plano vem funcionando mas com falhas graças a uma força de Luz amiga).
          Enquanto isso o povo briga entre si e acredita que escolhe os políticos “honestos” para governar…

      • FrankTesl

        os registros históricos (tortura nunca mais) apontam 300 mortos e desaparecidos pelo regime militar brasileiro
        só fidel e che matavam isso por mês em Cuba, com população 10x menor.

        • Yuri Lima

          Seres humanos morreram em ambos os lados. Defender um ou outro porque matou mais ou menos é ridículo. Ditadura militar brasielira e Ditadura comunista militar cubana foram nefastas para todos.
          Qualquer regime autoritário não deve ser aceito.

          • FrankTesl

            O problema é que muitos canastrões que se escandalizam se mostram horrorizados com o regime militar brasileiro, que sim foi deplorável e sim deve ser repudiado, adoram idolatrar o regime comunista cubano, que matou, reprimiu e ainda persegue muito mais gente, que começou antes do regime militar brasileiro e ainda não terminou.
            São pessoas que têm os manos castro, che guevara, chavez e outros pulhas como ídolos máximos, mas mesmo assim dizem ser “defensores de democracia” no Brasil…

            • Yuri Lima

              SIm sim. Infelizmente ambos os lados apresentam cegos defensores que não toleram críticas e só salientam (em suas perspectivas) o que foi bom do próprio lado e o que foi ruim no oposto.
              Lamentável

            • Raul Pereira

              Sim, muitos hoje criticam a cegueira de corrupção dos partidos rivais (PMDB e PSDB), mas fingem que não há nada de errado e não se manifestam com as atrocidades da Venezuela. Sinto que a esquerda brasileira (sem querer ser pejorativo) tem uma carência muito grande nesse ponto, ou falta de culhões mesmo.

              • FocusMan

                Tenho alguns familiares assim. Eles nunca postavam nada a favor da punição da corrupção no governo PT, mas ficam postando coisas agora que o Governo é do Temer, como se existisse uma guerra sobre quem fez menos coisas erradas.

          • FocusMan

            Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 7

            – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência com violência.

            – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

            – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

            A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

            Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

        • Raul Pereira

          Isso é o que foi encontrado. Fora o que não foi.

        • Se for olhar friamente só no Rio de Janeiro foram mortos 100 policiais esse ano. Dessa forma esse número de 300 chega a ser irrisório.

      • Raul Pereira

        Sim, era igual a caça às bruxas da Santa Inquisição, tudo era considerado subversivo. Mesmo que você não concordasse com o esquema comunista, podia ser taxado como subversivo (logo, torturado e morto) por não dizer exatamente o que o governo queria que dissesse.

      • Bulldog

        Você sabe quantos morreram no regime militar? Ouvindo papagaios como você falando, parece que morreu metade da população brasileira! Uma dica, muito menos do que 60.000 homicídios por ano gerados pelas “vítimas” da sociedade atual!!!

        • Lucas

          Pois é, imputam aos 20 anos de regime cerca de 400 mortes. Isso mesmo, apenas QUATROCENTAS mortes em VINTE anos de “ditadura. Considerando os que estão até hoje vivendo em cuba e os que foram mortos por eles mesmos nos “justiçamentos”, há de se concordar que é um número baixíssimo.
          Apenas na tão aclamada revolução cubana, estima-se que cerca de CEM MIL tenham sido assassinados por interferência direta do estado.
          Falta senso de proporção às pessoas – ou honestidade.

          • Alligator

            e de fome e doenças quantos foram ????
            ps. uma pena que aqui no Huezil a “revolução” não acabou como na Argentina, pois poderíamos mandar para o manicômio esse pessoalzinho da intervenção militar

            • Bulldog

              Ainda bem que o molusco acabou com a fome no pais não é cumpanheiro? Isso agora é coisa do pasado!

              • Alligator

                claro que existe fome, mas comparado com o Brasil ame-o ou deixe-o é TIPO um 7×1

            • FocusMan

              Então, vamos dizer que isso não foi culpa dos militares. Isso foi culpa do Getúlio, quando permitiu que milhões de pessoas viessem do campo para as cidades atrás da “industrialização”.

              Os militares erraram bastante, e não deveriam ter ficado no poder por mais do que um ano.

      • FocusMan

        Foi bem diferente. Quantas mortes atreladas ao regime militar?

        Agora, quantas vidas foram salvas pelo Brasil não ter sido tornado comunista?

        Trecho de um livro muito bom que eu já li – O lado negro do comunismo

        “O comunismo produziu quase 100 milhões de vítimas, em vários continentes, raças e culturas, indicando que a violência comunista não foi mera aberração da psique eslava, mas, sim, algo diabolicamente inerente à engenharia social marxista, que, querendo reformar o homem pela força, transforma os dissidentes primeiro em inimigos e, depois, em vítimas.”

        • MauroRF

          Cara, se formos contar quanto Stalin matou…

    • Igor Pricandi

      Handlay quem teve amigos torturados a coisa não fica tão simplista assim. Não se tratou de captalismo x comunisno, ou ainda democracia x comunismo. A coisa foi oportunista e vil.
      Eu fui funcionário das três montadoras vw, ford, gm. Eu vivi essa fase. Não era necessário que o colega fosse filiado a sindicato, partido, guerrilha, etc. Bastava que ele se opusesse a qualquer coisa na fábrica. Desde condições de trabalho, falta de equipamento de segurança, pressões de qualquer natureza. Qualquer coisa que ele manifestasse era colocado como se o coitado fosse um comunista, notificavam o dops ou doi-codi. Tenho um amigo que não citarei o nome que ficou paraplégico por tortura apenas porque reclamou quando os salários foram congelados e a inflação era coisa de uns dez por cento ao mês. Ele sumiu, quando apareceu três meses depois estava lesionado e alegaram que ele havia sido atropelado, o que ele negou. No meio das dificuldades óbvias seu casamento desfeito, e apenas depois de 2000 ele conseguiu uma pensão. Outros casos eram de perseguição à família, interrogatórios, etc. Resumindo, isso não era restrito a vw, muitas empresas faziam isso, mas a maioria era de empresas brasileiras. Sejam elas quem forem tem que arcar com suas práticas. Não importa se é vw, gm, ford, fiat, etc. A vw tem fãs igual ao corinthians, quando se começou a falar do dieselgate disseram que era um complô, hoje se sabe que não, e que, não apenas ela fraudou. Não há santos quando há dinheiro e poder envolvidos.

      • FocusMan

        Triste esse relato.

        Mas prefiro um mundo assim do que um mundo que eu não possa ir a rua comprar pão como o de hoje.

        Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 6

        – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência sem violência.

        – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

        – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

        A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

        Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

    • Igor Pricandi

      Complementando: Apenas como exemplo, a Inglaterra é um país democrático, culto, etc, etc, etc. Mas quanto tempo ela apoiou o aphartheid na áfrica do sul apenas para poder explorar ouro e diamantes? Resumo: Faça o que o eu falo, não o que eu faço. É assim que a banda toca, infelizmente.

      • Raul Pereira

        Complementando, já que estamos falando de direitos civis: assista Jogo da Imitação, fala sobre Alan Turing, que basicamente inventou a criptografia contra os nazistas. Ele tomou o rumo da guerra pois conseguiu decifrar o código nazista, mas por ser homossexual, ainda foi processado depois pelo governo e teve opção de ir para a cadeia ou castração química, ele escolheu o tratamento e se matou por conta dele (era um tratamento brutal que acaba com o cérebro da pessoa). Isso porque ele salvou a Inglaterra. É mais uma característica disso que você falou.

      • FocusMan

        Um monte de países na Europa que pregam um socialismo pais e amor, só mantém esse modo de vida porque exploram outros povos vendendos tecnologia.

    • Raul Pereira

      O problema da ditadura é que ela joga pra baixo do tapete. Aqui também foram mortos e torturados todos aqueles que iam contra a ditadura militar, assim com foi em cuba. Inclusive muitas professoras minhas tiveram que esconder livros de psicologia dentro do palanque da sala porque eram ”subversivos”
      O fato é que naquele período histórico houve muitas ditaduras nas Américas, alguns países ficaram com ditadura de esquerda (Cuba, Venezuela e tal), outros com ditadura de direita (aqui e Argentina). No fim nenhuma ditadura presta e todas atrasaram em décadas o desenvolvimento dos seus países. Aqui nós estávamos já chegando no que seria um sistema de saúde público gratuito para todos (tipo Inglaterra, Canadá e França, melhores do mundo), a ditadura veio, vendeu todos os hospitais que tinha (claro que ninguém sabe pra onde foi o dinheiro) e disse que saúde era problema das empresas que empregassem seus funcionários. Se não tivessem feito isso, teríamos saúde gratuita e de qualidade, como é dever do Estado e as empresas seriam muito menos oneradas com a prestação desse serviço. Muitas pessoas hoje defendem a extrema direita achando que vai haver ‘menos Estado’ e será melhor para as empresas,mas nem tanto tempo atrás não foi assim que aconteceu, foi justamente o contrário.

      • FocusMan

        Não, não foi bem assim… Houve uma generalização muito grande sobre o que aconteceu na ditatura.

        • Raul Pereira

          Se você está falando da parte de saúde, foi assim, sim. Já li três livros, sobre história da saúde no Brasil e saúde do trabalhador, história do SUS, e um sobre diretrizes de saúde (inclusive é documento produzido pelo governo federal). Todos concordam nesse aspecto, é um fato de política que aconteceu de verdade – uma precarização sem limites do nosso sistema de saúde.

    • João Cagnoni

      Discordo do seu ponto de vista em assumir que o comunismo precisa ser totalmente ditatorial (igual sempre aconteceu rsrs). De maneira geral também existem muitos países capitalistas e ditatoriais, mas isso não é divulgado pela mídia. Pra mim não haveria nada de errado com Cuba desde que as pessoas estivessem livres para entrar e sair quando quisessem.

      • Raul Pereira

        Exato, colega. As pessoas tem dificuldade em diferenciar (porque nunca estudaram, eu mesmo tinha essa visão antes de entrar na faculdade) teoria do comunismo desenvolvido por Marx (e as análises dele sobre produção de riquezas eram excelentes) do que foi aplicado até hoje na prática, onde ditadores usavam essa teoria de desculpa para deixar o povo viendo na lama apenas com o que era necessário.
        Ah, e a China é um capitalismo ditatorial. Eles podem se dizer o que quiserem, mas o que importa é o modo como produzem e distribuem $$.

      • Handlay P.B.

        E não ter propriedade privada? JAMAIS!!!

        • Alligator

          Singapura é o exemplo máximo do capitalismo aonde 90% da propriedade é estatal

          • Handlay P.B.

            Passarei longe de Cingapura também.

      • FocusMan

        O comunismo n funciona sendo implantado de maneira pacífica. Leia um pouco sobre as teorias de Gramsci.

        • João Cagnoni

          Com certeza não, mas pode ser que funcione um dia. Esse é o principal argumento de um comunista. Quem sabe daqui 300 anos.

        • MauroRF

          Nunca mesmo, Focus. Aí, só de forma “gramsciana”, como já anda sendo feito aqui há tempos. E de forma pacífica nunca dará certo porque somos diferentes uns dos outros, e ninguém quer ser igual ao outro. No comunismo, você mata a livre iniciativa, a criatividade e nivela todo mundo (na minha opinião, por baixo). E tirando a elite que fica no poder usufruindo das benesses capitalistas, 99% da população fica na m…

    • Igor Pricandi

      Essa é quentinha e põe fim a qualquer dúvida. A vw nomeou um nazista no brasil que montou um departamento de repressão. O link da matéria do uol: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/deutschewelle/2017/07/27/um-comandante-nazista-na-volkswagen-do-brasil.htm

    • Nicholas United

      Para entender o sentido da “ditadura” militar no Brasil é preciso saber o que são os três esquemas de elite que controlam o mundo desde o inicio do século XX ( esquema globalista, russo-chines e o islamista-califado)

  • FocusMan

    Para mim, qualquer coisa que foi feita para evitar o comunismo de ser implantado no Brasil foi válida.

    O Comunismo criou muito mais miséria, tortura e mortes do que qualquer outra ação feita para impedi-lo.

    Maldito sejam os esquedopatas que tentam ferrar o mundo somente para ver suas ideologias vencendo confrontos intelectuais.

    • Huang Sen

      “Maldito sejam os esquedopatas que tentam ferrar o mundo somente para ver suas ideologias vencendo confrontos intelectuais.”

      Um pouco mais de leitura (livros, não sites) e você saberia que entre os países mais pobres do mundo não tem nenhum comunista, só capitalistas.

      • duhehe

        “Um pouco mais de leitura (livros, não sites)” .. essa falacia é clássica.

      • Lucas

        Aham, a África é repleta de ditaduras capitalistas mesmo…
        Foi ironia, pra caso você não entenda…

      • FocusMan

        Ta çerto… Estou aqui em um País que era comunista no momento. Ja perguntei a mil pessoas se achavam bom. Ninguém quer ser comunista de novo.

        Ah… Estive na suecia tb. Não vale dizer que lá é comunisrs viu…

    • Raul Pereira

      Cara, você precisa urgentemente estudar história, não teve nada a ver com evitar o comunismo.
      “Maldito sejam os esquedopatas que tentam ferrar o mundo somente para ver suas ideologias vencendo confrontos intelectuais.”. Nas linhas de cima você acabou de dizer a mesma coisa que condena no comunismo, essa coisa de que os fins justificam os meios sempre é o que leva a ditaduras e governos totalitários.

      • FocusMan

        O Brasil precisou do que aconteceu. Acho que você precisa estudar história e não eu.

    • Diogo Augusto

      ????????????????
      Tu usa maconha estragada?

      • FocusMan

        Uso não. Comunismo é a maconha estragada.

        • MauroRF

          kkkkkkkk, boa!

      • FocusMan

        Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Copia 2

        – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência com violência.

        – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

        – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

        A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

        Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

        • MauroRF

          O ser humano é movido a medo. Se endurecer as leis e a polícia sair prendendo com ostentação, os índices de violência começam a cair na hora. Agora, com esse esquerdismo dominante no Brasil, nunca que as leis serão endurecidas. Estamos lascados.

  • th!nk.t4nk

    Parabenizo a VW pela ajuda pra combater o comunismo. Os métodos podem ter sido questionáveis, mas não cabia à empresa decidir sobre isso. O que certamente a VW não poderia fazer é acobertar estes criminosos. Não fosse isso, muito mais gente teria morrido nas mãos dos comunas, como vimos em absolutamente todos os países onde implantaram o regime.

    • Bruno_O

      eh… combateu o comunismo mas bem q bebeu do dinheiro do nazismo :P

      • Yuri Lima

        E muito!

        • MauroRF

          Exato.

      • Huang Sen

        Falar de nazismo não chega a incomodar, o que não falta é gente que tem admiração não assumida pelo cara de bigodinho.

        • th!nk.t4nk

          Tem mais gente ainda fã dos grandes ditadores comunistas, que mataram bem mais :)

          • Alligator

            se for usar o mesmo método de calculo para alguns da direita não precisa nem ser ditador ex: Churchill e seus 30 milhões mortos na Africa e Asia Meridional

          • MauroRF

            Tipo o Mao, o Stalin (esse sim matou adoidado), Fidel etc. Aliás, assista a um vídeo no YouTube “Stalin, el tirano rojo”, vai ficar bem chocado. Já mandei esse vídeo a vários comunistas, e os caras rebatem falando que é armação, montagem, os caras têm desculpa para tudo!

        • Raul Pereira

          infelizmente é verdade

      • MauroRF

        E como bebeu.

  • thi

    Eu parabenizo a Volkswagen . O comunismo sim seria algo castigavel .
    Obrigado vw .

  • alexandre

    Não sou fã de marca nenhuma de automóvel. Mas tenho q reconhecer q se um dia eu ficar em dúvida sobre a compra de carros de diferemtes montadoras, vou pender para a VW pelo glorioso serviço prestado à pátria. Obrigado VW!!

  • Léo Dalzochio

    “Ditadura militar”… O pessoal do Noticias Automotivas também foi contaminado pela bactéria comunista da lavagem cerebral? Tá legal essa democracia narco-cleptocrática que estamos atualmente né?

    • Diego Lip

      A partir do momento em que você tem a sua liberdade de expressão proibida, e você é monitorado pelo que fala, é ditadura meu caro.

      • Leonardo

        As pessoas querendo negar que existiu ditadura militar chega a ser comédia. Tipo negar o holocausto. Realmente o nível educacional do país é muito baixo mesmo.

        • Yuri Lima

          Essa onda de “revisionismo” histórico é mais uma jabuticaba que só existe no Brasil. Como os sedans 1,0

          • Luciano

            Infelizmente não é só no Brasil não, vide o que está acontecendo na Europa.

            • Carlos

              Exato. É um revisionismo de tudo. O homem nunca esteve na lua, agora a terra é plana… daqui a pouco surge a teoria de que ondas eletromagneticas na verdade são espíritos.

            • E nos Estados Unidos com o Trump!

          • Raul Pereira

            Analisar acontecimentos de acordo com o contexto histórico em que ocorreram e ver suas causas e consequências é estudo científico, não é coisa de comunista, até porque são métodos de estudo de várias áreas. A França conseguiu escapar do populismo sem cérebro esse ano de eleger um Trump mulher justamente porque lá as pessoas estudam e entendem mais de história do que aqui. Adivinha: não é um país comunista.

            • Yuri Lima

              Exato! Disso que estou falando! Revisionismo histórico é o absurdo do absurdo. É ignorar justamente o estudo científico. É o apedeutismo se sobrepondo aos fatos.

              • Raul Pereira

                Foi mal, não entendi de primeira.

        • duhehe

          Ninguem nega que existiu, as pessoas só não compram mais esse peixe vendido pela esquerda brasileira de que a epoca da ditadura era o absurdo do absurdo, “atrocidades eram cometidos pela ditadura a todo momento, bla bla bla.”
          Abusurdos acontecem hj, você pode gritar no facebook oq quiser, olha só que beleza, do resto esta tudo muito pior, país esta em frangalhos, só 2 coisas funcionam aqui: corrupção e criminalidade ( do nivel mais alto ao mais banal).
          Tudo proporcionado por quem ? Por esses mesmos deliquentes que falam mal da ditadura, sabe oq eles não gostam da ditadura militar ( só amam a ditadura que eles mesmo tentam implantar) pq na militar essa gente do nada ”some”.

          • Huang Sen

            Ah certo, na ditadura militar não havia corrupção nem criminalidade, vivíamos num paraíso invejado e admirado pelo mundo todo.

            Já que o portal é de carros, lembro que quem fechou o mercado do Brasil para os importados pra acabar com a concorrência externa, gerando esse mercado bizarro que vemos hoje, foram eles, os milicos.

            E não foram só os carros, nessa época só os ricos conseguiam comprar qualquer coisa que fosse importada, até um lápis.

            • MauroRF

              Olha, cara, não tiro a sua razão, principalmente com relação aos carros, à não facilidade de comprar as coisas naquela época. O que disse é verdade, mas com quem eu converso que viveu a época dos militares sempre fala que era muito melhor. O que todos dizem, sem exceção, é que se tinha a liberdade de andar na rua com chances baixas de ser assaltado. Eu tenho 40 anos, não vivi essa época, mas meus pais, tios e amigos mais velhos viveram e todos falam que era melhor, e dizem que a melhor coisa que tinha era a liberdade de andar por aí. Naquela época, era ruim para comunista, claro, pois eram perseguidos, mas para o cidadão normal, era bem tranquilo. Minha mãe, em plena São Paulo, estudava a 3 km da casa dela, voltava a pé para casa depois das 11 da noite e nunca foi assaltada. Meu pai, idem, sempre estudou de noite, morava na Vila Gumercindo e estudava na Vila Mariana (quem é de SP sabe de onde estou falando), voltava a pé de noite para a casa dele, atravessava as pinguelas do Córrego do Ipiranga (não existia a Avenida Ricardo Jafet ainda) e voltava tranquilo pra casa. Tente fazer isso hoje… Tinha assaltos naquela época? Tinha, claro! Eram em número descontrolado? Não. E por quê? Porque bandido tinha medo da polícia, do Exército. O ser humano é movido a medo. Claro que, mesmo assim, existem os “mais ousados”, ou ninguém cometeria crime nos EUA, por exemplo. Mas lá o cara sabe que a polícia primeiro atira e depois pergunta, sabe que as leis são rígidas e sabe que qualquer um pode estar armado. Com isso, ou seja, movido a medo, você reduz muito a violência. Aqui os caras tinham medo da polícia, demais, agora matam os policiais. Estamos lascados. Nesse caso, acabou a liberdade de ter um carro melhor, um importado, um bom tênis etc., pois você terá altas chances de ser assaltado (hoje em dia, assaltam para roubar até carro velho).

          • Raul Pereira

            Mas ditadura é absurdo do absurdo, qualquer uma. Viola vários direitos civis. Corrupção e criminalidade também existiam muito, a começar em como chegaram no poder, pelo golpe militar.

            • duhehe

              Ditadura de nenhum dos 2 espectros é bom ( direita ou esquerda), corrupção é algo que sempre existiu, em ditaduras deve ser algo sem precedentes ,a criminalidade era muito muito menor, nem se compara com hj.
              Minha critica é com base nessa relativização que os esquerdistas fazem, ditadura militar é pessimo, mas a ditadura de maduro, chaves, Kim Jong-un… essas ai eles aplaudem de pé.
              Pessoas morrem de fome, torturadas…. mas o pais é socialista então se calam e aplaudem.

              • MauroRF

                Aplaudem de pé porque é justamente isso o que eles querem. Comunismo pacífico não existe, e eles sabem disso. Comunismo ou é pela força ou é via “gramsciana”, que é o que anda ocorrendo muito por aqui e em menor grau no mundo.

          • FocusMan

            Excelelente comentário

        • Raul Pereira

          Mas infelizmente também tem gente que nega o holocausto. O povo não só deixa de estudar história, mas também tem algo no coração.

        • FocusMan

          Houve uma ditadura sim. Mas não era o plano inicial.

      • Léo Dalzochio

        Quando vc tem o seu direito de ir e vir praticamente tolhido, pq vc tem que se trancar dentro de grades, enquanto a marginalidade faz a festa na rua (e no poder), o que é? Quando roubam seu direito à legítima defesa armada (lembra de 2005), o que é? Belíssima democracia que vivemos, não?

        • Diego Lip

          Você tem o direito ao voto, a cada dois anos você escolhe seus governantes, suas chances de melhorar o país são renovadas. Uma coisa lhe digo, há 10 anos atrás eu podia andar pela madrugada na rua sem quaisquer problemas, HÁ 10 ANOS. Não conseguiram tirar uma presidente do poder com manifestações? Por que não fazem de novo? Por que não se mexem? Querem esperar tudo vir do governo?

          • alemãoVP

            Vc acha mesmo que foram as manifestações que tiraram a presidente do poder?!!?!?!? kkkkkkkkkkkkkk…. santa ingenuidade!!!! kkkkkk…. mas continue assim cara, isso as vezes é uma benção!

            • Diego Lip

              Pressão pública, os deputados só se sentiram encorajados a pedir pelo impeachment. Veja se fazem contra o Temer, com mais casos de corrupção ainda.

            • Diego Lip

              A pressão pública ajudou muito, encorajou os deputados a votarem pelo impeachment. Sem manifestações agora, protegem o atual presidente.

        • FocusMan

          Na Época da ditadura você tinha muito mais direito de ir e vir.

          • MauroRF

            Mas é claro! Escrevi acima que meus pais moravam em Sampa, voltavam tarde da noite da escola A PÉ e nunca foram assaltados. E com quem converso que é mais velho do que eu (tenho 40), todos, sem exceção, dizem que a melhor coisa que tinham era a liberdade de ir e vir sem ser assaltado. Os índices de criminalidade eram baixos até os anos 70. Segundo meus pais, Sampa era uma delícia até os anos 70.

      • Fernando

        Sua descrição é sobre a época dos militares ou sobre o que ocorre hoje? O que vejo, em uma universidade pública onde faço mestrado, é uma clara punição às pessoas que não tem um discurso alinhado com o discurso dominante (ou seja, se o aluno não apresenta um discurso de esquerda, ele é marginalizado por professores e colegas).

        • Léo Dalzochio

          Exatamente. Universidades Federais são, de modo geral, um puteiro de Marx. E alguns confundem o direito ao voto nas urnas Smartmatic “invioláveis”, com democracia, liberdades…

        • Raul Pereira

          Isso é uma tendência do comportamento humano, infelizmente. Independentemente do lado que se defende, pessoas pelo narcisismo e egoísmo tendem a formar grupos, marginalizar e generalizar todos aqueles que não pertencem ao seu clubinho e tomá-los como sendo seus inimigos. Sim, conforme você falou, é uma contradição muito grande. Também já vi vários ‘lutadores pela liberdade’ dizendo que iam fraudar plebiscitos e votações em faculdade (para coisas bestas, tipo eventos e tal) em nome do ‘bem maior’. Infelizmente, corrupção não tem lado.

          • Lucas

            Não, é gramsci.

            • Raul Pereira

              Não estudei a teoria dele

            • MauroRF

              É bem isso sim, se o pessoal entendesse que o “gramscismo” está a todo vapor no Brasil hoje, seria melhor.

        • FocusMan

          👏! É isso mesmo. Sempre que exponho meu ponto de vista, os esquerdistas agem com violencia contra mim. Imagina se conseguem implantar o comunismo no br?

          • MauroRF

            É a teoria gramsciana a pleno vapor (infelizmente). Por isso que está essa baderna hoje. Os comunistas precisam dessa baderna, de uns contra os outros, da destruição das instituições. Para isso, vão aparelhando e disseminando sua doutrina. Foi aí que a ditadura errou feio: ficou no combate físico, e os caras difundindo as ideias livremente nos meios acadêmicos, na cultura etc. Por isso esse monte de professor esquerdista, artistas em sua maioria esquerdistas. Por isso que “defendem” bandidos, homossexuais etc. Tenho um amigo deficiente físico que sempre ficou pê da vida com esses comunistas, pois ele diz que nunca os caras defenderam os deficientes. Claro que não defenderam: deficiente físico não tem como sair por aí causando desordem, bagunça e colocando uns contra os outros. Então, são uma minoria que não tem a menor serventia para os planos comunistas.

    • Luciano

      Hã???

    • Raul Pereira

      você acha que não foi ditadura? Possivelmente porque nenhum conhecido seu sumiu do dia pra noite só por reclamar da inflação que era altíssima ou da venda dos hospitais que era públicos.

  • Diego Lip

    Volkswagen não está mais na minha lista de carros para comprar, já não bastasse carros super caros com opcionais mais caros ainda, fraudes e formações de carteis e agora mais essa, a coisa tá feia. Pior é gente agradecendo a empresa por ajudar a evitar um suposto comunismo que jamais houve.

    • Leonardo

      Só tem psicopata nesse site!
      Queria ver se fosse o pai ou mãe desse povo, sendo acusado injustamente e mandados para a tortura e abate, se eles iam gostar. Devem dormir abraçados num travesseiro do bolsonaro falastrão

      • Diego Lip

        Crianças e bebês eram torturadas para que seus pais falassem alguma coisa, gente, desumano.

        • Leonardo

          Meu bisavô foi torturado simplesmente porque ele não quis vender a fazendinha dele para um grande fazendeiro da região, afinal era o sustento dele. O cara, como era rico e poderoso, denunciou meu bisavô como sendo comunista, mesmo ele não sendo (ele era semianalfabeto, nem ideologia política ele sabia o que era). Resultado: nenhuma investigação foi feita, ele foi torturado, ficou cheio de sequelas, endoidou, morreu nos anos seguintes e o fazendeiro ficou com as terras dele.
          Maravilha essa ditadura né?

          • Diego Lip

            Tribos inteiras de índios foram dizimadas pelos mesmos motivos.

          • th!nk.t4nk

            Sabe o que é mais incrível Leonardo? Num regime comunista, seria 10x pior. Essa é a grande verdade.

            • Leonardo

              E? Não defendo ditadura alguma. Se a comunista seria pior, pouco me importo.

            • FocusMan

              Isso mesmo. Os militares erraram no Br pq não devolveram o poder ao povo no tempo determinado, mas o que as pessoas chamam de golpe, foi necessário.

          • Raul Pereira

            Sinto muito pelo seu bisavô, sério mesmo. Eu no seu lugar seria extremamente revoltado.
            Problema é que o povo (não só aqui no site) se guia por achismos e a confiança da palavra de falastrões na internet e youtube que não tem nenhuma base real, ou manipulam dados para vender seu peixe.
            Problema é que não se pode sair por aí pregando que ‘tinham que ter torturado mesmo!”, isso é crime e incitação ao ódio, até porque tortura é crime hediondo e torturar quem pensa de determinada maneira é genocídio, coisa da época da Inquisição, crime punido pelo Tribunal Penal Internacional. E o povo defende isso aqui… ou seja, em mais de 400 anos a cabeça da humanidade não mudou em nada.

            • Leonardo

              O problema da internet é que ela deu voz aos idiotas, a quem não merecia.
              Enfim, são patologias da vida moderna. Cabe a nós combater a ignorância fazendo nossa parte: estudando e se informando.

              • FocusMan

                Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 4

                – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência sem violência.

                – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

                – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

                A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

                Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

                • Leonardo

                  Não entendo o que isso tem a ver com meu comentário.
                  Não sou hippie pra resolver tudo na paz e no amor, mas não vejo como a ditadura resolveu qualquer coisa. O Brasil não era mais seguro por causa da ditadura e sim porque os tempos eram outros: após o fim da ditadura por décadas tudo aibda era tranquilo. Quando eu era pequeno, muito tempo após o fim da ditadura eu brincava na rua, andava sozinho na rua, praticamente não existiam crimes.
                  Assim como na ditadura existiam crimes, só que eram abafados (Ana Lídia, por exemplo).
                  O que gera diminuição da violência não é só repressão, é educação, emprego, oportunidade, dignidade.
                  Se acontecesse uma guerra no Brasil e fosse convocado, por possuir dupla nacionalidade, não pensaria duas vezes, iria embora, jamais arriscaria minha vida por esse país lixo.

                  • FocusMan

                    Bela resposta a sua no final do Texto.

                    Se acontecesse uma guerra no Brasil e fosse convocado, por possuir dupla nacionalidade, não pensaria duas vezes, iria embora, jamais arriscaria minha vida por esse país lixo.

                    Me desculpe a sinceridade, mas o Brasil está um lixo de país por causa do lixo de brasileiro que mora nele.

                    Desculpe.

                    • Leonardo

                      Sim. E sempre será esse lixo. Não faço questão nenhuma desse país. Minha parte eu fiz e faço: estudei, trabalho, pago meus impostos, pesquiso muito em quem voto. Agora não adianta ser uma minoria num mar de gente alienada.

                    • FocusMan

                      Por isso o Brasil é esse lixo

          • FocusMan

            Isso n tem nada a ver com o regime Militar

          • FocusMan

            Isso infelizmente continua acontecendo Leonardo. Não foi culpa da ditatura.

            • Leonardo

              Você está errado. Foi sim.

      • FocusMan

        Meus pais estudaram em universide Federal, ambos em cursos de humanas, maior celeiro para coisas “comunistas”.

        Nunca foram presos, nunca nenhum familiar nosso também.

        Eles nunca se envolveram na confusão, eram pobres e precisavam estudar. Assim hoje eles tem uma vida confortável, bons salários, educaram a mim e a meu irmão com muito afinco e por isso somos pessoas de bem, contribuindo para uma sociedade melhor.

        Os milicos foram muito errados, mas eles estão longe de serem os piores que já passaram por esse país.

    • Yuri Lima

      Lamentável.
      A imbecilidade tomou conta desse país “de com força”. Tudo em prol do “combate aos comonestas do petê”. São gente de uma mente binária que ou você é petista ou você apoia tudo de quem é contra o petê, enquanto isso, uma corja multifacetada de ladrões (de esquerda, direita, centro etc) assalta os cofres públicos escancaradamente e ninguém se manifesta porque “era só tirar a Dilma para acabar com a corrupção”.

      • FocusMan

        Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 4

        – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência com violência.

        – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

        – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

        A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

        Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

    • thi

      fraudes ,formações de carteis ..todas estão no mesmo barco inocente

      • Diego Lip

        Sei que estão todas, mas até as denúncias por enquanto chegaram na Volkswagen, quando chegarem nas outras, irei riscando a lista.

    • Duh

      Tbm já risquei, mostra que a Volks nunca mudou, apoiou o nazismo, ditadura, dieselgate, agr denuncia de formação de cartel.

      • th!nk.t4nk

        Curiosamente, as montadoras americanas se envolveram em escândalos maiores ainda e estiveram ao lado de um país que também matou MUITO, mas a vilã é só a VW. Tá “serto” :)

        • Alligator

          também foi o país que mais abrigou Nazistas desde antigos oficiais da gestapo até médicos e engenheiros nazistas, os soviéticos que foram burros, depois que pegaram os projetos eram para ter matado todos os colaboradores do nazismo sem esperar o tribunal de Nuremberg

        • Diego Lip

          Quando houver uma notícia falando das americanas, nós também iremos comentar, não se preocupe, não há montadoras mocinhas na história.

    • Lucas Mattos Azevedo

      Eu já não considerava a VW só pelo fato de venderem a Kombi até 2014, que foi uma afronta à população, cobrar caro por um veículo extremamente inseguro e de péssima qualidade. Deveriam se envergonhar disso, não fazer campanhazinha de despedida.
      Depois dessa então…
      E bem, todo mundo sabe quem foi que começou a VW né…

      • Raul Pereira

        Meça suas palavras! Kombi, O Mito, por 90 mil! kkkkkkkkkk

      • Exatamente.

  • Leonardo

    Daí vemos que a VW é uma empresa sem caráter desde sempre. Apoio ao nazismo, ditadura militar, dieselgate, cartel. Sem dúvida uma empresa que se acabasse não faria a menor falta e ainda seria até justo por todo o desserviço praticado ao longo da história. Mas ao menos serve para a gente ver que falta de ética não é só no Brasil: tendo oportunidade, não importando a nacionalidade, o ser humano é ganancioso, mesquinho e vil.
    Ps: fico chocado com os outros comentários agradecendo pela VW ter entregado seres humanos para a tortura, como se entregar alguns trabalhadores e sindicalistas tivesse sido o responsável pela não implantação do comunismo no Brasil, como se a ditadura já não fosse uma realidade e a ameaça comunista tivesse alguma chance de sucesso. Na era em que vivemos, o ser humano está cada vez mais abandonando o que o torna humano e voltando ao seu estado bestial, ausente de qualquer empatia, uma verdadeira epidemia da psicopatia.

    • Diego Lip

      As pessoas acreditam hoje que a volta da ditadura resolveria os problemas do Brasil. Coitadas, os problemas continuariam, mas com um agravo, a censura e tortura estariam inclusas. Não governo sério e ético com população corrupta.

      • Leonardo

        Um dos períodos mais corruptos da história do país foi a ditadura. Período em que qualquer tentativa de investigação era rapidamente abafado.
        Para mim, quem defende ditadura e militares no poder de duas uma: ou é um ignorante sem estudo ou um desonesto intelectual.

      • Seria pior: na democracia as instituições de controle fazem seu trabalho, já na ditadura bastaria ser “amigo do rei” para conseguir tudo o que se deseja.

        • Observador

          Fazem seu trabalho em partes né colega (vide o caso do TSE e cassação da chapa, o recente caso do filho traficante da desembargadora, entre muitos outros), mas ainda bem que temos instituições de controle. Ao menos ficamos sabendo o que está acontecendo, a liberdade de opinião é preservada, a internet é livre. Na ditadura tudo era abafado e a TV globo sua imprensa oficial e braço midiático de sustentação.

          • Questão de interpretação. O sistema é bom, o que falha é o ser humano.

      • FocusMan

        Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor. Cópia 5

        – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência com violência.

        – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

        – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

        A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

        Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

    • MauroRF

      A VW aprontava uma sujeira que poucos sabem: sabe aqueles carros que ferviam na Serra do Mar na subida para São Paulo? Pois bem, muitos deles não ferviam de verdade, eles “eram fervidos”, e por quem? E não estou inventando isso, moro no ABC e conheço várias pessoas que trabalharam lá na VW que confirmaram isso. O caso da VW veio à tona, e acredito que outras montadoras e empresas estejam envolvidas, mas sendo a VW, não duvidaria de nada. Outra coisa de que sei: o Lula combinava as greves com os patrões. Isso meu próprio sogro me disse (e não foi o único a dizer isso), pois ele era de alto escalão em uma empresa de Santo André. Quando os estoques ficavam altos, eles combinavam as greves, vinham as demissões e tudo certo. Minha sogra, idem: era secretária de executivos em grandes empresas do ABC e confirmou as mesmas histórias. Os dois sempre tiveram arrepios de ouvir o nome do Lula por causa dessas coisas. O Lula sempre foi pelego. Se você conversar com pessoas que trabalharam ou trabalham nas fábricas do ABC, saberá de muitas coisas.

  • MIN💀S

    Se o regime militar tivesse trabalhado direito…. não teríamos Lula, Dilma, Zé Dirceu, Genoíno, Aécio, FHC….

    • Luciano

      Não se esqueça que Sarney, Maluf e muitos outros corruptos notórios são crias do regime militar.

      • MIN💀S

        Sarney… Maluf…. foram convenientes para os militares.
        Hoje eles são amigos do PT.

  • Vitor Meireles

    Só é preciso colocar “comunismo” em qualquer lugar pro brasileiro ignorante começar a falar besteira. Hahaha! Amigões, bastava ser contra a ditadura pra ganhar um carimbo de “comunista” na testa, justamente porque depois de tanta propaganda americana e anti-comunista, o brasileiro iletrado apoiaria qualquer coisa, como por exemplo, uma Ditadura Militar. Criar um inimigo exterior é uma tática básica de alienação. Aí basta ver os comentários aqui, em 2017, e ver como pouco evoluímos.

    • Yuri Lima

      Enfim um comentário com lucidez aqui, amigo!
      Parabéns!

    • Leonardo

      As menininhas de militar desse site piram!

    • Duh

      Ler um comentário desse dá um alívio, é impressionante o nível de ignorância que esse país chegou, o ódio contra o partido vermelho (tbm acho que o líder e todos os envolvidos de qualquer lado deve ser preso) chegou num ponto que apoiam uma ditadura.

      • Lyn

        Tu foi la no carplace/brmotor né!? rs

    • FocusMan

      O Governo Militar teve diversos erros e eu acho que militares não devem governar países, pois eles tem as regras deles, bem diferentes das regras aplicadas para nós civís, mas que foi um ato necessário naquela época, não temos dúvida e deveriamos extaltar eles como heróis.

      Interessnte como todas as pessoas que apoiam a esquerda, se julgam superiores e falam logo que quem não gosta do que eles pregam é ignorante.

      Se você estudar a nossa “ditadura” palavra bonita que o pessoal de esquerda gosta muito de usar, verá que foi o governo militar mais permissivo que se tem notícia na história.

      Ele incluisive patrocinava a a Civilização Brasileira, que escrevia um monte de coisa ruim sobre o governo nos livros.

      • Vitor Meireles

        Primeiro, de heróis não tem nada. Em nenhum momento o Brasil flertou com a instauração de um regime comunista. Goulart se aproximava do bloco comunista, assim como também se aproximava do capitalista. Era de caráter diplomático, como somos até hoje. O Golpe Militar foi patrocinado pela Elite brasileira (e estrangeira, principalmente a norte-americana) que via em Goulart a possibilidade da perda da sua hegemonia e domínio sobre os pobres com o que era sim uma possibilidade na época: Reforma Agrária e nacionalização de empresas estrangeiras. Alie isso a uma polarização mundial na época, o conservadorismo crescente e teremos esse Moinho de Vento das histórias do Don Quixote que era a instauração de um regime comunista. Pura desculpa para atrapalhar reformas de base que beneficiariam toda a sociedade brasileira. “O Brasil não será uma nova Cuba” diziam em 1964 e em 2016 e de fato o Brasil nunca se tornou uma Cuba, mas não por intervenção da “direita salvadora” e sim porque nunca correu o risco mesmo. Era apenas o espantalho ideal para enganar a população enquanto classes dominantes manobravam para manter seus privilégios. Vide hoje por exemplo.

        Não é que a esquerda goste da palavra ditadura. É definição do dicionário mesmo.

        Chega à soar ofensivo à inteligência você falar em permissividade durante a Ditadura Militar… AI-5, DOPS, exilados, torturados e mortos. Bela permissividade. Como eu disse, basta colocar a tag “comunismo” pra ignorância reinar. O único inimigo real da Ditadura Militar Brasileira era a Democracia. Bastava ser contra o Regime (ou a favor da Democracia) pra ganhar o título de Bicho-Papão, mais conhecido como Comunista, mesmo sem nem saber quem era Marx. Era a desculpa perfeita para o gado brasileiro.

        • Raul Pereira

          E infelizmente essa tática que você citou no último parágrafo, junto com a técnica de propaganda nazista, funcionam perfeitamente até hoje. Isso porque o povo continua intolerante.
          Falando em propaganda, a Rede Globo que era responsável por grande parte da censura feita na época.

        • Luciano

          Falou tudo. Melhor comentário.

      • Raul Pereira

        Não foi um ato necessário, foi imposição de governo ilegítimo, ainda pior do que a que temos hoje. E não, quem deu o golpe não foram heróis, inclusive porque muitos dentro das próprias forças armadas que eram contra envolvimento das forças na política também foram executados, sumiram ou desonrados e desmerecidos, além de tidos como traidores.

        • FocusMan

          N existiu golpe. Você ja leu como aconteceu?

          • Raul Pereira

            Sim, foi golpe militar.

            • FocusMan

              Não foi golpe não. Leia de novo. Foi tão golpe quanto o impeachment da Dilma.

  • Mardem

    É muito triste ver a quantidade de comentários apoiando a ditadura nessa matéria. Me dói ver gente pedindo a volta de um regime autoritário e justificando que é apenas “SUA OPINIÃO” quando nesse regime pelo qual eles tanto clamam não existe sequer o direito à “OPINIÃO”. A democracia, com todos os seus defeitos, é o caminho. Parem de querer um salvador da pátria! Isso não existe. Entendam que o caminho é a educação e não a repressão. Cada dia que passa perco mais a minha fé, exígua, na humanidade.

    • Huang Sen

      Politicamente falando, a ignorância generalizada faz do brasileiro um bebe cagão que treme ao ouvir falar em comunistas e precisa chamar os papais milicos pra dar um jeito.

    • Zé Mundico

      Pessoalmente, não apoio nem aceito nenhum regime de força, seja de direita ou esquerda. Ditadura é sinônimo de desmando, atraso e ignorancia.
      Mas infelizmente o Brasil ainda não aprendeu a lidar com democracia e prefere se valer de salvadores da pátria que acabam assumindo o papel de “ditadores eleitos”.
      Nossa sociedade é imatura como nação, infelizmente.

      • Raul Pereira

        Isso que você falou é algo bem curioso. Boa parte dos ditadores no mundo foram eleitos. Hitler é um exemplo. Hoje vejo um monte de gente falar que ”votou no cara como vice, agora aguente ele até o fim”, sendo que a principal característica do presidencialismo é a responsabilização e prestação de contas dos governantes, se o cara está avacalhando, tem que ser responsabilizado e punido (teoricamente, na prática aqui a história é outra). Nas ditaduras, independentemente do cara ser eleito ou não, ele faz o povo engolir tudo que faz, tipo o caso da Venezuela.

    • FocusMan

      Mardem, primeiro precisamos reprimir para educar, foi assim em todos os lugares.

      Se você acha que vamos “consertar” nossa sociedade abraçando a lagoa Rodrigo de Freitas ou fazendo passeata contra a violência, me desculpe, mas precisa tomar um choque de realidade.

      A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

      Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

      • Mardem

        Me desculpe, mas repressão e educação são conceitos tão antitéticos que beiram o paradoxo. Como diz a canção, “paz sem voz não é paz, é medo”.
        Educar é ensinar, reprimir é subjugar o outro. Um cidadão ser preso, torturado e morto por criticar o governo é simplesmente a supressão do direito de pensar.
        Concordo que nossa sociedade está um lixo, mas uma ditadura não resolveria o problema. Precisamos de um sistema penal efetivo. De uma justiça “justa”, que acabe com a impunidade que assola o país. E não digo nem que se deva alterar as leis…precisamos apenas fazer com que elas sejam cumpridas. Se alguém mata uma pessoa, ela deve ficar os 30 anos em regime fechado, sem essas anomalias de sair com 6 anos para o semi-aberto por “bom comportamento”.
        Aí chegamos ao cerne da questão: o que devasta o país é a impunidade, não o sistema democrático. Por isso eu reforço: o caminho é sim a educação, aquela que esclarece o povo, dá a ele o poder do pensamento crítico, a dignidade e o discernimento. É com isso que se faz uma nação, com gente que pensa. Não com um líder supremo salvador da pátria, cujo respeito se impõe pelo medo e a quem devemos nos subjugar, abrindo mão do que nos faz seres humanos, o pensamento.

        • MauroRF

          O que devasta mesmo o país é o jeitinho, e esse querer levar vantagem em tudo, é a Lei de Gérson. Qualquer outro problema é reflexo disso, inclusive a impunidade.

  • Racer

    Levando por base que não foi ditadura, mas sim regime militar…E que ditadura é o que existe em Cuba….na Venezuela…. Quem defende comunismo ou qualquer outro “socialista”, é porque algum proveito vai ter.

  • Huang Sen

    Que a VW apoiou e financiou Hitler e os nazistas, todos sabiam, e agora com essa de que apoiou a ditadura militar…

    Sem dúvidas, das Auto Marke favorita da direita tupiniquim.

  • Samuel Almeida

    “Ditadura”

  • Detalhe que passa batido: a matriz da VW exigiu uma investigação para evitar o escândalo mundial que seria uma subsidiária se meter com ditaduras. Não se esqueçam, eles tem o nazismo no curriculum – e um nome “manchado” desde sua criação.

    • Handlay P.B.

      Estranho, semanas atrás falei que a VW surgiu do nazismo e todo mundo me criticou e agora usam esse fato contra a VW…

      • MauroRF

        Eu não te critiquei, pois a minha crítica é a mesma, aliás, não foi só a VW, mas Basf, Siemens e outras empresas alemãs.

    • thi

      pq manchado??? uma , eu acho q o nazismo foi um infeliz acontecimento para conhecermos a porsche/vw …nao tire o merito dessas duas grandes da eng automobiloistica.

      • Huang Sen

        Ter sido o pilar de um regime que dizimou MILHÕES de pessoas no mundo todo não é mancha, desde que produzam 911 ou golf… tá seeertu !!

        • Yuri Lima

          Vai entender…

        • MauroRF

          Esse cara é fã de VW, não tem como argumentar com ele, esquece.

      • Duh

        A Porsche e a Volks são s recompensas de um grande mal que assombra até hj? até onde o fanatismo é capaz de ir.

        • MauroRF

          Eu falo que fanático por VW é doentio, algo a ser estudado. Fanático por VW e Toyota estão ali, parelhos.

      • MauroRF

        Fanatismo tem limites, viu? Onde já se viu justificar essa matança para termos VW/Porsche? Uma vergonha!

  • Luciano

    Interessante a lógica de alguns: ” já que havia o risco (?) de implantação de um regime sanguinário no país, então foi necessário impedir isso com outro regime sanguinário”.

  • Lucas de Lucca

    Ditadura não, governo militar. Ditadura ocorre na Coréia do Norte, Cuba e está começando na Venezuela. Graças aos militares nos livramos desse mesmo destino do comunismo paz e amor.

    • Luciano

      Ditadura sim. Se não há liberdade de expressão, se pessoas são presas por motivos puramente políticos, sem ordem judicial, torturadas e mortas, não interessa a ideologia do regime, o nome disso é ditadura.

      • Lucas de Lucca

        Sabe o que acho mais engraçado? Eu não conheço UM BOM CIDADÃO SEQUER que viveu essa época reclamar, muito pelo contrário, todos falam bem, elogiam a ordem que havia naquela época.

        • Luciano

          Em qualquer regime autoritário, se você ficar quietinho e obedecer bovinamente aos mandos e desmandos do governo, nunca terá problemas. Até no Estado Islâmico.

          • Mardem

            Pois é…tem gente que se contenta com uma vida de gado. Os seres pensantes, entretanto, preferem a liberdade, a voz e o estado de direito. O cidadão aí de cima fala que aqueles que eram “de bem” não sofriam com a ditadura, mas esquece que os que eram tachados de cidadãos “do mal” não tinham sequer o direito de se defender, tornavam-se estatística. Nessas horas é que percebemos como a educação no Brasil está debilitada!

            • FocusMan

              Seres pensantes, tipo Caetano Veloso e seus amigos. Gente pensante para mim é cientista. E todos os brasileiros bons estão indo embora. Até eu que sou um merda estou querendo ir.

        • Yuri Lima

          Vai nessa, amigo!
          Vc não sabe o que ocorrera por fora. Muitos até apoiadores do governo, por um ou outro motivo (até richas internas) eram denunciados por ser “comunistas”, torturados e mortos, mesmo sendo “cidadão de bem”. Bastava alguém ligado ao governo não ir com sua cara que estaria lascado.

          Foi ditadura sim! Existe ditadura militar de esquerda e ditadura militar de direita. “Salvar o país do comunismo” não abona a ditadura brasileira de tudo de nefasto que ela fez. Nenhum governo autoritário presta, seja de esquerda ou de direita. A democracia é sempre o melhor caminho.

        • O cidadão, via de regra, é egoísta: se não está afetando diretamente sua vida ele toca o barco e se aproveita dos benefícios do regime.

      • FocusMan

        Isso ocorre todos os dias hoje… Todos os dias… .e vivemos numa democracia

    • pelaordemejustica .

      Concordo com tudo. Fato é que após o ano de 1985 as coisas foram evoluindo a tal ponto que hoje o país está uma “maravilha”. A começar pelo exemplo clássico que é o Hell de Janeiro, os “dimenor” criminosos que até os 17 anos, 11 meses e 29 dias de idade, são tratados como crianças que não sabem o que fazem (podem ajudar a decidir o futuro do país votando, mas não sabem o que é crime e não podem ser presos), a vergonha que passamos perante o resto do mundo devido a corrupção extrema, a tal liberdade de expressão onde tudo que é porcaria tem que ser tolerado caso contrário você será processado e taxado de preconceituoso, machista e outros. Enfim…..o país já era, veja 2 presidentes mergulhados num mar de fezes e muitas pessoas ainda acreditam que tudo está ótimo……..bom…………talvez se compararmos o Brasil com a venezuela e a coreia do norte ………..

  • zekinha71

    Tudo mentira, se fosse verdade, de dentro da VW não ia ter surgido no tal de Lula nessa época.
    Ou será que o lula tenha feito um acordo pra eliminar os concorrentes e só sobrar ele?

    • Zé Mundico

      O codinome do Lula no regime militar era “Boi”,e era informante infiltrado nos sindicatos.

    • MauroRF

      O Lula era e é um pelego de marca maior. Combinava greve com os patrões, por isso que saiu ileso.

  • Vinícius

    Qualquer empresa na época ou cooperava com o regime militar ou era tida como inimiga, comunista.

  • Adriano Freire

    Ditadura militar?! Não houve ditadura no Brasil. Quando há ditadura, não há alternância. O congresso funcionava e tals. O que houve foi o clamor da sociedade para que as Forças Armadas tomassem conta do país e impedisse que o Brasil se tornasse um país comunista como os guerrilheiros queriam.
    Mas o que esperar de uma matéria assinada pela Folha?! Sem mais, né?!

    • Lucas Mattos Azevedo

      Sério isso?

    • Yuri Lima

      Me poupe! Se poupe, nos poupe!

    • Huang Sen

      Primeira vez que vejo alguém dizer que a China não é ditadura, afinal lá também tem congresso e alternância de poder.

  • afonso200

    e hoje fazem tortura nos preços dos carros para todos 200milhoes de brasileiros

  • FrankTesl
  • João Cagnoni

    De acordo com o tempo que passou, sabemos que não vai dar em nada. Uma pena. Quem praticou esses delitos (sejam situação ou oposição) deveriam ser presos, mas isso é coisa de país de primeiro mundo.

    • Raul Pereira

      Não mesmo, seguraram as denúncias até que boa parte estivesse morta, aí não tem mais o que punir. E ainda tem deputado que cita Ustra como herói.

  • Raul Pereira

    Por curiosidade rolei os comentários e vi muitas pessoas falando que devia ter torturado e matado mesmo, além de apoiar a ditadura (alguns nem acham que ela existiu). O povo esquece (ou finge não saber) que:
    1. os fins não justificam os meios
    2. tortura é crime hediondo
    3. tortura contra determinado grupo ou sua morte é genocídio, o que ditadores fazem em territórios do continente africano (alguns se dizem de direita, outros de esquerda, mas no fim só querem poder e grana) contra aqueles que os opõe ou só não querem das seus meninos para serem soldados e suas meninas para serem estupradas
    4. o buraco é tão embaixo que genocídio (crime cometido pela ditadura à rodo) é julgado pelo Tribunal Penal Internacional, vários ditadores estão com denúncia lá.
    5. muita gente aqui acaba de apoiar esse tipo de prática, que vem desde a Santa Inquisição, coisa da idade média.

    • FocusMan

      Eu vou copiar meu comentário em todos os que achar necessário e gostaria de ler a opinião de quem prega que vamos resolver os problemas do Brasil com paz e amor.

      – Por favor, explique como você acha que vamos acabar com a violência no Brasil, sem reprimir a violência sem violência.

      – Adicionalmente, explique de maneira sucinta porque em cidades como Nova York, a Tolerância Zero, trouxe a paz de novo para essas cidades.

      – Se acontecer uma guerra e o Brasil se envolver, caso seja convocado, irá fugir ou irá para a guerra defender a sua pátria?

      A MINHA OPINIÃO é de que a liberdade do próximo acaba quando a minha é afetada. Hoje eu não tenho liberdade alguma. Não posso andar na rua sem suar de medo de ser assaltado.

      Moro no bairro mais caro de minha cidade e não posso andar na rua. Não fazem dois meses um conhecido radialista de minha cidade tomou um tiro a 100 metro de minha casa enquanto ia buscar um familiar.

  • Nikolas

    Não é de se espantar que isso tenha ocorrido com uma empresa que apoiou o nazismo duas décadas antes. A VW tem um passado nefasto e imundo e pelo jeito não era só na alemanha.

    • FocusMan

      A VW foi criada pelos nazistas

  • KOWALSKI

    A tomada de poder em 1º de abril de 64 foi justa, tinha que acontecer. A grande sacanagem dos milicos foi aproveitar um momento em que o país precisou deles e eles usaram isso de pretexto por 21 anos fazendo barbáries e torrando o saco dos brasileiros. Portanto, PAREM de pedir a volta desses que já provaram no passado que não prestam e não cumprem sua palavra. Pedir intervenção é vontade de levar na cabeça, de novo.

  • Alexandre Monteiro

    Parabéns a VW, toda ação para freiar o avanço comunista foi, é e sempre será justificável e louvável.

  • Todo mundo sabe o motivo da VW fazer isso e o resultado, mercado fechado pra ela que dominava em 70% o mercado na Era MIlitar, fazendo aqui modelos jurássicos, ate o final dos anos 80 inclusive, pois as importações eram PROIBIDAS nessa época. Se acham que ta ruim hoje com as limitações para importação do Inovar Auto, essa época era ainda pior. Assim como a Tv Globo que já assumiu apoiava os militares pq tinha interesses em ser a maior emissora do país, e conseguiu! No fim os militares entregaram o país quebrado, com a maior dívida e maior inflação do planeta, cheia de elefantes brancos.

  • FocusMan

    Lendo os comentários nesse tópico fico, vejo como a lavagem cerebral aplicada nas escolas e universidades funcionou. O Brasileiro agora tem aversão a regras. Acha que qualquer tipo de controle é facismo e que militares, que geralmente só fazem coisas boas pelo país, ganhando soldo ridicularmente pequeno.

    Espero que nós “o povo” não dependamos mais dos militares no Brasil. Pois se precisarmos, coitados de nós.

  • Nicholas United

    Quanta baboseira que falam sobre essa “ditadura” militar, os milicos aterrorizavam os comunas e suspeitos mas não conseguiram deter o meio cultural que hoje é o grande câncer do Brasil e logo precisa ser feito ou o Brasil morrerá sufocado pela corrupção tomada pelos comunistas e social-democratas.

  • VaeVictis

    A VW foi fundada por Hitler.

    • Zé Mundico

      Tá, e dái?
      A Petrobrás foi fundada pelo Vargas.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend