Governamental/Legal Segurança Trânsito Tuning

Acessórios que podem render multa se mal instalados

mb-cla-acessorios-4 Acessórios que podem render multa se mal instalados

Alterações mecânicas, que excedem as especificações do veículo, acabam gerando multas. No entanto, acessórios mal instalados também podem dar muita dor de cabeça. Suportes para bicicletas, DVD, GPS, aerofólio, faróis, rodas, etc, podem dar um prejuízo ao proprietário do veículo diante da fiscalização.



engate-reboque Acessórios que podem render multa se mal instalados

Rack para bicicletas e engate para reboque

Um suporte de bicicletas, por exemplo, não pode esconder a placa do veículo e nem as lanternas. Também não deve exceder o limite da largura do carro e nem se estender em comprimento. Se for um rack para bicicletas, a altura adicional à original do veículo não está condicionada a um limite, conforme Resolução 349 do Contran, artigo 8°.

O extensor de caçamba para picapes, que permite ao veículo trafegar com a tampa abaixada, ampliando o volume transportado, também precisa atender as mesmas regras, sendo em alguns casos necessária uma terceira placa e até lanternas adicionais. A princípio, o acessórios de fábrica já garante o atendimento à norma.

Ainda do lado de fora do veículo, outro item que é muito utilizado, apesar de o propósito não ser exatamente rebocar carga em muitos casos, o engate também pode dar dor de cabeça. Há alguns anos, o governo passou a fiscalizar (e a multar) de perto este item, que só pode ser usado em carros que tenham capacidade máxima de tração divulgada pelo fabricante. Mas não é só isso, é necessário ter o conector de energia devidamente ligado e a esfera para engate.

aerofolio Acessórios que podem render multa se mal instalados

Aerofólio e spoilers

Muita gente quer deixar o carro com aspecto esportivo, acrescentando aerofólio e spoilers, mas sem a devida regularização, até mesmo borrachões podem dar problema. Isso porque, de acordo com a resolução 292 do Contran, modificações mais profundas no visual se equiparam a alteração de cor. Por isso, tais alterações devem constar no documento, segundo a lei.

Mesmo que seja documentada, as modificações estarão resumidas no documento como “alteração visual”, praticamente impossibilitando o agente de trânsito de saber exatamente o que foi mudado. Isso é reforçado também pelos acessórios de fábrica, que o cliente coloca nas concessionárias. Como não se sabe quais itens são originais ou não, essa regra acaba sendo ignorada pelo fato de não poder ser fiscalizada corretamente.

farois Acessórios que podem render multa se mal instalados

Faróis

Faróis de xênon e luz azul sempre estão na mira da fiscalização. Isso porque mal instalados acabam ofuscando outros motoristas na via, aumentando o risco de acidentes. A modificação da iluminação do veículo não é proibida, desde que conste no documento do carro após vistoria em oficina credenciada pelo Inmetro para obtenção do CSV e alteração no CRLV, seguindo o determinado pela resolução 292 do Contran.

Mas, outras duas resoluções do Contran especificam os limites para alteração do conjunto ótico do veículo. As resoluções 227/07 e 294/08 limitam a temperatura da luz em 6.000 kelvin, mas estes devem emitir apenas luz branca ou amarela. Já os faróis de descarga de xênon precisam de limpador e regulador de facho.

O problema nesses dois casos é a complexidade da instalação, o que dificulta a fiscalização, pois o agente de trânsito não tem instrumentos para verificar com exatidão se o dispositivo atende ou não às especificações. Ainda assim, alguns casos ficam bem evidentes aos olhos dos agentes por extrapolarem as características do veículo. De qualquer forma, o fiscalizador precisa verificar os documentos para ver se consta a modificação. Caso não tenha a certificação, o agente então pode multar.

Faróis de neblina, milha e auxiliares podem instalados, desde que igualmente sua instalação seja registrada no documento do veículo. Apenas os projetores originais não necessitam de registro. Como já dito anteriormente, os faróis de milha só podem ser usados com os faróis em facho alto e em locais sem iluminação. Os de neblina em conjunto com o facho baixo em baixa visibilidade.

rodas-1 Acessórios que podem render multa se mal instalados

Rodas

Ultrapassar os limites do para-lama ou diâmetro do conjunto pneu/roda rende multa. Essas duas obrigatoriedades constam na resolução 533/78. O agente de trânsito até pode seguir a resolução 292 como “alteração visual” e exigir que a alteração conste no documento do veículo.

dvd-gps Acessórios que podem render multa se mal instalados

DVD e GPS

Não é apenas por fora que os acessórios podem render multa. Muitos dispositivos de entretenimento disponíveis no mercado possuem reprodução de DVD e GPS. No segundo caso, não há problemas em sua visualização durante a condução. Mas no caso do DVD, assistir com o carro em movimento é considerada infração grave (5 pontos) pelo artigo 230 do CTB.

Para revolver a questão, o dispositivo precisa ter um sensor que detecte o movimento do veículo ou o destravamento do freio de estacionamento, desligando assim a tela. Display com reprodução no assento traseiro está livre dessa regra e pode ser usado normalmente durante a condução, pois não irá distrair o condutor ao volante.

[Fonte: Revista Quatro Rodas]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

  • Louis

    DE todos os citados, os que mais me incomodam são os faróis de “xenão” que os manolos adoram. Será que não percebem que são ridículos com seus faróis mono-parábolas cegando todo mundo?

    • Junin Souza

      só colocar luz alta num instante o cara baixa

      • Louis

        Até já fiz isso, mas é perigoso, arrumar confusão por bobeira….

        • arzanette

          nada que uma 380 preta igual a minha nao resolva kkkkk……..

          • Louis

            Se você tiver porte, é um privilegiado. Porque hoje é quase impossível conseguir.

    • Artur

      Até faróis biparábola não servem para xenon, pois apenas separam os nichos para os faróis baixo e alto. O correto mesmo é utilizar xenon apenas e tão somente em faróis com projetores do tipo “canhão”. Aí sim não vai ter problemas em ofuscar os motoristas da via contrária, desde que bem regulados.

      • Esquilo Tranquilo

        O tenso é enfiar isso na cabeça dos ‘mestres de rua’ que botam as molas esportivas de 250 reais, xenonzão que não enxerga na chuva, mas tá “fistaile”…
        Uma vez perguntei pra um cara do trabalho como ficava na chuva com o xenão, ele me respondeu: Fica tudo branco, não dá pra ver nada mas tá bonito e é o que importa…
        Sei lá, mas as vezes desanima…

    • Ⓜ️arcelo

      Os farós de xenão adaptados são proibidos, pois um carro para ter xenos tem que ter jato para os faróis.

      Além disso, como são adaptados, são colocados em lentes de superfície complexa e lampadas halogenas comuns que difundem a luz. Então, mesmo que você regule ele todo para baixo, ele acaba cegando mesmo pois não há como você colocar uma lampada 10 ou 20 vezes mais potente em um farol não projetado para suportar isso e ele não incomodar.

  • Raimundo A.

    Das duas, uma: nossa legislação está sendo bem flexível para alguns produtos com elementos de fábrica ou estas estão ignorando a legislação local.

    Não é de hoje, mas Jeep Renegade feito aqui e mais recente, Compass, quando equipados com lâmpadas de xenon, não têm o respectivo limpador de farol segundo a legislação. O primeiro é vendido na Europa e não tem também lá, sendo característica de fábrica não ter o lavador.

    Outro exemplo é a Amarok com xenon de fábrica que salvo engano, na Europa não tem o limpador e aqui, idem.
    O limpador para projetores com lâmpadas mais eficientes é tão importante assim? Parece que não e só faz sentido em países onde a neve é mais predominante. Até para uma picape como a Amarok que pode ser posta em uso off-road e ter os projetores frontais sujos com bastante poeira e lama, não há o dispositivo. Veículos de passeio aqui não vejo sentido a obrigatoriedade.

    Mais importante, sim, o ajuste de altura do facho além de fiscalização.

    A lei do farol baixo que veio para reduzir os acidentes de dia em rodovias está claramente gerando o uso inadequado dos faróis de neblina. Vejo veículos que tem a luz diurna de fábrica, mas o dono liga o farol baixo e a de neblina dianteira. Alguns luzes diurnas que são halógenas, mas previstas no código, pois não há determinação de serem apenas de LED, com a incerteza dos donos somadas a legislação mal divulgada e falhas na fiscalização, forçam ao exagero de vários faróis acesos.

    • Rodrigo Alves Buriti

      COncordo que o Xenon foi uma praga, agora está chegando esses “Super-LED”, até que a proposta é boa, porém esses chineses não possuem o foco no ponto certo, ou tem vários chips de LED de forma aleatória….diferente daquela philips ultinon que foi projetada para não ofuscar, possui longa durabilidade, dissipador de calor descente, não perde o foco…..

      Sério que a nossa legislação permite os “SuperLED” com dissipador de calor em fitinha de metal?

      • Louis

        O Led “paralelo” fica tão forte quanto um xenon xing-ling? Pergunto porque realmente não sei, às vezes vejo carros com lâmpadas super-brancas que não ofuscam, mas tem uns que dá para ver claramente que estão irregulares, ofuscando todo mundo.

      • Artur

        A Philips X-treme Ultinon LED é indicada apenas e tão somente para faróis de neblina: http://www.philips.com.br/c-p/12834UNIX2/x-treme-ultinon-farol-automotivo-led
        Ela é muito boa, por experiência própria (instalei nas neblinas do meu Civic 2012), mas a potência dela é apenas razoável (cerca de 1.200 lumens).
        O xenon é melhor que LED em termos de alcance. Eu tinha um par de xenon da K2On (melhor marca nacional) de 4.300 k (cor branca “amarelada”, sem ser branco puro) nos faróis baixos (nos altos eu mantenho a lâmpada halógena tradicional, que é melhor nesse sentido em razão do acionamento imediato). Contudo, o tempo que leva para acionar (o xenon tem um defeito nesse aspecto, leva alguns segundos para ficar totalmente aceso) me incomodava.
        Troquei por lâmpadas super LED que adquiri no Mercado Livre por cerca de R$ 600,00 o par, com 6.000 k e 3.600 lumens de potência. Não são iguais ao xenon em termos de alcance, mas a luminosidade é muito boa e até melhor que o xenon em curta distância. São definitivamente melhores que as lâmpadas halógenas. As lâmpadas que comprei possuem regulagem de foco, mas nem precisei usar (já vieram bem reguladas).
        Acho que o segredo para não ofuscar os motoristas em sentido contrário é usar essas lâmpadas “diferenciadas” (xenon e LED) apenas em faróis com projetores (como é o caso do meu Civic). Se o facho ficar muito alto, é muito mais fácil regulá-lo em faróis com projetores do que nos faróis mono ou biparábolas.

    • Edson Fernandes

      Os farois de xenon de fabrica (exceto Corolla) tem ajuste automatico. Por isso não há botões.

  • Walter Coimbra

    Sobre iluminação a materia está errada.Trabalho com inspeção de segurança veicular e desde 2011 está proibida pela resolução 384/2011 a instalação de xênon.Só é permitida a instalação em veículos q saem com o dispositivo de fábrica.Antigamente era permitida a regularização.Farois de neblina e farois de longo alcance podem ser instalados normalmente sem precisar fazer csv.Farol de longo alcance somende pode ser ligado dependente do farol alto e não pode ultrapassar 1,60m de altura.

  • Milton Baptista

    Os acessórios são MAIS colocados em carros que já perderam a garantia, pois muitos têm medo de perder a garantia de fábrica, existente na venda casada.
    Além da pressão das montadoras temos a pressão do governo.
    O primeiro a sentir essa perseguição foi o mercado e os fabricantes “tuning”, ocasionando desemprego na área.
    Depois foi o mercado de carro zero e montadoras, que sentiram o peso dos altos juros e das perseguições feitas pelo governo aos proprietários de veículos.
    Por último temos a perseguição ao mercado, e fabricantes, de acessórios.
    Em breve a única alteração permitida será passar silicone no painel do automóvel.
    Enquanto isso, em países sérios, o mercado de acessórios, tuning e carros zero movimenta fortunas gerando milhões de empregos.
    Mas o Brasil é ixperto…

    • ViniciusVS

      Os nossos veículos precisam ser compatíveis com alguns acessórios.

      Xenon xing ling em farol monoparabola ( parece ser artigo de luxo aqui pois tem carro custando mais de 100k com monoparabola) é lamentável né?

      Vejo gente colocando xenon em VW Quadrado que o farol é basicamente um abajur, Palio a mesma coisa… isso sem contar os gênios que usam no farol alto ou farol de neblina para fechar o serviço.

      O problema não é o produto e sim as gambiarras e os nossos veículos de baixo custo.

  • Douglas

    Esqueceram das malditas películas pretas.

  • Ricardo

    Se for seguir isso tudo a risca, 80% dos carros devem estar irregulares!

  • Herbet Moreira

    Favor corrigir o artigo, NA:
    ……
    Resolução 349 do Contran, artigo 8º:
    ……..
    § 2º Na hipótese da bicicleta ser transportada sobre o teto não se aplica a altura especificada no parágrafo 2º do Artigo 5°.
    …….

  • Ⓜ️arcelo

    Ontem mesmo eu ví uma SantaFe com um suporte de bicicletas deste, só que o cara que adaptou devia ser devia ser um cabeça de bagre e acabou danificando algo no veículo, pois a lanterna piscava igual carro de polícia.

    Tem isso também, as vezes você quer fazer tudo certinho e acaba danificando algo importante no carro colocando a segurança em risco.

    Eu tenho a seguinte opinião, não altera mais nada na originalidade do carro, nem na css, nem sonzinho nda mesmo, pois já tive muitos problemas com isso. Não vale a pena colocar sua vida e a dos outros em risco.

    Não sei se ainda é permitido, mas em 2001, eu já tive um suporte de bikes o qual tampava a placa então o despachante me vendeu uma placa adicional o qual eu fixava atrás do suporte quando utilizava.

  • NaoFaloComBandeirantes

    Eu fico achando é que ninguém recebe essas multas.
    Impressionante: quanto pior o asfalto em um bairro, mais carros rebaixados tem.
    E eles ficam travando o transito, passando na lombada na diagonal (achando que é certo) e causando retenção no transito.

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Notícias por email

Send this to a friend