Comprando e Vendendo Hatches

Ajudando na escolha de um compacto com câmbio automático

Meu nome é Gustavo, tenho 52 anos e frequento bastante o NA. Nesses últimos dias fui com dois amigos meus que tinham interesse na compra de um compacto com câmbio automático ou automatizado. Primeiramente descartamos de cara o Logan e o Sandero por estarem com troca de gerações muito próxima.

Foram testados Ford Fiesta SE Powershift, Citroen C3 Exclusive automático, Peugeot 208 automático, Fiat Palio Essence Dualogic, Chevrolet Onix automático, Chevrolet Prisma automático, Chevrolet Cobalt LT automático (daqui a pouco explico o porque do Cobalt estar nesta lista), Fiat Punto Essence Dualogic, Volkswagen Voyage Highline I-Motion, Hyundai HB20 e HB20S automáticos.



Vamos lá porque do Cobalt aqui? Eu tinha muita curiosidade de ver se o motor 1.8 família I do Cobalt seria muito melhor que o pequeno 1.4 família I modernizado do Prisma/Onix. Apesar do torque superior do velho 1.8, o 1.4 está com o câmbio melhor escalonado, fora o fato de apesar do 1.4 ter apenas oito válvulas ele gira muito bem em altas e não é muito fraco em baixas rotações.

O câmbio no motor 1.4 tem relações de marchas muito curtas e muda muito de marchas afim de manter o motor sempre no ponto, trocas em torno dos 2500/3000 giros, já no 1.8 as vezes ele esquece de que deve abaixar uma ou duas marchas afim de manter a força e o vigor necessários, então o carro fica mais lento que o 1.4, fora o fato de ser um motor bem sem graça aos 5.000 giros. Nessa rotação o motor simplesmente está morto, só grita e não puxa, ao contrário do 1.4 que ali está em todo o seu vigor.

Então para quem acha que o Onix/Prisma andam mal com câmbio automático, não acho, acho ambos adequados a proposta e ao motor que tem, ao contrário do Cobalt, que é muito fraco ao que se propõe, então como carros citadinos e até de estrada para quem não pisa muito fundo eles são uma pedida interessante.

Agora vamos lá. Entre os Peugeot 208 e Citroen C3, duas características foram unânimes entre nós 3, um motor interessante, porém fraco em baixas e estragado pela caixa de apenas 4 marchas, se ao menos fossem 5 ou 6 ambos os carrinhos ficariam bem interessantes. Ô dona PSA traga logo esse câmbio de 6 marchas novo aos compactos da senhora e bote esse câmbio em versões intermediarias, vai lhe fazer muito bem!

Outro detalhe que nos chamou a atenção nos franceses foi o teto muito baixo na parte traseira do carro, acredito que isso se deva por conta dos tetos de vidro especiais de ambos os modelos, sendo que no C3 nos pareceu mais baixo que no 208.

Já os Punto e Palio Essence Dualogic merecem palmas pela evolução dessa transmissão, lhes garanto que muitos que falam que chamam o Dualogic Plus de Trancologic nunca andaram nessa versão atualizada que está bastante interessante, ao contrário do Voyage Highline e sua caixa I-Motion que nada evoluiu e continua com um delay muito grande entre as marchas. Se a VW quer manter os automatizados, deveria aprender com a Fiat que soube evoluir muito bem o Dualogic. O pecado da Fiat é você ter tantos opcionais interessantes e nunca achar o modelo disponível a pronta entrega, sempre com longas filas de espera, de até 4 meses e nada.

Já os HB20 e HB20S são até espertinhos e não demonstram tanto cambio que tem, porém o mal atendimento na autorizada nos fez distanciar do modelo, pois eles não estão vendendo a última bolacha do pacote, é só um carro como milhares então não demos muita atenção, apesar de eu ter gostado da suavidade do trabalho do cambio com o motor.

Agora o New Fiesta foi a grande surpresa entre todos. Começando pela melhor posição de se guiar, motor, e a grande estrela do carro: a transmissão automática PowerShift. Trocas mais rápidas que um manual, sem trancos, ainda não é um DSG do Jetta que é outro cambio incrível, mas já é muito bom, principalmente para sua faixa de atuação. Carrinho delicioso, respondendo prontamente aos comandos do acelerador, trocas de marcha imperceptíveis e muito rápidas, uma ótima escolha na faixa dos 50 mil.

O único porém que vi no Fiesta era a qualidade de montagem, porém nas unidades que vi no estoque da revenda pude observar que as folgas já estão iguais em todos os carros, ao contrário do que ocorre ainda com o EcoSport que tem as portas todas desalinhadas e muitas vezes com grandes fissuras entre as chapas.

Então entre todos esses automáticos e automatizados no meu gosto e no de João, meu amigo que depois dessa maratona de testes adquiriu um, o New Fiesta é o melhor: rápido, econômico, e muito prazeroso ao se dirigir. Meu amigo Fabrício é que ficou em cima do muro, ele ainda não adquiriu nenhum, mas queria algo abaixo dos 45 mil reais e está com vontade de pegar o Onix LT ao invés do demorado Punto Essence Dualogic e seus 45 dias para entrega.

Ao final desse grande texto só quero dar uma dica a todos, usem e abusem da internet como meio de informações e opiniões, mas no caso de carros não tenham apenas a opinião de a, b ou c, tenha a sua própria opinião teste e sinta para poder depois ter um comentário com algum tipo de fundamento real além do que os outros escrevem.

Só estou dizendo isso pois vi muita gente criticando muito o PowerShift e o Onix automático e as críticas na hora do vamos ver se mostraram infundadas a mim, pois os carros se mostraram muito diferentes do que em alguns meios em que eles foram mostrados. E pra fechar aqui o New Fiesta Powershift me deixou bem tentado a abandonar o Jac J3 que uso na cidade que já beira os 100 mil km. Carrinho gostoso sô!

Por Gustavo Fritz

  • Paschoalpca

    Cara, depende muito do seu gosto. Confesso que iria de 208 ou Fiesta. O C3 tá tentando superar o carma de ser carro de mulher. O Cobalt é taxi. O resto, penso eu, estão num nível abaixo de 208 e Fiesta. Mas boa sorte na sua escolha!

    • Isso mostra que o nosso mercado não vai mudar. Todo dia tem notícia aqui sobre os preços abusivos, todo mundo está careca de saber, o cara é leitor do site, aparentemente entende de carro e vai lá comprar um carrinho popular automático por 50 mil… vai entender

      • João Melo

        Justamente. Vim comentar isso. Chegamos ao ponto de pagarmos 50 mil em carros populares. Isso é um absurdo. Por esse valor, por quê não levar um médio? Semana passada, vi um 308 por 47 mil numa concessionária Peugeot de Fortaleza.

        • PortoWF

          Pq eu não preciso de Espaço, eu preciso de Tenologia, Segurança e Desempenho.
          Não tenho pq ficar desfilando com um carro grande de motor pequeno só pra dizer q tenho um médio.
          Quando meu padrão financeiro puder novamente, subo de categoria, até lá….

      • thales_sr

        Mas por que censurar o rapaz? Você não comprou (caro) um carro também? Estamos todos no mesmo "balaio".

    • Rafael_CTBA

      Tenho ido ver todos estes também já que minha mãe precisa dum carro novo. C3 e 208 são "praticamente o mesmo carro" hehe, eu prefiro o 208 que na minha opinião é mais bonito!!

      Mas pensando em versões automáticas, o Fiesta se destaca além de ter um pacote de equipos de segurança melhor.

      Eu comprei um Punto Essence manual no começo do ano mas se tivesse esperado até agora, iria de Fiesta.

    • ArielRobertojr

      …olha não quero defender ninguém nem marca alguma…mais deixar de comprar um carro devido ao mal atendimento isso eu não concordo posso até ser mal atendido , mas se tiver problema com atendimento e procuro o gerente e faço minha proposta, a reclamação enfim tento comprar o carro, acho que nesse cometário acima foi INFELIZ pois se não tem condição de compra não da para dar desculpa para MAL ATENDIMENTO, o carro HB20 E HB20S, são muito bons em relação custo benefício enfim…bom esta é a minha opinião

    • Eddu13

      Cada um tem seu gosto, no meu gosto eu prefiro câmbio automático em SUV's e Pickup's.

  • lachard

    Boa escolha, caixa automática de 4 marchas, mesmo pra compactos, hoje me dia é duro de engolir.

  • Louis

    Será que o custo de manutenção de uma caixa Powershift é menor que o custo de manutenção de um automático convencional ?

    • coisarada71

      o custo de manutenção de uma caixa de marchas deveria se limitar a troca de óleo, que costuma ocorrer em intervalos beeem longos.

      • Glaucio Lima

        O problema será na hora de trocar a embreagem, que no caso serão duas, né? A embreagem do Meriva EasyTronic custa R$ 1.500 no Mercado Livre. Na GM custa R$ 2.200,00. Quanto custará a do FORD? Os automaticos pelo menos não sofrem desse mal. Duram infinitamente mais. Conversor de torque não desgasta.

        • PortoWF

          Ebay!

      • Pedro_Rocha

        Exceção ao câmbio AL4 da PSA.

      • PortoWF

        Powershift não é automatico é automatizado.

    • granrs78

      Praticamente carros com cambio automatico dificilmente vc terá problemas com eles, principalmente os cambios mais novos, pois a única manutenção é uma troca de óleo, mas com mais de 200 mil Km.

      • PortoWF

        Powershift não é automatico é automatizado.

        • granrs78

          Eu sei que o powershift é automatizado com dupla embreagem, eu estava me referindo aos cambios automaticos normais.

          • PortoWF

            A forma que vc escreveu anteriormente causou essa dubiedade.
            Meu comentário foi apenas para Ratificar a diferença entre os cambios.

      • nelsaum

        Corolla troca oleo com 60 mil

        • granrs78

          Vc tem certeza disso? Estou falando pois quase a maioria dos modelos automaticos, as trocas de óleo é com a Km acima que eu mencionei, e em alguns casos, algumas marcas nem recomendam a troca do óleo do cambio, nunca.

    • PortoWF

      Tem um video que o ADG comenta sobre isso, segundo ele o custo de substituição e mão de obra "não é para ser" muito diferente do custo de uma caixa Manual, segundo ele o mais importante é q os mecânicos tenham o treinamento e ferramental adequado pq é necessário senão da Problema…

    • zemarreta

      Ouvi dizer que os dupla embreagem têm que trocar as embreagens depois de nãoseiquantos mil km, o que pode ficar bem caro, já que são peças importadas e sem estoque. O AT normal não teria esse problema por terem conversor de torque em vez das embreagens.

      • thales_sr

        Sim, é embreagem então tem que trocar de vez em quando (ou de vez em nunca). Quando você trocou a embreagem do seu carro?

        • PortoWF

          Eu nunca!
          E já cheguei a 130 mil km com um corsa.

    • hal_cwb

      Dizem que a dupla embreagem do Jetta custava 14K.

      • Júlio

        não, custa 21 mil, pode pesquisar na CCS. E Só a CCS troca devido a equipamento e ferramental especificos. Ninguém tem a peça, nem o ebay. Só a CCS.

      • coisarada71

        Me diga alguma peça de uma VW importado que não custe um rim….

      • thales_sr

        A caixa inteira, você quer dizer? Mas quando que você troca ela?

    • fabioalisson

      É uma coisa que eu não me preocuparia muito. Meu último carro rodou 108 mil km e vendi com a embreagem original, funcionando perfeitamente.

  • João Cagnoni

    "fora o fato de apesar do 1.4 ter apenas oito válvulas ele gira muito bem em altas e não é muito fraco em baixas rotações"
    O 1.8 também é 8v, e motores 8v giram só um pouco melhor em BAIXA e MUITO PIOR em alta.

    • João Cagnoni

      Dá pra apagar meu comentário anterior? Não interpretei o texto corretamente, ignorando o "apesar" que o autor escreveu.

      • gcarlos

        Dá sim pra apagar!

  • Tobias

    Bom iria de Fiesta..

    Agora no caso de C3 ou 208, só manual mesmo…

    Ah e C3 tá muito bacana viu…

  • Pil

    Não tem nem o que pensar: New Fiesta.

    Em todos os quesitos está a anos luz dos demais citados na matéria.

    Gasta menos, anda mais, é o de melhor dirigibilidade e estabilidade, mais seguro, mais moderno, melhor motor, melhor câmbio.

    Em teste recente aqui mesmo no Notícias Automotivas o Hairton fez 12,9 km/l na estrada com etanol num New Fiesta Titanium mecânico. Nenhum dos demais concorrentes sequer chegam a 12 km/l, nas mesmas condições.

    • mgbalbo

      "Em todos os quesitos"… NÃO, na parte mecânica e de segurança sim.

      • coisarada71

        Tirou as palavras de meus dedos… Apeser da primazia mecânica, o acabamento do NF perde feio para os franceses.

        • Pil

          Em todos os quesitos. O acabamento dos franceses é mito. Eu fui ver o 208 topo de linha e os plásticos dele são iguais ao do New Fiesta. Também fui ver o C3 é a mesma coisa.

          O New Fiesta é um carro atualizado, com controle de tração, controle de estabilidade, assistente em rampa, 7 air bags, cãmbio de dupla embreagem, os concorrentes não tem nada disso.

          Não tem comparação!

          • Edson Roberto

            É mesmo? Eu nao vi as frestas, montagem e os toques de mais boa impressão no Fiesta não. Nesse quesito, o 208 por exemplo foi bem superior. O esmero na montagem é sem comparação.

            Entretnato em outros itens eu concordo queo Fiesta é superior.

          • mauricar23

            Não gosto dos franceses. Mas o acabamento do 208 realmente é bem superior ao do NFiesta.

            Anos luz dos concorrentes?
            Que exagero.

  • Ricardo

    Faltou considerar os automáticos da Renault, que mesmo com 4 marchas entregam um bom custo x beneficio. São meio lentos no arranque mas vão muito bem em giros mais altos. Vc consegue hoje o Sandero automatico por +- 38k e o Logan por 34k já com multimidia.

    • Castle_Bravo

      Ouço algumas histórias sobre a durabilidade (ou falta dela) dos câmbios automáticos franceses, é só isso que me assusta na verdade. Dirigi um Logan automático e achei decente o câmbio. Bem escalonado, não "berra" muito e é suave. Não dá nem pra notar que tem apenas quatro marchas.

      • Corvo

        Os câmbios da Renault mesmo sendo os mesmos do grupo PSA, (A4L, chamado pela Renault de forma diferente) o escalonamento e comportamento é diferente.
        Uma coisa que não gostei nas experiencias que tive com um Sandero é que o cambio patinava, sobre tudo quando acelerava de forma um pouco intensa, ou seja, você pisa, as rotações aumentam bastante, voltam a cair e depois troca a marcha. Não mais, o comportamento na geral para andar na cidade é bom, pelo menos é melhor que dirigir carro manual…

        • Castle_Bravo

          Eu dirigi apenas na cidade, e gostei bastante, mas não cheguei a pisar muito ou exigir muito do câmbio ou do motor, apenas direção tranquila, sem muito espaço para testes. Acredito que o comportamento seja o mesmo do Sandero até mesmo por serem praticamente o mesmo veículo mecanicamente, e sim BEM melhor que qualquer manual em trânsito urbano.

          • Corvo

            Sim..o comportamento entre os 2 é idêntico. Mas isso que te relatei da patinagem é uma característica desse cambio, e não era só de meu carro. De fato, há um tempo atras numa revista que fiz o teste de um Sandero automático, notou o mesmo problema. Diz que data das primeiras Scenic automáticas e Megane. Ao final, é o mesmo cambio, só que agora foi um pouco melhorado e atualizado.

            • Edson Roberto

              O nome desse cambio na Renault é DP0 que hoje sofreu a mesma atualização da PSA que se chama AT8.

              Com o fim do abastecimento de produção do AL4/DP0/AT8, é capaz dessa joint-venture beneficiar a Renault.

              • Corvo

                Bem lembrado, mas já passou da hora de aposentar esse cambio, que tal vez seja o pior automático oferecido atualmente aqui. A Renault poderia aproveitar a parceria com a Nissan e aplicar os CVT na sua linha, mas isso não seria viável pelo custo no casamento motor-cambio

    • Gaf1991

      Eu só não os considerei para os meus amigos por conta da muito proxima reestilização do Logan e do Sandero , no mais é uma caixa bem adaptada ao 1.6 16v da Renault , nem parece ter apenas 4 marchas de tão desenvolto que o carro roda com ela . Teria facilmente um renault com essa caixa .

  • Eu fiz dois testes drive, New Fiesta Powershift e Punto Dualogic Plus, e realmente é como vc descreve, o Dualogic melhorou muito, mas o Powershift é ótimo e o carro muito esperto. Parabéns pela matéria.

  • Filipe_GTS

    Os automatizados de uma embreagem não são recomendados. Apenas quebram o galho, mas não têm aquele nível técnico que um entusiasta procura.
    Sucesso de público e de crítica é o Fiesta Powershift, que é também a minha sugestão.

    • thales_sr

      Se tivesse trocas manuais em borboletas ou empurrando a alavanca, seria ainda melhor. Pra mim, aquele botão de controle remoto podia desaparecer.

      • Edson Roberto

        Poderia mesmo. Foi o unico senão desse cambio do Ford.

        • thales_sr

          Hoje fiz o TD do Fiesta Powershift, e desencantei um pouco com o carro/motor/câmbio. O carro parece ter o mesmo desempenho da minha "velharia" Polo de 100 cv (o fiesta estava com 10 km no hodômetro, talvez melhore mas mesmo assim, 30 cv de diferença…), ainda senti o efeito de "carro atolado" que sinto nos automáticos, mas foi bem menor, e as trocas também são melhores que a dos automáticos. Mas a lembrança do DSG me persegue, ele fica anos-luz atrás.

          E pra terminar, parece que a Ford não quer me vender o carro… rs

  • shemhazai

    Minha dica é:
    1) Fuja do cambio PSA por enquanto.
    2) Automatizado mono-embreagem = gambiarra, fuja também.
    3) CVT você tem que gostar, ele é bem diferente. Bom pra conforto, não pra performance!

    Então entre os compactos, falando EXCLUSIVAMENTE do câmbio, ficaria entre o AT6 da GM e o Dupla embreagem da Ford.

    • danielcastelli

      Até hoje estou tentando entender o passou na cabeça dos gênios da Peugeot pra lançar o 208 com o AT4.

      Já deve ter perdido tanta venda por causa disso (inclusive minha) que a economia virou prejuízo faz tempo.

      • shemhazai

        daniel, hoje eu compraria um 208 allure MANUAL, mesmo preferindo cambios automáticos, por causa desse cambio da PSA.

      • mgbalbo

        Você já respondeu a pergunta… "economia" (porca por sinal).

      • zemarreta

        Cara, o que imagino é que esse câmbio deve ser fabricado na própria França, e eles não tem/não querem/não podem lançar um substituto de 6 marchas produzidos nela. Como os sindicatos lá são fortes demais, e o próprio governo interfere muito nas decisões da empresa, acho que eles não podem simplesmente fechar essa tal fábrica que produz o AL4 e trazer somente o AT6 da Aisin. Assim, vão empurrando esse AL4 nos emergentes enquanto podem…
        Apenas meu palpite…

        • Edson Roberto

          É palpite pois, esse cambio AL4 é produzido junto a fabrica da Argentina também. Não a toa, as solenoides se olhar o local de fabricação geralmente vem da Argentina.

      • Roberto

        Eu também deixei de comprar por causa disso.

      • Edson Roberto

        Eu abandonei a possibilidade do 208 por dois motivos:
        – CAmbio automatico ruim
        – Falta de mais itens de segurança no modelo

        Não entendo o que fez a empresa pensar que somente a versão "especial" deveria ter mais itens de segurança.

    • rogerrosato

      DuaLogic Plus é gambiarra (gambiarra inclusive vendida na Europa) e o AT6 da GM, enfiada num carro popular de potência totalmente não condizente com as necessidades do câmbio, é coisa boa, "hi-tech"…
      Ai ai… depois reclamam do mercado! Julgam sem conhecer, falam sem saber, argumentam sem se basear… que lástima! Têm de fato o que merecem, nem mais, nem menos…

      • Ubaldir

        Esse "nhenhenhe" a respeito dos automatizados até cansa. Tem um monte de "palpiteiros" que em poucas linhas em que tecem comentários a respeito dos automatizados deixam bem claro que nunca sequer entraram em um modelo equipado com esse aparato uma vez na vida.
        Em relação aos automáticos, a desvantagem clara é que claramente nota-se mais a troca de marchas. Mas não é nada que realmente vá mudar o preço do dólar. A vantagem óbvia: não há conversor de torque, o que acaba com aquele "vuuuuuum" do carro automático, que muito lembra uma embreagem cheia de óleo de um Escort quando o retentor do câmbio estourava. E nas trocas manuais, o automatizado, mesmo de única embreagem, deixa longe qualquer automático no delay irritante que se observa toda vez que se aciona a troca de marcha por alavanca ou por borboleta, o que eu considero uma vantagem considerável, uma vez que aquela demora de um segundo ou mais que se tem nas automáticas para proceder uma troca manual em minha opinião simplesmente inviabiliza a utilização do recurso, uma vez que o torna extremamente disfuncional e sem graça.
        Minha opinião é a seguinte: caixas automatizadas de dupla embreagem são imbatíveis. A Power Shift merecia uma recalibrada para apresentar trocas mais ágeis, pois elas muito assemelham o produto a uma caixa automática convencional. Em segundo lugar eu opto pelas automatizadas por eliminarem o efeito "embreagem patinando" e em especial por garantirem trocas manuais com agilidade e sem delay. As automáticas realmente não são do meu gosto. Se elas forem a única opção prefiro uma boa caixa manual.

    • kadaf

      Concordo, mas vale a pena descobrir os automatizados, pois a manutenção eh igual a de um carro com embreagem normal, mas pelo preço não vale a pena, eu iria de AT6 da GM ou o powershift da Ford

  • MecanicoDigital

    Eu concordo com o amigo que vai de Onix LT. O Powershift pode ser melhor, mas cobra por isso, então dá na mesma. Cada um vai "comprar o quanto cada carro pesa".

    Se bem que eu ainda acho que o Fiesta pesa um pouco mais do que vale, por isso eu ficaria com o Onix.

    • Alex

      Pois é, vai de cada um mesmo. Eu já acho que o Onix pesa muito mais do que vale. Pelo que o Fiesta oferece a mais (motor, dirigibilidade, segurança…), a diferença entre eles é até pouca.

    • shemhazai

      Eu investiria um pouco mais pela Spin LT. é feia? é! Mas tem muito mais espaço por um pouco mais de $$, e ainda tá cheio de promoçao em taxa 0 com 50% de entrada.

      • lachard

        Marmota LT, não é feia…é MUITO FEIA!!!!

        • shemhazai

          Não compro carro por ser bonito!

          • lachard

            Eu compro, não é determinante mas faz parte da minha escolha. Se for pra gastar mais por mais espaço o Versa ao menos de frente é mais simpático…

            • shemhazai

              Mas não existe Versa automático no Brasil. Só manual.

      • gcarlos

        O cara é um rapaz novo, vai espantar as gatinhas com essa marmota. Ri bastante com sua indicação. Mas é válida.

        • thales_sr

          É pra pegar mulher no nível hard!

      • coisarada71

        O "pobrema" da Spin (além da falta de "buniteza") é o excesso peso para um motor 1.4 antiquado.

        • Não é 1.4 é o 1.8 da Gm um motor antigo más muito confiável, porém não combina com o AT6 em algumas situações.

          • Edson Roberto

            Assim como o AT6 no motor 1.4. O carro certamente vai cobrar no consumo por ficar trabalhando feito doido.

      • thales_sr

        Spin? Comprar uma minivan pra que? Pra carregar ar contigo o tempo todo naquela coisa horrenda? rsrsrs
        Não quero ter você como conselheiro..

    • Edson Roberto

      Fala Xará! tudo bom?
      Tudo depende de quanto vale o que custa. Eu tive a possibilidade recentemente de comprar o Fiesta por exatos R$47500. (versão SE com PS)

      Eu não compraria o Onix LT por R$43900, se justificar os itens a mais do Fiesta. Entretanto, foi como eu disse, quem lançar um carro com motor acima de 1.0 (para minha necessidade de uso geral) que seja de 6 marchas ou CVT (seja no caso de 6 marchas, dupla embreagem ou automatico convencional) por menos de R$40000 E ofertasse um conjunto razoavel de itens de série, terá minha compra.

      • MecanicoDigital

        Opa Xará! Aqui tudo tranquilo, e aí?

        Sei não …. eu ainda considero essa diferença de preço grande… mas é como vc disse, depende de quanto vale o que custa.

        Um abraço :)

  • Jader

    Esse New Fiesta deve ser bom msm, só tem elogios por onde vejo…

    • CyborgPilot

      É que vc ainda não leu sobre o New Fiesta em um site chamado Reclame Aqui.

      • ctnmartins

        Se ele for ler comentários de compactos no reclame aqui não vai comprar carro nenhum.

        • thales_sr

          E vai andar descalço também, pois tem reclamações sobre marcas de tênis e sandálias.

          • Edson Roberto

            É capaz de encontrarem reclamação que a mãe fez o pé do filho torto e o mesmo processar a mãe….rs

  • Alexdias

    Eu também fiz um test drive no Prisma automático e, ao contrário do amigo, achei que falta muito motor, mesmo para utilização na cidade. Ademais, achei muito incômodo o acerto do câmbio, que trava o carro em qualquer descida, mantendo marchas mais baixas de modo que, mesmo em descida, vc tem que acelerar o carro. Muito esquisito.

  • PortoWF

    Mais um puxa saco do Fiesta!!! kkkkkkkkkk
    Tô brincando, só não se encanta com esse cambio que não dirigiu.

    • Gaf1991

      Não sei se o J3 que uso na cidade vai durar muito mais tempo comigo , já tinha me apaixonado pelo Jetta tsi e esse já está previsto como substituto do meu lancer , agora como estou usando o lancer na cidade e o j3 na estrada , por causa do cambio manual , to pensando seriamente em trocar antes o j3 por algo automatico .

      • Edson Roberto

        O que faz mais sentido, pois ao que parece é o J3 o carro "do trabalho duro" certo? Eu pelo menos estou querendo encarar essa troca para meu carro do uso diario do que aquele que eu andarei alguns dias (ou fim de semana).

        • Gaf1991

          Eu uso o carro todos os dias , mas o dia pior é quando eu fico no Rio , pegar transito toda hora pesado , anda e para uma desgraça , e nisso o Lancer que deveria estar na estrada , está rodando como carro de cidade , algo que eu não previa . O j3 substiutiu o honda que eu usava em cidade , então foi uma troca totalmente controversa nesse sentido pois um está fazendo o trabalho do outro . Eu admito me empolguei demais por conta do prazer que o carrinho é capaz de transmitir quando sem transito , em curvas , subidas , brincar com o cambio dele é divertido , mas não vale pelo prazer de 5 minutos e stress de ficar no anda e para por 55 minutos , você me entende ?!

        • Gaf1991

          Eu estou sentindo muita falta do cambio automatico e meu filho quer agora um carro mais novo , ai estou pensando seriamente , como ele gostou do j3 , de vender a ele e depois pegar algo automatico . Porque nesse momento atual eu também estou levando prejuizo , porque o lancer bebe mais na cidade , algo em torno dos 10 km/l e o j3 em torno de 13,5 km/l , já na estrada é o oposto o Lancer chega facil aos 18 km/l , já o j3 mal chega a 16,8 , 16,9 km/l . Então eu estou me questionando muito quanto ao futuro do j3 por isso . No mais para quem gosta muito de um carro manual , é diversão pura

      • Magnon

        Gaf, qual seu lancer?? Você já andou com os novos? O que você acha desse CVT de 4 marchas que usam?

  • Claudio

    Eu ainda iria de HB20. O motor sobra mesmo com cambio de 4 marchas.

  • Careca

    Se você gostar de carrinho apertado e não ligar muito pra acabamento interno, o fiesta é uma ótima opção.

  • Rafael

    Só eu acho que o cara da matéria tem 25 anos e não 52? Acho que trocaram as bolas ai…

    • Gaf1991

      Não eu tenho 52 anos mesmo … Fabricio está com 54 e João com 58 . João é que pegou o Fiesta .

  • Claudinho

    Este câmbio do New Fiesta que teu amigo comprou tá se comportando bem ? Não faz ruídos ?
    Tenho lido muitos proprietários insatisfeitos com este câmbio, e as concessionárias dizem que é característico deste tipo de transmissão.

    Poderia colocar um relato de atualização aqui ?

    • Gaf1991

      Eu me apaixonei pelo carro dele , é muito gostoso mesmo , e o cambio tem sim se comportado bem segundo ele .

    • Edson Roberto

      Claudinho,
      Na verdade os barulhos reclamados do cambio são relacionados a troca de marcha. E sim, como é um cambio com embreagem (duas), ele faz barulhos das trocas. Entretanto, felizmente não é como o cambio da VW que faz barulhos dependendo do tipo de via que vc anda. (mesmo sendo superior em funcionamento).

      Acho que não seria demerito os barulhos de troca de marcha para evitar o cambio. No cambio automatico com conversor de torque (os convencionais) vira e mexe se ouve a atuação do conversor e nem por isso o pessoal reclama porque geralmente o comportamento do cambio é suave (assim como o Fiesta).

      • PortoWF

        é o mesmo barulho de uma caixa comum.

  • gcarlos

    Nem pensaria no JAC3!

  • romaziero

    Onix Automático é um espetáculo,

    vale a pena ir numa CSS GM e fazer um test-drive.

  • O Fiesta é hoje aparentemente a melhor compra, mas realmente vai do gosto de cada um, e outros fatores também.

    • andre

      Acho o NF um bom carro mas, não um supercarro.O problema dele como o do Focus é ser Ford.Tem uma rede de css despreparada, com peças caríssimas e atendimento pífio.Quero ver quando esse super Fiesta começar a precisar de manutenção se terá uma super rede de css pra dar suporte.O conjunto ideal pra mim seria o Ônix AT mas,com o 1.6 do Sonic.

      • Pil

        GM bom atendimento, onde?

        Amigo, a GM é um vexame.

        Os carros dela não vão para o Inmetro (medo do vexame do consumo alto e de emissões altas? Provável).

        Além disso, dos piores carros testados pela Latin Ncap Classic e Agile foram muito mal, o que não credencia muito o Onix, que tem todo jeito de projeto econômico, a começar pelos motores arcaicos.

        Sonic e Cruze, se salvam, mas ambos são caros pelo que entregam, e tem motores beberrões.

        • MM_

          Da pra ver q vc nao tem um Cruze.

  • laguiar

    Pra pegar um Onix AT, compensa realmente muito mais fazer um esforço e guardar mais uma graninha um meses e já ir de Fiesta Powershift… a menos que esteja desesperado querendo comprar o carro pra amanhã.

  • Triton

    Será que ninguém prestou atenção em um detalhe: O CARA TEM UM JAC J3 COM 100.000KM RODADOS!!! Caramba, era o que faltava para esclarecer melhor algumas dúvidas quanto a durabilidade de carros chineses. Ao autor da matéria, Sr. Gustavo Fritz: por favor, escreva um OPINIÃO DO DONO bem detalhado do seu JAC J3 e envie para o NA publicar. Grato.

    • Triton

      Ah, só complementando, já não é raro ver carros da Chery à venda no Mercado Livre com alta quilometragem (não me venham falar que fulano tem um Gol 89 com 399.000Km rodados, pois estou falando de alta quilometragem em relação ao ano do carro, visto que a Chery começou a vender aqui no fim de 2009). Há algum tempo atrás, vi um Tiggo lá com mais de 90 mil Km, com foto do hodômetro e tudo, e, pelas fotos, o carro aparentava estar em excelente estado, inclusive na parte interna.

    • montagner82

      Pois depois de eu ter lido essa frase até esqueci do que se trata a matéria. Por favor conte pra nós a experiência com o J3.

      • Gaf1991

        Eu pretendo fazer quando eu trocar de carro , mas já fiz uma aqui , dos 40 mil km senão me engano . Também tive o do Civic com 420 mil km que fiz para cá .

        • Edson Roberto

          Pois é… mas agora ele tem "apenas" 60000km a mais…. seria interessante esse feedback e relato. Pois é…. 100000km com um Chines e tem gente com preconceito. Tenho certeza que se colocassem um cambio automatico (ou CVT?) em um JAC poderia ser uma opção de compra sua.

          E pensar que eu com quase 100000km no meu C3 também feliz da vida com ele…

    • zeuslinux

      Altas quilometragens em carros com poucos anos (porque o J3 foi lançado em abrl de 2011 se não me engano) não diz muita coisa, apenas que o dono deve pegar muita estrada ou é taxista.

      A gente percebe quando o carro é bom mecanicamente se não der nenhuma manutenção mecânica que seja relacionada com peças de desgaste natural (pneus, bateria, troca de óleos e filtros, etc) em mais de 7 ou 8 anos de uso diário. Já tive um carro assim, que ficou comigo quase 10 anos só com trocas de pneus, óleo, filtros, etc. E só troquei porque cansei do carro e queria um mais moderno e confortável, com câmbio AT.

      • Renato_Dantas

        Zeus dá uma média mensal de 3.448 km o cara roda pra caramba, será possível?, a maioria absoluta (excetuando taxi) roda em média 14.000km por ano.

        • Gaf1991

          Olha minha média semanal é proxima disso . Quando não saio ou venho de Unaí para o Rio , se for só no ciclo cidade a minha média diária é de 500km por dia . Já em ciclo estrada , em média de 3 vezes por semana rodo 1000km com o carro só em estrada em um dia .

  • Zergling

    O último parágrafo do J3 deve ter sido uma tortura para alguns aqui lerem.

    • Lukoh

      Não consigo imaginar um J3 aguentando 100.000km…. ao autor do texto, fica o nosso pedido pra que relate sua experiência com esse carro.

      • Zergling

        Por que não consegue? A QuatroRodas fez um teste que rodaram 60 mil km e foi aprovado com louvor. O teste deles tem muito mais detalhes que o autor do texto pode te passar.

  • Kleber

    Meu amigo, eu iria de New Fiesta Powershift, porém, não na versão SE e sim na Titanium, porque essa versão tem 7 airbags, é a mais segura da linha New Fiesta 2014!!! Além disso, acho muito bonito esse carro! E o motor é potente!!!!

    Você selecionou ótimas opções de carros automáticos, mas a minha escolha é o New Fiesta!!

  • LS7

    Estranhei a comparação do Cobalt AT 1.8 e o 1.4, que só tem manual. O câmbio AT do Cobalt não é como o do Cruze, que tem trocas mais suaves e não amarra tanto, mas para achar o 1.4 melhor que o 1.8, só mostra que a pessoa não sabe fazer uma avaliação. Não tem nem o que comparar, o 1.8 AT é bem superior: arranca melhor, retoma melhor, carrega mais peso sem reclamar e, ainda por cima, tem consumo semelhante ou até melhor.
    O câmbio do Fiesta não é melhor, além do carro oferecer pouco espaço. Para um solteiro até dá, mas prefiro o Onix, pois o câmbio do Fiesta, como todo automatizado, vai dar muita dor de cabeça.
    Será que o Fiesta vem com Tylenol?!?

    • Pil

      Amigo, você vai ficar velhindo e esse câmbio Powershift vai estar inteiro. Não fale do que você não sabe e não entende. O Powershift é excelente!

      Preferir Onix a Fiesta é uma piada.

    • Gaf1991

      No caso não comparei a versão manual do cobalt versus a automatica . Eu comparei o Cobalt 1.8 at com o Onix 1.4 at , não sei se era porque o carro era 0km achei o 1.8 com um desempenho muito parelho ao do 1.4 , com a vantagem para o 1.4 que me pareceu no teste mais girador que o 1.8 , o 1.8 depois dos 4000 giros só gritava , enquanto o 1.4 até os 5500 puxou satisfatoriamente . E no caso do onix o cambio me pareceu melhor adaptado ao motor , no caso das relações de marchas , do que no 1.8 do cobalt . E sim o Powershift da Ford me convenceu muito mais que o automatico convencional da GM , não julgando durabilidade , mas prazer na condução o powershift é muito mais gostoso de se guiar que o automatico convencional da gm . Mas ai é de cada um , cada um tem a sua opinião , normal .

      • andre

        Porém são carros diferentes concorda?consequentemente de reações diferentes, seja pela questão de motorização como também de projeto em si, afinal trata-se de um sedan contra um hatch.

    • Marco A.

      O Onix é um bom carro, mas está num patamar beeeeeeeeeeem inferior ao New Fiesta. Gosto dos dois, mas iria de Fiesta. E o espaço interno dos dois não é tão diferente assim não. O New Fiesta mexicano era mais apertado e o Onix, tem um painel que invade em muito a cabine, diminuindo seu espaço interno, sem falar que o porta malas é ridículo. Nesse aspecto o do New Fiesta é muito melhor. Vá numa concessionária e confira. É só questão de ver.

  • LuccasVillela

    Eu tenho um Palio Essence Dualogic e gosto bastante do cambio, seu amigo devia ir de Punto e não onix… Consigo um consumo decente com gasolina na cidade, em torno de 11km/l. Acho ele melhor que o cambio do 207 AT que minha mãe teve.

    • Gaf1991

      O problema do punto e linha fiat em geral em certos modelos é a fila de espera muito longa pro carro chegar na css .

      • andre

        Até compreensivo pois, ela é líder de mercado com apenas uma fábrica.

        • Edson Roberto

          Pois é… só que se o consumidor quer um carro a pronta entrega e há um concorrente que tem esse modelo, ele vai escolher o concorrente, simples assim.

      • LuccasVillela

        Depende do carro e da configuração, em estoque achei mil opções do Palio… Aí decidi quais opcionais eu queria, escolhi comandos no volante, radio com bluetooth, entre outros mimos… Gostei do carro, me surpreendeu bastante.

  • malatha

    Acredito que a melhor relação custo/ benefício ainda é o Palio Sporting Dualogic Plus.
    Trocar marcha na borboleta é muito bom!
    Colocando R$5.544,00 de opicionais ele sái por R$ 44.800,00.
    A CSS local vende abaixo do preço do site da Fiat. São significativos R$5200,00 a menos!
    Estou cismado com tanta reclamação sobre acabamento, desalinhamento de peças e barulho do powershift do New Fiesta. Barulhoshift ??
    E até agora não ví nenhuma reportangem séria abordando REALMENTE se estes porblemas com o NF são pontuais ou frequentes.

  • Thierry

    Como disse em outros posts.. e agora tenho uma atualizada com gasolina
    Meu new fiesta 1.6 powershift álcool na cidade faz 9 km/l estrada faz 12 km/l
    Já com gasolina fiz uma média de 14 km/l, 13km/l na cidade e 16km/l estrada

    • Paulo

      Tá excelente o consumo. Não venda seu carro porque parece que ele é um daqueles que saem da linha de montagem "abençoados", com características quase milagrosas. No teste do Inmetro o Fiesta recebeu nota A de consumo, cravando 7,9/9,9 km/l com etanol e 11,4/13,9 km/l com gasolina (cidade/estrada). Se testassem o teu, levaria nota AAA+…

      • PortoWF

        Pois é, o meu eu só consegui fazer 9km/l na cidade na semanas de Julho que os Colegios estavam de Ferias e o transito estava otimo, na média faz entre 7,8 e 8,5 km/l, depende do transito (sempre no alcool)

        • roberto

          KKKK, como eu fico feliz ao ler isso. Meu Civic LXR tá mais econômico que o Fiesta. Vou explicar: Peguei meu carro na css no dia primeiro de abril, portanto, são 4 meses e meio de uso. No hodômetro A que é o que marca a Km total ele está com quase 15000 (trabalho com vendas e viajo bastante), bem, nesses quase 15 mil kms o computador marca consumo médio de 12,6, (considerando que no período eu enchi o tanque com etanol pelo menos umas 10 vezes e que 1/4 é cidade o restante estrada, eu diria que até aqui meu civic tá bem econômico). A cada novo tanque eu também monitoro o consumo e tenho percebido que a Honda acertou em colocar o motor 2.0 no Civic. Costumo trocar meus carros a cada tres anos ou por volta dos 100 mil kms, mas to gostando tanto desse Civic que acho que vou ficar um pouco mais com ele.
          Abraço,
          Roberto

          • ctnmartins

            Dois pesos e duas medidas, colega. Não tem sentido você comparar o consumo de seu Civic, dirigido por você com o de um compacto dirigindo por outro pessoa em trajeto diverso.
            Para fazer uma comparação justa só utilizando método científico, o resto é achismo.

    • Renato_Dantas

      Depende também da cidade onde mora, aqui em Belo Horizonte com sua topografia dificilmente chegaria a 7 com etanol e 9 com mijolina.

  • Paulo

    Um carrinho miudo auto que me surpreendeu positivamente foi o 500, muito bom de dirigir

  • armando costa

    O Cobalt AT6 1.8 acompanha o trânsito com desenvoltura sem passar das 2.500 rpm. Não se escuta o motor trabalhar, as trocas de marcha são imperceptíveis, e o consumo trabalhando nessa faixa chega a 10km/l na cidade. É carro pra quem quer – muito – conforto, e nesse quesito dificilmente o Onix AT6 1.4 vai satisfazer tanto. Em suma, é questão do ponto de vista da avaliação. Pra quem gosta de conforto, e motor trabalhando com força em baixíssimo giro, é a combinação AT6 e 1.8 Econo.Flex que vai agradar mais. Não tem nada na faixa de R$ 50mil que entregue o conforto do Cobalt LTZ AT6 1.8…

  • Hugo Avelar

    Como eu gosto de Fiat, eu iria de Palio ou Punto, se fosse hoje né! Possuo um punto 2010/2011 logo quando lançou o Dualogic no Punto, e nunca deu problemas! Não da tranco nem nada, a única coisa que ''as vezes'' é ruim, é só a 'lerdesa' pra passar marcha. Mas é costume, e isso é nos antigos né.
    Parabéns pela matéria

  • Carlos

    Alguma chance desse carro ganhar câmbio automático novo ano que vem? Com esse que tem hoje, nem pensar.

  • Carlos Nobrega

    um colega falou e tambem concordo, entao vou repetir.

    Eu ja tive automatico, e jamais terei novamente. Perde muita potencia com o conversor de torque e bebe d+. (focus 2.0 AT 4 marchas… eu sei).

    Automatizado, fuja do com 1 embreagem somente.

    Automatizado de dupla embreagem com 7 ou + marchas, tudo de bom. Sou dono de um agora.

  • rogerrosato

    Um belo cala-a-boca para os desentendidos de plantão, que criticam puramente por criticar, sem base alguma.
    Os únicos câmbios AT que cogito são aqueles caros demais para serem colocados em um compacto ou médio, portanto, se realmente precisasse comprar um carro não-manual (por morar numa cidade extremante congestionada, por exemplo), optaria pelo DuaLogic Plus ou Powershift. Esses câmbios, diferentemente dos AT, não interferem em demasia no consumo e desempenho, e isso é elementar para mim.
    Parabéns pela Fiat, Ford e VW por investirem em tecnologias mais modernas ao invés de nos empurrar soluções arbitrárias vendidas como sendo de última geração.

    • andre

      Minha vizinha, com um Fox I-motion hoje ficou a pé, essa tecnologia na teoria é excelente mas, na prática ainda deve muito e é numa hora dessas que as soluções arbitrárias se destacam pela confiabilidade.

      • rogerrosato

        Levando-se em consideração os hábitos de manutenção veicular dos brazucas, posso ter uma idéia do que causa tantos problemas que então são creditados às tecnologias e às montadoras.
        Também, não citei a VW pelo i-motion, mas sim pelo DSG. Do DuaLogic Plus, nunca ouvi reclamações pertinentes.

        • andre

          No caso dela o carro não tem nem 5 meses de uso e mal sai de casa.

          • rogerrosato

            Pois tenho amigos que possuem carros com DuaLogic é são só elogios à caixa. Já vi até taxistas elogiando o câmbio… vc não pode pegar um caso e fazer dele regra. Também, o i-Motion não é nem de perto tão popular quanto o DuaLogic, que equipa 40% dos carros vendidos pela Fiat.

  • Valmir

    Muito interessante seu depoimento. Especialmente o final, quando fala do J3. Só se fala dos pontos negativos do carro, mas ouvir de alguém que tem o carro que já rodou quase 100 mil KM e tá satisfeito com o carro é muito legal. Nada melhor do que a opinião de quem tem o carro, dirige regularmente e conhece os pontos positivos e negativos.

  • Bruno Alves

    O New Fiesta com certeza foi uma ótima compra. Mas se fosse eu escolhendo, eu teria ficado com um Punto 1.8 que não é muito mais caro que um New Fiesta PowerShift, mesmo o câmbio dele sendo bem inferior ao do Fiesta. Mais ai vai de cada um.

  • Pedro

    eu li muita coisa sobre o câmbios da fiat, o dualogic plus, poço ate estar errado, mas a única vantagem sobre o powershift é que ele tem creeping, se o carro ford també ter me corrijam, mas sobre os carros a melhor opção é o fiesta, já vem com ebd e assistente de partida em rampa que facilita muito.

    • Pedroca

      realmente vc está errado porque "posso" é com "ss" pois não estamos falando de água de poço! kkkkkkkkkk

  • Renato_Dantas

    1000.000 km dá uma média mensal de 3.448 km, 41.327 anuais o cara roda pra caramba, será possível?, a maioria absoluta (excetuando taxi e empresa) roda em média 14.000km por ano, se ele optou por 6 anos de garantia a revisão fica a cada 5.000 então ele realizou 20 revisões.

    • Gaf1991

      Não é bem assim , já tem um tempo que a Jac mudou os padrões de revisão para 10 mil km . Mas só na primeira semana com o carrinho já tinha ido fazer a revisão dos 2500 , agora o hodometro está em 101600 km .

    • Luciano

      Tenho um Cruze Sedan há pouco mais de 1 ano e meio… está com 50 mil km… rodo cerca de 30 mil km/ano… não acho nada estranho o cara rodar 40 mil km/mês… viajo aos finais de semana e periodicamente visito familiares a 300 e 500 km de distância… 2000km no mês é muito fácil de alcançar… e não precisa ser taxista ou representante comercial para isso… Ahhh… e realmente o custo com revisão e troca de óleo acaba sendo um pouco maior, já que os intervalos são mais curtos…

    • luciano

      Normal 14 mil por ano ?!?!?!??!?!?! tu nao mora em São Paulo entao onde se roda 50/60 km por dia facilmente so para ir e voltar do trabalho, fora todo fds indo pro sitio ou praia… Comprei meu carro dia 29 Maio 2012 e ele esta com 46 mil km… perfeitamente normal a KM do J3 dele !

  • fabioalisson

    Seu amigo fez bem, iria de Fiesta Powershift tb.

  • Paulo

    to feliz com meu punto dualogic plus 1.6 essence 13/13

  • mdscom

    Eu comprei um New Fiesta Titanium Powershift há 3 meses e estou muito satisfeito. O câmbio é bem esperto, faz trocas rápidas e suaves. Também fiquei impressionado com o consumo, está fazendo 11.3 km/l com gasolina. Rodando 70% do tempo na cidade e 30% na estrada.

    Em termos de acabamento interno, acho que o 208 é melhor. Mas quanto a mecânica, segurança e tecnologia embarcada o NF está a frente.

    • rogerrosato

      Se fosse 100% urbano seria bom, mas com esses 30% rodoviários, tá apenas satisfatório. Achei que seria mais econômico… uns 12 km/l na cidade e 16 km/l na estrada, haja vista a modernidade do motor. Numa média combinada, isso daria 13,2 km/l.
      Com esse média combinada de 11,3 km/l, a média urbana fica em torno de 10,5 e a rodoviária 12,5…

      • mdscom

        Na verdade esses 30% de estrada que eu mencionei é o trecho da rodovia Castelo Branco entre São Paulo e Barueri que eu percorro todos os dias. Muitas vezes eu pego trânsito intenso nesse trecho, então nem sei se posso considerar como rodoviário.

  • Ítalo

    Obrigado pelos esclarecimentos, Gustavo. Foram na linha do que eu imaginava, mas apenas imaginava, pois não conheço muito de carros. Não tanto quanto você, pelo menos, pelo que posso ver. Gostaria de ir um pouco além e lhe fazer uma pergunta para me ajudar na escolha de meu próximo compacto, um premium. A pergunta envolve um carro nacional e um importado. Levando em conta as questões de esportividade, dirigibilidade, estabilidade e segurança (mesmo sem suspensão esportiva como no topo da linha de um dos modelos), economia; você ficaria com qual dentre esses dois carros: Fiesta Titanium manual ou Mini One manual? italojrs.gmail.com. Obrigado.

  • katiuce

    E o picanto, o que acham?

  • Marcelo

    Eu acredito que tem gente ganhando uma grana aqui pra falar bem de certos carros….
    Como por exemplo o new fiesta. Se voces consultarem o site "carros na web" e analisar a opinião dos proprietários
    vão ver quantas reclamações desse cambio do fiesta.
    Pelo que estou pesquisando, apesar de ter pontos negativos tambem, o carro mais equilibrado e melhor custo
    beneficio é o Onix.

  • Paulo Henrique

    Gostei da reportagem, e concordo com o resultado do New Fiesta como vencedor!
    No conjunto mecânico e tecnológico ele esta bem a frente da concorrência, mas é de se observar também que a falta capricho e cuidado na construção desse veiculo é visível a olho nu para qualquer leigo, basta comparar com a versão mexicana 2012.
    Esse mês estava com uma grande duvida sobre qual carro iria adquirir, queria comprar um carro automático ate uns 45 mil, meu carro anterior era um focus ghia 08/08 modelo antigo, por sinal um excelente carro! Esta decidido a comprar um corolla seminovo 09 ou10, de tanto ouvir o povo falar na minha cabeça que o carro é bom. Então fiz um teste em um! é…. o carro é bom mas é so isso (bom) não é aquela brastemp toda que o povo fala, acho que quem esta acostumado com carro de qualidade não ve esse brilho todo do corolla, acho que encanta mais quem sai do popular. A exemplo meus pais tem um focus sedan 2011 que achei bem melhor em vários quesitos, ex: dirigibilidade, dinâmica, estabilidade, posição de dirigir e vários mimos, sistema de som, comandos de voz, partida sem chave,sensor chuva e crepuscular entre outras varias coisa, o carro ainda é mais barato que o corolla, no quesito cambio o focus tem que ser mecanico pq o automatico não é muito legal nao, nesse ponto o corolla sai ganhando, acabamento das portas tbm ponto pro corolla. O que me mata de raiva é que o corolla esta inflacionando o mercado, porque coloca-se um valor altíssimo no carro e o povo vai la paga….
    Voltando a minha compra estava focado em trocar meu focus por um mais novo, mas como ja tive varios ford focus resolvi procurar uma outra opção com um custo x beneficio que se equipara-se a ele.
    Foi ai que por um acaso peguei carona com um amigo em um i30 que para minha surpresa me surpreendeu muito positivamente, gostei muito da qualidade construtiva do carro (padrão alemão), internamente também segue o mesmo padrão e materiais de qualidade. O conjunto mecânico também é muito bom e o cambio automático apesar de ser de 4 marchar foi o que mais me agradou ate o momento, parece estar bem escalonado e o motor com comando de válvulas variável ajuda bastante no desempenho. Unica coisa que não me agradou foi o motor ser movido por correia dentada… o focus desde 2005 ja era corrente de comando… acho bem melhor! Ainda tem a vantagem do motor ser somente a gasolina, que particularmente acho muito melhor…. esse negocio de carro flex ta dificil de engolir… ou é so gasolina ou é so alcool…
    Resumindo meu recado para os amigos leitores é o seguinte, galera vamos parar de comprar essas carroças "populares", esse carrinhos de pais emergentes sem padrão nenhum de qualidade…. Invés de você comprar um gol, palio, onix, fiesta, dentre outros refugos compre um carro de mesmo valor semi novo com muito mais qualidade (importado), caro que rode em países de primeiro mundo onde as exigências são grandes! Vamos ser mais exigentes com essa montadoras para ver se param de empurrar essas gambiarras de carro que só vende em pais emergente! é preciso ser mais exigente para a qualidade melhorar e o preço também! chega de pagar caro por porcaria!

  • Geane Botarelli

    Alguém avaliou o Kia Picanto?

Quem somos

O Notícias Automotivas é um dos maiores sites automotivos do Brasil, trazendo todas as novidades sobre carros por mais de 11 anos. Saiba mais.

Send this to a friend