Europa Finanças Governamental/Legal Mercado Montadoras/Fábricas

Alemanha: € 115 bilhões em ajuda governamental para montadoras nos últimos 10 anos

opel-insignia-grand-sport-produçao-2017-5 Alemanha: € 115 bilhões em ajuda governamental para montadoras nos últimos 10 anos

Segundo o jornal alemão Handelsblatt, o governo Merkel concedeu ao setor automotivo nacional nada menos que € 115 bilhões em assistência. O enorme volume de dinheiro teria sido disponibilizado para os fabricantes instalados no país sob diversas formas nos últimos 10 anos, tendo uma média anual de € 11,5 bilhões.

O governo teria divulgado tais números para a oposição alegando que foram incentivos fiscais para o mercado, renovação da frota e pelo menos € 1 bilhão para pesquisa e desenvolvimento. Nesse último caso, a Daimler teria levado € 191 milhões, enquanto Volkswagen e BMW receberam € 110 milhões e € 107 milhões, respectivamente. MAN, Opel, Ford e Audi também são mencionadas.

O relatório do Handelsblatt também menciona € 800 milhões em compras de veículos por parte do governo alemão, sendo a maioria de projeto e fabricação local, totalizando 25 mil unidades. O maior fornecedor foi a VW com pouco mais de 15 mil. Daimler, Opel e BMW venderam 3,1 mil, 3,0 mil e 1,22 mil veículos, respectivamente. A americana Ford vendeu 1,56 mil.

A oposição do governo alemão acusa Berlim de conceder incentivos que nem sempre eram usados de forma correta, citando o Dieselgate e a lentidão na evolução do carro elétrico dentro do mercado alemão. Além disso, os partidos de esquerda disseram que o governo serviu aos interesses de curto prazo da indústria automotiva e obstruiu a introdução dos elétricos.

O governo Merkel já reconheceu que o plano de ter uma frota de um milhão de carros elétricos em 2020 não será atingida. Em 2016, apenas 80 mil carros movidos por baterias de lítio foram vendidos na Alemanha. O país também foi um dos últimos grandes mercados do mundo a conceder benefícios fiscais para a comercialização de carros elétricos e híbridos. Da mesma forma, as montadoras locais demoraram mais para desenvolver seus produtos no segmento, tanto que o líder de mercado é o francês Renault Zoe.

[Fonte: Handelsblatt]

Leia avaliações, notícias sobre carros e compare modelos em NoticiasAutomotivas.com.br.

Send this to a friend